SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Guia para apresentação de tese usando powerpoint Uma proposta de organização
Título da tese Subtítulo se houver
Objetivos e Hipóteses Objetivos do estudo Descrição das hipóteses Você começa a apresentação destacando os objetivos e hipóteses  e delimitando o recorte da pesquisa.
Enquadramento teórico Descrição do problema Implicações teóricas do estudo O estado da arte Correspondem ao enquadramento teórico de trabalho, servindo de suporte a uma apresentação genérica da problemática em questão. Detalhe sua apresentação de forma clara e não se fixe em um ponto apenas.
Metodologia Técnica de estatística utilizada Decisão de escolha da amostra Construção dos instrumentos(questionários, outros) Apresentar a(s) técnica(s) utilizada(s) devendo oralmente e de forma breve ser exposta sua característica, sua vantagem em relação a outras, os seus pressupostos e suas limitações.
Metodologia Procedimentos de recolha de dados Procedimentos de análise de dados Segue-se apresentando a construção do instrumento de recolha de dados(questionário, outros), uma breve exposição sobre a seleção da amostra, os procedimentos de administração dos dados e de análise.
Resultados Caracterização da amostra Gráficos Devem sintetizar as conclusões da pesquisa. As conclusões devem ser claras sem qualquer tipo de ambigüidade. No final, apresentar as limitações do estudo, de problemas na amostra e na construção do instrumento.
Resultados Resultados dos testes estatísticos Tabelas Verificação de hipóteses Apresentar os resultados de forma detalhada, expondo as limitações da técnica utilizada e recomendações para linhas futuras de investigação.
Conclusões Relacionar os resultados com os objetivos Justificar os resultados obtidos Para finalizar, fazer a triangulação entre marco teórico, objetivos e resultados. Explicar de objetivamente os resultados alcançados com a pesquisa.
Recomendações Evitar registrar pormenores nos slides. Contemple isso na exposição oral. Quem estiver interessado em pormenor pode ler o texto da tese. Evitar divagar sobre determinados temas ou questões, porque mesmo sendo interessantes, podem ser enfatizados de forma diferenciada em relação as demais. Isso se faz se a questão for oriunda do júri.
Recomendações(2) Preparar todo o conteúdo que vai ser proferido oralmente e fazer a administração do tempo. Teste o tempo disponível muitas vezes antes da data da defesa. O número de slides é elaborado de acordo com o tempo destinado a apresentação. A apresentação deve encaminhar o júri para as hipóteses e, depois, para as conclusões, com pormenores suficientes para conferir o rigor da metodologia utilizada.
Fonte Poupa & Pereira (2004) Como apresentar em Publico teses, Relatórios, Comunicações, Usando Powerpoint. Edições Sílabo, Lda: Lisboa.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Defesa de mestrado Valeria de Oliveira 9.8.13
Defesa de mestrado   Valeria de Oliveira 9.8.13Defesa de mestrado   Valeria de Oliveira 9.8.13
Defesa de mestrado Valeria de Oliveira 9.8.13Valeria de Oliveira
 
Metodologias de investigação
Metodologias de investigaçãoMetodologias de investigação
Metodologias de investigaçãoLuis Pedro
 
Slide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisaSlide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisarivanialeao
 
Apresentação da defesa do Projeto de Tese de Doutoramento
Apresentação da defesa do Projeto de Tese de DoutoramentoApresentação da defesa do Projeto de Tese de Doutoramento
Apresentação da defesa do Projeto de Tese de DoutoramentoSofia Batista
 
Resenha crítica modelo
Resenha crítica   modeloResenha crítica   modelo
Resenha crítica modelotaise_paz
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científicaLudmila Moura
 
Apresentação metodologia qualitativa
Apresentação metodologia qualitativaApresentação metodologia qualitativa
Apresentação metodologia qualitativaFernando Dantas
 
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De PesquisaComo Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisamauricio aquino
 
OS CRITÉRIOS DE UMA BOA PERGUNTA DE PARTIDA”
OS CRITÉRIOS DE UMA BOA PERGUNTA DE PARTIDA”OS CRITÉRIOS DE UMA BOA PERGUNTA DE PARTIDA”
OS CRITÉRIOS DE UMA BOA PERGUNTA DE PARTIDA”Bárbara Morim
 
Exemplos de Cronogramas de Pesquisa
Exemplos de Cronogramas de PesquisaExemplos de Cronogramas de Pesquisa
Exemplos de Cronogramas de Pesquisarichard_romancini
 
Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)
Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)
Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)Susana Lemos
 
17 hipóteses e variáveis
17 hipóteses e variáveis17 hipóteses e variáveis
17 hipóteses e variáveisJoao Balbi
 
Aula - Metodologia, Método e Técnicas (conceitos básicos)
Aula - Metodologia, Método e Técnicas (conceitos básicos)Aula - Metodologia, Método e Técnicas (conceitos básicos)
Aula - Metodologia, Método e Técnicas (conceitos básicos)Cleide Magáli dos Santos
 
Apresentação dos slides de dissertação de mestrado
Apresentação dos slides de dissertação de mestradoApresentação dos slides de dissertação de mestrado
Apresentação dos slides de dissertação de mestradoMarco Aurélio Tomaz Jr
 
Ii. O Processo De InvestigaçãO
Ii. O Processo De InvestigaçãOIi. O Processo De InvestigaçãO
Ii. O Processo De InvestigaçãOguest5b37db
 
Planos de sessão
Planos de sessãoPlanos de sessão
Planos de sessãoAna Narciso
 

Mais procurados (20)

Dissertação do Mestrado
Dissertação do MestradoDissertação do Mestrado
Dissertação do Mestrado
 
Defesa de mestrado Valeria de Oliveira 9.8.13
Defesa de mestrado   Valeria de Oliveira 9.8.13Defesa de mestrado   Valeria de Oliveira 9.8.13
Defesa de mestrado Valeria de Oliveira 9.8.13
 
Metodologias de investigação
Metodologias de investigaçãoMetodologias de investigação
Metodologias de investigação
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativa
 
Slide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisaSlide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisa
 
Apresentação da defesa do Projeto de Tese de Doutoramento
Apresentação da defesa do Projeto de Tese de DoutoramentoApresentação da defesa do Projeto de Tese de Doutoramento
Apresentação da defesa do Projeto de Tese de Doutoramento
 
Resenha crítica modelo
Resenha crítica   modeloResenha crítica   modelo
Resenha crítica modelo
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científica
 
Metodologias de Investigação
Metodologias de InvestigaçãoMetodologias de Investigação
Metodologias de Investigação
 
Apresentação metodologia qualitativa
Apresentação metodologia qualitativaApresentação metodologia qualitativa
Apresentação metodologia qualitativa
 
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De PesquisaComo Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
 
OS CRITÉRIOS DE UMA BOA PERGUNTA DE PARTIDA”
OS CRITÉRIOS DE UMA BOA PERGUNTA DE PARTIDA”OS CRITÉRIOS DE UMA BOA PERGUNTA DE PARTIDA”
OS CRITÉRIOS DE UMA BOA PERGUNTA DE PARTIDA”
 
Exemplos de Cronogramas de Pesquisa
Exemplos de Cronogramas de PesquisaExemplos de Cronogramas de Pesquisa
Exemplos de Cronogramas de Pesquisa
 
Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)
Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)
Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)
 
17 hipóteses e variáveis
17 hipóteses e variáveis17 hipóteses e variáveis
17 hipóteses e variáveis
 
Aula - Metodologia, Método e Técnicas (conceitos básicos)
Aula - Metodologia, Método e Técnicas (conceitos básicos)Aula - Metodologia, Método e Técnicas (conceitos básicos)
Aula - Metodologia, Método e Técnicas (conceitos básicos)
 
Apresentação dos slides de dissertação de mestrado
Apresentação dos slides de dissertação de mestradoApresentação dos slides de dissertação de mestrado
Apresentação dos slides de dissertação de mestrado
 
Ii. O Processo De InvestigaçãO
Ii. O Processo De InvestigaçãOIi. O Processo De InvestigaçãO
Ii. O Processo De InvestigaçãO
 
Apresentando TCC
Apresentando TCCApresentando TCC
Apresentando TCC
 
Planos de sessão
Planos de sessãoPlanos de sessão
Planos de sessão
 

Semelhante a Guia para apresentação de uma Tese

Guia para apresentao de tese
Guia para apresentao de teseGuia para apresentao de tese
Guia para apresentao de teseJacinto Pinto
 
Como elaborar um relatório
Como elaborar um relatórioComo elaborar um relatório
Como elaborar um relatórioTiago Oliveira
 
Comunicacao científica
Comunicacao científicaComunicacao científica
Comunicacao científicaRenato Vicente
 
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogiaMetodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogiaGeisa Pereira
 
Modelo formatacao mestrado
Modelo formatacao mestradoModelo formatacao mestrado
Modelo formatacao mestradoCarla Pimenta
 
ComoElaborarUmRelatorio.pdf
ComoElaborarUmRelatorio.pdfComoElaborarUmRelatorio.pdf
ComoElaborarUmRelatorio.pdfIrene Semanas
 
Slide TCC-Direito exemplo atual.pptx
Slide TCC-Direito exemplo atual.pptxSlide TCC-Direito exemplo atual.pptx
Slide TCC-Direito exemplo atual.pptxDnisMateus
 
Modelo de Apresjjjj hhgy yyy e Defesa TCC.ppt
Modelo de Apresjjjj hhgy yyy e Defesa TCC.pptModelo de Apresjjjj hhgy yyy e Defesa TCC.ppt
Modelo de Apresjjjj hhgy yyy e Defesa TCC.pptcontatoxeverton
 
Modelo de Apresesentação e Defesa do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Modelo de Apresesentação e Defesa do Trabalho de Conclusão de Curso - TCCModelo de Apresesentação e Defesa do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Modelo de Apresesentação e Defesa do Trabalho de Conclusão de Curso - TCCICARORIBEIROCAZUMBAS
 
dicas_apresentacao_tcc.pdf
dicas_apresentacao_tcc.pdfdicas_apresentacao_tcc.pdf
dicas_apresentacao_tcc.pdfalbertorauljose2
 
Trabalhos acadêmicos, o que são? como faze-los?
Trabalhos acadêmicos, o que são? como faze-los?Trabalhos acadêmicos, o que são? como faze-los?
Trabalhos acadêmicos, o que são? como faze-los?Cursos Profissionalizantes
 
Normas para Organização do TCC - CPS
Normas para Organização do TCC - CPSNormas para Organização do TCC - CPS
Normas para Organização do TCC - CPSMarcio Duarte
 

Semelhante a Guia para apresentação de uma Tese (20)

Guia para apresentao de tese
Guia para apresentao de teseGuia para apresentao de tese
Guia para apresentao de tese
 
Como elaborar um relatório
Como elaborar um relatórioComo elaborar um relatório
Como elaborar um relatório
 
Comunicacao científica
Comunicacao científicaComunicacao científica
Comunicacao científica
 
Pre projeto 2010
Pre projeto 2010Pre projeto 2010
Pre projeto 2010
 
Modelo projeto
Modelo projetoModelo projeto
Modelo projeto
 
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogiaMetodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
 
Modelo formatacao mestrado
Modelo formatacao mestradoModelo formatacao mestrado
Modelo formatacao mestrado
 
ComoElaborarUmRelatorio.pdf
ComoElaborarUmRelatorio.pdfComoElaborarUmRelatorio.pdf
ComoElaborarUmRelatorio.pdf
 
Slide TCC-Direito exemplo atual.pptx
Slide TCC-Direito exemplo atual.pptxSlide TCC-Direito exemplo atual.pptx
Slide TCC-Direito exemplo atual.pptx
 
Monografia_ESTRUTURA
Monografia_ESTRUTURAMonografia_ESTRUTURA
Monografia_ESTRUTURA
 
Modelo de Apresjjjj hhgy yyy e Defesa TCC.ppt
Modelo de Apresjjjj hhgy yyy e Defesa TCC.pptModelo de Apresjjjj hhgy yyy e Defesa TCC.ppt
Modelo de Apresjjjj hhgy yyy e Defesa TCC.ppt
 
Modelo de Apresesentação e Defesa do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Modelo de Apresesentação e Defesa do Trabalho de Conclusão de Curso - TCCModelo de Apresesentação e Defesa do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Modelo de Apresesentação e Defesa do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
 
dicas_apresentacao_tcc.pdf
dicas_apresentacao_tcc.pdfdicas_apresentacao_tcc.pdf
dicas_apresentacao_tcc.pdf
 
Dicas apresentacao tcc
Dicas apresentacao tccDicas apresentacao tcc
Dicas apresentacao tcc
 
Trabalhos acadêmicos, o que são? como faze-los?
Trabalhos acadêmicos, o que são? como faze-los?Trabalhos acadêmicos, o que são? como faze-los?
Trabalhos acadêmicos, o que são? como faze-los?
 
Normas para Organização do TCC - CPS
Normas para Organização do TCC - CPSNormas para Organização do TCC - CPS
Normas para Organização do TCC - CPS
 
Roteiro para elaboracao tcc
Roteiro para elaboracao tccRoteiro para elaboracao tcc
Roteiro para elaboracao tcc
 
Metodologia Científica - Aula 1
Metodologia Científica - Aula 1Metodologia Científica - Aula 1
Metodologia Científica - Aula 1
 
Aula02
Aula02Aula02
Aula02
 
Projeto de pesquisa_-_orientacoes_ifrn
Projeto de pesquisa_-_orientacoes_ifrnProjeto de pesquisa_-_orientacoes_ifrn
Projeto de pesquisa_-_orientacoes_ifrn
 

Mais de Márcia Castilho de Sales

Diretrizes nacionais da educação para o trânsito na pré-escola
Diretrizes nacionais da educação para o trânsito na pré-escolaDiretrizes nacionais da educação para o trânsito na pré-escola
Diretrizes nacionais da educação para o trânsito na pré-escolaMárcia Castilho de Sales
 
Caderno de Perguntas e Respostas – 4º CICLO
Caderno de Perguntas e Respostas – 4º CICLOCaderno de Perguntas e Respostas – 4º CICLO
Caderno de Perguntas e Respostas – 4º CICLOMárcia Castilho de Sales
 
Estratégias Didático-pedagógicas e Avaliação nos ciclos
Estratégias Didático-pedagógicas e Avaliação nos ciclosEstratégias Didático-pedagógicas e Avaliação nos ciclos
Estratégias Didático-pedagógicas e Avaliação nos ciclosMárcia Castilho de Sales
 
Encontro presencial – treinamento e instrutoria
Encontro presencial – treinamento e instrutoriaEncontro presencial – treinamento e instrutoria
Encontro presencial – treinamento e instrutoriaMárcia Castilho de Sales
 

Mais de Márcia Castilho de Sales (20)

ABED
ABEDABED
ABED
 
Teste
TesteTeste
Teste
 
Iii encontro presencial
Iii encontro presencialIii encontro presencial
Iii encontro presencial
 
Diretrizes nacionais da educação para o trânsito na pré-escola
Diretrizes nacionais da educação para o trânsito na pré-escolaDiretrizes nacionais da educação para o trânsito na pré-escola
Diretrizes nacionais da educação para o trânsito na pré-escola
 
Guia de navegação
Guia de navegaçãoGuia de navegação
Guia de navegação
 
Guia de Navegação no AVA
Guia de Navegação no AVAGuia de Navegação no AVA
Guia de Navegação no AVA
 
Caderno de Perguntas e Respostas – 4º CICLO
Caderno de Perguntas e Respostas – 4º CICLOCaderno de Perguntas e Respostas – 4º CICLO
Caderno de Perguntas e Respostas – 4º CICLO
 
Estratégias Didático-pedagógicas e Avaliação nos ciclos
Estratégias Didático-pedagógicas e Avaliação nos ciclosEstratégias Didático-pedagógicas e Avaliação nos ciclos
Estratégias Didático-pedagógicas e Avaliação nos ciclos
 
Caderno 8 do Currículo em Movimento - EJA
Caderno 8 do Currículo em Movimento - EJACaderno 8 do Currículo em Movimento - EJA
Caderno 8 do Currículo em Movimento - EJA
 
CURRÍCULO EM MOVIMENTO - Ensino Médio
CURRÍCULO EM MOVIMENTO - Ensino MédioCURRÍCULO EM MOVIMENTO - Ensino Médio
CURRÍCULO EM MOVIMENTO - Ensino Médio
 
Desafios da avaliação nos ciclos
Desafios da avaliação nos ciclos Desafios da avaliação nos ciclos
Desafios da avaliação nos ciclos
 
Ciclos progressivos de aprendizagens
Ciclos progressivos de aprendizagensCiclos progressivos de aprendizagens
Ciclos progressivos de aprendizagens
 
Construindo o material do PROEJA na ETC
Construindo o material do PROEJA na ETCConstruindo o material do PROEJA na ETC
Construindo o material do PROEJA na ETC
 
Encontro presencial – treinamento e instrutoria
Encontro presencial – treinamento e instrutoriaEncontro presencial – treinamento e instrutoria
Encontro presencial – treinamento e instrutoria
 
Historia confintea port
Historia confintea portHistoria confintea port
Historia confintea port
 
Preparatorio da confitea
Preparatorio da confiteaPreparatorio da confitea
Preparatorio da confitea
 
Impactos confiteas
Impactos confiteasImpactos confiteas
Impactos confiteas
 
Guia do Aluno
Guia do AlunoGuia do Aluno
Guia do Aluno
 
Guia do Aluno
Guia do AlunoGuia do Aluno
Guia do Aluno
 
Percival snf
Percival snfPercival snf
Percival snf
 

Último

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdflbgsouza
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarDouglasVasconcelosMa
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.FLAVIA LEZAN
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdflbgsouza
 

Último (20)

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 

Guia para apresentação de uma Tese

  • 1. Guia para apresentação de tese usando powerpoint Uma proposta de organização
  • 2. Título da tese Subtítulo se houver
  • 3. Objetivos e Hipóteses Objetivos do estudo Descrição das hipóteses Você começa a apresentação destacando os objetivos e hipóteses e delimitando o recorte da pesquisa.
  • 4. Enquadramento teórico Descrição do problema Implicações teóricas do estudo O estado da arte Correspondem ao enquadramento teórico de trabalho, servindo de suporte a uma apresentação genérica da problemática em questão. Detalhe sua apresentação de forma clara e não se fixe em um ponto apenas.
  • 5. Metodologia Técnica de estatística utilizada Decisão de escolha da amostra Construção dos instrumentos(questionários, outros) Apresentar a(s) técnica(s) utilizada(s) devendo oralmente e de forma breve ser exposta sua característica, sua vantagem em relação a outras, os seus pressupostos e suas limitações.
  • 6. Metodologia Procedimentos de recolha de dados Procedimentos de análise de dados Segue-se apresentando a construção do instrumento de recolha de dados(questionário, outros), uma breve exposição sobre a seleção da amostra, os procedimentos de administração dos dados e de análise.
  • 7. Resultados Caracterização da amostra Gráficos Devem sintetizar as conclusões da pesquisa. As conclusões devem ser claras sem qualquer tipo de ambigüidade. No final, apresentar as limitações do estudo, de problemas na amostra e na construção do instrumento.
  • 8. Resultados Resultados dos testes estatísticos Tabelas Verificação de hipóteses Apresentar os resultados de forma detalhada, expondo as limitações da técnica utilizada e recomendações para linhas futuras de investigação.
  • 9. Conclusões Relacionar os resultados com os objetivos Justificar os resultados obtidos Para finalizar, fazer a triangulação entre marco teórico, objetivos e resultados. Explicar de objetivamente os resultados alcançados com a pesquisa.
  • 10. Recomendações Evitar registrar pormenores nos slides. Contemple isso na exposição oral. Quem estiver interessado em pormenor pode ler o texto da tese. Evitar divagar sobre determinados temas ou questões, porque mesmo sendo interessantes, podem ser enfatizados de forma diferenciada em relação as demais. Isso se faz se a questão for oriunda do júri.
  • 11. Recomendações(2) Preparar todo o conteúdo que vai ser proferido oralmente e fazer a administração do tempo. Teste o tempo disponível muitas vezes antes da data da defesa. O número de slides é elaborado de acordo com o tempo destinado a apresentação. A apresentação deve encaminhar o júri para as hipóteses e, depois, para as conclusões, com pormenores suficientes para conferir o rigor da metodologia utilizada.
  • 12. Fonte Poupa & Pereira (2004) Como apresentar em Publico teses, Relatórios, Comunicações, Usando Powerpoint. Edições Sílabo, Lda: Lisboa.