SlideShare uma empresa Scribd logo
Conselho Escolar
E a sua organização na
 Instituição de Ensino
   de acordo com a
       Legislação
        (Parte 2)
                    José Luiz Brogian
“Tudo o que a gente puder fazer no
 sentido de convocar os que vivem em
 torno da escola, e dentro da escola,no
  sentido de participarem, de tomarem
um pouco o destino da escola na mão,
   também. Tudo o que a gente puder
   fazer nesse sentido é pouco ainda,
considerando o trabalho imenso que se
 põe diante de nós que é o de assumir
     esse país democraticamente.”
              Paulo Freire
O QUE É UM CONSELHO
          ESCOLAR?
  Os Conselhos Escolares representam as
   comunidades escolar e local, atuando em
conjunto e definindo caminhos para tomar as
deliberações que são de sua responsabilidade.
 Ele desempenha um papel importante em

    assegurar que toda a comunidade seja
 envolvida em todas as decisões importantes
            tomadas pela escola.
Como o Conselho Escolar
         contribui com a Escola?
   Os Conselhos Escolares contribuem
    decisivamente para a criação de um
    novo cotidiano escolar,no qual a escola
    e a comunidade se identificam no
    enfrentamento não só dos desafios
    escolares imediatos, mas dos graves
    problemas sociais vividos na realidade
    brasileira.
Como reativar ou consolidar
          os Conselhos Escolares?
   Cabe ao diretor da escola ou a quaisquer
    representantes dos segmentos das
    comunidades escolar e local a iniciativa
    de criação dos Conselhos Escolares,
    convocando todos para organizar as
    eleições do colegiado.
QUE DECISÕES O CONSELHO
            ESCOLAR PODE TOMAR?
   O Conselho Escolar averigua o que a escola
    precisa e quais são os assuntos mais importantes
     que a escola deve focalizar.
   O Conselho Escolar assessora as necessidades
    financeiras da escola.
   O Conselho Escolar auxilia o diretor sobre
    assuntos, como por exemplo, se a escola está
    usando o melhor meio de informar aos pais sobre
    o aproveitamento do aluno ou sobre o bem-estar
    dos estudantes na escola.
HÁ ALGO QUE O CONSELHO
         ESCOLAR NÃO PODE FAZER?
   O Conselho escolar não pode empregar
    funcionários e não tem o poder de admitir ou
    demitir professores ou outros funcionários do
    quadro do pessoal da escola.
   O Conselho Escolar não é responsável pela
    administração da escola ou pela escolha de
    programas de ensino e aprendizagem ensinados
    na escola.
   Os programas de ensino e de aprendizagem estão
    sob a responsabilidade da Equipe Pedagógica da
    Unidade Educacional.
QUEM PODE SER MEMBRO DO
          CONSELHO ESCOLAR?
   Os membros do Conselho Escolar são os pais,
    professores, pedagogos , alunos e funcionários da
    Unidade Educacional. O diretor da escola também
    faz parte do Conselho.
   O Conselho Escolar é composto pelos
    representantes dos segmentos da comunidade
    escolar.
   Uma qualificação necessária para pertencer ao
    Conselho Escolar é o desejo de ajudar a
    comunidade escolar.
Atribuições e Funcionamento
      dos Conselhos Escolares
    A primeira delas deverá ser a elaboração
    do Regimento Interno do Conselho Escolar,
    que define ações importantes, como
    calendário
    de reuniões, substituição de conselheiros,
    condições de participação do suplente,
    processos de tomada de decisões,
    indicação das funções do Conselho etc.
PORQUE EU GOSTARIA DE SER UM
        MEMBRO DO CONSELHO
              ESCOLAR?
   Ser membro do Conselho Escolar é um bom meio
    para expressar a sua opinião sobre assuntos
    importantes da escola.
   Representando um grupo de pessoas, tais como
    os pais ou alunos, você terá a oportunidade de
    expressar o ponto de vista destas pessoas quando
    as decisões são tomadas.
   Também terá oportunidades regulares de dar
    conselhos sobre assuntos que afetem a escola.
Você aprenderá muito sobre a escola e
como membro do conselho a ajudará a
fazer da escola um lugar ainda melhor.
Se é um dos pais de uma criança na
escola,os seus próprios filhos serão
beneficiados, e estará mostrando a eles
que se interessa pela sua educação e que
deseja trabalhar para a escola deles.
COM QUE FREQUÊNCIA O CONSELHO
           ESCOLAR SE REÚNE?
   Os Conselhos Escolares devem se
    reunir com periodicidade: sugerem-se
    reuniões mensais, com uma pauta
    previamente distribuídas aos
    conselheiros , para que possam, junto a
    cada segmento escolar e
    representantes da comunidade local,
    informá-los do que será discutido e
    definir em conjunto o que será levado
    à reunião.
COMO POSSO TORNAR-ME MEMBRO
DO CONSELHO ESCOLAR?
    Fale com o diretor da escola ou com o
    presidente do Conselho Escolar.
Aspectos Positivos da Implantação
dos Conselhos Escolares
    1. As decisões refletem a
     pluralidade
   de interesses e visões que existem
   entre os diversos segmentos
     envolvidos;
   2. Há uma maior transparência das
     decisões tomadas;
   3. Tem-se a garantia de decisões
     efetivamente coletivas;
4. Garante-se espaço para que
todos os segmentos da comunidade
escolar possam expressar suas
idéias e necessidades, contribuindo
para as discussões dos problemas
e a busca de soluções.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
Vadeilza Castilho
 
Conselho Escolar e Aprendizagem na Escola
Conselho Escolar e Aprendizagem na EscolaConselho Escolar e Aprendizagem na Escola
Conselho Escolar e Aprendizagem na Escola
UBIRAJARA COUTO LIMA
 
A importância da observação em sala de aula
A importância da observação em sala de aulaA importância da observação em sala de aula
A importância da observação em sala de aula
Marcos Neves
 
Aula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão EscolarAula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão Escolar
Professora Florio
 
REELABORAÇÃO DO PPP - REUNIÃO 29.04.16
REELABORAÇÃO DO PPP - REUNIÃO 29.04.16REELABORAÇÃO DO PPP - REUNIÃO 29.04.16
REELABORAÇÃO DO PPP - REUNIÃO 29.04.16
Coordenação Pedagógica, Entre Rios-BA
 
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
baibicalho
 
Plano gestão 2015 2018
Plano gestão 2015  2018Plano gestão 2015  2018
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democrática
guestba32bfa
 
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
muni2014
 
Projeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPPProjeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPP
Profissão Professor
 
Apresentação gestão educacional
Apresentação gestão  educacionalApresentação gestão  educacional
Apresentação gestão educacional
Cidinha Professora FALC
 
Plano de ação: Revitalização do Colegiado Escolar
Plano de ação: Revitalização do Colegiado EscolarPlano de ação: Revitalização do Colegiado Escolar
Plano de ação: Revitalização do Colegiado Escolar
Maisaro
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
LOCIMAR MASSALAI
 
Gestão democrática na escola pública
Gestão democrática na escola públicaGestão democrática na escola pública
Gestão democrática na escola pública
Ulisses Vakirtzis
 
Planejamento Educacional
Planejamento EducacionalPlanejamento Educacional
Planejamento Educacional
Simone Lucas
 
Conselho escolar e sua importância para a construção slide
Conselho escolar e sua importância para a construção slideConselho escolar e sua importância para a construção slide
Conselho escolar e sua importância para a construção slide
Rute Teles
 
Conselho de classe para que
Conselho de classe para queConselho de classe para que
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
baibicalho
 
A importância da parceria família e escola(chico mendes)
A importância da parceria família e escola(chico mendes)A importância da parceria família e escola(chico mendes)
A importância da parceria família e escola(chico mendes)
Isabela Rodrigues
 
Conselho Municipal de educação
Conselho Municipal de educaçãoConselho Municipal de educação
Conselho Municipal de educação
secleme
 

Mais procurados (20)

Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
 
Conselho Escolar e Aprendizagem na Escola
Conselho Escolar e Aprendizagem na EscolaConselho Escolar e Aprendizagem na Escola
Conselho Escolar e Aprendizagem na Escola
 
A importância da observação em sala de aula
A importância da observação em sala de aulaA importância da observação em sala de aula
A importância da observação em sala de aula
 
Aula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão EscolarAula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão Escolar
 
REELABORAÇÃO DO PPP - REUNIÃO 29.04.16
REELABORAÇÃO DO PPP - REUNIÃO 29.04.16REELABORAÇÃO DO PPP - REUNIÃO 29.04.16
REELABORAÇÃO DO PPP - REUNIÃO 29.04.16
 
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
 
Plano gestão 2015 2018
Plano gestão 2015  2018Plano gestão 2015  2018
Plano gestão 2015 2018
 
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democrática
 
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
 
Projeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPPProjeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPP
 
Apresentação gestão educacional
Apresentação gestão  educacionalApresentação gestão  educacional
Apresentação gestão educacional
 
Plano de ação: Revitalização do Colegiado Escolar
Plano de ação: Revitalização do Colegiado EscolarPlano de ação: Revitalização do Colegiado Escolar
Plano de ação: Revitalização do Colegiado Escolar
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
 
Gestão democrática na escola pública
Gestão democrática na escola públicaGestão democrática na escola pública
Gestão democrática na escola pública
 
Planejamento Educacional
Planejamento EducacionalPlanejamento Educacional
Planejamento Educacional
 
Conselho escolar e sua importância para a construção slide
Conselho escolar e sua importância para a construção slideConselho escolar e sua importância para a construção slide
Conselho escolar e sua importância para a construção slide
 
Conselho de classe para que
Conselho de classe para queConselho de classe para que
Conselho de classe para que
 
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
 
A importância da parceria família e escola(chico mendes)
A importância da parceria família e escola(chico mendes)A importância da parceria família e escola(chico mendes)
A importância da parceria família e escola(chico mendes)
 
Conselho Municipal de educação
Conselho Municipal de educaçãoConselho Municipal de educação
Conselho Municipal de educação
 

Semelhante a 2. Conselho Escolar

1. CE e sua organização na UE
1. CE e sua organização na UE1. CE e sua organização na UE
1. CE e sua organização na UE
Sandra Luccas
 
Formação dos Conselhos Escolares!
Formação dos Conselhos Escolares!Formação dos Conselhos Escolares!
Formação dos Conselhos Escolares!
Cleiber De Meireles
 
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democrática
Susete Rodrigues Mendes
 
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar - EM Profª. Rosa Maria Ma...
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar -  EM Profª. Rosa Maria Ma...Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar -  EM Profª. Rosa Maria Ma...
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar - EM Profª. Rosa Maria Ma...
Rosana Maciel
 
Experiências com conselhos escolares atuantes
Experiências com conselhos escolares atuantesExperiências com conselhos escolares atuantes
Experiências com conselhos escolares atuantes
Najara Nascimento
 
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
Órgãos Colegiados:   Conselho de ClasseÓrgãos Colegiados:   Conselho de Classe
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
Adilson P Motta Motta
 
Saiba mais sobre_o_conselho_deliberativo_escolar_2
Saiba mais sobre_o_conselho_deliberativo_escolar_2Saiba mais sobre_o_conselho_deliberativo_escolar_2
Saiba mais sobre_o_conselho_deliberativo_escolar_2
EEF Luiz Delfino
 
Cartilha conselho escola
Cartilha conselho escolaCartilha conselho escola
Cartilha conselho escola
Wilson Barbieri
 
ESCOLA CONSTITUÍDA COM A PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE ESCOLAR
ESCOLA CONSTITUÍDA COM A PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE ESCOLARESCOLA CONSTITUÍDA COM A PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE ESCOLAR
ESCOLA CONSTITUÍDA COM A PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE ESCOLAR
AnaPauladaMotta1
 
Colegiados e Projeto de Vida.pptx
Colegiados e Projeto de Vida.pptxColegiados e Projeto de Vida.pptx
Colegiados e Projeto de Vida.pptx
DANIELADEOLIVEIRA34
 
Conselhos escolares
Conselhos escolares Conselhos escolares
Conselhos escolares
Sandra Menucelli
 
Encontro dia 06_de_maio_caps_1_e_2_sme_marília
Encontro dia 06_de_maio_caps_1_e_2_sme_maríliaEncontro dia 06_de_maio_caps_1_e_2_sme_marília
Encontro dia 06_de_maio_caps_1_e_2_sme_marília
Rosemary Batista
 
Conselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da Cidadania
Conselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da CidadaniaConselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da Cidadania
Conselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da Cidadania
UBIRAJARA COUTO LIMA
 
1. Palestra Ida
1. Palestra Ida1. Palestra Ida
1. Palestra Ida
Sandra Luccas
 
Ce cad2
Ce cad2Ce cad2
Ce cad2
José Filho
 
Escola democrática
Escola democráticaEscola democrática
Escola democrática
Paula Alves
 
Relatoriopppunicid
RelatoriopppunicidRelatoriopppunicid
Relatoriopppunicid
lillianmello
 
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Najara Nascimento
 
Parecer 113297
Parecer 113297Parecer 113297
Parecer 113297
public
 
Escola, mais que sala e giz
Escola, mais que sala e gizEscola, mais que sala e giz
Escola, mais que sala e giz
RenataAB
 

Semelhante a 2. Conselho Escolar (20)

1. CE e sua organização na UE
1. CE e sua organização na UE1. CE e sua organização na UE
1. CE e sua organização na UE
 
Formação dos Conselhos Escolares!
Formação dos Conselhos Escolares!Formação dos Conselhos Escolares!
Formação dos Conselhos Escolares!
 
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democrática
 
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar - EM Profª. Rosa Maria Ma...
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar -  EM Profª. Rosa Maria Ma...Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar -  EM Profª. Rosa Maria Ma...
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar - EM Profª. Rosa Maria Ma...
 
Experiências com conselhos escolares atuantes
Experiências com conselhos escolares atuantesExperiências com conselhos escolares atuantes
Experiências com conselhos escolares atuantes
 
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
Órgãos Colegiados:   Conselho de ClasseÓrgãos Colegiados:   Conselho de Classe
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
 
Saiba mais sobre_o_conselho_deliberativo_escolar_2
Saiba mais sobre_o_conselho_deliberativo_escolar_2Saiba mais sobre_o_conselho_deliberativo_escolar_2
Saiba mais sobre_o_conselho_deliberativo_escolar_2
 
Cartilha conselho escola
Cartilha conselho escolaCartilha conselho escola
Cartilha conselho escola
 
ESCOLA CONSTITUÍDA COM A PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE ESCOLAR
ESCOLA CONSTITUÍDA COM A PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE ESCOLARESCOLA CONSTITUÍDA COM A PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE ESCOLAR
ESCOLA CONSTITUÍDA COM A PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE ESCOLAR
 
Colegiados e Projeto de Vida.pptx
Colegiados e Projeto de Vida.pptxColegiados e Projeto de Vida.pptx
Colegiados e Projeto de Vida.pptx
 
Conselhos escolares
Conselhos escolares Conselhos escolares
Conselhos escolares
 
Encontro dia 06_de_maio_caps_1_e_2_sme_marília
Encontro dia 06_de_maio_caps_1_e_2_sme_maríliaEncontro dia 06_de_maio_caps_1_e_2_sme_marília
Encontro dia 06_de_maio_caps_1_e_2_sme_marília
 
Conselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da Cidadania
Conselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da CidadaniaConselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da Cidadania
Conselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da Cidadania
 
1. Palestra Ida
1. Palestra Ida1. Palestra Ida
1. Palestra Ida
 
Ce cad2
Ce cad2Ce cad2
Ce cad2
 
Escola democrática
Escola democráticaEscola democrática
Escola democrática
 
Relatoriopppunicid
RelatoriopppunicidRelatoriopppunicid
Relatoriopppunicid
 
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
 
Parecer 113297
Parecer 113297Parecer 113297
Parecer 113297
 
Escola, mais que sala e giz
Escola, mais que sala e gizEscola, mais que sala e giz
Escola, mais que sala e giz
 

Mais de Sandra Luccas

Calendario Escolar 2013
Calendario Escolar 2013Calendario Escolar 2013
Calendario Escolar 2013Sandra Luccas
 
02.2012 resolução plano de trabalho cme 2013 (1)
02.2012 resolução plano de trabalho cme 2013 (1)02.2012 resolução plano de trabalho cme 2013 (1)
02.2012 resolução plano de trabalho cme 2013 (1)
Sandra Luccas
 
01. 2012 resolução normas ed do campo (1)
01. 2012 resolução normas ed do campo (1)01. 2012 resolução normas ed do campo (1)
01. 2012 resolução normas ed do campo (1)
Sandra Luccas
 
11.2012 parecer plano de trabalho cme 2013
11.2012 parecer plano de trabalho cme 201311.2012 parecer plano de trabalho cme 2013
11.2012 parecer plano de trabalho cme 2013
Sandra Luccas
 
03 2012 resolução 3 submete as ip a vida legal
03 2012 resolução 3 submete as ip a vida legal03 2012 resolução 3 submete as ip a vida legal
03 2012 resolução 3 submete as ip a vida legal
Sandra Luccas
 
Convite Fátima
Convite FátimaConvite Fátima
Convite Fátima
Sandra Luccas
 
Presidente c e março (regimento escolar)22 (1)
Presidente c e   março (regimento escolar)22 (1)Presidente c e   março (regimento escolar)22 (1)
Presidente c e março (regimento escolar)22 (1)
Sandra Luccas
 
Presidente c e março (regimento escolar)22 (1)
Presidente c e   março (regimento escolar)22 (1)Presidente c e   março (regimento escolar)22 (1)
Presidente c e março (regimento escolar)22 (1)
Sandra Luccas
 
07.2012 Parecer Normas Educação do Campo
07.2012 Parecer Normas Educação do Campo 07.2012 Parecer Normas Educação do Campo
07.2012 Parecer Normas Educação do Campo
Sandra Luccas
 
Resolução 01.2012 Normas para a Educação do Campo
 Resolução 01.2012  Normas para a Educação do Campo  Resolução 01.2012  Normas para a Educação do Campo
Resolução 01.2012 Normas para a Educação do Campo
Sandra Luccas
 
Parecer Educação do Campo
Parecer Educação do Campo  Parecer Educação do Campo
Parecer Educação do Campo
Sandra Luccas
 
Apresentação Reunião de Segmentos Maio
Apresentação Reunião de Segmentos MaioApresentação Reunião de Segmentos Maio
Apresentação Reunião de Segmentos Maio
Sandra Luccas
 
2. Financiamento da Educação.
2. Financiamento da Educação.2. Financiamento da Educação.
2. Financiamento da Educação.
Sandra Luccas
 
1.Presidente CE- março (Regimento Escolar)22 (1)
1.Presidente CE- março (Regimento Escolar)22 (1)1.Presidente CE- março (Regimento Escolar)22 (1)
1.Presidente CE- março (Regimento Escolar)22 (1)
Sandra Luccas
 
Calendário de atividades março2012- alterações
Calendário de atividades  março2012- alteraçõesCalendário de atividades  março2012- alterações
Calendário de atividades março2012- alterações
Sandra Luccas
 
1. Segmentos
1. Segmentos1. Segmentos
1. Segmentos
Sandra Luccas
 
2. Palestra Margarete Carlos 16 05 2011
2. Palestra Margarete Carlos 16 05 20112. Palestra Margarete Carlos 16 05 2011
2. Palestra Margarete Carlos 16 05 2011
Sandra Luccas
 
8. Educação Inclusiva
8. Educação  Inclusiva  8. Educação  Inclusiva
8. Educação Inclusiva
Sandra Luccas
 
7. Redes de Protecao
7. Redes de Protecao7. Redes de Protecao
7. Redes de Protecao
Sandra Luccas
 
2. Conselho Escolar
2. Conselho Escolar2. Conselho Escolar
2. Conselho Escolar
Sandra Luccas
 

Mais de Sandra Luccas (20)

Calendario Escolar 2013
Calendario Escolar 2013Calendario Escolar 2013
Calendario Escolar 2013
 
02.2012 resolução plano de trabalho cme 2013 (1)
02.2012 resolução plano de trabalho cme 2013 (1)02.2012 resolução plano de trabalho cme 2013 (1)
02.2012 resolução plano de trabalho cme 2013 (1)
 
01. 2012 resolução normas ed do campo (1)
01. 2012 resolução normas ed do campo (1)01. 2012 resolução normas ed do campo (1)
01. 2012 resolução normas ed do campo (1)
 
11.2012 parecer plano de trabalho cme 2013
11.2012 parecer plano de trabalho cme 201311.2012 parecer plano de trabalho cme 2013
11.2012 parecer plano de trabalho cme 2013
 
03 2012 resolução 3 submete as ip a vida legal
03 2012 resolução 3 submete as ip a vida legal03 2012 resolução 3 submete as ip a vida legal
03 2012 resolução 3 submete as ip a vida legal
 
Convite Fátima
Convite FátimaConvite Fátima
Convite Fátima
 
Presidente c e março (regimento escolar)22 (1)
Presidente c e   março (regimento escolar)22 (1)Presidente c e   março (regimento escolar)22 (1)
Presidente c e março (regimento escolar)22 (1)
 
Presidente c e março (regimento escolar)22 (1)
Presidente c e   março (regimento escolar)22 (1)Presidente c e   março (regimento escolar)22 (1)
Presidente c e março (regimento escolar)22 (1)
 
07.2012 Parecer Normas Educação do Campo
07.2012 Parecer Normas Educação do Campo 07.2012 Parecer Normas Educação do Campo
07.2012 Parecer Normas Educação do Campo
 
Resolução 01.2012 Normas para a Educação do Campo
 Resolução 01.2012  Normas para a Educação do Campo  Resolução 01.2012  Normas para a Educação do Campo
Resolução 01.2012 Normas para a Educação do Campo
 
Parecer Educação do Campo
Parecer Educação do Campo  Parecer Educação do Campo
Parecer Educação do Campo
 
Apresentação Reunião de Segmentos Maio
Apresentação Reunião de Segmentos MaioApresentação Reunião de Segmentos Maio
Apresentação Reunião de Segmentos Maio
 
2. Financiamento da Educação.
2. Financiamento da Educação.2. Financiamento da Educação.
2. Financiamento da Educação.
 
1.Presidente CE- março (Regimento Escolar)22 (1)
1.Presidente CE- março (Regimento Escolar)22 (1)1.Presidente CE- março (Regimento Escolar)22 (1)
1.Presidente CE- março (Regimento Escolar)22 (1)
 
Calendário de atividades março2012- alterações
Calendário de atividades  março2012- alteraçõesCalendário de atividades  março2012- alterações
Calendário de atividades março2012- alterações
 
1. Segmentos
1. Segmentos1. Segmentos
1. Segmentos
 
2. Palestra Margarete Carlos 16 05 2011
2. Palestra Margarete Carlos 16 05 20112. Palestra Margarete Carlos 16 05 2011
2. Palestra Margarete Carlos 16 05 2011
 
8. Educação Inclusiva
8. Educação  Inclusiva  8. Educação  Inclusiva
8. Educação Inclusiva
 
7. Redes de Protecao
7. Redes de Protecao7. Redes de Protecao
7. Redes de Protecao
 
2. Conselho Escolar
2. Conselho Escolar2. Conselho Escolar
2. Conselho Escolar
 

2. Conselho Escolar

  • 1. Conselho Escolar E a sua organização na Instituição de Ensino de acordo com a Legislação (Parte 2) José Luiz Brogian
  • 2. “Tudo o que a gente puder fazer no sentido de convocar os que vivem em torno da escola, e dentro da escola,no sentido de participarem, de tomarem um pouco o destino da escola na mão, também. Tudo o que a gente puder fazer nesse sentido é pouco ainda, considerando o trabalho imenso que se põe diante de nós que é o de assumir esse país democraticamente.” Paulo Freire
  • 3. O QUE É UM CONSELHO ESCOLAR?  Os Conselhos Escolares representam as comunidades escolar e local, atuando em conjunto e definindo caminhos para tomar as deliberações que são de sua responsabilidade.  Ele desempenha um papel importante em assegurar que toda a comunidade seja envolvida em todas as decisões importantes tomadas pela escola.
  • 4. Como o Conselho Escolar contribui com a Escola?  Os Conselhos Escolares contribuem decisivamente para a criação de um novo cotidiano escolar,no qual a escola e a comunidade se identificam no enfrentamento não só dos desafios escolares imediatos, mas dos graves problemas sociais vividos na realidade brasileira.
  • 5. Como reativar ou consolidar os Conselhos Escolares?  Cabe ao diretor da escola ou a quaisquer representantes dos segmentos das comunidades escolar e local a iniciativa de criação dos Conselhos Escolares, convocando todos para organizar as eleições do colegiado.
  • 6. QUE DECISÕES O CONSELHO ESCOLAR PODE TOMAR?  O Conselho Escolar averigua o que a escola precisa e quais são os assuntos mais importantes que a escola deve focalizar.  O Conselho Escolar assessora as necessidades financeiras da escola.  O Conselho Escolar auxilia o diretor sobre assuntos, como por exemplo, se a escola está usando o melhor meio de informar aos pais sobre o aproveitamento do aluno ou sobre o bem-estar dos estudantes na escola.
  • 7. HÁ ALGO QUE O CONSELHO ESCOLAR NÃO PODE FAZER?  O Conselho escolar não pode empregar funcionários e não tem o poder de admitir ou demitir professores ou outros funcionários do quadro do pessoal da escola.  O Conselho Escolar não é responsável pela administração da escola ou pela escolha de programas de ensino e aprendizagem ensinados na escola.  Os programas de ensino e de aprendizagem estão sob a responsabilidade da Equipe Pedagógica da Unidade Educacional.
  • 8. QUEM PODE SER MEMBRO DO CONSELHO ESCOLAR?  Os membros do Conselho Escolar são os pais, professores, pedagogos , alunos e funcionários da Unidade Educacional. O diretor da escola também faz parte do Conselho.  O Conselho Escolar é composto pelos representantes dos segmentos da comunidade escolar.  Uma qualificação necessária para pertencer ao Conselho Escolar é o desejo de ajudar a comunidade escolar.
  • 9. Atribuições e Funcionamento dos Conselhos Escolares  A primeira delas deverá ser a elaboração do Regimento Interno do Conselho Escolar, que define ações importantes, como calendário de reuniões, substituição de conselheiros, condições de participação do suplente, processos de tomada de decisões, indicação das funções do Conselho etc.
  • 10. PORQUE EU GOSTARIA DE SER UM MEMBRO DO CONSELHO ESCOLAR?  Ser membro do Conselho Escolar é um bom meio para expressar a sua opinião sobre assuntos importantes da escola.  Representando um grupo de pessoas, tais como os pais ou alunos, você terá a oportunidade de expressar o ponto de vista destas pessoas quando as decisões são tomadas.  Também terá oportunidades regulares de dar conselhos sobre assuntos que afetem a escola.
  • 11. Você aprenderá muito sobre a escola e como membro do conselho a ajudará a fazer da escola um lugar ainda melhor. Se é um dos pais de uma criança na escola,os seus próprios filhos serão beneficiados, e estará mostrando a eles que se interessa pela sua educação e que deseja trabalhar para a escola deles.
  • 12. COM QUE FREQUÊNCIA O CONSELHO ESCOLAR SE REÚNE?  Os Conselhos Escolares devem se reunir com periodicidade: sugerem-se reuniões mensais, com uma pauta previamente distribuídas aos conselheiros , para que possam, junto a cada segmento escolar e representantes da comunidade local, informá-los do que será discutido e definir em conjunto o que será levado à reunião.
  • 13. COMO POSSO TORNAR-ME MEMBRO DO CONSELHO ESCOLAR?  Fale com o diretor da escola ou com o presidente do Conselho Escolar.
  • 14. Aspectos Positivos da Implantação dos Conselhos Escolares  1. As decisões refletem a pluralidade de interesses e visões que existem entre os diversos segmentos envolvidos; 2. Há uma maior transparência das decisões tomadas; 3. Tem-se a garantia de decisões efetivamente coletivas;
  • 15. 4. Garante-se espaço para que todos os segmentos da comunidade escolar possam expressar suas idéias e necessidades, contribuindo para as discussões dos problemas e a busca de soluções.