SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
LEIS DO
TRABALHO
E DA
JUSTIÇA
EAE 87
Chico Xavier... tomou o lápis e escreveu:
“meu amigo, se desejas
paz crescente e guerra pouca
ajuda sem reclamar
e aprende a calar a boca”
Casimiro da Cunha
e as comunicações começaram se
intensificar a partir de 1931...
Uma tarde, Chico regava canteiro de alho
quando ouviu um poema de Augusto dos Anjos:
“ VOZES DE UMA SOMBRA”
Donde venho?
Das eras remotíssimas
Das substancias elementaríssimas
Emergindo das cósmicas matérias” ...
Chico continuava a regar e perdia o ditado...
EAE - 87 rev de 26/05/2012
2
e Chico Xavier não se esforçava tanto...
“venho dos invisíveis
protozoários
da confusão dos seres
embrionários
das células primevas,
das bactérias...”
Chico devia ouvir,
familiarizar-se com as
palavras e decifrá-las para
colocar no papel mais tarde...
“corpos multiformes
vultuoso abdômen,
intensas torpitudes,
larvas rudes,
animálculo medonho,
fótons,
galáxias...”
EAE - 87 rev de 26/05/2012
3
Chico jovem tropeçava nas
silabas e em seus
significados...
E o poeta invisível perdeu a
paciência com a dificuldade
do matuto entender os
versos...
- Quer saber de uma coisa?
Vou escrever o que puder,
pois sua cabeça não
aguenta mesmo.
Objetivo da aula:
 Como se processa a
evolução pelo trabalho
orientado pela lei de
justiça universal
 Trabalho como meio de
resgate e de evolução
 Justiça como impulsor do
progresso
EAE - 87 rev de 26/05/2012
4
PLANOS DIVINOS
Onde leva a lei da Evolução?
EAE - 87 rev de 26/05/2012
5
A LEI DA EVOLUÇÃO
Perfeição
Harmonia
Equilibrio
O CAMINHO É ATRAVÉS DO TRABALHO E ESTUDO...
MOVIMENTO / DINAMISMO /
ATRITO / ESFORÇO / LUTA
TUDO SE MOVIMENTA NO UNIVERSO
... se os átomos pararem de vibrar ...
nosso universo volta ao buraco negro de onde saiu.
... a experiência desperta valores que estão ocultos na Centelha Divina.
Como funciona a lei da Evolução?
EAE - 87 rev de 26/05/2012
6
PLANOS DIVINOS
Perfeição
Harmonia
Equilíbrio
À principio: instintos
Conservação
e Defesa
EscolhaDepois: Livre arbítrio
A LEI DA EVOLUÇÃO
Família
Sociedade
egoísta e
orgulhoso
sob outras realizações
Passa a viver em comunidades – ajudando-se mutuamente
imposição
LEI DO TRABALHO
Em física trabalho é uma medida da
energia transferida pela aplicação de
uma força ao longo de um
deslocamento.
T = Força x deslocamento
Porém: que tipo de trabalho é útil
para a nossa evolução?
É aquele que mais direta e
rapidamente nos leva ao
despertamento dos valores ocultos
que vivem em nós.
EAE - 87 rev de 26/05/2012
7
Portanto: não é bem o
trabalho em si que
importa mas sim “como e
para que” estamos
trabalhando.
“Todo trabalho útil é de Deus”
Estevão (1º mártir do cristianismo)
Como trabalhar:
 Com paciência;
 Com resignação;
 Com otimismo;
 Com alegria;
 Com satisfação;
 Com método;
EAE - 87 rev de 26/05/2012
8
 Com disciplina;
 Com precisão;
 Com concentração;
 Com esperança;
 Com vontade de
servir...
É a LABORTERAPIA da Alma
Como armazenamos as experiências?
EAE - 87 rev de 26/05/2012
9
1º andar
Térreo
Noções Superiores
Experiências Atuais
Experiências Passadas
Impulsos automáticos
Memória das conquistas
SUPER CONSCIENTE
CONSCIENTE
SUB CONSCIENTEPorão
Temos muitas influências
de nosso Passado:
tanto Remoto qto Atual
Como enriquecemos nossos tesouros íntimos ?
EAE - 87 rev de 26/05/2012
10
SUPER CONSCIENTE
CONSCIENTE
SUB CONSCIENTE
 Da Ideia ou do Desejo
 Vem a Ação
 Pela Repetição da Ação
 Vem o Hábito
 Pela Repetição do Hábito
 Vem o Comportamento
 Pela Repetição do
Comportamento
 Vem a Automatização das
respostas às situações...
O subconsciente registra e
armazena o que foi repetitivo
O que nos interessa armazenar?
Porém de forma
descuidada
armazenamos maus
hábitos que temos que
trabalhar muito para
reformá-los para se
tornarem hábitos úteis.
EAE - 87 rev de 26/05/2012
11
Ai entra a
função
da
Lei de Justiça
Lei de Justiça Universal
EAE - 87 rev de 26/05/2012
12
PLANOS DIVINOS
12
A LEI DA EVOLUÇÃO
O CAMINHO é através da LEI do TRABALHO ...
porém CONTROLADO pela LEI de JUSTIÇA UNIVERSAL
Perfeição
Harmonia
Equilibrio
Sofremos hoje as consequências do
que criamos no passado, ou seja:
ninguém é responsável por nossas
desditas ou sofrimentos nem por
nossos sucessos e vitórias.
Somos os únicos responsáveis.
Ninguém nos castiga e nem nos escraviza.
Somente nós é que nos submetemos a isso.
Não existe um Deus que nos castiga.
Não existe uma condenação, mas sim apenas
um trabalho para nossa auto salvação.
Providencia Divina
Para nós nos auto ajudar a
Lei Divina nos proporciona:
 Esquecimento do Passado;
 Nova Reencarnação;
 Anjo da Guarda;
 Necessidades.
EAE - 87 rev de 26/05/2012
13
Principio da Responsabilidade
Tomamos Consciência:
 do que fizemos (causa) e
 dos resultados (consequências)
O Espírito passa a refletir melhor
suas decisões, que antes tomava
sem pensar e agora busca por
resultados satisfatórios, que não
desagradam mais.
EAE - 87 rev de 26/05/2012
14
SENTIR
AGIR
PENSAR
Ciclo da Realização
Principio da Frustração e da Dor
EAE - 87 rev de 26/05/2012
15
Ciclo da Frustração PENSAR
AGIR
SENTIR
Bibliografia
EAE - 87 rev de 26/05/2012
16
 Iniciação Espírita – Pág. 155 a 157 – Ed. Aliança
 Depois da Morte – Parte V – León Denis – FEB
 Dinâmica Espiritual da Evolução – Jorge Andréa dos Santos – Ed. Fon-Fon
 A Nova Civilização do 3º Milênio – Pietro Ubaldi
 O Livro dos Espíritos – Parte III Cap. 3 – Allan Kardec – FEB
 O Consolador – Per. 225 a 231 – Emmanuel / Chico Xavier – FEB
 As Leis Morais – Pág. 58 – Rodolfo Calligaris – FEB
 Leis Morais da Vida – Pág. 35 – Divaldo P. Franco – Ed. Alvorada
 Justiça Divina – Pág. 43 – Emmanuel / Chico Xavier – FEB
 Estante da Vida – Págs. 133 a 135 – Irmão X / Chico Xavier - FEB
Um estudo profundo de como somos regidos...
LEIS DE DEUS
EAE - 87 rev de 26/05/2012
17

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martíriogrupodepaisceb
 
Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)
Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)
Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)Marcos Antônio Alves
 
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan KardecSonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardecmarjoriestavismeyer
 
Criação e evolução a luz do espiritismo!
Criação e evolução a luz do espiritismo!Criação e evolução a luz do espiritismo!
Criação e evolução a luz do espiritismo!Leonardo Pereira
 
Como Os EspíRitos Podem Penetrar Nossos Pensamentos
Como Os EspíRitos Podem Penetrar Nossos PensamentosComo Os EspíRitos Podem Penetrar Nossos Pensamentos
Como Os EspíRitos Podem Penetrar Nossos PensamentosSergio Menezes
 
Palestra Sexo E Espiritismo
Palestra Sexo E EspiritismoPalestra Sexo E Espiritismo
Palestra Sexo E Espiritismocab3032
 
A terra planeta de provas e expiações
A terra planeta de provas e expiaçõesA terra planeta de provas e expiações
A terra planeta de provas e expiaçõesGraça Maciel
 
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece grupodepaisceb
 
Aula 104 regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...
Aula 104   regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...Aula 104   regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...
Aula 104 regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...Denise Tofoli
 
Origem e natureza do Espirito parte 1
Origem e natureza do Espirito parte 1Origem e natureza do Espirito parte 1
Origem e natureza do Espirito parte 1Denise Aguiar
 
Das ocupações e missões dos espíritos
Das ocupações e missões dos espíritosDas ocupações e missões dos espíritos
Das ocupações e missões dos espíritosIzabel Cristina Fonseca
 
AULA 002 EAE DM - A CRIAÇÃO
AULA 002 EAE DM - A CRIAÇÃOAULA 002 EAE DM - A CRIAÇÃO
AULA 002 EAE DM - A CRIAÇÃODaniel de Melo
 
O Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaO Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaRicardo Azevedo
 
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da almaCapitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da almaMarta Gomes
 
Dimensao espiritual do centro esprita
Dimensao  espiritual do centro espritaDimensao  espiritual do centro esprita
Dimensao espiritual do centro espritaClaudio Macedo
 

Mais procurados (20)

Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírio
 
Evangeliza - O dever
Evangeliza - O deverEvangeliza - O dever
Evangeliza - O dever
 
Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)
Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)
Meu Reino não é deste mundo (Palestra Espírita)
 
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan KardecSonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
 
Criação e evolução a luz do espiritismo!
Criação e evolução a luz do espiritismo!Criação e evolução a luz do espiritismo!
Criação e evolução a luz do espiritismo!
 
Retorno à Vida Corporal
Retorno à Vida CorporalRetorno à Vida Corporal
Retorno à Vida Corporal
 
Como Os EspíRitos Podem Penetrar Nossos Pensamentos
Como Os EspíRitos Podem Penetrar Nossos PensamentosComo Os EspíRitos Podem Penetrar Nossos Pensamentos
Como Os EspíRitos Podem Penetrar Nossos Pensamentos
 
Palestra Sexo E Espiritismo
Palestra Sexo E EspiritismoPalestra Sexo E Espiritismo
Palestra Sexo E Espiritismo
 
A terra planeta de provas e expiações
A terra planeta de provas e expiaçõesA terra planeta de provas e expiações
A terra planeta de provas e expiações
 
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
 
Aula 104 regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...
Aula 104   regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...Aula 104   regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...
Aula 104 regras para educação e aperfeiçoamento dos seres ii - escola de ap...
 
Origem e natureza do Espirito parte 1
Origem e natureza do Espirito parte 1Origem e natureza do Espirito parte 1
Origem e natureza do Espirito parte 1
 
Objetivo da encarnação
Objetivo da encarnaçãoObjetivo da encarnação
Objetivo da encarnação
 
Das ocupações e missões dos espíritos
Das ocupações e missões dos espíritosDas ocupações e missões dos espíritos
Das ocupações e missões dos espíritos
 
Lei de causa e efeito
Lei de causa e efeitoLei de causa e efeito
Lei de causa e efeito
 
AULA 002 EAE DM - A CRIAÇÃO
AULA 002 EAE DM - A CRIAÇÃOAULA 002 EAE DM - A CRIAÇÃO
AULA 002 EAE DM - A CRIAÇÃO
 
O Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaO Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro Espírita
 
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da almaCapitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
 
providência divina
providência divinaprovidência divina
providência divina
 
Dimensao espiritual do centro esprita
Dimensao  espiritual do centro espritaDimensao  espiritual do centro esprita
Dimensao espiritual do centro esprita
 

Destaque

Segundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalho
Segundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalhoSegundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalho
Segundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalhoCeiClarencio
 
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDAPALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDAMauro Santos
 
A lei do trabalho e do progresso!
A lei do trabalho e do progresso!A lei do trabalho e do progresso!
A lei do trabalho e do progresso!Leonardo Pereira
 
Eae 86 - o plano divino e a lei da evolução
Eae   86 - o plano divino e a lei da evoluçãoEae   86 - o plano divino e a lei da evolução
Eae 86 - o plano divino e a lei da evoluçãoNorberto Scavone Augusto
 
2016 01-28-ce-espiritos-gisa diniz
2016 01-28-ce-espiritos-gisa diniz2016 01-28-ce-espiritos-gisa diniz
2016 01-28-ce-espiritos-gisa dinizcarlos freire
 
Aula fil medieval 1
Aula fil medieval 1Aula fil medieval 1
Aula fil medieval 1Tiago Novaes
 
Trabalho na sociedade moderna
Trabalho na sociedade modernaTrabalho na sociedade moderna
Trabalho na sociedade modernaEnio Lima
 
Roteiro 4 pontos principais da doutrina espírita
Roteiro 4   pontos principais da doutrina espíritaRoteiro 4   pontos principais da doutrina espírita
Roteiro 4 pontos principais da doutrina espíritaBruno Cechinel Filho
 
Curso Básico de Espiritismo FEESP 1º ano
Curso Básico de Espiritismo FEESP 1º anoCurso Básico de Espiritismo FEESP 1º ano
Curso Básico de Espiritismo FEESP 1º anoRoseli Lemes
 
Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0
Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0
Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0ADEP Portugal
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03ADEP Portugal
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01ADEP Portugal
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02ADEP Portugal
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04ADEP Portugal
 

Destaque (20)

AULA- Lei do trabalho
AULA- Lei do trabalhoAULA- Lei do trabalho
AULA- Lei do trabalho
 
Segundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalho
Segundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalhoSegundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalho
Segundo Módulo - Aula 03 - Lei do trabalho
 
Lei do Trabalho
Lei do TrabalhoLei do Trabalho
Lei do Trabalho
 
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDAPALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
 
Lei de trabalho
Lei de trabalhoLei de trabalho
Lei de trabalho
 
Lei do trabalho
Lei do trabalhoLei do trabalho
Lei do trabalho
 
A lei do trabalho e do progresso!
A lei do trabalho e do progresso!A lei do trabalho e do progresso!
A lei do trabalho e do progresso!
 
Eae 86 - o plano divino e a lei da evolução
Eae   86 - o plano divino e a lei da evoluçãoEae   86 - o plano divino e a lei da evolução
Eae 86 - o plano divino e a lei da evolução
 
2016 01-28-ce-espiritos-gisa diniz
2016 01-28-ce-espiritos-gisa diniz2016 01-28-ce-espiritos-gisa diniz
2016 01-28-ce-espiritos-gisa diniz
 
Aula fil medieval 1
Aula fil medieval 1Aula fil medieval 1
Aula fil medieval 1
 
Trabalho na sociedade moderna
Trabalho na sociedade modernaTrabalho na sociedade moderna
Trabalho na sociedade moderna
 
Roteiro 4 pontos principais da doutrina espírita
Roteiro 4   pontos principais da doutrina espíritaRoteiro 4   pontos principais da doutrina espírita
Roteiro 4 pontos principais da doutrina espírita
 
Curso Básico de Espiritismo FEESP 1º ano
Curso Básico de Espiritismo FEESP 1º anoCurso Básico de Espiritismo FEESP 1º ano
Curso Básico de Espiritismo FEESP 1º ano
 
Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0
Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0
Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0
 
090415 da lei do trabalho–livro iii, cap. 2
090415 da lei do trabalho–livro iii, cap. 2090415 da lei do trabalho–livro iii, cap. 2
090415 da lei do trabalho–livro iii, cap. 2
 
Resumo dos pontos principais da doutrina espirita
Resumo dos pontos principais da doutrina espiritaResumo dos pontos principais da doutrina espirita
Resumo dos pontos principais da doutrina espirita
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04
 

Semelhante a Eae 87 - lei do trabalho e de justiça

Palestra - Toninha Peressinotto
Palestra - Toninha PeressinottoPalestra - Toninha Peressinotto
Palestra - Toninha Peressinottomarcionora
 
Mente humana e necessidades para se entender
Mente humana e necessidades para se entenderMente humana e necessidades para se entender
Mente humana e necessidades para se entenderMarianaGuadalupi
 
O Segredo (Resumido)
O Segredo (Resumido)O Segredo (Resumido)
O Segredo (Resumido)Marcia 1810
 
73867 o segredo-resumido
73867 o segredo-resumido73867 o segredo-resumido
73867 o segredo-resumidoilce marinho
 
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37Candice Gunther
 
A ponte para deus. pps
A ponte para deus. ppsA ponte para deus. pps
A ponte para deus. ppsjmeirelles
 
Na Esfera íNtima1
Na Esfera íNtima1Na Esfera íNtima1
Na Esfera íNtima1jmeirelles
 
Na Esfera íNtima
Na Esfera íNtimaNa Esfera íNtima
Na Esfera íNtimajmeirelles
 
O segredo (resumido)
O segredo (resumido)O segredo (resumido)
O segredo (resumido)clinicansl
 
EAE 105 - REGRAS PARA EDUCAÇÃO, CONDUTA E APERFEIÇOAMENTO DOS SERES
EAE 105 - REGRAS PARA EDUCAÇÃO, CONDUTA E APERFEIÇOAMENTO DOS SERESEAE 105 - REGRAS PARA EDUCAÇÃO, CONDUTA E APERFEIÇOAMENTO DOS SERES
EAE 105 - REGRAS PARA EDUCAÇÃO, CONDUTA E APERFEIÇOAMENTO DOS SERESNorberto Scavone Augusto
 
Palestra pecado pensamento
Palestra pecado pensamentoPalestra pecado pensamento
Palestra pecado pensamentoOribes Teixeira
 
O problema do ser do destino e da dor !
O problema do ser do destino e da dor !O problema do ser do destino e da dor !
O problema do ser do destino e da dor !Leonardo Pereira
 
O despertar da consciência mirtzi
O despertar da consciência   mirtziO despertar da consciência   mirtzi
O despertar da consciência mirtzicrismchmg
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar sepaikachambi
 
Karl Stark & werner E.Meier
Karl Stark & werner E.MeierKarl Stark & werner E.Meier
Karl Stark & werner E.MeierRODRIGO ORION
 
Cura interior a luz da palavra.
Cura interior a luz da palavra.Cura interior a luz da palavra.
Cura interior a luz da palavra.João Campos
 

Semelhante a Eae 87 - lei do trabalho e de justiça (20)

Palestra - Toninha Peressinotto
Palestra - Toninha PeressinottoPalestra - Toninha Peressinotto
Palestra - Toninha Peressinotto
 
Mente humana e necessidades para se entender
Mente humana e necessidades para se entenderMente humana e necessidades para se entender
Mente humana e necessidades para se entender
 
O Segredo (Resumido)
O Segredo (Resumido)O Segredo (Resumido)
O Segredo (Resumido)
 
Segredo resumido
Segredo resumidoSegredo resumido
Segredo resumido
 
73867 o segredo-resumido
73867 o segredo-resumido73867 o segredo-resumido
73867 o segredo-resumido
 
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
 
A ponte para deus. pps
A ponte para deus. ppsA ponte para deus. pps
A ponte para deus. pps
 
Na Esfera íNtima1
Na Esfera íNtima1Na Esfera íNtima1
Na Esfera íNtima1
 
Na Esfera íNtima
Na Esfera íNtimaNa Esfera íNtima
Na Esfera íNtima
 
Slide 1
Slide 1Slide 1
Slide 1
 
O segredo resumido
O segredo resumidoO segredo resumido
O segredo resumido
 
A cura e auto cura 2
A cura e auto cura 2A cura e auto cura 2
A cura e auto cura 2
 
O segredo (resumido)
O segredo (resumido)O segredo (resumido)
O segredo (resumido)
 
EAE 105 - REGRAS PARA EDUCAÇÃO, CONDUTA E APERFEIÇOAMENTO DOS SERES
EAE 105 - REGRAS PARA EDUCAÇÃO, CONDUTA E APERFEIÇOAMENTO DOS SERESEAE 105 - REGRAS PARA EDUCAÇÃO, CONDUTA E APERFEIÇOAMENTO DOS SERES
EAE 105 - REGRAS PARA EDUCAÇÃO, CONDUTA E APERFEIÇOAMENTO DOS SERES
 
Palestra pecado pensamento
Palestra pecado pensamentoPalestra pecado pensamento
Palestra pecado pensamento
 
O problema do ser do destino e da dor !
O problema do ser do destino e da dor !O problema do ser do destino e da dor !
O problema do ser do destino e da dor !
 
O despertar da consciência mirtzi
O despertar da consciência   mirtziO despertar da consciência   mirtzi
O despertar da consciência mirtzi
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar se
 
Karl Stark & werner E.Meier
Karl Stark & werner E.MeierKarl Stark & werner E.Meier
Karl Stark & werner E.Meier
 
Cura interior a luz da palavra.
Cura interior a luz da palavra.Cura interior a luz da palavra.
Cura interior a luz da palavra.
 

Mais de Norberto Scavone Augusto

A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parteA nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parteNorberto Scavone Augusto
 
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a - 12 de maio 2016
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a  - 12 de maio 2016PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a  - 12 de maio 2016
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a - 12 de maio 2016Norberto Scavone Augusto
 
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954Norberto Scavone Augusto
 
Eae 74 ciencia e religião rev 02 mat didatico
Eae  74   ciencia e religião   rev 02   mat didaticoEae  74   ciencia e religião   rev 02   mat didatico
Eae 74 ciencia e religião rev 02 mat didaticoNorberto Scavone Augusto
 

Mais de Norberto Scavone Augusto (20)

Apostila psv
Apostila psvApostila psv
Apostila psv
 
Eae 24 - vicios e defeitos - manipulacoes
Eae 24 - vicios e defeitos - manipulacoesEae 24 - vicios e defeitos - manipulacoes
Eae 24 - vicios e defeitos - manipulacoes
 
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parteA nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
 
12o. A missão do espiritismo
12o. A missão do espiritismo12o. A missão do espiritismo
12o. A missão do espiritismo
 
Os mestres ramatís e kuthumi
Os mestres ramatís e kuthumiOs mestres ramatís e kuthumi
Os mestres ramatís e kuthumi
 
Reencarnação & maria modesto
Reencarnação & maria modestoReencarnação & maria modesto
Reencarnação & maria modesto
 
Reforma intima real
Reforma intima realReforma intima real
Reforma intima real
 
O dever
O deverO dever
O dever
 
Ref anjos decaidos
Ref   anjos decaidosRef   anjos decaidos
Ref anjos decaidos
 
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a - 12 de maio 2016
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a  - 12 de maio 2016PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a  - 12 de maio 2016
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a - 12 de maio 2016
 
Há muito tempo numa galáxia distante
Há muito tempo numa galáxia distanteHá muito tempo numa galáxia distante
Há muito tempo numa galáxia distante
 
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
 
Relatos parte1final
Relatos parte1finalRelatos parte1final
Relatos parte1final
 
Reunião 34ª 18-02-2016
Reunião 34ª   18-02-2016Reunião 34ª   18-02-2016
Reunião 34ª 18-02-2016
 
Reunião 33ª 11-02-2016
Reunião 33ª   11-02-2016Reunião 33ª   11-02-2016
Reunião 33ª 11-02-2016
 
Eae 74 ciencia e religião rev 02 mat didatico
Eae  74   ciencia e religião   rev 02   mat didaticoEae  74   ciencia e religião   rev 02   mat didatico
Eae 74 ciencia e religião rev 02 mat didatico
 
Hipacia a annie_besant
Hipacia a annie_besantHipacia a annie_besant
Hipacia a annie_besant
 
Mensagem de jesus história de um anjo
Mensagem de jesus  história de um anjoMensagem de jesus  história de um anjo
Mensagem de jesus história de um anjo
 
Reunião 31ª 28-01-2016
Reunião 31ª   28-01-2016Reunião 31ª   28-01-2016
Reunião 31ª 28-01-2016
 
Reunião 29ª 14-01-2016
Reunião 29ª   14-01-2016Reunião 29ª   14-01-2016
Reunião 29ª 14-01-2016
 

Último

Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalAmaroJunior21
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxCelso Napoleon
 
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfRoteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfLehonanSouza
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaFranklinOliveira30
 

Último (8)

Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
 
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfRoteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarística
 

Eae 87 - lei do trabalho e de justiça

  • 2. Chico Xavier... tomou o lápis e escreveu: “meu amigo, se desejas paz crescente e guerra pouca ajuda sem reclamar e aprende a calar a boca” Casimiro da Cunha e as comunicações começaram se intensificar a partir de 1931... Uma tarde, Chico regava canteiro de alho quando ouviu um poema de Augusto dos Anjos: “ VOZES DE UMA SOMBRA” Donde venho? Das eras remotíssimas Das substancias elementaríssimas Emergindo das cósmicas matérias” ... Chico continuava a regar e perdia o ditado... EAE - 87 rev de 26/05/2012 2
  • 3. e Chico Xavier não se esforçava tanto... “venho dos invisíveis protozoários da confusão dos seres embrionários das células primevas, das bactérias...” Chico devia ouvir, familiarizar-se com as palavras e decifrá-las para colocar no papel mais tarde... “corpos multiformes vultuoso abdômen, intensas torpitudes, larvas rudes, animálculo medonho, fótons, galáxias...” EAE - 87 rev de 26/05/2012 3 Chico jovem tropeçava nas silabas e em seus significados... E o poeta invisível perdeu a paciência com a dificuldade do matuto entender os versos... - Quer saber de uma coisa? Vou escrever o que puder, pois sua cabeça não aguenta mesmo.
  • 4. Objetivo da aula:  Como se processa a evolução pelo trabalho orientado pela lei de justiça universal  Trabalho como meio de resgate e de evolução  Justiça como impulsor do progresso EAE - 87 rev de 26/05/2012 4
  • 5. PLANOS DIVINOS Onde leva a lei da Evolução? EAE - 87 rev de 26/05/2012 5 A LEI DA EVOLUÇÃO Perfeição Harmonia Equilibrio O CAMINHO É ATRAVÉS DO TRABALHO E ESTUDO... MOVIMENTO / DINAMISMO / ATRITO / ESFORÇO / LUTA TUDO SE MOVIMENTA NO UNIVERSO ... se os átomos pararem de vibrar ... nosso universo volta ao buraco negro de onde saiu. ... a experiência desperta valores que estão ocultos na Centelha Divina.
  • 6. Como funciona a lei da Evolução? EAE - 87 rev de 26/05/2012 6 PLANOS DIVINOS Perfeição Harmonia Equilíbrio À principio: instintos Conservação e Defesa EscolhaDepois: Livre arbítrio A LEI DA EVOLUÇÃO Família Sociedade egoísta e orgulhoso sob outras realizações Passa a viver em comunidades – ajudando-se mutuamente imposição
  • 7. LEI DO TRABALHO Em física trabalho é uma medida da energia transferida pela aplicação de uma força ao longo de um deslocamento. T = Força x deslocamento Porém: que tipo de trabalho é útil para a nossa evolução? É aquele que mais direta e rapidamente nos leva ao despertamento dos valores ocultos que vivem em nós. EAE - 87 rev de 26/05/2012 7 Portanto: não é bem o trabalho em si que importa mas sim “como e para que” estamos trabalhando.
  • 8. “Todo trabalho útil é de Deus” Estevão (1º mártir do cristianismo) Como trabalhar:  Com paciência;  Com resignação;  Com otimismo;  Com alegria;  Com satisfação;  Com método; EAE - 87 rev de 26/05/2012 8  Com disciplina;  Com precisão;  Com concentração;  Com esperança;  Com vontade de servir... É a LABORTERAPIA da Alma
  • 9. Como armazenamos as experiências? EAE - 87 rev de 26/05/2012 9 1º andar Térreo Noções Superiores Experiências Atuais Experiências Passadas Impulsos automáticos Memória das conquistas SUPER CONSCIENTE CONSCIENTE SUB CONSCIENTEPorão Temos muitas influências de nosso Passado: tanto Remoto qto Atual
  • 10. Como enriquecemos nossos tesouros íntimos ? EAE - 87 rev de 26/05/2012 10 SUPER CONSCIENTE CONSCIENTE SUB CONSCIENTE  Da Ideia ou do Desejo  Vem a Ação  Pela Repetição da Ação  Vem o Hábito  Pela Repetição do Hábito  Vem o Comportamento  Pela Repetição do Comportamento  Vem a Automatização das respostas às situações... O subconsciente registra e armazena o que foi repetitivo
  • 11. O que nos interessa armazenar? Porém de forma descuidada armazenamos maus hábitos que temos que trabalhar muito para reformá-los para se tornarem hábitos úteis. EAE - 87 rev de 26/05/2012 11 Ai entra a função da Lei de Justiça
  • 12. Lei de Justiça Universal EAE - 87 rev de 26/05/2012 12 PLANOS DIVINOS 12 A LEI DA EVOLUÇÃO O CAMINHO é através da LEI do TRABALHO ... porém CONTROLADO pela LEI de JUSTIÇA UNIVERSAL Perfeição Harmonia Equilibrio Sofremos hoje as consequências do que criamos no passado, ou seja: ninguém é responsável por nossas desditas ou sofrimentos nem por nossos sucessos e vitórias. Somos os únicos responsáveis. Ninguém nos castiga e nem nos escraviza. Somente nós é que nos submetemos a isso. Não existe um Deus que nos castiga. Não existe uma condenação, mas sim apenas um trabalho para nossa auto salvação.
  • 13. Providencia Divina Para nós nos auto ajudar a Lei Divina nos proporciona:  Esquecimento do Passado;  Nova Reencarnação;  Anjo da Guarda;  Necessidades. EAE - 87 rev de 26/05/2012 13
  • 14. Principio da Responsabilidade Tomamos Consciência:  do que fizemos (causa) e  dos resultados (consequências) O Espírito passa a refletir melhor suas decisões, que antes tomava sem pensar e agora busca por resultados satisfatórios, que não desagradam mais. EAE - 87 rev de 26/05/2012 14 SENTIR AGIR PENSAR Ciclo da Realização
  • 15. Principio da Frustração e da Dor EAE - 87 rev de 26/05/2012 15 Ciclo da Frustração PENSAR AGIR SENTIR
  • 16. Bibliografia EAE - 87 rev de 26/05/2012 16  Iniciação Espírita – Pág. 155 a 157 – Ed. Aliança  Depois da Morte – Parte V – León Denis – FEB  Dinâmica Espiritual da Evolução – Jorge Andréa dos Santos – Ed. Fon-Fon  A Nova Civilização do 3º Milênio – Pietro Ubaldi  O Livro dos Espíritos – Parte III Cap. 3 – Allan Kardec – FEB  O Consolador – Per. 225 a 231 – Emmanuel / Chico Xavier – FEB  As Leis Morais – Pág. 58 – Rodolfo Calligaris – FEB  Leis Morais da Vida – Pág. 35 – Divaldo P. Franco – Ed. Alvorada  Justiça Divina – Pág. 43 – Emmanuel / Chico Xavier – FEB  Estante da Vida – Págs. 133 a 135 – Irmão X / Chico Xavier - FEB
  • 17. Um estudo profundo de como somos regidos... LEIS DE DEUS EAE - 87 rev de 26/05/2012 17