SlideShare uma empresa Scribd logo
FONÉTICA & FONOLOGIA

Disciplina: Língua Portuguesa I
FONOLOGIA
FONOLOGIA
DIVISÃO DA GRAMÁTICA
FONOLOGIA

Estuda os fonemas.

MORFOLOGIA
Estuda a palavra do ponto de vista
morfológico, isto é, de sua forma e de alguns aspectos de
sua flexão.
SINTAXE
Estuda a estrutura formal da frase, isto é, as
combinações e relações entre as palavras.
CONCEITUANO
6 letras
A–L–U–N–O–S
6 fonemas
A – LU – NOS
ALUN – O – S
radical

3 sílabas

desinência nominal de número

Morfemas
desinência nominal de gênero
FONOLOGIA: parte da gramática que estuda os
fonemas.
FONEMAS: unidades sonoras mínimas distintivas
da fala.
LETRAS: Representação gráfica dos fonemas.
SONS E LETRAS
Leia este poema concretista, de Décio Pignatari.
ALGUMAS PARTICULARIDADES
Não há correspondência regular entre fonemas e letras.
Uma letra representa um fonema:
papai /papay/
5 letras e 5 fonemas
Uma letra representa dois fonemas:
táxi /taksi/
4 letras e 5 fonemas
Duas letras representando um fonema:
carro /kaRo/
5 letras e 4 fonemas
Uma letra não representa fonema:
hoje /oje/
4 letras e 3 fonemas
 Um fonema representado por letras diferentes:
/z/ mesa
/z/ exame
/z/ zebra
 Uma letra representando sons diferentes:
exame
/z/
faixa
/x/
máximo /s/
tóxico /ks/
EXERCÍCIOS

Augusto de Campos
CLASSIFICAÇÃO DOS FONEMAS
Os fonemas classificam-se em:
Vogais: é o fonema produzido pelo ar que, expelido dos

pulmões, faz vibrar as cordas vocais e não encontra nenhum
obstáculo na sua passagem pelo aparelho fonador.

Ex.: casa /kaza/
Semivogais: é o nome que se dá ao fonema /y/ e ao

fonema /w/ quando, juntos de uma vogal, formam com ela uma só
sílaba.

Ex.: coisa /koyza/
Consoantes: é o fonema produzido graças aos obstáculos
que impedem a livre passagem da corrente expiratória.
Ex.: animado /animado/
Atenção!
 A vogal é o fonema básico de cada sílaba
 Não há sílaba sem vogal
 Em português toda sílaba tem necessariamente
uma e só uma vogal.
Classificação das vogais
Quanto à zona de articulação
anteriores ou palatais: [e] temo; [i] vi
central média: [a] batida
posteriores ou velares: [o] hoje; [u] luta

Quanto ao timbre
abertas: [a] Pará;
fechadas: [ã] lama; [e] você; [ã] pântano; [u] bule
reduzidas: finais átonas representados pelas letras e e o: [i] pele; [u]
tolo
Quanto à intensidade
tônicas: [a] bala; [e] medo;[i] mito; [u] nuca
átonas: [a] casa; [e] levar; [i] lidar; [u] lutar

Quanto ao papel das cavidades bucal e nasal
orais: [a] lata; [e] reta; [i] mito
nasais: [ã] canto; [õ] ronco;
EXERCÍCIOS
‘Mudaram as estações, nada mudou
Mas eu sei que alguma coisa aconteceu
Está tudo assim, tão diferente
Se lembra quando a gente chegou um dia a
acreditar
Que tudo era para sempre
Sem saber, que o para sempre
Sempre acaba. ‘
[Legião Urbana]
CLASSIFICAÇÃO DAS CONSOANTES
As consoantes são classificadas de acordo
com quatro critérios:
1. Modo de articulação: é a forma pela qual as
consoantes são articuladas. Quanto ao modo de
articulação, as consoantes podem ser oclusivas ou
constritivas.
•Nas oclusivas existe um bloqueio total do ar.
•EX. PATO, BOLA, DADO
•Nas constritivas existe um bloqueio parcial do ar.
•EX. CARO, BARALHO, ZEBRA
2. Ponto de articulação: é o lugar onde a corrente
de ar é articulada (lábios, dentes, palato. . .) De
acordo com o ponto onde é articulada, as
consoantes são classificadas em:
a)
b)
c)
d)
e)
f)

bilabiais: lábios + lábios. [p] pata
labiodentais: lábios + dentes superiores. [f] foto
linguodentais: língua + dentes superiores. [d] dela
alveolares: língua + alvéolos dos dentes. [s] selo
palatais: dorso do língua + céu da boca. [λ] telha
velares: parte superior da língua + palato mole. [k]
cabra
3. Função das cordas vocais: se a cordas vocais
vibrarem, a consoante será sonora; no caso
contrário, a consoante será surda.
4. Função das cavidades bucal e nasal: caso o ar
saia somente pela boca, as consoantes serão
orais; se sair também pelas fossas nasais, as
consoantes serão nasais.
QUADRO DAS CONSOANTES
Fonte: www.priberam.pt
SEMIVOGAIS
ENCONTROS VOCÁLICOS
DITONGO CRESCENTE
(SEMIVOGAL + VOGAL)

2ª VOGAL MAIS FORTE

ORAIS - SÉRIE, LÍNGUA, VÍTREO, NÓDOA.
NASAIS - QUANDO, FREQUENTE;

DITONGO DECRESCENTE 1ª VOGAL MAIS FORTE
(VOGAL + SEMIVOGAL)
ORAIS - LEITE, BAIXO, CÉU, HERÓI,
NASAIS - MÃO, PÕE, MUITO, FALAM.
TRITONGO (VOGAL + SEMIVOGAL + VOGAL)
enxaguei – quais

HIATO (VOGAL + VOGAL)
saúde – anual – pessoa – Saara – voo - região
DÍGRAFOS
Conjunto de duas letras que servem para indicar um único fonema.
CHEIO,
FILHO,
NINHO,
GUINDASTE,
QUERIDO,
REQUINTE, SEGUE, TERRA, PASSA, PISCINA, EXCETO
NASÇA,
DÍGRAFOS VOCÁLICOS OU NASAIS
TAMBÉM, CANTO, SEMPRE, ENTRE,
COMBATE, ONDA, ÁLBUM, FUNDA.

ÍMPIO,

PINTURA,
ENCONTROS CONSONANTAIS
É a sequencia de duas ou mais consoantes numa
mesma palavra. Os encontros consonantais
podem ser inseparáveis ou separáveis.
Subnutrido
Digno
Personagem
Drama
Se-xo* /sekso/

_________
* também pode ocorrer no nível fonético
VARIAÇÃO LINGUÍSTICA
REFERÊNCIAS
ANDRÉ, Hildebrando A. de. Gramática ilustrada. 5º ed. Ed.
Moderna, 1999.
http://www.slideshare.net/prof.jorgehenrique/fonologia-efontica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
Julianne Rodrigues Pita
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
Verônica Carvalho
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
marlospg
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
colveromachado
 
Acentuação gráfica
Acentuação gráficaAcentuação gráfica
Acentuação gráfica
Pabllo Vieira
 
Tonicidade
TonicidadeTonicidade
Tonicidade
jaquemarcondes
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
Carolina Loçasso Pereira
 
Linguagem,+LíNgua+E+Fala
Linguagem,+LíNgua+E+FalaLinguagem,+LíNgua+E+Fala
Linguagem,+LíNgua+E+Fala
jayarruda
 
Fonética e Fonologia
Fonética e FonologiaFonética e Fonologia
Fonética e Fonologia
Marcos Feliciano
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
Denise
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
Marcia Simone
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
Ricardo Leandro Flores Ricalde
 
Funções da Linguagem
Funções da LinguagemFunções da Linguagem
Funções da Linguagem
borges15
 
Gramática
GramáticaGramática
Gramática
Ramilson Saldanha
 
Homônimos e parônimos
Homônimos e parônimosHomônimos e parônimos
Homônimos e parônimos
Caroline Cunha
 
Fonologia e fonética
Fonologia e fonéticaFonologia e fonética
Fonologia e fonética
Jorge Henrique
 
Slides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFicoSlides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFico
Flaviacristina74
 
Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...
Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...
Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...
ma.no.el.ne.ves
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slide
Jaciara Mota
 
Linguagem verbal e não verbal
Linguagem verbal e não verbalLinguagem verbal e não verbal
Linguagem verbal e não verbal
Andreia Jaqueline Bach
 

Mais procurados (20)

Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
 
Acentuação gráfica
Acentuação gráficaAcentuação gráfica
Acentuação gráfica
 
Tonicidade
TonicidadeTonicidade
Tonicidade
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
 
Linguagem,+LíNgua+E+Fala
Linguagem,+LíNgua+E+FalaLinguagem,+LíNgua+E+Fala
Linguagem,+LíNgua+E+Fala
 
Fonética e Fonologia
Fonética e FonologiaFonética e Fonologia
Fonética e Fonologia
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
 
Funções da Linguagem
Funções da LinguagemFunções da Linguagem
Funções da Linguagem
 
Gramática
GramáticaGramática
Gramática
 
Homônimos e parônimos
Homônimos e parônimosHomônimos e parônimos
Homônimos e parônimos
 
Fonologia e fonética
Fonologia e fonéticaFonologia e fonética
Fonologia e fonética
 
Slides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFicoSlides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFico
 
Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...
Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...
Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slide
 
Linguagem verbal e não verbal
Linguagem verbal e não verbalLinguagem verbal e não verbal
Linguagem verbal e não verbal
 

Semelhante a Fonética & fonologia

Sons e letras 2
Sons e letras 2Sons e letras 2
Sons e letras 2
nixsonmachado
 
Sons e letra 1
Sons e letra 1Sons e letra 1
Sons e letra 1
nixsonmachado
 
1 fonética
1 fonética1 fonética
1 fonética
Jackelini Muzy Vaz
 
Fonética e fonologia
Fonética e fonologiaFonética e fonologia
Fonética e fonologia
Diego Prezia
 
Apostila de-portugues-
Apostila de-portugues- Apostila de-portugues-
Apostila de-portugues-
Terezinha Côgo Venturim
 
Lp 1 aula becmann
Lp 1 aula becmannLp 1 aula becmann
Lp 1 aula becmann
Wellington Moreira
 
Gabarito aula 01 beckman lp
Gabarito aula 01 beckman lpGabarito aula 01 beckman lp
Gabarito aula 01 beckman lp
Wellington Moreira
 
Fonologia
FonologiaFonologia
Fonologia
Dayane Araújo
 
Fonologia
FonologiaFonologia
Fonologia
Dayane Araújo
 
Apostila De Portugues Especifico Concurso
Apostila De Portugues Especifico ConcursoApostila De Portugues Especifico Concurso
Apostila De Portugues Especifico Concurso
mauricio souza
 
Sons fonemas e letras [modo de compatibilidade]
Sons fonemas e letras [modo de compatibilidade]Sons fonemas e letras [modo de compatibilidade]
Sons fonemas e letras [modo de compatibilidade]
Marcy Gomes
 
1. fonologia acentuação e ortografia
1. fonologia acentuação e ortografia1. fonologia acentuação e ortografia
1. fonologia acentuação e ortografia
Ivana Mayrink
 
Fonética e fonologia
Fonética e fonologiaFonética e fonologia
Fonética e fonologia
Renata Haratani
 
MODULO-01-FONOLOGIA-FONEMAS-VOGAIS-E-CONSOANTES-SLIDES-DA-AULA.pdf
MODULO-01-FONOLOGIA-FONEMAS-VOGAIS-E-CONSOANTES-SLIDES-DA-AULA.pdfMODULO-01-FONOLOGIA-FONEMAS-VOGAIS-E-CONSOANTES-SLIDES-DA-AULA.pdf
MODULO-01-FONOLOGIA-FONEMAS-VOGAIS-E-CONSOANTES-SLIDES-DA-AULA.pdf
MyllenaRodrigues6
 
Fonologia
FonologiaFonologia
Da fonética até à sintaxe1
Da fonética até à sintaxe1Da fonética até à sintaxe1
Da fonética até à sintaxe1
Evonaldo Gonçalves Vanny
 
apostila alfacon de portugues para concursos
apostila alfacon de portugues para concursosapostila alfacon de portugues para concursos
apostila alfacon de portugues para concursos
Giselle Braz
 
Noções de fonética e ortografia
Noções de fonética e ortografiaNoções de fonética e ortografia
Noções de fonética e ortografia
WillianCarvalho60
 
Fonologia
FonologiaFonologia
Fonologia
Andriane Cursino
 
Plural dos substantivos
Plural dos substantivosPlural dos substantivos
Plural dos substantivos
Liliane França
 

Semelhante a Fonética & fonologia (20)

Sons e letras 2
Sons e letras 2Sons e letras 2
Sons e letras 2
 
Sons e letra 1
Sons e letra 1Sons e letra 1
Sons e letra 1
 
1 fonética
1 fonética1 fonética
1 fonética
 
Fonética e fonologia
Fonética e fonologiaFonética e fonologia
Fonética e fonologia
 
Apostila de-portugues-
Apostila de-portugues- Apostila de-portugues-
Apostila de-portugues-
 
Lp 1 aula becmann
Lp 1 aula becmannLp 1 aula becmann
Lp 1 aula becmann
 
Gabarito aula 01 beckman lp
Gabarito aula 01 beckman lpGabarito aula 01 beckman lp
Gabarito aula 01 beckman lp
 
Fonologia
FonologiaFonologia
Fonologia
 
Fonologia
FonologiaFonologia
Fonologia
 
Apostila De Portugues Especifico Concurso
Apostila De Portugues Especifico ConcursoApostila De Portugues Especifico Concurso
Apostila De Portugues Especifico Concurso
 
Sons fonemas e letras [modo de compatibilidade]
Sons fonemas e letras [modo de compatibilidade]Sons fonemas e letras [modo de compatibilidade]
Sons fonemas e letras [modo de compatibilidade]
 
1. fonologia acentuação e ortografia
1. fonologia acentuação e ortografia1. fonologia acentuação e ortografia
1. fonologia acentuação e ortografia
 
Fonética e fonologia
Fonética e fonologiaFonética e fonologia
Fonética e fonologia
 
MODULO-01-FONOLOGIA-FONEMAS-VOGAIS-E-CONSOANTES-SLIDES-DA-AULA.pdf
MODULO-01-FONOLOGIA-FONEMAS-VOGAIS-E-CONSOANTES-SLIDES-DA-AULA.pdfMODULO-01-FONOLOGIA-FONEMAS-VOGAIS-E-CONSOANTES-SLIDES-DA-AULA.pdf
MODULO-01-FONOLOGIA-FONEMAS-VOGAIS-E-CONSOANTES-SLIDES-DA-AULA.pdf
 
Fonologia
FonologiaFonologia
Fonologia
 
Da fonética até à sintaxe1
Da fonética até à sintaxe1Da fonética até à sintaxe1
Da fonética até à sintaxe1
 
apostila alfacon de portugues para concursos
apostila alfacon de portugues para concursosapostila alfacon de portugues para concursos
apostila alfacon de portugues para concursos
 
Noções de fonética e ortografia
Noções de fonética e ortografiaNoções de fonética e ortografia
Noções de fonética e ortografia
 
Fonologia
FonologiaFonologia
Fonologia
 
Plural dos substantivos
Plural dos substantivosPlural dos substantivos
Plural dos substantivos
 

Mais de Fernanda Câmara

As mãos dos pretos.
As mãos dos pretos.As mãos dos pretos.
As mãos dos pretos.
Fernanda Câmara
 
Um amor conquistado o mito do amor materno (pdf) (rev)
Um amor conquistado o mito do amor materno (pdf) (rev)Um amor conquistado o mito do amor materno (pdf) (rev)
Um amor conquistado o mito do amor materno (pdf) (rev)
Fernanda Câmara
 
Elisabete badinter
Elisabete badinterElisabete badinter
Elisabete badinter
Fernanda Câmara
 
Cassandra rios e o tesão de mulher por mulher
Cassandra rios e o tesão de mulher por mulherCassandra rios e o tesão de mulher por mulher
Cassandra rios e o tesão de mulher por mulher
Fernanda Câmara
 
Bourdieu
BourdieuBourdieu
Modalizadores
ModalizadoresModalizadores
Modalizadores
Fernanda Câmara
 
Carlos franchi mas o que é mesmo gramática.
Carlos franchi   mas o que é mesmo gramática.Carlos franchi   mas o que é mesmo gramática.
Carlos franchi mas o que é mesmo gramática.
Fernanda Câmara
 
Gramática travaglia
Gramática   travagliaGramática   travaglia
Gramática travaglia
Fernanda Câmara
 
Prática texto 2
Prática   texto 2Prática   texto 2
Prática texto 2
Fernanda Câmara
 
DIAGNÓSTICO DAS CONCEPÇÕES DE LINGUAGEM E DE GRAMÁTICA NAS AULAS DE LÍNGUA PO...
DIAGNÓSTICO DAS CONCEPÇÕES DE LINGUAGEM E DE GRAMÁTICA NAS AULAS DE LÍNGUA PO...DIAGNÓSTICO DAS CONCEPÇÕES DE LINGUAGEM E DE GRAMÁTICA NAS AULAS DE LÍNGUA PO...
DIAGNÓSTICO DAS CONCEPÇÕES DE LINGUAGEM E DE GRAMÁTICA NAS AULAS DE LÍNGUA PO...
Fernanda Câmara
 
Teoria da enunciação
Teoria da enunciaçãoTeoria da enunciação
Teoria da enunciação
Fernanda Câmara
 
Linguística textual
Linguística textualLinguística textual
Linguística textual
Fernanda Câmara
 
Aspectos constitutivos da enunciação
Aspectos constitutivos da enunciaçãoAspectos constitutivos da enunciação
Aspectos constitutivos da enunciação
Fernanda Câmara
 
morfologia
morfologiamorfologia
morfologia
Fernanda Câmara
 
Arquivo 4
Arquivo 4Arquivo 4
Arquivo 4
Fernanda Câmara
 
Arquivo 3
Arquivo 3Arquivo 3
Arquivo 3
Fernanda Câmara
 
Arquivo 3
Arquivo 3Arquivo 3
Arquivo 3
Fernanda Câmara
 
Arquivo 1
Arquivo 1Arquivo 1
Arquivo 1
Fernanda Câmara
 
Teoria literária 2
Teoria literária 2Teoria literária 2
Teoria literária 2
Fernanda Câmara
 
Safo
SafoSafo

Mais de Fernanda Câmara (20)

As mãos dos pretos.
As mãos dos pretos.As mãos dos pretos.
As mãos dos pretos.
 
Um amor conquistado o mito do amor materno (pdf) (rev)
Um amor conquistado o mito do amor materno (pdf) (rev)Um amor conquistado o mito do amor materno (pdf) (rev)
Um amor conquistado o mito do amor materno (pdf) (rev)
 
Elisabete badinter
Elisabete badinterElisabete badinter
Elisabete badinter
 
Cassandra rios e o tesão de mulher por mulher
Cassandra rios e o tesão de mulher por mulherCassandra rios e o tesão de mulher por mulher
Cassandra rios e o tesão de mulher por mulher
 
Bourdieu
BourdieuBourdieu
Bourdieu
 
Modalizadores
ModalizadoresModalizadores
Modalizadores
 
Carlos franchi mas o que é mesmo gramática.
Carlos franchi   mas o que é mesmo gramática.Carlos franchi   mas o que é mesmo gramática.
Carlos franchi mas o que é mesmo gramática.
 
Gramática travaglia
Gramática   travagliaGramática   travaglia
Gramática travaglia
 
Prática texto 2
Prática   texto 2Prática   texto 2
Prática texto 2
 
DIAGNÓSTICO DAS CONCEPÇÕES DE LINGUAGEM E DE GRAMÁTICA NAS AULAS DE LÍNGUA PO...
DIAGNÓSTICO DAS CONCEPÇÕES DE LINGUAGEM E DE GRAMÁTICA NAS AULAS DE LÍNGUA PO...DIAGNÓSTICO DAS CONCEPÇÕES DE LINGUAGEM E DE GRAMÁTICA NAS AULAS DE LÍNGUA PO...
DIAGNÓSTICO DAS CONCEPÇÕES DE LINGUAGEM E DE GRAMÁTICA NAS AULAS DE LÍNGUA PO...
 
Teoria da enunciação
Teoria da enunciaçãoTeoria da enunciação
Teoria da enunciação
 
Linguística textual
Linguística textualLinguística textual
Linguística textual
 
Aspectos constitutivos da enunciação
Aspectos constitutivos da enunciaçãoAspectos constitutivos da enunciação
Aspectos constitutivos da enunciação
 
morfologia
morfologiamorfologia
morfologia
 
Arquivo 4
Arquivo 4Arquivo 4
Arquivo 4
 
Arquivo 3
Arquivo 3Arquivo 3
Arquivo 3
 
Arquivo 3
Arquivo 3Arquivo 3
Arquivo 3
 
Arquivo 1
Arquivo 1Arquivo 1
Arquivo 1
 
Teoria literária 2
Teoria literária 2Teoria literária 2
Teoria literária 2
 
Safo
SafoSafo
Safo
 

Último

Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 

Último (20)

Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 

Fonética & fonologia

  • 1. FONÉTICA & FONOLOGIA Disciplina: Língua Portuguesa I
  • 3. DIVISÃO DA GRAMÁTICA FONOLOGIA Estuda os fonemas. MORFOLOGIA Estuda a palavra do ponto de vista morfológico, isto é, de sua forma e de alguns aspectos de sua flexão. SINTAXE Estuda a estrutura formal da frase, isto é, as combinações e relações entre as palavras.
  • 4. CONCEITUANO 6 letras A–L–U–N–O–S 6 fonemas A – LU – NOS ALUN – O – S radical 3 sílabas desinência nominal de número Morfemas desinência nominal de gênero
  • 5. FONOLOGIA: parte da gramática que estuda os fonemas. FONEMAS: unidades sonoras mínimas distintivas da fala. LETRAS: Representação gráfica dos fonemas.
  • 6. SONS E LETRAS Leia este poema concretista, de Décio Pignatari.
  • 7. ALGUMAS PARTICULARIDADES Não há correspondência regular entre fonemas e letras. Uma letra representa um fonema: papai /papay/ 5 letras e 5 fonemas Uma letra representa dois fonemas: táxi /taksi/ 4 letras e 5 fonemas Duas letras representando um fonema: carro /kaRo/ 5 letras e 4 fonemas Uma letra não representa fonema: hoje /oje/ 4 letras e 3 fonemas
  • 8.  Um fonema representado por letras diferentes: /z/ mesa /z/ exame /z/ zebra  Uma letra representando sons diferentes: exame /z/ faixa /x/ máximo /s/ tóxico /ks/
  • 11. Os fonemas classificam-se em: Vogais: é o fonema produzido pelo ar que, expelido dos pulmões, faz vibrar as cordas vocais e não encontra nenhum obstáculo na sua passagem pelo aparelho fonador. Ex.: casa /kaza/ Semivogais: é o nome que se dá ao fonema /y/ e ao fonema /w/ quando, juntos de uma vogal, formam com ela uma só sílaba. Ex.: coisa /koyza/ Consoantes: é o fonema produzido graças aos obstáculos que impedem a livre passagem da corrente expiratória. Ex.: animado /animado/
  • 12. Atenção!  A vogal é o fonema básico de cada sílaba  Não há sílaba sem vogal  Em português toda sílaba tem necessariamente uma e só uma vogal.
  • 13. Classificação das vogais Quanto à zona de articulação anteriores ou palatais: [e] temo; [i] vi central média: [a] batida posteriores ou velares: [o] hoje; [u] luta Quanto ao timbre abertas: [a] Pará; fechadas: [ã] lama; [e] você; [ã] pântano; [u] bule reduzidas: finais átonas representados pelas letras e e o: [i] pele; [u] tolo
  • 14. Quanto à intensidade tônicas: [a] bala; [e] medo;[i] mito; [u] nuca átonas: [a] casa; [e] levar; [i] lidar; [u] lutar Quanto ao papel das cavidades bucal e nasal orais: [a] lata; [e] reta; [i] mito nasais: [ã] canto; [õ] ronco;
  • 15. EXERCÍCIOS ‘Mudaram as estações, nada mudou Mas eu sei que alguma coisa aconteceu Está tudo assim, tão diferente Se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar Que tudo era para sempre Sem saber, que o para sempre Sempre acaba. ‘ [Legião Urbana]
  • 16.
  • 17. CLASSIFICAÇÃO DAS CONSOANTES As consoantes são classificadas de acordo com quatro critérios: 1. Modo de articulação: é a forma pela qual as consoantes são articuladas. Quanto ao modo de articulação, as consoantes podem ser oclusivas ou constritivas. •Nas oclusivas existe um bloqueio total do ar. •EX. PATO, BOLA, DADO •Nas constritivas existe um bloqueio parcial do ar. •EX. CARO, BARALHO, ZEBRA
  • 18. 2. Ponto de articulação: é o lugar onde a corrente de ar é articulada (lábios, dentes, palato. . .) De acordo com o ponto onde é articulada, as consoantes são classificadas em: a) b) c) d) e) f) bilabiais: lábios + lábios. [p] pata labiodentais: lábios + dentes superiores. [f] foto linguodentais: língua + dentes superiores. [d] dela alveolares: língua + alvéolos dos dentes. [s] selo palatais: dorso do língua + céu da boca. [λ] telha velares: parte superior da língua + palato mole. [k] cabra
  • 19. 3. Função das cordas vocais: se a cordas vocais vibrarem, a consoante será sonora; no caso contrário, a consoante será surda. 4. Função das cavidades bucal e nasal: caso o ar saia somente pela boca, as consoantes serão orais; se sair também pelas fossas nasais, as consoantes serão nasais.
  • 22. SEMIVOGAIS ENCONTROS VOCÁLICOS DITONGO CRESCENTE (SEMIVOGAL + VOGAL) 2ª VOGAL MAIS FORTE ORAIS - SÉRIE, LÍNGUA, VÍTREO, NÓDOA. NASAIS - QUANDO, FREQUENTE; DITONGO DECRESCENTE 1ª VOGAL MAIS FORTE (VOGAL + SEMIVOGAL) ORAIS - LEITE, BAIXO, CÉU, HERÓI, NASAIS - MÃO, PÕE, MUITO, FALAM.
  • 23. TRITONGO (VOGAL + SEMIVOGAL + VOGAL) enxaguei – quais HIATO (VOGAL + VOGAL) saúde – anual – pessoa – Saara – voo - região
  • 24. DÍGRAFOS Conjunto de duas letras que servem para indicar um único fonema. CHEIO, FILHO, NINHO, GUINDASTE, QUERIDO, REQUINTE, SEGUE, TERRA, PASSA, PISCINA, EXCETO NASÇA, DÍGRAFOS VOCÁLICOS OU NASAIS TAMBÉM, CANTO, SEMPRE, ENTRE, COMBATE, ONDA, ÁLBUM, FUNDA. ÍMPIO, PINTURA,
  • 25. ENCONTROS CONSONANTAIS É a sequencia de duas ou mais consoantes numa mesma palavra. Os encontros consonantais podem ser inseparáveis ou separáveis. Subnutrido Digno Personagem Drama Se-xo* /sekso/ _________ * também pode ocorrer no nível fonético
  • 27.
  • 28.
  • 29. REFERÊNCIAS ANDRÉ, Hildebrando A. de. Gramática ilustrada. 5º ed. Ed. Moderna, 1999. http://www.slideshare.net/prof.jorgehenrique/fonologia-efontica