Pj 41-gep-ecogás

1.323 visualizações

Publicada em

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • cliente ou fornecedora de projeto: não contemplado claramente;
    TAP: ok;
    ISH: observar o campo 'classificação' como o resultado do cruzamento entre poder e influência;
    DReq Produto e Projeto: sugere-se detalhar melhor os requisitos dos SH para torná-los mais específicos; em 'entrega onde se manifesta' é sugerido que seja identificada a fase ou PT onde o requisito se materializa;
    DE: Ok
    WBS: não foi contemplada toda a WBS do projeto;
    D-WBS : sugere-se reavaliar os 'critérios de aceitação';
    LVQ: Ok;
    SM: Ok.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.323
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
113
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pj 41-gep-ecogás

  1. 1. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio CoghiG ERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS B ELO H ORIZONTE – MG P ROJ – 41
  2. 2. MBA Gerenciamento de ProjetosGerenciamento do EscopoProf. : Marco Antonio Coghi
  3. 3. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio CoghiBIODIGESTORES Para entender melhor o que são e para que servem os biodigestores, vamos começar traduzindo a palavra biodigestão: bios, vem do grego e significa vida, já digestione foi extraído do latim, e quer dizer digestão ou decomposição. Cientificamente, biodigestão é o nome atribuído ao processo de transformação, decomposição ou degradação de substâncias orgânicas, sejam elas de origem animal ou vegetal, realizada por seres vivos.PRINCÍPIO BÁSICO O princípio de funcionamento de um biodigestor é bastante simples. Trata-se basicamente de uma câmara fechada onde os resíduos orgânicos, são fermentados anaerobiamente (sem a presença de oxigênio), transformando esta biomassa em gás combustível e fertilizante. Outro ponto positivo deste processo é que o biogás é capaz de produzir, simultaneamente, não apenas energia elétrica, mas também energia térmica na forma de água ou ar quente, oriunda do calor gerado pelo processo de combustão em motores/geradores convertidos a biogás. Por isso, o biogás pode ser usado para alimentar fogões, no aquecimento de água, motores, lampiões e em geladeiras a gás, se constituindo numa das fontes energéticas mais econômicas e de fácil aquisição.
  4. 4. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio CoghiESQUEMA DE FUNCIONAMENTO
  5. 5. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi• Ana Vitória Sansoni• Carolina Borges• Diogo Romero• Juan Paulo Xavier• Leonardo Vieira• Renato Barbosa
  6. 6. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi TAP - Termo de Abertura do Projeto ProjetoECOGÁS - Produção de Biogás através de biodigestores. DescriçãoO PROJETO ECOGÁS SERVIRÁ PARA IMPLEMENTAÇÃO DE BIODIGESTORES EM PROPRIEDADESRURAIS. JustificativaCUSTOS ELEVADOS COM ENERGIA ELÉTRICA VEM ONERANDO A PRODUÇÃO DAS PROPRIEDADESRURAIS. PARA A ECONOMIA DE 20% DO CONSUMO DE ENERGIA ESTAREMOS IMPLEMENTANDOBIODIGESTORS QUE IRÃO TRANSORMAR OS DEJETOS DOS ANIMAIS DA PROPRIEDADE EMENERGIA ELÉTRICA. ObjetivoAUMENTO DE 20% NA ECONOMIA DE ENERGIA ELÉTRICA EM PROPRIEDADES RURAIS DE MÉDIO EGRANDE PORTE, ATRAVÉS DO USO SUSTENTÁVEL DO BIOGÁS RESULTANTE DO PROCESSAMENTODE DEJETOS ANIMAIS NO BIODIGESTOR, NO PRAZO DE 1 ANO, SEM DIMINUIR A PRODUÇÃODEPENDENTE DE ENERGIA ELÉTRICA. RequisitosEconomia com o Biodigestor, atingir os 20 % de economia no tempo previsto e custo de instalaçãodo biodigestor;Cumprimento do cronograma com qualidade e dentro do orçamento;Implantação em 12 meses;Custo máximo de R$2.000.000,00.
  7. 7. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi TAP - Termo de Abertura do Projeto DesignaçãoEng. Renato Barbosa fica designado como gestor do ECOGÁS para:Aplicar metodologia PDCA em todos os seus procedimentos;Gerir os recursos financeiros alocados e aprovados no portifólio;Habilitar acesso as informações necessárias para a equipe de consultoria;Empenhar-se para que o Biogás possa ser entregue aos proprietários em doze meses. Lista de Milstones• DIMENSIONAMENTO 1 MÊS• IMPLANTAÇÃO DO BIODIGESTOR 4 MESES• REDUÇÃO DE 10% EM ATÉ 4 MESES• ATINGIR ECONOMIA DE 20% 3 MESES 12 MESES OrçamentoCusto máximo de R$2.000.000,00 RiscosLegislação Ambiental;Período Chuvoso;Falta de mão-de-obra especializada;Atraso dos fornecedores.Belo Horizonte, 03 de Abril de 2012Ass.:
  8. 8. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi ISH – IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDER CADASTRO QUALIFICAÇÃO PODER INFLUÊNCIA PAPEL NOSTAKEHOLDER POSIÇÃO (orçame INTERESSE (ajuda ou CLASSIFICAÇÃO OUTRAS CARACTERÍSTICAS PROJETO nto) atrapalha) Sindicato Na sociedade Mediador Alto Alto Positiva Manter satisfeito Apoio dos proprietários rurais Proprietários Na liberação dos Sponsor Alto Alto Positiva Manter satisfeito Aprovação do projeto rurais recursosCompanhia de Potencial comprador da Na sociedade Parceiro Baixo Baixo Positiva Foco de atençãoEnergia Elétrica energia excedentes Orgãos Potencial fonte de conflito No governo Fiscalizador Alto Baixo Negativo Foco de atenção Ambientais quanto ao meio ambiente Equipe do Realiza muitas atividades Na elaboração Executores Baixo Alto Positiva Manter informado projeto relativas ao projetoFuncionários da No organograma Apoio na implantação do Facilitadores Baixo Alto Positiva Manter satisfeito empresa da empresa produto. Empresas Na liberação de Sponsor Alto Alto Positiva Manter satisfeito Aprovação do projetoAgropecuárias recursos Cooperativas Na comunidade Mediador Baixo Alto Positiva Manter satisfeito Apoio técnico Estado No governo Fiscalizador Baixo Baixo Negativa Foco de atenção Difícil de trabalhar Prefeitura No governo Fiscalizador Baixo Baixo Negativa Foco de atenção Difícil de trabalhar
  9. 9. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi ISH – IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDER REQUISITOS SUPERFICIAIS PLANO DE AÇÃO DO G.P. EXPECTATIVA, NECESSIDADE, ANSEIO ESTRATÉGIA (O QUE FAZER) QUANDOSindicado – Qualificação da mão de obra e contribuição dos Realizar reuniões periódicas / Cursos Durante o projeto proprietários. Proprietários rurais – Economia de energia com os Entrega de relatórios, orçamento e cronograma Mensal Biodigestores implantados. Companhia de energia – Ser informado do volume Entrega de relatório Durante fase de operação excedente de energia. Órgãos Ambientais – Redução no nível de poluentes Submeter o projeto a analise Ao final de cada faseEquipe de projeto – Finalização do projeto dentro do prazo Relatório de entregas Ao final de cada fase Funcionários da empresa – Melhoria no processo de Capacitação técnica Durante a implantação produção das propriedades rurais. Empresas Agropecuárias – Redução de custos e Realizar reuniões periódicas Mensal maximização dos lucros. Cooperativas – Tornar suas cooperas mais eficientes. Entrega de relatórios Bimestral Estado – Tornar obrigatório a implantação do sistema em Convidar para reuniões Trimestral grandes propriedades rurais. Prefeitura – Tornar as propriedades do município alto Convidar para reuniões Trimestral sustentáveis.
  10. 10. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi DReq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS REQUISITOS DO PRODUTO RASTREABILIDADE DO PRODUTO COMPONENTE ENTREGA ONDE SE STAKEHOLDER REQUISITO DETALHADO CLASSIFICAÇÃO PRIORIDADE OK RELACIONADO MANIFESTA Fiscalizar a execução do produto Sindicato e comprovar capacitação da Manter satisfeito 2 SMAR PT OK Sustengás Economia com o Biodigestor, atingir os 20 % de economia noProprietários rurais Manter satisfeito 5 SMART FASES OK tempo previsto e custo de instalação do biodigestor Companhia de Ser informado da quantidade e Foco de atenção 1 SM PT OK Energia Elétrica qualidade da energia gerada Ser informado sobre o destinoÓrgãos Ambientais dos resíduos e cumprimentos Foco de atenção 4 SMAR PT OK das normas ambientais Cumprimento do cronograma ManterEquipe do projeto com qualidade e dentro do 5 SMART FASES OK informado orçamento Funcionários da Facilidade no manejo do Manter satisfeito 4 SR FASES OK empresa Biodigestor
  11. 11. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi DReq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS REQUISITOS DO PROJETO RASTREABILIDADE DO PROJETO COMPONENTE STAKEHOLDER REQUISITO DETALHADO CLASSIFICAÇÃO PRIORIDADE ENTREGA ONDE SE MANIFESTA OK RELACIONADO Que os funcionários utilizem Sindicato Manter satisfeito 2 AR PT OK equipamentos de segurança Custo máximo deProprietários rurais Manter satisfeito 5 SMART FASES OK R$2.000.000,00 Companhia de Feedbacks quinzenais Foco de atenção 1 RT PT OK Energia Elétrica Equipamento que qualifique aOrgãos Ambientais Foco de atenção 4 SA PT OK qualidade do gás produzido Não ultrapassar 1 ano para ManterEquipe do projeto obter a economia de 20% de 5 SMART FASES OK informado energia Funcionários da Contratação de X funcionários Manter satisfeito 4 ART FASES OK empresa Expectativas e necessidades Empresas referentes ao trabalho, tempo, Manter satisfeito 5 SMART FASES OK Agropecuárias custos, qualidade do trabalho do projeto Cooperativas Expectativa do tempo Manter satisfeito 2 SRT PT OK Estado Anseio da qualidade Foco de atenção 1 SR PT OK Prefeitura Anseio da qualidade Foco de atenção 1 SR PT
  12. 12. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi RESTRIÇÃO• CUSTO (PROJETO): R$ 2.000.000,00• TEMPO (PROJETO): 1 ANO• ESPECIALIZAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS• QUANTIDADE DE DEJETOS• DIMENSIONAMENTO DO BIODIGESTOR
  13. 13. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi PREMISSAS• OS PRAZOS SERÃO ATINGIDOS;• AS LICENÇAS AMBIENTAIS SERÃO LIBERADAS;• NÃO OCORRÊNCIA DE CHUVAS NO PERÍODO DE ESTIAGEM;• ORÇAMENTO SERÁ COMPATÍVEL;• GERAÇÃO DE ENERGIA SERÁ SUFICIENTE PARA A ECONOMIA ESTIPULADA;
  14. 14. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi WBS ECOGÁS ENTREGAS1 - FASE DESENVOLVIMENTO CONTRATOS LISTA DE ELÉTRICO E MATERIAIS1.1 - PT AUTMAÇÃO ELÉTRICO E DE AUTOMAÇÃO LISTA DE1.2 - PT MECÂNICA MATERIAL MECÂNICO LISA DE1.3 - PT CIVIL MATERIAL CIVIL LISTA DE1.4 - PT LABORATÓRIO ANÁLISES FÍSICO- QUIMICAS
  15. 15. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi D-WBS – DICIONÁRIO DA WBS CRITÉRIO DEC.C. PT DESCRIÇÃO ENTREGA DO PT OK ACEITAÇÃO Elaboração da lista de equipamentos 1.1 ELÉTRICO E Lista de materiais elétricos e1.1 elétrico do processo inclusive suas Assinatura do TAP OK AUTOMAÇÃO de automação respectivas especificações técnicas. Elaboração da lista de equipamentos1.2 1.2 MECÂNICA mecânicos do processo inclusive suas Lista de material mecânico Assinatura do TAP OK respectivas especificações técnicas. Elaboração da lista de materiais civis do1.3 1.3 CIVIL processo inclusive suas respectivas Lista de material civil Assinatura do TAP OK especificações técnicas. Elaboração da lista de análises físico- químicas do processo, inclusive todos os Lista de análises físico-1.4 1.4 LABORATÓRIO Assinatura do TAP OK critérios técnicos para realização dos químicas mesmos.
  16. 16. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi LISTA DE VERIFICAÇÃO DE QUALIDADE - LVQ CRITÉRIO DEC.C. PT DESCRIÇÃO ENTREGA DO PT OK VALIDAÇÃO Elaboração da lista de equipamentos 1.1 ELÉTRICO E Lista de materiais elétricos e Normas da ABNT-1.1 elétrico do processo inclusive suas OK AUTOMAÇÃO de automação Normas CEMIG respectivas especificações técnicas. Elaboração da lista de equipamentos1.2 1.2 MECÂNICA mecânicos do processo inclusive suas Lista de material mecânico Normas DIN OK respectivas especificações técnicas. Elaboração da lista de materiais civis do1.3 1.3 CIVIL processo inclusive suas respectivas Lista de material civil Normas da ABNT OK especificações técnicas. Elaboração da lista de análises físico- químicas do processo, inclusive todos os Lista de análises físico- Procedimentos do1.4 1.4 LABORATÓRIO OK critérios técnicos para realização dos químicas INMETRO mesmos.
  17. 17. MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Escopo Prof. : Marco Antonio Coghi SM - Solicitação de Mudança Número da SM Data da Abertura Solicitante 2 09/04/2012 Sponsor(Fazendeiro) Endereçõ de E-mail DDD Telefone joaquimg2@yahoo.com.br 31 3536-6787 Descrição da MudançaImplementar o Biodigestor em 14 meses ao invés de 2 meses. Justificativa da SolicitaçãoFalta de mão de obra Assinatura da Solicitação Parecer do GP Impactos identificados-Escopo do projetoExtensão de prazo para a entrega do Biodigestor, com menor mão de obra. Impactos identificados-Tempo do projetoAtraso no prazo de entrega Impactos identificados-Custo do projetoDiminuição de gastos e maior tempo para orçamento melhor Impactos identificados-qualidade do projetoAumento da capacidade Impactos identificados – Recursos Humanos do projetoContratação de MO menor que o previsto Impactos identificados – Comunicação do projetoMaior facilidade e tempo para disseminar informação Impactos identificados – Riscos do projetoNão atingir a economia proposta devido ao atraso na entrega Impactos identificados – Aquisições do projetoMaior tempo e critério rígido de seleção Impactos identificados – Outros projetos correntesImplantação com maior qualidade em detrimento do tempo gastoBelo Horizonte, 09 de Abril de 2012Ass.:

×