SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Prof.: Antonio Soares
Série: 6º ao 9º ano
AULA: 01 (A Importância da Disciplina)
ENSINO RELIGIOSO
Antes mesmo da filosofia ou da ciência esboçarem algum tipo de resposta para
essas questões, à religião já havia percorrido um longo caminho na tentativa de
solucioná-las. Provavelmente, a religião se antecipou tanto à filosofia quanto a
ciência ao abordar tais temas, oferecendo versões teológicas deles. Nessa área,
porém, as interpretações são muitas e tão diverso quanto às comunidades de fiéis
existentes, fato que evidencia o caráter da religião, sustentada pela crença e não
pelo conhecimento e a crítica. A pluralidade das respostas religiosas também serve
de testemunho da diversidade cultural e da capacidade da criação humana.
As indagações sobre as razões de nossa existência aqui na Terra –
sobretudo, aquelas motivadas por inquietações relativas à nossa
origem ou sentido da vida – talvez seja tão antigas quanto à própria
humanidade. Elas causaram grande desassossego em boa parte das
gerações passadas e, muito provavelmente, vão continuar a consumir
a energia de parcelas significativas das gerações futuras.
Introdução
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
Os afrescos de Michelangelo (1475 – 1564),no teto da Capela
Sistina,no Vaticano,dos quais pode ser observado um detalhe na
imagem desta página, parecem apontar para a existência de duas
esferas no universo religioso: de um lado, a do divino ou sagrado, e,
de outro, a do homem ou profano. Na imagem, tanto o olhar como
os braços do homem convergem com a divindade, simbolizando
assim a aproximação do europeu ocidental com a cultura cristã.
Embora a obra de Michelangelo tenha um valor histórico
inquestionável, é preciso mencionar, sobretudo por se tratar aqui de
uma análise acerca do fenômeno religioso, que ela se refere a um
período específico da vida europeia – o Renascimento – e a uma
tradição religiosa particular – a crista.
Introdução
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
O E.R na LEI 9.394/96 O presidente da Republica decreta e sanciona a Lei:
Art.1º - o artigo 33 da Lei Nº 9.394/96 passa a vigorar com a seguinte redação:
“Art. 33 – O ensino Religioso ...........é parte integrante da formação Básica do cidadão,
constitui disciplina dos horários normais das escolas públicas de ensino fundamental,
assegurado o respeito a diversidade cultural,religiosa do Brasil, vedadas quaisquer forma
de proselitismo.
§1º - os sistemas de ensino regulamentarão os procedimentos para a definição dos conteúdos do Ensino Religioso e
estabelecerão as normas para a habilitação e admissão dos professores.
§2º - os sistemas de ensino ouvirão entidades civil, construídas pelas diferentes denominações religiosas, para a
definição dos conteúdos do Ensino Religioso.
Art. 2º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário.
Brasília, 22 de julho de 1997, 176º da Independência e 109º da República.
FERNANDO HENRIQUE CARDOSO
Paulo Renato Souza
INTEGRAL =
BÁSICO = Fundamental, essencial.
Total,inteiro,somar,completar.
1 - QUAL É A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER?
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
O Ensino Religioso é uma área de conhecimento humano que tem como objeto de
estudo do fenômeno religioso. Mas o que é o fenômeno religioso?
2 - O QUE ESTUDA A DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO?
O fenômeno religioso compreende um conjunto de
fatos,acontecimentos,manifestações e expressões tanto de
ordem material como espiritual,que envolve o ser humano
na busca e relação com o Transcendente que é aquele que
transcende e que envolve o ser humano na busca por
respostas às interrogações que atingem a vida humana na
sua totalidade.
Para o estudioso francês Émile Durkheim o fenômeno
religioso é constituído de alguns elementos da
realidade comuns a todas as religiões ,que são
as crenças e os ritos.
A CARACTERIZAÇÃO E A DEFINIÇÃO DO FENÔMENO RELIGIOSO
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
A CARACTERIZAÇÃO E A DEFINIÇÃO DO FENÔMENO RELIGIOSO
2 - O QUE ESTUDA A DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO?
Ao longo da história determinados pensadores afirmam que o
fenômeno religioso é caracterizado pela presença do sobrenatural,
ou seja, o sobrenatural compreende todas as coisas que não podem
ser entendidas de maneira racional por nós;assim,a religião seria
aquela esfera da vida responsável por interpretar tudo o que escapa
ao conhecimento científico.
O outro elemento que caracteriza o fenômeno religioso é a ideia de
divindade. Esta expressa a ligação do espirito humano com a de um
espirito misterioso, o qual supostamente teria poder sobre o mundo
e sobre o próprio ser humano.
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
EIXOS
CULTURAS E TRADIÇÕES
RELIGIOSAS
TEOLOGIAS
TEXTOS SAGRADOS
Orais e Escritos
RITOS
ETHOS
3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS:
- EIXOS TEMATICOS DO E.R
1 - Culturas e Tradições Religiosas.
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
 É o estudo do fenômeno religioso à luz da razão humana,
analisando questões como: Função e valores das organizações
religiosas.
A função primordial da religião é educar o ser humano para a vida
e favorecer o seu encontro com a Transcendência ,para que ele
possa compreender o sentido da vida e vivê-la em plenitude.
 O estudo das Culturas e Tradições religiosas tem como o intuito de
analisar a raiz das manifestações religiosas, buscando
compreender o modo de ser, pensar e agir das pessoas,pois,as
determinações religiosas permeiam o inconsciente pessoal e
coletivo.
As culturas religiosas fazem parte das maiores realizações
humanas. São sistemas organizados para preservar o
conhecimento herdado ou adquiridos e passá-lo de uma geração a
outra...
 As organizações religiosas são fonte inspiradoras da arquitetura, da
musica, da dança, do teatro, da pintura, da poesia ,entre outras.
3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS:
- EIXOS TEMATICOS DO E.R
1 - Culturas e Tradições Religiosas.
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS:
- EIXOS TEMATICOS DO E.R
1 - Culturas e Tradições Religiosas.
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
2 - Os Textos ou Escrituras Sagradas: textos que transmitem uma mensagem
do transcendente conforme a fé dos seguidores de uma determinada religião.
3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS:
- EIXOS TEMATICOS DO E.R
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
Os textos sagrados são ensinamentos que podem vir na forma oral, escrita
transmitidos de geração a gerações, e a maioria das organização religiosa
tem o seu. Salvo exceções.
Os textos sagrados de certa forma, alguns são revelação ,que fazem com
que o Transcendente se faz conhecer ao seres humanos, transmitindo
regras, normas de conduta, mostrando sua vontade e seus mistérios.
A elaboração dos textos sagrados se dá num processo de tempo-histórico,
num determinado contexto social, como fruto próprio da caminhada
religiosa de um povo, observando e respeitando a experiência religiosa de
seus ancestrais,exingindo a posteriori uma interpretação e uma exegese.
2 - Os Textos ou Escrituras Sagradas: textos que transmitem uma mensagem
do transcendente conforme a fé dos seguidores de uma determinada religião.
3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS:
- EIXOS TEMATICOS DO E.R
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS:
- EIXOS TEMATICOS DO E.R
3. Teologias: É o conjunto de afirmações e conhecimentos
elaborados pela religião e repassados para os fiéis sobre o
Transcendente de forma sistematizada.
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
A Teologia além de tratar das verdades de fé, e acordo
com cada Tradição Religiosa, trata também da realidade
última do ser humano, interpretada de diversas formas a
saber:
Ressurreição Reencarnação NadaAncestralidade
3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS:
- EIXOS TEMATICOS DO E.R
3. Teologias: É o conhecimento de afirmações e conhecimentos
elaborados pela religião e repassados para os fiéis sobre o
Transcendente de forma sistematizada.
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
4 - Ritos: Práticas celebrativas das tradições religiosas: rituais, símbolos e espiritualidades.
3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS:
- EIXOS TEMATICOS DO E.R
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
5 - Ethos: forma interior da moral humana em que se realiza o próprio sentido do ser
Solidariedade Amizade União Respeito ao Meio
Ambiente
Honestidade
3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS:
- EIXOS TEMATICOS DO E.R
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
4 – OBJETIVOS GERAIS DO ENSINO RELIGIOSO
1 – A disciplina de ensino religioso prepara o aluno para desenvolver
sua cidadania; Mas afinal, o que é ser Cidadão?
Ser cidadão é ter direito à vida, à liberdade, à propriedade, à igualdade perante a
lei: ter direitos civis. É também participar no destino da sociedade, votar, ser
votado, ter direitos políticos. Os direitos civis e políticos não asseguram a
democracia sem os direitos sociais, aqueles que garantem a participação do
indivíduo na riqueza coletiva: o direito à educação, a segurança, ao trabalho justo, à
saúde, a uma velhice tranquila, e é ter deveres também.
2 - A disciplina de Ensino religioso leva o aluno a entender a
transcendentalidade,ou seja, um ser superior(Deus);
3 - A disciplina leva o aluno a refletir sobre o sentido da vida;
4 - A disciplina leva o aluno a cultivar, e propagar os valores na vida.
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
1 – Proteger os seres humanos contra o medo da Natureza
[...];
2 – Dar aos homens um acesso à verdade do mundo,
encontrando explicações para a origem, a forma, a vida e
a morte de todos os seres e dos próprios humanos;
A esse respeito, Marilena Chaui (1941), historiadora da
Filosofia, enumera os seguintes objetivos também:
4 – OBJETIVOS GERAIS DO ENSINO RELIGIOSO
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
3 – Oferecer aos seres humanos a esperança de vida após
a morte [...];
4 – Oferecer consolo aos aflitos, dando-lhes uma
explicação para a dor [...];
5 – Garantir o respeito às normas, às regras e aos valores
da moralidade estabelecida pela sociedade [...] garantindo
a obrigatoriedade da obediência a elas, sob pena de
sanções sobrenaturais.
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
O E.R valorizando o pluralismo e a diversidade cultural presentes na sociedade
brasileira, facilita a compreensão das formas que exprimem a transcendência na
superação da finitude humana e que determinam, subjacente mente, o processo
histórico da humanidade. Por isso necessita:
1. Proporcionar o conhecimento dos elementos básicos que compõem o
fenômeno religioso, a partir das experiências religiosas percebidas no contexto
do educando.
2. Estimular a busca de respostas ás questões vitais como: Quem somos? De onde
viemos? Para onde vamos? Porque estou aqui? Qual o sentido da existência
humana?
3. Favorecer e incentivar a vivência consciente dos valores e virtudes humanas
essenciais á vida: Fraternidade, Amizade, Solidariedade, aceitação, Paz,
Cooperação,Justiça e diálogo etc.
5 – OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO ENSINO RELIGIOSO
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
4. Analisar o papel das tradições religiosas na estruturação e manutenção das
diferentes culturas e manifestações socioculturais.
5. Facilitar a compreensão do significado das afirmações e verdades da fé das
tradições religiosas.
6. Refletir o sentido da atitude moral como conseqüência do fenômeno religioso e
expressão da consciência e da resposta pessoal e comunitária do ser humano.
7. Possibilitar esclarecimentos sobre o direito à diferença na construção de
estruturas religiosas que têm na liberdade o seu valor inalienável.
8. Promover a harmonização do ser humano consigo mesmo,com os outros e com
Deus.
9. Ajudar o aluno a perceber-se com parte de um todo e agente da história
comprometido com a convivência social e a cidadania.
- Reflta: “ Somos todos iguais,porem diferentes”.
10. Proporcionar espaços de aprendizagem e convivência humana.
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
Portaria Nº293/2005 – SECD/GS
Estabelece a aferição de notas em componentes curriculares.
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, DA CULTURA E DOSDESPORTOS DO RIO GRANDE DO NORTE,
no uso de suas atribuições legais, e
CONSIDERANDO as Resoluções da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação, Nº 02, de 15 de abril de
1998 e Nº 03, de 26 de junho de 1998, que instituíram as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental e o
Ensino Médio, respectivamente;
CONSIDERANDO que são componentes curriculares obrigatórios, Ensino Religiosos, no Ensino Fundamental, e Educação
Artística e Educação Física no Ensino Fundamental e Médio;
CONSIDERANDO que todos os componentes curriculares que integram as Áreas de Conhecimento deverão receber o mesmo
tratamento didático-pedagógico-avaliativo;
CONSIDERANDO que os instrumentos utilizados para a verificação do rendimento escolar incluem os registros indispensáveis
ao acompanhamento do processo ensino-aprendizagem.
RESOLVE:
Art. 1º - Fica estabelecida a aferição de notas na avaliação da aprendizagem dos componentes curriculares: Ensino Religioso,
Educação Artística e Educação Física, ministrados nas Escolas da Rede Estadual de Ensino no Ensino Fundamental a partir da 5ª
série e no Ensino Médio.
Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Publique-se. Registre-se. Cumpra-se.
Gabinete do Secretario de Estado daEducação, da Cultura e dos Desportos, em Nata/RN, 05 de abril de 2005.
Wober Lopes Pinheiro Júnior
Secretário
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
SEMANAPEDAGÓGICA-2012
OFICINADO ENSINO RELIGIOSO
12ªDIRED
-PORTARIA DE AVALIAÇÃO: ENSINO RELIGIOSO
Parágrafo Único - Incluir-se-ão à aferição de notas, na escolaridade prevista no caput, os componentes curriculares,Artes,Ensino Religioso
e Educação Física.Art.13.Será considerado aprovado o aluno que ao final do 4ºbimestre,frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco
por cento)do total de aulas ministradas durante o ano letivo e obtiver média igual ou superior a 6,0(seis),resultante da média aritmética,
de acordo com a fórmula seguinte:
MA=1ºB+2ºB+3ºB+4ºB
4
Art.14.Submeter – se-à a exame final o aluno cuja média aritmética dos 04(quatro) bimestre for igual ou superior a 2,5(dois e meio)e
inferior a 6,0. Art.15.O aluno submetido ao exame final será promovido se obtiver média igual ou superior a 5,0(cinco)resultante de
uma média ponderada, onde será atribuído peso 02(dois) a média dos 04(quatro)bimestres e peso 01(um) à nota do exame final.
§1º A Média Final de Promoção será resultado da seguinte fórmula:
MFP=(Max2)+(EFx1)
3
§2ºPara o aluno que não participar do exame final, será aplicada a fórmula do parágrafo anterior para obtenção da média final de
promoção.
Art. 16 O aluno que, após 04 (quatro) bimestres, obtiver a média aritmética inferior a 2,5(dois e meio)será considerado automaticamente
retido.
Parágrafo Único- O aluno reprovado em até dois componentes curriculares por ter obtido média inferior a 2,5(dois e meio), porém
contemplado com a progressão parcial,poderá participar dos exames finais nos componentes que obteve média igual ou superior a
2,5(dois e meio) e inferior a 6,0(seis).
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
Frases para pensar:
“ Quem eliminar a religião eliminará a todo e qualquer
fundamento da sociedade humana” Platão.
“ A Ciência sem a religião é manca,
e a religião sem a Ciência é cega”. Einstein.
“ Religião é a preocupação derradeira” Isto significa que religião
abrange aquilo que as pessoas mais se dedicam e de onde
esperam elas extrair a satisfação mais fundamental da vida, por
que é mais belo o risco ao lado da esperança que a certeza ao
lado de um universo frio e sentido...” Rubens Alves.
“Filosoficamente falando ,é impossível destruir
a religiosidade humana”. Augusto Cury.
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
A História das religiões é a história do homem olhando para
além das fronteiras do mundo físico para algo que está acima e
além disso. Agostinho explica este anelo interior na sua famosa
declaração: “Tu nos fizeste para ti mesmo e nossos corações
estão inquietos até que descansem em ti,ó Deus”.
Deus
abençoe.
DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO
SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015
EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS.
AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Prova de geografia 5ª série/6º ano- PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Prova de geografia 5ª série/6º ano-  PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...Prova de geografia 5ª série/6º ano-  PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Prova de geografia 5ª série/6º ano- PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...Kilna Moura
 
Avaliação de ciências biomas 1
Avaliação de ciências biomas 1Avaliação de ciências biomas 1
Avaliação de ciências biomas 1Amanda Vaz
 
Caça palavras sobre a Idade Média
Caça palavras sobre a Idade MédiaCaça palavras sobre a Idade Média
Caça palavras sobre a Idade MédiaMary Alvarenga
 
Apostila ensinoreligioso
Apostila ensinoreligiosoApostila ensinoreligioso
Apostila ensinoreligiosoRonaldo Russou
 
Atividades sobre o iluminismo
Atividades sobre o iluminismoAtividades sobre o iluminismo
Atividades sobre o iluminismoAlcineia Pires
 
Bncc ensino religioso
Bncc ensino religiosoBncc ensino religioso
Bncc ensino religiosowellenss
 
Atividades hebreus fenicios e persas
Atividades  hebreus fenicios e persasAtividades  hebreus fenicios e persas
Atividades hebreus fenicios e persasjhonwaysser
 
Ensino religioso e arte -agosto (1).docx
Ensino religioso e arte -agosto (1).docxEnsino religioso e arte -agosto (1).docx
Ensino religioso e arte -agosto (1).docxThiTam4
 
Cruzadinha - Idade Média - 1º ano
Cruzadinha -  Idade Média - 1º ano Cruzadinha -  Idade Média - 1º ano
Cruzadinha - Idade Média - 1º ano Mary Alvarenga
 
A Divisão da História (2017) - 6º Ano
A Divisão da História (2017) - 6º AnoA Divisão da História (2017) - 6º Ano
A Divisão da História (2017) - 6º AnoNefer19
 

Mais procurados (20)

Atividade Hebreus - Primário
Atividade Hebreus - PrimárioAtividade Hebreus - Primário
Atividade Hebreus - Primário
 
Ava historia 9ano
Ava historia 9anoAva historia 9ano
Ava historia 9ano
 
Aulas de-ensino-religioso
Aulas de-ensino-religiosoAulas de-ensino-religioso
Aulas de-ensino-religioso
 
Mapa do tratado de tordesilhas
Mapa do tratado de tordesilhasMapa do tratado de tordesilhas
Mapa do tratado de tordesilhas
 
Prova de geografia 5ª série/6º ano- PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Prova de geografia 5ª série/6º ano-  PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...Prova de geografia 5ª série/6º ano-  PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Prova de geografia 5ª série/6º ano- PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
 
Caca palavras 36
Caca palavras 36Caca palavras 36
Caca palavras 36
 
Avaliação de ciências biomas 1
Avaliação de ciências biomas 1Avaliação de ciências biomas 1
Avaliação de ciências biomas 1
 
Caça palavras sobre a Idade Média
Caça palavras sobre a Idade MédiaCaça palavras sobre a Idade Média
Caça palavras sobre a Idade Média
 
Mesopotamia cruzadinha
Mesopotamia cruzadinhaMesopotamia cruzadinha
Mesopotamia cruzadinha
 
Apostila ensinoreligioso
Apostila ensinoreligiosoApostila ensinoreligioso
Apostila ensinoreligioso
 
Atividades sobre o iluminismo
Atividades sobre o iluminismoAtividades sobre o iluminismo
Atividades sobre o iluminismo
 
Bncc ensino religioso
Bncc ensino religiosoBncc ensino religioso
Bncc ensino religioso
 
Atividades hebreus fenicios e persas
Atividades  hebreus fenicios e persasAtividades  hebreus fenicios e persas
Atividades hebreus fenicios e persas
 
Ensino religioso e arte -agosto (1).docx
Ensino religioso e arte -agosto (1).docxEnsino religioso e arte -agosto (1).docx
Ensino religioso e arte -agosto (1).docx
 
Cruzadinha - Idade Média - 1º ano
Cruzadinha -  Idade Média - 1º ano Cruzadinha -  Idade Média - 1º ano
Cruzadinha - Idade Média - 1º ano
 
A Divisão da História (2017) - 6º Ano
A Divisão da História (2017) - 6º AnoA Divisão da História (2017) - 6º Ano
A Divisão da História (2017) - 6º Ano
 
Judaismo
JudaismoJudaismo
Judaismo
 
RELIGIÕES DO MUNDO.
RELIGIÕES DO MUNDO.RELIGIÕES DO MUNDO.
RELIGIÕES DO MUNDO.
 
Avaliação geo regionalização
Avaliação geo  regionalizaçãoAvaliação geo  regionalização
Avaliação geo regionalização
 
Prova 7ano ensino religioso 2b pet 2
Prova 7ano ensino religioso 2b pet 2Prova 7ano ensino religioso 2b pet 2
Prova 7ano ensino religioso 2b pet 2
 

Semelhante a Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)

Religiões, Seitas e Heresias - Aula 1
Religiões, Seitas e Heresias - Aula 1Religiões, Seitas e Heresias - Aula 1
Religiões, Seitas e Heresias - Aula 1PIBJA
 
Ensino religioso, desafios e perspectivas
Ensino religioso, desafios e perspectivasEnsino religioso, desafios e perspectivas
Ensino religioso, desafios e perspectivasGilbraz Aragão
 
Antropologia, histótia e sociologia da religião
Antropologia, histótia e sociologia da religiãoAntropologia, histótia e sociologia da religião
Antropologia, histótia e sociologia da religiãoWerkson Azeredo
 
Texto 1 introducao-a_teologia_da_missao
Texto 1 introducao-a_teologia_da_missaoTexto 1 introducao-a_teologia_da_missao
Texto 1 introducao-a_teologia_da_missaoVinicio Pacifico
 
Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02
Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02
Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02Thais Madureira
 
A RELIGIÃO NO BRASIL
A RELIGIÃO NO BRASIL A RELIGIÃO NO BRASIL
A RELIGIÃO NO BRASIL Jorge Miklos
 
Reflexões teóricas e históricas sobre o espiritualismo de 1850 a 1930
Reflexões teóricas e históricas sobre o espiritualismo de 1850 a 1930Reflexões teóricas e históricas sobre o espiritualismo de 1850 a 1930
Reflexões teóricas e históricas sobre o espiritualismo de 1850 a 1930ceakimb
 
IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1
IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1
IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1Rubens Sohn
 
Bianchetti, Thiago (Rea, Natal, Rn 2009)
Bianchetti, Thiago (Rea, Natal, Rn 2009)Bianchetti, Thiago (Rea, Natal, Rn 2009)
Bianchetti, Thiago (Rea, Natal, Rn 2009)Thiago A. L. Bianchetti
 
Tomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporanea
Tomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporaneaTomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporanea
Tomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporaneaLELO
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
Redescoberta do Sagrado
Redescoberta do SagradoRedescoberta do Sagrado
Redescoberta do Sagradogilbraz
 
el_-_teologia_fundamental_-teologia_i.pdf
el_-_teologia_fundamental_-teologia_i.pdfel_-_teologia_fundamental_-teologia_i.pdf
el_-_teologia_fundamental_-teologia_i.pdfEvanildoCarvalho
 

Semelhante a Aula(a importancia de (ere)introdução) (3) (20)

Religiões, Seitas e Heresias - Aula 1
Religiões, Seitas e Heresias - Aula 1Religiões, Seitas e Heresias - Aula 1
Religiões, Seitas e Heresias - Aula 1
 
Ensino religioso, desafios e perspectivas
Ensino religioso, desafios e perspectivasEnsino religioso, desafios e perspectivas
Ensino religioso, desafios e perspectivas
 
Antropologia, histótia e sociologia da religião
Antropologia, histótia e sociologia da religiãoAntropologia, histótia e sociologia da religião
Antropologia, histótia e sociologia da religião
 
7424 34663-1-pb
7424 34663-1-pb7424 34663-1-pb
7424 34663-1-pb
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
Texto 1 introducao-a_teologia_da_missao
Texto 1 introducao-a_teologia_da_missaoTexto 1 introducao-a_teologia_da_missao
Texto 1 introducao-a_teologia_da_missao
 
A Historia da Ciência da Religião.
A Historia da Ciência da Religião.A Historia da Ciência da Religião.
A Historia da Ciência da Religião.
 
7361 28363-1-pb
7361 28363-1-pb7361 28363-1-pb
7361 28363-1-pb
 
Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02
Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02
Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02
 
A RELIGIÃO NO BRASIL
A RELIGIÃO NO BRASIL A RELIGIÃO NO BRASIL
A RELIGIÃO NO BRASIL
 
Reflexões teóricas e históricas sobre o espiritualismo de 1850 a 1930
Reflexões teóricas e históricas sobre o espiritualismo de 1850 a 1930Reflexões teóricas e históricas sobre o espiritualismo de 1850 a 1930
Reflexões teóricas e históricas sobre o espiritualismo de 1850 a 1930
 
IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1
IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1
IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1
 
Fides 22 n2
Fides 22 n2Fides 22 n2
Fides 22 n2
 
Bianchetti, Thiago (Rea, Natal, Rn 2009)
Bianchetti, Thiago (Rea, Natal, Rn 2009)Bianchetti, Thiago (Rea, Natal, Rn 2009)
Bianchetti, Thiago (Rea, Natal, Rn 2009)
 
Tomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporanea
Tomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporaneaTomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporanea
Tomás Nsunda Lelo, Fasciculo de teologia contemporanea
 
FILOSOFIA DA RELIGIÃO - [PAINE, Scott Randall]
FILOSOFIA DA RELIGIÃO - [PAINE, Scott Randall]FILOSOFIA DA RELIGIÃO - [PAINE, Scott Randall]
FILOSOFIA DA RELIGIÃO - [PAINE, Scott Randall]
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
Redescoberta do Sagrado
Redescoberta do SagradoRedescoberta do Sagrado
Redescoberta do Sagrado
 
Filosofia medieval 25tp
Filosofia medieval 25tpFilosofia medieval 25tp
Filosofia medieval 25tp
 
el_-_teologia_fundamental_-teologia_i.pdf
el_-_teologia_fundamental_-teologia_i.pdfel_-_teologia_fundamental_-teologia_i.pdf
el_-_teologia_fundamental_-teologia_i.pdf
 

Mais de Antonio Filho

Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)Antonio Filho
 
A realidade do inferno.
A realidade do inferno.A realidade do inferno.
A realidade do inferno.Antonio Filho
 
Exposições bíblicas e temáticas
Exposições bíblicas e temáticasExposições bíblicas e temáticas
Exposições bíblicas e temáticasAntonio Filho
 
A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.Antonio Filho
 
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”Antonio Filho
 
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017Antonio Filho
 
Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017Antonio Filho
 
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017Antonio Filho
 
Princípios para vida
Princípios para vidaPrincípios para vida
Princípios para vidaAntonio Filho
 
A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)Antonio Filho
 
A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)Antonio Filho
 
Inferno – destino eterno dos ímpios
Inferno – destino eterno dos ímpiosInferno – destino eterno dos ímpios
Inferno – destino eterno dos ímpiosAntonio Filho
 
Lição 07 (ebd)2017
Lição 07 (ebd)2017Lição 07 (ebd)2017
Lição 07 (ebd)2017Antonio Filho
 
Aula(sistema de numeração) 6º ano
Aula(sistema de numeração) 6º anoAula(sistema de numeração) 6º ano
Aula(sistema de numeração) 6º anoAntonio Filho
 
Para que serve a religião
Para que serve a religiãoPara que serve a religião
Para que serve a religiãoAntonio Filho
 
O verdadeiro sentido da páscoa (2)
O verdadeiro sentido da páscoa (2)O verdadeiro sentido da páscoa (2)
O verdadeiro sentido da páscoa (2)Antonio Filho
 
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)Antonio Filho
 

Mais de Antonio Filho (20)

Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)
 
A realidade do inferno.
A realidade do inferno.A realidade do inferno.
A realidade do inferno.
 
Exposições bíblicas e temáticas
Exposições bíblicas e temáticasExposições bíblicas e temáticas
Exposições bíblicas e temáticas
 
A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.
 
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
 
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
 
Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017
 
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
 
Princípios para vida
Princípios para vidaPrincípios para vida
Princípios para vida
 
Cultivar virtudes
Cultivar virtudesCultivar virtudes
Cultivar virtudes
 
A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)
 
A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)
 
Inferno – destino eterno dos ímpios
Inferno – destino eterno dos ímpiosInferno – destino eterno dos ímpios
Inferno – destino eterno dos ímpios
 
A igreja de cristo
A igreja de cristoA igreja de cristo
A igreja de cristo
 
Lição 07 (ebd)2017
Lição 07 (ebd)2017Lição 07 (ebd)2017
Lição 07 (ebd)2017
 
Aula(sistema de numeração) 6º ano
Aula(sistema de numeração) 6º anoAula(sistema de numeração) 6º ano
Aula(sistema de numeração) 6º ano
 
Para que serve a religião
Para que serve a religiãoPara que serve a religião
Para que serve a religião
 
O verdadeiro sentido da páscoa (2)
O verdadeiro sentido da páscoa (2)O verdadeiro sentido da páscoa (2)
O verdadeiro sentido da páscoa (2)
 
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
 
Equação 2º grau
Equação 2º grauEquação 2º grau
Equação 2º grau
 

Último

Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Centro Jacques Delors
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfprofesfrancleite
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaREGIANELAURALOUREIRO1
 

Último (20)

Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 

Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)

  • 1. Prof.: Antonio Soares Série: 6º ao 9º ano AULA: 01 (A Importância da Disciplina) ENSINO RELIGIOSO
  • 2. Antes mesmo da filosofia ou da ciência esboçarem algum tipo de resposta para essas questões, à religião já havia percorrido um longo caminho na tentativa de solucioná-las. Provavelmente, a religião se antecipou tanto à filosofia quanto a ciência ao abordar tais temas, oferecendo versões teológicas deles. Nessa área, porém, as interpretações são muitas e tão diverso quanto às comunidades de fiéis existentes, fato que evidencia o caráter da religião, sustentada pela crença e não pelo conhecimento e a crítica. A pluralidade das respostas religiosas também serve de testemunho da diversidade cultural e da capacidade da criação humana. As indagações sobre as razões de nossa existência aqui na Terra – sobretudo, aquelas motivadas por inquietações relativas à nossa origem ou sentido da vida – talvez seja tão antigas quanto à própria humanidade. Elas causaram grande desassossego em boa parte das gerações passadas e, muito provavelmente, vão continuar a consumir a energia de parcelas significativas das gerações futuras. Introdução DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 3. Os afrescos de Michelangelo (1475 – 1564),no teto da Capela Sistina,no Vaticano,dos quais pode ser observado um detalhe na imagem desta página, parecem apontar para a existência de duas esferas no universo religioso: de um lado, a do divino ou sagrado, e, de outro, a do homem ou profano. Na imagem, tanto o olhar como os braços do homem convergem com a divindade, simbolizando assim a aproximação do europeu ocidental com a cultura cristã. Embora a obra de Michelangelo tenha um valor histórico inquestionável, é preciso mencionar, sobretudo por se tratar aqui de uma análise acerca do fenômeno religioso, que ela se refere a um período específico da vida europeia – o Renascimento – e a uma tradição religiosa particular – a crista. Introdução DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 4. O E.R na LEI 9.394/96 O presidente da Republica decreta e sanciona a Lei: Art.1º - o artigo 33 da Lei Nº 9.394/96 passa a vigorar com a seguinte redação: “Art. 33 – O ensino Religioso ...........é parte integrante da formação Básica do cidadão, constitui disciplina dos horários normais das escolas públicas de ensino fundamental, assegurado o respeito a diversidade cultural,religiosa do Brasil, vedadas quaisquer forma de proselitismo. §1º - os sistemas de ensino regulamentarão os procedimentos para a definição dos conteúdos do Ensino Religioso e estabelecerão as normas para a habilitação e admissão dos professores. §2º - os sistemas de ensino ouvirão entidades civil, construídas pelas diferentes denominações religiosas, para a definição dos conteúdos do Ensino Religioso. Art. 2º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. Brasília, 22 de julho de 1997, 176º da Independência e 109º da República. FERNANDO HENRIQUE CARDOSO Paulo Renato Souza INTEGRAL = BÁSICO = Fundamental, essencial. Total,inteiro,somar,completar. 1 - QUAL É A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER? DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 5. O Ensino Religioso é uma área de conhecimento humano que tem como objeto de estudo do fenômeno religioso. Mas o que é o fenômeno religioso? 2 - O QUE ESTUDA A DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO? O fenômeno religioso compreende um conjunto de fatos,acontecimentos,manifestações e expressões tanto de ordem material como espiritual,que envolve o ser humano na busca e relação com o Transcendente que é aquele que transcende e que envolve o ser humano na busca por respostas às interrogações que atingem a vida humana na sua totalidade. Para o estudioso francês Émile Durkheim o fenômeno religioso é constituído de alguns elementos da realidade comuns a todas as religiões ,que são as crenças e os ritos. A CARACTERIZAÇÃO E A DEFINIÇÃO DO FENÔMENO RELIGIOSO DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 6. A CARACTERIZAÇÃO E A DEFINIÇÃO DO FENÔMENO RELIGIOSO 2 - O QUE ESTUDA A DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO? Ao longo da história determinados pensadores afirmam que o fenômeno religioso é caracterizado pela presença do sobrenatural, ou seja, o sobrenatural compreende todas as coisas que não podem ser entendidas de maneira racional por nós;assim,a religião seria aquela esfera da vida responsável por interpretar tudo o que escapa ao conhecimento científico. O outro elemento que caracteriza o fenômeno religioso é a ideia de divindade. Esta expressa a ligação do espirito humano com a de um espirito misterioso, o qual supostamente teria poder sobre o mundo e sobre o próprio ser humano. DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 7. DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER). EIXOS CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS TEOLOGIAS TEXTOS SAGRADOS Orais e Escritos RITOS ETHOS
  • 8. 3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS: - EIXOS TEMATICOS DO E.R 1 - Culturas e Tradições Religiosas. DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).  É o estudo do fenômeno religioso à luz da razão humana, analisando questões como: Função e valores das organizações religiosas. A função primordial da religião é educar o ser humano para a vida e favorecer o seu encontro com a Transcendência ,para que ele possa compreender o sentido da vida e vivê-la em plenitude.
  • 9.  O estudo das Culturas e Tradições religiosas tem como o intuito de analisar a raiz das manifestações religiosas, buscando compreender o modo de ser, pensar e agir das pessoas,pois,as determinações religiosas permeiam o inconsciente pessoal e coletivo. As culturas religiosas fazem parte das maiores realizações humanas. São sistemas organizados para preservar o conhecimento herdado ou adquiridos e passá-lo de uma geração a outra...  As organizações religiosas são fonte inspiradoras da arquitetura, da musica, da dança, do teatro, da pintura, da poesia ,entre outras. 3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS: - EIXOS TEMATICOS DO E.R 1 - Culturas e Tradições Religiosas. DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 10. 3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS: - EIXOS TEMATICOS DO E.R 1 - Culturas e Tradições Religiosas. DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 11. 2 - Os Textos ou Escrituras Sagradas: textos que transmitem uma mensagem do transcendente conforme a fé dos seguidores de uma determinada religião. 3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS: - EIXOS TEMATICOS DO E.R DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER). Os textos sagrados são ensinamentos que podem vir na forma oral, escrita transmitidos de geração a gerações, e a maioria das organização religiosa tem o seu. Salvo exceções. Os textos sagrados de certa forma, alguns são revelação ,que fazem com que o Transcendente se faz conhecer ao seres humanos, transmitindo regras, normas de conduta, mostrando sua vontade e seus mistérios. A elaboração dos textos sagrados se dá num processo de tempo-histórico, num determinado contexto social, como fruto próprio da caminhada religiosa de um povo, observando e respeitando a experiência religiosa de seus ancestrais,exingindo a posteriori uma interpretação e uma exegese.
  • 12. 2 - Os Textos ou Escrituras Sagradas: textos que transmitem uma mensagem do transcendente conforme a fé dos seguidores de uma determinada religião. 3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS: - EIXOS TEMATICOS DO E.R DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 13. 3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS: - EIXOS TEMATICOS DO E.R 3. Teologias: É o conjunto de afirmações e conhecimentos elaborados pela religião e repassados para os fiéis sobre o Transcendente de forma sistematizada. DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER). A Teologia além de tratar das verdades de fé, e acordo com cada Tradição Religiosa, trata também da realidade última do ser humano, interpretada de diversas formas a saber: Ressurreição Reencarnação NadaAncestralidade
  • 14. 3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS: - EIXOS TEMATICOS DO E.R 3. Teologias: É o conhecimento de afirmações e conhecimentos elaborados pela religião e repassados para os fiéis sobre o Transcendente de forma sistematizada. DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 15. 4 - Ritos: Práticas celebrativas das tradições religiosas: rituais, símbolos e espiritualidades. 3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS: - EIXOS TEMATICOS DO E.R DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 16. 5 - Ethos: forma interior da moral humana em que se realiza o próprio sentido do ser Solidariedade Amizade União Respeito ao Meio Ambiente Honestidade 3 - QUAIS OS EXEMPLOS DE FENÔMENOS RELIGIOSOS: - EIXOS TEMATICOS DO E.R DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 17. 4 – OBJETIVOS GERAIS DO ENSINO RELIGIOSO 1 – A disciplina de ensino religioso prepara o aluno para desenvolver sua cidadania; Mas afinal, o que é ser Cidadão? Ser cidadão é ter direito à vida, à liberdade, à propriedade, à igualdade perante a lei: ter direitos civis. É também participar no destino da sociedade, votar, ser votado, ter direitos políticos. Os direitos civis e políticos não asseguram a democracia sem os direitos sociais, aqueles que garantem a participação do indivíduo na riqueza coletiva: o direito à educação, a segurança, ao trabalho justo, à saúde, a uma velhice tranquila, e é ter deveres também. 2 - A disciplina de Ensino religioso leva o aluno a entender a transcendentalidade,ou seja, um ser superior(Deus); 3 - A disciplina leva o aluno a refletir sobre o sentido da vida; 4 - A disciplina leva o aluno a cultivar, e propagar os valores na vida. DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 18. 1 – Proteger os seres humanos contra o medo da Natureza [...]; 2 – Dar aos homens um acesso à verdade do mundo, encontrando explicações para a origem, a forma, a vida e a morte de todos os seres e dos próprios humanos; A esse respeito, Marilena Chaui (1941), historiadora da Filosofia, enumera os seguintes objetivos também: 4 – OBJETIVOS GERAIS DO ENSINO RELIGIOSO DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 19. 3 – Oferecer aos seres humanos a esperança de vida após a morte [...]; 4 – Oferecer consolo aos aflitos, dando-lhes uma explicação para a dor [...]; 5 – Garantir o respeito às normas, às regras e aos valores da moralidade estabelecida pela sociedade [...] garantindo a obrigatoriedade da obediência a elas, sob pena de sanções sobrenaturais. DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 20. O E.R valorizando o pluralismo e a diversidade cultural presentes na sociedade brasileira, facilita a compreensão das formas que exprimem a transcendência na superação da finitude humana e que determinam, subjacente mente, o processo histórico da humanidade. Por isso necessita: 1. Proporcionar o conhecimento dos elementos básicos que compõem o fenômeno religioso, a partir das experiências religiosas percebidas no contexto do educando. 2. Estimular a busca de respostas ás questões vitais como: Quem somos? De onde viemos? Para onde vamos? Porque estou aqui? Qual o sentido da existência humana? 3. Favorecer e incentivar a vivência consciente dos valores e virtudes humanas essenciais á vida: Fraternidade, Amizade, Solidariedade, aceitação, Paz, Cooperação,Justiça e diálogo etc. 5 – OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO ENSINO RELIGIOSO DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 21. 4. Analisar o papel das tradições religiosas na estruturação e manutenção das diferentes culturas e manifestações socioculturais. 5. Facilitar a compreensão do significado das afirmações e verdades da fé das tradições religiosas. 6. Refletir o sentido da atitude moral como conseqüência do fenômeno religioso e expressão da consciência e da resposta pessoal e comunitária do ser humano. 7. Possibilitar esclarecimentos sobre o direito à diferença na construção de estruturas religiosas que têm na liberdade o seu valor inalienável. 8. Promover a harmonização do ser humano consigo mesmo,com os outros e com Deus. 9. Ajudar o aluno a perceber-se com parte de um todo e agente da história comprometido com a convivência social e a cidadania. - Reflta: “ Somos todos iguais,porem diferentes”. 10. Proporcionar espaços de aprendizagem e convivência humana. DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 22. Portaria Nº293/2005 – SECD/GS Estabelece a aferição de notas em componentes curriculares. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, DA CULTURA E DOSDESPORTOS DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais, e CONSIDERANDO as Resoluções da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação, Nº 02, de 15 de abril de 1998 e Nº 03, de 26 de junho de 1998, que instituíram as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental e o Ensino Médio, respectivamente; CONSIDERANDO que são componentes curriculares obrigatórios, Ensino Religiosos, no Ensino Fundamental, e Educação Artística e Educação Física no Ensino Fundamental e Médio; CONSIDERANDO que todos os componentes curriculares que integram as Áreas de Conhecimento deverão receber o mesmo tratamento didático-pedagógico-avaliativo; CONSIDERANDO que os instrumentos utilizados para a verificação do rendimento escolar incluem os registros indispensáveis ao acompanhamento do processo ensino-aprendizagem. RESOLVE: Art. 1º - Fica estabelecida a aferição de notas na avaliação da aprendizagem dos componentes curriculares: Ensino Religioso, Educação Artística e Educação Física, ministrados nas Escolas da Rede Estadual de Ensino no Ensino Fundamental a partir da 5ª série e no Ensino Médio. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Publique-se. Registre-se. Cumpra-se. Gabinete do Secretario de Estado daEducação, da Cultura e dos Desportos, em Nata/RN, 05 de abril de 2005. Wober Lopes Pinheiro Júnior Secretário DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 23. SEMANAPEDAGÓGICA-2012 OFICINADO ENSINO RELIGIOSO 12ªDIRED -PORTARIA DE AVALIAÇÃO: ENSINO RELIGIOSO Parágrafo Único - Incluir-se-ão à aferição de notas, na escolaridade prevista no caput, os componentes curriculares,Artes,Ensino Religioso e Educação Física.Art.13.Será considerado aprovado o aluno que ao final do 4ºbimestre,frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento)do total de aulas ministradas durante o ano letivo e obtiver média igual ou superior a 6,0(seis),resultante da média aritmética, de acordo com a fórmula seguinte: MA=1ºB+2ºB+3ºB+4ºB 4 Art.14.Submeter – se-à a exame final o aluno cuja média aritmética dos 04(quatro) bimestre for igual ou superior a 2,5(dois e meio)e inferior a 6,0. Art.15.O aluno submetido ao exame final será promovido se obtiver média igual ou superior a 5,0(cinco)resultante de uma média ponderada, onde será atribuído peso 02(dois) a média dos 04(quatro)bimestres e peso 01(um) à nota do exame final. §1º A Média Final de Promoção será resultado da seguinte fórmula: MFP=(Max2)+(EFx1) 3 §2ºPara o aluno que não participar do exame final, será aplicada a fórmula do parágrafo anterior para obtenção da média final de promoção. Art. 16 O aluno que, após 04 (quatro) bimestres, obtiver a média aritmética inferior a 2,5(dois e meio)será considerado automaticamente retido. Parágrafo Único- O aluno reprovado em até dois componentes curriculares por ter obtido média inferior a 2,5(dois e meio), porém contemplado com a progressão parcial,poderá participar dos exames finais nos componentes que obteve média igual ou superior a 2,5(dois e meio) e inferior a 6,0(seis). DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).
  • 24. Frases para pensar: “ Quem eliminar a religião eliminará a todo e qualquer fundamento da sociedade humana” Platão. “ A Ciência sem a religião é manca, e a religião sem a Ciência é cega”. Einstein. “ Religião é a preocupação derradeira” Isto significa que religião abrange aquilo que as pessoas mais se dedicam e de onde esperam elas extrair a satisfação mais fundamental da vida, por que é mais belo o risco ao lado da esperança que a certeza ao lado de um universo frio e sentido...” Rubens Alves. “Filosoficamente falando ,é impossível destruir a religiosidade humana”. Augusto Cury. DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER). A História das religiões é a história do homem olhando para além das fronteiras do mundo físico para algo que está acima e além disso. Agostinho explica este anelo interior na sua famosa declaração: “Tu nos fizeste para ti mesmo e nossos corações estão inquietos até que descansem em ti,ó Deus”.
  • 25. Deus abençoe. DISCIPLINA: ENSINO RELIGOSO SÉRIE: 6º ANO/1º Bimestre/ 2015 EIXO TEMÁTICO: CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSAS. AULA: 01 (A IMPORTANCIA DA DISCIPLINA DE ER).