Modelo Avaliacao Cursos Online Doc(2)

6.188 visualizações

Publicada em

Trabalho do Grupo Filomena Marques, Maria João Sobral e Marcus Vinicius - Actv 2 de CAeL

Publicada em: Tecnologia, Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.188
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
635
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
92
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modelo Avaliacao Cursos Online Doc(2)

  1. 1. Mestrado em Pedagogia E-learning Modelo de Avaliação para Cursos Online INTRODUÇÃO A Comunicação Mediada por Computador (CMC) introduziu novas possibilidades à Educação a Distância (EaD), favorecendo a adoção de abordagens inovadoras de ensino-aprendizagem, mais centradas no aluno, na interação, na colaboração, na reflexão e na construção do conhecimento. A avaliação é uma das tarefas mais importantes no sistema educacional, de forma a aferir os resultados da formação/ensino a distancia. Avaliar os cursos online, implica a implementação de estratégias e instrumentos de avaliação que devem oferecer a mesma credibilidade que se atribui aos modelos de avaliação de cursos presenciais. A avaliação deve ser entendida como um processo sistemático, contínuo e integral destinado ao levantamento e análise de informações e dados capazes de fundamentar um julgamento imparcial, com a finalidade de melhorar a eficácia das aprendizagens e corrigir os erros, sempre que necessário, implementado acções preventivas, correctivas ou de melhoria. Uma primeira reflexão acerca da avaliação dos processos de aprendizagem realizadas em cursos online, remete-nos, inevitavelmente, para a compreensão dos desafios colocados ao Ensino a Distancia (EaD), nomeadamente, a tecnologia disponível, bem como, as novas formas de ensinar e aprender. Neste trabalho pretendemos apresentar um modelo de suporte à avaliação dos cursos de Ensino a Distância (EaD), com o objectivo de reduzir os custos, facilitar a interpretação da quantidade de informação a analisar e, por conseguinte, favorecer a adopção desta modalidade de avaliação no final dos cursos online. METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO Ciclo Contínuo A avaliação deve ser um processo planeado e sistemático, através do qual se pode verificar o cumprimento dos objectivos pedagógicos inicialmente delineados. Através do acompanhamento e monitorização dos cursos online, é possível recolher informações que permitam a definição de estratégias correctivas aos desvios verificados e a realização dos reajustamentos necessários. Moore e Kearsley (1996) referem que um dos pontos fracos no planeamento e desenvolvimento de muitos programas de educação/formação a distância, é a ausência de uma verificação e monitorização periódica dos recursos pedagógicos online. A avaliação deve ser feita continuamente através de ciclos contínuos, de forma a assegurar o funcionamento do e-curso conforme os objectivos inicialmente planeados e, desta forma, contribuir para a melhoria contínua. Unidade Curricular: Concepção e Avaliação em E-learning Docente: Lúcia Amante Trabalho realizado por Filomena Marques, Maria João Sobral e Marcus Vinicius Data: 26/11/2009 1/5
  2. 2. Mestrado em Pedagogia E-learning Modelo de Avaliação para Cursos Online Este ciclo contínuo compreende as seguintes fases: Diagnóstico das necessidades de formação; Planeamento, concepção e organização; Desenvolvimento e execução do e-curso; Avaliação da formação. Reacção/Satisfação Um dos modelos mais utilizados para a avaliação da formação, agora também aplicado ao e-learning é o proposto por Donald L. Kirkpatrick. O modelo de avaliação de Kirkpatrick (1975) permite medir a qualidade e eficácia de uma intervenção formativa a partir da análise de quatro níveis de avaliação: Nível 1 - Avaliação da Reacção / Satisfação dos alunos/formandos; Nível 2 - Avaliação dos Conhecimentos / Aprendizagem; Nível 3 - Transferência das competências adquiridas para o contexto real de trabalho; Nível 4 - Avaliação do impacto da formação. Relativamente ao nível 1, é importante frisar que mesmo que os resultados das aprendizagens sejam positivos, há sempre a necessidade do sistema de formação ser objecto de uma avaliação crítica. O objectivo do nível 1 consiste em avaliar o grau de satisfação dos intervenientes externos no processo formativo e, assim, detectar disfuncionalidades não perceptíveis pelos agentes internos (tutores, coordenadores, designers, entre outros). É essencial obter, o maior número possível, de informações sobre o desenrolar do processo de aprendizagem e aferir os resultados esperados ou inesperados. Os resultados da avaliação poderão ser uma oportunidade para o tutor/coordenador pedagógico/designer rectificar as estratégias de aprendizagem, ou caso seja necessário, introduzir melhorias ao programa de ensino ou ao curso online. O modelo de avaliação por nós proposto pretende avaliar o impacto do curso online ao nível da reacção/satisfação dos alunos/formandos (nível 1), de forma a Unidade Curricular: Concepção e Avaliação em E-learning Docente: Lúcia Amante Trabalho realizado por Filomena Marques, Maria João Sobral e Marcus Vinicius Data: 26/11/2009 2/5
  3. 3. Mestrado em Pedagogia E-learning Modelo de Avaliação para Cursos Online determinar o grau de satisfação e, por conseguinte, promover a melhoria contínua na qualidade do ensino/formação e-learning. Tipos de avaliação Willis (1996) menciona dois tipos de avaliação para os cursos a distância: Formativa - é um processo que permite melhorar o funcionamento do e- curso enquanto este está a ser desenvolvido, facilitando a adaptação do conteúdo e dos recursos às necessidades sentidas pelos alunos/formandos, permitindo a identificação de falhas no planeamento/concepção e a consequente adopção de acções correctivas. Somativa – é um processo de avaliação realizado após o término do e-curso que permite avaliar a eficácia global de um e-curso ou programa, podendo constituir a base de informação para o planeamento/concepção de um novo e-curso ou programa, com a introdução de acções de melhoria. O modelo de avaliação para aplicação em cursos online que apresentamos neste trabalho, consiste na aplicação do sistema de avaliação em dois momentos: Ao longo do desenvolvimento do e-curso efectuar uma avaliação qualitativa e formativa, colocando questões abertas e solicitando comentários/opiniões/sugestões de melhoria, como por exemplo, no Fórum da Coordenação do curso, de forma a incentivar a participação dos alunos/formandos; No final do e-curso deverá ser aplicado a todos os alunos/formandos que frequentaram o e-curso, um e-questionário de avaliação global do curso online; Embora a pesquisa qualitativa seja tipicamente mais subjectiva, implique o processamento de uma grande variedade de informações, e é mais difícil de categorizar, por outro lado, é mais flexível e dinâmica, não é limitada por questões pré-formuladas e permite uma maior liberdade aos alunos/formandos para se expressarem. A qualidade dos cursos a distância está directamente relacionada com as práticas de avaliação aplicadas, as quais deverão estar presente em todo o processo educacional/formativo. Efectivamente, a avaliação da formação/ensino a distância, não deverá cingir-se a um instrumento para análise do resultado final, nem deverá focar-se somente em instrumentos de verificação quantitativa dos resultados, daí a importância da avaliação qualitativa e formativa. Relativamente à avaliação quantitativa e somativa, esta metodologia apresenta várias vantagens, nomeadamente, a possibilidade de recolher, sintetizar e analisar estatisticamente e graficamente toda a informação relativa aos resultados da avaliação global do curso online, permitindo dar o output do ciclo formativo, bem Unidade Curricular: Concepção e Avaliação em E-learning Docente: Lúcia Amante Trabalho realizado por Filomena Marques, Maria João Sobral e Marcus Vinicius Data: 26/11/2009 3/5
  4. 4. Mestrado em Pedagogia E-learning Modelo de Avaliação para Cursos Online como, conduzir à formulação de novas propostas, mudanças e soluções capazes de dar resposta aos problemas encontrados. De forma a avaliar objectivamente a qualidade de um curso à distância, do ponto de vista dos participantes, sugerimos a aplicação de um questionário, que seja disponibilizado na plataforma de suporte ao e-curso. A recepção dos questionários preenchidos deverá garantir o anonimato dos inquiridos, de forma a assegurar a veracidade das respostas. Instrumentos de avaliação O sistema de avaliação deverá ser suportado por instrumentos que permitam aferir correctamente os resultados atingidos, bem como, deverá englobar várias etapas metodológicas: Elaboração, adaptação e aferição dos instrumentos de avaliação; Aplicação desses instrumentos em diferentes momentos; Tratamento e análise da informação recolhida; Leitura e interpretação dos resultados; Elaboração de relatórios de avaliação dos cursos online. Com base na pesquisa efectuada, propomos que a avaliação de um curso online deva ter em conta os seguintes aspectos: Os conteúdos programáticos e a estruturação do cursos online; A prestação do tutor; O ambiente de aprendizagem; O apoio administrativo; A coordenação pedagógica; Interacção com os colegas. O questionário que elaborámos apresenta uma escala de 1 a 6 e é do tipo misto, pois é composto por questões de resposta fechada e questões de resposta aberta. As questões do tipo de resposta fechada apresentam as seguintes vantagens: Rapidez e facilidade de resposta; Maior uniformidade, rapidez e simplificação na análise das respostas; Unidade Curricular: Concepção e Avaliação em E-learning Docente: Lúcia Amante Trabalho realizado por Filomena Marques, Maria João Sobral e Marcus Vinicius Data: 26/11/2009 4/5
  5. 5. Mestrado em Pedagogia E-learning Modelo de Avaliação para Cursos Online Facilita a categorização das respostas para posterior análise; Permite contextualizar melhor a questão. No final do questionário, o formando/aluno tem a oportunidade de se expressar livremente, referindo os aspectos positivos e negativos do curso, bem como, as sugestões de melhoria que achar convenientes. As questões de resposta aberta, permitem recolher informação variada e original, bem como, respostas mais representativas e fiéis da opinião do inquirido. Conclusão As metodologias de avaliação devem ser devidamente planeadas e integradas no processo de desenvolvimento e acompanhamento do e-curso, tornando-se uma tarefa de todos os intervenientes envolvidos no processo de aprendizagem. A avaliação deve ser um processo dinâmico, credível e de fácil implementação. Referências Bibliográficas ACHTEMEIER, Sue D.; MORRIS, Libby, V.; FINNEGAN, Catherine L. (2003) "Considerations for Developing Evaluations of Online Courses". JALN 7, Issue 1. CARR-CHELLMAN, Allison & DUCHASTEL, Philip (2000) "The ideal online course". British Journal of Educational Technology, Vol 31, Nº3 (229-241). HERRINGTON, Anthony; HERRINGTON, Jan; OLIVER, Ron; STONEY, Sue & WILLIS, Jackie (2001) "Quality Guidelines for online Courses:The Development of an Instrument to Audit Online Units" In G. Kennedy, M. Keppell, C. McNaught & T. Petrovic (Eds.) Meeting at the crossroads: Proceedings of ASCILITE 2001 (pp 263- 270). HOLSAPPLE, Clyde. W. & LEE-POST Anita (2006) "Defining, Assessing, and promoting E-learning Sucess: An information systems perspective". Decision Sciences Journal of Innovative Education, Vol.4 Nº1 (pp 67-85) Oliver, M. (2000) An introduction to the Evaluation of Learning Technology. In Educational Technology & Society 3. Pereira, A., Mendes, A, Morgado, L. Amante, L. & Bidarra, J. (2007). Modelo Pedagógico Virtual da Universidade Aberta, Lisboa: Universidade Aberta. Rodrigues, R.S. (1998) Modelo de avaliação para cursos no ensino a distância - estrutura, aplicação e avaliação. Florianópolis: Dissertação de Mestrado, apresentado ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção Universidade Federal de Santa Catarina. The Swedish National Agency of Higher Education (2008). E-learning quality - Aspects and criteria for evaluation of e-learning in higher education. TINKER, Robert (2001) "E-learning Quality: The Concord Model for Learning from a Distance"NASSP Bulletin, Vol. 85, No. 628, 36-46 Veiga, R.T., Moura, A.I., Gonçalves, C.A. & Barbosa, F.V. O Ensino à Distância pela Internet: Conceito e Proposta de Avaliação. Unidade Curricular: Concepção e Avaliação em E-learning Docente: Lúcia Amante Trabalho realizado por Filomena Marques, Maria João Sobral e Marcus Vinicius Data: 26/11/2009 5/5

×