Módulo PedagógicoPontos para contar    um conto      Lilian Lara   Lucienne Bispo   Michele Estéfani
“Não ensine a seu filho que as estrelas não são do tamanhoque parecem ter: maiores que a Terra!        São lâmpadas que os...
RCNEI – VOL. 1                   Atividades permanentesSão aquelas que respondem às necessidades básicas decuidados, apren...
Histórias na Educação Infantil      As histórias na Educação Infantil sãofundamentais na formação educacional dacriança. P...
Trabalhar com histórias infantis na EducaçãoInfantil é criar oportunidades que envolvam todasas crianças a entrar no mundo...
Por que as crianças pedem para  ouvir várias vezes a mesma            historia?
Quando as crianças pedem repetidamente umamesma história é provável que elas estejam vendoalguma relação com sua própria v...
Que história contar?             PRÉ-ESCOLARES:      Até 3 ANOS FASE PRÉ-MAGICA•   Histórias de bichos•   Contos rítmicos ...
De 3 a 6 anos• Histórias de bichos• Pequenos contos de fadas com enredo  simples e poucas personagens• Poemas• Trava-língu...
Dicas para um bom contador de histórias•    Escolha uma história de que você goste muito e deseja contar.•   Leia essa his...
• A história deve ser contada  calmamente, porém com ritmo e entusiasmo.• AO TERMINAR: Jamais moralizar o conteúdo  nem da...
A história não acaba quando chega ao fim. Elapermanece na mente da criança, que a incorporacomo um alimento num processo d...
Quem me compra um jardim com flores,Borboletas de muitas cores...
http://www.4shared.com/rar/6rxMDKVb/desenhando_com_os_dedos.html
Histórias com Tangram         TANGRAM é um jogo que pode ser utilizado em diferentes idades,com objetivos diferentes, de a...
Entrou por umaporta e saiu por  outra quemquiser que conte     outra
LABORATÓRIO DO CASARÃO         ASSOMBROSOA/C DOUTORA BRUXA CREMILDA     E ASSISTENTE EPITÁFIO  RUA ESQUISITA DO CASARÃO   ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pontos para contar um conto

6.442 visualizações

Publicada em

Apresentação do Módulo Pedagógico proposto pelas pedagogas Lucienne Bispo, Michele Estefani e Lilian.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.442
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.206
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
74
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pontos para contar um conto

  1. 1. Módulo PedagógicoPontos para contar um conto Lilian Lara Lucienne Bispo Michele Estéfani
  2. 2. “Não ensine a seu filho que as estrelas não são do tamanhoque parecem ter: maiores que a Terra! São lâmpadas que os anjos acendem todos os dias assimque o sol começa a escurecer ... Não diga a seu filho que as asas dos anjos só existem emsua imaginação. Já vi meu anjo em sonho e posso jurar que ele tem asasclaras que até parecem feitas de luz. Não encha a cabeça de seu filho ensinando-lhe hipótesesprecárias que amanhã de nada servirão. Povoe de beleza o olhar inocente de seu filho. Dê-lheuma provisão de bondade que chegue para a marcha da vida. Infunda-lhe na alma o amor de Deus - e tudo o mais, poracréscimo, ele terá.” Dom Hélder
  3. 3. RCNEI – VOL. 1 Atividades permanentesSão aquelas que respondem às necessidades básicas decuidados, aprendizagem e de prazer para as crianças, cujosconteúdos necessitam de uma constância. A escolha dosconteúdos que definem o tipo de atividades permanentes aserem realizadas com frequência regular, diária ou semanal, emcada grupo de crianças, depende das prioridades elencadas apartir da proposta curricular. Consideram-se atividadespermanentes, entre outras:• brincadeiras no espaço interno e externo;• roda de história;• roda de conversas;• ateliês ou oficinas de desenho, pintura, modelagem e música
  4. 4. Histórias na Educação Infantil As histórias na Educação Infantil sãofundamentais na formação educacional dacriança. Para o desenvolvimento de tal atividadedeve ocorrer todo um planejamento, pois se tratade um momento mágico que a criança irávivenciar e absorver algo que venha a identificarcom ela naquele instante.
  5. 5. Trabalhar com histórias infantis na EducaçãoInfantil é criar oportunidades que envolvam todasas crianças a entrar no mundo maravilhoso daleitura, é um meio prazeroso de mostrar-lhesfontes de aprendizagens e possibilitar meios parauma visão do que acontece ao seu redor de umaforma crítica e reflexiva. É poder demonstrar quese pode fazer, refazer, transformar o que se vive narealidade.
  6. 6. Por que as crianças pedem para ouvir várias vezes a mesma historia?
  7. 7. Quando as crianças pedem repetidamente umamesma história é provável que elas estejam vendoalguma relação com sua própria vida, seus medos eseus sonhos. Ouvindo elas aprendem a separarrealidade de devaneio, liberam suas fantasias,aprendem sobre passado, presente e futuro,desenvolvem a imaginação, aprendem sobre memória,sobre sonhos, emoções.
  8. 8. Que história contar? PRÉ-ESCOLARES: Até 3 ANOS FASE PRÉ-MAGICA• Histórias de bichos• Contos rítmicos leves lúdicos e bem humorados, bem curtos• Histórias com a criança• Cantigas de ninar
  9. 9. De 3 a 6 anos• Histórias de bichos• Pequenos contos de fadas com enredo simples e poucas personagens• Poemas• Trava-línguas• Parlendas• Cantigas de rodas
  10. 10. Dicas para um bom contador de histórias• Escolha uma história de que você goste muito e deseja contar.• Leia essa história muitas vezes.• Feche os olhos e imagine o cenário, os personagens, o tempo...• Exercite seu poder de concentração.• Tenha cuidado com sua postura e os vícios de linguagem.• Conte para alguém antes de contar para todo o mundo.• Na hora de contar, olhe para todos: o olhar diz muita coisa.• Seja natural, deixe falar o seu coração e seduza o ouvinte para que ele deseje ouvir novamente.
  11. 11. • A história deve ser contada calmamente, porém com ritmo e entusiasmo.• AO TERMINAR: Jamais moralizar o conteúdo nem dar explicações psicológicas.
  12. 12. A história não acaba quando chega ao fim. Elapermanece na mente da criança, que a incorporacomo um alimento num processo de associação aoutras práticas artísticas e educativas.Há vários tipos de atividades que podem serdesenvolvidas baseadas nas sugestões que o enredooferece:-dramatização-desenhos-recortes-modelagem-dobraduras-criação de textos orais e escritos, entre outros.
  13. 13. Quem me compra um jardim com flores,Borboletas de muitas cores...
  14. 14. http://www.4shared.com/rar/6rxMDKVb/desenhando_com_os_dedos.html
  15. 15. Histórias com Tangram TANGRAM é um jogo que pode ser utilizado em diferentes idades,com objetivos diferentes, de acordo com os conhecimentos de cada um.Permite a execução de inúmeras atividades, além do desenvolvimento doraciocínio lógico e geométrico, principalmente no que se refere às relaçõesespaciais. Também desenvolve a coordenação motora fina. Tem inúmeraspotencialidades:- permite o trabalho cooperativo entre várias crianças;- fomenta o desenvolvimento de competências na resolução de problemas,tais como: comparar, visualizar mentalmente o todo, verificar uma hipótese;- promove o conhecimento de várias figuras geométricas e os seus atributos.http://neetrissomia.wordpress.com/contos-e-historias/
  16. 16. Entrou por umaporta e saiu por outra quemquiser que conte outra
  17. 17. LABORATÓRIO DO CASARÃO ASSOMBROSOA/C DOUTORA BRUXA CREMILDA E ASSISTENTE EPITÁFIO RUA ESQUISITA DO CASARÃO ASSOMBROSO, N 13 CAETÉ – MG – BRASIL

×