SlideShare uma empresa Scribd logo
O trabalho é uma
lei da natureza da
qual ninguém pode
se esquivar, sem se
prejudicar, pois é
por meio dele que o
homem desenvolve
a sua inteligência e
aperfeiçoa suas
faculdades físicas e
espirituais.
A CRUZ
... E Jesus disse:
“Meu Pai
trabalha até
agora, e eu
trabalho
também.”
A CRUZ
A CRUZ
A CRUZ
Há ricos e pobres, porque sendo Deus justo, como é, a cada um prescreve
trabalhar a seu turno. A pobreza é, para os que a sofrem, a prova da paciência e
da resignação; a riqueza é, para os outros, a prova da caridade e da abnegação.
Não há nada melhor para o homem do que comer e beber, e fazer com que sua
alma goze do bem do seu trabalho. Também vi que isto vem da mão de Deus.
Eclesiastes 2:24
Trabalhar não é sofrer, mas progredir, desenvolver-se, conquistar a felicidade.
A CRUZ
Preguiçoso, até quando ficarás deitado? Quando te levantarás do teu sono?
Um pouco a dormir, um pouco a pestanejar; um pouco a repousar de braços
cruzados;
Provérbios 6:6-8
A CRUZ
Reage com vigor e
determinação às
tentativas de alojamento
da PREGUIÇA nos tecidos
sutis de teu equipamento
psíquico, e assume nova
postura diante da vida,
que te oferece
diariamente inúmeras
oportunidades de
trabalho para o seu
crescimento e
desenvolvimento.
A CRUZ
A CRUZ
A CRUZ
A CRUZ
•
•
•
A CRUZ
Nos mundos mais adiantados, o trabalho é relativo à natureza
das necessidades; quanto menos necessidades materiais,
menos material é o trabalho.
A CRUZ
A CRUZ
Cap 27 – O TRABALHO ENFIM – Nas Câmaras de Retificação
André Luiz inicia o trabalho de auxiliar na limpeza de vômitos de
substâncias negras e fétidas.
Cap I4– A CASA TRANSITÓRIA
O trabalho feito na casa transitória, que pode se deslocar até as
regiões umbralinas, é de auxílio e caridade.
Cap 32 – NOTÍCIAS DE VENERANDA
A Ministra Veneranda, que possui o maior número de bônus-hora:
um milhão de horas de trabalho útil (em 200 anos de atividade ali)
Cap 17 – ROGATIVA SINGULAR
... Avisaram-me de que a Divina Bondade me concedeu ingresso
em colônia de trabalho santificador, a fim de prosseguir
em meus serviços de elevação...
“O trabalho somente aparece quando o trabalhador está pronto”
A CRUZ
EMMANUEL - A luta e o trabalho são tão imprescindíveis ao
aperfeiçoamento do espírito, como o pão material é indispensável à
manutenção do corpo físico.
BEZERRA DE MENEZES - Ensina-nos a trabalhar mais, e a produzir
mais, a fim de conquistarmos recursos maiores. Tanto quanto nos seja
possível receber, concede-nos mais trabalho para sermos mais úteis.
JOANNA DE ANGELIS – “O trabalho é, ao lado da oração, o mais eficiente
antídoto contra o mal, porquanto conquista valores incalculáveis com
que o Espírito corrige as imperfeições e disciplina a vontade”.
BUDDHA – Nossa tarefa é descobrir o nosso trabalho e, então, com
todo o coração, dedicar-nos a ele.
A CRUZ
CONSCIENTIZE-SE
A CRUZ
A Lei do Trabalho é a Lei da Vida,
... E O TRABALHO É INFINITO...
porque a Vida é Eterna, o Espírito é Imortal...
A CRUZ










PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra EspíritaA Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra Espírita
Thiago Garcia
 
Evangeliza - A Vida Futura
Evangeliza - A Vida FuturaEvangeliza - A Vida Futura
Evangeliza - A Vida Futura
Antonino Silva
 
Palestra beneficência
Palestra beneficênciaPalestra beneficência
Palestra beneficência
Denise Tamaê
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
Lisete B.
 
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitosCap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Jugo leve
Jugo leveJugo leve
Jugo leve
Fatoze
 
Mundos de Regeneração
Mundos de RegeneraçãoMundos de Regeneração
Mundos de Regeneração
Leonardo Araújo
 
Que sua mão esquerda não saiba o que faz a direita
Que sua mão esquerda não saiba o que faz a direitaQue sua mão esquerda não saiba o que faz a direita
Que sua mão esquerda não saiba o que faz a direita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
Marcos Antônio Alves
 
Capitulo XX - OS Obreiros do Senhor
Capitulo XX - OS  Obreiros do SenhorCapitulo XX - OS  Obreiros do Senhor
Capitulo XX - OS Obreiros do Senhor
Jean Dias
 
Cristo Consolador
Cristo ConsoladorCristo Consolador
Cristo Consolador
Sergio Menezes
 
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e AchareisPalestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
manumino
 
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrerPalestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
Divulgador do Espiritismo
 
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdadeSegundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
CeiClarencio
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo
Ponte de Luz ASEC
 
A dor na nossa evolução
A dor na nossa evoluçãoA dor na nossa evolução
A dor na nossa evolução
Izabel Cristina Fonseca
 
Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo).
Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo). Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo).
Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo).
Leonardo Pereira
 
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direitaCap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
gmo1973
 
Missão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terraMissão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terra
Graça Maciel
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
Clair Bianchini
 

Mais procurados (20)

A Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra EspíritaA Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra Espírita
 
Evangeliza - A Vida Futura
Evangeliza - A Vida FuturaEvangeliza - A Vida Futura
Evangeliza - A Vida Futura
 
Palestra beneficência
Palestra beneficênciaPalestra beneficência
Palestra beneficência
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
 
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitosCap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
 
Jugo leve
Jugo leveJugo leve
Jugo leve
 
Mundos de Regeneração
Mundos de RegeneraçãoMundos de Regeneração
Mundos de Regeneração
 
Que sua mão esquerda não saiba o que faz a direita
Que sua mão esquerda não saiba o que faz a direitaQue sua mão esquerda não saiba o que faz a direita
Que sua mão esquerda não saiba o que faz a direita
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
 
Capitulo XX - OS Obreiros do Senhor
Capitulo XX - OS  Obreiros do SenhorCapitulo XX - OS  Obreiros do Senhor
Capitulo XX - OS Obreiros do Senhor
 
Cristo Consolador
Cristo ConsoladorCristo Consolador
Cristo Consolador
 
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e AchareisPalestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
 
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrerPalestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
 
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdadeSegundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo
 
A dor na nossa evolução
A dor na nossa evoluçãoA dor na nossa evolução
A dor na nossa evolução
 
Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo).
Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo). Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo).
Deus Mamom e o Evangelho ( segundo o espiritismo).
 
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direitaCap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
 
Missão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terraMissão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terra
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
 

Semelhante a PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA

PALESTRA - TRABALHO E EVOLUÇÃO
PALESTRA - TRABALHO E EVOLUÇÃOPALESTRA - TRABALHO E EVOLUÇÃO
PALESTRA - TRABALHO E EVOLUÇÃO
Mauro Santos
 
A BençãO Do Trabalho
A BençãO Do TrabalhoA BençãO Do Trabalho
A BençãO Do Trabalho
Grupo Espírita Cristão
 
Lei do Trabalho
Lei do TrabalhoLei do Trabalho
Lei do Trabalho
Carlos Correa
 
Os Mensageiros Estudo do Capitulo 02
Os Mensageiros  Estudo do Capitulo 02Os Mensageiros  Estudo do Capitulo 02
Os Mensageiros Estudo do Capitulo 02
Patricia Farias
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 02 Aniceto
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 02 AnicetoEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 02 Aniceto
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 02 Aniceto
Jose Luiz Maio
 
O cristão empreendedor
O cristão empreendedorO cristão empreendedor
O cristão empreendedor
Daniel de Carvalho Luz
 
Lei do trabalho
Lei do trabalhoLei do trabalho
Lei do trabalho
carlos freire
 
O ReméDio Imprevisto Estudo
O ReméDio Imprevisto   EstudoO ReméDio Imprevisto   Estudo
O ReméDio Imprevisto Estudo
Ana Cristina Freitas
 
Lição 3 Trabalho e Prosperidade
Lição 3  Trabalho e ProsperidadeLição 3  Trabalho e Prosperidade
Lição 3 Trabalho e Prosperidade
Natalino das Neves Neves
 
Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça
Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça
Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça
PatiSousa1
 
Desafios do ideal kssf cafe da manha
Desafios do ideal  kssf cafe da manhaDesafios do ideal  kssf cafe da manha
Desafios do ideal kssf cafe da manha
Clea Alves
 
A Bondade de Deus
A Bondade de DeusA Bondade de Deus
A Bondade de Deus
Euripedes Correia
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Lei de trabalho
Lei de trabalhoLei de trabalho
Lei de trabalho
Carlos José Dalto
 
028 nosso lar 28 em serviço
028 nosso lar 28 em serviço028 nosso lar 28 em serviço
028 nosso lar 28 em serviço
Fatoze
 
Licao 9 3 t - 2019 - a mordomia do trablaho
Licao 9   3 t - 2019 - a mordomia do trablahoLicao 9   3 t - 2019 - a mordomia do trablaho
Licao 9 3 t - 2019 - a mordomia do trablaho
Vilma Longuini
 
Licao 9 3 t - 2019 - a mordomia do trabalho pdf para a grupo
Licao 9   3 t - 2019 - a mordomia do trabalho pdf para a grupoLicao 9   3 t - 2019 - a mordomia do trabalho pdf para a grupo
Licao 9 3 t - 2019 - a mordomia do trabalho pdf para a grupo
Vilma Longuini
 
Parabola talentos 2018
Parabola talentos 2018Parabola talentos 2018
Parabola talentos 2018
Clea Alves
 
Lição 9 - A Mordomia do Trabalho
Lição 9 - A Mordomia do TrabalhoLição 9 - A Mordomia do Trabalho
Lição 9 - A Mordomia do Trabalho
Marina de Morais
 
Buscai e achareis
Buscai e achareisBuscai e achareis
Buscai e achareis
Helio Cruz
 

Semelhante a PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA (20)

PALESTRA - TRABALHO E EVOLUÇÃO
PALESTRA - TRABALHO E EVOLUÇÃOPALESTRA - TRABALHO E EVOLUÇÃO
PALESTRA - TRABALHO E EVOLUÇÃO
 
A BençãO Do Trabalho
A BençãO Do TrabalhoA BençãO Do Trabalho
A BençãO Do Trabalho
 
Lei do Trabalho
Lei do TrabalhoLei do Trabalho
Lei do Trabalho
 
Os Mensageiros Estudo do Capitulo 02
Os Mensageiros  Estudo do Capitulo 02Os Mensageiros  Estudo do Capitulo 02
Os Mensageiros Estudo do Capitulo 02
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 02 Aniceto
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 02 AnicetoEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 02 Aniceto
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 02 Aniceto
 
O cristão empreendedor
O cristão empreendedorO cristão empreendedor
O cristão empreendedor
 
Lei do trabalho
Lei do trabalhoLei do trabalho
Lei do trabalho
 
O ReméDio Imprevisto Estudo
O ReméDio Imprevisto   EstudoO ReméDio Imprevisto   Estudo
O ReméDio Imprevisto Estudo
 
Lição 3 Trabalho e Prosperidade
Lição 3  Trabalho e ProsperidadeLição 3  Trabalho e Prosperidade
Lição 3 Trabalho e Prosperidade
 
Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça
Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça
Eae 87 A Lei do Trabalho / A Lei da Justiça
 
Desafios do ideal kssf cafe da manha
Desafios do ideal  kssf cafe da manhaDesafios do ideal  kssf cafe da manha
Desafios do ideal kssf cafe da manha
 
A Bondade de Deus
A Bondade de DeusA Bondade de Deus
A Bondade de Deus
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Lei de trabalho
Lei de trabalhoLei de trabalho
Lei de trabalho
 
028 nosso lar 28 em serviço
028 nosso lar 28 em serviço028 nosso lar 28 em serviço
028 nosso lar 28 em serviço
 
Licao 9 3 t - 2019 - a mordomia do trablaho
Licao 9   3 t - 2019 - a mordomia do trablahoLicao 9   3 t - 2019 - a mordomia do trablaho
Licao 9 3 t - 2019 - a mordomia do trablaho
 
Licao 9 3 t - 2019 - a mordomia do trabalho pdf para a grupo
Licao 9   3 t - 2019 - a mordomia do trabalho pdf para a grupoLicao 9   3 t - 2019 - a mordomia do trabalho pdf para a grupo
Licao 9 3 t - 2019 - a mordomia do trabalho pdf para a grupo
 
Parabola talentos 2018
Parabola talentos 2018Parabola talentos 2018
Parabola talentos 2018
 
Lição 9 - A Mordomia do Trabalho
Lição 9 - A Mordomia do TrabalhoLição 9 - A Mordomia do Trabalho
Lição 9 - A Mordomia do Trabalho
 
Buscai e achareis
Buscai e achareisBuscai e achareis
Buscai e achareis
 

Último

Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 

Último (16)

Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 

PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA

  • 1.
  • 2. O trabalho é uma lei da natureza da qual ninguém pode se esquivar, sem se prejudicar, pois é por meio dele que o homem desenvolve a sua inteligência e aperfeiçoa suas faculdades físicas e espirituais.
  • 3. A CRUZ ... E Jesus disse: “Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também.”
  • 6. A CRUZ Há ricos e pobres, porque sendo Deus justo, como é, a cada um prescreve trabalhar a seu turno. A pobreza é, para os que a sofrem, a prova da paciência e da resignação; a riqueza é, para os outros, a prova da caridade e da abnegação. Não há nada melhor para o homem do que comer e beber, e fazer com que sua alma goze do bem do seu trabalho. Também vi que isto vem da mão de Deus. Eclesiastes 2:24 Trabalhar não é sofrer, mas progredir, desenvolver-se, conquistar a felicidade.
  • 7. A CRUZ Preguiçoso, até quando ficarás deitado? Quando te levantarás do teu sono? Um pouco a dormir, um pouco a pestanejar; um pouco a repousar de braços cruzados; Provérbios 6:6-8
  • 8. A CRUZ Reage com vigor e determinação às tentativas de alojamento da PREGUIÇA nos tecidos sutis de teu equipamento psíquico, e assume nova postura diante da vida, que te oferece diariamente inúmeras oportunidades de trabalho para o seu crescimento e desenvolvimento.
  • 13. A CRUZ Nos mundos mais adiantados, o trabalho é relativo à natureza das necessidades; quanto menos necessidades materiais, menos material é o trabalho.
  • 15. A CRUZ Cap 27 – O TRABALHO ENFIM – Nas Câmaras de Retificação André Luiz inicia o trabalho de auxiliar na limpeza de vômitos de substâncias negras e fétidas. Cap I4– A CASA TRANSITÓRIA O trabalho feito na casa transitória, que pode se deslocar até as regiões umbralinas, é de auxílio e caridade. Cap 32 – NOTÍCIAS DE VENERANDA A Ministra Veneranda, que possui o maior número de bônus-hora: um milhão de horas de trabalho útil (em 200 anos de atividade ali) Cap 17 – ROGATIVA SINGULAR ... Avisaram-me de que a Divina Bondade me concedeu ingresso em colônia de trabalho santificador, a fim de prosseguir em meus serviços de elevação... “O trabalho somente aparece quando o trabalhador está pronto”
  • 16. A CRUZ EMMANUEL - A luta e o trabalho são tão imprescindíveis ao aperfeiçoamento do espírito, como o pão material é indispensável à manutenção do corpo físico. BEZERRA DE MENEZES - Ensina-nos a trabalhar mais, e a produzir mais, a fim de conquistarmos recursos maiores. Tanto quanto nos seja possível receber, concede-nos mais trabalho para sermos mais úteis. JOANNA DE ANGELIS – “O trabalho é, ao lado da oração, o mais eficiente antídoto contra o mal, porquanto conquista valores incalculáveis com que o Espírito corrige as imperfeições e disciplina a vontade”. BUDDHA – Nossa tarefa é descobrir o nosso trabalho e, então, com todo o coração, dedicar-nos a ele.
  • 18. A CRUZ A Lei do Trabalho é a Lei da Vida, ... E O TRABALHO É INFINITO... porque a Vida é Eterna, o Espírito é Imortal...

Notas do Editor

  1. Todosqueaquiestão se dispuseram a trabalharhoje e doar um pouco de simesmos, do seu tempo, e de suaenergia, de seuectoplasma, de seusfluidos, para auxiliar e aprendernestanoite.Todososdiasestamostrabalhando…tudotrabalha, tudoestáemconstantemovimento, o planeta, as pessoas, as mentes, as dimensoes, o mundo spiritual..tudo. Nósnãoparamos, naopodemosparar, porque do nossotrabalhodependenossaevolucao.Nóstrabalhamos no plano spiritual, e trabalhamosquandoreencarnamos no plano material. (o espermatozoiode leva 72 horas para fecundar o ovulo e sofrevariastransformacoes no decorrerdestepouco tempo).O trabalhoquedá para o espíritoreencarnar.. O trabalhoquedá para o espíritodesencarnar… e tudoestáinterligado…
  2. A CRUZ - Um homemjulgavasua Cruz muitopesada. Fazia a jornada da vida, entre osdemais, carregando de mávontadeosprópriosproblemas.    Pensoumuitoemcomoamenizar o fardo e um dia... Eureca!- descobriuque podia serrar um pedaço  da sua Cruz. Isso o satisfezporcerto tempo, atéque, de novo, decidiu:    -Porquenãofacilitar a vida? Soulivre para fazer o quebementendo com minha Cruz!    E, ligando a intençãoaoato, serroumais um pedaço. Osanos se passaram e muitospedaçosforamcortados. Porfim, o homemlevavaumaminúscula Cruz. Chegandoaotermo da viagem, para todos, à margem de umavala. Do outro lado, apareceu um anjo, quedeu boas vindas a todos e instruiu:    -Deponhamsuascruzessobre a vala. É a medidaexata para servir de ponte para cá. Mas cada um sópodeatravessarpelaprópriacruz.    O homemolhou a largura da vala, comparou com sua Cruz e olhou para o anjo. Mas estelhedisse:   -É umapena, mas vocêdevevoltar e juntartodosospedaçosserrados, emendá-los e trazer a cruzinteira a seutermo.A origem da palavratrabalhoquevem do vocábulo latino "TRIPALIU" – que era um instrument de tortura… Temosquemudarestaconcepção e visãoquejáestátãoenraizadaemnósqueinconscientemente, nossatendencia é fugir do trabalho….Nósnaopodemosnosenganar e acharquepodemosdaraquelejeitinho e nosesquivarmos do trabalho. Tudo o quefazemos é parte de nossodesenvolvimento, sejaeleemqueplano for. ‘Todo o movimento de nossa(s) vida(s) deveservistocomo um todo, comoespíritosimortaisquesomos.Muitas vezes achamos que nossa cruz é pesada demais.. É porque não estamos ainda no caminho certo, olhando as coisas da forma correta e entendendo a mensagem.... Se nós pensamos que é muito difícil e trabalhoso cuidar de nossa esposa e filhos e família.. Então não estamos ainda conscientes do que devemos fazer... E estamos serrando nossa cruz pelo caminho... Quando estivermos com vontade de trabalhar e cuidar da nossa família, e agregar a isso os nossos familiares, amigos, as pessoas do nosso centro, da nossa vizinhanca, nosso bairro, cidade, e etc...alcançando até mesmo o plano espiritual... Então sim, estamos seguindo o caminho correto... Este é o caminho do trabalho, o entendimento do sentido desta Lei... Tudoafetatudo. Como espíritosnaotemoshora para trabalhar… trabalhamos o tempo todo, mesmoquando o corpodescansa. Oupelomenosdeveríamos.O TRABALHO TEM QUE SER VISTO COMO ALIMENTO PARA O ESPÍRITO E NÃO TORTURA OU SOFRIMENTO.
  3. A CURA EM BETESDA - O Sinal em Betesda – A cura do paralitico – Novo testamentoPróximo à porta das ovelhas, um tanque, chamado em hebreu de Betesda, o qual tem cinco alpendres. Nestes jazia grande multidão de enfermos: cegos, mancos e ressicados, esperando o movimento das águas. Porquanto um anjo descia, em certo tempo, ao tanque, e agitava a água; e o primeiro que ali descesse, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse. E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo. E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado, havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são? O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me coloque no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim. Jesus disse-lhe: Levanta-te e toma a tua cama, e anda. Logo aquele homem ficou são, e tomou a sua cama, e partiu. E aquele dia era Sábado.” O discurso provocado pelo milagre.“Então os judeus disseram àquele que tinha sido curado: É Sábado, não te é lícito levar a cama. Ele respondeu-lhes: Aquele que me curou, ele próprio disse: Toma a tua cama, e anda. Perguntaram-lhe, pois: Quem é o homem que te disse: Toma a tua cama, e anda? E o que fora curado não sabia quem era; porque Jesus se havia retirado, em razão de, naquele lugar, haver grande multidão. Depois, Jesus encontrou-o no Templo, e disse-lhe: Eis que já estás são; não peques mais, para que te não suceda alguma coisa pior. E aquele homem foi, e anunciou aos judeus que Jesus era o que o curara. E, por esta causa, os judeus perseguiram a Jesus, e procura vam matá - lo, porque fazia estas coisa no sábado. E Jesus lhes respondeu: Meus Pai trabalha até agora, e eu trabalho também.Somente mais um exemplo de que não paramos de trabalhar e não podemos parar de trabalhar... Se temos o evangelho de Jesus como o nosso roteiro de vida, de existência, então não podemos seguir somente o que nos interessa e sim como um todo. Sempre, a todo momento temos um trabalho a fazer.
  4.   O Trabalhoforça o homem a se desenvolver para se satisfazer. É umaforçamotrizquefaz com que a evoluçãoaconteçaaindaquenãosejapercebida.Existemoutrasperguntas e respostas no Livro dos Espiritossobre o trabalho e, todaselasvãonoslevar à conclusão de que é através do trabalhoquesomoslevados à nosaperfeiçoarmos. Como a Espiritualidade é economica – o trabalho é aomesmo tempo umaexpiação e um meio de desenvolvimento da inteligencia, da mente “ Sem o trabalho o homempermanecerianainfânciaintelectual; (677. Porque a Naturezaprovê, porsimesma, a todas as necessidades  dos animais?       — TudotrabalhanaNatureza. Osanimaistrabalham, comotu, mas o seutrabalho, como a suainteligência, é limitadoaoscuidados da conservação. Eisporque, entre eles, o trabalhonãoconduzaoprogresso, enquanto entre oshomens tem um duploobjetivo: a conservação do corpo e o desenvolvimento do pensamento, que é tambémumanecessidade e que o elevaacima de simesmo. Quandodigoque o trabalho dos animais é limitadoaoscuidados de suaconservação, refiro-me aofim a queeles se propõem, trabalhando. Mas, enquanto, sem o saberem, eles se entregaminteiramente a prover as suasnecessidadesmateriais, sãoosagentesquecolaboramnosdesígnios do Criador. Seutrabalhonãoconcorremenos para o objetivo final da Natureza, embora, muitasvezes, nãopossaisver o seuresultadoimediato.)    
  5. Orepousonosvaipermitir a naotrabalharemexcesso. Todoexcesso é prejudicial, sejaele no trabalhoou no repouso. Devemos saber queprecisamosequilibrartudo a nossavolta, incluindo a nósmesmos. Nao trabalhardemais e naotrabalhar de menos, pois o ócio é tao prejudicial quando o trabalhoemexcesso.Quando o Livro dos espíritosdizque o limite é o das forças, é quesabemelesquecomoencarnados, conformevamosenvelhecendo, o corpovai se desgastando e perdendo a habilidade e mobilidade… a mente continua mas o corpopadece. Entaoprecisamosque outros continuem o trabalhopornós, e porissohá a renovaçao e osfamiliares a cuidar dos maisvelhos.
  6. Segundo Rodolfo Calligari, o trabalho honesto proporciona três realizações que todas as pessoas buscam: – O trabalho fortalece o sentimento de dignidade pessoal;– O trabalho torna a pessoa respeitada na comunidade em que vive;– O trabalho, quando bem realizado, contribui para a sensação de segurançaTodo trabalho deve ser bem visto e reconhecido. Não importa o trabalho, mas sim a vontade e como o trabalho é feito, aliado à mente do trabalhador e sua visão moral do mundo. Do menor trabalho ao mais importante, todos eles congregam para o progresso e desenvolvimento, do todo e do próprio ser.
  7. Como dissemosanteriormente, o ócio é umachaga no caminho do progresso e da evolução. Se o serhumanonãotrabalhassedesdeosprimórdios, naoteriasaído da selvageria… estaríamostodosaindadeitadosnascavernas e talvezmagrinhos..rsrsrsrs, poisnemcaçarmuitoteríamosvontade de fazer o esforço… a humanidadeseriaaniquilada… a preguiça é um vício… o exemplo da formiga, é exatamente para mostrar, com base nahistoria da cigarra e da formiga, que a mesmanao para de trabalhar.. poissabe o valor do mesmonasuavida.
  8. Porisso,devemos prestart atençaoaomenorsinal de preguiça do corpoou da mente… é um sinal de queestamosprestes a estagnarnanossaevolução e consequentementenostornarmos um problema para a evolução `a nossavolta. Se elanosabater, vamosolharemvolta e procurer saber o porque disso estaracontecendo e procurer o nossolugar no mundo, o nossocaminho. Mas sabermosquealgumacoisanosestáesperando para serfeita e quedeveserfeita. Enquantonaoestivermosfazendo nada, naoestamosevoluindo…. Como falamos no slide anterior.. Nao teriamossobrevivido à época das cavernas, se naobuscássemos o trabalho.
  9. E SE NÃO ESTAMOS SATISFEITOS COM O QUE FAZEMOS? O que acontece com muitos de nós.... Não podemos ficar somente no pensamento. Devemos agir. Para cada coisa existe um trabalhador. Apenas precisamos descobrir o nosso lugar, voltando a dizer o que já dissemos.AQUI ENTRA O PRAZER NO TRABALHO, FAZER O QUE GOSTA, BUSCAR O QUE FAZ BEM A NÓS.Tudo o que voce faz tem que ser bom e prazeiroso, para que reflita nos outros a mesma felicidade e prazer. Para que o progresso material, mental e espiritual se faça com tranquilidade e sem sofrimentoE esta noção de sempre buscar fazer e trabalhar no que te faz bem é o que devemos passar para os nossos filhos e assim contribuir para um mundo cada vez mais povoado de espíritos felizes.Isso serve tanto para o plano físico quanto para o plano espiritual. Até mesmo no trabalho espiritual devemos sempre buscar o que nos fortalece e nos dá prazer
  10. O Livro dos Espíritos diz que na infancia da humanidade, o homem não aplica sua inteligencia senão à procura de sua alimentação, dos meios de se preservar das intempéries e de se defender dos seus inimigos; mas Deus lhe deu, a mais do que o animal, o desejo incessante do melhor, e é este desejo do melhor que o impele às descobertas, às invenções, ao aperfeiçoamento da ciência, porque é a ciência que lhe proporciona o que lhe falta. Através das suas pesquisas, sua inteligencia aumenta, sua moral se depura; às necessidades do corpo sucedem as necessidades do espírito; após o alimento material é preciso o alimento espiritual, e é assim que o homem passa da selvageria à civilização.Não que os animais não trabalhem dentro de seu desenvolvimento... Eles também trabalham, mas isso não é o foco do nosso assunto...
  11. As dificuldades são oportunidades de progresso. Basta voce enxergar desta forma e aproveitar a oportunidade.Estas oportunidades nos são dadas a todo momento em nossas encarnações. Precisamos aprender a trabalhar duro com tudo o que nos é dado para que nosso espírito se torne cada vez mais capaz de atuar de forma transformadora. Nós somos uma força transformadora . E somos capazes de nos transformar e evoluir a cada minuto.... Aprender e melhorar e ajudar o proximo a melhorar também... Com a consciencia de que estamos sempre evoluindo a cada encarnação.
  12. Nota-se de que os pontos chave da Lei do Trabalho, não se modificam e não são muitos dentro do desenvolvimento do espírito. É com o desenvolvimento da mente e da consciência do ser humano, é que ele vai perceber o valor dele mesmo dentro da obra de Deus, e também desenvolver os seus valores morais, buscando então auxiliar e participar ativamente das obras assistenciais, do trabalho espiritual e até mesmo saber como fazer este trabalho. Aprender a tratar com carinho nossos semelhantes, sabendo da importância do trabalho de cada um. Se tivermos oportunidade, vamos dar chance a uma pessoa portadora de necessidades especiais de trabalhar em nossa loja, empresa. Cada um fazendo a sua parte, por menor que seja, conseguiremos mudar esse nosso mundo em espaço mais breve.E quanto atingirmos esta perfeição.... Vamos então descobrir que não vamos descansar....que vamos trabalhar mais e mais...
  13. O Livro dos Espirittosnaquestao 678 falaquenosmundosmaisaperfeiçoados, o homem é submetido à mesmanecessidade de trabalho?     —A natureza do trabalho é relativa à natureza das necessidades; quantomenosnecessidadesmateriais, menos material é o trabalho. Mas nãojulgueis, porisso, que o homempermaneceinativo e inútil; a ociosidadeseria um suplício, emvez de ser um benefício.   Vamosevoluindo e deixando para trás a parte maisgrosseira e material das sensações e do trabalho, mas sempretrabalhando…
  14. Uma dadiva no nosso progresso e evolução. Um merecimento. Assim deve ser visto o trabalho no CE... O trabalho no Centro Espírita é como se voce participasse de um laboratório de oportunidades para o desenvolvimento. Todos os trabalhos dentro do CE são iguais e assim devem ser vistos, porque todos estão suprindo alguma necessidade. O trabalho deve ser valorizado por menor que seja e é sempre em prol do próximo e de si mesmo.Nós somos cada um, uma célula de um organismo vivo chamado Casa Espirita... e devemos nos cuidar para que quando cheguemos e ocupemos nosso lugar dentro deste organismo, possamos desenvolver o nosso trabalho da forma mais perfeita para que o organismo funcione também perfeitamente. Uma célula doente, vai atrapalhar o bom funcionamento do organismo e necessitará ser cuidada e tratada, para entao voltar a trabalhar. Quanto mais tivermos a consciencia de que precisamos nos vigiar todo o tempo para sermos células sãs, mais o trabalho do CE será desenvolvido e mais será eficiente... Não quer dizer que voce não possa também ser tratado.. Afinal de contas somos todos espíritos imperfeitos, mas como espíritas que somos, já devemos ter a noção básica de que somos parte de um todo muito maior e que somos responsáveis por este todo e devemos trabalhar por ele...
  15. Nas “Câmaras de Retificação” André Luizficaimpressionado com osquadros de sofrimentodali: “milionários das sensaçõesfísicas, transformadosemmendigos da alma”. Espontaneamente, numato de exemplar humildade, se transformaemauxiliar da limpeza de vômitos de substâncianegra e fétida - fluidosvenenososexpelidosporEspíritosque se beneficiaram de passes.Em “NossoLar” existemos “Salões Verdes” portoda parte. São parquesemárvoresacolhedoras, locais de conferênciasministeriais — foramcriados sob inspiração superior da MinistraVeneranda. Saoquase 14 horas (do nosso tempo) de trabalhosdiários, semfim de semanaouferiado… durante 200 anos… Esta é umatrabalhadora de responsabilidade…Obreiros da Vida Eterna: A equipe de André Luiz parte emviagem e, a caminho, estacionana "Casa Transitória de Fabiano", dirigidaporZenóbia, grandeinstituiçãopiedosa, fundadaporFabiano de Cristo, nascercanias da Crosta. Singularidadedessainstituição: é asilomóvel. Quandohánecessidade, transporta-se para outrasregiõesespirituais. O desencarne de Fabio... A morte não faz milagres. Retomar a lembrança é também trabalho gradual, como qualquer outro que envolva atividades divinas da Natureza.
  16. Buddha viveu no século VI antes de cristo e era tambémconhecido com Siddharta Gautama.Elejádiziaquenósdevemos procurer o nossolugar, poisexistetrabalho para todos, e quedevemosnosentregar a ele e desenvolve-lo com toda a nossacapacidade, tendo a certeza de queestamosevoluindo e participandoativamente da evolução à nossavolta.Emmanuel dizque o trabalho é o alimento do espírito… DrBezerra de Menezespedemaistrabalho, pois tem a consciencia de quequantomais se trabalha, mais se desenvolve, mais se evolui… maisnostornamosúteis…D. Joanna de Angelis dizque o trabalho é quete leva aoautoconhecimento e à capacidade de se regeneraremtudo… mesmoatravés da educação do própriolivre-arbítrio.
  17. Devemossemprenosesforçarmos para chegarondequeremos… quandochegarmos, entaocomeçamosuma nova busca… O espíritoestásempreemevolução e porissosempreembusca. É através do trabalhoquevamosdescobrindo o nossocaminhonestabusca…