1
A Idade de Ser Feliz
Mário Quintana
Existe somente uma idade para a gente ser feliz, somente
uma época na vida de cada pes...
ANOTAÇÕES:
ÍNDICE
Assunto Pág.
3
Saúde significa o estado de normalidade de funcionamento
do organismo humano. Ter saúde é viver com boa disposição
física ...
Massa Muscular
A medida do perímetro da panturrilha é um bom parâmetro de
avaliação da massa muscular no adulto. Medidas m...
DADOS PESSOAIS
FOTO
Nome
Data de
nascimento
RG
CPF
Endereço
Município
Estado
CEP
Telefones
UBS que
frequenta
Tipo
sanguíne...
IDENTIFICAÇÃO DE DOR CRÔNICA
A presença de dor crônica ou de longa duração não é “normal
da idade” e sua presença deve ser...
AVALIAÇÃO GERAL
Data Idade Estatura Peso IMC Pressão
Arterial
Glicemia
8
ESSE/ESSA SOU EU
O que mais gosto de fazer é
Meu esporte preferido é
Tenho alergia à
Doenças crônicas que apresento:
Medic...
O QUE EU NÃO POSSO ESQUECER?
10
AVALIAÇÃO DOS PÉS
1 – Unha encravada? .....................................
( ) sim ( ) não
2– Unhas espessas e encurvadas...
CONSULTAS MÉDICAS E DENTÁRIAS
DATA ESPECIALIDADE NOME DO PROFISSIONAL
12
COMO FAZER UMA BOA HIGIENE BUCAL
1º) Comece sua higiene bucal fazendo bochechos com água e,
em seguida, limpe os espaços e...
O QUE É CÁRIE?
"Cárie" é uma outra forma de se denominar a deterioração do
dente. A deterioração do dente é fortemente inf...
15
16
17
18
19
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Caderneta da Saúde

965 visualizações

Publicada em

Caderneta elaborada para os alunos da Totalidade Inicial da EJA, da E.M.E.F. Basílio Tcacenco

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
965
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
132
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Caderneta da Saúde

  1. 1. 1
  2. 2. A Idade de Ser Feliz Mário Quintana Existe somente uma idade para a gente ser feliz, somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos e ter energia bastante para realizá- los a despeito de todas as dificuldades e obstáculos. Uma só idade para a gente se encontrar com a vida e viver apaixonadamente e desfrutar tudo com toda intensidade sem medo nem culpa de sentir prazer. Fases douradas em que a gente pode criar e recriar a vida à nossa própria imagem e semelhança e vestir-se com todas as cores e experimentar todos os sabores e entregar-se a todos os amores sem preconceito nem pudor. Tempo de entusiasmo e coragem em que todo desafio é mais um convite à luta que a gente enfrenta com toda disposição de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO, e quantas vezes for preciso. Essa idade tão fugaz na vida da gente chama-se PRESENTE e tem a duração do instante que passa. Fonte: http://www.luso- poemas.net/modules/news03/article.php? storyid=120#ixzz30KOKBqKR 2
  3. 3. ANOTAÇÕES: ÍNDICE Assunto Pág. 3
  4. 4. Saúde significa o estado de normalidade de funcionamento do organismo humano. Ter saúde é viver com boa disposição física e mental. Além da boa disposição do corpo e da mente, a OMS (Organização Mundial da Saúde) inclui na definição de saúde, o bem-estar social entre os indivíduos. A saúde de um indivíduo pode ser determinada pela própria biologia humana, pelo ambiente físico, social e econômico a que está exposto e pelo seu estilo de vida, isto é, pelos hábitos de alimentação e outros comportamentos que podem ser benéficos ou prejudiciais. Uma boa saúde está associada ao aumento da qualidade de vida. É sabido que uma alimentação balanceada, a prática regular de exercícios físicos e o bem-estar emocional são fatores determinantes para um estado de saúde equilibrado. Por outro lado, as pessoas que estão expostas a condições precárias de sobrevivência, não possuem saneamento básico (água, limpeza, esgotos, etc.), assistência médica adequada, alimentação é água de qualidade, etc., têm a sua saúde seriamente afetada. TELEFONES ÚTEIS Brigada Militar Guarda Municipal Centro Vita Cruz Vermelha Brasileira Patna Fiscalização de Trânsito Bombeiros Policiamento Comunitário SAMAE RGE UBS 4
  5. 5. Massa Muscular A medida do perímetro da panturrilha é um bom parâmetro de avaliação da massa muscular no adulto. Medidas menores que 31 cm são indicativas de redução da massa muscular (sarcopenia) e estão associadas a maior risco de quedas, diminuição da força muscular e dependência funcional. Medidas menores que 34 cm podem significar uma tendência à sarcopenia. DICAS DE SAÚDE Evite excesso de açúcares, sal, álcool e gorduras. A moderação previne o aparecimento de doenças e ajuda a controlar as já existentes. Mas atenção! O tabagismo deve ser banido completamente! Faça exames periodicamente. Um diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso de um tratamento. As consultas regulares ao médico, nos permitem identificar mais rapidamente as mudanças em nosso corpo. Não se automedique. A automedicação dificulta o diagnóstico e pode causar a resistência de alguns micro-organismos. Trabalhe com prazer. Realizar rotineiramente aquilo que nos dá prazer, leva a produção de endorfinas, que, além de fortalecer o sistema imunológico, nos dão a sensação de bem estar. Faça exercícios físicos regularmente. Ao serem realizados por, no mínimo meia hora diariamente, eles garantem um organismo fortalecido, um coração saudável e, principalmente, uma boa cabeça! Movimente-se! Elimine da sua vida o mau humor! Ele provoca a liberação de substâncias tóxicas que, literalmente, nos envenenam, pois aumentam nossa pressão sanguínea, provocam oxidação das células e diminuem nossa imunidade. Pessoas com atitude positiva conseguem manter suas condições físicas e mentais perfeitas! Use filtro solar, sem esquecer de tomar pelo menos 30 minutos de sol por dia ou se exponha, de corpo inteiro, por 4 horas em um único dia. Esses períodos de exposição nos garantem a produção de vitamina D, importante para nosso metabolismo! Coma devagar, saboreando os alimentos. A mastigação além de facilitar a absorção dos nutrientes, colabora para a sensação de saciedade, ou seja, lhe ajuda a emagrecer! 5
  6. 6. DADOS PESSOAIS FOTO Nome Data de nascimento RG CPF Endereço Município Estado CEP Telefones UBS que frequenta Tipo sanguíneo 6
  7. 7. IDENTIFICAÇÃO DE DOR CRÔNICA A presença de dor crônica ou de longa duração não é “normal da idade” e sua presença deve ser investigada rotineiramente. Após o esclarecimento das possíveis causas, o tratamento deverá ser feito prontamente. Profissional de saúde, caso o idoso relate a presença de dor, registre a sua localização e a intensidade declarada, conforme a escala abaixo. DADOS COMPLEMENTARES Nº Cartão do SUS: Estado Civil: ( ) Casado(a) ( ) Solteiro(a) ( ) Viúvo(a) ( ) Separado(a) ( ) Outros Escolaridade: Ocupação profissional: Fuma: ( ) Sim ( ) Não Frequência: Bebida Alcóolica: ( ) Sim ( ) Não Frequência: Atividade Física: ( ) Sim ( ) Não Frequência: Tipo: 7
  8. 8. AVALIAÇÃO GERAL Data Idade Estatura Peso IMC Pressão Arterial Glicemia 8
  9. 9. ESSE/ESSA SOU EU O que mais gosto de fazer é Meu esporte preferido é Tenho alergia à Doenças crônicas que apresento: Medicamentos que preciso usar sempre: Já fiquei internado(a) em hospital porque Já fui operado(a) de que e quando: Acidentes e ou violências de que já sofri e quando: Faço alguma terapia ou reabilitação: Tenho alguma deficiência: 9
  10. 10. O QUE EU NÃO POSSO ESQUECER? 10
  11. 11. AVALIAÇÃO DOS PÉS 1 – Unha encravada? ..................................... ( ) sim ( ) não 2– Unhas espessas e encurvadas? ................. ( ) sim ( ) não 3 – Joanete? ........................................................ ( ) sim ( ) não 4 – Sobreposição de dedos? ............................. ( ) sim ( ) não 5 – Calosidades?................................................. ( ) sim ( ) não 6 – Rachaduras? ................................................. ( ) sim ( ) não 7 – Úlcera/ferida?. .............................................. .( ) sim ( ) não 8 – Micose entre os dedos (“frieira”)? ............... ( ) sim ( ) não 9 – Dormência? ................................................... ( ) sim ( ) não 10 – Um pé está mais frio que o outro............... ( ) sim ( ) não 11 – Calçado inadequado? ................................ ( ) sim ( ) não CONTROLE DE USO DE MEDICAÇÃO DATA MEDICAÇÃO TRATAMENTO POSOLOGIA 11
  12. 12. CONSULTAS MÉDICAS E DENTÁRIAS DATA ESPECIALIDADE NOME DO PROFISSIONAL 12
  13. 13. COMO FAZER UMA BOA HIGIENE BUCAL 1º) Comece sua higiene bucal fazendo bochechos com água e, em seguida, limpe os espaços entre os dentes com o fio dental; 2º) Segure a escova de modo que ela fique em um ângulo de 45 graus em relação aos dentes. Escove bem a região de junção entre a gengiva e os dentes, onde se concentram muitos resíduos; 3º) Faça movimentos circulares, percorrendo todo o dente até encostar suavemente na gengiva; 4º) Escove um dente de cada vez – isso mesmo! 5º) Comece limpando a parte de fora dos dentes superiores, depois a dos inferiores; 6º) Escove as superfícies internas (a parte que fica voltada para a língua) de todos os dentes; 7º) Limpe a superfície de mastigação dos dentes de trás com movimentos de vai-e-vem. Comece pelos dentes superiores e depois passe aos inferiores; 8º) Para terminar, faça a higiene da língua, 9º) Use creme dental com flúor, para recompor o esmalte do dente corroído; 10º) Escove os dentes no mínimo três vezes ao dia: após as refeições e antes de deitar; 11º) Evite ingerir produtos açucarados. Logo depois de comer um doce ou ingerir uma bebida açucarada, faça bochechos duas ou três vezes seguidas. CONTROLEDEVACINAÇÃO DuolaadultaTrípliceviralFebreamarelaHepatiteBOutras Influenza Pneumocóci ca Grupoalvo Adulto Idoso Gestante 13
  14. 14. O QUE É CÁRIE? "Cárie" é uma outra forma de se denominar a deterioração do dente. A deterioração do dente é fortemente influenciada pelo estilo de vida do indivíduo - o que se come, como se cuida dos dentes, a presença de flúor na água ingerida e o flúor no creme dental. A hereditariedade também tem um papel importante na predisposição de seus dentes para se deteriorarem. Embora as cáries sejam mais comuns em crianças, adultos também estão sujeitos a elas. Os adultos estão especialmente sujeitos a apresentar cárie quando sofrem de xerostomia (boca seca), uma doença causada pela falta de saliva. A xerostomia pode ser decorrente de alguma doença, de medicamentos, da radioterapia e da quimioterapia, e pode ser temporária (dias ou meses) ou permanente, dependendo de suas causas. A cárie constitui um sério problema. Se não for tratada, uma cári pode destruir seu dente e atingir a polpa (nervo), o que pode resultar em um abscesso, uma área de infecção na ponta da raiz. Uma vez formado o abcesso, ele só pode ser tratado através do tratamento do canal, de cirurgia ou da extração do dente. ODONTOGRAMA LEGENDA: Dente cariado_______________ Pulpotomia/endodontia (canal tratado) ______ Dente restaurado (obturado)_______________ Dente extraído _________________________ X 14
  15. 15. 15
  16. 16. 16
  17. 17. 17
  18. 18. 18
  19. 19. 19

×