SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Mestre Ramatís
(http://www.magodaluz.com.br/fraternidadebranca/ramatis.asp)
Os Mestres Ramatís e Kuthumi, são na
verdade a mesma fonte de consciência. Como
Ramatís, este nosso Irmão Maior, exerce hoje
a função de Secretário Geral da
FRATERNIDADE DA CRUZ E DO TRIÂNGULO,
que se empenha em divulgar os ensinamentos
de JESUS, paralelamente com a tradição
espiritualista do Oriente, estabelecendo assim,
um profícuo intercâmbio entre as correntes
espiritualistas do Ocidente e as fraternidades
iniciáticas do mundo Oriental, com
significativo proveito para toda a Humanidade.
Ramatís foi Nathan, o grande conselheiro de
SALOMÃO; Essen, filho de Moisés e fundador
da fraternidade Essênia, fiel seguidor dos
ensinamentos Kobdas; e mais recentemente,
Phylon de Alexandria, contemporâneo de
JESUS, por cuja segurança muito lutou.
Quando de sua passagem por Atlântida, em
que foi um Sacerdote, conviveu com Allan
Kardec. Viveu também no Egito, na era de
Ramsés II e do Faraó Mernephtah, quando
reencontrou–se com Kardec, então o
sacerdote Amenófis.
Ramatís, assim como muitos de nós, é
oriundo do Sistema Estelar de Sirius. Em
Atlântida, ele foi um Sacerdote Aumbandhã,
que foi uma sabedoria milenar que trouxe do
Sistema de Sirius, que significa Lei Maior
Divina ou Sabedoria Secreta, Setenária e
Esotérica. Aumbandhã é um instrumento de
Magia Branca utilizada pelos altos Sacerdotes
da Luz Atlantes, na verdade, os Magos
Brancos, composto por Leis Cósmicas e pelas
Forças da Natureza, para deter o avanço das
trevas.
Esses Magos Brancos de outrora, que na
sequência foram Caldeus, Babilônicos,
Egípcios e, alguns, africanos, fizeram com que
se mantivesse viva a Magia Atlante ancestral.
O Mantra original da Lei Divina, Aumbandhã,
foi retomado e nasceu a Umbanda.
Isto aconteceu em 1.908, quando o médium
Zélio Fernandino de Moraes, numa sessão
mediúnica que se realizava na Federação
Espírita de Niterói, Estado do Rio de Janeiro,
recebeu uma Entidade de Luz, que se
denominou Caboclo das Sete Encruzilhadas e
comunicou que, por deliberação do Alto, iria
se instituir, sob o signo da caridade um novo
culto ao qual dariam o nome de Umbanda.
No dia seguinte, 16 de novembro de 1.908, o
primeiro Templo de Umbanda, a Tenda Nossa
Senhora da Piedade, foi fundada por aquela
entidade. Era o componente que faltava do
Conhecimento Antigo. Ela tinha que reviver no
Brasil, porque aqui ficou a semente espiritual
do povo atlante. Vem também desde os
tempos de Atlântida, nosso envolvimento com
as Terapias que hoje conhecemos por
Apometria e Anti-goécia.
Como mensageiro sideral, ombreia-se Ramatís
com as mais destacadas entidades, tais como
Emmanuel ou Hilarion. E, como luzeiro
espiritual, não há prisma terráqueo capaz de
mensurá-lo. É de se notar, que em toda a sua
literatura, Ramatís curva-se à majestosa
personalidade de Allan Kardec, com
importantes referências ao seu legado, a
Codificação do Espírito, salientando sempre
que o Espiritismo sem Kardec não é
Espiritismo.
O Templo que Ramatís fundou foi erguido
pelas mãos de seus primeiros discípulos e
admiradores. Cada pedra de alvenaria recebeu
o toque misterioso, que não pode ser
explicado a contento na linguagem humana.
Embora tendo desencarnado ainda moço,
Ramatís pode aliciar 72 discípulos que, no
entanto, após o desaparecimento do mestre,
não puderam manter-se à altura do mesmo
padrão iniciático original. Eram adeptos de
diversas correntes religiosas do EGITO, da
ÍNDIA, da GRÉCIA, da CHINA e até da
ARÁBIA.
Mestre Ramatís
(http://www.magodaluz.com.br/fraternidadebranca/ramatis.asp)
Apenas 17 conseguiram envergar a simbólica
Túnica Azul e alcançar o último grau daquele
círculo iniciático. Os demais, seja por ingresso
tardio, seja por menor capacidade de
compreensão espiritual, não alcançaram a
plenitude do conhecimento das disciplinas
ensinadas pelo Mestre. Vinte e seis adeptos
estão no Espaço, desencarnados, cooperando
nos trabalhos da “CRUZ E DO TRIÂNGULO”. O
restante disseminou-se pela Terra, em
diversos lugares. Acredita-se que 18
reencarnaram no Brasil, 6 nas Américas,
enquanto os demais espalharam-se pela
Europa e Ásia.
Como a Europa está atingindo o final de sua
missão civilizadora, alguns discípulos
reencarnados emigrarão para o Brasil, em
cujo território, afirma Ramatís, reencarnarão
os predecessores da generosa humanidade do
terceiro milênio. No templo que Ramatís
fundou na Índia, esses discípulos
desenvolveram seus conhecimentos sobre
magnetismo, astrologia, clarividência,
psicometria, Radiestesia e assuntos
quirológicos, aliados à filosofia do “duplo
etérico”. Os mais capacitados tiveram êxito no
campo da “Fenomenologia mediúnica”
dominando fenômenos de levitação
ubiqüidade, vidência e psicografia de
mensagens que os instrutores enviavam para
aquele templo de estudos espirituais.
Mas, o principal “toque pessoal” que Ramatís
desenvolveu em seus discípulos foi o pendor
universalista, devido ao próprio fundamento
fraterno e Crístico para com todos os esforços
na esfera espiritualista. Não se preocupam
com os invólucros dos homens, movendo-se
para solucionar o mistério da vida. Sentem a
realidade contínua do Espírito, que só lhes
inspira o amor e a fraternidade, a qualquer
momento e em qualquer local. Respeitam e
compreendem a necessidade que os homens
têm de buscar a verdade, a fim de se
exercitarem para os voos crísticos do futuro.
Não se adaptam a exclusivismo algum e
evitam postulados doutrinários que cerceiam a
liberdade da razão.
Sua última encarnação na Terra já como
Ramatís, ocorreu na INDOCHINA no século X.
Continua, entretanto, militando em nosso
pequeno mundo, em obras de transformações
sociais e como insigne mensageiro que, não
obstante as conhecidas limitações mediúnicas,
ainda consegue ditar obras de envergadura de
FISIOLOGIA DA ALMA, MENSAGENS DO
ASTRAL, EVANGELHO À LUZ DO COSMO,
além de outras, contendo mais de uma
dezena de preciosidades de inegável valor
doutrinário e filosófico.
Os relatos acima são dos Médiuns:
Hercílio Maes e Norberto Peixoto,
Extraídos dos livros
Mensagens do Astral, e Chama Crística.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aldo lavagnini - MANUAL DO MESTRE (tradução de Roger Avis)
Aldo lavagnini - MANUAL DO MESTRE (tradução de Roger Avis)Aldo lavagnini - MANUAL DO MESTRE (tradução de Roger Avis)
Aldo lavagnini - MANUAL DO MESTRE (tradução de Roger Avis)Igor Silva
 
O Dossiê Rosa Cruz
O Dossiê Rosa CruzO Dossiê Rosa Cruz
O Dossiê Rosa CruzJNR
 
O centro espírita e nós!
O centro espírita e nós!O centro espírita e nós!
O centro espírita e nós!Leonardo Pereira
 
Aula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico Xavier
Aula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico XavierAula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico Xavier
Aula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico XavierSergio Lima Dias Junior
 
Aula 27. Parábolas de Jesus. Usos e Costumes Sociais
Aula 27. Parábolas de Jesus. Usos e Costumes SociaisAula 27. Parábolas de Jesus. Usos e Costumes Sociais
Aula 27. Parábolas de Jesus. Usos e Costumes Sociaisliliancostadias
 
Projeto manoel philomeno de miranda vivência mediúnica
Projeto manoel philomeno de miranda   vivência mediúnicaProjeto manoel philomeno de miranda   vivência mediúnica
Projeto manoel philomeno de miranda vivência mediúnicaHelio Cruz
 
Dr. Bezerra de Menezes - Biografia
Dr. Bezerra de Menezes - BiografiaDr. Bezerra de Menezes - Biografia
Dr. Bezerra de Menezes - Biografiamarjoriestavismeyer
 
Estudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e Espiritismo
Estudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e EspiritismoEstudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e Espiritismo
Estudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e Espiritismo. Sobrenome
 
Eurípedes Barsanulfo - o educador e médium
Eurípedes Barsanulfo -  o educador e médiumEurípedes Barsanulfo -  o educador e médium
Eurípedes Barsanulfo - o educador e médiumVictor Sancho
 
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pinealQuarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pinealCeiClarencio
 
O Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaO Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaRicardo Azevedo
 
Curso Básico de Espiritismo 4
Curso Básico de Espiritismo 4Curso Básico de Espiritismo 4
Curso Básico de Espiritismo 4Roseli Lemes
 
52 perda e suspensão da mediunidade
52 perda e suspensão da mediunidade52 perda e suspensão da mediunidade
52 perda e suspensão da mediunidadeAntonio SSantos
 
Natureza das Reuniões Mediúnicas
Natureza das Reuniões MediúnicasNatureza das Reuniões Mediúnicas
Natureza das Reuniões MediúnicasProf. Paulo Ratki
 
Sócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismoSócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismoVera Apolinario
 

Mais procurados (20)

Adolfo bezerra de menezes
Adolfo bezerra de menezesAdolfo bezerra de menezes
Adolfo bezerra de menezes
 
Aldo lavagnini - MANUAL DO MESTRE (tradução de Roger Avis)
Aldo lavagnini - MANUAL DO MESTRE (tradução de Roger Avis)Aldo lavagnini - MANUAL DO MESTRE (tradução de Roger Avis)
Aldo lavagnini - MANUAL DO MESTRE (tradução de Roger Avis)
 
O Dossiê Rosa Cruz
O Dossiê Rosa CruzO Dossiê Rosa Cruz
O Dossiê Rosa Cruz
 
Leopoldo Machado
Leopoldo MachadoLeopoldo Machado
Leopoldo Machado
 
O centro espírita e nós!
O centro espírita e nós!O centro espírita e nós!
O centro espírita e nós!
 
Aula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico Xavier
Aula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico XavierAula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico Xavier
Aula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico Xavier
 
Aura
AuraAura
Aura
 
Aula 27. Parábolas de Jesus. Usos e Costumes Sociais
Aula 27. Parábolas de Jesus. Usos e Costumes SociaisAula 27. Parábolas de Jesus. Usos e Costumes Sociais
Aula 27. Parábolas de Jesus. Usos e Costumes Sociais
 
Projeto manoel philomeno de miranda vivência mediúnica
Projeto manoel philomeno de miranda   vivência mediúnicaProjeto manoel philomeno de miranda   vivência mediúnica
Projeto manoel philomeno de miranda vivência mediúnica
 
Dr. Bezerra de Menezes - Biografia
Dr. Bezerra de Menezes - BiografiaDr. Bezerra de Menezes - Biografia
Dr. Bezerra de Menezes - Biografia
 
Estudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e Espiritismo
Estudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e EspiritismoEstudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e Espiritismo
Estudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e Espiritismo
 
Eurípedes Barsanulfo - o educador e médium
Eurípedes Barsanulfo -  o educador e médiumEurípedes Barsanulfo -  o educador e médium
Eurípedes Barsanulfo - o educador e médium
 
Magnetismo: conceito e aplicação
Magnetismo: conceito e aplicaçãoMagnetismo: conceito e aplicação
Magnetismo: conceito e aplicação
 
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pinealQuarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
 
Ser Espirita
Ser EspiritaSer Espirita
Ser Espirita
 
O Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaO Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro Espírita
 
Curso Básico de Espiritismo 4
Curso Básico de Espiritismo 4Curso Básico de Espiritismo 4
Curso Básico de Espiritismo 4
 
52 perda e suspensão da mediunidade
52 perda e suspensão da mediunidade52 perda e suspensão da mediunidade
52 perda e suspensão da mediunidade
 
Natureza das Reuniões Mediúnicas
Natureza das Reuniões MediúnicasNatureza das Reuniões Mediúnicas
Natureza das Reuniões Mediúnicas
 
Sócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismoSócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismo
 

Semelhante a Os mestres ramatís e kuthumi

As Origens Das Ordens Secretas
As Origens Das Ordens SecretasAs Origens Das Ordens Secretas
As Origens Das Ordens SecretasJNR
 
Os Antigos MistéRios
Os Antigos MistéRiosOs Antigos MistéRios
Os Antigos MistéRiosJNR
 
Ramatís - A Missão do Espiritismo
Ramatís - A Missão do EspiritismoRamatís - A Missão do Espiritismo
Ramatís - A Missão do Espiritismouniversalismo-7
 
Maconaria ea PNLby Martha Follain
Maconaria ea PNLby Martha FollainMaconaria ea PNLby Martha Follain
Maconaria ea PNLby Martha Follainmichelezamian
 
AULA 8_ Material complementar_ Escola de Mistérios .pdf
AULA 8_ Material complementar_ Escola de Mistérios .pdfAULA 8_ Material complementar_ Escola de Mistérios .pdf
AULA 8_ Material complementar_ Escola de Mistérios .pdfGarantiaCorujonda
 
Leopoldo Machado - O Pacto Aureo e a Caravana da Fraternidade
Leopoldo Machado - O Pacto Aureo e a Caravana da FraternidadeLeopoldo Machado - O Pacto Aureo e a Caravana da Fraternidade
Leopoldo Machado - O Pacto Aureo e a Caravana da FraternidadeMagno César
 
A História da Ordem Rosacruz AMORC
A História da Ordem Rosacruz AMORCA História da Ordem Rosacruz AMORC
A História da Ordem Rosacruz AMORCPaulo Magalhães
 
O domínio da vida
O domínio da vidaO domínio da vida
O domínio da vidaNCaravello
 
Maçonaria e o Rito Brasileiro.pdf.pdf
Maçonaria e o Rito Brasileiro.pdf.pdfMaçonaria e o Rito Brasileiro.pdf.pdf
Maçonaria e o Rito Brasileiro.pdf.pdfWagnerDaCruz2
 
Roustaing, o anti-kardec
Roustaing,   o anti-kardecRoustaing,   o anti-kardec
Roustaing, o anti-kardecHelio Cruz
 
O livro intitulado o mundo de sofia é um romance envolvente que
O livro intitulado o mundo de sofia é um romance envolvente queO livro intitulado o mundo de sofia é um romance envolvente que
O livro intitulado o mundo de sofia é um romance envolvente queandre barbosa
 
O Pentagrama E O Hexagrama
O Pentagrama E O HexagramaO Pentagrama E O Hexagrama
O Pentagrama E O HexagramaHOME
 
Andre luiz mecanismos da mediunidade - chico xavier
Andre luiz   mecanismos da mediunidade - chico xavierAndre luiz   mecanismos da mediunidade - chico xavier
Andre luiz mecanismos da mediunidade - chico xavierhavatar
 
Ramatis viagem em torno do eu
Ramatis viagem em torno do euRamatis viagem em torno do eu
Ramatis viagem em torno do euhavatar
 
Ramatis viagem em torno do eu
Ramatis viagem em torno do euRamatis viagem em torno do eu
Ramatis viagem em torno do euhavatar
 

Semelhante a Os mestres ramatís e kuthumi (20)

As Origens Das Ordens Secretas
As Origens Das Ordens SecretasAs Origens Das Ordens Secretas
As Origens Das Ordens Secretas
 
Os Antigos MistéRios
Os Antigos MistéRiosOs Antigos MistéRios
Os Antigos MistéRios
 
Ramatís - A Missão do Espiritismo
Ramatís - A Missão do EspiritismoRamatís - A Missão do Espiritismo
Ramatís - A Missão do Espiritismo
 
Maconaria ea PNLby Martha Follain
Maconaria ea PNLby Martha FollainMaconaria ea PNLby Martha Follain
Maconaria ea PNLby Martha Follain
 
A ordem rosacruz
A ordem rosacruzA ordem rosacruz
A ordem rosacruz
 
AULA 8_ Material complementar_ Escola de Mistérios .pdf
AULA 8_ Material complementar_ Escola de Mistérios .pdfAULA 8_ Material complementar_ Escola de Mistérios .pdf
AULA 8_ Material complementar_ Escola de Mistérios .pdf
 
MARTHA FOLLAIN
 MARTHA FOLLAIN MARTHA FOLLAIN
MARTHA FOLLAIN
 
15 TarôS
15 TarôS15 TarôS
15 TarôS
 
15 T A RÔ S
15  T A RÔ S15  T A RÔ S
15 T A RÔ S
 
Leopoldo Machado - O Pacto Aureo e a Caravana da Fraternidade
Leopoldo Machado - O Pacto Aureo e a Caravana da FraternidadeLeopoldo Machado - O Pacto Aureo e a Caravana da Fraternidade
Leopoldo Machado - O Pacto Aureo e a Caravana da Fraternidade
 
A História da Ordem Rosacruz AMORC
A História da Ordem Rosacruz AMORCA História da Ordem Rosacruz AMORC
A História da Ordem Rosacruz AMORC
 
O domínio da vida
O domínio da vidaO domínio da vida
O domínio da vida
 
Maçonaria e o Rito Brasileiro.pdf.pdf
Maçonaria e o Rito Brasileiro.pdf.pdfMaçonaria e o Rito Brasileiro.pdf.pdf
Maçonaria e o Rito Brasileiro.pdf.pdf
 
Roustaing, o anti-kardec
Roustaing,   o anti-kardecRoustaing,   o anti-kardec
Roustaing, o anti-kardec
 
O livro intitulado o mundo de sofia é um romance envolvente que
O livro intitulado o mundo de sofia é um romance envolvente queO livro intitulado o mundo de sofia é um romance envolvente que
O livro intitulado o mundo de sofia é um romance envolvente que
 
O Pentagrama E O Hexagrama
O Pentagrama E O HexagramaO Pentagrama E O Hexagrama
O Pentagrama E O Hexagrama
 
Andre luiz mecanismos da mediunidade - chico xavier
Andre luiz   mecanismos da mediunidade - chico xavierAndre luiz   mecanismos da mediunidade - chico xavier
Andre luiz mecanismos da mediunidade - chico xavier
 
Magia
MagiaMagia
Magia
 
Ramatis viagem em torno do eu
Ramatis viagem em torno do euRamatis viagem em torno do eu
Ramatis viagem em torno do eu
 
Ramatis viagem em torno do eu
Ramatis viagem em torno do euRamatis viagem em torno do eu
Ramatis viagem em torno do eu
 

Mais de Norberto Scavone Augusto

A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parteA nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parteNorberto Scavone Augusto
 
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a - 12 de maio 2016
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a  - 12 de maio 2016PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a  - 12 de maio 2016
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a - 12 de maio 2016Norberto Scavone Augusto
 
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954Norberto Scavone Augusto
 
Eae 74 ciencia e religião rev 02 mat didatico
Eae  74   ciencia e religião   rev 02   mat didaticoEae  74   ciencia e religião   rev 02   mat didatico
Eae 74 ciencia e religião rev 02 mat didaticoNorberto Scavone Augusto
 

Mais de Norberto Scavone Augusto (20)

Apostila psv
Apostila psvApostila psv
Apostila psv
 
Eae 24 - vicios e defeitos - manipulacoes
Eae 24 - vicios e defeitos - manipulacoesEae 24 - vicios e defeitos - manipulacoes
Eae 24 - vicios e defeitos - manipulacoes
 
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parteA nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
 
12o. A missão do espiritismo
12o. A missão do espiritismo12o. A missão do espiritismo
12o. A missão do espiritismo
 
Reencarnação & maria modesto
Reencarnação & maria modestoReencarnação & maria modesto
Reencarnação & maria modesto
 
Reforma intima real
Reforma intima realReforma intima real
Reforma intima real
 
O dever
O deverO dever
O dever
 
Ref anjos decaidos
Ref   anjos decaidosRef   anjos decaidos
Ref anjos decaidos
 
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a - 12 de maio 2016
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a  - 12 de maio 2016PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a  - 12 de maio 2016
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a - 12 de maio 2016
 
Há muito tempo numa galáxia distante
Há muito tempo numa galáxia distanteHá muito tempo numa galáxia distante
Há muito tempo numa galáxia distante
 
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
 
Relatos parte1final
Relatos parte1finalRelatos parte1final
Relatos parte1final
 
Reunião 34ª 18-02-2016
Reunião 34ª   18-02-2016Reunião 34ª   18-02-2016
Reunião 34ª 18-02-2016
 
Reunião 33ª 11-02-2016
Reunião 33ª   11-02-2016Reunião 33ª   11-02-2016
Reunião 33ª 11-02-2016
 
Eae 74 ciencia e religião rev 02 mat didatico
Eae  74   ciencia e religião   rev 02   mat didaticoEae  74   ciencia e religião   rev 02   mat didatico
Eae 74 ciencia e religião rev 02 mat didatico
 
Hipacia a annie_besant
Hipacia a annie_besantHipacia a annie_besant
Hipacia a annie_besant
 
Mensagem de jesus história de um anjo
Mensagem de jesus  história de um anjoMensagem de jesus  história de um anjo
Mensagem de jesus história de um anjo
 
Reunião 31ª 28-01-2016
Reunião 31ª   28-01-2016Reunião 31ª   28-01-2016
Reunião 31ª 28-01-2016
 
Reunião 29ª 14-01-2016
Reunião 29ª   14-01-2016Reunião 29ª   14-01-2016
Reunião 29ª 14-01-2016
 
Reunião 11ª 27-08-2015
Reunião 11ª   27-08-2015Reunião 11ª   27-08-2015
Reunião 11ª 27-08-2015
 

Último

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfStelaWilbert
 
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Priscilatrigodecamar
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaNilson Almeida
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxViniciusPetersen1
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentaçãoantonio211075
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024thandreola
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024LeonardoQuintanilha4
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...M.R.L
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxCelso Napoleon
 

Último (15)

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 

Os mestres ramatís e kuthumi

  • 1. Mestre Ramatís (http://www.magodaluz.com.br/fraternidadebranca/ramatis.asp) Os Mestres Ramatís e Kuthumi, são na verdade a mesma fonte de consciência. Como Ramatís, este nosso Irmão Maior, exerce hoje a função de Secretário Geral da FRATERNIDADE DA CRUZ E DO TRIÂNGULO, que se empenha em divulgar os ensinamentos de JESUS, paralelamente com a tradição espiritualista do Oriente, estabelecendo assim, um profícuo intercâmbio entre as correntes espiritualistas do Ocidente e as fraternidades iniciáticas do mundo Oriental, com significativo proveito para toda a Humanidade. Ramatís foi Nathan, o grande conselheiro de SALOMÃO; Essen, filho de Moisés e fundador da fraternidade Essênia, fiel seguidor dos ensinamentos Kobdas; e mais recentemente, Phylon de Alexandria, contemporâneo de JESUS, por cuja segurança muito lutou. Quando de sua passagem por Atlântida, em que foi um Sacerdote, conviveu com Allan Kardec. Viveu também no Egito, na era de Ramsés II e do Faraó Mernephtah, quando reencontrou–se com Kardec, então o sacerdote Amenófis. Ramatís, assim como muitos de nós, é oriundo do Sistema Estelar de Sirius. Em Atlântida, ele foi um Sacerdote Aumbandhã, que foi uma sabedoria milenar que trouxe do Sistema de Sirius, que significa Lei Maior Divina ou Sabedoria Secreta, Setenária e Esotérica. Aumbandhã é um instrumento de Magia Branca utilizada pelos altos Sacerdotes da Luz Atlantes, na verdade, os Magos Brancos, composto por Leis Cósmicas e pelas Forças da Natureza, para deter o avanço das trevas. Esses Magos Brancos de outrora, que na sequência foram Caldeus, Babilônicos, Egípcios e, alguns, africanos, fizeram com que se mantivesse viva a Magia Atlante ancestral. O Mantra original da Lei Divina, Aumbandhã, foi retomado e nasceu a Umbanda. Isto aconteceu em 1.908, quando o médium Zélio Fernandino de Moraes, numa sessão mediúnica que se realizava na Federação Espírita de Niterói, Estado do Rio de Janeiro, recebeu uma Entidade de Luz, que se denominou Caboclo das Sete Encruzilhadas e comunicou que, por deliberação do Alto, iria se instituir, sob o signo da caridade um novo culto ao qual dariam o nome de Umbanda. No dia seguinte, 16 de novembro de 1.908, o primeiro Templo de Umbanda, a Tenda Nossa Senhora da Piedade, foi fundada por aquela entidade. Era o componente que faltava do Conhecimento Antigo. Ela tinha que reviver no Brasil, porque aqui ficou a semente espiritual do povo atlante. Vem também desde os tempos de Atlântida, nosso envolvimento com as Terapias que hoje conhecemos por Apometria e Anti-goécia. Como mensageiro sideral, ombreia-se Ramatís com as mais destacadas entidades, tais como Emmanuel ou Hilarion. E, como luzeiro espiritual, não há prisma terráqueo capaz de mensurá-lo. É de se notar, que em toda a sua literatura, Ramatís curva-se à majestosa personalidade de Allan Kardec, com importantes referências ao seu legado, a Codificação do Espírito, salientando sempre que o Espiritismo sem Kardec não é Espiritismo. O Templo que Ramatís fundou foi erguido pelas mãos de seus primeiros discípulos e admiradores. Cada pedra de alvenaria recebeu o toque misterioso, que não pode ser explicado a contento na linguagem humana. Embora tendo desencarnado ainda moço, Ramatís pode aliciar 72 discípulos que, no entanto, após o desaparecimento do mestre, não puderam manter-se à altura do mesmo padrão iniciático original. Eram adeptos de diversas correntes religiosas do EGITO, da ÍNDIA, da GRÉCIA, da CHINA e até da ARÁBIA.
  • 2. Mestre Ramatís (http://www.magodaluz.com.br/fraternidadebranca/ramatis.asp) Apenas 17 conseguiram envergar a simbólica Túnica Azul e alcançar o último grau daquele círculo iniciático. Os demais, seja por ingresso tardio, seja por menor capacidade de compreensão espiritual, não alcançaram a plenitude do conhecimento das disciplinas ensinadas pelo Mestre. Vinte e seis adeptos estão no Espaço, desencarnados, cooperando nos trabalhos da “CRUZ E DO TRIÂNGULO”. O restante disseminou-se pela Terra, em diversos lugares. Acredita-se que 18 reencarnaram no Brasil, 6 nas Américas, enquanto os demais espalharam-se pela Europa e Ásia. Como a Europa está atingindo o final de sua missão civilizadora, alguns discípulos reencarnados emigrarão para o Brasil, em cujo território, afirma Ramatís, reencarnarão os predecessores da generosa humanidade do terceiro milênio. No templo que Ramatís fundou na Índia, esses discípulos desenvolveram seus conhecimentos sobre magnetismo, astrologia, clarividência, psicometria, Radiestesia e assuntos quirológicos, aliados à filosofia do “duplo etérico”. Os mais capacitados tiveram êxito no campo da “Fenomenologia mediúnica” dominando fenômenos de levitação ubiqüidade, vidência e psicografia de mensagens que os instrutores enviavam para aquele templo de estudos espirituais. Mas, o principal “toque pessoal” que Ramatís desenvolveu em seus discípulos foi o pendor universalista, devido ao próprio fundamento fraterno e Crístico para com todos os esforços na esfera espiritualista. Não se preocupam com os invólucros dos homens, movendo-se para solucionar o mistério da vida. Sentem a realidade contínua do Espírito, que só lhes inspira o amor e a fraternidade, a qualquer momento e em qualquer local. Respeitam e compreendem a necessidade que os homens têm de buscar a verdade, a fim de se exercitarem para os voos crísticos do futuro. Não se adaptam a exclusivismo algum e evitam postulados doutrinários que cerceiam a liberdade da razão. Sua última encarnação na Terra já como Ramatís, ocorreu na INDOCHINA no século X. Continua, entretanto, militando em nosso pequeno mundo, em obras de transformações sociais e como insigne mensageiro que, não obstante as conhecidas limitações mediúnicas, ainda consegue ditar obras de envergadura de FISIOLOGIA DA ALMA, MENSAGENS DO ASTRAL, EVANGELHO À LUZ DO COSMO, além de outras, contendo mais de uma dezena de preciosidades de inegável valor doutrinário e filosófico. Os relatos acima são dos Médiuns: Hercílio Maes e Norberto Peixoto, Extraídos dos livros Mensagens do Astral, e Chama Crística.