SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
10
AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO
Língua Portuguesa
1ª série do Ensino Médio 	 Turma __________________________
2º Bimestre de 2020	 Data _______ / ________ / ________
Escola_______________________________________________________________________
Aluno _______________________________________________________________________
UTILIZE O LEITOR RESPOSTA ABAIXO DESSA LINHA ENQUADRANDO A CÂMERA APENAS NAS BOLINHAS
Obs.: Não deve existir nenhum tipo de rasura ou marcação extra próxima ao gabarito.
AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO
Língua Portuguesa
1ª série do Ensino Médio Turma ___________________
2º Bimestre de 2020 Data ______ /______ /______
Escola ________________________________________________
Aluno ________________________________________________
UTILIZE O LEITOR RESPOSTA ABAIXO DESSA LINHA ENQUADRANDO A CÂMERA APENAS NAS BOLINHAS
Obs.: Não deve existir nenhum tipo de rasura ou marcação extra próxima ao gabarito.
A B C D E
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
10
1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 1 08/06/2020 20:06:45
2 Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio
Leia o texto e responda às questões 1 e 2.
Tchau
Lygia Bojunga
[...]
De repente a Mãe ficou de joelhos, agarrou as duas mãos da Rebeca e foi despejando a fala:
— Eu me apaixonei por um outro homem, Rebeca. Eu estou sentindo por ele uma coisa que
nunca! nunca eu tinha sentido antes. Quando eu conheci o teu pai eu fui gostando cada dia mais um
pouco dele, me acostumando, ficando amiga, querendo bem. A gente construiu na calma um amor
gostoso e foi feliz uma porção de anos. E mesmo quando eu reclamava que ele gostava mais da
música do que de mim, eu era feliz...
— O pai adora você! você não pode...
—...e mesmo no tempo que o dinheiro era super apertado a gente era feliz...
— Ele gosta de você! ele gosta demais de você.
—... mas este último ano a gente tá sempre discutindo, a gente briga a toda hora.
— Por quê?
— Não sei; quer dizer, eu sei; eu sei mais ou menos, essas coisas a gente nunca sabe direito, mas
eu sei que eu fui me sentindo sozinha [...].
NUNES, L. B. Tchau. In: Tchau. 3. ed. Rio de Janeiro: Agir, 1987. p. 10 - 21.
Questão 01
O uso de reticências durante o diálogo entre a mãe e a filha, permite inferir que as personagens
A)	 interrompem a fala uma da outra.
B)	 brigam porque a mãe ficou de joelho.
C)	 usam pausas reflexivas no diálogo.
D)	 tranquilizam-se durante a conversa.
E)	 conversam coisas sem conexão.
Questão 02
No trecho do texto, percebe-se uma
A)	 lembrança do encontro inicial do casal.
B)	 demonstração de diálogo entre as amigas.
C)	 experiência vivida pela filha com um novo namorado.
D)	 discussão sobre o relacionamento de mãe e filha.
E)	 tentativa da filha em reestabelecer o casamento dos pais.
1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 2 08/06/2020 20:06:45
Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio 3
Leia o texto e responda às questões 3 e 4.
EMBARGOS CULTURAIS
Maquiavel, entre a astúcia, a hipocrisia e a
crueldade
19 de janeiro de 2020, 8h00
Por Arnaldo Sampaio de Moraes Godoy
Nicolau Maquiavel (1469-1527) afastou da
teorização política a invenção da realidade. Não
expôs nenhuma utopia. Mas também não legou
nenhuma premonição de um mundo distópico.
O futuro não é sombrio, e nem nirvânico, nem
infernal, e também não é um paraíso. É apenas
o resultado de nossa ação, pautado por nossos
cálculos, e também influenciado por eventos
externos, que fogem de nosso controle.
A principal preocupação de Maquiavel
consistia no esforço em influenciar a condução
dos negócios públicos. Era um prático. Não
teorizava. Intervinha na realidade.
Nasceu em Florença. Seu pai chamava-
se Bernardo; sua mãe, Bartolomea. O pai era
advogado. Pouco conhecido, teria exercido a
profissão sem nenhum brilho. Acrescentava aos
poucos ganhos algum recurso que ganhava na
administração de seus escassos bens. Parece
também que Bernardo foi um rígido pai. Estudou
latim, gramática e cálculo. Em 1497, com 28 anos,
Maquiavel esteve em Roma. No fim daquele
ano, 1498, foi nomeado secretário na Segunda
Chancelaria de sua cidade de nascimento.
[...]
Maquiavel é personagem emblemática
do Renascimento, época que se opunha ao
misticismo, ao coletivismo, ao antinaturalismo, ao
teocentrismo e ao geocentrismo. O Renascimento
foi marcado por intensa defesa do racionalismo,
do individualismo, do antropocentrismo, do
heliocentrismo. O humanismo foi também um
dos traços definidores daquele tempo, centrado
na retomada dos valores greco-romanos,
circunstância muito característica na obra de
Maquiavel.
O Príncipe, segundo Jacob Burckhardt,
um dos maiores historiadores da Renascença,
“representa a objetividade renascentista e a ideia
de Estado como obra de arte”. O Príncipe não
é um trabalho de ideologia e de proselitismo, é
um livro de conselhos práticos. E embora nos
pareça que Maquiavel tenha rompido com toda a
tradição de pensamento político que o precedia,
há também fortes motivos para supor que tenha
retomado uma linhagem romana. Maquiavel seria
o restaurador de uma tradição esquecida.
Disponível em: <https://www.conjur.com.br/2020-jan-19/embargos-
culturais-maquiavel-entre-astucia-hipocrisia-crueldade>. Acesso em 05
fev.2020.
Questão 03
A síntese que apresenta a ideia central desse
trecho do texto é a
A)	 apresentação da obra completa “O Príncipe”
e a ideologia trazida pelo autor do livro.
B)	 consideração sobre algumas concepções de
Maquiavel e do contexto em que ele viveu.
C)	 exposição sobre o Renascimento e o
humanismo inserido dentro desse período.
D)	 crítica aos pensamentos de Maquiavel e a
política que se praticava no país.
E)	 descrição da vida acadêmica do filósofo e de
sua passagem por Roma.
Questão 04
De acordo com o texto, a preocupação principal
de Maquiavel compreendia
A)	 teorizações da política na invenção da
realidade renascentista.
B)	 captações de recurso na administração de
seus escassos bens.
C)	 esforços em influenciar a condução dos
negócios públicos.
D)	 exposições da negação da utopia numa
sociedade oprimida.
E)	 cuidados com um futuro que que se mostrava
muito tranquilo.
1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 3 08/06/2020 20:06:45
4 Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio
Leia o texto e responda às questões 5, 6 e 7.
As Formigas
Lygia Fagundes Telles
Quando minha prima e eu descemos do táxi
já era quase noite. Ficamos imóveis diante do
velho sobrado de janelas ovaladas, iguais a dois
olhos tristes, um deles vazado por uma pedrada.
Descansei a mala no chão e apertei o braço da
prima.
— É sinistro.
Ela me impeliu na direção da porta. Tínhamos
outra escolha? Nenhuma pensão nas redondezas
oferecia um preço melhor a duas pobres
estudantes, com liberdade de usar o fogareiro
no quarto, a dona nos avisara por telefone que
podíamos fazer refeições ligeiras com a condição
de não provocar incêndio. Subimos a escada
velhíssima, cheirando a creolina.
— Pelo menos não vi sinal de barata — disse
minha prima.
A dona era uma velha balofa, de peruca
mais negra do que a asa da graúna. Vestia um
desbotado pijama de seda japonesa e tinha as
unhas aduncas recobertas por uma crosta de
esmalte vermelho-escuro descascado nas pontas
encardidas. Acendeu um charutinho.
— É você que estuda medicina? — perguntou
soprando a fumaça na minha direção.
— Estudo direito. Medicina é ela.
Amulhernosexaminoucomindiferença.Devia
estar pensando em outra coisa quando soltou uma
baforada tão densa que precisei desviar a cara.
A saleta era escura, atulhada de móveis velhos,
desparelhados. No sofá de palhinha furada no
assento, duas almofadas que pareciam ter sido
feitas com os restos de um antigo vestido, os
bordados salpicados de vidrilho.
— Vou mostrar o quarto, fica no sótão — disse
ela em meio a um acesso de tosse. Fez um sinal
para que a seguíssemos. — O inquilino antes
de vocês também estudava medicina, tinha um
caixotinho de ossos que esqueceu aqui, estava
sempre mexendo neles.
Minha prima voltou-se:
— Um caixote de ossos?
A mulher não respondeu, concentrada no
esforço de subir a estreita escada de caracol que
ia dar no quarto.Acendeu a luz. O quarto não podia
ser menor, com o teto em declive tão acentuado
que nesse trecho teríamos que entrar de gatinhas.
Duas camas, dois armários e uma cadeira de
palhinha pintada de dourado. No ângulo onde o
teto quase se encontrava com o assoalho, estava
um caixotinho coberto com um pedaço de plástico.
Minha prima largou a mala e pondo-se de joelhos
puxou o caixotinho pela alça de corda.
[...]
Disponível em: <https://www.companhiadasletras.com.br/
trechos/12792.pdf>. Acesso em: 10 jan. 2020. (adaptado)
Questão 05
No texto, a expressão “soltou uma baforada”
pode ser substituída sem prejuízo de sentido por
A)	 soprou a fumaça do charutinho.
B)	 pronunciou algo espalhafatoso.
C)	 soltou um mau cheiro pela boca.
D)	 ateou fogo no charutinho.
E)	 proferiu palavras fortes.
Questão 06
O trecho do texto “─ É sinistro.”, indica a fala da
A)	 prima.
B)	 narradora.
C)	 voz do além.
D)	 dona da pensão.
E)	 narradora-personagem.
Questão 07
A leitura do trecho desse texto permite deduzir
que as meninas estão
A)	 seguras com a mudança.
B)	 felizes com a surpresa do local.
C)	 temerosas com as novidades.
D)	 ansiosas pelas aulas na faculdade.
E)	 tristes por estarem longe da família.
1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 4 08/06/2020 20:06:46
Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio 5
Leia o texto e responda à questão 8.
Disponível em: <https://vn10.com.br/sim-por-6-4/>. Acesso em: 12 fev. 2020.
Questão 8
O humor do texto está baseado no fato de o aluno
A)	 conseguir recarregar a bateria dos aparelhos das pessoas da família.
B)	 abordar a falta de acesso a dispositivos tecnológicos como apavorante.
C)	 descrever que o computador estava sem conexão com a internet.
D)	 descobrir que havia falta de energia elétrica para carregar a bateria.
E)	 escrever a redação sem a situação apavorante, fora do tema proposto.
1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 5 08/06/2020 20:06:46
6 Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio
Leia o texto e responda às questões 9 e 10.
Uso abusivo das redes de
relacionamento pode distanciar
pessoas
Ildomar Oliveira, 22 anos, não gosta de sair para
comemorações e prefere ficar em casa: contato
com os amigos deixou de ser diário e, agora,
encontram-se pouco durante a semana (foto:
Ronaldo de Oliveira/CB/D. A. Press)
Usuários cada vez mais dependentes da
internet e das mídias sociais, pais que reclamam
que os filhos estão alheios ao mundo e a falta do
diálogo: medos e preocupações presentes no
dia a dia e que têm relação com o uso intenso
das redes sociais e dos aparatos tecnológicos. O
psicólogo Odair Comin, escritor do livro Mestre
das emoções (editora Giz Editorial), não deixa
de lado os pontos positivos dessas plataformas,
como a facilidade de conhecer pessoas,
encontros de antigos amigos e de indivíduos
com pensamentos semelhantes, entretanto
alerta para fatores como a falsa sensação de ter
muitos colegas, o afastamento do mundo real, a
perda de identidade e a famosa dependência da
conexão virtual.
Segundo o psicólogo, o compartilhamento
e o convívio virtual são o que mais chamam a
atenção dos adeptos. “Lá, o usuário tem voz
e pode ser ouvido por milhões, ele existe. É
importante se mostrar aos amigos, para o mundo.
Tudo isso em larga escala. Tal possibilidade
o seduz” explica. Não importam mais gostos
ou pensamentos, o importante é a audiência.
“Estamos nos tornando um programa televisivo,
que se baseia em dados para dirigir a pauta.
Isso cria um ser humano carente de aprovação
alheia. O impacto disso é uma pessoa com
dificuldade em lidar com problemas. No virtual,
você pode ser rei, poderoso, fazer e desfazer.
No real, é mais complicado”, comenta.
[...]
Disponível em: <https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/
tecnologia/2012/08/28/ interna_tecnologia,319444/uso-abusivo-das-
redes-de-relacionamento-pode-distanciar-pessoas.shtml>. Acesso em:
11 fev. 2020. (adaptado)
Questão 09
O autor do texto defende a tese de que
A)	 o convívio virtual sem limite gera dificuldades
para lidar com o mundo real.
B)	 a dificuldade em lidar com problemas é um
impacto causado pela internet.
C)	 os pais reclamam da falta de diálogo e do
isolamento dos filhos.
D)	 o ponto positivo da plataforma é marcar
encontros com amigos.
E)	 as redes sociais facilitam a interação
presencial entre as pessoas.
Questão 10
Em “Lá, o usuário tem voz e pode ser ouvido
por milhões, ele existe. É importante se mostrar
aos amigos, para o mundo. Tudo isso em larga
escala. Tal possibilidade o seduz [...]”, o termo
em destaque pode ser substituído sem prejuízo
de sentido por
A)	 aflige.
B)	 abate.
C)	 afasta.
D)	 atrai.
E)	 abala.
 
1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 6 08/06/2020 20:06:46
Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio 7
Leia o texto e responda à questão 11.
O estudo, que analisa a situação das vacinas nos EUA, afirma que ao menos 100
mil crianças foram afetadas
Por Ingrid Luisa
Publicado em 15 out 2018, 17h04
Em 1904, no Rio de Janeiro, ocorreu um motim popular conhecido como “Revolta da Vacina”.
Talvez você se lembre das aulas de história do colégio: a campanha de vacinação obrigatória, posta
em prática pelo sanitarista Oswaldo Cruz, causou uma grande desconfiança na população — que já
estava insatisfeita com as medidas impopulares (como a demolição de cortiços e favelas) do governo
Rodrigues Alves. Nesse contexto, parte da população se negou a tomar as vacinas.
A população não entendia o que era vacina, não foi informada e tinha muitos motivos para
acreditar que o governo realmente queria lhe fazer mal. A desinformação, no entanto, passou. Hoje
é praticamente unânime a noção de que a vacinação erradicou doenças antes fatais, como varíola.
Vacinar virou regra. Mas, acontecimentos recentes mostram preocupantes quebras dessa regra.
Quem está chamando atenção para o fato é o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC)
dos EUA. Segundo ele, o número de crianças que não receberam vacinas para doenças que podem
ser evitadas através da vacinação (como caxumba e sarampo, por exemplo) quadruplicou desde
2001, em solo americano. Na prática, isso corresponde a cerca de 100.000 indivíduos.
[...]
Disponível em: <https://super.abril.com.br/ciencia/o-numero-de-criancas-nao-vacinadas-quadruplicou-desde-2001/>. Acesso em: 27 fev. 2020.
(adaptado)
Questão 11
O ponto de vista defendido pelo autor do texto é de que
A)	 a insatisfação com as medidas impopulares de 1904 leva à descrença de vacinas.
B)	 o motim popular contra a campanha de vacinação é tema da aula de história.
C)	 as vacinas contra o sarampo infantil quadriplicaram desde o ano de 2001.
D)	 o número de crianças não vacinadas nos últimos anos é preocupante.
E)	 a população não entende que a vacinação evita diversas doenças.
 
1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 7 08/06/2020 20:06:46
8 Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio
Leia o texto e responda à questão 12.
Brexit: Reino Unido oficialmente deixou a
União Europeia — O que acontece agora?
O país oficialmente abandonou sua participação na UE
às 23h em Londres (20h em Brasília), que corresponde à
meia-noite em Bruxelas, a capital da UE
BBC NEWS
31 jan 2020 - 21h21 atualizado em 31 jan 2020 - 21h21
[...]
O que vai mudar?
No começo, não muita coisa.
Um período de transição de 11 meses
começou e o Reino Unido vai, em geral, seguir
as regras da União Europeia.
As grandes mudanças vão começar quando
a transição terminar. Mas a UE é, a partir de
agora, um clube com 27 membros, e não 28.
Em outras palavras, o Reino Unido continua
por enquanto sendo um único mercado e
mantendo as regras alfandegárias. Isso significa
que as regras de comércio e livre circulação
de bens e serviços continuam as mesmas
durante o período de transição. A liberdade de
movimentação para pessoas continua a mesma
e a Suprema Corte da União Europeia ainda tem
jurisdição sobre o país por enquanto.
Mas não vai mais haver representantes
britânicos no Parlamento Europeu nem ministros
britânicos nas reuniões da UE onde são tomadas
as grandes decisões.
A partir de agora, o Reino Unido tentará
fechar um novo acordo econômico com a União
Europeia e com outros países.
O presidente americano Donald Trump já
acenou para a construção de um acordo de
comércio “massivo” com o Reino Unido.
Cidadãos britânicos não são mais cidadãos
europeus, mas ainda podem viajar livremente
pelos países do bloco. O mesmo vale para os
europeus no Reino Unido.
Mas depois do período de transição, que
o Reino Unido diz que terminará em 31 de
dezembro de 2020, as regras de imigração vão
mudar para os cidadãos do Reino Unido e da
UE.
Os 3,5 milhões de cidadãos da UE no Reino
Unido terão até junho de 2021 para fazer um
pedido de residência. Mas se não houver um
acordo sobre isso entre o bloco e o Reino Unido,
o prazo para ficarem no país é o fim deste ano.
Os 1,3 milhões de britânicos na UE terão
que fazer um pedido de residência.
Depois da transição, o Reino Unido está
planejando um sistema de imigração baseado
em pontos, que vai afetar todo mundo, quer seja
da UE ou não.
[...]
Disponível em: <https://epocanegocios.globo.com/Mundo/
noticia/2020/01/brexit-reino-unido-oficialmente-deixou-uniao-europeia-
o-que-acontece-agora.html>. Acesso em: 11 fev. 2020. (adaptado)
Questão 12
Há uma situação incerta que é evidenciada pelo
uso do modo verbal em:
A)	 “[...] o Reino Unido tentará fechar um novo
acordo econômico com a União Europeia e
com outros países.”
B)	 “O presidente americano Donald Trump já
acenou para a construção de um acordo de
comércio ‘massivo’ [...]”.
C)	 “Em outras palavras, o Reino Unido continua
por enquanto sendo um único mercado e
mantendo as regras alfandegárias.”.
D)	 “Isso significa que as regras de comércio e
livre circulação de bens e serviços continuam
as mesmas durante o período de transição.”.
E)	 “A liberdade de movimentação para pessoas
continua a mesma e a Suprema Corte da
União Europeia ainda tem jurisdição sobre o
país por enquanto.”.
1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 8 08/06/2020 20:06:46
Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio 9
Leia o texto e responda à questão 13.
Disponível em: <http://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/coronavirus/>. Acesso em: 11 mar. 2020. (adaptado)
Questão 13
Os principais sintomas da doença são
A)	 similares ao de uma gripe comum com tosse e febre.
B)	 específicos do coronavírus com reações graves.
C)	 transmissíveis por meio de acenos de longe inclusive.
D)	 diferentes de outras doenças com aparências graves.
E)	 idênticos à pneumonia com dificuldades para respirar.
1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 9 08/06/2020 20:06:48
10 Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio
Leia o texto e responda à questão 14.
O Auto da Compadecida
Ariano Suassuna
[...]
MANUEL
E agora, nós, João Grilo. Por que sugeriu o
negócio para os outros e ficou de fora?
JOÃO GRILO
Porque, modéstia à parte, acho que meu caso é
de salvação direta.
ENCOURADO
Era o que faltava! E a história que estava
preparada para a mulher do padeiro?
MANUEL
É, João, aquilo foi grave.
JOÃO GRILO
E o senhor vai dar uma satisfação a esse sujeito,
me desgraçando para o resto da vida? Valha-me
Nossa Senhora, mãe de Deus, de Nazaré, já fui
menino, fui homem...
A COMPADECIDA, sorrindo
Só lhe falta ser mulher, João, já sei. Vou ver o
que posso fazer.
(A Manuel.) Lembre-se de que João estava
se preparando para morrer quando o padre o
interrompeu.
ENCOURADO
É, e apesar de todo o aperreio, ele ainda chamou
o padre de cachorro bento.
A COMPADECIDA
João foi um pobre como nós, meu filho. Teve
de suportar as maiores dificuldades, numa terra
seca e pobre como a nossa. Não o condene,
deixe João ir para o purgatório.
[...]
SUASSUNA, Ariano. O Auto da Compadecida. 1ª ed. Agir: Rio de
Janeiro, 2004. p.182-184.
Questão 14
Em “[...] (A Manuel.) Lembre-se de que João
estava se preparando para morrer quando o
padre o interrompeu”, é uma fala direta de
A)	 Manuel.
B)	 Ariano Suassuna.
C)	 A Compadecida.
D)	 João Grilo.
E)	 Encourado.
1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 10 08/06/2020 20:06:48
Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio 11
Leia o texto e responda à questão 15.
Amar você é coisa de minutos…
Paulo Leminski
Amar você é coisa de minutos
A morte é menos que teu beijo
Tão bom ser teu que sou
Eu a teus pés derramado
Pouco resta do que fui
De ti depende ser bom ou ruim
Serei o que achares conveniente
Serei para ti mais que um cão
Uma sombra que te aquece
Um deus que não esquece
Um servo que não diz não
Morto teu pai serei teu irmão
Direi os versos que quiseres
Esquecerei todas as mulheres
Serei tanto e tudo e todos
Vais ter nojo de eu ser isso
E estarei a teu serviço
Enquanto durar meu corpo
Enquanto me correr nas veias
O rio vermelho que se inflama
Ao ver teu rosto feito tocha
Serei teu rei teu pão tua coisa tua rocha
Sim, eu estarei aqui
Disponível em: <http://contobrasileiro.com.br/amar-voce-e-coisa-
de-minutos-poema-de-paulo-leminski/>. Acesso em: 09 mar. 2020.
(adaptado)
Questão 15
O uso do verbo na 2ª pessoa indica o
interlocutor, isto é, a pessoa com quem o eu
lírico fala, para quem o eu lírico se dirige. Essa
marcação é vista no verso:
A)	 Esquecerei todas as mulheres.
B)	 Vais ter nojo de eu ser isso.
C)	 Pouco resta do que fui.
D)	 E estarei a teu serviço.
E)	 Enquanto me correr nas veias.
1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 11 08/06/2020 20:06:48
12 Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio
Leia o texto para responder à questão 16.
Gramática na cabeça
[...]
Só há uma saída para a escola se ela quiser
ser mais bem-sucedida: aceitar a mudança da
língua como um fato. Isso deve significar que a
escola deve aceitar qualquer forma da língua e as
suas atividades escritas? Não deve mais corrigir?
Não! Há outra dimensão a ser considerada: de
fato, no mundo real da escrita, não existe apenas
um português correto, que valeria para todas as
ocasiões: o estilo dos contratos não é o mesmo
do dos manuais de instrução; o dos juízes do
Supremo não é o mesmo do dos cordelistas; o
dos editoriais dos jornais não é o mesmo do dos
cadernos de cultura dos mesmos jornais. Ou do
de seus colunistas.
POSSENTI, S. Gramática na cabeça. Língua Portuguesa, ano 5, n. 67,
maio 2011 (adaptado).
Questão 16
O autor defende a tese de que
A)	 o domínio da língua portuguesa implica em
saber escrever.
B)	 a escola deve ser bem-sucedida se ela
quiser sobreviver.
C)	 os editoriais dos jornais não são os mesmos
que outros cadernos.
D)	 os juízes do Supremo são os únicos que
escrevem certo.
E)	 a existência de um único português correto
é irreal.
1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 12 08/06/2020 20:06:48

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Prova internet-pss-i-2010
Prova internet-pss-i-2010Prova internet-pss-i-2010
Prova internet-pss-i-2010
Lucas Ferreira
 
Segunda aplicação do enem 2009, literatura
Segunda aplicação do enem 2009, literaturaSegunda aplicação do enem 2009, literatura
Segunda aplicação do enem 2009, literatura
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2010, Simulado do objetivo resolvido e comentado
ENEM-2010, Simulado do objetivo resolvido e comentadoENEM-2010, Simulado do objetivo resolvido e comentado
ENEM-2010, Simulado do objetivo resolvido e comentado
ma.no.el.ne.ves
 
UERJ 1º exam. de qualificação ( vest. 2012 )
UERJ 1º exam. de qualificação ( vest. 2012 )UERJ 1º exam. de qualificação ( vest. 2012 )
UERJ 1º exam. de qualificação ( vest. 2012 )
jullyvi
 
Prova 8 Ef Simulado I 2009
Prova 8 Ef Simulado I 2009Prova 8 Ef Simulado I 2009
Prova 8 Ef Simulado I 2009
Pitnews65
 
Exercícios comentados de interpretação textual
Exercícios comentados de interpretação textualExercícios comentados de interpretação textual
Exercícios comentados de interpretação textual
Seduc/AM
 
Linguagens, c¢digos e suas tecnologias
Linguagens, c¢digos e suas tecnologiasLinguagens, c¢digos e suas tecnologias
Linguagens, c¢digos e suas tecnologias
jullyvi
 

Mais procurados (20)

Prova integrado 2012
Prova integrado 2012Prova integrado 2012
Prova integrado 2012
 
Prova internet-pss-i-2010
Prova internet-pss-i-2010Prova internet-pss-i-2010
Prova internet-pss-i-2010
 
Segunda aplicação do enem 2009, literatura
Segunda aplicação do enem 2009, literaturaSegunda aplicação do enem 2009, literatura
Segunda aplicação do enem 2009, literatura
 
linguagens para o enem n 3
   linguagens para o  enem n  3   linguagens para o  enem n  3
linguagens para o enem n 3
 
03i2pdf
03i2pdf03i2pdf
03i2pdf
 
Enem 2012, literatura
Enem 2012, literaturaEnem 2012, literatura
Enem 2012, literatura
 
AULÃO - SEGUNDO ANO
AULÃO - SEGUNDO ANOAULÃO - SEGUNDO ANO
AULÃO - SEGUNDO ANO
 
ENEM-2010, Simulado do objetivo resolvido e comentado
ENEM-2010, Simulado do objetivo resolvido e comentadoENEM-2010, Simulado do objetivo resolvido e comentado
ENEM-2010, Simulado do objetivo resolvido e comentado
 
SEMANA DO FERA 2014 - SEGUNDO ANO
SEMANA DO FERA 2014 - SEGUNDO ANOSEMANA DO FERA 2014 - SEGUNDO ANO
SEMANA DO FERA 2014 - SEGUNDO ANO
 
UERJ 1º exam. de qualificação ( vest. 2012 )
UERJ 1º exam. de qualificação ( vest. 2012 )UERJ 1º exam. de qualificação ( vest. 2012 )
UERJ 1º exam. de qualificação ( vest. 2012 )
 
Prova 8 Ef Simulado I 2009
Prova 8 Ef Simulado I 2009Prova 8 Ef Simulado I 2009
Prova 8 Ef Simulado I 2009
 
Exercícios comentados de interpretação textual
Exercícios comentados de interpretação textualExercícios comentados de interpretação textual
Exercícios comentados de interpretação textual
 
Enem 2014, literatura
Enem 2014, literaturaEnem 2014, literatura
Enem 2014, literatura
 
Revisão para enem 2016
Revisão para enem 2016Revisão para enem 2016
Revisão para enem 2016
 
1º aulão linguagens (julho - finalizado)
1º aulão  linguagens (julho - finalizado)1º aulão  linguagens (julho - finalizado)
1º aulão linguagens (julho - finalizado)
 
Linguagens, c¢digos e suas tecnologias
Linguagens, c¢digos e suas tecnologiasLinguagens, c¢digos e suas tecnologias
Linguagens, c¢digos e suas tecnologias
 
174626
174626174626
174626
 
Interpretação de textos 1ª aula
Interpretação de textos 1ª aulaInterpretação de textos 1ª aula
Interpretação de textos 1ª aula
 
Slides spaece
Slides spaece Slides spaece
Slides spaece
 
Exercício língua portuguesa - 1º ano
Exercício  língua portuguesa - 1º anoExercício  língua portuguesa - 1º ano
Exercício língua portuguesa - 1º ano
 

Semelhante a Aap -lingua_portuguesa_-_1a_serie_do_ensino_medio

Prova: funçoes da linguagem
Prova: funçoes da linguagemProva: funçoes da linguagem
Prova: funçoes da linguagem
Marilza Fuentes
 
Prova: funções da linguagem
Prova: funções da linguagemProva: funções da linguagem
Prova: funções da linguagem
Marilza Fuentes
 
Revisão de língua portuguesa I
Revisão de língua portuguesa IRevisão de língua portuguesa I
Revisão de língua portuguesa I
ProfFernandaBraga
 
Linguagens - Tema 6 - Lista de questões.pdf
Linguagens - Tema 6 - Lista de questões.pdfLinguagens - Tema 6 - Lista de questões.pdf
Linguagens - Tema 6 - Lista de questões.pdf
BrunoCosta364836
 
Variação Linguística - Exercícios.pptx
Variação Linguística - Exercícios.pptxVariação Linguística - Exercícios.pptx
Variação Linguística - Exercícios.pptx
Ione56
 

Semelhante a Aap -lingua_portuguesa_-_1a_serie_do_ensino_medio (20)

Prova: funçoes da linguagem
Prova: funçoes da linguagemProva: funçoes da linguagem
Prova: funçoes da linguagem
 
Prova: funções da linguagem
Prova: funções da linguagemProva: funções da linguagem
Prova: funções da linguagem
 
Empréstimos Linguísticos
Empréstimos LinguísticosEmpréstimos Linguísticos
Empréstimos Linguísticos
 
[2º fase nodernismo] s.a. vidas secas
[2º fase nodernismo] s.a. vidas secas[2º fase nodernismo] s.a. vidas secas
[2º fase nodernismo] s.a. vidas secas
 
01_SAS_ENEM_2021.pdf
01_SAS_ENEM_2021.pdf01_SAS_ENEM_2021.pdf
01_SAS_ENEM_2021.pdf
 
Provão 8° ano 1ºsem2016
Provão 8° ano 1ºsem2016Provão 8° ano 1ºsem2016
Provão 8° ano 1ºsem2016
 
Coerência e coesão
Coerência e coesãoCoerência e coesão
Coerência e coesão
 
Revisão de língua portuguesa I
Revisão de língua portuguesa IRevisão de língua portuguesa I
Revisão de língua portuguesa I
 
3º agro literatura tipo 02 pdf
3º agro   literatura tipo 02 pdf3º agro   literatura tipo 02 pdf
3º agro literatura tipo 02 pdf
 
Simulado 2012 3º_ano_acy_de_barros
Simulado 2012 3º_ano_acy_de_barrosSimulado 2012 3º_ano_acy_de_barros
Simulado 2012 3º_ano_acy_de_barros
 
3º agro literatura tipo 03 pdf
3º agro   literatura tipo 03 pdf3º agro   literatura tipo 03 pdf
3º agro literatura tipo 03 pdf
 
Literatura no enem 2010
Literatura no enem 2010Literatura no enem 2010
Literatura no enem 2010
 
3º agro literatura tipo 01 pdf
3º agro   literatura tipo 01 pdf3º agro   literatura tipo 01 pdf
3º agro literatura tipo 01 pdf
 
Portmat
PortmatPortmat
Portmat
 
Linguagens - Tema 6 - Lista de questões.pdf
Linguagens - Tema 6 - Lista de questões.pdfLinguagens - Tema 6 - Lista de questões.pdf
Linguagens - Tema 6 - Lista de questões.pdf
 
Caderno 7 ano
Caderno 7 anoCaderno 7 ano
Caderno 7 ano
 
Avaliação2 lp 3 nm
Avaliação2 lp  3 nmAvaliação2 lp  3 nm
Avaliação2 lp 3 nm
 
Cge 2052
Cge 2052Cge 2052
Cge 2052
 
1ppportugues1ano (1)
1ppportugues1ano (1)1ppportugues1ano (1)
1ppportugues1ano (1)
 
Variação Linguística - Exercícios.pptx
Variação Linguística - Exercícios.pptxVariação Linguística - Exercícios.pptx
Variação Linguística - Exercícios.pptx
 

Mais de Maristela Couto

O construtivismo na sala de aula
O construtivismo na sala de aulaO construtivismo na sala de aula
O construtivismo na sala de aula
Maristela Couto
 

Mais de Maristela Couto (20)

RELACIONAMENTO INTERPESSOAL DOS GESTORES NA ESCOLA
RELACIONAMENTO INTERPESSOAL DOS GESTORES NA ESCOLARELACIONAMENTO INTERPESSOAL DOS GESTORES NA ESCOLA
RELACIONAMENTO INTERPESSOAL DOS GESTORES NA ESCOLA
 
Aap -matematica_-_2a_serie_do_ensino_medio
Aap  -matematica_-_2a_serie_do_ensino_medioAap  -matematica_-_2a_serie_do_ensino_medio
Aap -matematica_-_2a_serie_do_ensino_medio
 
Aap -matematica_-_1a_serie_do_ensino_medio
Aap  -matematica_-_1a_serie_do_ensino_medioAap  -matematica_-_1a_serie_do_ensino_medio
Aap -matematica_-_1a_serie_do_ensino_medio
 
Aap -matematica_-_8o_ano_do_ensino_fundamental
Aap  -matematica_-_8o_ano_do_ensino_fundamentalAap  -matematica_-_8o_ano_do_ensino_fundamental
Aap -matematica_-_8o_ano_do_ensino_fundamental
 
Aap -matematica_-_3a_serie_do_ensino_medio
Aap  -matematica_-_3a_serie_do_ensino_medioAap  -matematica_-_3a_serie_do_ensino_medio
Aap -matematica_-_3a_serie_do_ensino_medio
 
Aap -matematica_-_6o_ano_do_ensino_fundamental
Aap  -matematica_-_6o_ano_do_ensino_fundamentalAap  -matematica_-_6o_ano_do_ensino_fundamental
Aap -matematica_-_6o_ano_do_ensino_fundamental
 
Aap -matematica_-_9o_ano_do_ensino_fundamental
Aap  -matematica_-_9o_ano_do_ensino_fundamentalAap  -matematica_-_9o_ano_do_ensino_fundamental
Aap -matematica_-_9o_ano_do_ensino_fundamental
 
Aap -matematica_-_7o_ano_do_ensino_fundamental
Aap  -matematica_-_7o_ano_do_ensino_fundamentalAap  -matematica_-_7o_ano_do_ensino_fundamental
Aap -matematica_-_7o_ano_do_ensino_fundamental
 
Aap -lingua_portuguesa_-_2a_serie_do_ensino_medio
Aap  -lingua_portuguesa_-_2a_serie_do_ensino_medioAap  -lingua_portuguesa_-_2a_serie_do_ensino_medio
Aap -lingua_portuguesa_-_2a_serie_do_ensino_medio
 
Aap -lingua_portuguesa_-_3a_serie_do_ensino_medio
Aap  -lingua_portuguesa_-_3a_serie_do_ensino_medioAap  -lingua_portuguesa_-_3a_serie_do_ensino_medio
Aap -lingua_portuguesa_-_3a_serie_do_ensino_medio
 
Aap -lingua_portuguesa_-_6o_ano_do_ensino_fundamental
Aap  -lingua_portuguesa_-_6o_ano_do_ensino_fundamentalAap  -lingua_portuguesa_-_6o_ano_do_ensino_fundamental
Aap -lingua_portuguesa_-_6o_ano_do_ensino_fundamental
 
AAP -lingua_portuguesa_-_9o_ano_do_ensino_fundamental
AAP  -lingua_portuguesa_-_9o_ano_do_ensino_fundamentalAAP  -lingua_portuguesa_-_9o_ano_do_ensino_fundamental
AAP -lingua_portuguesa_-_9o_ano_do_ensino_fundamental
 
AAP -lingua_portuguesa_-_7o_ano_do_ensino_fundamental
AAP -lingua_portuguesa_-_7o_ano_do_ensino_fundamentalAAP -lingua_portuguesa_-_7o_ano_do_ensino_fundamental
AAP -lingua_portuguesa_-_7o_ano_do_ensino_fundamental
 
AAP -lingua_portuguesa_-_8o_ano_do_ensino_fundamental
AAP -lingua_portuguesa_-_8o_ano_do_ensino_fundamentalAAP -lingua_portuguesa_-_8o_ano_do_ensino_fundamental
AAP -lingua_portuguesa_-_8o_ano_do_ensino_fundamental
 
Traços característicos de textos narrativos
Traços característicos de textos narrativosTraços característicos de textos narrativos
Traços característicos de textos narrativos
 
Cargas cognitivas
Cargas cognitivasCargas cognitivas
Cargas cognitivas
 
O construtivismo na sala de aula
O construtivismo na sala de aulaO construtivismo na sala de aula
O construtivismo na sala de aula
 
PLANEJAR E PORTFÓLIOS
PLANEJAR E PORTFÓLIOSPLANEJAR E PORTFÓLIOS
PLANEJAR E PORTFÓLIOS
 
Merenda
MerendaMerenda
Merenda
 
Ensinar Matemática nas séries iniciais
Ensinar Matemática nas séries iniciaisEnsinar Matemática nas séries iniciais
Ensinar Matemática nas séries iniciais
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 

Aap -lingua_portuguesa_-_1a_serie_do_ensino_medio

  • 1. 10 AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Língua Portuguesa 1ª série do Ensino Médio Turma __________________________ 2º Bimestre de 2020 Data _______ / ________ / ________ Escola_______________________________________________________________________ Aluno _______________________________________________________________________ UTILIZE O LEITOR RESPOSTA ABAIXO DESSA LINHA ENQUADRANDO A CÂMERA APENAS NAS BOLINHAS Obs.: Não deve existir nenhum tipo de rasura ou marcação extra próxima ao gabarito. AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Língua Portuguesa 1ª série do Ensino Médio Turma ___________________ 2º Bimestre de 2020 Data ______ /______ /______ Escola ________________________________________________ Aluno ________________________________________________ UTILIZE O LEITOR RESPOSTA ABAIXO DESSA LINHA ENQUADRANDO A CÂMERA APENAS NAS BOLINHAS Obs.: Não deve existir nenhum tipo de rasura ou marcação extra próxima ao gabarito. A B C D E 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 10 1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 1 08/06/2020 20:06:45
  • 2. 2 Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio Leia o texto e responda às questões 1 e 2. Tchau Lygia Bojunga [...] De repente a Mãe ficou de joelhos, agarrou as duas mãos da Rebeca e foi despejando a fala: — Eu me apaixonei por um outro homem, Rebeca. Eu estou sentindo por ele uma coisa que nunca! nunca eu tinha sentido antes. Quando eu conheci o teu pai eu fui gostando cada dia mais um pouco dele, me acostumando, ficando amiga, querendo bem. A gente construiu na calma um amor gostoso e foi feliz uma porção de anos. E mesmo quando eu reclamava que ele gostava mais da música do que de mim, eu era feliz... — O pai adora você! você não pode... —...e mesmo no tempo que o dinheiro era super apertado a gente era feliz... — Ele gosta de você! ele gosta demais de você. —... mas este último ano a gente tá sempre discutindo, a gente briga a toda hora. — Por quê? — Não sei; quer dizer, eu sei; eu sei mais ou menos, essas coisas a gente nunca sabe direito, mas eu sei que eu fui me sentindo sozinha [...]. NUNES, L. B. Tchau. In: Tchau. 3. ed. Rio de Janeiro: Agir, 1987. p. 10 - 21. Questão 01 O uso de reticências durante o diálogo entre a mãe e a filha, permite inferir que as personagens A) interrompem a fala uma da outra. B) brigam porque a mãe ficou de joelho. C) usam pausas reflexivas no diálogo. D) tranquilizam-se durante a conversa. E) conversam coisas sem conexão. Questão 02 No trecho do texto, percebe-se uma A) lembrança do encontro inicial do casal. B) demonstração de diálogo entre as amigas. C) experiência vivida pela filha com um novo namorado. D) discussão sobre o relacionamento de mãe e filha. E) tentativa da filha em reestabelecer o casamento dos pais. 1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 2 08/06/2020 20:06:45
  • 3. Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio 3 Leia o texto e responda às questões 3 e 4. EMBARGOS CULTURAIS Maquiavel, entre a astúcia, a hipocrisia e a crueldade 19 de janeiro de 2020, 8h00 Por Arnaldo Sampaio de Moraes Godoy Nicolau Maquiavel (1469-1527) afastou da teorização política a invenção da realidade. Não expôs nenhuma utopia. Mas também não legou nenhuma premonição de um mundo distópico. O futuro não é sombrio, e nem nirvânico, nem infernal, e também não é um paraíso. É apenas o resultado de nossa ação, pautado por nossos cálculos, e também influenciado por eventos externos, que fogem de nosso controle. A principal preocupação de Maquiavel consistia no esforço em influenciar a condução dos negócios públicos. Era um prático. Não teorizava. Intervinha na realidade. Nasceu em Florença. Seu pai chamava- se Bernardo; sua mãe, Bartolomea. O pai era advogado. Pouco conhecido, teria exercido a profissão sem nenhum brilho. Acrescentava aos poucos ganhos algum recurso que ganhava na administração de seus escassos bens. Parece também que Bernardo foi um rígido pai. Estudou latim, gramática e cálculo. Em 1497, com 28 anos, Maquiavel esteve em Roma. No fim daquele ano, 1498, foi nomeado secretário na Segunda Chancelaria de sua cidade de nascimento. [...] Maquiavel é personagem emblemática do Renascimento, época que se opunha ao misticismo, ao coletivismo, ao antinaturalismo, ao teocentrismo e ao geocentrismo. O Renascimento foi marcado por intensa defesa do racionalismo, do individualismo, do antropocentrismo, do heliocentrismo. O humanismo foi também um dos traços definidores daquele tempo, centrado na retomada dos valores greco-romanos, circunstância muito característica na obra de Maquiavel. O Príncipe, segundo Jacob Burckhardt, um dos maiores historiadores da Renascença, “representa a objetividade renascentista e a ideia de Estado como obra de arte”. O Príncipe não é um trabalho de ideologia e de proselitismo, é um livro de conselhos práticos. E embora nos pareça que Maquiavel tenha rompido com toda a tradição de pensamento político que o precedia, há também fortes motivos para supor que tenha retomado uma linhagem romana. Maquiavel seria o restaurador de uma tradição esquecida. Disponível em: <https://www.conjur.com.br/2020-jan-19/embargos- culturais-maquiavel-entre-astucia-hipocrisia-crueldade>. Acesso em 05 fev.2020. Questão 03 A síntese que apresenta a ideia central desse trecho do texto é a A) apresentação da obra completa “O Príncipe” e a ideologia trazida pelo autor do livro. B) consideração sobre algumas concepções de Maquiavel e do contexto em que ele viveu. C) exposição sobre o Renascimento e o humanismo inserido dentro desse período. D) crítica aos pensamentos de Maquiavel e a política que se praticava no país. E) descrição da vida acadêmica do filósofo e de sua passagem por Roma. Questão 04 De acordo com o texto, a preocupação principal de Maquiavel compreendia A) teorizações da política na invenção da realidade renascentista. B) captações de recurso na administração de seus escassos bens. C) esforços em influenciar a condução dos negócios públicos. D) exposições da negação da utopia numa sociedade oprimida. E) cuidados com um futuro que que se mostrava muito tranquilo. 1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 3 08/06/2020 20:06:45
  • 4. 4 Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio Leia o texto e responda às questões 5, 6 e 7. As Formigas Lygia Fagundes Telles Quando minha prima e eu descemos do táxi já era quase noite. Ficamos imóveis diante do velho sobrado de janelas ovaladas, iguais a dois olhos tristes, um deles vazado por uma pedrada. Descansei a mala no chão e apertei o braço da prima. — É sinistro. Ela me impeliu na direção da porta. Tínhamos outra escolha? Nenhuma pensão nas redondezas oferecia um preço melhor a duas pobres estudantes, com liberdade de usar o fogareiro no quarto, a dona nos avisara por telefone que podíamos fazer refeições ligeiras com a condição de não provocar incêndio. Subimos a escada velhíssima, cheirando a creolina. — Pelo menos não vi sinal de barata — disse minha prima. A dona era uma velha balofa, de peruca mais negra do que a asa da graúna. Vestia um desbotado pijama de seda japonesa e tinha as unhas aduncas recobertas por uma crosta de esmalte vermelho-escuro descascado nas pontas encardidas. Acendeu um charutinho. — É você que estuda medicina? — perguntou soprando a fumaça na minha direção. — Estudo direito. Medicina é ela. Amulhernosexaminoucomindiferença.Devia estar pensando em outra coisa quando soltou uma baforada tão densa que precisei desviar a cara. A saleta era escura, atulhada de móveis velhos, desparelhados. No sofá de palhinha furada no assento, duas almofadas que pareciam ter sido feitas com os restos de um antigo vestido, os bordados salpicados de vidrilho. — Vou mostrar o quarto, fica no sótão — disse ela em meio a um acesso de tosse. Fez um sinal para que a seguíssemos. — O inquilino antes de vocês também estudava medicina, tinha um caixotinho de ossos que esqueceu aqui, estava sempre mexendo neles. Minha prima voltou-se: — Um caixote de ossos? A mulher não respondeu, concentrada no esforço de subir a estreita escada de caracol que ia dar no quarto.Acendeu a luz. O quarto não podia ser menor, com o teto em declive tão acentuado que nesse trecho teríamos que entrar de gatinhas. Duas camas, dois armários e uma cadeira de palhinha pintada de dourado. No ângulo onde o teto quase se encontrava com o assoalho, estava um caixotinho coberto com um pedaço de plástico. Minha prima largou a mala e pondo-se de joelhos puxou o caixotinho pela alça de corda. [...] Disponível em: <https://www.companhiadasletras.com.br/ trechos/12792.pdf>. Acesso em: 10 jan. 2020. (adaptado) Questão 05 No texto, a expressão “soltou uma baforada” pode ser substituída sem prejuízo de sentido por A) soprou a fumaça do charutinho. B) pronunciou algo espalhafatoso. C) soltou um mau cheiro pela boca. D) ateou fogo no charutinho. E) proferiu palavras fortes. Questão 06 O trecho do texto “─ É sinistro.”, indica a fala da A) prima. B) narradora. C) voz do além. D) dona da pensão. E) narradora-personagem. Questão 07 A leitura do trecho desse texto permite deduzir que as meninas estão A) seguras com a mudança. B) felizes com a surpresa do local. C) temerosas com as novidades. D) ansiosas pelas aulas na faculdade. E) tristes por estarem longe da família. 1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 4 08/06/2020 20:06:46
  • 5. Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio 5 Leia o texto e responda à questão 8. Disponível em: <https://vn10.com.br/sim-por-6-4/>. Acesso em: 12 fev. 2020. Questão 8 O humor do texto está baseado no fato de o aluno A) conseguir recarregar a bateria dos aparelhos das pessoas da família. B) abordar a falta de acesso a dispositivos tecnológicos como apavorante. C) descrever que o computador estava sem conexão com a internet. D) descobrir que havia falta de energia elétrica para carregar a bateria. E) escrever a redação sem a situação apavorante, fora do tema proposto. 1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 5 08/06/2020 20:06:46
  • 6. 6 Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio Leia o texto e responda às questões 9 e 10. Uso abusivo das redes de relacionamento pode distanciar pessoas Ildomar Oliveira, 22 anos, não gosta de sair para comemorações e prefere ficar em casa: contato com os amigos deixou de ser diário e, agora, encontram-se pouco durante a semana (foto: Ronaldo de Oliveira/CB/D. A. Press) Usuários cada vez mais dependentes da internet e das mídias sociais, pais que reclamam que os filhos estão alheios ao mundo e a falta do diálogo: medos e preocupações presentes no dia a dia e que têm relação com o uso intenso das redes sociais e dos aparatos tecnológicos. O psicólogo Odair Comin, escritor do livro Mestre das emoções (editora Giz Editorial), não deixa de lado os pontos positivos dessas plataformas, como a facilidade de conhecer pessoas, encontros de antigos amigos e de indivíduos com pensamentos semelhantes, entretanto alerta para fatores como a falsa sensação de ter muitos colegas, o afastamento do mundo real, a perda de identidade e a famosa dependência da conexão virtual. Segundo o psicólogo, o compartilhamento e o convívio virtual são o que mais chamam a atenção dos adeptos. “Lá, o usuário tem voz e pode ser ouvido por milhões, ele existe. É importante se mostrar aos amigos, para o mundo. Tudo isso em larga escala. Tal possibilidade o seduz” explica. Não importam mais gostos ou pensamentos, o importante é a audiência. “Estamos nos tornando um programa televisivo, que se baseia em dados para dirigir a pauta. Isso cria um ser humano carente de aprovação alheia. O impacto disso é uma pessoa com dificuldade em lidar com problemas. No virtual, você pode ser rei, poderoso, fazer e desfazer. No real, é mais complicado”, comenta. [...] Disponível em: <https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ tecnologia/2012/08/28/ interna_tecnologia,319444/uso-abusivo-das- redes-de-relacionamento-pode-distanciar-pessoas.shtml>. Acesso em: 11 fev. 2020. (adaptado) Questão 09 O autor do texto defende a tese de que A) o convívio virtual sem limite gera dificuldades para lidar com o mundo real. B) a dificuldade em lidar com problemas é um impacto causado pela internet. C) os pais reclamam da falta de diálogo e do isolamento dos filhos. D) o ponto positivo da plataforma é marcar encontros com amigos. E) as redes sociais facilitam a interação presencial entre as pessoas. Questão 10 Em “Lá, o usuário tem voz e pode ser ouvido por milhões, ele existe. É importante se mostrar aos amigos, para o mundo. Tudo isso em larga escala. Tal possibilidade o seduz [...]”, o termo em destaque pode ser substituído sem prejuízo de sentido por A) aflige. B) abate. C) afasta. D) atrai. E) abala.   1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 6 08/06/2020 20:06:46
  • 7. Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio 7 Leia o texto e responda à questão 11. O estudo, que analisa a situação das vacinas nos EUA, afirma que ao menos 100 mil crianças foram afetadas Por Ingrid Luisa Publicado em 15 out 2018, 17h04 Em 1904, no Rio de Janeiro, ocorreu um motim popular conhecido como “Revolta da Vacina”. Talvez você se lembre das aulas de história do colégio: a campanha de vacinação obrigatória, posta em prática pelo sanitarista Oswaldo Cruz, causou uma grande desconfiança na população — que já estava insatisfeita com as medidas impopulares (como a demolição de cortiços e favelas) do governo Rodrigues Alves. Nesse contexto, parte da população se negou a tomar as vacinas. A população não entendia o que era vacina, não foi informada e tinha muitos motivos para acreditar que o governo realmente queria lhe fazer mal. A desinformação, no entanto, passou. Hoje é praticamente unânime a noção de que a vacinação erradicou doenças antes fatais, como varíola. Vacinar virou regra. Mas, acontecimentos recentes mostram preocupantes quebras dessa regra. Quem está chamando atenção para o fato é o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA. Segundo ele, o número de crianças que não receberam vacinas para doenças que podem ser evitadas através da vacinação (como caxumba e sarampo, por exemplo) quadruplicou desde 2001, em solo americano. Na prática, isso corresponde a cerca de 100.000 indivíduos. [...] Disponível em: <https://super.abril.com.br/ciencia/o-numero-de-criancas-nao-vacinadas-quadruplicou-desde-2001/>. Acesso em: 27 fev. 2020. (adaptado) Questão 11 O ponto de vista defendido pelo autor do texto é de que A) a insatisfação com as medidas impopulares de 1904 leva à descrença de vacinas. B) o motim popular contra a campanha de vacinação é tema da aula de história. C) as vacinas contra o sarampo infantil quadriplicaram desde o ano de 2001. D) o número de crianças não vacinadas nos últimos anos é preocupante. E) a população não entende que a vacinação evita diversas doenças.   1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 7 08/06/2020 20:06:46
  • 8. 8 Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio Leia o texto e responda à questão 12. Brexit: Reino Unido oficialmente deixou a União Europeia — O que acontece agora? O país oficialmente abandonou sua participação na UE às 23h em Londres (20h em Brasília), que corresponde à meia-noite em Bruxelas, a capital da UE BBC NEWS 31 jan 2020 - 21h21 atualizado em 31 jan 2020 - 21h21 [...] O que vai mudar? No começo, não muita coisa. Um período de transição de 11 meses começou e o Reino Unido vai, em geral, seguir as regras da União Europeia. As grandes mudanças vão começar quando a transição terminar. Mas a UE é, a partir de agora, um clube com 27 membros, e não 28. Em outras palavras, o Reino Unido continua por enquanto sendo um único mercado e mantendo as regras alfandegárias. Isso significa que as regras de comércio e livre circulação de bens e serviços continuam as mesmas durante o período de transição. A liberdade de movimentação para pessoas continua a mesma e a Suprema Corte da União Europeia ainda tem jurisdição sobre o país por enquanto. Mas não vai mais haver representantes britânicos no Parlamento Europeu nem ministros britânicos nas reuniões da UE onde são tomadas as grandes decisões. A partir de agora, o Reino Unido tentará fechar um novo acordo econômico com a União Europeia e com outros países. O presidente americano Donald Trump já acenou para a construção de um acordo de comércio “massivo” com o Reino Unido. Cidadãos britânicos não são mais cidadãos europeus, mas ainda podem viajar livremente pelos países do bloco. O mesmo vale para os europeus no Reino Unido. Mas depois do período de transição, que o Reino Unido diz que terminará em 31 de dezembro de 2020, as regras de imigração vão mudar para os cidadãos do Reino Unido e da UE. Os 3,5 milhões de cidadãos da UE no Reino Unido terão até junho de 2021 para fazer um pedido de residência. Mas se não houver um acordo sobre isso entre o bloco e o Reino Unido, o prazo para ficarem no país é o fim deste ano. Os 1,3 milhões de britânicos na UE terão que fazer um pedido de residência. Depois da transição, o Reino Unido está planejando um sistema de imigração baseado em pontos, que vai afetar todo mundo, quer seja da UE ou não. [...] Disponível em: <https://epocanegocios.globo.com/Mundo/ noticia/2020/01/brexit-reino-unido-oficialmente-deixou-uniao-europeia- o-que-acontece-agora.html>. Acesso em: 11 fev. 2020. (adaptado) Questão 12 Há uma situação incerta que é evidenciada pelo uso do modo verbal em: A) “[...] o Reino Unido tentará fechar um novo acordo econômico com a União Europeia e com outros países.” B) “O presidente americano Donald Trump já acenou para a construção de um acordo de comércio ‘massivo’ [...]”. C) “Em outras palavras, o Reino Unido continua por enquanto sendo um único mercado e mantendo as regras alfandegárias.”. D) “Isso significa que as regras de comércio e livre circulação de bens e serviços continuam as mesmas durante o período de transição.”. E) “A liberdade de movimentação para pessoas continua a mesma e a Suprema Corte da União Europeia ainda tem jurisdição sobre o país por enquanto.”. 1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 8 08/06/2020 20:06:46
  • 9. Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio 9 Leia o texto e responda à questão 13. Disponível em: <http://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/coronavirus/>. Acesso em: 11 mar. 2020. (adaptado) Questão 13 Os principais sintomas da doença são A) similares ao de uma gripe comum com tosse e febre. B) específicos do coronavírus com reações graves. C) transmissíveis por meio de acenos de longe inclusive. D) diferentes de outras doenças com aparências graves. E) idênticos à pneumonia com dificuldades para respirar. 1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 9 08/06/2020 20:06:48
  • 10. 10 Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio Leia o texto e responda à questão 14. O Auto da Compadecida Ariano Suassuna [...] MANUEL E agora, nós, João Grilo. Por que sugeriu o negócio para os outros e ficou de fora? JOÃO GRILO Porque, modéstia à parte, acho que meu caso é de salvação direta. ENCOURADO Era o que faltava! E a história que estava preparada para a mulher do padeiro? MANUEL É, João, aquilo foi grave. JOÃO GRILO E o senhor vai dar uma satisfação a esse sujeito, me desgraçando para o resto da vida? Valha-me Nossa Senhora, mãe de Deus, de Nazaré, já fui menino, fui homem... A COMPADECIDA, sorrindo Só lhe falta ser mulher, João, já sei. Vou ver o que posso fazer. (A Manuel.) Lembre-se de que João estava se preparando para morrer quando o padre o interrompeu. ENCOURADO É, e apesar de todo o aperreio, ele ainda chamou o padre de cachorro bento. A COMPADECIDA João foi um pobre como nós, meu filho. Teve de suportar as maiores dificuldades, numa terra seca e pobre como a nossa. Não o condene, deixe João ir para o purgatório. [...] SUASSUNA, Ariano. O Auto da Compadecida. 1ª ed. Agir: Rio de Janeiro, 2004. p.182-184. Questão 14 Em “[...] (A Manuel.) Lembre-se de que João estava se preparando para morrer quando o padre o interrompeu”, é uma fala direta de A) Manuel. B) Ariano Suassuna. C) A Compadecida. D) João Grilo. E) Encourado. 1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 10 08/06/2020 20:06:48
  • 11. Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio 11 Leia o texto e responda à questão 15. Amar você é coisa de minutos… Paulo Leminski Amar você é coisa de minutos A morte é menos que teu beijo Tão bom ser teu que sou Eu a teus pés derramado Pouco resta do que fui De ti depende ser bom ou ruim Serei o que achares conveniente Serei para ti mais que um cão Uma sombra que te aquece Um deus que não esquece Um servo que não diz não Morto teu pai serei teu irmão Direi os versos que quiseres Esquecerei todas as mulheres Serei tanto e tudo e todos Vais ter nojo de eu ser isso E estarei a teu serviço Enquanto durar meu corpo Enquanto me correr nas veias O rio vermelho que se inflama Ao ver teu rosto feito tocha Serei teu rei teu pão tua coisa tua rocha Sim, eu estarei aqui Disponível em: <http://contobrasileiro.com.br/amar-voce-e-coisa- de-minutos-poema-de-paulo-leminski/>. Acesso em: 09 mar. 2020. (adaptado) Questão 15 O uso do verbo na 2ª pessoa indica o interlocutor, isto é, a pessoa com quem o eu lírico fala, para quem o eu lírico se dirige. Essa marcação é vista no verso: A) Esquecerei todas as mulheres. B) Vais ter nojo de eu ser isso. C) Pouco resta do que fui. D) E estarei a teu serviço. E) Enquanto me correr nas veias. 1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 11 08/06/2020 20:06:48
  • 12. 12 Avaliação da Aprendizagem em Processo - 2º Bimestre de 2020  Prova do Aluno - 1ª série do Ensino Médio Leia o texto para responder à questão 16. Gramática na cabeça [...] Só há uma saída para a escola se ela quiser ser mais bem-sucedida: aceitar a mudança da língua como um fato. Isso deve significar que a escola deve aceitar qualquer forma da língua e as suas atividades escritas? Não deve mais corrigir? Não! Há outra dimensão a ser considerada: de fato, no mundo real da escrita, não existe apenas um português correto, que valeria para todas as ocasiões: o estilo dos contratos não é o mesmo do dos manuais de instrução; o dos juízes do Supremo não é o mesmo do dos cordelistas; o dos editoriais dos jornais não é o mesmo do dos cadernos de cultura dos mesmos jornais. Ou do de seus colunistas. POSSENTI, S. Gramática na cabeça. Língua Portuguesa, ano 5, n. 67, maio 2011 (adaptado). Questão 16 O autor defende a tese de que A) o domínio da língua portuguesa implica em saber escrever. B) a escola deve ser bem-sucedida se ela quiser sobreviver. C) os editoriais dos jornais não são os mesmos que outros cadernos. D) os juízes do Supremo são os únicos que escrevem certo. E) a existência de um único português correto é irreal. 1EM_27ED_LP_REVISAO_3.indd 12 08/06/2020 20:06:48