SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Rápidas anotações sobre
arquitetura de informação na era dos
espaços mistos e ecossistemas
Luiz Agner (Facha, IBGE)
Adriano Renzi (Senac, UFF)
13. Congresso Pesquisa & Desenvolvimento em Design
Joinville 2018
Introdução
Introdução
Objetivos
•	 Apresentar e discutir desenvolvimentos
conceituais recentes no campo da AI.
•	 Estabelecer o paralelo com abordagens
contemporâneas na comunicação digital.
- O arquiteto não mais se circunscreve unicamente
a produzir “entregáveis”.
- Sabe-se que ela agora, sendo pervasiva, deve ser
consistente para uma complexa ecologia.
- Conceitos da AI evoluíram, ou tiveram o sentido
expandido,	ressignificado.
•	 Disciplina voltada para o design
estrutural de paisagens digitais, através
da síntese de sistemas de organização,
rotulação, navegação e busca
•	 Visa construir ecossistemas
informacionais físicos, digitais ou
transmidiáticos.
•	 Objetivo: desenvolver experiências
e produtos que proporcionem a melhor
usabilidade, encontrabilidade e
compreensibilidade.
Definições de AI
Morville, Rosenfeld
e Arango (2015)
•	 Esforço	sistemático	de	identificação	
de padrões e criação de metodologias
para	a	definição	de	espaços	de	
informação.
•	 Inclui a representação e a
manipulação de informações, assim
como a geração de relacionamentos
entre entidades linguísticas para a
definição	de	espaços	de	informação.	
Albuquerque e
Lima-Marques, UnB, 2015
Definições de AI
• 3 conceitos:
• Ontologia - regras e padrões que governam o
significado daquilo que comunicamos; o trabalho é
descobrir, definir e articular estas regras e padrões.
• Taxonomia - sistemas e estruturas para objetos e a
relação existente entre seus rótulos e categorias.
• Coreografia - estrutura criada para habilitar tipos
específicos de movimentos e de interações, com
affordances (possibilidades de interações) para apoiar o
fluxo de usuários e da informação.
Definições de AI
Klyn, 2014
Pervasividade da informação
Resmini
e Rosati
2011
Pervasividade da informação
•	 A informação abundante e pervasiva.
•	 Advento do uso intensivo de dispositivos e
objetos conectados à internet (Internet das
Coisas - IoT) para todo tipo de atividade diária
ou rotina.
Objetos conectados: 8,4 bilhões
Até 2020 - 20,4 bilhões de dispositivos conectados:
iluminação, aquecimento, ventilação e ar condicionado, e
sistemas de segurança
•	 Transformações	definiram	a	
“arquitetura de informação pervasiva”.
Resmini
e Rosati
2011
Transformações da AI pervasiva
1. AI transforma-se em ecossistema.
2. Os usuários produzem conteúdo.
3. O estático torna-se dinâmico.
4. O dinâmico torna-se híbrido.
5. A horizontalidade prevalece sobre a
verticalidade.
6. O design de produto torna-se de
experiência.
7. As experiências tornam-se cross-media.
Cenário de ubiquidade e pervasividade
•	 A AI é o projeto de lugares construídos com a
linguagem;
•	 A AI deve se fundar na coerência através de
lugares, contextos e dispositivos;
•	 A AI pressupõe o pensamento sistêmico
de projeto, como fundamento do design de
produtos e serviços.
Ambientes físicos e virtuais tornaram-se
integrados e que vivemos dentro de uma
ecologia de mídias que demanda a abordagem
holística.
AI e a metáfora do ecossistema
•	 A ideia da AI como um “ecossistema” foi
contemplada por Resmini e Rosati (2011)
•	 “Cada artefato torna-se um elemento em
um ecossistema maior. Todos esses artefatos
têm múltiplos links e relacionamentos entre si e
devem ser desenhados como parte de um único e
integrado processo de experiência do usuário”.
Resmini
e Rosati
2011
Espaços mistos
•	 O amálgama de espaços físicos e digitais
criou a categoria dos espaços mistos
•	 É um conceito que mostra propriedades
emergentes a partir da fusão do físico com o
digital
•	 Cria novo senso de presença e novas formas
de interação e de experiências.
•	 É nos espaços mistos que, cada vez mais, as
experiências do dia-a-dia estão ocorrendo.
Benyon e
Resmini
2017
Ecossistemas cross-channel
•	 São superconjuntos de espaços mistos,
pertencentes ou não aos mesmos sistemas, com
múltiplos pontos de contato com usuários.
•	 São construtos semânticos estruturados ao
redor da ideia de “experiências” e que incluem
pessoas, dispositivos, locais e aplicativos,
todos	conectados	por	um	fluxo	contínuo	de	
informação. Benyon e
Resmini
2017
Narrativa transmídia
•	 Os usuários tornaram-se prosumers e a
informação, transmídia.
•	 Narrativa transmídia é uma estrutura
particular de narrativa que se expande através
de diferentes linguagens (verbal, icônica etc.) e
de diferentes mídias.
•	 Os conteúdos tornaram-se eternamente
inacabados,	com	o	fim	dos	comportamentos	
tradicionais de leitura.
Carlos A.
Scolari
2015
Cultura da convergência
•	 A	cultura	da	convergência	define	as	atuais	
transformações mercadológicas, culturais e
sociais.
•	 É transformação cultural (não simplesmente
tecnológica) que tem tornado imprecisas as
fronteiras entre os diversos meios de comunicação
e onde a relação estabelecida há décadas de
cada meio com o seu uso está se dissolvendo
rapidamente.
•	 Cultura da conexão.
Henry
Jenkins
2015
Cultura e AI
•	 A cultura é uma construção coletiva que
transcende as preferências individuais, onde
valores e crenças moldam o comportamento
humano.
•	 Formada por padrões repetitivos que geram
costumes, reforçados por instituições e por
organizações informais.
•	 Cultura da internet (Castells, 2003)
Manuel
Castells
2003
Cultura e AI
•	 Um sistema estruturado de valores, normas,
comportamentos e artefatos.
•	 O trabalho da cultura não consiste tanto em
sua autoperpetuação, mas em garantir condições
para futuras experimentações e mudanças.
•	 É fator tanto de atemporalidade quanto
de obsolescência; e, por meio do seu esforço
de ordenação, a cultura acaba por produzir a
mudança constante.
Bauman
2012
Cultura e AI
•	 Atualmente, sistemas digitais estão cada
vez mais enraizados na cultura, sendo que a
percepção	das	pessoas	é	bastante	influenciada	
por sua interação com tecnologias.
Morville,
2014
Diretrizes da AI pervasiva
•	 Construção de lugares
•	 Consistência
•	 Resiliência
•	 Redução
•	 Correlação
Resmini
e Rosati
2011
Apontamentos para discussão
•	 É necessário perceber a necessidade de remodelação da
arquitetura de informação para que o conceito acompanhe o
ambiente de mudanças contínuas e necessidades cambiantes, daí
o sentido de uma disciplina que se torna mais ampla e aberta.
•	 Segundo Scolari resgatando McLuhan, estamos em um
contexto no qual proliferam novas “espécies midiáticas” e onde
o ecossistema da comunicação vive em um estado permanente de
tensão.
•	 Por isso é fundamental o intercâmbio com outros campos do
saber (Bruno Latour: Teoria Ator-Rede; Lazlo Barabasi: Teoria das
Networks).
Apontamentos para discussão
•	 	 Delineia-se	um	enorme	desafio	que	coloca	os	arquitetos	de	
informação diante da tarefa de repensar seus processos, de modo
a que todo artefato, produto ou serviço trabalhe em interações
de	fluxo	contínuo,	dentro	de	um	sistema	emergente	onde	velhas	
e novas mídias colidem, o físico e o digital, agora convergentes,
sejam projetados, entregues e experienciados como um todo
integrado.
•	 Tal parece ser a tarefa da nova arquitetura de informação.
Obrigado por sua atenção!
luizagner@gmail.com
www.agner.com.br
facebook.com/luiz.agner

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Hackathon Sesi Cultura Digital 2014
Hackathon Sesi Cultura Digital 2014Hackathon Sesi Cultura Digital 2014
Hackathon Sesi Cultura Digital 2014Mauro Pinheiro
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
CiberculturaDanilamim
 
Transformação Digital Educação - IX Colóquio CFAE PB
Transformação Digital Educação - IX Colóquio CFAE PBTransformação Digital Educação - IX Colóquio CFAE PB
Transformação Digital Educação - IX Colóquio CFAE PBMarco Neves
 
Arquitetura da Informação
Arquitetura da InformaçãoArquitetura da Informação
Arquitetura da InformaçãoKarine Drumond
 
Transformação Digital Educação, eTwinning e Tecnologias Móveis
Transformação Digital Educação, eTwinning e Tecnologias MóveisTransformação Digital Educação, eTwinning e Tecnologias Móveis
Transformação Digital Educação, eTwinning e Tecnologias MóveisMarco Neves
 
EAD: integração de mídias e tecnologias
EAD: integração de mídias e tecnologiasEAD: integração de mídias e tecnologias
EAD: integração de mídias e tecnologiasRobson Santos da Silva
 
Apresentação de Laura Rezende - Seminário de Pesquisas I - NGPTI/UFG
Apresentação de Laura Rezende - Seminário de Pesquisas I - NGPTI/UFGApresentação de Laura Rezende - Seminário de Pesquisas I - NGPTI/UFG
Apresentação de Laura Rezende - Seminário de Pesquisas I - NGPTI/UFGNGPTI - UFG
 
Repositórios Institucionais em Ciência e Tecnologia: uma experiência de custo...
Repositórios Institucionais em Ciência e Tecnologia: uma experiência de custo...Repositórios Institucionais em Ciência e Tecnologia: uma experiência de custo...
Repositórios Institucionais em Ciência e Tecnologia: uma experiência de custo...Miguel Angel Mardero Arellano
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Ciberculturacelyassis
 
Os desafios da Educação na era da Inteligência Artificial
Os desafios da Educação na era da Inteligência ArtificialOs desafios da Educação na era da Inteligência Artificial
Os desafios da Educação na era da Inteligência ArtificialMarco Neves
 

Mais procurados (13)

Hackathon Sesi Cultura Digital 2014
Hackathon Sesi Cultura Digital 2014Hackathon Sesi Cultura Digital 2014
Hackathon Sesi Cultura Digital 2014
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Transformação Digital Educação - IX Colóquio CFAE PB
Transformação Digital Educação - IX Colóquio CFAE PBTransformação Digital Educação - IX Colóquio CFAE PB
Transformação Digital Educação - IX Colóquio CFAE PB
 
Inov Aula2
Inov Aula2Inov Aula2
Inov Aula2
 
Arquitetura da Informação
Arquitetura da InformaçãoArquitetura da Informação
Arquitetura da Informação
 
Transformação Digital Educação, eTwinning e Tecnologias Móveis
Transformação Digital Educação, eTwinning e Tecnologias MóveisTransformação Digital Educação, eTwinning e Tecnologias Móveis
Transformação Digital Educação, eTwinning e Tecnologias Móveis
 
EAD: integração de mídias e tecnologias
EAD: integração de mídias e tecnologiasEAD: integração de mídias e tecnologias
EAD: integração de mídias e tecnologias
 
Apresentação de Laura Rezende - Seminário de Pesquisas I - NGPTI/UFG
Apresentação de Laura Rezende - Seminário de Pesquisas I - NGPTI/UFGApresentação de Laura Rezende - Seminário de Pesquisas I - NGPTI/UFG
Apresentação de Laura Rezende - Seminário de Pesquisas I - NGPTI/UFG
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
 
Repositórios Institucionais em Ciência e Tecnologia: uma experiência de custo...
Repositórios Institucionais em Ciência e Tecnologia: uma experiência de custo...Repositórios Institucionais em Ciência e Tecnologia: uma experiência de custo...
Repositórios Institucionais em Ciência e Tecnologia: uma experiência de custo...
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Os desafios da Educação na era da Inteligência Artificial
Os desafios da Educação na era da Inteligência ArtificialOs desafios da Educação na era da Inteligência Artificial
Os desafios da Educação na era da Inteligência Artificial
 

Semelhante a Arquitetura de Informação na era dos espaços mistos e ecossistemas

O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...
O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...
O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...Monitor Científico FaBCI
 
Caio Adorno Vassao Design e Computação Ubíqua
Caio Adorno Vassao Design e Computação UbíquaCaio Adorno Vassao Design e Computação Ubíqua
Caio Adorno Vassao Design e Computação Ubíquacaiovassao
 
Palestra- Multiexperiência
Palestra- MultiexperiênciaPalestra- Multiexperiência
Palestra- MultiexperiênciaFelipe Mota
 
Evolucao computadores web_e_elearning
Evolucao computadores web_e_elearningEvolucao computadores web_e_elearning
Evolucao computadores web_e_elearningNeuza Pedro
 
Repositórios, Acesso Livre e Preservação Digital
Repositórios, Acesso Livre e Preservação DigitalRepositórios, Acesso Livre e Preservação Digital
Repositórios, Acesso Livre e Preservação DigitalCariniana Rede
 
Arquitetura da Informação Pervasiva - Semana Acadêmica FACHA
Arquitetura da Informação Pervasiva  - Semana Acadêmica FACHAArquitetura da Informação Pervasiva  - Semana Acadêmica FACHA
Arquitetura da Informação Pervasiva - Semana Acadêmica FACHALuiz Agner
 
Inteligência Coletiva
Inteligência ColetivaInteligência Coletiva
Inteligência ColetivaElvis Fusco
 
Design de mídias interativas (Aula 03)
Design de mídias interativas (Aula 03)Design de mídias interativas (Aula 03)
Design de mídias interativas (Aula 03)Raphael Araujo
 
Holística e a cibercultura
Holística e a ciberculturaHolística e a cibercultura
Holística e a ciberculturaJéssica Luna
 
Urban Informatic
Urban InformaticUrban Informatic
Urban Informaticpau7o
 
As novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educaçãoAs novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educaçãogeorginalopes
 
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: opor...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: opor...Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: opor...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: opor...Pedro Príncipe
 
Cibercultura e ciências cognitivas
Cibercultura e ciências cognitivasCibercultura e ciências cognitivas
Cibercultura e ciências cognitivasMarciocometti
 
Tecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicas
Tecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicasTecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicas
Tecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicasPedro Príncipe
 
A interoperabilidade na construção de tesauros e ontologias cida
A interoperabilidade na construção de tesauros e ontologias cidaA interoperabilidade na construção de tesauros e ontologias cida
A interoperabilidade na construção de tesauros e ontologias cidaAdrianelegnani
 
O que é Arquitetura de Informação e UX Design: visão de uma bibliotecária inf...
O que é Arquitetura de Informação e UX Design: visão de uma bibliotecária inf...O que é Arquitetura de Informação e UX Design: visão de uma bibliotecária inf...
O que é Arquitetura de Informação e UX Design: visão de uma bibliotecária inf...Paula Azevedo Macedo
 

Semelhante a Arquitetura de Informação na era dos espaços mistos e ecossistemas (20)

O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...
O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...
O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...
 
Caio Adorno Vassao Design e Computação Ubíqua
Caio Adorno Vassao Design e Computação UbíquaCaio Adorno Vassao Design e Computação Ubíqua
Caio Adorno Vassao Design e Computação Ubíqua
 
Palestra- Multiexperiência
Palestra- MultiexperiênciaPalestra- Multiexperiência
Palestra- Multiexperiência
 
Evolucao computadores web_e_elearning
Evolucao computadores web_e_elearningEvolucao computadores web_e_elearning
Evolucao computadores web_e_elearning
 
Repositórios, Acesso Livre e Preservação Digital
Repositórios, Acesso Livre e Preservação DigitalRepositórios, Acesso Livre e Preservação Digital
Repositórios, Acesso Livre e Preservação Digital
 
O Conhecimento e a Tecnologia para o Desenvolvimento Sustentável. Alianças pa...
O Conhecimento e a Tecnologia para o Desenvolvimento Sustentável. Alianças pa...O Conhecimento e a Tecnologia para o Desenvolvimento Sustentável. Alianças pa...
O Conhecimento e a Tecnologia para o Desenvolvimento Sustentável. Alianças pa...
 
Arquitetura da Informação Pervasiva - Semana Acadêmica FACHA
Arquitetura da Informação Pervasiva  - Semana Acadêmica FACHAArquitetura da Informação Pervasiva  - Semana Acadêmica FACHA
Arquitetura da Informação Pervasiva - Semana Acadêmica FACHA
 
Inteligência Coletiva
Inteligência ColetivaInteligência Coletiva
Inteligência Coletiva
 
Semime 2008
Semime 2008Semime 2008
Semime 2008
 
Design de mídias interativas (Aula 03)
Design de mídias interativas (Aula 03)Design de mídias interativas (Aula 03)
Design de mídias interativas (Aula 03)
 
Holística e a cibercultura
Holística e a ciberculturaHolística e a cibercultura
Holística e a cibercultura
 
Urban Informatic
Urban InformaticUrban Informatic
Urban Informatic
 
As novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educaçãoAs novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educação
 
Apresentação colóquio internacional 2013
Apresentação colóquio internacional 2013Apresentação colóquio internacional 2013
Apresentação colóquio internacional 2013
 
Teoria Informacao
Teoria InformacaoTeoria Informacao
Teoria Informacao
 
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: opor...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: opor...Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: opor...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: opor...
 
Cibercultura e ciências cognitivas
Cibercultura e ciências cognitivasCibercultura e ciências cognitivas
Cibercultura e ciências cognitivas
 
Tecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicas
Tecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicasTecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicas
Tecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicas
 
A interoperabilidade na construção de tesauros e ontologias cida
A interoperabilidade na construção de tesauros e ontologias cidaA interoperabilidade na construção de tesauros e ontologias cida
A interoperabilidade na construção de tesauros e ontologias cida
 
O que é Arquitetura de Informação e UX Design: visão de uma bibliotecária inf...
O que é Arquitetura de Informação e UX Design: visão de uma bibliotecária inf...O que é Arquitetura de Informação e UX Design: visão de uma bibliotecária inf...
O que é Arquitetura de Informação e UX Design: visão de uma bibliotecária inf...
 

Mais de Luiz Agner

Recommendation Systems and Machine Learning: Mapping the User Experience
Recommendation Systems and Machine Learning: Mapping the User ExperienceRecommendation Systems and Machine Learning: Mapping the User Experience
Recommendation Systems and Machine Learning: Mapping the User ExperienceLuiz Agner
 
Pós Branded Content (1c)
Pós Branded Content (1c)Pós Branded Content (1c)
Pós Branded Content (1c)Luiz Agner
 
WIAD - World Information Architecture Day 2019 - Belo Horizonte, MG
WIAD - World Information Architecture Day 2019 - Belo Horizonte, MGWIAD - World Information Architecture Day 2019 - Belo Horizonte, MG
WIAD - World Information Architecture Day 2019 - Belo Horizonte, MGLuiz Agner
 
Marketing digital como instrumento de controle
Marketing digital como instrumento de controleMarketing digital como instrumento de controle
Marketing digital como instrumento de controleLuiz Agner
 
Lei de Proteção aos Dados (LGPD)
Lei de Proteção aos Dados (LGPD)Lei de Proteção aos Dados (LGPD)
Lei de Proteção aos Dados (LGPD)Luiz Agner
 
Marco Civil da Internet no Brasil
Marco Civil da Internet no BrasilMarco Civil da Internet no Brasil
Marco Civil da Internet no BrasilLuiz Agner
 
Vigilância Ampliada: Poder e Controle na Cultura Digital
Vigilância Ampliada: Poder e Controle na Cultura DigitalVigilância Ampliada: Poder e Controle na Cultura Digital
Vigilância Ampliada: Poder e Controle na Cultura DigitalLuiz Agner
 
Diagrama de Navegação e Vocabulário Visual de Garrett
Diagrama de Navegação e Vocabulário Visual de GarrettDiagrama de Navegação e Vocabulário Visual de Garrett
Diagrama de Navegação e Vocabulário Visual de GarrettLuiz Agner
 
Bridge e Análise da Tarefa em equipe
Bridge e Análise da Tarefa em equipeBridge e Análise da Tarefa em equipe
Bridge e Análise da Tarefa em equipeLuiz Agner
 
Marketing - Revisão de Conceitos
Marketing - Revisão de ConceitosMarketing - Revisão de Conceitos
Marketing - Revisão de ConceitosLuiz Agner
 
Cultura da Internet - segundo M. Castells
Cultura da Internet - segundo M. CastellsCultura da Internet - segundo M. Castells
Cultura da Internet - segundo M. CastellsLuiz Agner
 
Bridge e Group Task Analysis - Arquitetura de Informação
Bridge e Group Task Analysis - Arquitetura de InformaçãoBridge e Group Task Analysis - Arquitetura de Informação
Bridge e Group Task Analysis - Arquitetura de InformaçãoLuiz Agner
 
Avaliação dos apps Coral Visualizer e Polenghi Selection
Avaliação dos apps Coral Visualizer e Polenghi SelectionAvaliação dos apps Coral Visualizer e Polenghi Selection
Avaliação dos apps Coral Visualizer e Polenghi SelectionLuiz Agner
 
Arquitetura de Informação: Projeto TIM
Arquitetura de Informação: Projeto TIMArquitetura de Informação: Projeto TIM
Arquitetura de Informação: Projeto TIMLuiz Agner
 
Arquitetura de Informação: Projeto Imaginarium
Arquitetura de Informação: Projeto ImaginariumArquitetura de Informação: Projeto Imaginarium
Arquitetura de Informação: Projeto ImaginariumLuiz Agner
 
Arquitetura de Informação - DETRAN RJ
Arquitetura de Informação - DETRAN RJArquitetura de Informação - DETRAN RJ
Arquitetura de Informação - DETRAN RJLuiz Agner
 
Arquitetura de Informação - DETRAN RJ
Arquitetura de Informação - DETRAN RJArquitetura de Informação - DETRAN RJ
Arquitetura de Informação - DETRAN RJLuiz Agner
 
Arquitetura de Informação - Boa Diversão
Arquitetura de Informação - Boa DiversãoArquitetura de Informação - Boa Diversão
Arquitetura de Informação - Boa DiversãoLuiz Agner
 
Arquitetura de Informação - Casa Cruz
Arquitetura de Informação - Casa CruzArquitetura de Informação - Casa Cruz
Arquitetura de Informação - Casa CruzLuiz Agner
 
Arquitetura de Informação - Spicy
Arquitetura de Informação - SpicyArquitetura de Informação - Spicy
Arquitetura de Informação - SpicyLuiz Agner
 

Mais de Luiz Agner (20)

Recommendation Systems and Machine Learning: Mapping the User Experience
Recommendation Systems and Machine Learning: Mapping the User ExperienceRecommendation Systems and Machine Learning: Mapping the User Experience
Recommendation Systems and Machine Learning: Mapping the User Experience
 
Pós Branded Content (1c)
Pós Branded Content (1c)Pós Branded Content (1c)
Pós Branded Content (1c)
 
WIAD - World Information Architecture Day 2019 - Belo Horizonte, MG
WIAD - World Information Architecture Day 2019 - Belo Horizonte, MGWIAD - World Information Architecture Day 2019 - Belo Horizonte, MG
WIAD - World Information Architecture Day 2019 - Belo Horizonte, MG
 
Marketing digital como instrumento de controle
Marketing digital como instrumento de controleMarketing digital como instrumento de controle
Marketing digital como instrumento de controle
 
Lei de Proteção aos Dados (LGPD)
Lei de Proteção aos Dados (LGPD)Lei de Proteção aos Dados (LGPD)
Lei de Proteção aos Dados (LGPD)
 
Marco Civil da Internet no Brasil
Marco Civil da Internet no BrasilMarco Civil da Internet no Brasil
Marco Civil da Internet no Brasil
 
Vigilância Ampliada: Poder e Controle na Cultura Digital
Vigilância Ampliada: Poder e Controle na Cultura DigitalVigilância Ampliada: Poder e Controle na Cultura Digital
Vigilância Ampliada: Poder e Controle na Cultura Digital
 
Diagrama de Navegação e Vocabulário Visual de Garrett
Diagrama de Navegação e Vocabulário Visual de GarrettDiagrama de Navegação e Vocabulário Visual de Garrett
Diagrama de Navegação e Vocabulário Visual de Garrett
 
Bridge e Análise da Tarefa em equipe
Bridge e Análise da Tarefa em equipeBridge e Análise da Tarefa em equipe
Bridge e Análise da Tarefa em equipe
 
Marketing - Revisão de Conceitos
Marketing - Revisão de ConceitosMarketing - Revisão de Conceitos
Marketing - Revisão de Conceitos
 
Cultura da Internet - segundo M. Castells
Cultura da Internet - segundo M. CastellsCultura da Internet - segundo M. Castells
Cultura da Internet - segundo M. Castells
 
Bridge e Group Task Analysis - Arquitetura de Informação
Bridge e Group Task Analysis - Arquitetura de InformaçãoBridge e Group Task Analysis - Arquitetura de Informação
Bridge e Group Task Analysis - Arquitetura de Informação
 
Avaliação dos apps Coral Visualizer e Polenghi Selection
Avaliação dos apps Coral Visualizer e Polenghi SelectionAvaliação dos apps Coral Visualizer e Polenghi Selection
Avaliação dos apps Coral Visualizer e Polenghi Selection
 
Arquitetura de Informação: Projeto TIM
Arquitetura de Informação: Projeto TIMArquitetura de Informação: Projeto TIM
Arquitetura de Informação: Projeto TIM
 
Arquitetura de Informação: Projeto Imaginarium
Arquitetura de Informação: Projeto ImaginariumArquitetura de Informação: Projeto Imaginarium
Arquitetura de Informação: Projeto Imaginarium
 
Arquitetura de Informação - DETRAN RJ
Arquitetura de Informação - DETRAN RJArquitetura de Informação - DETRAN RJ
Arquitetura de Informação - DETRAN RJ
 
Arquitetura de Informação - DETRAN RJ
Arquitetura de Informação - DETRAN RJArquitetura de Informação - DETRAN RJ
Arquitetura de Informação - DETRAN RJ
 
Arquitetura de Informação - Boa Diversão
Arquitetura de Informação - Boa DiversãoArquitetura de Informação - Boa Diversão
Arquitetura de Informação - Boa Diversão
 
Arquitetura de Informação - Casa Cruz
Arquitetura de Informação - Casa CruzArquitetura de Informação - Casa Cruz
Arquitetura de Informação - Casa Cruz
 
Arquitetura de Informação - Spicy
Arquitetura de Informação - SpicyArquitetura de Informação - Spicy
Arquitetura de Informação - Spicy
 

Arquitetura de Informação na era dos espaços mistos e ecossistemas

  • 1. Rápidas anotações sobre arquitetura de informação na era dos espaços mistos e ecossistemas Luiz Agner (Facha, IBGE) Adriano Renzi (Senac, UFF) 13. Congresso Pesquisa & Desenvolvimento em Design Joinville 2018
  • 4. Objetivos • Apresentar e discutir desenvolvimentos conceituais recentes no campo da AI. • Estabelecer o paralelo com abordagens contemporâneas na comunicação digital. - O arquiteto não mais se circunscreve unicamente a produzir “entregáveis”. - Sabe-se que ela agora, sendo pervasiva, deve ser consistente para uma complexa ecologia. - Conceitos da AI evoluíram, ou tiveram o sentido expandido, ressignificado.
  • 5. • Disciplina voltada para o design estrutural de paisagens digitais, através da síntese de sistemas de organização, rotulação, navegação e busca • Visa construir ecossistemas informacionais físicos, digitais ou transmidiáticos. • Objetivo: desenvolver experiências e produtos que proporcionem a melhor usabilidade, encontrabilidade e compreensibilidade. Definições de AI Morville, Rosenfeld e Arango (2015)
  • 6. • Esforço sistemático de identificação de padrões e criação de metodologias para a definição de espaços de informação. • Inclui a representação e a manipulação de informações, assim como a geração de relacionamentos entre entidades linguísticas para a definição de espaços de informação. Albuquerque e Lima-Marques, UnB, 2015 Definições de AI
  • 7. • 3 conceitos: • Ontologia - regras e padrões que governam o significado daquilo que comunicamos; o trabalho é descobrir, definir e articular estas regras e padrões. • Taxonomia - sistemas e estruturas para objetos e a relação existente entre seus rótulos e categorias. • Coreografia - estrutura criada para habilitar tipos específicos de movimentos e de interações, com affordances (possibilidades de interações) para apoiar o fluxo de usuários e da informação. Definições de AI Klyn, 2014
  • 9. Pervasividade da informação • A informação abundante e pervasiva. • Advento do uso intensivo de dispositivos e objetos conectados à internet (Internet das Coisas - IoT) para todo tipo de atividade diária ou rotina. Objetos conectados: 8,4 bilhões Até 2020 - 20,4 bilhões de dispositivos conectados: iluminação, aquecimento, ventilação e ar condicionado, e sistemas de segurança • Transformações definiram a “arquitetura de informação pervasiva”. Resmini e Rosati 2011
  • 10. Transformações da AI pervasiva 1. AI transforma-se em ecossistema. 2. Os usuários produzem conteúdo. 3. O estático torna-se dinâmico. 4. O dinâmico torna-se híbrido. 5. A horizontalidade prevalece sobre a verticalidade. 6. O design de produto torna-se de experiência. 7. As experiências tornam-se cross-media.
  • 11. Cenário de ubiquidade e pervasividade • A AI é o projeto de lugares construídos com a linguagem; • A AI deve se fundar na coerência através de lugares, contextos e dispositivos; • A AI pressupõe o pensamento sistêmico de projeto, como fundamento do design de produtos e serviços. Ambientes físicos e virtuais tornaram-se integrados e que vivemos dentro de uma ecologia de mídias que demanda a abordagem holística.
  • 12. AI e a metáfora do ecossistema • A ideia da AI como um “ecossistema” foi contemplada por Resmini e Rosati (2011) • “Cada artefato torna-se um elemento em um ecossistema maior. Todos esses artefatos têm múltiplos links e relacionamentos entre si e devem ser desenhados como parte de um único e integrado processo de experiência do usuário”. Resmini e Rosati 2011
  • 13. Espaços mistos • O amálgama de espaços físicos e digitais criou a categoria dos espaços mistos • É um conceito que mostra propriedades emergentes a partir da fusão do físico com o digital • Cria novo senso de presença e novas formas de interação e de experiências. • É nos espaços mistos que, cada vez mais, as experiências do dia-a-dia estão ocorrendo. Benyon e Resmini 2017
  • 14. Ecossistemas cross-channel • São superconjuntos de espaços mistos, pertencentes ou não aos mesmos sistemas, com múltiplos pontos de contato com usuários. • São construtos semânticos estruturados ao redor da ideia de “experiências” e que incluem pessoas, dispositivos, locais e aplicativos, todos conectados por um fluxo contínuo de informação. Benyon e Resmini 2017
  • 15. Narrativa transmídia • Os usuários tornaram-se prosumers e a informação, transmídia. • Narrativa transmídia é uma estrutura particular de narrativa que se expande através de diferentes linguagens (verbal, icônica etc.) e de diferentes mídias. • Os conteúdos tornaram-se eternamente inacabados, com o fim dos comportamentos tradicionais de leitura. Carlos A. Scolari 2015
  • 16. Cultura da convergência • A cultura da convergência define as atuais transformações mercadológicas, culturais e sociais. • É transformação cultural (não simplesmente tecnológica) que tem tornado imprecisas as fronteiras entre os diversos meios de comunicação e onde a relação estabelecida há décadas de cada meio com o seu uso está se dissolvendo rapidamente. • Cultura da conexão. Henry Jenkins 2015
  • 17. Cultura e AI • A cultura é uma construção coletiva que transcende as preferências individuais, onde valores e crenças moldam o comportamento humano. • Formada por padrões repetitivos que geram costumes, reforçados por instituições e por organizações informais. • Cultura da internet (Castells, 2003) Manuel Castells 2003
  • 18. Cultura e AI • Um sistema estruturado de valores, normas, comportamentos e artefatos. • O trabalho da cultura não consiste tanto em sua autoperpetuação, mas em garantir condições para futuras experimentações e mudanças. • É fator tanto de atemporalidade quanto de obsolescência; e, por meio do seu esforço de ordenação, a cultura acaba por produzir a mudança constante. Bauman 2012
  • 19. Cultura e AI • Atualmente, sistemas digitais estão cada vez mais enraizados na cultura, sendo que a percepção das pessoas é bastante influenciada por sua interação com tecnologias. Morville, 2014
  • 20. Diretrizes da AI pervasiva • Construção de lugares • Consistência • Resiliência • Redução • Correlação Resmini e Rosati 2011
  • 21. Apontamentos para discussão • É necessário perceber a necessidade de remodelação da arquitetura de informação para que o conceito acompanhe o ambiente de mudanças contínuas e necessidades cambiantes, daí o sentido de uma disciplina que se torna mais ampla e aberta. • Segundo Scolari resgatando McLuhan, estamos em um contexto no qual proliferam novas “espécies midiáticas” e onde o ecossistema da comunicação vive em um estado permanente de tensão. • Por isso é fundamental o intercâmbio com outros campos do saber (Bruno Latour: Teoria Ator-Rede; Lazlo Barabasi: Teoria das Networks).
  • 22. Apontamentos para discussão • Delineia-se um enorme desafio que coloca os arquitetos de informação diante da tarefa de repensar seus processos, de modo a que todo artefato, produto ou serviço trabalhe em interações de fluxo contínuo, dentro de um sistema emergente onde velhas e novas mídias colidem, o físico e o digital, agora convergentes, sejam projetados, entregues e experienciados como um todo integrado. • Tal parece ser a tarefa da nova arquitetura de informação.
  • 23. Obrigado por sua atenção! luizagner@gmail.com www.agner.com.br facebook.com/luiz.agner