Anim2 Aula06 Sincronia

751 visualizações

Publicada em

Animação - Sincronia

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Anim2 Aula06 Sincronia

  1. 1. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 1 Visão Geral
  2. 2. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 2 O que é sincronia labial É o processo de ajuste do movimento da boca e da face com o som das palavras expressadas pelo personagem. Patmore (2004).
  3. 3. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 3 O som no cinema 1927 Warner Brothers lançam The Jazz Singer introduzindo o som combinado com imagens. www.youtube.com/watch?v=gdK37odGSEo&list=PL4264EA1596B55F14&index=8
  4. 4. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 4 1928 Walt Disney (EUA), considerado o pai da animação comercial, cria Mickey Mouse. Steamboat Williefoi o primeiro desenho animado com som sincronizado O som na animação https://www.youtube.com/watch?v=BBgghnQF6E4
  5. 5. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 5 1930 Ising e Harman criam o primeiro desenho animado da história com diálogo sincronizado ao movimento. https://www.youtube.com/watch?v=5kPhP3ZNw6A O som na animação
  6. 6. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 6 •O movimento da fala do personagem é composto pela abertura labial, movimento da face e pela pronúncia do som. •Portanto, o movimento pode variar conforme os sons característicos de cada língua diferente. •O nível de realismo das falas dependerá do estilo da animação. Patmore (2004). A sincronia labial | composição
  7. 7. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 7 De acordo com os personagens criados para a animação, para cada um deles conforme sua forma e anatomia é preparado um mapa de bocas. A sincronia labial
  8. 8. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 8 A sincronia labial
  9. 9. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 9 A sincronia labial
  10. 10. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 10 A sincronia labial
  11. 11. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 11 A sincronia labial
  12. 12. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 12 A sincronia labial É muito mais que apenas sincronizar os lábios com a diálogo. (Williams, 2009) •Accents •Phrasing •Flexibilidade do rosto
  13. 13. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 13 A sincronia labial Consoantes= posições de boca fechada Vogais= Para um bom diálogo devem aparecer em destaque (Williams, 2009)
  14. 14. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 14 A sincronia labial Oquenãofazer| Williams, 2009
  15. 15. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 15 A sincronia labial Como fazer | Williams, 2009
  16. 16. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 16 Exemplos de expressões que acompanham o movimento de boca. A sincronia labial
  17. 17. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 17 Exposure Sheet NOTAS: NFT: Número do Fotograma VOZ: Anotação da falas que serão medidas no bar sheet. FD: Fundo N5 até FD: Níveis da Animação Câmera: Especificações de câmera
  18. 18. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 18 Exposure Sheet
  19. 19. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 19 http://www.oddcast.com/home/demos/tts/tts_example.php Softwares
  20. 20. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 20 Desenhar seu personagem falando alguma palavra, a quantidade de palavra é dada por equipe: •Equipe de 1 pessoa: 1 palavra •Equipe de 2 pessoas: 3 palavras •Equipe de 3 pessoas: 4 palavras •Equipe de 4 pessoas: 5 palavras •Equipe de 5 pessoas: 6 palavras Exercício
  21. 21. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 21 (Williams, 2009) (Patmore, 2004) Conceitos | Referências
  22. 22. LAI-DI | DESIGN | UFPR • MatheusCezarotto, Marcia Alves e André Battaiola Animação II | Sincronização 20| 22 Conceitos | Referências http://www.animationpost.co.uk/doping/dope-frame.htm Apostila de Animação Eliseu de Souza Lopes Filho 2005

×