SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
EXPOSITOR –Victor Passos
O relacionamento inter- pessoal
revela o comportamento dos
indivíduos.
A aproximação e a convivência
provocam a queda de máscaras.
Nas pessoas que já
alcançaram o
amadurecimento
psicológico, a conduta
permanece sem
surpresas, porque há
uma interação da sua
vivência interior com a
exterior.
As pessoas imaturas alternam condutas
entre:
• a alegria e a tristeza;
• a confiança e a suspeita;
• o amor e a antipatia.
A falta do autodescobrimento
gera estados de instabilidade,de
desventura conduzindo a
enfermidades emocionais que
são projetadas, reaparecendo na
área orgânica.
O projeto de melhoria individual
de todos nós esbarrará ainda
longo tempo na moléstia moral
do orgulho que constitui a raiz
de larga soma de atitudes
humanas.
Algo insensato na Humanidade consiste em
vermos o mal de outrem, antes de vermos o mal
que está em nós. Para julgar-se a si mesmo, fora
preciso que o homem pudesse ver seu interior num
espelho, pudesse, de certo modo, transportar-se
para fora de si próprio, considerar-se como outra
pessoa e perguntar: Que pensaria eu, se
visse alguém fazer o que faço?
E.S.E. capítulo X – item 10
Incontestavelmente, é o orgulho que
induz o homem a disfarçar, para si
mesmo, os seus defeitos, tanto morais,
quanto físicos.
E.S.E. cap. X, item 10
Melindre é o orgulho na mágoa.
Cultivemos a coragem de ser
criticados.
Pretensão é o orgulho
nas ambições.
Aprendamos a
contentar com a alegria
de trabalhar, sem
expectativas pessoais.
Presunção é o orgulho no saber.
Tomemos por divisa que toda
opinião deve ser escutada com o
desejo de aprender.
Preconceito é o orgulho nas
concepções. Habituemos a manter
análises imparciais e flexíveis.
Indiferença é o orgulho na
sensibilidade. Adotemos a aceitação
e respeito em todas ocasiões de
êxitos e insucessos alheios.
Desprezo é o orgulho no
entendimento.
Habituemo-nos a pensar que
para Deus tudo tem valor,
mesmo que por agora não o
compreendamos.
Personalismo é o orgulho centrado
no eu. Eduquemos a abnegação nas
atitudes.
Vaidade é o orgulho do que se
imagina ser.
Procuremos conhecer a nós
mesmos e ter coragem para
aceitarmo-nos tal qual somos,
fazendo o melhor que pudermos
na melhoria pessoal.
Inveja é o orgulho perante os
sucessos alheios. Aceitemos que
temos esse sentimento e o
enfrentemos com dignidade e
humildade.
A falsa modéstia é o orgulho da
“humildade artificial”.
Esforcemo-nos pela simplicidade
que vem da alma sem querer
impressionar.
A prepotência é o orgulho de poder.
Aprendamos a descobrir o poder
interior em nós mesmos, transformando
a prepotência em autoridade.
Dissimulação é o orgulho nas
aparências. Esforcemos por ser
quem somos, sem receios,
amando-nos como somos.
A tua ação e reação traduz
como somos interiormente.
Não desperdices energias
mascarando-te, antes aplica-as
em contínuo trabalho de auto-
aprimoramento, de crescimento
interior até exteriorizares as
conquistas em simpatias,
cordialidade e amor.
A reeducação moral por meio das
reencarnações nos levará a renovar
esse quadro íntimo e alcançar o
amadurecimento psicológico.
MUITA PAZ
Palestrante – Victor Passos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Autoestima 2013
Autoestima 2013Autoestima 2013
Autoestima 2013
maurenia
 
0325 auto estima - Daniela
0325 auto estima - Daniela0325 auto estima - Daniela
0325 auto estima - Daniela
laiscarlini
 
10 passos para levantar sua auto estima
10 passos para levantar sua auto estima10 passos para levantar sua auto estima
10 passos para levantar sua auto estima
Boni Santos
 
Auto estima-110714070056-phpapp01
Auto estima-110714070056-phpapp01Auto estima-110714070056-phpapp01
Auto estima-110714070056-phpapp01
Alice Lirio
 

Mais procurados (20)

Auto estima
Auto estimaAuto estima
Auto estima
 
A importancia do auto conhecimento
A importancia do auto conhecimentoA importancia do auto conhecimento
A importancia do auto conhecimento
 
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMAAUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
 
Como mudar a autoestima no trabalho?
Como mudar a autoestima no trabalho?Como mudar a autoestima no trabalho?
Como mudar a autoestima no trabalho?
 
Autoestima - Como mudar?
Autoestima - Como mudar?Autoestima - Como mudar?
Autoestima - Como mudar?
 
autoestima
autoestimaautoestima
autoestima
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
 
Autoestima 2013
Autoestima 2013Autoestima 2013
Autoestima 2013
 
Autoestima e fe
Autoestima e feAutoestima e fe
Autoestima e fe
 
MAIORES PALESTRANTES DO BRASIL-JULIO CESAR
MAIORES PALESTRANTES DO BRASIL-JULIO CESARMAIORES PALESTRANTES DO BRASIL-JULIO CESAR
MAIORES PALESTRANTES DO BRASIL-JULIO CESAR
 
Feedback: uma habilidade essencial
Feedback: uma habilidade essencialFeedback: uma habilidade essencial
Feedback: uma habilidade essencial
 
Workshop Autoestima
Workshop Autoestima Workshop Autoestima
Workshop Autoestima
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
 
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
 
SINAIS DE UMA PESSOA SEM AUTOESTIMA
SINAIS DE UMA PESSOA SEM AUTOESTIMASINAIS DE UMA PESSOA SEM AUTOESTIMA
SINAIS DE UMA PESSOA SEM AUTOESTIMA
 
0325 auto estima - Daniela
0325 auto estima - Daniela0325 auto estima - Daniela
0325 auto estima - Daniela
 
10 passos para levantar sua auto estima
10 passos para levantar sua auto estima10 passos para levantar sua auto estima
10 passos para levantar sua auto estima
 
50638172 auto-conhecimento
50638172 auto-conhecimento50638172 auto-conhecimento
50638172 auto-conhecimento
 
AUTO ESTIMA PARA MULHERES DA CONSTRUÇÃO CIVIL
AUTO ESTIMA PARA MULHERES DA CONSTRUÇÃO CIVIL  AUTO ESTIMA PARA MULHERES DA CONSTRUÇÃO CIVIL
AUTO ESTIMA PARA MULHERES DA CONSTRUÇÃO CIVIL
 
Auto estima-110714070056-phpapp01
Auto estima-110714070056-phpapp01Auto estima-110714070056-phpapp01
Auto estima-110714070056-phpapp01
 

Destaque

Destaque (16)

Amadurecimento
AmadurecimentoAmadurecimento
Amadurecimento
 
Abnegação e humildade 1
Abnegação e humildade 1Abnegação e humildade 1
Abnegação e humildade 1
 
Estúdio Panda Vermelho
Estúdio Panda VermelhoEstúdio Panda Vermelho
Estúdio Panda Vermelho
 
Provações
ProvaçõesProvações
Provações
 
Subjetivismo de Rogers
Subjetivismo de RogersSubjetivismo de Rogers
Subjetivismo de Rogers
 
Tudo o que você queria saber sobre o limite de peso que uma pessoa pode lava...
Tudo o que você queria saber sobre o limite de peso que uma pessoa pode lava...Tudo o que você queria saber sobre o limite de peso que uma pessoa pode lava...
Tudo o que você queria saber sobre o limite de peso que uma pessoa pode lava...
 
História da Terra e da Vida
História da Terra e da VidaHistória da Terra e da Vida
História da Terra e da Vida
 
Qualidade De Vida Na Maturidade
Qualidade De Vida Na MaturidadeQualidade De Vida Na Maturidade
Qualidade De Vida Na Maturidade
 
Abordagem Humanista
Abordagem HumanistaAbordagem Humanista
Abordagem Humanista
 
Humanismo Carl Rogers
Humanismo Carl RogersHumanismo Carl Rogers
Humanismo Carl Rogers
 
Abordagem Humanista na Educação
Abordagem Humanista na EducaçãoAbordagem Humanista na Educação
Abordagem Humanista na Educação
 
Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
 
Medicina chinesa
Medicina chinesaMedicina chinesa
Medicina chinesa
 
Personalidade carater ou teperamento
Personalidade   carater ou teperamentoPersonalidade   carater ou teperamento
Personalidade carater ou teperamento
 
Slide apresentação carl rogers
Slide apresentação carl rogersSlide apresentação carl rogers
Slide apresentação carl rogers
 
Teoria Humanista
Teoria HumanistaTeoria Humanista
Teoria Humanista
 

Semelhante a Amadurecimento psicológico

Conhecimento de si mesmo
Conhecimento de si mesmoConhecimento de si mesmo
Conhecimento de si mesmo
Helio Cruz
 
A arte de interrogar 1.docx
A arte de interrogar 1.docxA arte de interrogar 1.docx
A arte de interrogar 1.docx
Susan Glass
 
Auto encontro - O ser humano diante de si
Auto encontro - O ser humano diante de siAuto encontro - O ser humano diante de si
Auto encontro - O ser humano diante de si
Lisete B.
 
Auto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpaAuto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpa
Lisete B.
 
teste de autoestima e evoluo espiritual.pdf
teste de autoestima e evoluo espiritual.pdfteste de autoestima e evoluo espiritual.pdf
teste de autoestima e evoluo espiritual.pdf
Telma Lima
 

Semelhante a Amadurecimento psicológico (20)

Conhecimento de si mesmo
Conhecimento de si mesmoConhecimento de si mesmo
Conhecimento de si mesmo
 
A arte de interrogar 1.docx
A arte de interrogar 1.docxA arte de interrogar 1.docx
A arte de interrogar 1.docx
 
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA.pptx
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA.pptxESTUDANDO A ARROGÂNCIA.pptx
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA.pptx
 
Desmascarando a VAIDADE
Desmascarando a VAIDADEDesmascarando a VAIDADE
Desmascarando a VAIDADE
 
aautoestima_Anderson.pdf
aautoestima_Anderson.pdfaautoestima_Anderson.pdf
aautoestima_Anderson.pdf
 
Auto aceitação_ O Caminho para o Amor Próprio.pdf
Auto aceitação_ O Caminho para o Amor Próprio.pdfAuto aceitação_ O Caminho para o Amor Próprio.pdf
Auto aceitação_ O Caminho para o Amor Próprio.pdf
 
REFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIORREFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIOR
 
Esperança
EsperançaEsperança
Esperança
 
Auto Conhecer-se !
Auto Conhecer-se !Auto Conhecer-se !
Auto Conhecer-se !
 
Auto iluminação
Auto iluminação Auto iluminação
Auto iluminação
 
Auto encontro - O ser humano diante de si
Auto encontro - O ser humano diante de siAuto encontro - O ser humano diante de si
Auto encontro - O ser humano diante de si
 
A Autojustificação E a Necessidade De Conservar Auto Estima
A Autojustificação E a Necessidade De Conservar Auto EstimaA Autojustificação E a Necessidade De Conservar Auto Estima
A Autojustificação E a Necessidade De Conservar Auto Estima
 
O que sentimos sobre nos?
O que sentimos sobre nos?O que sentimos sobre nos?
O que sentimos sobre nos?
 
Auto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpaAuto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpa
 
Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08
 
Pp auto estima e evolução espiritual 2017
Pp auto estima e evolução espiritual 2017Pp auto estima e evolução espiritual 2017
Pp auto estima e evolução espiritual 2017
 
teste de autoestima e evoluo espiritual.pdf
teste de autoestima e evoluo espiritual.pdfteste de autoestima e evoluo espiritual.pdf
teste de autoestima e evoluo espiritual.pdf
 
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA na visão Espiritualistalideshare.pptx
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA  na visão Espiritualistalideshare.pptxCOMO ANDA SUA AUTOESTIMA  na visão Espiritualistalideshare.pptx
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA na visão Espiritualistalideshare.pptx
 
DESENVOLVENDO A AUTOESTIMA.pdf
DESENVOLVENDO A AUTOESTIMA.pdfDESENVOLVENDO A AUTOESTIMA.pdf
DESENVOLVENDO A AUTOESTIMA.pdf
 
Dores da Alma, a psicologia das dores humanas
Dores da Alma, a psicologia das dores humanasDores da Alma, a psicologia das dores humanas
Dores da Alma, a psicologia das dores humanas
 

Mais de Victor Passos

Mais de Victor Passos (20)

Exercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas webExercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas web
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TIC
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TIC
 
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoriaTarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
 
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2
Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2
 
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
Modulo 2 -  exercicio obrigatorioModulo 2 -  exercicio obrigatorio
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
 
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefaCurso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefa
 
Modulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa webModulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa web
 
Espiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoçõesEspiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoções
 
Desperte e seja feliz final
Desperte e seja feliz finalDesperte e seja feliz final
Desperte e seja feliz final
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
 
Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiares
 
Orgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os viciosOrgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os vicios
 
Obreiros de ultima hora
Obreiros de ultima horaObreiros de ultima hora
Obreiros de ultima hora
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
Mediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisicoMediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisico
 
Maledicência
MaledicênciaMaledicência
Maledicência
 
Reencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidadeReencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidade
 
Doença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocuraDoença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocura
 
Obsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e curaObsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e cura
 

Último

Último (8)

Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdfLivro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
 
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiroO CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
 
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptxprojeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
 
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptxLição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
 
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
 

Amadurecimento psicológico

  • 2. O relacionamento inter- pessoal revela o comportamento dos indivíduos. A aproximação e a convivência provocam a queda de máscaras.
  • 3. Nas pessoas que já alcançaram o amadurecimento psicológico, a conduta permanece sem surpresas, porque há uma interação da sua vivência interior com a exterior.
  • 4. As pessoas imaturas alternam condutas entre: • a alegria e a tristeza; • a confiança e a suspeita; • o amor e a antipatia.
  • 5. A falta do autodescobrimento gera estados de instabilidade,de desventura conduzindo a enfermidades emocionais que são projetadas, reaparecendo na área orgânica.
  • 6. O projeto de melhoria individual de todos nós esbarrará ainda longo tempo na moléstia moral do orgulho que constitui a raiz de larga soma de atitudes humanas.
  • 7. Algo insensato na Humanidade consiste em vermos o mal de outrem, antes de vermos o mal que está em nós. Para julgar-se a si mesmo, fora preciso que o homem pudesse ver seu interior num espelho, pudesse, de certo modo, transportar-se para fora de si próprio, considerar-se como outra pessoa e perguntar: Que pensaria eu, se visse alguém fazer o que faço? E.S.E. capítulo X – item 10
  • 8. Incontestavelmente, é o orgulho que induz o homem a disfarçar, para si mesmo, os seus defeitos, tanto morais, quanto físicos. E.S.E. cap. X, item 10
  • 9. Melindre é o orgulho na mágoa. Cultivemos a coragem de ser criticados.
  • 10. Pretensão é o orgulho nas ambições. Aprendamos a contentar com a alegria de trabalhar, sem expectativas pessoais.
  • 11. Presunção é o orgulho no saber. Tomemos por divisa que toda opinião deve ser escutada com o desejo de aprender.
  • 12. Preconceito é o orgulho nas concepções. Habituemos a manter análises imparciais e flexíveis.
  • 13. Indiferença é o orgulho na sensibilidade. Adotemos a aceitação e respeito em todas ocasiões de êxitos e insucessos alheios.
  • 14. Desprezo é o orgulho no entendimento. Habituemo-nos a pensar que para Deus tudo tem valor, mesmo que por agora não o compreendamos.
  • 15. Personalismo é o orgulho centrado no eu. Eduquemos a abnegação nas atitudes.
  • 16. Vaidade é o orgulho do que se imagina ser. Procuremos conhecer a nós mesmos e ter coragem para aceitarmo-nos tal qual somos, fazendo o melhor que pudermos na melhoria pessoal.
  • 17. Inveja é o orgulho perante os sucessos alheios. Aceitemos que temos esse sentimento e o enfrentemos com dignidade e humildade.
  • 18. A falsa modéstia é o orgulho da “humildade artificial”. Esforcemo-nos pela simplicidade que vem da alma sem querer impressionar.
  • 19. A prepotência é o orgulho de poder. Aprendamos a descobrir o poder interior em nós mesmos, transformando a prepotência em autoridade.
  • 20. Dissimulação é o orgulho nas aparências. Esforcemos por ser quem somos, sem receios, amando-nos como somos.
  • 21. A tua ação e reação traduz como somos interiormente.
  • 22. Não desperdices energias mascarando-te, antes aplica-as em contínuo trabalho de auto- aprimoramento, de crescimento interior até exteriorizares as conquistas em simpatias, cordialidade e amor.
  • 23. A reeducação moral por meio das reencarnações nos levará a renovar esse quadro íntimo e alcançar o amadurecimento psicológico.
  • 24.
  • 25. MUITA PAZ Palestrante – Victor Passos