SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
Baixar para ler offline
Incertezas
geométricas em
RadioterapiaFísico Lucas Augusto Radicchi
ABFM RT-364
CNEN FT-0317/RA-0081
RADIOTERAPIA
RADIAÇÃO
“NÃO PODE SER SENTIDA, NÃO CHEIRA,
NÃO TEM GOSTO - PRECISA SER
DEPOSITADA NO PACIENTE COM PRECISÃO
DE ALGUNS “mm” E POUCOS “%”
(David Jafray)
DOSE
ENERGIA MÉDIA DEPOSITADA NO
MATERIAL POR UNIDADE DE MASSA DO
MEIO
1994!
2007!
Baixa	
  exa'dão	
  
Baixa	
  precisão	
  
Baixa	
  exa'dão	
  
Alta	
  precisão	
  
Alta	
  exa'dão	
  
Baixa	
  precisão	
  
Alta	
  exa'dão	
  
Alta	
  precisão	
  
Erro	
  sistemá'co	
  
grande	
  
Erro	
  randômico	
  
pequeno	
  
Erro	
  sistemá'co	
  
grande	
  	
  
Erro	
  randômico	
  
grande	
  
Erro	
  sistemá'co	
  
pequeno	
  	
  
Erro	
  randômico	
  
grande	
  
Erro	
  sistemá'co	
  
pequeno	
  
Erro	
  randômico	
  
pequeno	
  	
  
é	
  Exa'dão	
  	
  	
  êERRO	
  SISTEMÁTICO	
  	
  
é	
  Precisão	
  	
  	
  êERRO	
  RANDÔMICO	
  
Como lidar com incertezas geométricas na Radioterapia???
IGRT e MARGENS
Margens em radioterapia
CTV	
  
PTV!
MARGEM!
Erro	
  de	
  posicionamento	
  (“setup”):	
  desvio	
  entre	
  a	
  posição	
  de	
  tratamento	
  
planejada	
  e	
  de	
  tratamento	
  (inclui	
  componente	
  randômica	
  e	
  sistemá;ca)	
  
	
  
Erro sistemático: erro que ocorre
na mesma direção e de magnitude
similar em cada fração do
tratamento. !
!
Erro randômico: erro que pode
ocorrer em diferentes direções e
magnitudes em cada fração do
tratamento. !
!
Erro grosseiro: erro de
posicionamento inaceitável.
Geralmente, ocorre no primeiro dia
de tratamento. O departamento
deve decidir a magnitude (p. ex.,
1cm) -> deve ser pego pelas
barreiras (CQ)!
Avaliação do médico: OK!
DIA 1!
Avaliação do médico: 0,5cm IN!
DIA 2!
r
um incidente que resultou em um dano ao paciente”
Avaliação do médico: OK!
DIA 3!
Avaliação do médico: 0,5cm IN!
DIA 4!
Avaliação do médico: 0,8cm UP!
DIA 5!
No simulador: 0,5cm LEFT!
3 categorias: movimento relacionado a variação de posicionamento do paciente, inter-
fração e intra-fração
a)  Relacionado ao posicionamento: usar mesmos acessórios e posicionamento entre
simulação e tratamento
b)  Inter-fração: principalmente relacionado a órgãos do sistema digestório ou próximos
(pelve e abdome). Influenciado também por perda de peso e redução do tumor.
- Mitigação: localização diária do alvo ou estudo e definição de margens ->
problema com margens: imagem do alvo durante CT é a posição média do alvo?
c)  Intra-fração: principalmente relacionado a órgãos dos sistemas respiratório e
cardíaco ou próximos (tórax e abdome).
- Mitigação: gating e breath-holding ou combinação deles, compressão abdominal
e rastreamento contínua do órgão -> 4DCT
Tipos de movimentos: translacionais, rotacionais e formato
Precisão técnica dos equipamentos de IGRT induz um erro potencial na
redução de margens a níveis inadequados, pois ignora-se incerteza clínica no
delineamento do alvo (Engels et. al., 2009), que é a maior fonte de erro
sistemático (Rasch et.al., 2005).
CTV	
  
VOL. = 381cm3
PTV!
PTV!
VOL. = 173cm3
Redução de 55% do volume de
tecido normal irradiado!!!
IGRT
IGRT
Verificação = processo que possibilita certificar-se que o tratamento está
ocorrendo conforme planejado (geométrica e dosimétrica).
IGRT -> geométrica
Definição: modalidade de verificação (monitoramento) de tratamento que utiliza imagens
do paciente adquiridas na sala de tratamento para garantir que o tratamento será
executado conforme planejado, adaptando-o se necessário.
Objetivo: reduzir incertezas geométricas relacionadas ao tratamento (melhorar precisão e
exatidão) através da avaliação da geometria do paciente alteração da posição ou
adaptação do plano de tratamento em relação às variações anatômicas que ocorrem
durante o curso de tratamento
Justificativa: alto gradiente de dose é entregue em tratamentos complexos, exigindo
melhoria na localização do paciente e nas técnicas de entrega de dose no volume alvo.
Radioterapia Guiada por Imagem (“Image Guidance Radiation Therapy”)
IGRT
Radioterapia Guiada por Imagem (“Image Guidance Radiation Therapy”)
~ 0!
Erros
residuais*!
Sem IGRT!
Com IGRT!
* Além disso,
calibrações
(equipamentos)!
IGRTA)  Momento da avaliação
. Online (pré-fração): aquisição de imagens, avaliação e correção imediatamente
antes da entrega do tratamento (correção de erros sistemáticos e randômicos)
. Offline (inter-frações): avaliação do posicionamento sem o paciente estar
presente na sala de tratamento (correção de erros sistemáticos apenas)
. Tempo real (intra-fração):
B) Tipo de imagem
. 2D (planar): qualidade do feixe (MV x kV) – “EPID”
. 3D (volumétrica): US, RM, TC
TC => colimação (cone-beam x fan-beam) e qualidade do feixe (MV x kV)
. 4D (temporal): movimento intra-fração (US, fiduciais eletromagnéticos)
CONCLUSÃO
ü  Incertezas no processo da radioterapia: dosimétricas (poucos %) e geométricas
(poucos mm)
ü  Exatidão (erro sistemático) x Precisão (erro randômico)
ü  Margem CTV-PTV:
. Erro sistemático (posicionamento, movimento inter-fração e delineamento)
. Erro randômico (posicionamento, movimento inter-fração e intra-fração)
ü  IGRT: verificação de tratamento que busca minimizar incertezas geométricas
ü  Erros residuais
ü  Tipos de IGRT: momento da avaliação x tipo da imagem

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Radioterapia - braquiterapia - teleterapia - introdução a radioterapia, colim...
Radioterapia - braquiterapia - teleterapia - introdução a radioterapia, colim...Radioterapia - braquiterapia - teleterapia - introdução a radioterapia, colim...
Radioterapia - braquiterapia - teleterapia - introdução a radioterapia, colim...Wendesor Oliveira
 
Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]
Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]
Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]Guillermo Alberto López
 
Exames Radiológicos-Otimização de Imagens - TR Mardônio Linhares
Exames Radiológicos-Otimização de Imagens - TR Mardônio LinharesExames Radiológicos-Otimização de Imagens - TR Mardônio Linhares
Exames Radiológicos-Otimização de Imagens - TR Mardônio LinharesMardônio Linhares
 
Terminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológico
Terminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológicoTerminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológico
Terminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológicoCristiane Dias
 
Radioterapia no Tratamento Ginecológico - Juliana Helito
Radioterapia no Tratamento Ginecológico - Juliana HelitoRadioterapia no Tratamento Ginecológico - Juliana Helito
Radioterapia no Tratamento Ginecológico - Juliana HelitoOncoguia
 
01 posicionamento de esterno e costelas
01 posicionamento de esterno e costelas01 posicionamento de esterno e costelas
01 posicionamento de esterno e costelasErica Inacio
 
Notas aula imaginologia_slides_2009
Notas aula imaginologia_slides_2009Notas aula imaginologia_slides_2009
Notas aula imaginologia_slides_2009Carol Alves
 
2015 aula 05 nocoes calculo de blindagem
2015 aula 05 nocoes calculo de blindagem2015 aula 05 nocoes calculo de blindagem
2015 aula 05 nocoes calculo de blindagemIPEN - CNEN / SP
 
Radioterapia no Cancro da Mama
Radioterapia no Cancro da MamaRadioterapia no Cancro da Mama
Radioterapia no Cancro da MamaRui P Rodrigues
 
Prof magno formação da imagem
Prof magno   formação da imagemProf magno   formação da imagem
Prof magno formação da imagemCristiane Dias
 
Anatomia radiologica-aula-introdutoria
Anatomia radiologica-aula-introdutoriaAnatomia radiologica-aula-introdutoria
Anatomia radiologica-aula-introdutoriaManu Medeiros
 
Aula filmes écrans_(elementos_da_radiologia) (3)
Aula filmes écrans_(elementos_da_radiologia) (3)Aula filmes écrans_(elementos_da_radiologia) (3)
Aula filmes écrans_(elementos_da_radiologia) (3)Manu Medeiros
 
Progrma de Qualidade em Radioterapia - INCA/RJ
Progrma de Qualidade em Radioterapia - INCA/RJProgrma de Qualidade em Radioterapia - INCA/RJ
Progrma de Qualidade em Radioterapia - INCA/RJAlex Eduardo Ribeiro
 
Radiology formação e qualidade da imagem em filme - écran
Radiology formação e qualidade da imagem em filme - écranRadiology formação e qualidade da imagem em filme - écran
Radiology formação e qualidade da imagem em filme - écranCristiane Dias
 
Incertezas geométricas, margens e igrt - Radioterapia
Incertezas geométricas, margens e igrt - RadioterapiaIncertezas geométricas, margens e igrt - Radioterapia
Incertezas geométricas, margens e igrt - RadioterapiaLucas Radicchi
 
Anatomia tomografica do torax
Anatomia tomografica do toraxAnatomia tomografica do torax
Anatomia tomografica do toraxFLAVIO LOBATO
 
Seminário Ap e Perfil de Escápula
Seminário Ap e Perfil de EscápulaSeminário Ap e Perfil de Escápula
Seminário Ap e Perfil de EscápulaCristiane Dias
 

Mais procurados (20)

Radioterapia - braquiterapia - teleterapia - introdução a radioterapia, colim...
Radioterapia - braquiterapia - teleterapia - introdução a radioterapia, colim...Radioterapia - braquiterapia - teleterapia - introdução a radioterapia, colim...
Radioterapia - braquiterapia - teleterapia - introdução a radioterapia, colim...
 
Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]
Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]
Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]
 
Exames Radiológicos-Otimização de Imagens - TR Mardônio Linhares
Exames Radiológicos-Otimização de Imagens - TR Mardônio LinharesExames Radiológicos-Otimização de Imagens - TR Mardônio Linhares
Exames Radiológicos-Otimização de Imagens - TR Mardônio Linhares
 
Terminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológico
Terminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológicoTerminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológico
Terminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológico
 
Radioterapia no Tratamento Ginecológico - Juliana Helito
Radioterapia no Tratamento Ginecológico - Juliana HelitoRadioterapia no Tratamento Ginecológico - Juliana Helito
Radioterapia no Tratamento Ginecológico - Juliana Helito
 
01 posicionamento de esterno e costelas
01 posicionamento de esterno e costelas01 posicionamento de esterno e costelas
01 posicionamento de esterno e costelas
 
Notas aula imaginologia_slides_2009
Notas aula imaginologia_slides_2009Notas aula imaginologia_slides_2009
Notas aula imaginologia_slides_2009
 
Mamo. 06
Mamo. 06Mamo. 06
Mamo. 06
 
2015 aula 05 nocoes calculo de blindagem
2015 aula 05 nocoes calculo de blindagem2015 aula 05 nocoes calculo de blindagem
2015 aula 05 nocoes calculo de blindagem
 
Radioterapia no Cancro da Mama
Radioterapia no Cancro da MamaRadioterapia no Cancro da Mama
Radioterapia no Cancro da Mama
 
Prof magno formação da imagem
Prof magno   formação da imagemProf magno   formação da imagem
Prof magno formação da imagem
 
Anatomia radiologica-aula-introdutoria
Anatomia radiologica-aula-introdutoriaAnatomia radiologica-aula-introdutoria
Anatomia radiologica-aula-introdutoria
 
Aula filmes écrans_(elementos_da_radiologia) (3)
Aula filmes écrans_(elementos_da_radiologia) (3)Aula filmes écrans_(elementos_da_radiologia) (3)
Aula filmes écrans_(elementos_da_radiologia) (3)
 
Radiologia digital
Radiologia digitalRadiologia digital
Radiologia digital
 
Progrma de Qualidade em Radioterapia - INCA/RJ
Progrma de Qualidade em Radioterapia - INCA/RJProgrma de Qualidade em Radioterapia - INCA/RJ
Progrma de Qualidade em Radioterapia - INCA/RJ
 
PRINCÍPIO FÍSICO DA RM
PRINCÍPIO FÍSICO DA RMPRINCÍPIO FÍSICO DA RM
PRINCÍPIO FÍSICO DA RM
 
Radiology formação e qualidade da imagem em filme - écran
Radiology formação e qualidade da imagem em filme - écranRadiology formação e qualidade da imagem em filme - écran
Radiology formação e qualidade da imagem em filme - écran
 
Incertezas geométricas, margens e igrt - Radioterapia
Incertezas geométricas, margens e igrt - RadioterapiaIncertezas geométricas, margens e igrt - Radioterapia
Incertezas geométricas, margens e igrt - Radioterapia
 
Anatomia tomografica do torax
Anatomia tomografica do toraxAnatomia tomografica do torax
Anatomia tomografica do torax
 
Seminário Ap e Perfil de Escápula
Seminário Ap e Perfil de EscápulaSeminário Ap e Perfil de Escápula
Seminário Ap e Perfil de Escápula
 

Destaque

Orcid - como vincular o perfil para quem já possui ResearcherID
Orcid - como vincular o perfil para quem já possui ResearcherIDOrcid - como vincular o perfil para quem já possui ResearcherID
Orcid - como vincular o perfil para quem já possui ResearcherIDUniversidade de São Paulo
 
Dimensões de Folhas para Desenho Técnico
Dimensões de Folhas para Desenho TécnicoDimensões de Folhas para Desenho Técnico
Dimensões de Folhas para Desenho Técnicosinesiogomes
 
ORCID para autores
ORCID para autoresORCID para autores
ORCID para autoresSuelybcs .
 

Destaque (6)

Orcid - como vincular o perfil para quem já possui ResearcherID
Orcid - como vincular o perfil para quem já possui ResearcherIDOrcid - como vincular o perfil para quem já possui ResearcherID
Orcid - como vincular o perfil para quem já possui ResearcherID
 
Como calcular Índice-H na Web of Science
Como calcular Índice-H na Web of ScienceComo calcular Índice-H na Web of Science
Como calcular Índice-H na Web of Science
 
Aprenda a pesquisar na Web of Science
Aprenda a pesquisar na Web of ScienceAprenda a pesquisar na Web of Science
Aprenda a pesquisar na Web of Science
 
Dimensões de Folhas para Desenho Técnico
Dimensões de Folhas para Desenho TécnicoDimensões de Folhas para Desenho Técnico
Dimensões de Folhas para Desenho Técnico
 
Conceito, Linha Criativa e Execução
Conceito, Linha Criativa e ExecuçãoConceito, Linha Criativa e Execução
Conceito, Linha Criativa e Execução
 
ORCID para autores
ORCID para autoresORCID para autores
ORCID para autores
 

Semelhante a Incertezas geométricas, margens e igrt (com enfoque em Técnicos)

Radioterapia no Cancro da Próstata
Radioterapia no Cancro da PróstataRadioterapia no Cancro da Próstata
Radioterapia no Cancro da PróstataRui P Rodrigues
 
Mestrado em Radioterapia
Mestrado em RadioterapiaMestrado em Radioterapia
Mestrado em RadioterapiaRui P Rodrigues
 
Como é trabalhar em um serviço de radioterapia (físico médico)
Como é trabalhar em um serviço de radioterapia (físico médico)Como é trabalhar em um serviço de radioterapia (físico médico)
Como é trabalhar em um serviço de radioterapia (físico médico)Lucas Radicchi
 
Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...
Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...
Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...Fabiano Ladislau
 
Introdução à Radioterapia
Introdução à RadioterapiaIntrodução à Radioterapia
Introdução à RadioterapiaRui P Rodrigues
 
Braquiterapia permanente (ldr) em tumor da próstata
Braquiterapia permanente (ldr) em tumor da próstataBraquiterapia permanente (ldr) em tumor da próstata
Braquiterapia permanente (ldr) em tumor da próstataLucas Radicchi
 
Adm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdf
Adm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdfAdm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdf
Adm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdfMeryslandeMoreira1
 
Adm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdf
Adm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdfAdm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdf
Adm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdfMeryslandeMoreira1
 
O controle de qualidade no imrt CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e consideraçõesO controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt CAT3D, analise e consideraçõesMarcos A. Silva
 
E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.
E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.
E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.Isabel Canova
 
Como fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos Clínicos
Como fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos ClínicosComo fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos Clínicos
Como fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos ClínicosJean Carlo Cadillo López
 
Pr tecnologia radiologia 2007
Pr tecnologia radiologia 2007Pr tecnologia radiologia 2007
Pr tecnologia radiologia 2007Layse Gama
 
AULA 13 - Planejamento de Mama.pptx
AULA 13 - Planejamento de Mama.pptxAULA 13 - Planejamento de Mama.pptx
AULA 13 - Planejamento de Mama.pptxBrunoCordeiro70
 
Slides sobre o manuseio do arco em c.
Slides sobre o manuseio do arco em c.Slides sobre o manuseio do arco em c.
Slides sobre o manuseio do arco em c.Ruan Macedo
 
20 radioterapia estereotáctica corpórea no câncer de pulmão
20   radioterapia estereotáctica corpórea no câncer de pulmão20   radioterapia estereotáctica corpórea no câncer de pulmão
20 radioterapia estereotáctica corpórea no câncer de pulmãoONCOcare
 
CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...
CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...
CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...KarlosEduardo30
 
AULA 1 - RADIOTERAPIA INTRODUÇÃO E HISTÓRIA.pdf.pdf
AULA 1 - RADIOTERAPIA INTRODUÇÃO E HISTÓRIA.pdf.pdfAULA 1 - RADIOTERAPIA INTRODUÇÃO E HISTÓRIA.pdf.pdf
AULA 1 - RADIOTERAPIA INTRODUÇÃO E HISTÓRIA.pdf.pdfJosivaldoSilva32
 
Aplicações do PET CT - CONARAD.pdf
Aplicações do PET CT - CONARAD.pdfAplicações do PET CT - CONARAD.pdf
Aplicações do PET CT - CONARAD.pdfFabioCorreia46
 

Semelhante a Incertezas geométricas, margens e igrt (com enfoque em Técnicos) (20)

Radioterapia no Cancro da Próstata
Radioterapia no Cancro da PróstataRadioterapia no Cancro da Próstata
Radioterapia no Cancro da Próstata
 
Mestrado em Radioterapia
Mestrado em RadioterapiaMestrado em Radioterapia
Mestrado em Radioterapia
 
Como é trabalhar em um serviço de radioterapia (físico médico)
Como é trabalhar em um serviço de radioterapia (físico médico)Como é trabalhar em um serviço de radioterapia (físico médico)
Como é trabalhar em um serviço de radioterapia (físico médico)
 
Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...
Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...
Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...
 
Introdução à Radioterapia
Introdução à RadioterapiaIntrodução à Radioterapia
Introdução à Radioterapia
 
Braquiterapia permanente (ldr) em tumor da próstata
Braquiterapia permanente (ldr) em tumor da próstataBraquiterapia permanente (ldr) em tumor da próstata
Braquiterapia permanente (ldr) em tumor da próstata
 
Adm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdf
Adm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdfAdm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdf
Adm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdf
 
Adm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdf
Adm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdfAdm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdf
Adm. de Laboratório e Formação da Imagem - unipro.pdf
 
O controle de qualidade no imrt CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e consideraçõesO controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt CAT3D, analise e considerações
 
dosimetria
dosimetriadosimetria
dosimetria
 
E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.
E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.
E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.
 
Como fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos Clínicos
Como fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos ClínicosComo fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos Clínicos
Como fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos Clínicos
 
Tomografia feixe conico
Tomografia feixe conicoTomografia feixe conico
Tomografia feixe conico
 
Pr tecnologia radiologia 2007
Pr tecnologia radiologia 2007Pr tecnologia radiologia 2007
Pr tecnologia radiologia 2007
 
AULA 13 - Planejamento de Mama.pptx
AULA 13 - Planejamento de Mama.pptxAULA 13 - Planejamento de Mama.pptx
AULA 13 - Planejamento de Mama.pptx
 
Slides sobre o manuseio do arco em c.
Slides sobre o manuseio do arco em c.Slides sobre o manuseio do arco em c.
Slides sobre o manuseio do arco em c.
 
20 radioterapia estereotáctica corpórea no câncer de pulmão
20   radioterapia estereotáctica corpórea no câncer de pulmão20   radioterapia estereotáctica corpórea no câncer de pulmão
20 radioterapia estereotáctica corpórea no câncer de pulmão
 
CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...
CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...
CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...
 
AULA 1 - RADIOTERAPIA INTRODUÇÃO E HISTÓRIA.pdf.pdf
AULA 1 - RADIOTERAPIA INTRODUÇÃO E HISTÓRIA.pdf.pdfAULA 1 - RADIOTERAPIA INTRODUÇÃO E HISTÓRIA.pdf.pdf
AULA 1 - RADIOTERAPIA INTRODUÇÃO E HISTÓRIA.pdf.pdf
 
Aplicações do PET CT - CONARAD.pdf
Aplicações do PET CT - CONARAD.pdfAplicações do PET CT - CONARAD.pdf
Aplicações do PET CT - CONARAD.pdf
 

Mais de Lucas Radicchi

Filmes radiocrômicos
Filmes radiocrômicosFilmes radiocrômicos
Filmes radiocrômicosLucas Radicchi
 
Conceituando a qualidade (foco em Serviços de Saúde)
Conceituando a qualidade (foco em Serviços de Saúde)Conceituando a qualidade (foco em Serviços de Saúde)
Conceituando a qualidade (foco em Serviços de Saúde)Lucas Radicchi
 
Estereotaxia - O que o técnico precisa saber
Estereotaxia - O que o técnico precisa saberEstereotaxia - O que o técnico precisa saber
Estereotaxia - O que o técnico precisa saberLucas Radicchi
 
IMRT - O que o técnico precisa saber
IMRT  - O que o técnico precisa saberIMRT  - O que o técnico precisa saber
IMRT - O que o técnico precisa saberLucas Radicchi
 
Aspectos técnicos em radioterapia de tórax e mama (2011)
Aspectos técnicos em radioterapia de tórax e mama (2011)Aspectos técnicos em radioterapia de tórax e mama (2011)
Aspectos técnicos em radioterapia de tórax e mama (2011)Lucas Radicchi
 
A Física da Braquiterapia
A Física da BraquiterapiaA Física da Braquiterapia
A Física da BraquiterapiaLucas Radicchi
 
Dificuldades na implementação de braquiterapia de próstata
Dificuldades na implementação de braquiterapia de próstataDificuldades na implementação de braquiterapia de próstata
Dificuldades na implementação de braquiterapia de próstataLucas Radicchi
 

Mais de Lucas Radicchi (7)

Filmes radiocrômicos
Filmes radiocrômicosFilmes radiocrômicos
Filmes radiocrômicos
 
Conceituando a qualidade (foco em Serviços de Saúde)
Conceituando a qualidade (foco em Serviços de Saúde)Conceituando a qualidade (foco em Serviços de Saúde)
Conceituando a qualidade (foco em Serviços de Saúde)
 
Estereotaxia - O que o técnico precisa saber
Estereotaxia - O que o técnico precisa saberEstereotaxia - O que o técnico precisa saber
Estereotaxia - O que o técnico precisa saber
 
IMRT - O que o técnico precisa saber
IMRT  - O que o técnico precisa saberIMRT  - O que o técnico precisa saber
IMRT - O que o técnico precisa saber
 
Aspectos técnicos em radioterapia de tórax e mama (2011)
Aspectos técnicos em radioterapia de tórax e mama (2011)Aspectos técnicos em radioterapia de tórax e mama (2011)
Aspectos técnicos em radioterapia de tórax e mama (2011)
 
A Física da Braquiterapia
A Física da BraquiterapiaA Física da Braquiterapia
A Física da Braquiterapia
 
Dificuldades na implementação de braquiterapia de próstata
Dificuldades na implementação de braquiterapia de próstataDificuldades na implementação de braquiterapia de próstata
Dificuldades na implementação de braquiterapia de próstata
 

Incertezas geométricas, margens e igrt (com enfoque em Técnicos)

  • 1. Incertezas geométricas em RadioterapiaFísico Lucas Augusto Radicchi ABFM RT-364 CNEN FT-0317/RA-0081
  • 2. RADIOTERAPIA RADIAÇÃO “NÃO PODE SER SENTIDA, NÃO CHEIRA, NÃO TEM GOSTO - PRECISA SER DEPOSITADA NO PACIENTE COM PRECISÃO DE ALGUNS “mm” E POUCOS “%” (David Jafray) DOSE ENERGIA MÉDIA DEPOSITADA NO MATERIAL POR UNIDADE DE MASSA DO MEIO
  • 4. Baixa  exa'dão   Baixa  precisão   Baixa  exa'dão   Alta  precisão   Alta  exa'dão   Baixa  precisão   Alta  exa'dão   Alta  precisão   Erro  sistemá'co   grande   Erro  randômico   pequeno   Erro  sistemá'co   grande     Erro  randômico   grande   Erro  sistemá'co   pequeno     Erro  randômico   grande   Erro  sistemá'co   pequeno   Erro  randômico   pequeno     é  Exa'dão      êERRO  SISTEMÁTICO     é  Precisão      êERRO  RANDÔMICO  
  • 5.
  • 6. Como lidar com incertezas geométricas na Radioterapia??? IGRT e MARGENS
  • 9.
  • 10.
  • 11. Erro  de  posicionamento  (“setup”):  desvio  entre  a  posição  de  tratamento   planejada  e  de  tratamento  (inclui  componente  randômica  e  sistemá;ca)     Erro sistemático: erro que ocorre na mesma direção e de magnitude similar em cada fração do tratamento. ! ! Erro randômico: erro que pode ocorrer em diferentes direções e magnitudes em cada fração do tratamento. ! ! Erro grosseiro: erro de posicionamento inaceitável. Geralmente, ocorre no primeiro dia de tratamento. O departamento deve decidir a magnitude (p. ex., 1cm) -> deve ser pego pelas barreiras (CQ)!
  • 13. Avaliação do médico: 0,5cm IN! DIA 2!
  • 14. r um incidente que resultou em um dano ao paciente” Avaliação do médico: OK! DIA 3!
  • 15. Avaliação do médico: 0,5cm IN! DIA 4!
  • 16. Avaliação do médico: 0,8cm UP! DIA 5!
  • 18.
  • 19. 3 categorias: movimento relacionado a variação de posicionamento do paciente, inter- fração e intra-fração a)  Relacionado ao posicionamento: usar mesmos acessórios e posicionamento entre simulação e tratamento b)  Inter-fração: principalmente relacionado a órgãos do sistema digestório ou próximos (pelve e abdome). Influenciado também por perda de peso e redução do tumor. - Mitigação: localização diária do alvo ou estudo e definição de margens -> problema com margens: imagem do alvo durante CT é a posição média do alvo? c)  Intra-fração: principalmente relacionado a órgãos dos sistemas respiratório e cardíaco ou próximos (tórax e abdome). - Mitigação: gating e breath-holding ou combinação deles, compressão abdominal e rastreamento contínua do órgão -> 4DCT Tipos de movimentos: translacionais, rotacionais e formato
  • 20.
  • 21. Precisão técnica dos equipamentos de IGRT induz um erro potencial na redução de margens a níveis inadequados, pois ignora-se incerteza clínica no delineamento do alvo (Engels et. al., 2009), que é a maior fonte de erro sistemático (Rasch et.al., 2005).
  • 22.
  • 23. CTV   VOL. = 381cm3 PTV! PTV! VOL. = 173cm3 Redução de 55% do volume de tecido normal irradiado!!!
  • 24. IGRT
  • 25. IGRT Verificação = processo que possibilita certificar-se que o tratamento está ocorrendo conforme planejado (geométrica e dosimétrica). IGRT -> geométrica Definição: modalidade de verificação (monitoramento) de tratamento que utiliza imagens do paciente adquiridas na sala de tratamento para garantir que o tratamento será executado conforme planejado, adaptando-o se necessário. Objetivo: reduzir incertezas geométricas relacionadas ao tratamento (melhorar precisão e exatidão) através da avaliação da geometria do paciente alteração da posição ou adaptação do plano de tratamento em relação às variações anatômicas que ocorrem durante o curso de tratamento Justificativa: alto gradiente de dose é entregue em tratamentos complexos, exigindo melhoria na localização do paciente e nas técnicas de entrega de dose no volume alvo. Radioterapia Guiada por Imagem (“Image Guidance Radiation Therapy”)
  • 26. IGRT Radioterapia Guiada por Imagem (“Image Guidance Radiation Therapy”)
  • 27. ~ 0! Erros residuais*! Sem IGRT! Com IGRT! * Além disso, calibrações (equipamentos)!
  • 28.
  • 29. IGRTA)  Momento da avaliação . Online (pré-fração): aquisição de imagens, avaliação e correção imediatamente antes da entrega do tratamento (correção de erros sistemáticos e randômicos) . Offline (inter-frações): avaliação do posicionamento sem o paciente estar presente na sala de tratamento (correção de erros sistemáticos apenas) . Tempo real (intra-fração): B) Tipo de imagem . 2D (planar): qualidade do feixe (MV x kV) – “EPID” . 3D (volumétrica): US, RM, TC TC => colimação (cone-beam x fan-beam) e qualidade do feixe (MV x kV) . 4D (temporal): movimento intra-fração (US, fiduciais eletromagnéticos)
  • 30.
  • 31.
  • 32. CONCLUSÃO ü  Incertezas no processo da radioterapia: dosimétricas (poucos %) e geométricas (poucos mm) ü  Exatidão (erro sistemático) x Precisão (erro randômico) ü  Margem CTV-PTV: . Erro sistemático (posicionamento, movimento inter-fração e delineamento) . Erro randômico (posicionamento, movimento inter-fração e intra-fração) ü  IGRT: verificação de tratamento que busca minimizar incertezas geométricas ü  Erros residuais ü  Tipos de IGRT: momento da avaliação x tipo da imagem