Metodologia de Projetos

724 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
724
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Metodologia de Projetos

  1. 1. METODOLOGIA DOS PROJETOS A Pedagogia dos Projetos visa a ressignificação do espaço escolar, transformando em um espaço vivo de interações aberto ao real e às suas múltiplas dimensões. O trabalho com projetos traz uma nova perspectiva para entendermos o processo ensino/aprendizagem. Aprender deixa de ser um simples ato de memorização e ensinar não significa mais repassar conteúdos prontos. (Dewey)
  2. 2. Por volta de 1904, ele já defendia que era de vital importância que a educação não se restringisse ao ensino do conhecimento como algo acabado, pois todo o saber e as habilidades que os alunos teriam que adquirir no período escolar, além de significativos, deveriam se integrar à sua vida como cidadão, pessoa, ser humano. De acordo com essa concepção, para colocar a teoria em prática, junto à esposa Alice, John Dewey implantou e dirigiu um laboratório-escola na Universidade de Chicago. Nele, desde cedo, crianças experimentavam e aprendiam conceitos de física e biologia, presenciando e executando uma série de processos, incluindo o preparo de lanches e de refeições, que eram feitos na própria classe. Aos poucos, enquanto suas ideias se tornavam bastante populares, alguns dos seus valores e premissas começaram a se difundir. Mas nunca eles foram integrados na totalidade nas escolas públicas norte-americanas. Anos depois, já no período de Guerra Fria, quando a maior preocupação norteamericana era a de criar e manter uma elite intelectual, científica e tecnológica para fins militares, suas concepções começaram a ser severamente criticadas, a ponto de serem deixadas de lado. Contudo, no período seguinte – que, por sua vez, é chamado pós-guerra-fria – seus preceitos sobre educação ressurgiram, evoluíram e influenciaram a reforma do sistema teórico de muitas escolas. John Dewey (1859 -1952)
  3. 3. ESTAMOS VIVENDO UMA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO...
  4. 4. Por isso, o aluno tem que ser preparado para múltiplas funções, para as incertezas, para a vida. Não temos mais uma sociedade estável, a escola precisa ser repensada, não pode mais ensinar assim...
  5. 5. ESCOLA TRADICIONAL • FUNÇÃO DO ALUNO – Ouvir, ler, copiar, repetir. • FUNÇÃO DO PROFESSOR – Transmitir, responder, ensinar, avaliar. • FUNÇÃO DOS LIVROS – Trazer informações. • APRENDIZAGEM – Consiste apenas em memorizar conteúdos.
  6. 6. A escola deverá implantar uma renovação pedagógica que vise à formação integral do aluno, ao trabalho com ele e para ele: NAQUILO QUE DEVE SABER (os conteúdos conceituais); NAQUILO QUE DEVE SABER FAZER E ESTUDAR (os conteúdos procedimentais); NAQUILO QUE DEVE SER (os conteúdos atitudinais).
  7. 7. Para atingir todas essas metas nada mais aconselhável do que o ensino por meio de projetos. (Martins)
  8. 8. ESCOLA RENOVADAESCOLA RENOVADA • FUNÇÃO DO ALUNO – Investigar, indagar, observar, anotar. • FUNÇÃO DO PROFESSOR – Questionar os saberes prévios, orientar e avaliar as atividades executadas. • FUNÇÃO DOS PROJETOS – Trazer novos conhecimentos, utilizar os livros como instrumento auxiliar. • APRENDIZAGEM – É adquirir conhecimentos (conceituais, procedimentais e atitudinais).
  9. 9. REFERENCIAIS TEÓRICOS • Princípios da Educação (UNESCO): • Aprender a conhecer; • Aprender a fazer; • Aprender a viver com os outros; • Aprender a ser. • LDB 9394/96(Art. 32, incisos de I a IV): são destacados princípios essenciais da educação que reforçam o direito constitucional do aluno em relação à sua formação básica, para que, como cidadão:
  10. 10. • Possa desenvolver a capacidade de aprender; • Possa compreender o ambiente natural e social onde vive; • Possa desenvolver sua capacidade de aprendizagem; • Possa fortalecer os laços de solidariedade e de relações interpessoais.
  11. 11. PARÂMETROS CURRICULARESPARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS (PCNs)NACIONAIS (PCNs) • Propõem que as escolas construam “um currículo baseado no domínio de competência e não no acúmulo de informações”, enfatizando ainda que “o que se ensina deve ter vínculo com os diversos contextos da vida do aluno”.
  12. 12. HERNÁNDEZ E MONSERRAT destacam que: • “o princípio da aprendizagem por descoberta, (...) por parte dos alunos é mais positivo quando emana daquilo que lhes interessa e aprendem da experiência daquilo que descobrem por si mesmos.” (1998, p.64).
  13. 13. MODELO DE PROJETOMODELO DE PROJETO • TEMA: • Deve ser um assunto de interesse dos alunos, o ideal é que eles escolham o tema. • TÍTULO DO PROJETO : • PÚBLICO ALVO : • São os participantes. • OBJETIVO GERAL : • Onde chegar? • O que se pretende alcançar com a execução da pesquisa? • OBJETIVOS ESPECÍFICOS : • Para quem? • Passos para chegar lá.
  14. 14. JUSTIFICATIVA : • Por que vou pesquisar este assunto? • Razões que tornam importante a realização da pesquisa proposta. DESENVOLVIMENTO : • Execução das tarefas previstas para a efetivação do projeto. • Componentes envolvidos, conteúdos, atividades, tema...
  15. 15. AVALIAÇÃO : • Revelará a aprendizagem conseguida. • Acontece durante todo o processo, por meio da observação. Realiza-se, assim, a avaliação conceitual, procedimental e atitudinal do aluno. REFERÊNCIAS: • Todas as fontes que foram usadas na pesquisa.
  16. 16. REFERÊNCIAS :REFERÊNCIAS : • COOL, César S. Aprendizagem escolar e a construção do conhecimento.Porto Alegre:Artmed, 1994. • DEMO, P. Educar pela pesquisa. Campinas: Papirus, 1998. • HERNÁNDEZ, Fernando. Transgressão e mudança na educação. Os projetos de trabalho.Porto Alegre: Artmed, 1998. • HERNÁNDEZ, Fernando e MONSERRAT, Ventura. A organização do currículo por projetos de trabalho. Porto Alegre: Artmed, 1998.
  17. 17. PROJETO GENTILEZAPROJETO GENTILEZA TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃOTÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO
  18. 18. O CAMINHO SEO CAMINHO SE CONSTRÓICONSTRÓI CAMINHANDO...CAMINHANDO... (Galeano)(Galeano)

×