SlideShare uma empresa Scribd logo
ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé
Assim Cremos, assim Vivemos.
Texto básico: (João 3.1 - 12).
Profº Pb: Antônio Soares
Lição: 08
A Igreja de Cristo
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
12 — Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e
todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo
também.
13 — Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um
corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos
temos bebido de um Espírito.
14 — Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos.
15 — Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será
por isso do corpo?
16 — E, se a orelha disser: Porque não sou olho, não sou do corpo;
não será por isso do corpo?
17 — Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse
ouvido, onde estaria o olfato?
18 — Mas, agora, Deus colocou os membros no corpo, cada um
deles como quis.
19 — E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo?
20 — Agora, pois, há muitos membros, mas um corpo.
25 — para que não haja divisão no corpo, mas, antes, tenham os
membros igual cuidado uns dos outros.
26 — De maneira que, se um membro padece, todos os membros
padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se
regozijam com ele.
27 — Ora, vós sois o corpo de Cristo e seus membros em particular.
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
“Porque onde estiverem dois ou três
reunidos em meu nome, aí estou eu no
meio deles” (Mt 18.20).
Cremos na Igreja, que é o corpo de
Cristo, una, santa e universal assembleia
dos fiéis remidos de todas as eras e
todos os lugares.
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
Mostrar a Igreja como corpo de Cristo e
os elementos que a identificam.
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
I. Apresentar o significado da palavra “igreja” e os seus
desdobramentos;
II. Explicar os elementos que identificam a Igreja;
III. Conscientizar os crentes de que eles são membros do corpo de
Cristo.
CONSIDERAÇÕES INICIAIS
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
Exegese de Mateus 16.16-19.
 Desta passagem a igreja católica Romana deriva o seguinte raciocínio: A Igreja foi fundada pelo
Apóstolo Pedro em 33 d.c,em cumprimento a esse trecho bíblico. Entretanto,a igreja fundada por
Jesus não era católica romana, nem ortodoxa grega, nem protestante,mas simplesmente Cristã
(At 11.26).
 A igreja Romana afirma que “O Papa,a quem chamamos Sumo Pontífice, é o
sucessor de São Pedro na Sede de Roma, ou seja, o vigário de Jesus Cristo na
terra, e o chefe visível da Igreja”.
 Contrariando essa intenção romanista, a Bíblia nos ensina que Jesus é o
Sumo Pastor (1Pe 5.4).
- O Vigário de Jesus é o Espírito Santo,e não o Papa (Jo 14.16-18); o chefe
invisível da Igreja é o próprio Jesus (Ef 1.20-22).
Nos idos do ano 48 d.c, ocorre o Concílio De Jerusalém, e Tiago é quem o presidi
,não Pedro ,embora estando presente (At 15.13-19). Em todas as cartas de Paulo
em nenhuma delas é mencionado Pedro como Papa.
Como se compõe a sua administração espiritual?
O teólogo Pentecostal Stanley Horton, em suas reflexões
sobre a eclesiologia bíblica,afirmou: “ A Igreja
é,portanto,a família espiritual de Deus, uma
comunidade criada pelo Espírito Santo,baseada na obra
expiatória de Cristo”. Eis ai uma das mais brilhantes
definições da Igreja de Cristo. Agostinho e João Calvino
se estivesse vivo concordaria plenamente com o teólogo
Pentecostal.
Já se passaram dois mil anos de historia desde que Cristo fundou a Igreja no Dia de
Pentecostes em Jerusalém.
Mas afinal! O que é a Igreja?
Quais os seus objetivos?
Para uma melhor compreensão da doutrina sobre a Igreja vamos estudá-
la levando em consideração alguns aspectos a saber:
CONSIDERAÇÕES INICIAIS
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
PONTO CENTRAL
A Igreja é o Corpo de Cristo.
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
I – A COMUNIDADE DOS FIÉIS 1.1 – Etimologia.
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
I - O ASPECTO CONCEITUAL DA IGREJA. O QUE É A IGREJA?
1. Definição etimológica. A Igreja (ekklēsia) do grego. É um povo tirado do mundo(Jo
15.19). Essa palavra é composta de duas outras ek e Klesis. EK significa “para fora”,e
klesis, “chamado”. Ekklesia é usada no NT 115 vezes e aparece em três significações
distintas,porém de algo chamado para fora .
- A finalidade dessa “chamada para fora” é que sejamos o povo Deus
(2Co 6.14 – 18),um povo seu, especial, zeloso de boas obras (Tt 2.14),uma geração eleita,
um sacerdócio real, uma nação santa, um povo adquirido (1Pe 2.9).
- Israel. É usada duas vezes para designar o Israel de Deus no Antigo Testamento (At 7.38;
Hb 2.12), exprimindo, assim, como Deus chamou a Israel dentre os povos para ser um povo
seu (Dt 7.6-8)”. É usada 110 vezes para designar a Igreja do Deus vivo.
(BERGSTÉN, E. Teologia Sistemática. 4.ed., RJ: CPAD, 2005, p.214.)
- Comunidade grega. É usada três vezes para expressar uma assembléia de comunidade
grega, tanto legal (At 19.39), como ilegal (At 19.32,40) [...].
A Igreja não é constituída por cimentos, tijolos e ferros, mas por aqueles que experimentaram o novo
nascimento e amam a Jesus de todo o coração.
Nota: A Bíblia tanto fala em Igreja local em cada lugar como também é referida na forma plural. (BERGSTÉN, E. Teologia Sistemática. 4.ed.,
RJ: CPAD, 2005, p.213.)
Todas as igrejas locais no mundo pertencem à Igreja universal,mas é possível ser membro de
uma igreja local,sem pertencer à Igreja universal.
 A Igreja na dimensão Universal (Hb12.23).
- um organismo Espiritual, invisível ao olho humano,composta de todos os que,em todos os tempos e em todos os
lugares,possuírem os nomes escritos no livro da vida.
- o corpo místico de Cristo.
- Os crentes do AT ,que creram em Deus e foram aceitos por Ele através do sacrifício de cordeiros,após a morte e a
ressurreição de Jesus foram postos em pé de igualdade com os crentes NT (Rm 3.25,26).
- Jesus é o líder da Igreja universal.
- Não existe ministérios ou cooperadores: Ele é tudo em todos.
- Aqueles que permanecem em Jesus dando frutos pertencem á Igreja universal. Se alguém não dá fruto,é cortado
(Jo 15.4-6).
- A Igreja é um organismo vivo, santo, dinâmico e ligado à cabeça, Cristo
(Ef 1.22,23). A igreja, portanto, vive em duas dimensões: Universal e Local.
 Na dimensão local, uma organização, uma agremiação de pessoas ligadas a um sistema de crenças.
A Igreja local é a forma neotestamentária da comunhão entre os crentes. É um órgão que Jesus fez
levantar através da sua morte (Jo 11.52;Ef 2.15,16). Ela é o agrupamento de crentes regenerados e
batizados em água,residentes em uma comunidade,com um propósito de obedecer a palavra de Deus.
I – A COMUNIDADE DOS FIÉIS 1.2 – A assembleia dos cidadãos.
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
UNIVERSAL LOCAL
1. Organismo vivo 1. Organização ou Associação
2. É invisível 2. É visível.
3. Interdenominacional 3. Denominacional.
4. Jesus é o único líder e cabeça. 4. Possui vários líderes
5. Os nomes de seus
membros,estão inscritos no livro da
vida.
5. Os nomes de seus membros estão inscritos
no rol da igreja local.
6. Possui vida orgânica 6. Possui vida à medida que seus membros
estão ligados à cabeça, Cristo.
7. Não depende de rituais de
culto,de templos,de
reconhecimento social..
7. Dependem de cerimônias,
templos,reconhecimento
oficiais;estatutos,etc.
Veja a tabela que distingue a igreja universal da igreja local.
I – A COMUNIDADE DOS FIÉIS 1.2 – A assembleia dos cidadãos.
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
Para William Gurnall : “A Igreja não é nada mais do que Cristo manifestado”. Como seus
representantes, devemos nos empenhar em ter uma vida santa e irrepreensível, a fim de
que os homens, ao ver a nossa conduta, venham a glorificar a Cristo — o cabeça da Igreja.
Billy Grahan vê a Igreja como “uma sociedade missionária com a tarefa primordial de dar testemunho
da obra redentora de Cristo,e não uma organização política,nem uma entidade de reforma social”
PENSAMENTOS SOBRE A IGREJA
O teólogo Pentecostal Stanley Horton afirmou “A Igreja é,portanto,a família espiritual de
Deus, uma comunidade criada pelo Espírito Santo,baseada na obra expiatória de Cristo”.
W.A.Vissert Hoof define-a como uma realidade escatológica: “A Igreja não é apenas o lugar
onde são proclamadas as grandes realidades escatológicas.Ela é,em si mesma,um fato
escatológico”.
Langston,como brilhante teólogo que era,afirma categoricamente: “ A igreja é uma
comunidade cristocêntrica;as suas atividades devem ser inspiradas e dirigidas por Cristo – o
motivo é Cristo, O modelo é Cristo. O objetivo é Cristo.
Thomas Adams “a Igreja é a herdeira da cruz”.
II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja?
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
O ASPECTO DA IGREJA QUANTO A SUA ORIGEM
A Igreja é o alvo do grande amor de Jesus Cristo. A Bíblia diz: “Cristo amou a
igreja e a si mesmo se entregou por ela” (1Tm 3.15;Ef 5.25).
2.1 – A Igreja tem origem em Deus desde a Eternidade.
- É de forma clara que a Bíblia nos mostra que Deus na sua presciência ,previu a queda do
ser humano. E por seu inefável amor concedeu um plano de salvação para que esse
homem,através do sacrifício do seu Filho amado encontrasse a salvação. (Ef 1.4,5;1Pe
1.19,20) ai Bíblia expressa “ Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo” (Ap 13.8).
2.2 – O Estabelecimento da Igreja
- Somente quando o Espírito Santo foi derramado sobre os discípulos eles
foram batizados com poder (At 1.5),é que a igreja foi estabelecida em
autoridade e na forma como havia determinado.
Conclui-se portanto, que o mistério de Deus,guardado desde o principio dos
séculos,estava revelado: Igreja,órgão Deus na dispensação do NT entrou em cena.
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja?
A Bíblia usa vários símbolos que apontam de modo claro o lugar que Jesus tem e deve ter na
igreja. Jesus ressuscitado é o mais importante credo da Igreja. É isso que distingue de
qualquer outro tipo de sociedade ou religião.
2. 3 – A Igreja como o corpo de Cristo.
- Sendo o Filho de Deus a sua cabeça,a Igreja é conhecida como o corpo de Cristo,pois dEle
recebe toda a sua orientação e governo,conforme enfatiza Paulo: “Ora,vós sois o corpo de
Cristo;e individualmente,membros desse corpo” (1Co 12.27).
3.4 – A Igreja como um templo.
- A Igreja é como um templo (1Co 3.9,16) constitui um
símbolo que apresenta os crentes como “pedras vivas”
(1Pe 2.4,5),que são edificados sobre o verdadeiro
fundamento que é Cristo, o Filho de Deus (Mt 16.18). Ele
é a Pedra (At 4.11;1Pe 2.4) sobre a qual todos os
membros da Igreja,individualmente,estão fundados e
sobre edificados (Cl 2.7;Ef 2.20).
II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja?
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
O ASPECTO DA IGREJA QUANTO A SUA TIPOLOGIA OU SÍMBOLOS BÍBLICOS
3.3 – A Igreja como um rebanho.
- A Igreja como um rebanho (At 20.28) é um
símbolo que aponta para a necessidade da
atuação de Jesus como “o bom Pastor” (Jo
10.11), como “O Sumo Pastor” (1Pe 5.4), o
“Grande Pastor das ovelhas” (Hb 13.20; Sl 23).
3.5 – A Igreja como um castiçal.
- A Igreja como um castiçal é um símbolo que o próprio Jesus
usou (Ap 2.1). O castiçal usado no Tabernáculo era uma coluna
com pedestal e uma lâmpada central,de onde saíam seis braços
laterais(três de cada lado) com uma lâmpada em cada braço. A
coluna com pedestal simboliza Jesus. Ele mesmo disse: “Eu sou a
luz do mundo” (Jo 8.12). Os braços representam os crentes quais
são ligado em Jesus como a vara na videira (Jo 15.1-15).
II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja?
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
O ASPECTO DA IGREJA QUANTO A SUA TIPOLOGIA OU SÍMBOLOS BÍBLICOS
2.6 – A Igreja é a Noiva do Cordeiro.
- A Igreja é assim conhecida em virtude da aliança que o Senhor Jesus
com ela estabeleceu por intermédio do sangue do Novo Testamento:
“ Vem,mostrar-te-ei a noiva,a esposa do cordeiro”.( Ap 21.9).
II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja?
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
O ASPECTO DA IGREJA QUANTO A SUA TIPOLOGIA OU SÍMBOLOS BÍBLICOS
2.7 – A Igreja como uma família.
- Sendo os crentes filhos de Deus por adoção,reunimo-nos,todos os
que aceitaram a Cristo,como a família de Deus: (Ef 2.17-22).
2. 8 – A Igreja é a coluna e firmeza da Verdade.
“A Igreja é,portanto,a família espiritual de Deus, uma comunidade criada
pelo Espírito Santo,baseada na obra expiatória de Cristo” Stanley Horton.
“ mas ,se tardar,para que saibas
como convém andar na casa de
Deus,que é a igreja do Deus vivo,a
coluna e firmeza da verdade”.
(1Tm 3.15).
II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja?
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
O ASPECTO DA IGREJA QUANTO A SUA TIPOLOGIA OU SÍMBOLOS BÍBLICOS
FIRMEZA ORGANISMO RELACIONAMENTO
EDIFÍCIO
(Ef 2.21;1Co 3.9)
Corpo de Cristo
(Ef 1.22,23;1Co
12.12-27)
Noiva de Cristo
(2Co 11.2;Ef 5.25-
27).
Morada De Deus
(Ef 2.22;Hb 3.2-4)
Esposa
(Ap 19.7;21.9)
Templo de Deus
(Ef 2.21;1Co 6.19)
Família de Deus
(Ef 2.19)
SÍMBOLOS DA IGREJA
II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja?
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
O ASPECTO DA IGREJA QUANTO A SUA TIPOLOGIA OU SÍMBOLOS BÍBLICOS
II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.2 – Ordenanças
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
2. Definição teológica. Constitui um símbolo da morte e ressurreição de Cristo. Através do
batismo, realizado por imersão e em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo (Mt 28.18,19), o
novo convertido declara publicamente haver aceitado de forma plena, pela fé, o sacrifício de
Cristo. De igual modo, testemunha já haver morrido para o mundo e, agora, ressuscitado
espiritualmente, vive em novidade de vida (Rm 6.4).
 O batismo em águas é o rito que simboliza a nossa união com Cristo e é a nossa confissão
pública de fé em Jesus (Rm 6.4).
1. Definição etmológica.
 Na língua original do Novo Testamento, o grego, a palavra batismo (baptizō) significa
“imergir”, “mergulhar”. Vários textos do Novo Testamento mostram que o batismo era
efetuado em águas abundantes de rios, lagos ou mares, ou algum outro local com água
suficiente para imergir a pessoa que desejasse ser batizada. Jesus, quando dirigiu-se a
João Batista para ser batizado, foi conduzido pelo profeta para dentro do rio Jordão (Mt
3.13-17; Mc 1.9-11; Lc 3.21,22; Jo 1.32-34).
 Nos Atos dos Apóstolos, que contém a história inicial da igreja, o mesmo procedimento
do batismo por imersão é registrado em diversas passagens: At 2.41; At 8.36-39; 9.18.
BATISMO
São duas as ordenanças da Igreja dadas por ordem específica do Senhor Jesus. A primeira é o batismo em
águas: “Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito
Santo” (Mt 28.19). A segunda é a Ceia do Senhor: “fazei isso em memória de mim” (Lc 22.19).
3. O significado do Batismo
a) É uma ordem,ou seja, uma das ordenanças de Cristo.
- O batismo representa uma obediência. Jesus ordenou e nós queremos obedecer. Jesus é o
nosso exemplo em tudo.(1Pe2.21;Jo13.15) e Ele foi batizado para cumprir toda justiça de
Deus (Mt 3.21). Portanto queremos seguir as pisadas de cristo(1Pe3.21;Sl 85.13).
- Obs: Ordenanças não são sacramentos. O batismo e a Santa ceia são ordenanças,não
sacramentos.
Ordenanças: Ordenanças provem de ordem,ou seja, o batismo foi ordenado por Jesus.
Foi Ele quem mandou que seus discípulos batizassem (Mt 28.19;Mc 16.16). Os discípulos
saíram e pregaram por toda parte,batizando em cumprimento a ordem recebida. (Mc
16.20;At 2.41;8.12;10.47). A salvação nos liberta até das tradições recebidas dos pais (1Pe
1.18). Graças a Deus!
Sacramentos: [Do latin. Sacramentale,juramento,penhor]Segundo a doutrina católica –
romana,é o sinal instituído por Cristo com o objetivo de administrar a salvação aqueles que
,recebendo-o,fazem a profissão de fé. São sete os sacramentos católicos:
batismo,confirmação,confissão,eucaristia,penitencia,Unção dos enfermos,Ordem
sacerdoral e o Matrimonio.
II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.2 – Ordenanças
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
b) É um símbolo: O batismo é um símbolo da nossa identificação espiritual com a
morte,sepultamento e ressurreição de Jesus (Rm 6.3,4). Assim como Jesus morreu,nós também
morremos para o mundo (Gl 2.20;Cl 3.3) e somos “sepultados” pelo batismo,para que juntamente com
Ele,venhamos a ressuscitar em “novidade de vida” (Rm6.6;Cl2.12;1Co5.17).
c) É um confissão: O batismo é também um ato em que confessamos a nossa fé em Jesus,pois,pela
fé,morremos para o mundo para que pertençamos a Jesus (Gl3.27;1Pe 3.18).
d) É um testemunho da experiência do novo Nascimento (1Co 5.17).
e) É uma benção: O batismo é o caminho da benção. É um ato em que Jesus opera na vida daquele
que se submete a Ele,abençoando-o e confirmando a sua fé na palavra.
5. A quem se destina o Batismo?
a) A quem se arrepende (Mt3.1,5,6)
b) A quem confessa seus pecados .
c) A quem crê na palavra de Deus (Mc 16.15,16)
d) A quem se converte (At 2.28)
e) Só para os salvos (Mc 16.16)
4. Qual é forma do Batismo?
- O batismo deve ser ministrado em nome do Pai,do Filho e do Espírito Santo,por imersão
em águas. (At 8.38,39;Mt 3.16;Jo 3.23).
II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.2 – Ordenanças
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
1. Definição teológica. Por constituírem em ordenações explícitas de Nosso Senhor à sua
Igreja, assim são denominados o batismo em água e a santa ceia.
a) Memorial comemorativo da morte de Jesus: leva-nos a
recordar o sacrifício vicário de Cristo.
b) A ceia é também um ato de fortificação espiritual.
c) A ceia é um ato de comunhão entre os irmãos
d) A ceia é um ato de esperança.
e) É uma expressão Profética: alerta-nos quanto à vinda de
Nosso Senhor Jesus para buscar a sua Igreja (1 Co 11.26).
2. Santa Ceia. É a Santa Ceia a segunda ordenança
observada pela Igreja (Mc 14.12-26). Seus elementos:
o pão e o vinho, simbolizam, respectivamente, o corpo
e o sangue de Cristo oferecidos em resgate da
humanidade (1 Co 11.24,25).
Veja: A Santa Ceia Contém algumas mensagens centrais:
SANTA CEIA
II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.2 – Ordenanças
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
- Em que consiste a missão da igreja de Cristo?
1. Glorificar a Deus. No Sermão vemos uma exortação da parte de Deus.
“ Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens,para que vejam as vossas boas
obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus” (Mt 5.16).
- A igreja não foi constituída para buscar os favores do mundo nem os louvores dos
poderosos,aqui está para endereçar a Deus toda a gloria e todo o poder.
2. Se habitação do Espírito Santo .
- “Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita
em vós,proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmo?” (1Co 6.19).
- A Igreja é pois o templo espiritual de Deus, nela habita o Espírito Santo de
Deus.
3. Proclamar o Evangelho. Esta é a principal missão da Igreja. (Mt 28.18,19).
4. Edificar seus membros na Palavra.(Os 4. 6).
III– A IGREJA QUANTO A SUA MISSÃO
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
 Diante do exposto, concluímos que Deus estabeleceu a sua
morada,
 primeiramente no tabernáculo e depois no Templo, ambos
consagrados a Ele, e que da mesma forma o Espírito Santo
também estabeleceu a sua habitação no corpo do cristão
individual.
 Entre gentios e judeus, o Senhor Jesus formou um novo povo (1Co
10.32), de modo que o gentio deixa de ser gentio quando se
converte ao evangelho de Jesus Cristo (1Co 12.2; Ef 2.11).
 A missão principal da igreja é adorar a Deus e propagar o
evangelho a todas as nações da terra (Mt 28.19,20).
CONCLUSÃO
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
“ Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta
Pedra edificarei a minha Igreja,e as portas do inferno não
prevalecerão contra ela”. (Mt 16.18).
CONCLUSÃO
(EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017
A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos.
Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
Portanto,

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Erberson Pinheiro
 
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da Igreja
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da IgrejaEstudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da Igreja
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da Igreja
Márcio Pereira
 
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristoLBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristo
Natalino das Neves Neves
 
Santificação
SantificaçãoSantificação
Santificação
Luan Almeida
 
Lição 08 - A Igreja de Cristo
Lição 08 - A Igreja de CristoLição 08 - A Igreja de Cristo
Lição 08 - A Igreja de Cristo
Éder Tomé
 
Eclesiologia ana
Eclesiologia anaEclesiologia ana
Eclesiologia ana
Eraldo Luciano
 
Lição 6 - Santificação: Comprometidos com a Ética do Espírito (Windscreen)
Lição 6 - Santificação: Comprometidos com a Ética do Espírito (Windscreen)Lição 6 - Santificação: Comprometidos com a Ética do Espírito (Windscreen)
Lição 6 - Santificação: Comprometidos com a Ética do Espírito (Windscreen)
Éder Tomé
 
O que e Igreja
O que e IgrejaO que e Igreja
O que e Igreja
Pastor Wanderley
 
Discbas 3-amor
Discbas 3-amorDiscbas 3-amor
Discbas 3-amor
cantagalo123
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Éder Tomé
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 103º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
Joel Silva
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 103º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
Joel de Oliveira
 
Apresentao comunho a marca da igreja primitiva
Apresentao   comunho a marca da igreja primitivaApresentao   comunho a marca da igreja primitiva
Apresentao comunho a marca da igreja primitiva
Jairosoliveira
 
Porque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhorPorque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhor
Vilmar Nascimento
 
Liçao- 04
Liçao- 04  Liçao- 04
Liçao- 04
Edson Soeiro
 
LIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃ
LIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃLIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃ
LIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃ
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
 
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZAA IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
Sandra Dias
 
A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)
A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)
A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)
Instituto Teológico Gamaliel
 
Tese 10 eclesiologia
Tese 10 eclesiologiaTese 10 eclesiologia
Tese 10 eclesiologia
Zé Vitor Rabelo
 
Lição 18 Apostasia da Fé
Lição 18   Apostasia da FéLição 18   Apostasia da Fé
Lição 18 Apostasia da Fé
Wander Sousa
 

Mais procurados (20)

Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da Igreja
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da IgrejaEstudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da Igreja
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da Igreja
 
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristoLBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristo
 
Santificação
SantificaçãoSantificação
Santificação
 
Lição 08 - A Igreja de Cristo
Lição 08 - A Igreja de CristoLição 08 - A Igreja de Cristo
Lição 08 - A Igreja de Cristo
 
Eclesiologia ana
Eclesiologia anaEclesiologia ana
Eclesiologia ana
 
Lição 6 - Santificação: Comprometidos com a Ética do Espírito (Windscreen)
Lição 6 - Santificação: Comprometidos com a Ética do Espírito (Windscreen)Lição 6 - Santificação: Comprometidos com a Ética do Espírito (Windscreen)
Lição 6 - Santificação: Comprometidos com a Ética do Espírito (Windscreen)
 
O que e Igreja
O que e IgrejaO que e Igreja
O que e Igreja
 
Discbas 3-amor
Discbas 3-amorDiscbas 3-amor
Discbas 3-amor
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 103º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 103º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
 
Apresentao comunho a marca da igreja primitiva
Apresentao   comunho a marca da igreja primitivaApresentao   comunho a marca da igreja primitiva
Apresentao comunho a marca da igreja primitiva
 
Porque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhorPorque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhor
 
Liçao- 04
Liçao- 04  Liçao- 04
Liçao- 04
 
LIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃ
LIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃLIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃ
LIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃ
 
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZAA IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
 
A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)
A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)
A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)
 
Tese 10 eclesiologia
Tese 10 eclesiologiaTese 10 eclesiologia
Tese 10 eclesiologia
 
Lição 18 Apostasia da Fé
Lição 18   Apostasia da FéLição 18   Apostasia da Fé
Lição 18 Apostasia da Fé
 

Semelhante a A igreja de cristo

Lição 3 - A Natureza da Igreja - Escola Bíblica Dominical.pptx
Lição 3 - A Natureza da Igreja - Escola Bíblica Dominical.pptxLição 3 - A Natureza da Igreja - Escola Bíblica Dominical.pptx
Lição 3 - A Natureza da Igreja - Escola Bíblica Dominical.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 08- A IGREJA DE CRISTO
Lição 08-  A IGREJA DE CRISTOLição 08-  A IGREJA DE CRISTO
Lição 08- A IGREJA DE CRISTO
Marcio de Medeiros
 
relatorio de estudo. pdf para estudo biblico em ousadia
relatorio de estudo. pdf para estudo biblico em ousadiarelatorio de estudo. pdf para estudo biblico em ousadia
relatorio de estudo. pdf para estudo biblico em ousadia
carlos junior carlos
 
A Igreja corpo de Cristo.ppt
A Igreja corpo de Cristo.pptA Igreja corpo de Cristo.ppt
A Igreja corpo de Cristo.ppt
Rev. Jouberto Heringer
 
Lição 03 - A Natureza da Igreja (1).pptx
Lição 03 - A Natureza da Igreja (1).pptxLição 03 - A Natureza da Igreja (1).pptx
Lição 03 - A Natureza da Igreja (1).pptx
EdinaldoVieiradeSous
 
A origem da Igreja-01.pptx
A origem da Igreja-01.pptxA origem da Igreja-01.pptx
A origem da Igreja-01.pptx
AMGAMES
 
Revista Licoes Biblicas_Professor - 1º Trim 2024.pdf
Revista Licoes Biblicas_Professor - 1º Trim 2024.pdfRevista Licoes Biblicas_Professor - 1º Trim 2024.pdf
Revista Licoes Biblicas_Professor - 1º Trim 2024.pdf
Sergio Luis
 
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicosLição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
Éder Tomé
 
Bna pascoa a 5 caminho verdade e vida
Bna pascoa a 5 caminho verdade e vidaBna pascoa a 5 caminho verdade e vida
Bna pascoa a 5 caminho verdade e vida
daniela-bertoncello
 
A igreja de cristo
A igreja de cristoA igreja de cristo
A doutrina da igreja
A doutrina da igrejaA doutrina da igreja
A doutrina da igreja
antonio ferreira
 
EBD - A NATUREZA DA IGREJA.................
EBD - A NATUREZA DA IGREJA.................EBD - A NATUREZA DA IGREJA.................
EBD - A NATUREZA DA IGREJA.................
Uilson Nunnes
 
Aula 6 eclesiologia
Aula 6   eclesiologiaAula 6   eclesiologia
Aula 6 eclesiologia
magnao2
 
A ordem de deus bruce anstey
A ordem de deus   bruce ansteyA ordem de deus   bruce anstey
A ordem de deus bruce anstey
Jessé Ferreira
 
Bruce anstey-a-ordem-de-deus
Bruce anstey-a-ordem-de-deusBruce anstey-a-ordem-de-deus
Bruce anstey-a-ordem-de-deus
Alysson Pessoa Miranda
 
Ebd licao 8-1o semestre2015_Eu Creio na Igreja de Cristo_22/02
Ebd licao 8-1o semestre2015_Eu Creio na Igreja de Cristo_22/02Ebd licao 8-1o semestre2015_Eu Creio na Igreja de Cristo_22/02
Ebd licao 8-1o semestre2015_Eu Creio na Igreja de Cristo_22/02
Frederico Fonseca
 
Por Que Vivermos JUNTOS?
Por Que Vivermos JUNTOS?Por Que Vivermos JUNTOS?
Por Que Vivermos JUNTOS?
Eid Marques
 
COMO FUNDAR UMA IGREJA
COMO FUNDAR UMA IGREJACOMO FUNDAR UMA IGREJA
COMO FUNDAR UMA IGREJA
ESCRIBAVALDEMIR
 
Lição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptx
Lição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptxLição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptx
Lição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptx
Celso Napoleon
 
Igreja relevante estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicas
Igreja relevante   estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicasIgreja relevante   estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicas
Igreja relevante estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicas
jasonduarte
 

Semelhante a A igreja de cristo (20)

Lição 3 - A Natureza da Igreja - Escola Bíblica Dominical.pptx
Lição 3 - A Natureza da Igreja - Escola Bíblica Dominical.pptxLição 3 - A Natureza da Igreja - Escola Bíblica Dominical.pptx
Lição 3 - A Natureza da Igreja - Escola Bíblica Dominical.pptx
 
Lição 08- A IGREJA DE CRISTO
Lição 08-  A IGREJA DE CRISTOLição 08-  A IGREJA DE CRISTO
Lição 08- A IGREJA DE CRISTO
 
relatorio de estudo. pdf para estudo biblico em ousadia
relatorio de estudo. pdf para estudo biblico em ousadiarelatorio de estudo. pdf para estudo biblico em ousadia
relatorio de estudo. pdf para estudo biblico em ousadia
 
A Igreja corpo de Cristo.ppt
A Igreja corpo de Cristo.pptA Igreja corpo de Cristo.ppt
A Igreja corpo de Cristo.ppt
 
Lição 03 - A Natureza da Igreja (1).pptx
Lição 03 - A Natureza da Igreja (1).pptxLição 03 - A Natureza da Igreja (1).pptx
Lição 03 - A Natureza da Igreja (1).pptx
 
A origem da Igreja-01.pptx
A origem da Igreja-01.pptxA origem da Igreja-01.pptx
A origem da Igreja-01.pptx
 
Revista Licoes Biblicas_Professor - 1º Trim 2024.pdf
Revista Licoes Biblicas_Professor - 1º Trim 2024.pdfRevista Licoes Biblicas_Professor - 1º Trim 2024.pdf
Revista Licoes Biblicas_Professor - 1º Trim 2024.pdf
 
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicosLição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
 
Bna pascoa a 5 caminho verdade e vida
Bna pascoa a 5 caminho verdade e vidaBna pascoa a 5 caminho verdade e vida
Bna pascoa a 5 caminho verdade e vida
 
A igreja de cristo
A igreja de cristoA igreja de cristo
A igreja de cristo
 
A doutrina da igreja
A doutrina da igrejaA doutrina da igreja
A doutrina da igreja
 
EBD - A NATUREZA DA IGREJA.................
EBD - A NATUREZA DA IGREJA.................EBD - A NATUREZA DA IGREJA.................
EBD - A NATUREZA DA IGREJA.................
 
Aula 6 eclesiologia
Aula 6   eclesiologiaAula 6   eclesiologia
Aula 6 eclesiologia
 
A ordem de deus bruce anstey
A ordem de deus   bruce ansteyA ordem de deus   bruce anstey
A ordem de deus bruce anstey
 
Bruce anstey-a-ordem-de-deus
Bruce anstey-a-ordem-de-deusBruce anstey-a-ordem-de-deus
Bruce anstey-a-ordem-de-deus
 
Ebd licao 8-1o semestre2015_Eu Creio na Igreja de Cristo_22/02
Ebd licao 8-1o semestre2015_Eu Creio na Igreja de Cristo_22/02Ebd licao 8-1o semestre2015_Eu Creio na Igreja de Cristo_22/02
Ebd licao 8-1o semestre2015_Eu Creio na Igreja de Cristo_22/02
 
Por Que Vivermos JUNTOS?
Por Que Vivermos JUNTOS?Por Que Vivermos JUNTOS?
Por Que Vivermos JUNTOS?
 
COMO FUNDAR UMA IGREJA
COMO FUNDAR UMA IGREJACOMO FUNDAR UMA IGREJA
COMO FUNDAR UMA IGREJA
 
Lição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptx
Lição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptxLição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptx
Lição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptx
 
Igreja relevante estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicas
Igreja relevante   estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicasIgreja relevante   estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicas
Igreja relevante estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicas
 

Mais de Antonio Filho

Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)
Antonio Filho
 
A realidade do inferno.
A realidade do inferno.A realidade do inferno.
A realidade do inferno.
Antonio Filho
 
Exposições bíblicas e temáticas
Exposições bíblicas e temáticasExposições bíblicas e temáticas
Exposições bíblicas e temáticas
Antonio Filho
 
A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.
Antonio Filho
 
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
Antonio Filho
 
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Antonio Filho
 
Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017
Antonio Filho
 
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Antonio Filho
 
Princípios para vida
Princípios para vidaPrincípios para vida
Princípios para vida
Antonio Filho
 
Cultivar virtudes
Cultivar virtudesCultivar virtudes
Cultivar virtudes
Antonio Filho
 
A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)
Antonio Filho
 
A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)
Antonio Filho
 
Inferno – destino eterno dos ímpios
Inferno – destino eterno dos ímpiosInferno – destino eterno dos ímpios
Inferno – destino eterno dos ímpios
Antonio Filho
 
Lição 07 (ebd)2017
Lição 07 (ebd)2017Lição 07 (ebd)2017
Lição 07 (ebd)2017
Antonio Filho
 
Aula(sistema de numeração) 6º ano
Aula(sistema de numeração) 6º anoAula(sistema de numeração) 6º ano
Aula(sistema de numeração) 6º ano
Antonio Filho
 
Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)
Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)
Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)
Antonio Filho
 
Para que serve a religião
Para que serve a religiãoPara que serve a religião
Para que serve a religião
Antonio Filho
 
O verdadeiro sentido da páscoa (2)
O verdadeiro sentido da páscoa (2)O verdadeiro sentido da páscoa (2)
O verdadeiro sentido da páscoa (2)
Antonio Filho
 
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
Antonio Filho
 
Equação 2º grau
Equação 2º grauEquação 2º grau
Equação 2º grau
Antonio Filho
 

Mais de Antonio Filho (20)

Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)
 
A realidade do inferno.
A realidade do inferno.A realidade do inferno.
A realidade do inferno.
 
Exposições bíblicas e temáticas
Exposições bíblicas e temáticasExposições bíblicas e temáticas
Exposições bíblicas e temáticas
 
A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.
 
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
 
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
 
Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017
 
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
 
Princípios para vida
Princípios para vidaPrincípios para vida
Princípios para vida
 
Cultivar virtudes
Cultivar virtudesCultivar virtudes
Cultivar virtudes
 
A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)
 
A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)
 
Inferno – destino eterno dos ímpios
Inferno – destino eterno dos ímpiosInferno – destino eterno dos ímpios
Inferno – destino eterno dos ímpios
 
Lição 07 (ebd)2017
Lição 07 (ebd)2017Lição 07 (ebd)2017
Lição 07 (ebd)2017
 
Aula(sistema de numeração) 6º ano
Aula(sistema de numeração) 6º anoAula(sistema de numeração) 6º ano
Aula(sistema de numeração) 6º ano
 
Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)
Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)
Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)
 
Para que serve a religião
Para que serve a religiãoPara que serve a religião
Para que serve a religião
 
O verdadeiro sentido da páscoa (2)
O verdadeiro sentido da páscoa (2)O verdadeiro sentido da páscoa (2)
O verdadeiro sentido da páscoa (2)
 
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
 
Equação 2º grau
Equação 2º grauEquação 2º grau
Equação 2º grau
 

Último

759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
ILDISONRAFAELBARBOSA
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
andressacastro36
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 

Último (20)

759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 

A igreja de cristo

  • 1. ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé Assim Cremos, assim Vivemos. Texto básico: (João 3.1 - 12). Profº Pb: Antônio Soares Lição: 08 A Igreja de Cristo
  • 2. (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). 12 — Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também. 13 — Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito. 14 — Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos. 15 — Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será por isso do corpo? 16 — E, se a orelha disser: Porque não sou olho, não sou do corpo; não será por isso do corpo? 17 — Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato?
  • 3. 18 — Mas, agora, Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis. 19 — E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo? 20 — Agora, pois, há muitos membros, mas um corpo. 25 — para que não haja divisão no corpo, mas, antes, tenham os membros igual cuidado uns dos outros. 26 — De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele. 27 — Ora, vós sois o corpo de Cristo e seus membros em particular. (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
  • 4. (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). “Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles” (Mt 18.20).
  • 5. Cremos na Igreja, que é o corpo de Cristo, una, santa e universal assembleia dos fiéis remidos de todas as eras e todos os lugares. (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
  • 6. (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). Mostrar a Igreja como corpo de Cristo e os elementos que a identificam.
  • 7. (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). I. Apresentar o significado da palavra “igreja” e os seus desdobramentos; II. Explicar os elementos que identificam a Igreja; III. Conscientizar os crentes de que eles são membros do corpo de Cristo.
  • 8. CONSIDERAÇÕES INICIAIS (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). Exegese de Mateus 16.16-19.  Desta passagem a igreja católica Romana deriva o seguinte raciocínio: A Igreja foi fundada pelo Apóstolo Pedro em 33 d.c,em cumprimento a esse trecho bíblico. Entretanto,a igreja fundada por Jesus não era católica romana, nem ortodoxa grega, nem protestante,mas simplesmente Cristã (At 11.26).  A igreja Romana afirma que “O Papa,a quem chamamos Sumo Pontífice, é o sucessor de São Pedro na Sede de Roma, ou seja, o vigário de Jesus Cristo na terra, e o chefe visível da Igreja”.  Contrariando essa intenção romanista, a Bíblia nos ensina que Jesus é o Sumo Pastor (1Pe 5.4). - O Vigário de Jesus é o Espírito Santo,e não o Papa (Jo 14.16-18); o chefe invisível da Igreja é o próprio Jesus (Ef 1.20-22). Nos idos do ano 48 d.c, ocorre o Concílio De Jerusalém, e Tiago é quem o presidi ,não Pedro ,embora estando presente (At 15.13-19). Em todas as cartas de Paulo em nenhuma delas é mencionado Pedro como Papa.
  • 9.
  • 10.
  • 11. Como se compõe a sua administração espiritual? O teólogo Pentecostal Stanley Horton, em suas reflexões sobre a eclesiologia bíblica,afirmou: “ A Igreja é,portanto,a família espiritual de Deus, uma comunidade criada pelo Espírito Santo,baseada na obra expiatória de Cristo”. Eis ai uma das mais brilhantes definições da Igreja de Cristo. Agostinho e João Calvino se estivesse vivo concordaria plenamente com o teólogo Pentecostal. Já se passaram dois mil anos de historia desde que Cristo fundou a Igreja no Dia de Pentecostes em Jerusalém. Mas afinal! O que é a Igreja? Quais os seus objetivos? Para uma melhor compreensão da doutrina sobre a Igreja vamos estudá- la levando em consideração alguns aspectos a saber: CONSIDERAÇÕES INICIAIS (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
  • 12. PONTO CENTRAL A Igreja é o Corpo de Cristo. (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
  • 13. I – A COMUNIDADE DOS FIÉIS 1.1 – Etimologia. (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). I - O ASPECTO CONCEITUAL DA IGREJA. O QUE É A IGREJA? 1. Definição etimológica. A Igreja (ekklēsia) do grego. É um povo tirado do mundo(Jo 15.19). Essa palavra é composta de duas outras ek e Klesis. EK significa “para fora”,e klesis, “chamado”. Ekklesia é usada no NT 115 vezes e aparece em três significações distintas,porém de algo chamado para fora . - A finalidade dessa “chamada para fora” é que sejamos o povo Deus (2Co 6.14 – 18),um povo seu, especial, zeloso de boas obras (Tt 2.14),uma geração eleita, um sacerdócio real, uma nação santa, um povo adquirido (1Pe 2.9). - Israel. É usada duas vezes para designar o Israel de Deus no Antigo Testamento (At 7.38; Hb 2.12), exprimindo, assim, como Deus chamou a Israel dentre os povos para ser um povo seu (Dt 7.6-8)”. É usada 110 vezes para designar a Igreja do Deus vivo. (BERGSTÉN, E. Teologia Sistemática. 4.ed., RJ: CPAD, 2005, p.214.) - Comunidade grega. É usada três vezes para expressar uma assembléia de comunidade grega, tanto legal (At 19.39), como ilegal (At 19.32,40) [...]. A Igreja não é constituída por cimentos, tijolos e ferros, mas por aqueles que experimentaram o novo nascimento e amam a Jesus de todo o coração.
  • 14. Nota: A Bíblia tanto fala em Igreja local em cada lugar como também é referida na forma plural. (BERGSTÉN, E. Teologia Sistemática. 4.ed., RJ: CPAD, 2005, p.213.) Todas as igrejas locais no mundo pertencem à Igreja universal,mas é possível ser membro de uma igreja local,sem pertencer à Igreja universal.  A Igreja na dimensão Universal (Hb12.23). - um organismo Espiritual, invisível ao olho humano,composta de todos os que,em todos os tempos e em todos os lugares,possuírem os nomes escritos no livro da vida. - o corpo místico de Cristo. - Os crentes do AT ,que creram em Deus e foram aceitos por Ele através do sacrifício de cordeiros,após a morte e a ressurreição de Jesus foram postos em pé de igualdade com os crentes NT (Rm 3.25,26). - Jesus é o líder da Igreja universal. - Não existe ministérios ou cooperadores: Ele é tudo em todos. - Aqueles que permanecem em Jesus dando frutos pertencem á Igreja universal. Se alguém não dá fruto,é cortado (Jo 15.4-6). - A Igreja é um organismo vivo, santo, dinâmico e ligado à cabeça, Cristo (Ef 1.22,23). A igreja, portanto, vive em duas dimensões: Universal e Local.  Na dimensão local, uma organização, uma agremiação de pessoas ligadas a um sistema de crenças. A Igreja local é a forma neotestamentária da comunhão entre os crentes. É um órgão que Jesus fez levantar através da sua morte (Jo 11.52;Ef 2.15,16). Ela é o agrupamento de crentes regenerados e batizados em água,residentes em uma comunidade,com um propósito de obedecer a palavra de Deus. I – A COMUNIDADE DOS FIÉIS 1.2 – A assembleia dos cidadãos. (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
  • 15. UNIVERSAL LOCAL 1. Organismo vivo 1. Organização ou Associação 2. É invisível 2. É visível. 3. Interdenominacional 3. Denominacional. 4. Jesus é o único líder e cabeça. 4. Possui vários líderes 5. Os nomes de seus membros,estão inscritos no livro da vida. 5. Os nomes de seus membros estão inscritos no rol da igreja local. 6. Possui vida orgânica 6. Possui vida à medida que seus membros estão ligados à cabeça, Cristo. 7. Não depende de rituais de culto,de templos,de reconhecimento social.. 7. Dependem de cerimônias, templos,reconhecimento oficiais;estatutos,etc. Veja a tabela que distingue a igreja universal da igreja local. I – A COMUNIDADE DOS FIÉIS 1.2 – A assembleia dos cidadãos. (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
  • 16. Para William Gurnall : “A Igreja não é nada mais do que Cristo manifestado”. Como seus representantes, devemos nos empenhar em ter uma vida santa e irrepreensível, a fim de que os homens, ao ver a nossa conduta, venham a glorificar a Cristo — o cabeça da Igreja. Billy Grahan vê a Igreja como “uma sociedade missionária com a tarefa primordial de dar testemunho da obra redentora de Cristo,e não uma organização política,nem uma entidade de reforma social” PENSAMENTOS SOBRE A IGREJA O teólogo Pentecostal Stanley Horton afirmou “A Igreja é,portanto,a família espiritual de Deus, uma comunidade criada pelo Espírito Santo,baseada na obra expiatória de Cristo”. W.A.Vissert Hoof define-a como uma realidade escatológica: “A Igreja não é apenas o lugar onde são proclamadas as grandes realidades escatológicas.Ela é,em si mesma,um fato escatológico”. Langston,como brilhante teólogo que era,afirma categoricamente: “ A igreja é uma comunidade cristocêntrica;as suas atividades devem ser inspiradas e dirigidas por Cristo – o motivo é Cristo, O modelo é Cristo. O objetivo é Cristo. Thomas Adams “a Igreja é a herdeira da cruz”. II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja? (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
  • 17. O ASPECTO DA IGREJA QUANTO A SUA ORIGEM A Igreja é o alvo do grande amor de Jesus Cristo. A Bíblia diz: “Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela” (1Tm 3.15;Ef 5.25). 2.1 – A Igreja tem origem em Deus desde a Eternidade. - É de forma clara que a Bíblia nos mostra que Deus na sua presciência ,previu a queda do ser humano. E por seu inefável amor concedeu um plano de salvação para que esse homem,através do sacrifício do seu Filho amado encontrasse a salvação. (Ef 1.4,5;1Pe 1.19,20) ai Bíblia expressa “ Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo” (Ap 13.8). 2.2 – O Estabelecimento da Igreja - Somente quando o Espírito Santo foi derramado sobre os discípulos eles foram batizados com poder (At 1.5),é que a igreja foi estabelecida em autoridade e na forma como havia determinado. Conclui-se portanto, que o mistério de Deus,guardado desde o principio dos séculos,estava revelado: Igreja,órgão Deus na dispensação do NT entrou em cena. (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja?
  • 18. A Bíblia usa vários símbolos que apontam de modo claro o lugar que Jesus tem e deve ter na igreja. Jesus ressuscitado é o mais importante credo da Igreja. É isso que distingue de qualquer outro tipo de sociedade ou religião. 2. 3 – A Igreja como o corpo de Cristo. - Sendo o Filho de Deus a sua cabeça,a Igreja é conhecida como o corpo de Cristo,pois dEle recebe toda a sua orientação e governo,conforme enfatiza Paulo: “Ora,vós sois o corpo de Cristo;e individualmente,membros desse corpo” (1Co 12.27). 3.4 – A Igreja como um templo. - A Igreja é como um templo (1Co 3.9,16) constitui um símbolo que apresenta os crentes como “pedras vivas” (1Pe 2.4,5),que são edificados sobre o verdadeiro fundamento que é Cristo, o Filho de Deus (Mt 16.18). Ele é a Pedra (At 4.11;1Pe 2.4) sobre a qual todos os membros da Igreja,individualmente,estão fundados e sobre edificados (Cl 2.7;Ef 2.20). II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja? (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). O ASPECTO DA IGREJA QUANTO A SUA TIPOLOGIA OU SÍMBOLOS BÍBLICOS
  • 19. 3.3 – A Igreja como um rebanho. - A Igreja como um rebanho (At 20.28) é um símbolo que aponta para a necessidade da atuação de Jesus como “o bom Pastor” (Jo 10.11), como “O Sumo Pastor” (1Pe 5.4), o “Grande Pastor das ovelhas” (Hb 13.20; Sl 23). 3.5 – A Igreja como um castiçal. - A Igreja como um castiçal é um símbolo que o próprio Jesus usou (Ap 2.1). O castiçal usado no Tabernáculo era uma coluna com pedestal e uma lâmpada central,de onde saíam seis braços laterais(três de cada lado) com uma lâmpada em cada braço. A coluna com pedestal simboliza Jesus. Ele mesmo disse: “Eu sou a luz do mundo” (Jo 8.12). Os braços representam os crentes quais são ligado em Jesus como a vara na videira (Jo 15.1-15). II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja? (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). O ASPECTO DA IGREJA QUANTO A SUA TIPOLOGIA OU SÍMBOLOS BÍBLICOS
  • 20. 2.6 – A Igreja é a Noiva do Cordeiro. - A Igreja é assim conhecida em virtude da aliança que o Senhor Jesus com ela estabeleceu por intermédio do sangue do Novo Testamento: “ Vem,mostrar-te-ei a noiva,a esposa do cordeiro”.( Ap 21.9). II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja? (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). O ASPECTO DA IGREJA QUANTO A SUA TIPOLOGIA OU SÍMBOLOS BÍBLICOS
  • 21. 2.7 – A Igreja como uma família. - Sendo os crentes filhos de Deus por adoção,reunimo-nos,todos os que aceitaram a Cristo,como a família de Deus: (Ef 2.17-22). 2. 8 – A Igreja é a coluna e firmeza da Verdade. “A Igreja é,portanto,a família espiritual de Deus, uma comunidade criada pelo Espírito Santo,baseada na obra expiatória de Cristo” Stanley Horton. “ mas ,se tardar,para que saibas como convém andar na casa de Deus,que é a igreja do Deus vivo,a coluna e firmeza da verdade”. (1Tm 3.15). II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja? (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). O ASPECTO DA IGREJA QUANTO A SUA TIPOLOGIA OU SÍMBOLOS BÍBLICOS
  • 22. FIRMEZA ORGANISMO RELACIONAMENTO EDIFÍCIO (Ef 2.21;1Co 3.9) Corpo de Cristo (Ef 1.22,23;1Co 12.12-27) Noiva de Cristo (2Co 11.2;Ef 5.25- 27). Morada De Deus (Ef 2.22;Hb 3.2-4) Esposa (Ap 19.7;21.9) Templo de Deus (Ef 2.21;1Co 6.19) Família de Deus (Ef 2.19) SÍMBOLOS DA IGREJA II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.1 – Afinal,o que é Igreja? (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). O ASPECTO DA IGREJA QUANTO A SUA TIPOLOGIA OU SÍMBOLOS BÍBLICOS
  • 23. II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.2 – Ordenanças (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). 2. Definição teológica. Constitui um símbolo da morte e ressurreição de Cristo. Através do batismo, realizado por imersão e em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo (Mt 28.18,19), o novo convertido declara publicamente haver aceitado de forma plena, pela fé, o sacrifício de Cristo. De igual modo, testemunha já haver morrido para o mundo e, agora, ressuscitado espiritualmente, vive em novidade de vida (Rm 6.4).  O batismo em águas é o rito que simboliza a nossa união com Cristo e é a nossa confissão pública de fé em Jesus (Rm 6.4). 1. Definição etmológica.  Na língua original do Novo Testamento, o grego, a palavra batismo (baptizō) significa “imergir”, “mergulhar”. Vários textos do Novo Testamento mostram que o batismo era efetuado em águas abundantes de rios, lagos ou mares, ou algum outro local com água suficiente para imergir a pessoa que desejasse ser batizada. Jesus, quando dirigiu-se a João Batista para ser batizado, foi conduzido pelo profeta para dentro do rio Jordão (Mt 3.13-17; Mc 1.9-11; Lc 3.21,22; Jo 1.32-34).  Nos Atos dos Apóstolos, que contém a história inicial da igreja, o mesmo procedimento do batismo por imersão é registrado em diversas passagens: At 2.41; At 8.36-39; 9.18. BATISMO São duas as ordenanças da Igreja dadas por ordem específica do Senhor Jesus. A primeira é o batismo em águas: “Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo” (Mt 28.19). A segunda é a Ceia do Senhor: “fazei isso em memória de mim” (Lc 22.19).
  • 24. 3. O significado do Batismo a) É uma ordem,ou seja, uma das ordenanças de Cristo. - O batismo representa uma obediência. Jesus ordenou e nós queremos obedecer. Jesus é o nosso exemplo em tudo.(1Pe2.21;Jo13.15) e Ele foi batizado para cumprir toda justiça de Deus (Mt 3.21). Portanto queremos seguir as pisadas de cristo(1Pe3.21;Sl 85.13). - Obs: Ordenanças não são sacramentos. O batismo e a Santa ceia são ordenanças,não sacramentos. Ordenanças: Ordenanças provem de ordem,ou seja, o batismo foi ordenado por Jesus. Foi Ele quem mandou que seus discípulos batizassem (Mt 28.19;Mc 16.16). Os discípulos saíram e pregaram por toda parte,batizando em cumprimento a ordem recebida. (Mc 16.20;At 2.41;8.12;10.47). A salvação nos liberta até das tradições recebidas dos pais (1Pe 1.18). Graças a Deus! Sacramentos: [Do latin. Sacramentale,juramento,penhor]Segundo a doutrina católica – romana,é o sinal instituído por Cristo com o objetivo de administrar a salvação aqueles que ,recebendo-o,fazem a profissão de fé. São sete os sacramentos católicos: batismo,confirmação,confissão,eucaristia,penitencia,Unção dos enfermos,Ordem sacerdoral e o Matrimonio. II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.2 – Ordenanças (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
  • 25. b) É um símbolo: O batismo é um símbolo da nossa identificação espiritual com a morte,sepultamento e ressurreição de Jesus (Rm 6.3,4). Assim como Jesus morreu,nós também morremos para o mundo (Gl 2.20;Cl 3.3) e somos “sepultados” pelo batismo,para que juntamente com Ele,venhamos a ressuscitar em “novidade de vida” (Rm6.6;Cl2.12;1Co5.17). c) É um confissão: O batismo é também um ato em que confessamos a nossa fé em Jesus,pois,pela fé,morremos para o mundo para que pertençamos a Jesus (Gl3.27;1Pe 3.18). d) É um testemunho da experiência do novo Nascimento (1Co 5.17). e) É uma benção: O batismo é o caminho da benção. É um ato em que Jesus opera na vida daquele que se submete a Ele,abençoando-o e confirmando a sua fé na palavra. 5. A quem se destina o Batismo? a) A quem se arrepende (Mt3.1,5,6) b) A quem confessa seus pecados . c) A quem crê na palavra de Deus (Mc 16.15,16) d) A quem se converte (At 2.28) e) Só para os salvos (Mc 16.16) 4. Qual é forma do Batismo? - O batismo deve ser ministrado em nome do Pai,do Filho e do Espírito Santo,por imersão em águas. (At 8.38,39;Mt 3.16;Jo 3.23). II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.2 – Ordenanças (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
  • 26. 1. Definição teológica. Por constituírem em ordenações explícitas de Nosso Senhor à sua Igreja, assim são denominados o batismo em água e a santa ceia. a) Memorial comemorativo da morte de Jesus: leva-nos a recordar o sacrifício vicário de Cristo. b) A ceia é também um ato de fortificação espiritual. c) A ceia é um ato de comunhão entre os irmãos d) A ceia é um ato de esperança. e) É uma expressão Profética: alerta-nos quanto à vinda de Nosso Senhor Jesus para buscar a sua Igreja (1 Co 11.26). 2. Santa Ceia. É a Santa Ceia a segunda ordenança observada pela Igreja (Mc 14.12-26). Seus elementos: o pão e o vinho, simbolizam, respectivamente, o corpo e o sangue de Cristo oferecidos em resgate da humanidade (1 Co 11.24,25). Veja: A Santa Ceia Contém algumas mensagens centrais: SANTA CEIA II– ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA 2.2 – Ordenanças (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
  • 27. - Em que consiste a missão da igreja de Cristo? 1. Glorificar a Deus. No Sermão vemos uma exortação da parte de Deus. “ Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens,para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus” (Mt 5.16). - A igreja não foi constituída para buscar os favores do mundo nem os louvores dos poderosos,aqui está para endereçar a Deus toda a gloria e todo o poder. 2. Se habitação do Espírito Santo . - “Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós,proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmo?” (1Co 6.19). - A Igreja é pois o templo espiritual de Deus, nela habita o Espírito Santo de Deus. 3. Proclamar o Evangelho. Esta é a principal missão da Igreja. (Mt 28.18,19). 4. Edificar seus membros na Palavra.(Os 4. 6). III– A IGREJA QUANTO A SUA MISSÃO (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
  • 28.  Diante do exposto, concluímos que Deus estabeleceu a sua morada,  primeiramente no tabernáculo e depois no Templo, ambos consagrados a Ele, e que da mesma forma o Espírito Santo também estabeleceu a sua habitação no corpo do cristão individual.  Entre gentios e judeus, o Senhor Jesus formou um novo povo (1Co 10.32), de modo que o gentio deixa de ser gentio quando se converte ao evangelho de Jesus Cristo (1Co 12.2; Ef 2.11).  A missão principal da igreja é adorar a Deus e propagar o evangelho a todas as nações da terra (Mt 28.19,20). CONCLUSÃO (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo).
  • 29. “ Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta Pedra edificarei a minha Igreja,e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”. (Mt 16.18). CONCLUSÃO (EBD) Lições Bíblicas – 3º Trimestre de 2017 A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos. Lição: 08 –( A Igreja de Cristo). Portanto,