1º ANO

2.664 visualizações

Publicada em

3ºBIMESTRE/2013

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.664
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
35
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
48
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1º ANO

  1. 1. CadernoC1001 AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 3° BIMESTRE Língua Portuguesa e Matemática 1ª série do Ensino Médio 2012 Nome do Aluno(a): Orientações  Você está recebendo um caderno com 52 questões.  Você dispõe de duas horas para responder a todas as questões e de 20 minutos para preencher o Cartão de Respostas.  Leia com atenção cada questão antes de respondê-la.  Cada questão tem uma única resposta correta.  Em alguns textos, há, na margem esquerda, uma indicação com a numeração de linhas.  Ao terminar a prova, passe suas respostas para o Cartão de Respostas, utilizando caneta esferográfi ca azul ou preta. Não rasure seu Cartão de Respostas.  Depois, passe suas respostas para folha de rascunho. Ela servirá para você acompanhar as questões junto ao professor. Boa prova!
  2. 2. 01: A B C D E 02: A B C D E 03: A B C D E 04: A B C D E 05: A B C D E 06: A B C D E 07: A B C D E 08: A B C D E 09: A B C D E 10: A B C D E 11: A B C D E 12: A B C D E 13: A B C D E FOLHA DE TRANSCRIÇÃO Língua Portuguesa e Matemática 14: A B C D E 15: A B C D E 16: A B C D E 17: A B C D E 18: A B C D E 19: A B C D E 20: A B C D E 21: A B C D E 22: A B C D E 23: A B C D E 24: A B C D E 25: A B C D E 26: A B C D E 27: A B C D E 28: A B C D E 29: A B C D E 30: A B C D E 31: A B C D E 32: A B C D E 33: A B C D E 34: A B C D E 35: A B C D E 36: A B C D E 37: A B C D E 38: A B C D E 39: A B C D E 40: A B C D E 41: A B C D E 42: A B C D E 43: A B C D E 44: A B C D E 45: A B C D E 46: A B C D E 47: A B C D E 48: A B C D E 49: A B C D E 50: A B C D E 51: A B C D E 52: A B C D E Ensino Médio Caro(a) Aluno(a), Após transcrever as respostas para o Cartão de Respostas, repasse todas as respostas também para essa folha. Em outro momento, essa folha será utilizada para que seja realizada a correção da prova junto ao seu professor.
  3. 3. BL01P10 C1001 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Língua Portuguesa. Leia o texto abaixo. 5 10 15 20 25 30 Lira V Eu não sou, minha Nise, pegureiro, que viva de guardar alheio gado; nem sou pastor grosseiro, dos frios gelos e do sol queimado, que veste as pardas lãs do seu cordeiro. Graças, ó Nise bela, graças à minha estrela! A Cresso não igualo no tesouro; mas deu-me a sorte com que honrado viva. Não cinjo coroa d'ouro; mas povos mando, e na testa altiva verdeja a coroa do sagrado louro. Graças, ó Nise bela, graças à minha estrela! Maldito seja aquele, que só trata de contar, escondido, a vil riqueza, que, cego, se arrebata em buscar nos avós a vã nobreza, com que aos mais homens, seus iguais, abata. Graças, ó Nise bela, graças à minha estrela! [...] Pela ninfa, que jaz vertida em louro, o grande deus Apolo não delira? [...] Pertendam Anibais honrar a História, e cinjam com a mão, de sangue cheia, os louros da vitória; eu revolvo os teus dons na minha ideia: só dons que vêm do céu são minha glória. Graças, ó Nise bela, graças à minha estrela! GONZAGA, Tomás Antônio. Disponível em: <http://www.biblio.com.br/defaultz.asp?link=http://www.biblio.com.br/conteudo/TomasAntonioGonzaga/>. Acesso em: 25 maio 2012. Fragmento. (P100264RJ_SUP) Questão 01 P100264RJ Nesse texto, os versos “Eu não sou, minha Nise, pegureiro,/ que viva de guardar alheio gado;” (v. 1-2) inserem-se na perspectiva do Arcadismo, principalmente, por apresentar A) exaltação da ingenuidade. B) nativismo. C) pastoralismo. D) simplicidade da linguagem. E) valorização da mulher. 1
  4. 4. Leia novamente o texto “Lira V” para responder às questões abaixo. Questão 02 P100265RJ Nesse texto, a repetição dos versos “Graças, ó Nise bela,/ graças à minha Estrela!” A) apresenta o amor do casal. B) evidencia o trabalho do eu lírico. C) intensifica a beleza da mulher. D) realça a sorte do eu lírico. E) revela a religiosidade do eu lírico. Questão 03 P100266RJ Nesse texto, os versos que apresentam uma ideia de lugar são: A) “Eu não sou, minha Nise, pegureiro,/ que viva de guardar alheio gado;”. (v. 1-2) B) “A Cresso não igualo no tesouro;/ mas deu-me a sorte com que honrado viva.”. (v. 8-9) C) “mas povos mando, e na testa altiva/ verdeja a coroa do sagrado louro.”. (v. 11-12) D) “Maldito seja aquele, que só trata/ de contar, escondido, a vil riqueza,”. (v. 15-16) E) “e cinjam com a mão, de sangue cheia,/ os louros da vitória;”. (v. 25-26) Questão 04 P100267RJ Nesse texto, o eu lírico dirige-se A) a Apolo. B) a Cresso. C) a Nise. D) aos deuses. E) aos homens. Questão 05 P100268RJ No trecho “... que jaz vertida em louro,” (v. 22), o pronome destacado refere-se à palavra A) coroa. B) testa. C) riqueza. D) nobreza. E) ninfa. Questão 06 P100269RJ Infere-se desse texto que o eu lírico é A) atrevido. B) autoritário. C) confiante. D) egoísta. E) intolerante. Questão 07 P100272RJ A função de linguagem predominante nesse texto é A) conativa ou apelativa. B) emotiva ou expressiva. C) fática. D) metalinguística. E) referencial ou denotativa. BL01P10 C1001 2
  5. 5. C1001 Leia novamente o texto “Lira V” para responder à questão abaixo. Questão 08 P100270RJ No verso “graças à minha estrela!” (v. 7), o uso do ponto de exclamação reforça a ideia de A) afeto. B) euforia. C) exaltação. D) reflexão. E) surpresa. Leia o texto abaixo. BL01P10 5 10 15 20 25 Florestas tropicais As florestas tropicais ocorrem na porção equatorial da Zona Tórrida, onde a queda de 240 centímetros de chuva por ano se combina com uma temperatura média anual superior a 17 ºC para criar as mais produtivas florestas da Terra. Por assimilação clorofilina, uma floresta tropical fixa anualmente 10 a 20 toneladas de carbono por hectare, enquanto uma floresta de uma região temperada fixa de 3 a 4 toneladas. Uma floresta tropical fabrica cinco vezes mais açúcares do que uma floresta temperada. Esse ecossistema florestal é caracterizado pela altura das suas árvores que permite uma estratificação bem utilizada pelos animais que aí vivem e se deslocam segundo os horizontes que lhes são próprios. Essa repartição vertical permite a multiplicação de nichos ecológicos, limita a concorrência e explora da melhor maneira possível a energia solar incidente. É devido aos seus tecidos impregnados de celulose e lenhina que as árvores podem se elevar acima das outras plantas. As árvores maiores de uma floresta livram-se do combate sem tréguas pela luz, sendo as mais fracas relegadas para um segundo estádio ou eliminadas. Gigantesco sistema de transporte em dois sentidos (a seiva eleva-se à velocidade média de 1 a 7 metros por hora) constitui um sistema coletor de matérias-primas. [...] Todos os anos caem no solo florestal folhas mortas, flores, grãos, bocados de casca, ramos e madeira que alimentam a manta morta e permitem o funcionamento do sistema solo. A queda desta matéria orgânica é em média de 10 a 12 toneladas. A distribuição da vida animal, estratificada nas florestas tropicais, permite a existência de uma comunidade aérea que inclui aves e morcegos, uma comunidade de estrato médio com aves, morcegos frugívoros, esquilos, macacos, e uma comunidade no solo, que inclui grandes e pequenos mamíferos, répteis e aves. Os seres vivos estão presentes em todos os estratos florestais. Disponível em: <http://www.infopedia.pt/$florestas-tropicais>. Acesso em: 12 mar. 2012. (P100271RJ_SUP) Questão 09 P100271RJ A finalidade desse texto é A) apresentar informações. B) descrever uma cena. C) fazer um alerta. D) expor opiniões. E) narrar acontecimentos. 3
  6. 6. Leia novamente o texto “Florestas tropicais” para responder às questões abaixo. Questão 10 P100273RJ No trecho “... permite a existência de uma comunidade aérea que inclui aves e morcegos,...” (ℓ. 21-22), há o predomínio da linguagem A) informal. B) jornalística. C) publicitária. D) regional. E) técnica. Questão 11 P100274RJ De acordo com esse texto, as árvores podem se elevar em relação às outras plantas, porque A) alimentam a manta do solo com folhas. B) buscam a luz solar. C) mantêm uma temperatura média. D) permitem a multiplicação das espécies. E) têm tecidos ricos em celulose e lenhina. Questão 12 P100275RJ No trecho “(a seiva eleva-se à velocidade média de 1 a 7 metros por hora)” (ℓ. 16-17), os parênteses apresentam a A) citação de um especialista. B) consequência dos fatos apresentados. C) contestação dos dados anteriores. D) explicação da informação anterior. E) opinião do autor do texto. Questão 13 P100276RJ Nesse trecho “... que lhes são próprios.” (ℓ. 10), o termo destacado faz referência à palavra A) açúcares. B) ecossistema. C) altura. D) animais. E) nichos. BL01P10 C1001 4
  7. 7. BL01M10 C1001 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Matemática. Questão 14 M100013E4 Abel desenhou um triângulo e escreveu as medidas dos seus ângulos internos, conforme indicado no desenho abaixo. 20° 120° 40° O maior ângulo interno desse triângulo pode ser expresso por A) r rad 3 2r rad B) 3 6r rad C) 5 4r rad D) 3 12r rad E) 5 Questão 15 M100016E4 Em um condomínio, todos os lotes são retangulares, cujo os lados são iguais ou superiores a 15 m. A medida da área de cada um desses lotes é dada pela função M(x) = 80x – x2 , em que M(x) representa a área, em metros quadrados, e x representa a medida do comprimento do retângulo, em metros. João comprou um lote de 700 m2 nesse condomínio. Qual é a medida, em metros, do comprimento do lote que João comprou? A) 20 B) 35 C) 55 D) 70 E) 80 5
  8. 8. C1001 Questão 16 M100002E4 Para anotar com segurança sua senha bancária formada por oito algarismos, Rita traçou em uma página de sua agenda um plano cartesiano em que representou as letras de seu nome, como indica o desenho abaixo. Ela escolheu os pontos de modo que a sequência obtida pelas coordenadas x e y dos pontos R, I, T e A, nessa ordem, formavam a senha escolhida. BL01M10 1 2 3 4 5 x y 5 4 3 2 1 0 A T R I Qual é a sequência numérica que corresponde a essa senha de Rita? A) 1252335 B) 2125353 C) 12523335 D) 12523353 E) 21253353 Questão 17 M100020E4 Uma função de domínio e contradomínio real cuja representação algébrica é dada por y = x2 + bx + c, com b e c reais, foi representada no plano cartesiano abaixo. 5 4 3 2 1 0 –1 1 2 3 4 5 x –1 –2 Qual é o valor do coeficiente b da função representada nesse plano cartesiano? A) – 4 B) – 2 C) 0 D) 2 E) 4 6
  9. 9. C1001 Questão 18 M100007E4 O desenho abaixo representa as anotações que um topógrafo fez na planta de um terreno trapezoidal. BL01M10 60° 50 m 30 m x y O valor, em metros, do lado representado por x nesse desenho pode ser calculado pela expressão A) x = 50.cos 60° B) x = 30 c cos 60 C) x = 50 c cos 60 D) x = 30 c sen 60 E) x = 30.sen 60° Questão 19 M100011E4 Para calcular o valor de uma expressão trigonométrica, um aluno converteu para graus as medidas de dois arcos de medidas 4r rad 5r 9 e rad. 6 Os valores em graus das medidas desses dois arcos são, respectivamente, A) 40° e 75°. B) 80° e 150°. C) 140° e 262°. D) 160° e 300°. E) 280° e 524°. 7
  10. 10. C1001 Questão 20 M100024E4 No plano cartesiano abaixo, foram representadas as funções do primeiro grau f(x) e g(x). BL01M10 y g 4 f 3 2 1 0 –2 –1 1 2 3 x –1 Quais são as expressões que representam algebricamente f e g, nessa ordem? A) f(x) = 2x + 2 e g(x) = – 2x + 2. B) f(x) = – x + 2 e g(x) = x + 2. C) f(x) = 2x – 1 e g(x) = 2x + 1. D) f(x) = 1 x + 2 e g(x) = – 2 1 x + 2. 2 E) f(x) = 1 x – 1 e g(x) = – 2 1 x + 1. 2 Questão 21 M100008E4 Em uma cidade turística, um canoeiro transporta pessoas de um ponto P na margem de um rio até um restaurante que fica na outra margem desse rio. Certo dia, um vento forte desviou a trajetória e o canoeiro parou na margem desse rio no ponto Q, como mostra o esquema desenhado abaixo. Restaurante Q 60° 5 m 8 m P Dados: sen 60° = 2 3 cos 60° = 1 2 Nesse dia, ao atracar no ponto Q, quantos metros de distância o canoeiro desviou do restaurante? A) 5 m B) 7 m C) 11 m D) 13 m E) 15 m 8
  11. 11. C1001 Questão 22 M100022E4 Um objeto é lançado para cima da janela de um prédio a 50 m do solo. Ele sobe e, 1,5 segundos após o lançamento, atinge 61,25 metros de altura e começa a cair, tocando o solo 5 segundos após ser lançado. A altura y desse objeto, medida em metros, em cada instante x, 0 ≤ x ≤ 5, medido em segundos, representa uma parábola. A expressão algébrica que representa essa parábola é A) y = 5x2 + 1,5x + 11,25 B) y = 5x2 + 1,5x + 61,25 C) y = 5x2 + 1,5x + 50 D) y = – 5x2 – 15x + 50 E) y = – 5x2 + 15x + 50 Questão 23 M100006E4 Observe abaixo o desenho que mostra um esquema feito por um engenheiro. BL01M10 30° 30 H m Dados: sen 30° = 1 2 3 cos 30° = 2 tg 30° = 3 3 3 ≅ 1,7 Qual é o valor aproximado, em metros, da altura H do edifício representado nesse desenho? A) 15 B) 17 C) 26 D) 34 E) 51 9
  12. 12. Questão 24 M100004E4 Os pontos de coordenadas P(– 3, 1), Q(0, 4), R(2, 0) e S(– 1, 2) foram representados em um plano cartesiano. Qual é o plano cartesiano em que esses pontos P, Q, R e S estão representados? A) BL01M10 y 4 3 2 1 0 –3 –2 –1 1 2 3 4 x –1 –2 –3 B) 4 3 2 1 0 –3 –2 –1 1 –1 –2 –3 2 3 4 x C) y 4 3 2 1 0 –3 –2 –1 1 2 3 4 x D) 4 3 2 1 0 –3 –2 –1 1 2 3 4 x E) y 4 3 2 1 0 –3 –2 –1 1 2 3 4 x –1 –2 –3 C1001 10
  13. 13. Questão 25 M100015E4 A temperatura T, medida na escala Celsius, de uma câmara frigorífica, x horas após ela ter sido ligada, é dada pela expressão T = 13 x2 – 26x + 20. Sabe-se que a câmara permanece ligada, no máximo, por BL01M10 5 10 horas seguidas. Qual é a temperatura mínima atingida por essa câmara frigorífica nesse processo de resfriamento? A) – 90 °C B) – 45 °C C) – 10 °C D) 10 °C E) 20 °C Questão 26 M100025E4 Uma função f: IR → IR, expressa algebricamente por y = 2 – 3x, foi representada em um plano cartesiano. Qual é o gráfico que representa essa função? A) y B) 2 0 3 x y 2 –3 0 x C) y 1 0 x –1 –1 1 D) y 1 0 x –1 –1 1 E) 2 0 x –1 1 C1001 11
  14. 14. BL02P10 C1001 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Língua Portuguesa. Leia o texto abaixo. 5 10 Axé (gênero musical) O Axé Music é um gênero musical surgido no estado da Bahia na década de 1980 durante as manifestações populares do carnaval de Salvador, misturando frevo pernambucano, ritmos afro-brasileiros, reggae, merengue e outros ritmos afro-latinos. No entanto, o termo Axé Music é utilizado erroneamente para designar todos os ritmos de raízes africanas ou o estilo de música de qualquer banda ou artista que provém da Bahia. Sabe-se hoje, que nem toda música baiana é Axé, pois lá há o Samba-reggae, representado pelo Bloco Afro Olodum, o Samba de Roda, o Ijexá – tocado com variações diversas por bandas percussivas de blocos afro como Filhos de Ghandi, Ile Aiyê e Muzenza, entre outros –, o Pagode produzido por algumas bandas e até uma variação de frevo. A palavra “axé” é uma saudação religiosa usada no candomblé e na umbanda, que significa energia positiva. [...] Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Discuss%C3%A3o:Ax%C3%A9_%28g%C3%AAnero_musical%29>. Acesso em: 23 abr. 2012. Fragmento. (P100277RJ_SUP) Questão 27 P100277RJ Por suas características, esse texto é um exemplo de A) verbete de dicionário. B) resenha. C) notícia. D) editorial. E) artigo enciclopédico. Questão 28 P100278RJ Nesse trecho “... todos os ritmos de raízes africanas ou o estilo de música...” (ℓ. 4-5), o termo destacado transmite ideia de A) adição. B) alternância. C) finalidade. D) oposição. E) proporcionalidade. Questão 29 P100280RJ De acordo com esse texto, o Axé Music é um gênero musical que surgiu durante as manifestações do A) candomblé. B) carnaval. C) frevo. D) samba de roda. E) samba-reggae. 12
  15. 15. C1001 Leia novamente o texto “Axé (gênero musical)” para responder à questão abaixo. Questão 30 P100282RJ BL02P10 Nesse texto, qual é a função de linguagem predominante? A) conativa ou apelativa. B) emotiva ou expressiva. C) fática. D) metalinguística. E) referencial ou denotativa. Leia os textos abaixo. Texto 1 Texto 2 5 10 LXII Torno a ver-vos, ó montes; o destino Aqui me torna a pôr nestes oiteiros; Onde um tempo os gabões deixei grosseiros Pelo traje da Côrte rico, e fino. Aqui estou entre Almendro, entre Corino, Os meus fiéis, meus doces companheiros, Vendo correr os míseros vaqueiros Atrás de seu cansado desatino. Se o bem desta choupana pode tanto, Que chega a ter mais preço, e mais valia, Que da cidade o lisonjeiro encanto; Aqui descanse a louca fantasia; E o que até agora se tornava em pranto, Se converta em afetos de alegria. COSTA, Cláudio Manuel da. Disponível em: <http://www.sonetos.com.br/sonetos.php?n=739>. Acesso em: 30 abr. 2012. 5 10 15 Chuá, Chuá Deixa a cidade, formosa morena Linda pequena e volte ao sertão Beber a água da fonte que canta E se levanta no meio do chão Se tu nasceste cabocla cheirosa Cheirando a rosa no peito da terra Volta pra vida serena da roça Da velha palhoça do alto da serra E a fonte a cantar chuá, chuá E a água a correr chuê, chuê [...] A lua branda de luz prateada Faz a jornada no alto do céus Como se fosse uma sombra altaneira Da cachoeira fazendo escarcéu Quando essa luz lá na altura distante Loira ofegante no poente a cair Dá-me essa trova que o pinho desserra Que eu volto pra serra que eu quero partir. [...] MACHADO, Ary. SÁ, Pedro. Disponível em: <http://letras.terra.com.br/chitaozinho-e-xororo/1144559/>. Acesso em: 30 abr. 2012. Fragmento. (P100281RJ_SUP) Questão 31 P100281RJ Uma informação comum a esses dois textos é A) a beleza da luz da lua. B) a presença dos vaqueiros. C) a realização amorosa. D) a riqueza dos trajes da corte. E) a valorização do campo. 13
  16. 16. Leia novamente o texto "Chuá, Chuá” para responder às questões abaixo. Questão 32 P100279RJ No Texto 2, no trecho "... e volte ao sertão" (v. 2), o uso do verbo "voltar" no imperativo indica A) crítica. B) desejo. C) ordem. D) pedido. E) recomendação. Questão 33 P100283RJ No Texto 2, o verso “Loira ofegante no poente a cair” (v. 16) significa A) a beleza da lua. B) a despedida da mulher amada. C) a tristeza do eu lírico. D) o cansaço da formosa morena. E) o término da noite. BL02P10 C1001 14
  17. 17. BL02P10 Leia o texto abaixo. 5 10 15 20 25 30 C1001 Carta 1ª Em que se descreve a entrada que fez Fanfarrão em Chile. Amigo Doroteu, prezado amigo, Abre os olhos, boceja, estende os braços E limpa das pestanas carregadas O pegajoso humor, que o sono ajunta. – Critilo, o teu Critilo é quem te chama; Ergue a cabeça da engomada fronha, Acorda, se ouvir queres coisas raras. “Que coisas (tu dirás), que coisas podes Contar que valham tanto, quanto vale dormir a noite fria em mole cama, Quando salta a saraiva nos telhados E quando o sudoeste e outros ventos Movem dos troncos os frondosos ramos?” É doce este descanso, não to nego. – Também, prezado amigo, também gosto De estar amadornado, mal ouvindo Das águas despenhadas brando estrondo, E vendo, ao mesmo tempo, as vãs quimeras, Que então me pintam os ligeiros sonhos. – Mas, Doroteu, não sintas que te acorde; Não falta tempo em que do sono gozes: Então verás leões com pés de pato, Verás voarem tigres e camelos, Verás parirem homens e nadarem – Os roliços penedos sobre as ondas. Porém que têm que ver estes delírios Co’os sucessos reais, que vou contar-te? Acorda, Doroteu, acorda, acorda; Critilo, o teu Critilo é quem te chama: – Levanta o corpo das macias penas; Ouvirás, Doroteu, sucessos novos, Estranhos casos, que jamais pintaram Na ideia do doente, ou de quem dorme, Agudas febres, desvairados sonhos. [...] GONZAGA,Tomás Antônio. Disponível em: <http://www.biblio.com.br/defaultz.asp?link=http://www.biblio.com.br/conteudo TomasAntonioGonzaga cartaschilenas.htm>. Acesso em: 25 maio 2012. Fragmento. *Adaptado: Reforma Ortográfica. (P100284RJ_SUP) Questão 34 P100284RJ Nesse texto, as expressões destacadas nos versos “Ergue a cabeça da engomada fronha,” (v. 6) e “– Levanta o corpo das macias penas;” (v. 30) foram usadas para evidenciar A) a caracterização psicológica da personagem. B) a situação social da personagem. C) a tranquilidade do sono da personagem. D) o humor da personagem ao acordar. E) o interesse da personagem em ouvir as novidades. 15
  18. 18. Leia novamente o texto “Carta 1ª” para responder às questões abaixo. Questão 35 P100285RJ Nesse texto, o verso “Então verás leões com pés de pato,” (v. 22) sugere A) associação de sentidos. B) comparação de termos. C) ironia. D) musicalidade. E) oposição de ideias. Questão 36 P100286RJ Esse texto é um exemplo de A) crônica. B) diário. C) entrevista. D) poema. E) relato. Questão 37 P100287RJ Esse texto apresenta, predominantemente, uma linguagem A) informal. B) jornalística. C) literária. D) regional. E) técnica. Questão 38 P100288RJ Qual é a característica do Arcadismo predominante nesses versos “Acorda, Doroteu, acorda, acorda;/ Critilo, o teu Critilo é quem te chama:” (v. 28-29)? A) A apresentação da sátira política no poema. B) A idealização da vida bucólica. C) A presença de elementos da mitologia greco-romana. D) O desprezo aos prazeres do luxo e da riqueza. E) O uso de pseudônimos para designar os poetas. Questão 39 P100289RJ Infere-se desse texto que Critilo se mostra A) rigoroso. B) insistente. C) entediante. D) apressado. E) ameaçador. BL02P10 C1001 16
  19. 19. BL02M10 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Matemática. Questão 40 M100003E4 O triângulo de vértices ( – 1, 2), (1, 3) e (3, 1) foi representado em um plano cartesiano. Em qual dos planos cartesianos abaixo esse triângulo está representado? A) x y 0 3 2 1 –1 1 2 3 –1 B) x y 0 3 2 1 –1 1 2 3 –1 C) x y 0 3 2 1 –1 1 2 3 –1 D) x y 0 3 2 1 –1 1 2 3 –1 E) x y 0 3 2 1 –1 1 2 3 –1 –2 C1001 17
  20. 20. Questão 41 M100012E4 Uma expressão P relaciona as razões trigonométricas seno e cosseno, conforme indicado abaixo. BL02M10 P = sen 2r – 2.cos 3 7r 6 Ao reescrever essa expressão com os arcos medidos em graus obtém-se A) P = sen 40º – 2.cos 70º B) P = sen 100º – 2.cos 175º C) P = sen 120º – 2.cos 210º D) P = sen 180º – 2.cos 315º E) P = sen 240º – 2.cos 420º Questão 42 M100021E4 Uma função f: IR → IR, expressa algebricamente pela equação y = ax2 + bx + c, em que a > 0, b < 0 e c > 0, foi representada em um plano cartesiano. Qual é o gráfico que representa uma função com essas características? A) x y v B) x y v C) x v D) x y v E) x y v C1001 18
  21. 21. Questão 43 M100010E4 Uma equipe de natação vai usar um lago para treinamento. Eles vão nadar na direção PN. Para saber a distância entre os pontos P e N um técnico em topografia fez algumas medidas e anotou-as no esquema desenhado abaixo. 6 + 2 2 cos 75º = 4 BL02M10 P M N 45º 500 m 60º 75º Dados: sen 60º = 2 3 sen 45º = 2 2 sen 75º = 2 1 cos 60º = 2 cos 45º = 2 6 - 2 Qual é a medida da distância entre esses pontos P e N? A) 125 2 m B) 125 6 m C) 250 3 m D) 250 6 m E) 500 3 m Questão 44 M100014E4 Os arcos de medidas 80º, 240º e 420º, nessa ordem, foram expressos em radianos. A sequência obtida foi A) 2r rad, 9 2r rad e 3 7r rad. 6 B) 4r rad, 9 4r rad e 3 7r rad. 3 C) 4r rad, 5 12r rad e 5 21r rad. 5 D) 8r rad, 9 8r rad e 3 14r rad. 3 E) 8r rad, 5 24r rad e 5 42r rad. 5 C1001 19
  22. 22. C1001 Questão 45 M100023E4 As funções f: IR→IR e g: IR→IR são funções polinomiais do primeiro grau na forma f(x) = ax + b. As representações algébricas de f e g possuem, nessa ordem, a = – 3, b = 1 e a = 2, b = – 3. O plano cartesiano em que f e g foram representadas graficamente é A) BL02M10 4 3 2 1 0 g B) –4 –3 –2 –1 1 2 3 4 x –1 –2 –3 –4 f y 4 3 2 1 0 –4 –3 –2 –1 1 2 3 4 x –1 –2 –3 –4 f g C) y 4 3 2 1 0 –4 –3 –2 –1 1 2 3 4 x –1 –2 –3 –4 f g D) y 4 f g 3 2 1 –4 –3 –2 –1 1 2 3 4 x –1 –2 –3 –4 0 E) y 4 3 2 1 0 –4 –3 –2 –1 1 2 3 4 x –1 –2 –3 –4 f g Questão 46 M100018E4 João confecciona skates artesanais e, para aumentar os lucros, contratou um consultor de finanças para fazer um estudo de suas despesas e receitas. Esse consultor informou que o lucro de João pode ser calculado pela expressão L (x) = (60 – x) x, em que x representa a quantidade de skates vendidos mensalmente, com 0 ≤ x ≤ 50. No mês de julho João obteve lucro máximo pela venda de seus skates. Qual foi o número de skates vendidos por João nesse mês de julho? A) 15 B) 20 C) 30 D) 35 E) 50 20
  23. 23. Questão 47 M100026E4 Uma função de domínio e contradomínio real é definida algebricamente por y = – 3x. Qual é a representação gráfica dessa função? A) BL02M10 1 y 3 2 0 x B) y 0 – 2 – 3 1 x C) y 0 x – 3 – 1 – 2 D) y 0 – 1 3 x E) y 0 1 3 x C1001 21
  24. 24. C1001 Questão 48 M100017E4 Da janela do seu apartamento, uma criança jogou um brinquedo que caiu na varanda do prédio em frente, conforme mostra o esquema a seguir. Considere a altura h, em metros, que o brinquedo se encontra do solo, x segundos após o lançamento, seja dada pela equação horária h(x) = 9 – x2. BL02M10 h 9 5 0 x O tempo decorrido entre o momento em que o brinquedo foi jogado até o momento em ele que caiu na varanda foi igual a A) 2 s B) 3 s C) 4 s D) 16 s E) 34 s Questão 49 M100009E4 Uma artesã montou uma toalha usando retalhos de tecido. Ela costurou quatro triângulos isósceles idênticos sobre um quadrado, de forma que a base desse triângulo coincidiu com o lado do quadrado, conforme indica o desenho abaixo. 10 cm 120° 10 cm Dados: 3 sen 120° = 2 cos 120° = – 2 1 A medida do lado do quadrado sobre o qual a artesã aplicou os triângulos é igual a A) 10 cm B) 10 2 cm C) 10 3 cm D) 20 cm E) 40 3 cm 22
  25. 25. Questão 50 M100001E4 Um decágono não convexo foi representado em um plano cartesiano, como indica o desenho abaixo. BL02M10 x y 0 5 K 4 3 2 – 5 – 4 – 3 – 2 2 3 4 5 – 2 – 3 G H I J L M F O N 1 – 1 – 1 1 Quais são as coordenadas dos vértices K, I, H e L desse decágono, respectivamente? A) (– 3, 4), (3, 4), (2, 1) e (– 2, 1). B) (4, – 3), (4, 3), (1, 2) e (1, – 2). C) (3, 4), (3, 4), (2, 1) e (2, 1). D) (4, 3), (4, 3), (1, 2) e (1, 2). E) (– 3, 4), (4, 3), (2, 1) e (– 2, 1). Questão 51 M100005E4 Para calcular a medida da área do triângulo representado pelo desenho I, um aluno fez o desenho II e calculou a medida da altura desse triângulo, indicada por h. 5 cm 8 cm 60° 5 cm h 8 cm 60° I II Dados: 3 sen 60° = 2 cos 60° = 2 1 tg 60° = 3 2 A medida 5 representada por h no desenho II é igual a A) cm B) 4 cm C) 5 3 cm 2 10 3 cm D) 3 E) 10 cm C1001 23
  26. 26. Questão 52 M100019E4 Em uma prova de arremesso de peso, um atleta olímpico, com altura aproximada de 2 m, lança uma massa esférica de metal, a uma altura próxima do seu ombro. Essa massa esférica segue uma trajetória parabólica, caindo entre 15 e 25 metros de distância do ponto onde foi lançada. O gráfico que melhor representa a trajetória dessa massa nessa prova é A) altura BL02M10 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 distância 6 4 2 0 B) altura 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 distância 6 4 2 0 C) altura 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 distância 6 4 2 0 D) altura 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 distância 6 4 2 0 E) altura 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 distância 6 4 2 0 C1001 24

×