Gestao De Estoques

114.133 visualizações

Publicada em

Apresentação básica sobre Gestão de Estoques.

0 comentários
30 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
114.133
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.015
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3.010
Comentários
0
Gostaram
30
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestao De Estoques

  1. 1. Gestão de Estoques <ul><li>Estoques são criados quando o recebimento de </li></ul><ul><ul><li>materiais (insumos), </li></ul></ul><ul><ul><li>partes em processo, ou </li></ul></ul><ul><ul><li>produtos acabados </li></ul></ul><ul><li>excede o seu consumo. </li></ul>
  2. 2. Por que manter estoques baixos ? <ul><li>Principal razão: estoque = investimento em bens sobre os quais se paga (e não se recebe) juros. </li></ul><ul><li>Custo de guarda força redução de estoques; seus componentes são: </li></ul><ul><ul><li>custo de oportunidade, </li></ul></ul><ul><ul><li>custo de estocagem e manuseio, </li></ul></ul><ul><ul><li>custo de impostos, seguros, roubos, obsolescência e deterioração. </li></ul></ul>Em detalhes...
  3. 3. Por que manter estoques baixos? Custos de guarda <ul><li>Custo variável, que é função do tempo. </li></ul><ul><li>Igual a um % do valor do item ; normalm te , custo de guarda anual varia entre 20 e 40% do valor do item. </li></ul><ul><ul><li>Suponha empresa c/ custo médio de guarda de 30%, e valor médio do estoque igual a 20% das vendas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Custo anual de guarda do estoque é igual a 6% (0,3  0,2) das vendas. </li></ul></ul><ul><ul><li>C/ margens normalm te < 10%, valor é considerável!! </li></ul></ul>
  4. 4. <ul><li>Oportunidade </li></ul><ul><ul><li>P/ adquirir estoques, empresas necessitam empréstimos a juros altos. </li></ul></ul><ul><ul><li>$ aplicado em estoque poderia estar investido no mercado financeiro. </li></ul></ul><ul><ul><li>Este é normalm te o maior componente dos custos de guarda (  15%). </li></ul></ul>Por que manter estoques baixos? Componentes do Custo de guarda
  5. 5. <ul><li>Estocagem e manuseio </li></ul><ul><ul><li>Estoques ocupam espaço e demandam movimentação. </li></ul></ul><ul><ul><li>Custos incidem qdo empresas alugam espaços, contratam 3 os p/ gerenciar movimento de materiais ou entregam estoques a operadores logísticos. </li></ul></ul><ul><ul><li>Custos de oportunidade também incidem sobre custos de estocagem e manuseio. </li></ul></ul>Por que manter estoques baixos? Componentes do Custo de guarda
  6. 6. <ul><li>Impostos, seguros, roubos, obsolescência e deterioração </li></ul><ul><ul><li>Impostos e seguros proporcional ao volume de estoques no final do exercício. </li></ul></ul><ul><ul><li>Obsolescência : alta em setores como vestuário e informática. </li></ul></ul><ul><ul><li>Deterioração : alta em setores como alimentação e farmacêuticos. </li></ul></ul>Por que manter estoques baixos? Componentes do Custo de guarda
  7. 7. Por que manter estoques altos ? <ul><li>Principal razão: garantir nível de serviço (cliente não costuma esperar mais de uma vez pelo produto desejado). </li></ul><ul><li>Quantidade de estoque mantido na economia americana excede US$ 1,3 trilhões : </li></ul><ul><ul><li>Existem pressões para manter estoques altos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Investigaremos algumas delas na sequência. </li></ul></ul>O que é nível de serviço ??
  8. 8. Nível de Serviço (Service level, SL) <ul><li>Probabilidade desejada de não ocorrência de escassez durante um ciclo de pedido . </li></ul><ul><ul><li>Definição probabilística = uma das definições de SL; outras serão vistas mais adiante. </li></ul></ul><ul><ul><li>Escassez = ocorre qdo item demandado não encontra-se disponível, implicando em venda perdida. </li></ul></ul><ul><ul><li>Ciclo de pedido = período de tempo entre colocação do pedido e sua chegada no estoque. </li></ul></ul>
  9. 9. Por que manter estoques altos ? <ul><li>Alguns custos são beneficiados c/ aumento de estoques: </li></ul><ul><ul><li>custo de colocação de pedidos, </li></ul></ul><ul><ul><li>custo de setup de produção, </li></ul></ul><ul><ul><li>custo de transporte. </li></ul></ul>
  10. 10. <ul><li>Pode ser interno ou externo. </li></ul><ul><li>É independente da quantidade encomendada. </li></ul><ul><li>Comércio eletrônico pode ser utilizado na redução deste custo. </li></ul>Por que manter estoques altos? Custo de colocação de pedidos Exemplo: Campbell Soup investiu US$30 milhões em sistema baseado em EDI ( electronic data interchange ). Objetivo : reduzir em 80% transações comerciais que demandam paperwork . Ganho estimado : US$18 milhões/ano + redução de erros em pedidos.
  11. 11. <ul><li>Custo de preparação de máquinas ou sistemas produtivos p/ produzir um item diferente . </li></ul><ul><li>É independente do tamanho do pedido. </li></ul><ul><li>Inclui mão-de-obra, tempo ocioso de produção, limpeza, demanda por novas ferramentas, etc. </li></ul><ul><li>Refugo e retrabalho costumam ser muito maiores qdo processos dão a partida. </li></ul>Por que manter estoques altos? Custo de setup
  12. 12. <ul><li> Estoque = aumento na produtividade da força-de-trabalho e utilização da estrutura fixa de três maneiras : </li></ul><ul><ul><li> Ordens maiores de produção reduzem setups . </li></ul></ul><ul><ul><li> Redução na necessidade de replanejar a produção p/ produzir itens faltantes. </li></ul></ul><ul><ul><li> Taxa de demanda é estabilizada em produtos c/ demanda sazonal, aumentando utilização da estrutura fixa. </li></ul></ul>Por que manter estoques altos? Utilização de equipam tos e mão-de-obra
  13. 13. <ul><li>Produtos em estoque permitem melhor composição de cargas e evitam gastos em transporte especial p/ pedidos atrasados. </li></ul><ul><li>Itens comprados de um mesmo fornecedor podem ser agrupados: </li></ul><ul><ul><li>preço de compra pode resultar menor (descontos); </li></ul></ul><ul><ul><li>transporte é barateado pelo rateio da carga. </li></ul></ul>Por que manter estoques altos? Custo de transporte
  14. 14. <ul><li>Análise ABC  processo de divisão de itens em três classes , de acordo com sua utilização de capital . </li></ul><ul><li>Problema  modelos de estoques demandam tempo e recursos humanos em sua gestão. </li></ul><ul><li>Objetivo  focar atenção em itens principais em termos de utilização de capital. </li></ul>Identificação de itens críticos no estoque através da classificação ABC
  15. 15. Sistema de Classificação ABC Como funciona... <ul><li>Segue o princípio de Pareto (i.e., poucos são vitais) . </li></ul><ul><li>Abordagem ABC: </li></ul><ul><ul><li>cerca de 20% dos itens vendidos somam cerca de 80% do volume anual de faturamento da empresa (demanda  preço); </li></ul></ul><ul><ul><li>poucos produtos, se bem administrados, têm potencial de redução nos riscos associados ao forecasting ; </li></ul></ul><ul><ul><li>esses itens são chamados itens “A”. </li></ul></ul>
  16. 16. Curva de Classificação ABC 0 100% Percentual dos itens vendidos Percentual do volume anual de $ faturado GRUPO C GRUPO B GRUPO A 100%
  17. 17. Políticas de estoques para cada grupo <ul><li>Grupo A - 20% itens vendidos / 80% do faturamento anual. </li></ul><ul><li>Política: </li></ul><ul><ul><li>grupo prioritário; </li></ul></ul><ul><ul><li>modelo individualmente cada produto </li></ul></ul><ul><ul><li>atualização constante dos modelos </li></ul></ul>
  18. 18. Grupos B e C <ul><li>Grupo B: </li></ul><ul><ul><li>gere modelos individuais de estoques, mas relaxe nos detalhes; investigação detalhada dos itens neste grupo tende a não se pagar. </li></ul></ul><ul><li>Grupo C: </li></ul><ul><ul><li>30-60% itens vendidos / 5% do faturamento anual; </li></ul></ul><ul><ul><li>gere modelos agregados de estoques; </li></ul></ul><ul><ul><li>revise modelos semestralmente. </li></ul></ul>
  19. 19. Exemplo de Classificação ABC
  20. 20. Prática VIIA: Gere uma classificação ABC para os produtos abaixo Dados disponíveis no arquivo Estoques - Prática.xls
  21. 21. Sistema Padrão de Estoque Ponto de reposição Tempo, T I max Lead time Estoque de Segurança
  22. 22. Modelo de Estoque na ausência de incerteza (demanda é conhecida) <ul><li>Suposições: </li></ul><ul><ul><li>Taxa de demanda constante ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Taxa de produção, P , finita (ou seja, unidds produzidas acrescentadas ao estoque uma por vez); </li></ul></ul><ul><li>Objetivos da análise: </li></ul><ul><ul><li>Determinar tamanho ótimo do pedido ( Q * ) e estoque negativo ótimo permitido ( S * max ) que minimize custo total anual dos estoques. </li></ul></ul>
  23. 23. Q * e S max <ul><li>Q * e S max são derivados da expressão do custo total: </li></ul>Custo do pedido (setup) Custo do produto (consumo) Custo da guarda Custo da escassez
  24. 24. Notação
  25. 25. Q * e S max
  26. 26. Exemplo 1 <ul><li>A empresa XYZ compra 350 filtros de ar por ano. O custo de cada filtro é $30 e o custo da colocação do pedido é $10. O custo de guarda anual do estoque é 0.18 (18% do custo do produto). </li></ul><ul><li>A escassez é dividida em dois componentes: </li></ul><ul><ul><li>Custo fixo: $0.30/unidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Custo variável: $5 por unidade de escassez ao ano. </li></ul></ul><ul><li>Determine o tamanho ótimo do pedido e a escassez ótima a ser admitida. </li></ul>
  27. 27. Resultados
  28. 28. Caso Especial: lote econômico de compra, EOQ <ul><li>Suposições do modelo: </li></ul><ul><ul><li>taxa de demanda é constante ( p.ex. , sempre de 10 unidds/dia) e conhecida com certeza . </li></ul></ul><ul><ul><li>não há restrições no tamanho dos lotes ( p.ex. , capacidade de produção ou tamanho do caminhão). </li></ul></ul><ul><ul><li>Somente dois custos são relevantes: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>custo de guarda do estoque, </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>custo de pedido ou set up por lote. </li></ul></ul></ul>economic order quantity
  29. 29. lote econômico de compra Outras suposições do modelo <ul><li>Decisões feitas sobre um item não afetam demais itens . </li></ul><ul><ul><li>P.ex. , não há vantagem em agrupar pedidos para um mesmo fornecedor. </li></ul></ul><ul><li>Não há incertezas no lead time . </li></ul><ul><ul><li>P.ex. , lead time é de 14 dias, sendo constante e conhecido com certeza. </li></ul></ul>
  30. 30. lote econômico de compra modelo matemático <ul><li>Modelo c/ taxa de produção for infinita (não temos problemas de fornecimento ou produção) e escassez não admitida ; nestas circunstâncias, Q * é dado por: </li></ul>
  31. 31. Exemplo 2 <ul><li>Sua loja vende 18 unidds semanais de um secador de cabelos p/ viagem. </li></ul><ul><li>O fabricante cobra $60/unidd e o custo de colocação do pedido é $45. </li></ul><ul><li>Manter o secador em estoque durante um ano custa 25% do valor do produto e sua loja opera 52 semanas por ano. </li></ul><ul><li>Você vem colocando pedidos de 390 unidades, para reduzir o número de pedidos. </li></ul><ul><li>Qual o custo da política de estoques que você vem adotando? </li></ul>
  32. 32. Exemplo 2 Custo total do modelo EOQ
  33. 33. Exemplo 2 ( Continuação ) <ul><li>Calcule o lote econômico de compra dos secadores e o custo total da política econômica de compras. </li></ul><ul><li>Com qual frequência os pedidos são colocados quando o EOQ é utilizado? </li></ul>
  34. 34. Exemplo 2 ( Cont. ) Cálculo do lote econômico de compra, EOQ
  35. 35. Prática VIIB: Encontre a melhor política p/ gestão do estoque do produto abaixo <ul><li>Um departamento de tornoaria encomenda uma peça necessária p/ suas CNCs. </li></ul><ul><li>A peça custa $60. A demanda anual é de 400 peças/ano. O custo da colocação do pedido é $20. O custo de guarda anual do estoque é 0.24 (24% do custo do produto). </li></ul><ul><li>Sabe-se que a falta da peça custa ao departamento $20 por peça escassa ao ano. </li></ul><ul><li>Determine o tamanho ótimo do pedido, a escassez ótima a ser admitida e o custo total da política adotada. </li></ul>

×