SlideShare uma empresa Scribd logo

Síntese e utilização do hexanitrocobaltato (iii) de sódio

Cybele Sobrenome
Cybele Sobrenome

Relatório de química inorgânica sobre a síntese e utilização do hexanitrocobaltato (III) de sódio

Síntese e utilização do hexanitrocobaltato (iii) de sódio

1 de 4
Baixar para ler offline
CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS 
CURSO DE QUÍMICA 
DISCIPLINA DE QUÍMICA INORGÂNICA II A 
Síntese e utilização do 
hexanitrocobaltato (III) de sódio 
Discentes: Luciana Natália Cividatti 
Renato Cesar de Souza 
Docente: Prof. Dr. Bernard J L Gardes 
Londrina 
2006
INTRODUÇÃO 
O cobalto é um metal brilhante, assemelhado ao ferro, tenaz e duro. O cobalto 
em forma compacta não é atacado por ar ou água a temperatura ambiente. A maior 
parte dos compostos simples de cobalto são compostos de cobalto dispositivo. Os 
compostos simples incluem os haletos, o óxido, o hidróxido e numerosos sais como 
oxoácidos. Os sais de cobalto (II) são perfeitamente estáveis. O cobalto (II) exibe 
relativamente fraca capacidade para a formação de complexos. 
Os compostos simples de cobalto (III) envolvem uma forma hidratada do 
óxido Co2O3 e uns poucos sais (p.ex., fluoretos, sulfatos e acetato). Os sais simples 
de cobalto (III) são obtidos a partir de sais de cobalto (II) pela ação de fortes agentes 
oxidantes. Os complexos de cobalto (III) são estáveis e extraordinariamente 
numerosos. O cobalto (III) se acha de tal modo estabilizado em seus complexos que 
estes se formam a partir de cobalto (II) por oxidação pelo ar ou mesmo pela água. O 
cobalto (III) manifesta uma grande capacidade de formação de complexos, 
capacidade não menor do que a da platina e do cromo. Em seus complexos, o 
cobalto (III) aparece como átomo central de cátions, moléculas neutras ou ânions. O 
número de coordenação é invariavelmente seis. Os principais doadores capazes de 
se ligar ao cobalto (III) são, em ordem crescente da força de ligação, os halogênios, 
o enxofre, o oxigênio, o carbono e o nitrogênio. 
O íon [Co(H2O)6]2+ é estável em solução, mas a adição de outros ligantes 
facilita a oxidação a Co3+. Por outro lado, o íon [Co(H2O)6]3+ é um agente oxidante 
forte oxidando H2O a oxigênio e sendo reduzido a Co2+. Contudo, ligantes contendo 
átomos de nitrogênio (como NH3 e etilenodiamina = NH2CH2CH2NH2) estabilizam o 
estado de oxidação +3 em solução aquosa. As reações de formação de complexos 
ocorrem pela substituição de moléculas de água por outros ligantes (moléculas 
neutras: NH3, etilenodiamina, etc. ou ânions: Cl-, OH-, etc.) presentes na solução, 
seguida geralmente pela oxidação do íon Co2+. Há uma reação inicial de substituição 
das moléculas de água e a seguir, o complexo formado é oxidado pelo oxigênio do 
ar ou então pela ação da água oxigenada. 
Os complexos de cobalto (III) incluem hexacianocobaltatos (III), 
hexanitrocobaltatos (III), tricarbonatocobaltatos (III) e, principalmente, muitas 
cobaltaminas.
O hexanitrocobaltato (III) de sódio possui cor amarelo pardo, estrutura 
octaédrica e é solúvel em água, sendo que a solução aquosa deste complexo se 
decompõe gradualmente. Este complexo é muito utilizado na química analítica na 
detecção de íons potássio, formando compostos dificilmente solúveis. 
QUESTÕES 
- Quais são os elementos oxidados e reduzidos na preparação deste complexo? 
Na preparação deste complexo temos o cobalto como elemento oxidado e o 
nitrogênio como elemento reduzido, como segue: 
Semi-reação de oxidação: Co2+ Co3+ 
Semi-reação de redução: NO3 
- NO + NO2 
- Escrever as equações químicas das reações ocorridas na preparação deste 
complexo: 
Co(NO3)2 · 6 H2O + NaNO2  Co(NO2)2 + 2 NaNO3 
2 NaNO2 + 2 CH3COOH  2 HNO2 + 2 CH3COONa 
Co (NO2)2 + 2 HNO2  Co(NO2)3 + NO + H2O 
Co(NO2)3 + 3 NaNO2  Na3 [Co(NO2)6] 
RENDIMENTO 
Inicialmente foram utilizados 14,98 g (0,2171 mols) de nitrito de sódio para 
reagir com 5,0023 g (0,0172 mols) de nitrato de cobalto (II), o que indica o nitrato de 
cobalto (II) como reagente limitante da reação. 
Sabendo-se que os pesos moleculares do nitrato de cobalto hexahidratado 
(Co(NO3)2·6 H2O) e do hexanitrocobaltato (III) de sódio (Na3[Co(NO2)6]) são
respectivamente 291,03 g.mol-1 e 403,94 g.mol-1 e que para cada mol de 
Co(NO3)2·6H2O consumido há a formação de um mol de Na3 [Co(NO2)6], temos que: 
Massa inicial de Co(NO3)2·6 H2O: 5,0023 g 
1 mol de Co(NO3)2·6 H2O = 291,03 g de Co(NO3)2·6 H2O 
5,0023 g x (1 mol / 291,03 g) = 0,0172 mols de Co(NO3)2·6 H2O 
0,0172 mols de Co(NO3)2·6 H2O  0,0172 mols de Na3 [Co(NO2)6] 
Rendimento esperado: 
1 mol de Na3 [Co(NO2)6] = 403,94 g de Na3 [Co(NO2)6] 
0,0172 mols x (403,94 g / 1 mol) = 6,9478 g de Na3 [Co(NO2)6] 
Rendimento obtido: 
Massa obtida pelo experimento de Na3 [Co(NO2)6] = 5,7660 g 
5,7660 g x (100% / 6,9478 g) = 83% 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
BASOLO, F.; JOHNSON, R. Coordenation chemistry, the chemistry of metal 
complexs. Califórnia: W. A. Benjamim, 1964. 127p. 
OHLWEILWER, O. A. Química inorgânica. São Paulo: Editora Edgard Blucher Ltda, 
1971. 639-646p. 
SEMICHIN, V. Práticas de química geral inorgânica. São Paulo: Editora Mir 
Moscovo, 1979. 205-207 e 332-334p.
Anúncio

Recomendados

Síntese e caracterização do cloreto de hexaamminníquel (ii)
Síntese e caracterização do cloreto de hexaamminníquel (ii)Síntese e caracterização do cloreto de hexaamminníquel (ii)
Síntese e caracterização do cloreto de hexaamminníquel (ii)Cybele Sobrenome
 
Teoria do campo cristalino
Teoria do campo cristalinoTeoria do campo cristalino
Teoria do campo cristalinoFernando Santos
 
Compostos de coordenação
Compostos de coordenaçãoCompostos de coordenação
Compostos de coordenaçãoLarissa Cadorin
 
Síntese do sulfato de tetra-aminocobre (II) mono-hidratado
Síntese do sulfato de tetra-aminocobre (II) mono-hidratadoSíntese do sulfato de tetra-aminocobre (II) mono-hidratado
Síntese do sulfato de tetra-aminocobre (II) mono-hidratadoRodrigo Miguel
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DOS METAIS ALCALINOS E OBTENÇÃO DO HIDROG...
 RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DOS METAIS ALCALINOS E OBTENÇÃO DO HIDROG... RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DOS METAIS ALCALINOS E OBTENÇÃO DO HIDROG...
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DOS METAIS ALCALINOS E OBTENÇÃO DO HIDROG...Ezequias Guimaraes
 
Relatório - Volumetria de Precipitação
Relatório - Volumetria de PrecipitaçãoRelatório - Volumetria de Precipitação
Relatório - Volumetria de PrecipitaçãoDhion Meyg Fernandes
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo II
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo IIRelatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo II
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo IIErica Souza
 
Aula sobre tcc estágio a docência mestrado
Aula sobre tcc estágio a docência mestradoAula sobre tcc estágio a docência mestrado
Aula sobre tcc estágio a docência mestradoJuno Dio
 
Geometria de complexos
Geometria de complexosGeometria de complexos
Geometria de complexosRay Sant'Anna
 
Quimica Inorganica - Estudo dos metais alcalinos e alcalinos-terrosos
Quimica Inorganica - Estudo dos metais alcalinos e alcalinos-terrososQuimica Inorganica - Estudo dos metais alcalinos e alcalinos-terrosos
Quimica Inorganica - Estudo dos metais alcalinos e alcalinos-terrososLucas Valente
 
Capitulo 5 oxidação e redução
Capitulo 5 oxidação e reduçãoCapitulo 5 oxidação e redução
Capitulo 5 oxidação e reduçãoFlavio Cardoso Reis
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: EXTRAÇÃO LÍQUIDO - LÍQUIDO
 RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: EXTRAÇÃO LÍQUIDO - LÍQUIDO RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: EXTRAÇÃO LÍQUIDO - LÍQUIDO
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: EXTRAÇÃO LÍQUIDO - LÍQUIDOEzequias Guimaraes
 
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos OrgânicosReações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos OrgânicosLuís Rita
 
Síntese do trioxalatocromato (iii) de potássio
Síntese do trioxalatocromato (iii) de potássioSíntese do trioxalatocromato (iii) de potássio
Síntese do trioxalatocromato (iii) de potássioCybele Sobrenome
 
Compostos de Coordenação
 Compostos de Coordenação Compostos de Coordenação
Compostos de Coordenaçãol t
 
Reações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
Reações de Substituição Nucleofílica e de EliminaçãoReações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
Reações de Substituição Nucleofílica e de EliminaçãoJosé Nunes da Silva Jr.
 
Exercícios Resolvidos Química
Exercícios Resolvidos QuímicaExercícios Resolvidos Química
Exercícios Resolvidos QuímicaLuiz Fabiano
 
Apostila de Química Analítica Qualitativa
Apostila de Química Analítica QualitativaApostila de Química Analítica Qualitativa
Apostila de Química Analítica QualitativaDharma Initiative
 
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometriaRelatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometriaFernanda Borges de Souza
 
Relatório experimental iorgânica2
Relatório experimental iorgânica2Relatório experimental iorgânica2
Relatório experimental iorgânica2Rodrigo Sintra
 

Mais procurados (20)

Aula cations e anions via umida
Aula cations e anions via umidaAula cations e anions via umida
Aula cations e anions via umida
 
Complexos aula 1 (1)
Complexos aula 1 (1)Complexos aula 1 (1)
Complexos aula 1 (1)
 
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo II
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo IIRelatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo II
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo II
 
Aula sobre tcc estágio a docência mestrado
Aula sobre tcc estágio a docência mestradoAula sobre tcc estágio a docência mestrado
Aula sobre tcc estágio a docência mestrado
 
Geometria de complexos
Geometria de complexosGeometria de complexos
Geometria de complexos
 
Obtenção de hidrogenio
Obtenção de hidrogenioObtenção de hidrogenio
Obtenção de hidrogenio
 
9 solubilidade
9 solubilidade9 solubilidade
9 solubilidade
 
Quimica Inorganica - Estudo dos metais alcalinos e alcalinos-terrosos
Quimica Inorganica - Estudo dos metais alcalinos e alcalinos-terrososQuimica Inorganica - Estudo dos metais alcalinos e alcalinos-terrosos
Quimica Inorganica - Estudo dos metais alcalinos e alcalinos-terrosos
 
Capitulo 5 oxidação e redução
Capitulo 5 oxidação e reduçãoCapitulo 5 oxidação e redução
Capitulo 5 oxidação e redução
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: EXTRAÇÃO LÍQUIDO - LÍQUIDO
 RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: EXTRAÇÃO LÍQUIDO - LÍQUIDO RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: EXTRAÇÃO LÍQUIDO - LÍQUIDO
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: EXTRAÇÃO LÍQUIDO - LÍQUIDO
 
Eletrólise aplicações
Eletrólise    aplicaçõesEletrólise    aplicações
Eletrólise aplicações
 
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos OrgânicosReações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
 
Síntese do trioxalatocromato (iii) de potássio
Síntese do trioxalatocromato (iii) de potássioSíntese do trioxalatocromato (iii) de potássio
Síntese do trioxalatocromato (iii) de potássio
 
Compostos de Coordenação
 Compostos de Coordenação Compostos de Coordenação
Compostos de Coordenação
 
Reações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
Reações de Substituição Nucleofílica e de EliminaçãoReações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
Reações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
 
Exercícios Resolvidos Química
Exercícios Resolvidos QuímicaExercícios Resolvidos Química
Exercícios Resolvidos Química
 
Apostila de Química Analítica Qualitativa
Apostila de Química Analítica QualitativaApostila de Química Analítica Qualitativa
Apostila de Química Analítica Qualitativa
 
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometriaRelatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
 
Equilibrio de precipitação
Equilibrio de precipitaçãoEquilibrio de precipitação
Equilibrio de precipitação
 
Relatório experimental iorgânica2
Relatório experimental iorgânica2Relatório experimental iorgânica2
Relatório experimental iorgânica2
 

Semelhante a Síntese e utilização do hexanitrocobaltato (iii) de sódio

Semelhante a Síntese e utilização do hexanitrocobaltato (iii) de sódio (20)

Lista 35 funções inorgânicas - difícil
Lista 35   funções inorgânicas - difícilLista 35   funções inorgânicas - difícil
Lista 35 funções inorgânicas - difícil
 
Aula cations e anions via umida
Aula cations e anions via umidaAula cations e anions via umida
Aula cations e anions via umida
 
Nox e oxirredução
Nox e oxirreduçãoNox e oxirredução
Nox e oxirredução
 
Aula de power point
Aula de power pointAula de power point
Aula de power point
 
Lista 5 estequiometria
Lista 5   estequiometriaLista 5   estequiometria
Lista 5 estequiometria
 
Nox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido ReduçãoNox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido Redução
 
Lista de exercicios hidróxidos
Lista de exercicios    hidróxidosLista de exercicios    hidróxidos
Lista de exercicios hidróxidos
 
Sais e óxidos
Sais e óxidosSais e óxidos
Sais e óxidos
 
Inor parte 2
Inor parte 2Inor parte 2
Inor parte 2
 
Química exercicios extras
Química   exercicios extrasQuímica   exercicios extras
Química exercicios extras
 
Funcoes inorganicas eurico
Funcoes inorganicas euricoFuncoes inorganicas eurico
Funcoes inorganicas eurico
 
Lista de exercicios sais
Lista de exercicios    saisLista de exercicios    sais
Lista de exercicios sais
 
Relatório práticas inorgânicas
Relatório práticas inorgânicas Relatório práticas inorgânicas
Relatório práticas inorgânicas
 
Elite resolve ita_2013-quimica
Elite resolve ita_2013-quimicaElite resolve ita_2013-quimica
Elite resolve ita_2013-quimica
 
3 FunçòEs Inorganicas
3 FunçòEs Inorganicas3 FunçòEs Inorganicas
3 FunçòEs Inorganicas
 
PROVA FUVEST
PROVA FUVESTPROVA FUVEST
PROVA FUVEST
 
Eletrólise apostila
Eletrólise apostilaEletrólise apostila
Eletrólise apostila
 
Estudos dos ácidos carboxilicos 012
Estudos dos ácidos carboxilicos 012Estudos dos ácidos carboxilicos 012
Estudos dos ácidos carboxilicos 012
 
Elementos do bloco p
Elementos do bloco pElementos do bloco p
Elementos do bloco p
 
Oxidos
OxidosOxidos
Oxidos
 

Síntese e utilização do hexanitrocobaltato (iii) de sódio

  • 1. CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS CURSO DE QUÍMICA DISCIPLINA DE QUÍMICA INORGÂNICA II A Síntese e utilização do hexanitrocobaltato (III) de sódio Discentes: Luciana Natália Cividatti Renato Cesar de Souza Docente: Prof. Dr. Bernard J L Gardes Londrina 2006
  • 2. INTRODUÇÃO O cobalto é um metal brilhante, assemelhado ao ferro, tenaz e duro. O cobalto em forma compacta não é atacado por ar ou água a temperatura ambiente. A maior parte dos compostos simples de cobalto são compostos de cobalto dispositivo. Os compostos simples incluem os haletos, o óxido, o hidróxido e numerosos sais como oxoácidos. Os sais de cobalto (II) são perfeitamente estáveis. O cobalto (II) exibe relativamente fraca capacidade para a formação de complexos. Os compostos simples de cobalto (III) envolvem uma forma hidratada do óxido Co2O3 e uns poucos sais (p.ex., fluoretos, sulfatos e acetato). Os sais simples de cobalto (III) são obtidos a partir de sais de cobalto (II) pela ação de fortes agentes oxidantes. Os complexos de cobalto (III) são estáveis e extraordinariamente numerosos. O cobalto (III) se acha de tal modo estabilizado em seus complexos que estes se formam a partir de cobalto (II) por oxidação pelo ar ou mesmo pela água. O cobalto (III) manifesta uma grande capacidade de formação de complexos, capacidade não menor do que a da platina e do cromo. Em seus complexos, o cobalto (III) aparece como átomo central de cátions, moléculas neutras ou ânions. O número de coordenação é invariavelmente seis. Os principais doadores capazes de se ligar ao cobalto (III) são, em ordem crescente da força de ligação, os halogênios, o enxofre, o oxigênio, o carbono e o nitrogênio. O íon [Co(H2O)6]2+ é estável em solução, mas a adição de outros ligantes facilita a oxidação a Co3+. Por outro lado, o íon [Co(H2O)6]3+ é um agente oxidante forte oxidando H2O a oxigênio e sendo reduzido a Co2+. Contudo, ligantes contendo átomos de nitrogênio (como NH3 e etilenodiamina = NH2CH2CH2NH2) estabilizam o estado de oxidação +3 em solução aquosa. As reações de formação de complexos ocorrem pela substituição de moléculas de água por outros ligantes (moléculas neutras: NH3, etilenodiamina, etc. ou ânions: Cl-, OH-, etc.) presentes na solução, seguida geralmente pela oxidação do íon Co2+. Há uma reação inicial de substituição das moléculas de água e a seguir, o complexo formado é oxidado pelo oxigênio do ar ou então pela ação da água oxigenada. Os complexos de cobalto (III) incluem hexacianocobaltatos (III), hexanitrocobaltatos (III), tricarbonatocobaltatos (III) e, principalmente, muitas cobaltaminas.
  • 3. O hexanitrocobaltato (III) de sódio possui cor amarelo pardo, estrutura octaédrica e é solúvel em água, sendo que a solução aquosa deste complexo se decompõe gradualmente. Este complexo é muito utilizado na química analítica na detecção de íons potássio, formando compostos dificilmente solúveis. QUESTÕES - Quais são os elementos oxidados e reduzidos na preparação deste complexo? Na preparação deste complexo temos o cobalto como elemento oxidado e o nitrogênio como elemento reduzido, como segue: Semi-reação de oxidação: Co2+ Co3+ Semi-reação de redução: NO3 - NO + NO2 - Escrever as equações químicas das reações ocorridas na preparação deste complexo: Co(NO3)2 · 6 H2O + NaNO2  Co(NO2)2 + 2 NaNO3 2 NaNO2 + 2 CH3COOH  2 HNO2 + 2 CH3COONa Co (NO2)2 + 2 HNO2  Co(NO2)3 + NO + H2O Co(NO2)3 + 3 NaNO2  Na3 [Co(NO2)6] RENDIMENTO Inicialmente foram utilizados 14,98 g (0,2171 mols) de nitrito de sódio para reagir com 5,0023 g (0,0172 mols) de nitrato de cobalto (II), o que indica o nitrato de cobalto (II) como reagente limitante da reação. Sabendo-se que os pesos moleculares do nitrato de cobalto hexahidratado (Co(NO3)2·6 H2O) e do hexanitrocobaltato (III) de sódio (Na3[Co(NO2)6]) são
  • 4. respectivamente 291,03 g.mol-1 e 403,94 g.mol-1 e que para cada mol de Co(NO3)2·6H2O consumido há a formação de um mol de Na3 [Co(NO2)6], temos que: Massa inicial de Co(NO3)2·6 H2O: 5,0023 g 1 mol de Co(NO3)2·6 H2O = 291,03 g de Co(NO3)2·6 H2O 5,0023 g x (1 mol / 291,03 g) = 0,0172 mols de Co(NO3)2·6 H2O 0,0172 mols de Co(NO3)2·6 H2O  0,0172 mols de Na3 [Co(NO2)6] Rendimento esperado: 1 mol de Na3 [Co(NO2)6] = 403,94 g de Na3 [Co(NO2)6] 0,0172 mols x (403,94 g / 1 mol) = 6,9478 g de Na3 [Co(NO2)6] Rendimento obtido: Massa obtida pelo experimento de Na3 [Co(NO2)6] = 5,7660 g 5,7660 g x (100% / 6,9478 g) = 83% REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BASOLO, F.; JOHNSON, R. Coordenation chemistry, the chemistry of metal complexs. Califórnia: W. A. Benjamim, 1964. 127p. OHLWEILWER, O. A. Química inorgânica. São Paulo: Editora Edgard Blucher Ltda, 1971. 639-646p. SEMICHIN, V. Práticas de química geral inorgânica. São Paulo: Editora Mir Moscovo, 1979. 205-207 e 332-334p.