Pedagogia De Projetos Curso

17.038 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
8 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.038
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
209
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
734
Comentários
1
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pedagogia De Projetos Curso

  1. 1. PEDAGOGIA DE PROJETOS
  2. 2. O que são projetos? Os Projetos de Trabalho contribuem para uma resignificação dos espaços de aprendizagem de tal forma que eles se voltem para a formação de sujeitos ativos, reflexivos, atuantes e participantes (HERNANDEZ, 1998).
  3. 3. O que são projetos? <ul><li>Uma proposta de intervenção pedagógica que dá a atividade de aprender um sentido novo, onde as necessidades de aprendizagem aparecem nas tentativas de resolver situações problemáticas. Um projeto possibilita, assim, que os alunos, ao decidirem, opinarem, debaterem; construam sua autonomia e seu compromisso com o social, formando-se como sujeitos culturais. </li></ul>
  4. 4. Quais as características fundamentais do trabalho com Projeto? <ul><li>A responsabilidade e autonomia dos alunos são essenciais. </li></ul>Abrantes (1995:62 ) aponta algumas características fundamentais do trabalho com projetos:
  5. 5. <ul><li>A autenticidade é uma característica fundamental de um projeto. </li></ul><ul><li>Um projeto envolve complexidade e resolução de problemas. </li></ul><ul><li>Um projeto tem um caráter faseado: um projeto percorre várias fases: escolha do objetivo central e formulação dos problemas, planejamento, execução, avaliação, divulgação dos trabalhos. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Os Projetos de Trabalho trazem nova concepção de sequenciação fundada na dinâmica, no processo de &quot;ir e vir&quot;, onde os conteúdos vão sendo vistos de forma mais abrangente e aprofundada, dependendo do conhecimento prévio e da experiência cultural dos alunos. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Os projetos de trabalho, assim, geram necessidades de aprendizagem de novos conteúdos que poderão ser aprofundados, repercutindo sobre as situações e intervenções dos alunos em outra situações da vida escolar. </li></ul>
  8. 8. Como surge um projeto? <ul><li>Alguns profissionais defendem a posição de que o projeto deve partir, necessariamente, dos alunos, pois, se não, ele seria imposto. </li></ul><ul><li>Outros defendem a idéia de que os temas devem ser propostos pelo professor, de acordo, com a sua intenção educativa, pois, de outra forma, cairia em uma postura espontaneista. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>O que caracteriza o trabalho com projetos não é a origem do tema, mas o tratamento dado a esse tema, no sentido de torná-lo uma questão do grupo como um todo e não apenas de alguns alunos ou do professor. </li></ul>
  10. 10. Quais as etapas de um projeto? <ul><li>No desenvolvimento de um projeto, três etapas devem ser configuradas: problematização, desenvolvimento e síntese </li></ul>a) Problematização É o início do projeto. Nessa etapa, os alunos irão expressar suas idéias e, conhecimentos sobre o problema em questão.
  11. 11. <ul><li>Nessa fase, o professor levanta o que os alunos já sabem (certezas provisórias) e o que ainda não sabem (dúvidas temporárias) sobre o tema em questão. É também a partir das questões levantadas nesta etapa que o projeto é organizado pelo grupo. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>b) Desenvolvimento </li></ul><ul><li>É o momento em que se criam as estratégias para buscar respostas às questões e hipóteses levantadas na problematização. </li></ul><ul><li>É preciso que os alunos se deparem com situações que os obriguem a comparar pontos de vista, rever suas hipóteses, colocar-se novas questões, deparar-se com outros elementos postos pela ciência. </li></ul><ul><li>Ex: saída do espaço escolar, a organização em pequenos e/ou grandes grupos, o uso da biblioteca, internet, enciclopédias, a vinda de pessoas convidadas à escola, dentre outras ações. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>c) Síntese </li></ul><ul><li>Em todo o processo, as convicções iniciais vão sendo superadas e outras mais complexas vão sendo construídas. As novas aprendizagens passam a fazer parte dos esquemas de conhecimento dos alunos e vão servir de conhecimento prévio para outras situações de aprendizagem mostrando, assim, que os alunos são capazes de estabelecer relações e utilizar o conhecimento aprendido, quando necessário. </li></ul>

×