SlideShare uma empresa Scribd logo
Complementos
      verbais
Os verbos nocionais que
não são acompanhados
de complementos são
chamados de intransitivos.
Os    que    apresentam
complemento           são
chamados de transitivos.
Os transitivos, por sua
vez, são subclassificados
em transitivos diretos,
transitivos   indiretos e
transitivos    diretos  e
indiretos.
Há dois tipos de complementos
verbais: o objeto direto e o
indireto. Chama-se objeto direto
o complemento que se liga ao
verbo sem preposição. Chama-se
objeto indireto o complemento
que se liga ao verbo por meio de
uma preposição obrigatória.
Observe:


“Solto a voz nas estradas.” (Milton Nascimento)
   Objeto direto
O país necessita de grande investimentos em
 saúde e educação.
                    Objeto indireto
Apresentei-o ao Faustão.


O verbo apresentar, transitivo direto
e indireto, tem como objeto direto o
pronome oblíquo o e, como objeto
indireto, a expressão ao Faustão.
Além dos substantivos,
podem desempenhar a
função de objeto direto e
objeto     indireto    os
pronomes e numerais
substantivos e qualquer
palavra substantivada.
Observação:
   A transitividade de um verbo só
 pode          ser     efetivamente
 determinada num dado contexto.
 Observe nas orações seguintes
 como um verbo pode apresentar
 transitividade diferente de acordo
 com o contexto em que ocorre:
• O pior já passou. (intransitivo)
• Nos últimos anos, a Fiat passou a
  Volkswagem e a GM na preferência
  dos      consumidores   brasileiros.
  (transitivo direto)
• Você precisa passar a novidade
  aos colegas. (transitivo direto e
  indireto)
Pronomes oblíquos como
 complementos verbais

    No caso de pronomes
pessoais do caso oblíquo,
devemos    relembrar  que
alguns deles desempenham
funções específicas:
a)      Quando complementos
     verbais, os pronomes o, os,
     a, as atuam exclusivamente
     como      objetos   diretos,
     enquanto lhe e lhes atuam
     exclusivamente        como
     objetos indiretos.
Observe:
Informei os preços aos clientes.
Informei-os aos clientes. (Objeto direto)


Informei os preços aos clientes.
Informei-lhes os preços. (Objeto indireto)
b) Os pronomes me, te, se,
 nos e vos podem atuar
 como objetos diretos ou
 indiretos, de acordo com a
 transitividade verbal.
• Escolheram-me para representar a turma.

Escolher alguém: verbo transitivo direto; o
   pronome me, portanto, objeto direto.


     • Não me pertencem os sonhos.

 Pertencer a alguém: o verbo é transitivo
  indireto; o sujeito é “os seus sonhos”; o
       pronome me é objeto indireto.
Objeto direto preposicionado
 O objeto direto pode ser introduzido por
preposição. Nesses casos, o verbo é
transitivo direto, e seu complemento é,
obviamente, um objeto direto. A
preposição       é     empregada      por
necessidades expressivas ou por razões
morfossintáticas, mas nunca porque o
verbo exige.
a) Cumpri com a minha palavra.


Cumprir algo: o verbo é transitivo
direto. A preposição com,
estruturalmente     dispensável,
surge como elemento enfático e
não porque o verbo exija.
b) O novo horário incomoda a todos.


 Incomodar alguém: o verbo é transitivo
direto. A presença da preposição
decorre do tipo de pronome que atua
como objeto direto: um pronome
indefinido relativo a pessoa (todos), que
sempre admite a preposição.
c) Notadamente aos mais desfavorecidos
          atingem essas medidas.


   Atingir alguém: o verbo é, novamente,
transitivo direto. A preposição é fundamental,
no caso, para evitar ambiguidade: os mais
desfavorecidos são atingidos pelas medidas.
Sem a preposição, a expressão “os mais
desfavorecidos”       passaria    a    sujeito,
modificando o sentido da frase.
Objetos pleonásticos

 Por motivos expressivos, podem surgir
os chamados objetos pleonásticos:
tanto o objeto direto como o objeto
indireto podem ser colocados em
destaque, no início da oração, sendo
depois repetido por um pronome
pessoal na posição onde deveriam
naturalmente estar.
a) Objeto direto pleonástico:
  Suas músicas, ouço-as sempre
          com emoção.


“Suas músicas” é o objeto direto;
  “as” é o objeto direto pleonástico.
b) Objeto indireto pleonástico:

Aos filhos, dá-lhes o melhor de si.


“Aos filhos”é o objeto indireto; “lhes”
  é objeto indireto pleonástico.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
Flávio Ferreira
 
Objeto direto e indireto
Objeto direto e indiretoObjeto direto e indireto
Objeto direto e indireto
Edgar Filho
 
Adjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominalAdjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominal
Neily Alves
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Jose Manuel Alho
 
Vozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 anoVozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 ano
Flávio Ferreira
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas Adverbiais
Fábio Guimarães
 
Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)
Flávio Ferreira
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
Verônica Carvalho
 
Flexão de Grau dos Adjetivos
Flexão de Grau dos AdjetivosFlexão de Grau dos Adjetivos
Flexão de Grau dos Adjetivos
aninhalm
 
Regência verbal e nominal
Regência verbal e nominalRegência verbal e nominal
Regência verbal e nominal
Simone Peixoto
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
Alice Silva
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.
Keu Oliveira
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
Carolina Loçasso Pereira
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
Flávio Ferreira
 
Sujeito. Predicado
Sujeito. PredicadoSujeito. Predicado
Sujeito. Predicado
Rosalina Simão Nunes
 
Período Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e SubordinaçãoPeríodo Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e Subordinação
Joyce de Oliveira
 
8º ano E. F. II - Transitividade verbal
8º ano E. F. II - Transitividade verbal8º ano E. F. II - Transitividade verbal
8º ano E. F. II - Transitividade verbal
Angélica Manenti
 
Hifen
HifenHifen
Aula 13 vozes verbais
Aula 13   vozes verbaisAula 13   vozes verbais
Aula 13 vozes verbais
Flávio Ferreira
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
Cynthia Funchal
 

Mais procurados (20)

Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Objeto direto e indireto
Objeto direto e indiretoObjeto direto e indireto
Objeto direto e indireto
 
Adjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominalAdjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominal
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Vozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 anoVozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 ano
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas Adverbiais
 
Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
 
Flexão de Grau dos Adjetivos
Flexão de Grau dos AdjetivosFlexão de Grau dos Adjetivos
Flexão de Grau dos Adjetivos
 
Regência verbal e nominal
Regência verbal e nominalRegência verbal e nominal
Regência verbal e nominal
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
 
Sujeito. Predicado
Sujeito. PredicadoSujeito. Predicado
Sujeito. Predicado
 
Período Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e SubordinaçãoPeríodo Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e Subordinação
 
8º ano E. F. II - Transitividade verbal
8º ano E. F. II - Transitividade verbal8º ano E. F. II - Transitividade verbal
8º ano E. F. II - Transitividade verbal
 
Hifen
HifenHifen
Hifen
 
Aula 13 vozes verbais
Aula 13   vozes verbaisAula 13   vozes verbais
Aula 13 vozes verbais
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
 

Destaque

Aula de transitividade verbal
Aula de transitividade verbalAula de transitividade verbal
Aula de transitividade verbal
Monica Montenegro
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
krys05
 
Apresentação verbos / por que
Apresentação verbos  / por queApresentação verbos  / por que
Apresentação verbos / por que
krys05
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
Stephany Brandão
 
Complemento verbal
Complemento verbalComplemento verbal
Complemento verbal
Simone Peixoto
 
Cumprimentos
CumprimentosCumprimentos
Cumprimentos
krys05
 
Sintaxe
SintaxeSintaxe
Questões - termos da oração
Questões - termos da oraçãoQuestões - termos da oração
Questões - termos da oração
Evaí Oliveira
 
Ditongos
DitongosDitongos
Ditongos
krys05
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
Edson Alves
 
Apresentações / Cumprimentos / Família / Verbos regulares e irregulares
Apresentações / Cumprimentos / Família / Verbos regulares e irregularesApresentações / Cumprimentos / Família / Verbos regulares e irregulares
Apresentações / Cumprimentos / Família / Verbos regulares e irregulares
krys05
 
Transitividade Verbal
Transitividade VerbalTransitividade Verbal
Transitividade Verbal
Angela Santos
 

Destaque (12)

Aula de transitividade verbal
Aula de transitividade verbalAula de transitividade verbal
Aula de transitividade verbal
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Apresentação verbos / por que
Apresentação verbos  / por queApresentação verbos  / por que
Apresentação verbos / por que
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
 
Complemento verbal
Complemento verbalComplemento verbal
Complemento verbal
 
Cumprimentos
CumprimentosCumprimentos
Cumprimentos
 
Sintaxe
SintaxeSintaxe
Sintaxe
 
Questões - termos da oração
Questões - termos da oraçãoQuestões - termos da oração
Questões - termos da oração
 
Ditongos
DitongosDitongos
Ditongos
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
 
Apresentações / Cumprimentos / Família / Verbos regulares e irregulares
Apresentações / Cumprimentos / Família / Verbos regulares e irregularesApresentações / Cumprimentos / Família / Verbos regulares e irregulares
Apresentações / Cumprimentos / Família / Verbos regulares e irregulares
 
Transitividade Verbal
Transitividade VerbalTransitividade Verbal
Transitividade Verbal
 

Semelhante a Complementos verbais

www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oraçãowww.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
Lucia Silveira
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oraçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
Márcia De Bianci
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
Anna Paula
 
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
Videoaulas De Português Apoio
 
4074995 portugues-ppt-regencia
4074995 portugues-ppt-regencia4074995 portugues-ppt-regencia
4074995 portugues-ppt-regencia
Diego Dutra Nogueira
 
Termos da oração
Termos da oraçãoTermos da oração
Termos da oração
Carla Farinha
 
TRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBAL
TRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBALTRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBAL
TRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBAL
RegileneCutrim1
 
RegêNcia
RegêNciaRegêNcia
RegêNcia
guest0cbfe
 
RegêNcia
RegêNciaRegêNcia
RegêNcia
guest0cbfe
 
Regenência completo
Regenência  completoRegenência  completo
Regenência completo
sandra
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
Angela Santos
 
Apostila regencia verbal
Apostila regencia verbalApostila regencia verbal
Apostila regencia verbal
Rebeca Kaus
 
Apostila regencia verbal
Apostila regencia verbalApostila regencia verbal
Apostila regencia verbal
Rebeca Kaus
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
AJFG1
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
Edson Alves
 
Regência nivelamento
Regência   nivelamentoRegência   nivelamento
Regência nivelamento
Éric Santos
 
Português - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo Aulas
Português - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo AulasPortuguês - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo Aulas
Português - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo Aulas
Vídeo Aulas Apoio
 
3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx
3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx
3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx
Marlene Cunhada
 
Artigo 6 transposicao das vozes verbais
Artigo 6   transposicao das vozes verbaisArtigo 6   transposicao das vozes verbais
Artigo 6 transposicao das vozes verbais
Isabelly Sarmento
 
Sintaxe 2
Sintaxe 2Sintaxe 2
Sintaxe 2
Edson Dorneles
 

Semelhante a Complementos verbais (20)

www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oraçãowww.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oraçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
 
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
 
4074995 portugues-ppt-regencia
4074995 portugues-ppt-regencia4074995 portugues-ppt-regencia
4074995 portugues-ppt-regencia
 
Termos da oração
Termos da oraçãoTermos da oração
Termos da oração
 
TRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBAL
TRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBALTRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBAL
TRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBAL
 
RegêNcia
RegêNciaRegêNcia
RegêNcia
 
RegêNcia
RegêNciaRegêNcia
RegêNcia
 
Regenência completo
Regenência  completoRegenência  completo
Regenência completo
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
 
Apostila regencia verbal
Apostila regencia verbalApostila regencia verbal
Apostila regencia verbal
 
Apostila regencia verbal
Apostila regencia verbalApostila regencia verbal
Apostila regencia verbal
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
 
Regência nivelamento
Regência   nivelamentoRegência   nivelamento
Regência nivelamento
 
Português - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo Aulas
Português - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo AulasPortuguês - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo Aulas
Português - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo Aulas
 
3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx
3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx
3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx
 
Artigo 6 transposicao das vozes verbais
Artigo 6   transposicao das vozes verbaisArtigo 6   transposicao das vozes verbais
Artigo 6 transposicao das vozes verbais
 
Sintaxe 2
Sintaxe 2Sintaxe 2
Sintaxe 2
 

Complementos verbais

  • 1. Complementos verbais
  • 2. Os verbos nocionais que não são acompanhados de complementos são chamados de intransitivos. Os que apresentam complemento são chamados de transitivos.
  • 3. Os transitivos, por sua vez, são subclassificados em transitivos diretos, transitivos indiretos e transitivos diretos e indiretos.
  • 4. Há dois tipos de complementos verbais: o objeto direto e o indireto. Chama-se objeto direto o complemento que se liga ao verbo sem preposição. Chama-se objeto indireto o complemento que se liga ao verbo por meio de uma preposição obrigatória.
  • 5. Observe: “Solto a voz nas estradas.” (Milton Nascimento) Objeto direto O país necessita de grande investimentos em saúde e educação. Objeto indireto
  • 6. Apresentei-o ao Faustão. O verbo apresentar, transitivo direto e indireto, tem como objeto direto o pronome oblíquo o e, como objeto indireto, a expressão ao Faustão.
  • 7. Além dos substantivos, podem desempenhar a função de objeto direto e objeto indireto os pronomes e numerais substantivos e qualquer palavra substantivada.
  • 8. Observação: A transitividade de um verbo só pode ser efetivamente determinada num dado contexto. Observe nas orações seguintes como um verbo pode apresentar transitividade diferente de acordo com o contexto em que ocorre:
  • 9. • O pior já passou. (intransitivo) • Nos últimos anos, a Fiat passou a Volkswagem e a GM na preferência dos consumidores brasileiros. (transitivo direto) • Você precisa passar a novidade aos colegas. (transitivo direto e indireto)
  • 10. Pronomes oblíquos como complementos verbais No caso de pronomes pessoais do caso oblíquo, devemos relembrar que alguns deles desempenham funções específicas:
  • 11. a) Quando complementos verbais, os pronomes o, os, a, as atuam exclusivamente como objetos diretos, enquanto lhe e lhes atuam exclusivamente como objetos indiretos.
  • 12. Observe: Informei os preços aos clientes. Informei-os aos clientes. (Objeto direto) Informei os preços aos clientes. Informei-lhes os preços. (Objeto indireto)
  • 13. b) Os pronomes me, te, se, nos e vos podem atuar como objetos diretos ou indiretos, de acordo com a transitividade verbal.
  • 14. • Escolheram-me para representar a turma. Escolher alguém: verbo transitivo direto; o pronome me, portanto, objeto direto. • Não me pertencem os sonhos. Pertencer a alguém: o verbo é transitivo indireto; o sujeito é “os seus sonhos”; o pronome me é objeto indireto.
  • 15. Objeto direto preposicionado O objeto direto pode ser introduzido por preposição. Nesses casos, o verbo é transitivo direto, e seu complemento é, obviamente, um objeto direto. A preposição é empregada por necessidades expressivas ou por razões morfossintáticas, mas nunca porque o verbo exige.
  • 16. a) Cumpri com a minha palavra. Cumprir algo: o verbo é transitivo direto. A preposição com, estruturalmente dispensável, surge como elemento enfático e não porque o verbo exija.
  • 17. b) O novo horário incomoda a todos. Incomodar alguém: o verbo é transitivo direto. A presença da preposição decorre do tipo de pronome que atua como objeto direto: um pronome indefinido relativo a pessoa (todos), que sempre admite a preposição.
  • 18. c) Notadamente aos mais desfavorecidos atingem essas medidas. Atingir alguém: o verbo é, novamente, transitivo direto. A preposição é fundamental, no caso, para evitar ambiguidade: os mais desfavorecidos são atingidos pelas medidas. Sem a preposição, a expressão “os mais desfavorecidos” passaria a sujeito, modificando o sentido da frase.
  • 19. Objetos pleonásticos Por motivos expressivos, podem surgir os chamados objetos pleonásticos: tanto o objeto direto como o objeto indireto podem ser colocados em destaque, no início da oração, sendo depois repetido por um pronome pessoal na posição onde deveriam naturalmente estar.
  • 20. a) Objeto direto pleonástico: Suas músicas, ouço-as sempre com emoção. “Suas músicas” é o objeto direto; “as” é o objeto direto pleonástico.
  • 21. b) Objeto indireto pleonástico: Aos filhos, dá-lhes o melhor de si. “Aos filhos”é o objeto indireto; “lhes” é objeto indireto pleonástico.