Apresentação TCC Fernando Espírito Santo - UFSC

46.561 visualizações

Publicada em

Apresentação TCC Fernando Espírito Santo - UFSC

Publicada em: Educação
3 comentários
13 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
46.561
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
83
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
974
Comentários
3
Gostaram
13
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação TCC Fernando Espírito Santo - UFSC

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PROCESSO DE LEVANTAMENTO E MELHORIAS ERGONÔMICAS EM UMA INDÚSTRIA METALÚRGICA: UM ESTUDO DE CASO Fernando Espírito Santo Silva Abril - 2010
  2. 2. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA PROCESSO DE LEVANTAMENTO E MELHORIAS ERGONÔMICAS EM UMA INDÚSTRIA METALÚRGICA: UM ESTUDO DE CASO Trabalho de conclusão de curso apresentado ao programa de pós-graduação em Engenharia de Produção com ênfase em ergonomia da Universidade Federal de Santa Catarina como requisito parcial para obtenção do grau de Especialista em Engenharia de Produção, com ênfase em ergonomia. Orientador: José Roberto Mateus Júnior 2
  3. 3. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA No presente trabalho são apresentadas algumas propostas para melhoria do posto de trabalho de soldador em uma empresa metalúrgica através de um levantamento ergonômico. Em um primeiro momento f oram identificadas as possíveis causas de lesão ocular em colaboradores do setor de solda através de fotografias e levantamentos de dados no SESMT da empresa. Posteriormente foram apresentadas e implantadas as possíveis soluções para os problemas diagnosticados no levantamento ergonômico. O resultado alcançado foi a diminuição dos atendimentos em funcionários do setor de solda com irritações e/ou lesões oculares - corpo estranho e queimaduras por radiação. Resumo Palavras Chave: Levantamento Ergonômico, Ergonomia, Anatomia Ocular, Lesões Oculares. 3
  4. 4. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Poblematização A demanda partiu do Serviço de Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), através de uma solicitação feita pelo Técnico em Segurança do Trabalho a respeito da segurança dos trabalhadores na função de soldador. Existe no serviço médico da empresa um considerável número de atendimentos em funcionários do setor de solda com irritações e/ou lesões oculares - corpo estranho e queimaduras por radiação. 4
  5. 5. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Objetivo O presente trabalho visa diminuir, com melhorias ergonômicas no posto de serviço, o número de atendimentos por irritações e/ou lesões oculares - corpo estranho e queimaduras por radiação, em funcionários do setor de solda . Justificativa Através deste trabalho poderá identificar quais a possíveis causas dos consideráveis índices de acidentes na função de soldador e determinar quais possíveis soluções para o mesmo, o que irá melhorar as condições ergonômicas da empresa, a qualidade de vida dos colaboradores e diminuir os custos com afastamento de colaboradores. 5
  6. 6. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Metodologia Serão coletados dados junto ao Serviço de Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) comparando-se os atendimentos pré e pós- melhorias ergonômicas. Registros fotográficos também serão feitos no mesmo período. 6
  7. 7. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Definições sobre o tema de pesquisa De acordo com a Ergonomics Society, a primeira associação de ergonomia, fundada na Inglaterra, diz que: “Ergonomia é o estudo do relacionamento entre o homem e seu trabalho, equipamento, ambiente e particularmente, a aplicação dos conhecimentos de anatomia, fisiologia e psicologia na solução dos problemas que surgem desse relacionamento.” 7 ERGONOMIA
  8. 8. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Anatomia Ocular <ul><li>Cada olho é constituído por 3 túnicas (camadas) </li></ul><ul><li>Externa: Protetora. São a córnea e a esclera. </li></ul><ul><li>Média: Vascular. Compreende a íris, a coróide e o corpo ciliar. </li></ul><ul><li>Interna: Nervosa. É a retina. </li></ul>8
  9. 9. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA <ul><ul><li>Como é o Processo na Empresa-alvo </li></ul></ul>CARGO Soldador. Realizar operações de solda dos equipamentos, a fim de garantir o prazo e a qualidade final do produto. FUNÇÃO 44 horas semanais. Segunda a Quinta-Feira de 07:00 às 17:00h e Sexta-Feira: 07:00 as 16:00h. CARGA HORARIA HORÁRIO DE TRABALHO HORÁRIO DE ALMOÇO Segunda-Feira a Sexta-Feira: 11:00 as 12:00h 9
  10. 10. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Descrição da Atividade - SOLDADOR <ul><li>Operar equipamentos de solda, realizando soldagens com eletrodo revestido, MIG-MAG, tubular e TIG, nas posições plana, vertical, horizontal, etc. </li></ul><ul><li>Verificar a qualidade das soldagens, observando visualmente o resultado da operação. </li></ul><ul><li>Verificar a implementação de soluções. </li></ul><ul><li>Iniciar ação para prevenir ocorrência de quaisquer não conformidades. </li></ul><ul><li>Iniciar, recomendar ou providenciar soluções. </li></ul><ul><li>Cumprir com a política de qualidade da empresa . </li></ul>10
  11. 11. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Metodologia Visão Conceitual da Proposta Foi proposto realizar um levantamento ergonômico para identificar as possíveis causas de lesão ocular em colaboradores do setor de solda. Descrição do Modelo Proposto A Análise Ergonômica do Trabalho é um estudo realizado no ambiente de trabalho visando encontrar situações que possam dar origem as LER / DORT´s (originando prejuízos a todos os envolvidos no processo trabalho), decorrentes das cargas físicas do trabalho, que tem como origem: repetitividade, postura inadequada, força excessiva e os fatores ambientais que envolvem dispêndio energético . 11
  12. 12. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Índice de Atendimentos Pré Modificações 12
  13. 13. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Estudo de Caso Aplicação do Modelo Proposto Após o levantamento ergonômico, foram realizadas algumas medidas, como pintura das paredes da fábrica para deixar o ambiente mais claro; os funcionários receberam novamente treinamentos e palestras de uso de EPI´s; mudança física do posto de trabalho, proporcinando uma postura adequada para solda; organização da fábrica, com criação de corredores de trânsito de pessoas e utilização de placas de atenção; instalação de novas placas padronizadas de isolamento de solda. 13
  14. 14. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Índice de Atendimentos Pós Modificações 14
  15. 15. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Registro Fotográfico Pré Modificações Iluminação Inadequada 15
  16. 16. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Postura Inadequada Registro Fotográfico Pré Modificações 16
  17. 17. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Uso incorreto dos EPI´s. Registro Fotográfico Pré Modificações 17
  18. 18. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Organização Registro Fotográfico Pré Modificações 18
  19. 19. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Placas de Isolamento de Solda Registro Fotográfico Pré Modificações 19
  20. 20. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Registro Fotográfico Pós Modificações Iluminação Adequada 20
  21. 21. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Postura Correta Registro Fotográfico Pós Modificações 21
  22. 22. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Registro Fotográfico Pós Modificações Uso Correto dos EPI´s 22
  23. 23. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Registro Fotográfico Pós Modificações Organização 23
  24. 24. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Placas de Isolamento de Solda Registro Fotográfico Pós Modificações 24
  25. 25. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Placas de Isolamento de Solda Registro Fotográfico Pós Modificações 25
  26. 26. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Conclusões Com a implantação das melhorias identificadas através do levantamento ergonômico, houve uma redução significativa nos atendimentos em funcionários do setor de solda com irritações e/ou lesões oculares - corpo estranho e queimaduras por radiação , de acordo com os levantamentos realizados junto ao SESMT. Deve-se acompanhar a evolução das melhorias e aplicar continuamente políticas de qualidade, minimizando os atendimentos em todos os setores da empresa. 26
  27. 27. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA Referências Bibliográficas 1. IIDA, Itiro. Ergonomia: Projeto e Produção. São Paulo: Edgard Blücher, 2005. 2. COUTO, Hudson de Araújo. Ergonomia aplicada ao trabalho em 18 lições. Belo Horizonte: Ergo, 2002. 3. MORAES, A.M. & MONT’ALVÃO, C. Ergonomia. Conceitos e aplicações, 1998. 4. NETTER, F. H. Atlas de anatomia humana, 3ª Ed, Porto Alegre: Artmed, 2003. 5. GUYTON, A. Tratado de Fisiologia Médica. 10ª Ed, Rio de Janeiro: Guanabara Ed, São Paulo: Atheneu,2006. Koogan, 2002. 6. DANGELO, J. G.; FATTINI, C. A. Anatomia humana sistêmica e segmentar. 2° 7. http://www.abergo.org.br. 8. http://www.pompeia.org.br/bancodeolhos/anatomia.htm . 27
  28. 28. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÊNFASE EM ERGONOMIA

×