Incertezas geométricas, margens e igrt (com enfoque em Técnicos)

311 visualizações

Publicada em

Incertezas geométricas, margens e igrt (com enfoque em Técnicos)

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
311
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Incertezas geométricas, margens e igrt (com enfoque em Técnicos)

  1. 1. Incertezas geométricas em RadioterapiaFísico Lucas Augusto Radicchi ABFM RT-364 CNEN FT-0317/RA-0081
  2. 2. RADIOTERAPIA RADIAÇÃO “NÃO PODE SER SENTIDA, NÃO CHEIRA, NÃO TEM GOSTO - PRECISA SER DEPOSITADA NO PACIENTE COM PRECISÃO DE ALGUNS “mm” E POUCOS “%” (David Jafray) DOSE ENERGIA MÉDIA DEPOSITADA NO MATERIAL POR UNIDADE DE MASSA DO MEIO
  3. 3. 1994! 2007!
  4. 4. Baixa  exa'dão   Baixa  precisão   Baixa  exa'dão   Alta  precisão   Alta  exa'dão   Baixa  precisão   Alta  exa'dão   Alta  precisão   Erro  sistemá'co   grande   Erro  randômico   pequeno   Erro  sistemá'co   grande     Erro  randômico   grande   Erro  sistemá'co   pequeno     Erro  randômico   grande   Erro  sistemá'co   pequeno   Erro  randômico   pequeno     é  Exa'dão      êERRO  SISTEMÁTICO     é  Precisão      êERRO  RANDÔMICO  
  5. 5. Como lidar com incertezas geométricas na Radioterapia??? IGRT e MARGENS
  6. 6. Margens em radioterapia
  7. 7. CTV   PTV! MARGEM!
  8. 8. Erro  de  posicionamento  (“setup”):  desvio  entre  a  posição  de  tratamento   planejada  e  de  tratamento  (inclui  componente  randômica  e  sistemá;ca)     Erro sistemático: erro que ocorre na mesma direção e de magnitude similar em cada fração do tratamento. ! ! Erro randômico: erro que pode ocorrer em diferentes direções e magnitudes em cada fração do tratamento. ! ! Erro grosseiro: erro de posicionamento inaceitável. Geralmente, ocorre no primeiro dia de tratamento. O departamento deve decidir a magnitude (p. ex., 1cm) -> deve ser pego pelas barreiras (CQ)!
  9. 9. Avaliação do médico: OK! DIA 1!
  10. 10. Avaliação do médico: 0,5cm IN! DIA 2!
  11. 11. r um incidente que resultou em um dano ao paciente” Avaliação do médico: OK! DIA 3!
  12. 12. Avaliação do médico: 0,5cm IN! DIA 4!
  13. 13. Avaliação do médico: 0,8cm UP! DIA 5!
  14. 14. No simulador: 0,5cm LEFT!
  15. 15. 3 categorias: movimento relacionado a variação de posicionamento do paciente, inter- fração e intra-fração a)  Relacionado ao posicionamento: usar mesmos acessórios e posicionamento entre simulação e tratamento b)  Inter-fração: principalmente relacionado a órgãos do sistema digestório ou próximos (pelve e abdome). Influenciado também por perda de peso e redução do tumor. - Mitigação: localização diária do alvo ou estudo e definição de margens -> problema com margens: imagem do alvo durante CT é a posição média do alvo? c)  Intra-fração: principalmente relacionado a órgãos dos sistemas respiratório e cardíaco ou próximos (tórax e abdome). - Mitigação: gating e breath-holding ou combinação deles, compressão abdominal e rastreamento contínua do órgão -> 4DCT Tipos de movimentos: translacionais, rotacionais e formato
  16. 16. Precisão técnica dos equipamentos de IGRT induz um erro potencial na redução de margens a níveis inadequados, pois ignora-se incerteza clínica no delineamento do alvo (Engels et. al., 2009), que é a maior fonte de erro sistemático (Rasch et.al., 2005).
  17. 17. CTV   VOL. = 381cm3 PTV! PTV! VOL. = 173cm3 Redução de 55% do volume de tecido normal irradiado!!!
  18. 18. IGRT
  19. 19. IGRT Verificação = processo que possibilita certificar-se que o tratamento está ocorrendo conforme planejado (geométrica e dosimétrica). IGRT -> geométrica Definição: modalidade de verificação (monitoramento) de tratamento que utiliza imagens do paciente adquiridas na sala de tratamento para garantir que o tratamento será executado conforme planejado, adaptando-o se necessário. Objetivo: reduzir incertezas geométricas relacionadas ao tratamento (melhorar precisão e exatidão) através da avaliação da geometria do paciente alteração da posição ou adaptação do plano de tratamento em relação às variações anatômicas que ocorrem durante o curso de tratamento Justificativa: alto gradiente de dose é entregue em tratamentos complexos, exigindo melhoria na localização do paciente e nas técnicas de entrega de dose no volume alvo. Radioterapia Guiada por Imagem (“Image Guidance Radiation Therapy”)
  20. 20. IGRT Radioterapia Guiada por Imagem (“Image Guidance Radiation Therapy”)
  21. 21. ~ 0! Erros residuais*! Sem IGRT! Com IGRT! * Além disso, calibrações (equipamentos)!
  22. 22. IGRTA)  Momento da avaliação . Online (pré-fração): aquisição de imagens, avaliação e correção imediatamente antes da entrega do tratamento (correção de erros sistemáticos e randômicos) . Offline (inter-frações): avaliação do posicionamento sem o paciente estar presente na sala de tratamento (correção de erros sistemáticos apenas) . Tempo real (intra-fração): B) Tipo de imagem . 2D (planar): qualidade do feixe (MV x kV) – “EPID” . 3D (volumétrica): US, RM, TC TC => colimação (cone-beam x fan-beam) e qualidade do feixe (MV x kV) . 4D (temporal): movimento intra-fração (US, fiduciais eletromagnéticos)
  23. 23. CONCLUSÃO ü  Incertezas no processo da radioterapia: dosimétricas (poucos %) e geométricas (poucos mm) ü  Exatidão (erro sistemático) x Precisão (erro randômico) ü  Margem CTV-PTV: . Erro sistemático (posicionamento, movimento inter-fração e delineamento) . Erro randômico (posicionamento, movimento inter-fração e intra-fração) ü  IGRT: verificação de tratamento que busca minimizar incertezas geométricas ü  Erros residuais ü  Tipos de IGRT: momento da avaliação x tipo da imagem

×