SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Módulo de Pedagogia
O que é Pedagogia?
• Pedagogia vem do grego:
pais,paidos= criança;
agein= conduzir; e
Logos, gia = tratado, ciência.
Cont.
• Na Grécia antiga, eram designados por pedagogos os escravos que
acompanhavam as crianças que iam para escola.
• O escravo devia ser submisso à criança, fazendo valer a sua autoridade
quando necessário. Sendo assim, estes escravos desenvolveram grandes
habilidades no trato com as crianças.
• Hoje, o pedagogo é o especialista em assuntos educacionais e Pedagógicos,
constituindo o conjunto de conhecimentos sistemáticos relativos ao
fenómeno educativo.
Conceito de Pedagogia
• Pedagogia é a ciência da educação.
• Pedagogia é a ciência e arte de educar.
• Pedagogia é a reflexão metódica sobre a educação para esclarecer e orientar a
prática educativa.
Assim: para Piletti (2008), a Pedagogia é a filosofia, ciência, arte e a técnica da
educação.
Aspectos fundamentais da Pedagogia
Filosóficos: relações com a vida, valores, ideais e as finalidades da educação.
Científicos: apoia-se em dados apresentados pelas ciências biológicas, físicas e
sociológicas.
Técnicos: refere-se à técnica educativa e situando-se entre o filosófico e
científicos os métodos, técnicas de ensino e sistemas escolares.
Divisão da Pedagogia
Disciplinas filosóficas
- História da Educação;
- Filosofia da Educação;
- Educação Comparada;
- Política Educacional.
Disciplinas Científicas
- Biologia educacional;
- Psicologia Educacional;
- Sociologia Educacional.
Cont.
Disciplinas Técnicas:
- Administração Escolar ;
- Higiene Escolar;
- Organização Escolar;
- Orientação Educacional;
- Didáctica Geral e Especial.
Objecto de estudo
O objecto de estudo da Pedagogia é a educação do Homem.
A educação deriva de dois verbos latinos: educare- “fazer crescer, levantar, nutrir”; e
educere – “ tirar fora, guiar alguém de…para…”.
Educação é um processo, actividade, prática, cuja a essência é garantir que as crianças,
adolescentes e jovens se apropriem de saberes acumulados pela humanidade numa
determinada fase de desenvolvimento sociocultural, técnico e científico.
METÓDOS DA PEDAGOGIA
Observação;
Experimentação;
Inquérito.
Evolução sócio- histórica da educação
Época primitiva;
Antiga;
Medieval;
Moderna; e
Contemporânea.
Percurso da Pedagogia para chegar ao
estatuto de ciência
Incialmente, a pedagogia foi entendida como arte de educar;
Num estágio posterior, ficou conhecida como técnica de educar;
Finalmente, como teoria, ciência e prática de educar.
Objectivos de ensino no (PEA)
• A tarefa docência exige um saber ou determina o que o aluno será capaz de
fazer no final duma aprendizagem.
• Estes antecipam os resultados e processos esperados do trabalho entre o
professor e os alunos, expressando conhecimentos, habilidades e hábitos,
constituindo desta feita os conteúdos a serem assimilados duma forma
metodológica.
Tipos de objectivo
Podem ser:
• educacionais ou gerais;
• Instrucionais ou específicos.
• Todos estes podem referir-se aos domínios:
• cognitivo,
• afectivo; e
• psicomotor.
Definição dos objectivos instrucionais
Indicar os comportamentos dos alunos e não do professor;
Clarificar a intenção do professor e não dar margem a muitas interpretações.
• Conteúdos de ensino
• É o conjunto de matérias de ensino, seleccionadas pedagógica e didacticamente de
modo a ser assimilados pelos alunos.
• São pontos de partida para a elaboração dos objectivos instrucionais (específicos),
articulando-se aos métodos, visando às actividades dos alunos. E os métodos
formam a totalidade das formas didácticas, fases e meios da organização do ensino.
Critérios para selecção dos conteúdos
 Significação;
 Validade (valor);
 Utilidade;
 Flexibilidade;
 Interesse;
 Possibilidade de elaboração pessoal;
 Adequação as necessidades culturais e sociais;
 Viabilidade (tempo).
Meios e/ou recursos de ensino
• São todos elementos, matérias, recursos usados para facilitar a compreensão da matéria durante o
PEA (processo de ensino e aprendizagem).
Objectivos de uso de Meios de Ensino
Motivar o aluno;
Aproximar o aluno da realidade;
Dar a exacta noção dos factos e fenómenos observados;
Desenvolver habilidades
Auxiliar a fixação da aprendizagem e concretizar esforços;
Prevenir a distração.
Tipos de Meios de ensino
• Objectos naturais;
• Meios audiovisuais e visuais;
• Aparelhos e objectos químicos;
• Aparelhos escolares ou técnicos, ex.: retroprojector, gravador, CD, vídeos, entre
outros.
• Meios gráficos, ex.: manuais, mapas, livros, cartazes, álbuns, gravuras;
Cont. Tipos de meios de ensino
Meios simples do trabalho do professor/aluno, ex.: caneta, lápis, caderno,
apagador, quadro, giz-marcador, livro da turma.
Móveis escolares e decoração, ex.: carteiras, cadeiras, quadros da parede, entre
outros.
Classificação dos Meios de Ensino
Piletti (2008), refere que não há uma classificação de meios de ensino que sejam
universalmente aceites (...), a classificação varia segundo os autores e alguns
deles são incompletos.
Cont. Podemos classificar estes meios em:
• Meios Humanos: que compreendem: Professor, aluno (colega de outra
classe), Pessoal escolar (Director e outros profissionais), Comunidade (pais,
profissionais, encarregados educação, entre outros. );
• Meios materiais: que compreendem ambiente escolar constituído por quadro,
giz-marcador, cartazes, globos, mapas, etc., Comunidade fisicas formadas por
bibliotecas, museus, indústrias, lojas, repartições públicas, etc.
• Meios naturais: que compreendem o ambiente natural (água, sol, vento, a
vegetação, etc.)
Os meios de ensino (materiais, e do ambiente
escolar) podem se agrupar em:
 Visuais que são as projeções, os cartazes, as gravuras, os mapas, etc.
 Auditivos que são o rádio, as gravações, etc.
 Audiovisuais como o cinema, filmes e TV.
Vantagens
Trazem o valor real à aprendizagem que se realiza na escola;
 Reduzem o nível de abstração;
 Indicam o trabalho funcional da escola;
 Abrem dupla via de comunicação entre a escola e a comunidade;
 Ajudam o aluno a avaliar o que o mundo espera dele.
Importância dos Meios de Ensino
• Os meios de ensino estimulam a audição e/ou a visão. Têm um papel muito importante de
aproximar a aprendizagem à situações reais da vida.
• Funções Didácticas
São elementos, fases, passos que garantem o PEA dentro duma aula. Eis:
I. Introdução e Motivação;
II. Mediação e Assimilação;
III. Domínio e Consolidação;
IV. Controlo e Avaliação.
Introdução e Motivação
Um factor decisivo no PEA em que o professor procura estimular o aluno para
que haja esforço voluntário de aprendizagem.
A motivação é a função dominante em todas as etapas de aula.
Tipos de Motivação:
 Inicial
 Contínua ou permanente e
 Final.
Mediação e Assimilação
• É a fase da confrontação com a matéria, o caminho que vai “não saber para saber”,
consiste na formação de conceitos no desenvolvimento das capacidades cognitivas
de observação e do raciocínio dos alunos.
• Domínio e Consolidação
• Consistem em formar conhecimentos capacidades, habilidades sólidas e aplicáveis
com finalidade de não criar o esquecimento dos conhecimentos essenciais, através
de fixação na memória.
• A consolidação realiza-se na repetição, no exercício, sistematização e na aplicação de
conhecimentos.
Controlo e Avaliação
• É a unidade de trabalho do professor e deve ser vista como um processo
sistemático e contínuo (como tarefa permanente deste).
• Os resultados deste processo dizem respeito ao grau em que se atingem os
objectivos e em que se cumprem ás exigências do domínio dos conteúdos a
partir dos programas.
• Controlo é a verificação (o diagnóstico) do processo e dos resultados; sempre é a base da
avaliação; cada controlo deve ter uma avaliação oral ou escrita.
O Plano de Aula
•Pede-se que os estudantes Apresentem um
protótipo na próxima sessão.
Referência Bibliográfica
• Libáneo, J.C.(1994). Didáctica. São Paulo, Cortez editora, 25ª Reimpressão.
• Nérci, I.G. (1991). Introdução à Didáctica Geral. São Paulo, Editora Atlas S.A.
(16ª edição).
• Pilleti, C. (2008). Didáctica Geral. São Paulo, (23ª edição).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fundamentos da História da Educação
Fundamentos da História da EducaçãoFundamentos da História da Educação
Fundamentos da História da Educação
Herbert Santana
 
Formação continuada de professores
Formação continuada de professoresFormação continuada de professores
Formação continuada de professores
ditadoida
 
Filosofia da Educação
Filosofia da Educação  Filosofia da Educação
Filosofia da Educação
unieubra
 
Procedimentos e métodos de ensino
Procedimentos e métodos de ensinoProcedimentos e métodos de ensino
Procedimentos e métodos de ensino
Poliana Silvesso
 

Mais procurados (20)

Fundamentos da História da Educação
Fundamentos da História da EducaçãoFundamentos da História da Educação
Fundamentos da História da Educação
 
Didática geral aula 1
Didática geral aula 1Didática geral aula 1
Didática geral aula 1
 
Ppt avaliação
Ppt avaliaçãoPpt avaliação
Ppt avaliação
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Slide história da educação - pdf
Slide   história da educação - pdfSlide   história da educação - pdf
Slide história da educação - pdf
 
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasSlides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
 
A Escola Nova
A Escola Nova A Escola Nova
A Escola Nova
 
A escola
A escolaA escola
A escola
 
Slide tendências pedagógicas
Slide   tendências pedagógicasSlide   tendências pedagógicas
Slide tendências pedagógicas
 
Filosofia da educação
Filosofia da educaçãoFilosofia da educação
Filosofia da educação
 
Formação continuada de professores
Formação continuada de professoresFormação continuada de professores
Formação continuada de professores
 
O papel da didática na formação do professor
O papel da didática na formação do professorO papel da didática na formação do professor
O papel da didática na formação do professor
 
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especialSlides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
 
inclusão escolar
inclusão escolarinclusão escolar
inclusão escolar
 
Sociologia da educação
Sociologia da educação Sociologia da educação
Sociologia da educação
 
1. teorias do desenvolvimento
1. teorias do desenvolvimento1. teorias do desenvolvimento
1. teorias do desenvolvimento
 
Filosofia da Educação
Filosofia da Educação  Filosofia da Educação
Filosofia da Educação
 
Didática
DidáticaDidática
Didática
 
Procedimentos e métodos de ensino
Procedimentos e métodos de ensinoProcedimentos e métodos de ensino
Procedimentos e métodos de ensino
 
Slide história da pedagogia
Slide   história da pedagogiaSlide   história da pedagogia
Slide história da pedagogia
 

Semelhante a Introdução a Pedagogia

A didatica para o ensino superior
A didatica para o ensino superiorA didatica para o ensino superior
A didatica para o ensino superior
tati mariano
 
Metodologias
MetodologiasMetodologias
Metodologias
jmpg2011
 
Buscando significado didatica_pos_suzana_gomes
Buscando significado didatica_pos_suzana_gomesBuscando significado didatica_pos_suzana_gomes
Buscando significado didatica_pos_suzana_gomes
Radar Ufmg
 
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NETCONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
Cristina Ferreira
 
Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01
Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01
Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01
Graça Barros
 

Semelhante a Introdução a Pedagogia (20)

I encontro 08_08_2014
I encontro 08_08_2014I encontro 08_08_2014
I encontro 08_08_2014
 
Apresentação currículo para o curso PAA e PA
Apresentação currículo para o curso PAA e PAApresentação currículo para o curso PAA e PA
Apresentação currículo para o curso PAA e PA
 
REFLEXÃO CRITÉRIOS AVALIAÇÃO
REFLEXÃO CRITÉRIOS AVALIAÇÃOREFLEXÃO CRITÉRIOS AVALIAÇÃO
REFLEXÃO CRITÉRIOS AVALIAÇÃO
 
Guia da disciplina Didática
Guia da disciplina DidáticaGuia da disciplina Didática
Guia da disciplina Didática
 
Epistemologia da docência
Epistemologia da docênciaEpistemologia da docência
Epistemologia da docência
 
A didatica para o ensino superior
A didatica para o ensino superiorA didatica para o ensino superior
A didatica para o ensino superior
 
Didactica Geral gggfgfgfgfffdggggggfffhhgg
Didactica Geral gggfgfgfgfffdggggggfffhhggDidactica Geral gggfgfgfgfffdggggggfffhhgg
Didactica Geral gggfgfgfgfffdggggggfffhhgg
 
Metodologias
MetodologiasMetodologias
Metodologias
 
didatica no ensino superios 3
didatica no ensino superios 3didatica no ensino superios 3
didatica no ensino superios 3
 
Buscando significado didatica_pos_suzana_gomes
Buscando significado didatica_pos_suzana_gomesBuscando significado didatica_pos_suzana_gomes
Buscando significado didatica_pos_suzana_gomes
 
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NETCONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
 
Educação Espírita InfantoJuvenil: O PLANEJAMENTO DIDÁTICO
Educação Espírita InfantoJuvenil: O PLANEJAMENTO DIDÁTICOEducação Espírita InfantoJuvenil: O PLANEJAMENTO DIDÁTICO
Educação Espírita InfantoJuvenil: O PLANEJAMENTO DIDÁTICO
 
Curriculo por projetos
Curriculo por projetos   Curriculo por projetos
Curriculo por projetos
 
Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01
Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01
Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01
 
Tecnologia na Educação e Novas Tendência
Tecnologia na Educação e Novas TendênciaTecnologia na Educação e Novas Tendência
Tecnologia na Educação e Novas Tendência
 
Aula 1 unidade 1
Aula 1 unidade 1Aula 1 unidade 1
Aula 1 unidade 1
 
conhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
conhecendoadidtica_um estudo inicial.pptconhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
conhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
 
AULA 05.pptx
AULA 05.pptxAULA 05.pptx
AULA 05.pptx
 
Conhecendo a didática
Conhecendo a didáticaConhecendo a didática
Conhecendo a didática
 
U4
U4U4
U4
 

Último

clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
LuanaAlves940822
 

Último (20)

Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 

Introdução a Pedagogia

  • 2. O que é Pedagogia? • Pedagogia vem do grego: pais,paidos= criança; agein= conduzir; e Logos, gia = tratado, ciência.
  • 3. Cont. • Na Grécia antiga, eram designados por pedagogos os escravos que acompanhavam as crianças que iam para escola. • O escravo devia ser submisso à criança, fazendo valer a sua autoridade quando necessário. Sendo assim, estes escravos desenvolveram grandes habilidades no trato com as crianças. • Hoje, o pedagogo é o especialista em assuntos educacionais e Pedagógicos, constituindo o conjunto de conhecimentos sistemáticos relativos ao fenómeno educativo.
  • 4. Conceito de Pedagogia • Pedagogia é a ciência da educação. • Pedagogia é a ciência e arte de educar. • Pedagogia é a reflexão metódica sobre a educação para esclarecer e orientar a prática educativa. Assim: para Piletti (2008), a Pedagogia é a filosofia, ciência, arte e a técnica da educação.
  • 5. Aspectos fundamentais da Pedagogia Filosóficos: relações com a vida, valores, ideais e as finalidades da educação. Científicos: apoia-se em dados apresentados pelas ciências biológicas, físicas e sociológicas. Técnicos: refere-se à técnica educativa e situando-se entre o filosófico e científicos os métodos, técnicas de ensino e sistemas escolares.
  • 6. Divisão da Pedagogia Disciplinas filosóficas - História da Educação; - Filosofia da Educação; - Educação Comparada; - Política Educacional. Disciplinas Científicas - Biologia educacional; - Psicologia Educacional; - Sociologia Educacional.
  • 7. Cont. Disciplinas Técnicas: - Administração Escolar ; - Higiene Escolar; - Organização Escolar; - Orientação Educacional; - Didáctica Geral e Especial.
  • 8. Objecto de estudo O objecto de estudo da Pedagogia é a educação do Homem. A educação deriva de dois verbos latinos: educare- “fazer crescer, levantar, nutrir”; e educere – “ tirar fora, guiar alguém de…para…”. Educação é um processo, actividade, prática, cuja a essência é garantir que as crianças, adolescentes e jovens se apropriem de saberes acumulados pela humanidade numa determinada fase de desenvolvimento sociocultural, técnico e científico.
  • 10. Evolução sócio- histórica da educação Época primitiva; Antiga; Medieval; Moderna; e Contemporânea.
  • 11. Percurso da Pedagogia para chegar ao estatuto de ciência Incialmente, a pedagogia foi entendida como arte de educar; Num estágio posterior, ficou conhecida como técnica de educar; Finalmente, como teoria, ciência e prática de educar.
  • 12. Objectivos de ensino no (PEA) • A tarefa docência exige um saber ou determina o que o aluno será capaz de fazer no final duma aprendizagem. • Estes antecipam os resultados e processos esperados do trabalho entre o professor e os alunos, expressando conhecimentos, habilidades e hábitos, constituindo desta feita os conteúdos a serem assimilados duma forma metodológica.
  • 13. Tipos de objectivo Podem ser: • educacionais ou gerais; • Instrucionais ou específicos. • Todos estes podem referir-se aos domínios: • cognitivo, • afectivo; e • psicomotor.
  • 14. Definição dos objectivos instrucionais Indicar os comportamentos dos alunos e não do professor; Clarificar a intenção do professor e não dar margem a muitas interpretações. • Conteúdos de ensino • É o conjunto de matérias de ensino, seleccionadas pedagógica e didacticamente de modo a ser assimilados pelos alunos. • São pontos de partida para a elaboração dos objectivos instrucionais (específicos), articulando-se aos métodos, visando às actividades dos alunos. E os métodos formam a totalidade das formas didácticas, fases e meios da organização do ensino.
  • 15. Critérios para selecção dos conteúdos  Significação;  Validade (valor);  Utilidade;  Flexibilidade;  Interesse;  Possibilidade de elaboração pessoal;  Adequação as necessidades culturais e sociais;  Viabilidade (tempo).
  • 16. Meios e/ou recursos de ensino • São todos elementos, matérias, recursos usados para facilitar a compreensão da matéria durante o PEA (processo de ensino e aprendizagem). Objectivos de uso de Meios de Ensino Motivar o aluno; Aproximar o aluno da realidade; Dar a exacta noção dos factos e fenómenos observados; Desenvolver habilidades Auxiliar a fixação da aprendizagem e concretizar esforços; Prevenir a distração.
  • 17. Tipos de Meios de ensino • Objectos naturais; • Meios audiovisuais e visuais; • Aparelhos e objectos químicos; • Aparelhos escolares ou técnicos, ex.: retroprojector, gravador, CD, vídeos, entre outros. • Meios gráficos, ex.: manuais, mapas, livros, cartazes, álbuns, gravuras;
  • 18. Cont. Tipos de meios de ensino Meios simples do trabalho do professor/aluno, ex.: caneta, lápis, caderno, apagador, quadro, giz-marcador, livro da turma. Móveis escolares e decoração, ex.: carteiras, cadeiras, quadros da parede, entre outros. Classificação dos Meios de Ensino Piletti (2008), refere que não há uma classificação de meios de ensino que sejam universalmente aceites (...), a classificação varia segundo os autores e alguns deles são incompletos.
  • 19. Cont. Podemos classificar estes meios em: • Meios Humanos: que compreendem: Professor, aluno (colega de outra classe), Pessoal escolar (Director e outros profissionais), Comunidade (pais, profissionais, encarregados educação, entre outros. ); • Meios materiais: que compreendem ambiente escolar constituído por quadro, giz-marcador, cartazes, globos, mapas, etc., Comunidade fisicas formadas por bibliotecas, museus, indústrias, lojas, repartições públicas, etc. • Meios naturais: que compreendem o ambiente natural (água, sol, vento, a vegetação, etc.)
  • 20. Os meios de ensino (materiais, e do ambiente escolar) podem se agrupar em:  Visuais que são as projeções, os cartazes, as gravuras, os mapas, etc.  Auditivos que são o rádio, as gravações, etc.  Audiovisuais como o cinema, filmes e TV. Vantagens Trazem o valor real à aprendizagem que se realiza na escola;  Reduzem o nível de abstração;  Indicam o trabalho funcional da escola;  Abrem dupla via de comunicação entre a escola e a comunidade;  Ajudam o aluno a avaliar o que o mundo espera dele.
  • 21. Importância dos Meios de Ensino • Os meios de ensino estimulam a audição e/ou a visão. Têm um papel muito importante de aproximar a aprendizagem à situações reais da vida. • Funções Didácticas São elementos, fases, passos que garantem o PEA dentro duma aula. Eis: I. Introdução e Motivação; II. Mediação e Assimilação; III. Domínio e Consolidação; IV. Controlo e Avaliação.
  • 22. Introdução e Motivação Um factor decisivo no PEA em que o professor procura estimular o aluno para que haja esforço voluntário de aprendizagem. A motivação é a função dominante em todas as etapas de aula. Tipos de Motivação:  Inicial  Contínua ou permanente e  Final.
  • 23. Mediação e Assimilação • É a fase da confrontação com a matéria, o caminho que vai “não saber para saber”, consiste na formação de conceitos no desenvolvimento das capacidades cognitivas de observação e do raciocínio dos alunos. • Domínio e Consolidação • Consistem em formar conhecimentos capacidades, habilidades sólidas e aplicáveis com finalidade de não criar o esquecimento dos conhecimentos essenciais, através de fixação na memória. • A consolidação realiza-se na repetição, no exercício, sistematização e na aplicação de conhecimentos.
  • 24. Controlo e Avaliação • É a unidade de trabalho do professor e deve ser vista como um processo sistemático e contínuo (como tarefa permanente deste). • Os resultados deste processo dizem respeito ao grau em que se atingem os objectivos e em que se cumprem ás exigências do domínio dos conteúdos a partir dos programas. • Controlo é a verificação (o diagnóstico) do processo e dos resultados; sempre é a base da avaliação; cada controlo deve ter uma avaliação oral ou escrita.
  • 25. O Plano de Aula •Pede-se que os estudantes Apresentem um protótipo na próxima sessão.
  • 26. Referência Bibliográfica • Libáneo, J.C.(1994). Didáctica. São Paulo, Cortez editora, 25ª Reimpressão. • Nérci, I.G. (1991). Introdução à Didáctica Geral. São Paulo, Editora Atlas S.A. (16ª edição). • Pilleti, C. (2008). Didáctica Geral. São Paulo, (23ª edição).