O slideshow foi denunciado.

Diagnóstico de rua

786 visualizações

Publicada em

Imagens de casos médicos

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Diagnóstico de rua

  1. 1. Diagnóstico de Rua Danielle Miranda
  2. 2. Mulher de 56 anos, obesa, DM 2. Lesões em áreas intertriginosas. Acantose Nigricans: associado a obesidade, DM2, Cushing, SOP, Doenças da tireóide, AdenoCA do TGI, Acromegalia, Medicamentos
  3. 3. Mulher de 18 anos com fadiga há 6 semanas, náuseas, perda de peso involuntária e escurecimento da pele. Doença de Addison : a apresentação clínica pode incluir depressão, fadiga muscular, fraqueza, anorexia, perda de peso, náuseas, vômitos, diarréia.
  4. 4. Mulher de 60 anos com artrite e uma longa história de úlceras recorrentes dolorosas em boca e genitália. Síndrome de Behçet: úlceras aftosas orais e quaisquer dois dos seguintes (úlceras aftosas genitais, uveíte, nódulos cutâneos ou pústulas, flebite, artrite, arterite, meningoencefalite)
  5. 5. Garoto de 17 anos apresentando essas lesões, com dor abdominal e dor nas costas. Doença de Chron: as lesões de pele estão presentes em 10% dos pacientes e incluem pioderma gangrenoso, úlceras aftosas e eritema nodoso.
  6. 6. Homem, 45 anos, não-tabagista, apresentou essas lesões 5 dias após episódio de tosse seca e febre. Paciente relatou viagem recente a lugar com epidemiologia para Coccidioidomicose. Coccidioidomicose: micose profunda. Apresenta manifestações extrapulmonares focais. O eritema nodoso, se presente, é sinal de bom prognóstico.
  7. 7. Homem, 52 anos, 6 meses após transplante de fígado, começou um quadro de meningite a/e. Criptococose: as manifestações incluem pneumonia, meningite e infiltração de nervos cranianos.
  8. 8. Homem, 30 anos, apresenta-se com alterações de personalidade, icterícia, dor nas articulações e este achado no olho. Doença de Wilson: deposição de cobre no fígado, no cérebro e córnea. Os anéis de Kayser-Fleischer são mais freqüentes em pacientes com complicações neurológicas. A artropatia ocorre em até 50%.
  9. 9. Após o tratamento de uretrite com tetraciclina, um homem de 18 anos apresenta-se com esta condição de pele. Dermatite fototóxica induzida por tetraciclina: erupção, urticária, angioedema, fotossensibilidade, dispepsia.
  10. 10. Homem de 82 anos se apresenta com 8 semanas de edema periorbital, 6 semanas de erupção cutânea e 2 semanas de fraqueza e dor em ombros, bilateralmente. Dermatomiosite: heliotropo das pálpebras, manchas de Gottron, fotossensibilidade da face, miosite proximal.
  11. 11. Heliotropo Manchas de Gottron
  12. 12. Homem de 25 anos apresenta uma história de 3 meses de dor abdominal em cólica e diarréia sanguinolenta e uma história de 3 semanas de múltiplas lesões vermelhas em antebraço. Eritema nodoso: a causa mais comum é faringite estreptocócica. Pode estar associada à Sarcoidose, DII (caso) e Sd Behçet.
  13. 13. Garoto de 16 anos teve uma dor de garganta e uma erupção que começou no tronco e se espalhou para os braços e pernas. Escarlatina: língua em morango. Hiperpigmentação na curva do cotovelo (sinal de Pastia). DD: sarampo, sd choque tóxico, sd pele escaldada estafilocócica, eritema infeccioso, reações de doenças de Kawasaki, e drogas.
  14. 14. Eritema Infeccioso ou Parvovirose Fácies esbofeteada Rash rendilhado
  15. 15. Homem, 75 anos, apresenta profunda obnubilação, pneumonia e erupção vesicular em face. Herpes Zoster
  16. 16. Homem, 63 anos, apresenta preocupação com a cor de sua língua. Sem outras queixas. Língua pilosa negra é devido à hiperplasia e alongamento das papilas filiformes e crescimento bacteriano excessivo de bactéria cromogênicas e fungos.
  17. 17. Doença de Lyme Zoonose transmitida pelo carrapato. Dentro de 30 dias de infecção, ocorre eritema crônico migratório e pode estar associado com febre, meningismo, linfadenopatia e a erupção.
  18. 18. Melanoma na Íris Pode resultar em hemorragia e pressão intra-ocular elevada. normalmente esta condição ocorre na íris pálida ou azul.
  19. 19. Dois irmãos têm múltiplas máculas marrom e lesões nodulares na pele. Pai tem lesões semelhantes. Neurofibromatose tipo 1: o diagnóstico é baseado em 2 ou mais dos critérios – 6 ou mais máculas café-com-leite; sardas axilares ou inguinais; dois ou mais nódulos de Lisch da íris; dois ou mais neurofibromas; um neurofibroma plexiforme; história familiar positiva.
  20. 20. Nódulos de Lisch Manifestações oculares mais comuns na neurofibromatose tipo 1. Mais de 95% dos indivíduos com neurofibromatose tipo 1 com mais de 10 anos de idade apresentam este achado. Consistem em hamartomas melanocíticos, que geralmente são marrons ou amarelos.
  21. 21. Paciente queixando-se de febre e artrite em grandes articulações, com o seguinte achado, ao exame físico: Petéquias conjuntivais  Endocardite Infecciosa
  22. 22. Poliarterite Nodosa PAN: vasculite aguda necrotizante que afeta artérias de médio e pequeno porte. Doença sistêmica que geralmente envolve os rins, nervos periféricos, pele e TGI. Raramente envolve coração, SNC, pulmão e olhos.
  23. 23. Um operário de 45 anos se apresenta com vesículas e bolhas em áreas expostas à luz. Estas lesões deixam cicatrizes. Ele é alcoolista. Ele não relata dor abdominal ou fezes amolecidas. Seu estado mental é normal. Porfiria Cutânea Tardia: é a mais comum das porfirias. Incluem fotosensibilidade, erosão dorsal em bolhas, hiperpigmentação, vermelhidão.
  24. 24. Púrpura de Henoch-Schönlein Vasculite de hipersensibilidade sistêmica. Praticamente todos os pacientes com HSP têm púrpura palpável. Outros sinais e sintomas clássicos são a apresentação de dor abdominal, artrite, e hematúria.
  25. 25. Uma mulher de 52 anos de idade, tem diarréia, respiração ofegante, e rubor, reações mostrado aqui, que parecia estar associado com emoção e ingestão de álcool. Síndrome Carcinóide: os tumores carcinóides metastáticos para o fígado causam rubor e diarréia. A maioria dos sítios comuns são íleo terminal (90%), pulmões e brônquios, apêndice, reto e estômago.
  26. 26. Mulher, 26 anos, queixando-se de saciedade precoce. História pregressa de hemorragia digestiva alta e prolapso retal. Ao exame físico... Sd Ehlers-Danlos: tecido conjuntivo altamente elástico. Pacientes predispostos à doenças GI de motilidade, diverticuloses, prolapso da valva mitral, dilatação da raiz da aorta, escoliose, artrite degenerativa, pneumotórax, dilatação da artéria pulmonar e angina.
  27. 27. Homem, 75 anos, apresenta-se com perda de peso, placas dolorosas em mãos e febre baixa. Sd Sweet: Dermatose febril neutrofílica aguda. Febre + Leucocitose neutrofílica + Placas dolorosas em membros, face e pescoço + Achados histológicos de infiltração densa da derme por neutrófilos maduros. Associada com a LMA. Manifestações extra-cutâneas incluem artralgias difusas, proteinúria e episclerite.
  28. 28. Síndrome das Unhas Amarelas Tríade clássica: unhas amarelas + linfedema + derrame pleural. Unhas amarelo a amarelo-esverdeado ou amarelo- acastanhado. Crescimento lento. Onicólise.
  29. 29. Homem, 33 anos, vida sexual ativa, apresenta-se com a seguinte lesão indolor. Sífilis 1ª: DD Herpes simplex e Cancro Mole (úlceras dolorosas)
  30. 30. Homem, 28 anos, apresenta lesões de pele, febre e linfadenopatia. 6 semanas atrás, ele tinha uma úlcera indolor no pênis que se resolveu espontaneamente, sem o tratamento. Sífilis 2ª: sintomas constitucionais, erupção, lesões mucocutâneas (palmas das mãos e pés), alopecia, condiloma, linfadenopatia. As lesões cutâneas são altamente contagiosas.
  31. 31. Homem, 54 anos, evoluiu com erupção vesicular e erosões da mucosa 1 dia depois que ele começou a terapia com SMX- TMP por uma infecção respiratória superior. Sd Stevens-Johnson: muitas vezes começa com uma erupção morbiliforme e febre. Em SSJ, menos de 10% da área total da superfície corporal é afetada. Em NET, >30%.
  32. 32. Paciente masculino, 34 anos, fumante, relata ter dor em MMII em repouso e úlceras pequenas em extremidades digitais há 2 meses. Também relata 1 ano de claudicação. Tromboangeíte Obliterante (Doença de Buerger)
  33. 33. Mulher, 50 anos, apresenta-se com as seguintes lesões, que são amarelas na sessão de corte. Xantelasma: xantoma cutâneo mais comum.
  34. 34. Sexo feminino, 15 anos, apresenta lesões em áreas foto expostas ao sol. Xeroderma Pigmentoso: extremamente sensível a queimaduras solares. Achados de pele: queratoses actínicas, melanoma cutâneo, atrofia prograssiva, pigmentação irregular, telangectasias, CBC, CEC.
  35. 35. Bibliografia • Mayo Clinic Images in Internal Medicine • Medscape

×