SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Prefeitura de Belo Horizonte
Secretaria Municipal de Educação
PLANEJAMENTO DOCENTE TRIMESTRAL
Escola Municipal Pérsio Pereira Pinto – Regional Nordeste – Trimestre: 1° - 2015
Disciplina: Língua Portuguesa Ciclo: 1° Ano: 2° Professor Responsável:
Capacidade
/Habilidade
Descrição da Capacidade/ Habilidade Abordagem Conteúdo Trabalhado
Metodologia utilizada para o
Desenvolvimento da Capacidade
Avaliação
Oralidade Participar de interações orais em sala de
aula, questionando, sugerindo,
argumentando e respeitando os turnos de
fala.
T Oralidade Promover rodas de conversas.
Promover debates de assuntos diversos.
Observação diária.
Registro no caderno de
observações.
Preenchimento da Ficha
de Acompanhamento do
PNAIC.
Escutar com atenção textos de diferentes
gêneros, sobretudo os mais formais, comuns
em situações públicas analisando-os
criticamente.
T Oralidade
Textos orais. Ler para os alunos textos de revistas,
jornais, informativos.
Produzir textos orais de diferentes gêneros,
com diferentes propósitos, sobretudo os
mais formais comuns em instâncias
públicas (debate, entrevista, exposição,
notícia, propaganda, relato de experiências
orais, dentre outros).
T Oralidade
Textos orais.
Solicitar aos alunos que recontem
oralmente os textos que ouviram.
Valorizar os textos de tradição oral,
reconhecendo-os como manifestações
culturais.
T Textos da tradição oral Propiciar aos alunos a escuta de textos
como parlendas, cantigas, quadrinhas,
adivinhas, entre outros da tradição oral das
diferentes manifestações culturais.
Leitura Compreender textos lidos por outras
pessoas, de diferentes gêneros e com
diferentes propósitos.
T Textos orais Ler para os alunos textos de diferentes
gêneros e promover a Interpretação oral.
Observação diária.
Registro no caderno de
observações.
Preenchimento da Ficha
de Acompanhamento do
PNAIC.
Ler textos não-verbais em diferentes
suportes
T Textos não- verbais: imagens, obras
artísticas, placas.
Apresentar para os alunos diferentes textos
não- verbais: imagens, obras artísticas,
placas.
Identificar as características de cada
gênero e/ou portador apresentado.
Ler em voz alta, com fluência, em
diferentes situações
T Leitura Propiciar aos alunos momentos de leitura
de textos de diferentes gêneros.
Reconhecer finalidades de textos lidos pelo
professor ou pelas
crianças.
T Textos orais Ler para os alunos textos de diferentes
gêneros e promover a Interpretação oral.
Antecipar sentidos e ativar conhecimentos
prévios relativos aos textos a serem lidos
pelo professor ou pelas crianças.
T Leitura e interpretação de textos Ler para os alunos textos de diferentes
gêneros e promover a Interpretação oral.
Localizar informações explícitas em textos
de diferentes gêneros, temáticas, lidos pelo
professor ou outro leitor experiente.
T
Realizar inferências em textos de diferentes
gêneros e temáticas lidos pelo professor ou
outro leitor experiente.
T
Apreender assuntos/temas tratados em
textos de diferentes gêneros, lidos pelo
professor ou outro leitor experiente.
Interpretar frases e expressões em textos e
temáticas, lidos pelo professor ou outro
leitor experiente.
T
Análise linguística:
discursividade,
textualidade e
normatividade
Conhecer e usar diferentes suportes
textuais, tendo em vista suas características:
finalidades, esfera de circulação, tema,
forma de composição, estilo, etc.
T Textos escritos Utilizar a caixa de textos de diferentes
gêneros.
Utilizar a caixa de livros de obras
complementares do PNLD.
Afixar cartazes com textos de diferentes
gêneros.
Observação e registro
escrito.
Atividades em folhas
xerocadas.
Ditados de letras e
palavras.
Observação diária.
Registros escritos nos
cadernos.
Preenchimento da Ficha
de Acompanhamento do
PNAIC.
Reconhecer gêneros textuais e seus
contextos de produção. (poemas, parlendas,
quadrinhas e cantigas, fábulas, contos
africanos e indígenas).
T Gêneros textuais (ênfase inicial aos
gêneros: poesias, parlendas,
quadrinhas e cantigas.
Desenvolver atividades de leitura e
interpretação oral de textos.
Utilizar a caixa de textos de diferentes
gêneros.
Utilizar a caixa de livros de obras
complementares do PNLD.
Afixar cartazes com textos de diferentes
gêneros.
Conhecer e fazer uso das grafias de palavras
com correspondências
regulares diretas entre letras e fonemas (P,
B, T, D, F, V).
T Escrita de palavras Desenvolver o Jogo linguístico
Desenvolver jogo do caldeirão
Promover a escrita e comparação de
palavras.
Escrever o próprio nome. C Nome próprio Utilizar crachás.
Utilizar fichas com o nome completo.
Conhecer a ordem alfabética e seu uso em
diferentes gêneros.
T Alfabeto Afixar alfabeto.
Utilizar o alfabeto móvel.
Promover atividades com músicas com as
letras.
Utilizar a ficha do alfabeto.
Compreender que palavras diferentes
compartilham certas letras.
T Escrita de palavras Promover atividades de escrita de
palavras, com trocas de letras.
Desenvolver atividades de formação de
palavras com o alfabeto móvel.
Promover atividades com os jogos da
Caixa do CEEL.
Perceber que palavras diferentes variam
quanto ao número,
repertório e ordem de letras.
T Escrita de palavras Promover atividades de escrita de
palavras, com trocas de letras, contagem
do número de letras.
Desenvolver atividades de formação de
palavras com o alfabeto móvel.
Promover atividades com os jogos da
Caixa do CEEL.
Segmentar oralmente as sílabas de palavras
e comparar as palavras quanto ao tamanho.
T Promover atividades de escrita de
palavras, com contagem do número de
letras e segmentação oral.
Identificar semelhanças sonoras em sílabas
e em rimas.
T Desenvolver atividades de escrita de
palavras e de trabalho oral, identificando
semelhanças de sons e rimas.
Promover atividades com os jogos da
Caixa do CEEL.
Reconhecer que as sílabas variam quanto às
suas composições.
T Desenvolver atividades de escrita de
palavras e de trabalho oral.
Promover atividades com os jogos da
Caixa do CEEL.
Perceber que as vogais estão presentes em
todas as sílabas.
T Diferenciação das letras do alfabeto:
vogais e consoantes.
Formar palavras no alfabeto móvel
segmentá-las, observando a presença de
vogais em todas as sílabas.
Promover atividades com os jogos da
Caixa do CEEL.
Dominar as correspondências entre letras ou
grupos de letras e seu valor sonoro, de
modo a ler palavras e textos
T Escrita de palavras
Consciência fonológica
Consciência fonêmica
Utilizar poesias e outros textos com as
letras do alfabeto.
Promover atividades com os jogos da
Caixa do CEEL e outros jogos de
consciência fonológica.
Dominar as correspondências entre letras ou
grupos de letras e seu . valor sonoro, de
modo a escrever palavras e textos.
T Promover atividades diárias de escrita e
oralidade.
Utilizar poesias e outros textos com as
letras do alfabeto.
Promover atividades com os jogos da
Caixa do CEEL e outros jogos de
consciência fonológica.
Produção de textos
escritos
Produzir textos de diferentes gêneros,
atendendo a diferentes
finalidades, por meio da atividade de um
escriba.(poemas, parlendas, quadrinhas e
cantigas).
T Produção de texto Promover junto aos alunos atividades de
reconto, sendo que a professora seja
escriba para registro do texto.
Registros diários em
cadernos e folhas
avulsas.
Prefeitura de Belo Horizonte
Secretaria Municipal de Educação
PLANEJAMENTO DOCENTE TRIMESTRAL
Escola Municipal Pérsio Pereira Pinto – Regional Nordeste – Trimestre: 1° - 2015
Disciplina: Matemática Ciclo: 1° Ano: 2° Professor Responsável:
Capacidade
/Habilidade
Descrição da Capacidade/ Habilidade Abordagem Conteúdo Trabalhado
Metodologia utilizada para o
Desenvolvimento da Capacidade
Avaliação
Números e operações Identificar números nos diferentes contextos
em que se encontram, em suas diferentes
funções: indicador da quantidade de
elementos de uma coleção discreta
(cardinalidade); medida de grandezas (2
quilos, 3 dias etc.); indicador de posição
(número ordinal); e código (número de
telefone, placa de carro etc.).
T Números Promover a observação dos espaços para
perceber a matemática em todos os locais.
Promover em sala oportunidades de
contagem, ordenação, entre outros.
Observação diária.
Utilizar diferentes estratégias para
quantificar e comunicar quantidades de
elementos de uma coleção, utilizando a
linguagem oral, a notação numérica e/ou
registros não convencionais, nas
brincadeiras e em situações nas quais as
crianças reconheçam sua necessidade:
contagem oral, pareamento, estimativa e
correspondência de agrupamentos.
T Números Naturais Utilizar em sala de aula diferentes
estratégias para quantificar e realizar
correspondências e pareamentos: contagem
de meninos e meninas presentes, contagem
de objetos.
Observações diárias.
Registro escrito no
caderno e folhas de
atividades avulsas.
Associar a denominação do número a sua
respectiva representação simbólica.
T Promover oportunidades de utilização de
diferentes estratégias de contagem e de
correspondência do numeral.
Observações diárias.
Registro escrito no
caderno e folhas de
atividades avulsas.
Identificar posição de um objeto ou número
numa série explicitando
a noção de sucessor e antecessor
T Promover oportunidades de utilização de
diferentes estratégias de contagem,
determinando o que vem antes e depois.
Observações diárias.
Registro escrito no
caderno e folhas de
atividades avulsas.
Comparar ou ordenar quantidades por
contagem; pela formulação de
hipóteses sobre a grandeza numérica, pela
identificação da quantidade de algarismos e
da posição ocupada por eles na escrita
numérica.
T Promover oportunidades de utilização de
diferentes estratégias de contagem e de
correspondência do numeral.
Observações diárias.
Registro escrito no
caderno e folhas de
atividades avulsas.
Resolver e elaborar problemas com os
significados de juntar, acrescentar
quantidades, separar e retirar quantidades,
utilizando estratégias próprias como
desenhos, decomposições numéricas e
palavras.
T Números e operações Promover situações diversas em que os
alunos tenham que buscar estratégias para
juntar(adicionar) ou retirar (subtrair)
elementos de uma coleção.
Observações diárias.
Registro escrito no
caderno e folhas de
atividades avulsas.
Geometria
Explicitar e/ou representar informalmente a
posição de pessoas e objetos, dimensionar
espaços, utilizando vocabulário pertinente
nos jogos, nas brincadeiras e nas diversas
situações nas quais as crianças
considerarem necessário essa ação, por
meio de desenhos,
croquis, plantas baixas, mapas e maquetes,
desenvolvendo noções de tamanho, de
lateralidade, de localização, de
direcionamento,
de sentido e de vistas.
T Localização no espaço Promover jogos e brincadeiras onde os
alunos precisam buscar pontos para se
locomoverem.
Observar e expor oralmente a posição de
um objeto em relação a um ponto de
referência.
Observações diárias.
Registro escrito no
caderno e folhas de
atividades avulsas.
Grandezas e medidas Identificar unidades de tempo — dia,
semana, mês, bimestre,
semestre, ano — e utilizar calendários.
I Medida de tempo Utilizar o calendário, observando os
conceitos de dia,semana, mês, bimestre,
semestre, ano.
Observações diárias.
Registro escrito no
caderno e folhas de
atividades avulsas.
Relação entre unidades de tempo — dia,
semana, mês, bimestre,
semestre, ano.
I Medida de tempo Comparar e relacionar as principais
medidas de tempo, tendo o calendário
como suporte.
Tratamento da
informação
Ler, interpretar e transpor informações em
diversas situações e diferentes
configurações (do tipo: anúncios, gráficos,
tabelas,
propagandas), utilizando-as na compreensão
de fenômenos
sociais e na comunicação, agindo de forma
efetiva na realidade
em que vive.
I Gráficos e tabelas Observar e promover oportunidades de
construção de estratégias para leitura e
interpretação oral de gráficos e tabelas.
Observações diárias.
Registro escrito no
caderno e folhas de
atividades avulsas.
Coletar, organizar, classificar, ordenar e
construir representações próprias para a
comunicação de dados coletados.
I Promover oportunidades para que os
alunos tenham condições de propor
estratégias para coletar dados de situações
diárias em sala de aula e construir gráficos
e tabelas.
Prefeitura de Belo Horizonte
Secretaria Municipal de Educação
PLANEJAMENTO DOCENTE TRIMESTRAL
Escola Municipal Pérsio Pereira Pinto – Regional Nordeste – Trimestre: 1° - 2015
Disciplina: Arte Ciclo:1° Ano: 2° Professor Responsável:
Capacidade
/Habilidade
Descrição da Capacidade/ Habilidade Abordagem Conteúdo Trabalhado
Metodologia utilizada para o
Desenvolvimento da Capacidade
Avaliação
Compreender a arte como um conhecimento
produzido socialmente, em diferentes
contextos históricos e culturais da
humanidade.
T História da arte Apresentar aos alunos através da literatura
o conceito de arte e as diferentes formas
de arte.
Observações.
Vivenciar experiências educativas nas
linguagens da dança, teatro,
artes visuais e música.T
T Representações artísticas Promover com os alunos diferentes
oportunidades de vivenciar as diferentes
linguagens artísticas.
Apresentar diferentes gêneros de músicas
e ritmos.
Desenvolver com os alunos atividades em
que seja trabalhado o corpo e suas formas
de expressão.
Observar e conhecer algumas obras de
arte.
Observação.
Conhecer a vida e obra de diferentes artistas
das linguagens
da dança, teatro, artes visuais e música, da
comunidade local e
da região, como, também, com artistas de
expressão nacional e
internacional, das mais diferentes partes do
mundo, de diferentes
épocas, estilos, gêneros, e etnias.
T Grandes artistas Apresentar aos alunos biografia e obras de
grandes artistas das diferentes linguagens
artísticas, através de obras digitais,
reproduções, entre outros.
Observação.
Registro de releituras.
Conhecer, vivenciar e interagir com
materiais, tecnologias, técnicas,
instrumentos e procedimentos variados em
artes, experimentando- os de modo a
utilizá-lo nos trabalhos pessoais e coletivos
de criação artística.
T Recursos e instrumentos de arte Apresentar aos alunos diferentes materiais,
instrumentos e recursos utilizados nas
produções artísticas, principalmente os
relacionados às artes visuais, como tintas,
giz, lápis de cor, papéis, entre outros.
Observação.
Registros pictóricos.
Respeitar, conviver, valorizar e dialogar
com as diferentes produções artísticas de
circulação social.
T Arte no dia-a-dia Promover junto aos alunos o aprendizado
da apreciação e leitura critica de suas
produções e dos outros, convivendo
harmoniosamente com o diferente.
Observação.
Prefeitura de Belo Horizonte
Secretaria Municipal de Educação
PLANEJAMENTO DOCENTE TRIMESTRAL
Escola Municipal Pérsio Pereira Pinto – Regional Nordeste – Trimestre: 1° - 2015
Disciplina: Educação física Ciclo:1° Ano: 2° Professor Responsável:
Capacidade
/Habilidade
Descrição da Capacidade/ Habilidade Abordagem Conteúdo Trabalhado
Metodologia utilizada para o
Desenvolvimento da Capacidade
Avaliação
Conhecer e desenvolver
diferentes movimentos de
diversas atividades
físicas.
Vivenciar as práticas corporais,
referentes aos conteúdos
culturais da Educação Física (jogos,
brincadeiras, esportes,
danças, ginásticas e lutas), valorizando a
ludicidade, a inclusão (respeitando as
diferenças) e a socialização.
T Jogos e brincadeiras
Esportes
Danças
Ginásticas e lutas
Propor conversas na rodinha sobre a
prática física desenvolvida;
Propor o desenvolvimento de movimentos
físicos por etapas.
Observação do
envolvimento e das
possibilidades físicas
desempenhadas pelo
aluno.
Conhecer o próprio corpo,
suas possibilidades,
limitações e necessidades
Conhecer e perceber, de forma
permanente e contínua, seu corpo, suas
possibilidades de movimento, buscando
superar os limites e ampliar as
potencialidades.
T Conhecendo o próprio corpo: suas
possibilidades e limites
Propor conversas na rodinha
Propor a observação das potencialidades e
limites de cada um.
Observação do
envolvimento e das
possibilidades físicas
desempenhadas pelo
aluno.
Conhecer os efeitos da hidratação no
organismo durante a
realização de atividades físicas, inclusive
durante as aulas de
Educação Física.
T Atividade física e saúde Propor conversas na rodinha
Observação Reflexão após a atividade
física de seus resultados e
desdobramentos.
Observação do
envolvimento e das
possibilidades físicas
desempenhadas pelo
aluno.
Reconhecer as alterações provocadas
pelo esforço físico
(cansaço, elevação dos batimentos
cardíacos) e saber por que
elas ocorrem.
T Atividade física e saúde Propor observação dos efeitos da atividade
desenvolvida.
Observação do
envolvimento e das
possibilidades físicas
desempenhadas pelo
aluno.
Construir e respeitar regras. Escutar, discutir e respeitar as regras
referentes ao tema da
aula, construindo e (re)construindo
coletivamente “os combinados”.
T Regras e combinados Propor conversas na rodinha Observação do
envolvimento e das
possibilidades físicas
desempenhadas pelo
aluno.
Prefeitura de Belo Horizonte
Secretaria Municipal de Educação
PLANEJAMENTO DOCENTE TRIMESTRAL
Escola Municipal Pérsio Pereira Pinto – Regional Nordeste – Trimestre: 1° - 2015
Disciplina: Meio Ambiente Ciclo:1° Ano: 2° Professor Responsável:
Capacidade
/Habilidade
Descrição da Capacidade/ Habilidade Abordagem Conteúdo Trabalhado
Metodologia utilizada para o
Desenvolvimento da Capacidade
Avaliação
Compreensão
das relações
entre ciência,
sociedade, tecnologia
e meio
ambiente.
- Conhecer a natureza da
ciência entendendo como
os conhecimentos são
produzidos e suas implicações
para a humanidade e
o meio ambiente.
T Natureza e Meio Ambiente Ler livros de literatura que tenham o meio
ambiente como temática.
Observação e registro.
Reconto de obras
literárias relacionadas à
temática.
- Considerar como a ciência
e a tecnologia afetam o
bem estar, o desenvolvimento
econômico e o progresso das sociedades.
T Desenvolvimento e impacto
ambiental
Propor a observação de gravuras com
paisagens naturais e paisagens
modificadas pelo homem, observando os
impactos sobre o meio ambiente.
Observação e registro de
desenhos e atividades
diversas escritas.
Prefeitura de Belo Horizonte
Secretaria Municipal de Educação
PLANEJAMENTO DOCENTE TRIMESTRAL
Escola Municipal Pérsio Pereira Pinto – Regional Nordeste – Trimestre: 1° - 2015
Disciplina: Literatura Ciclo:1° Ano: 2° Professor Responsável:
Capacidade
/Habilidade
Descrição da Capacidade/ Habilidade Abordagem Conteúdo Trabalhado
Metodologia utilizada para o
Desenvolvimento da Capacidade
Avaliação
Apreciar e compreender textos do
universo literário (contos, fábulas,
crônicas,
poemas, dentre outros), levando-se em
conta os fenômenos de fruição estética,
de imaginação
e de lirismo, assim como os múltiplos
sentidos que o leitor pode produzir
durante a leitura.
T Literatura Infantil Contar histórias para as crianças, buscando
incentivar o gosto pela leitura.
Visitar a biblioteca semanalmente.
Realizar empréstimo semanais de livros
literários.
Utilizar os livros da Caixa de Obras
complementares do PNLD.
Observação.
Registro oral e com
desenhos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sequencia didatica _fabulas
Sequencia didatica _fabulasSequencia didatica _fabulas
Sequencia didatica _fabulas
Professora Cida
 
Joaninhas finalização.
Joaninhas finalização.Joaninhas finalização.
Joaninhas finalização.
Rosane Zanella
 
Livro aprender mais_portugues_anos_finais
Livro aprender mais_portugues_anos_finaisLivro aprender mais_portugues_anos_finais
Livro aprender mais_portugues_anos_finais
elannialins
 
Sequência didática a bruxa
Sequência didática a bruxaSequência didática a bruxa
Sequência didática a bruxa
Professora Cida
 
Fasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixos
Fasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixosFasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixos
Fasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixos
Celismara Seleguin
 
Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola Estad...
Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da  Escola Estad...Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da  Escola Estad...
Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola Estad...
Aleinat
 
Planejamento do pnaic março a julho
Planejamento do pnaic março a julhoPlanejamento do pnaic março a julho
Planejamento do pnaic março a julho
silvanapinto2013
 
Sequência gabriela 1
 Sequência gabriela 1 Sequência gabriela 1
Sequência gabriela 1
Marisa Seara
 
Situações que a rotina necessita contemplar
Situações que a rotina necessita contemplarSituações que a rotina necessita contemplar
Situações que a rotina necessita contemplar
orientacoesdidaticas
 
Capacidades linguísticas
Capacidades linguísticasCapacidades linguísticas
Capacidades linguísticas
keilasimone34
 
Eixos, capacidades e atividades
Eixos, capacidades e atividadesEixos, capacidades e atividades
Eixos, capacidades e atividades
escolamuller
 

Mais procurados (20)

Sequencia didatica _fabulas
Sequencia didatica _fabulasSequencia didatica _fabulas
Sequencia didatica _fabulas
 
Trabalhar a palavra visando à produção de Textos
Trabalhar a palavra visando à produção de TextosTrabalhar a palavra visando à produção de Textos
Trabalhar a palavra visando à produção de Textos
 
Sequencia mentira da_barata
Sequencia mentira da_barataSequencia mentira da_barata
Sequencia mentira da_barata
 
Joaninhas finalização.
Joaninhas finalização.Joaninhas finalização.
Joaninhas finalização.
 
Livro aprender mais_portugues_anos_finais
Livro aprender mais_portugues_anos_finaisLivro aprender mais_portugues_anos_finais
Livro aprender mais_portugues_anos_finais
 
2 eixos com atividades 2º
2 eixos com atividades 2º2 eixos com atividades 2º
2 eixos com atividades 2º
 
Sequência didática a bruxa
Sequência didática a bruxaSequência didática a bruxa
Sequência didática a bruxa
 
Fasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixos
Fasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixosFasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixos
Fasc. 1 sugestões de atividades dos 5 eixos
 
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE GUAMARÉ
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE GUAMARÉRELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE GUAMARÉ
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE GUAMARÉ
 
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emíliaHipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
 
Da letra de imprensa à letra cursiva
Da letra de imprensa à letra cursivaDa letra de imprensa à letra cursiva
Da letra de imprensa à letra cursiva
 
Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola Estad...
Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da  Escola Estad...Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da  Escola Estad...
Projeto dona baratinha das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola Estad...
 
Planejamento do pnaic março a julho
Planejamento do pnaic março a julhoPlanejamento do pnaic março a julho
Planejamento do pnaic março a julho
 
Sequência gabriela 1
 Sequência gabriela 1 Sequência gabriela 1
Sequência gabriela 1
 
Situações que a rotina necessita contemplar
Situações que a rotina necessita contemplarSituações que a rotina necessita contemplar
Situações que a rotina necessita contemplar
 
Alfabetização com letramento
Alfabetização com letramentoAlfabetização com letramento
Alfabetização com letramento
 
Capacidades linguísticas
Capacidades linguísticasCapacidades linguísticas
Capacidades linguísticas
 
Eixos, capacidades e atividades
Eixos, capacidades e atividadesEixos, capacidades e atividades
Eixos, capacidades e atividades
 
Expectativas de aprendizagem 2013
Expectativas de aprendizagem 2013Expectativas de aprendizagem 2013
Expectativas de aprendizagem 2013
 
Sequencia didatica poesia
Sequencia didatica poesiaSequencia didatica poesia
Sequencia didatica poesia
 

Destaque

Slides pacto atribuições
Slides pacto atribuiçõesSlides pacto atribuições
Slides pacto atribuições
Caroline Marino
 
Quadro de rotina do 1º ano PNAIC Professora Orientadora Solange Goulart de Souza
Quadro de rotina do 1º ano PNAIC Professora Orientadora Solange Goulart de SouzaQuadro de rotina do 1º ano PNAIC Professora Orientadora Solange Goulart de Souza
Quadro de rotina do 1º ano PNAIC Professora Orientadora Solange Goulart de Souza
Solange Goulart
 
PNAIC - Conceitos importantes UNIDADE 7
PNAIC - Conceitos importantes UNIDADE 7PNAIC - Conceitos importantes UNIDADE 7
PNAIC - Conceitos importantes UNIDADE 7
ElieneDias
 
Apresentação pnaic
Apresentação   pnaicApresentação   pnaic
Apresentação pnaic
Aline Caixeta
 

Destaque (6)

Slides pacto atribuições
Slides pacto atribuiçõesSlides pacto atribuições
Slides pacto atribuições
 
Quadro de rotina do 1º ano PNAIC Professora Orientadora Solange Goulart de Souza
Quadro de rotina do 1º ano PNAIC Professora Orientadora Solange Goulart de SouzaQuadro de rotina do 1º ano PNAIC Professora Orientadora Solange Goulart de Souza
Quadro de rotina do 1º ano PNAIC Professora Orientadora Solange Goulart de Souza
 
PNAIC - Conceitos importantes UNIDADE 7
PNAIC - Conceitos importantes UNIDADE 7PNAIC - Conceitos importantes UNIDADE 7
PNAIC - Conceitos importantes UNIDADE 7
 
Apresentação pnaic
Apresentação   pnaicApresentação   pnaic
Apresentação pnaic
 
Estudo dirigido
Estudo dirigidoEstudo dirigido
Estudo dirigido
 
Contrato didático professor
Contrato didático professorContrato didático professor
Contrato didático professor
 

Semelhante a Planej 2 ano

1º encontro quadro de acompanhamento
1º encontro     quadro  de acompanhamento1º encontro     quadro  de acompanhamento
1º encontro quadro de acompanhamento
Bete Feliciano
 
Linguagens anos iniciais
Linguagens   anos iniciaisLinguagens   anos iniciais
Linguagens anos iniciais
Damisa
 
Linguagens anos iniciais
Linguagens   anos iniciaisLinguagens   anos iniciais
Linguagens anos iniciais
Damisa
 
Eixos Língua Portuguesa
Eixos Língua PortuguesaEixos Língua Portuguesa
Eixos Língua Portuguesa
Shirley Lauria
 
Generostextuais3 130820223103-phpapp01
Generostextuais3 130820223103-phpapp01Generostextuais3 130820223103-phpapp01
Generostextuais3 130820223103-phpapp01
Jhosyrene Oliveira
 
ROL DE CONTEÚDOS 2º ANO -2022 -BURITI MAIS EM pdf_110831.pdf
ROL DE CONTEÚDOS 2º ANO -2022  -BURITI MAIS EM pdf_110831.pdfROL DE CONTEÚDOS 2º ANO -2022  -BURITI MAIS EM pdf_110831.pdf
ROL DE CONTEÚDOS 2º ANO -2022 -BURITI MAIS EM pdf_110831.pdf
JheneSales
 

Semelhante a Planej 2 ano (20)

Plano anual grupo 6- 2013
Plano anual   grupo 6- 2013Plano anual   grupo 6- 2013
Plano anual grupo 6- 2013
 
3º planejamento 3º ano
3º planejamento 3º ano3º planejamento 3º ano
3º planejamento 3º ano
 
Conteudos de lingua portuguesa
Conteudos de lingua portuguesaConteudos de lingua portuguesa
Conteudos de lingua portuguesa
 
Atividades Alfabeto Pré 2
Atividades Alfabeto Pré 2Atividades Alfabeto Pré 2
Atividades Alfabeto Pré 2
 
Planejamento anual Fabiana 2017
Planejamento anual Fabiana 2017Planejamento anual Fabiana 2017
Planejamento anual Fabiana 2017
 
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aulaOralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
 
Pauta
PautaPauta
Pauta
 
Planejamento anual 1
Planejamento anual 1Planejamento anual 1
Planejamento anual 1
 
1º encontro quadro de acompanhamento
1º encontro     quadro  de acompanhamento1º encontro     quadro  de acompanhamento
1º encontro quadro de acompanhamento
 
Linguagens anos iniciais
Linguagens   anos iniciaisLinguagens   anos iniciais
Linguagens anos iniciais
 
Linguagens anos iniciais
Linguagens   anos iniciaisLinguagens   anos iniciais
Linguagens anos iniciais
 
Meu livro de Lingua Portuguesa - 1 ano.pdf
Meu livro de Lingua Portuguesa - 1 ano.pdfMeu livro de Lingua Portuguesa - 1 ano.pdf
Meu livro de Lingua Portuguesa - 1 ano.pdf
 
Eixos Língua Portuguesa
Eixos Língua PortuguesaEixos Língua Portuguesa
Eixos Língua Portuguesa
 
Brochura
BrochuraBrochura
Brochura
 
Generostextuais3 130820223103-phpapp01
Generostextuais3 130820223103-phpapp01Generostextuais3 130820223103-phpapp01
Generostextuais3 130820223103-phpapp01
 
ROL DE CONTEÚDOS 2º ANO -2022 -BURITI MAIS EM pdf_110831.pdf
ROL DE CONTEÚDOS 2º ANO -2022  -BURITI MAIS EM pdf_110831.pdfROL DE CONTEÚDOS 2º ANO -2022  -BURITI MAIS EM pdf_110831.pdf
ROL DE CONTEÚDOS 2º ANO -2022 -BURITI MAIS EM pdf_110831.pdf
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Quadro de acompanhamento
Quadro de acompanhamentoQuadro de acompanhamento
Quadro de acompanhamento
 
Quadro bimestral 2.docx
Quadro bimestral 2.docxQuadro bimestral 2.docx
Quadro bimestral 2.docx
 
Agrupamento de gênero textual
Agrupamento de gênero textual Agrupamento de gênero textual
Agrupamento de gênero textual
 

Mais de a1980 (11)

ensinar-multiplicacao-e-divisao
 ensinar-multiplicacao-e-divisao ensinar-multiplicacao-e-divisao
ensinar-multiplicacao-e-divisao
 
Atividades ortográficas
Atividades ortográficasAtividades ortográficas
Atividades ortográficas
 
Atividades ana julia 2
Atividades ana julia 2Atividades ana julia 2
Atividades ana julia 2
 
Ava mat 1 tri 2 ano
Ava mat 1 tri 2 anoAva mat 1 tri 2 ano
Ava mat 1 tri 2 ano
 
Textos caixa alta (1)
Textos caixa alta (1)Textos caixa alta (1)
Textos caixa alta (1)
 
1 a 4 serie sugestoes de atividades
1 a 4 serie sugestoes de atividades 1 a 4 serie sugestoes de atividades
1 a 4 serie sugestoes de atividades
 
1 a gab
1 a gab1 a gab
1 a gab
 
Pontos para contar um conto
Pontos para contar um contoPontos para contar um conto
Pontos para contar um conto
 
Encontro de formação mais educação
Encontro de formação mais educaçãoEncontro de formação mais educação
Encontro de formação mais educação
 
Pensando em uma proposta pedagógica para a informática educativa
Pensando em uma proposta pedagógica para a informática educativaPensando em uma proposta pedagógica para a informática educativa
Pensando em uma proposta pedagógica para a informática educativa
 
Manual operacional de Educacao Integral 2012
Manual operacional de Educacao Integral 2012Manual operacional de Educacao Integral 2012
Manual operacional de Educacao Integral 2012
 

Planej 2 ano

  • 1. Prefeitura de Belo Horizonte Secretaria Municipal de Educação PLANEJAMENTO DOCENTE TRIMESTRAL Escola Municipal Pérsio Pereira Pinto – Regional Nordeste – Trimestre: 1° - 2015 Disciplina: Língua Portuguesa Ciclo: 1° Ano: 2° Professor Responsável: Capacidade /Habilidade Descrição da Capacidade/ Habilidade Abordagem Conteúdo Trabalhado Metodologia utilizada para o Desenvolvimento da Capacidade Avaliação Oralidade Participar de interações orais em sala de aula, questionando, sugerindo, argumentando e respeitando os turnos de fala. T Oralidade Promover rodas de conversas. Promover debates de assuntos diversos. Observação diária. Registro no caderno de observações. Preenchimento da Ficha de Acompanhamento do PNAIC. Escutar com atenção textos de diferentes gêneros, sobretudo os mais formais, comuns em situações públicas analisando-os criticamente. T Oralidade Textos orais. Ler para os alunos textos de revistas, jornais, informativos. Produzir textos orais de diferentes gêneros, com diferentes propósitos, sobretudo os mais formais comuns em instâncias públicas (debate, entrevista, exposição, notícia, propaganda, relato de experiências orais, dentre outros). T Oralidade Textos orais. Solicitar aos alunos que recontem oralmente os textos que ouviram. Valorizar os textos de tradição oral, reconhecendo-os como manifestações culturais. T Textos da tradição oral Propiciar aos alunos a escuta de textos como parlendas, cantigas, quadrinhas, adivinhas, entre outros da tradição oral das diferentes manifestações culturais.
  • 2. Leitura Compreender textos lidos por outras pessoas, de diferentes gêneros e com diferentes propósitos. T Textos orais Ler para os alunos textos de diferentes gêneros e promover a Interpretação oral. Observação diária. Registro no caderno de observações. Preenchimento da Ficha de Acompanhamento do PNAIC. Ler textos não-verbais em diferentes suportes T Textos não- verbais: imagens, obras artísticas, placas. Apresentar para os alunos diferentes textos não- verbais: imagens, obras artísticas, placas. Identificar as características de cada gênero e/ou portador apresentado. Ler em voz alta, com fluência, em diferentes situações T Leitura Propiciar aos alunos momentos de leitura de textos de diferentes gêneros. Reconhecer finalidades de textos lidos pelo professor ou pelas crianças. T Textos orais Ler para os alunos textos de diferentes gêneros e promover a Interpretação oral. Antecipar sentidos e ativar conhecimentos prévios relativos aos textos a serem lidos pelo professor ou pelas crianças. T Leitura e interpretação de textos Ler para os alunos textos de diferentes gêneros e promover a Interpretação oral. Localizar informações explícitas em textos de diferentes gêneros, temáticas, lidos pelo professor ou outro leitor experiente. T Realizar inferências em textos de diferentes gêneros e temáticas lidos pelo professor ou outro leitor experiente. T
  • 3. Apreender assuntos/temas tratados em textos de diferentes gêneros, lidos pelo professor ou outro leitor experiente. Interpretar frases e expressões em textos e temáticas, lidos pelo professor ou outro leitor experiente. T Análise linguística: discursividade, textualidade e normatividade Conhecer e usar diferentes suportes textuais, tendo em vista suas características: finalidades, esfera de circulação, tema, forma de composição, estilo, etc. T Textos escritos Utilizar a caixa de textos de diferentes gêneros. Utilizar a caixa de livros de obras complementares do PNLD. Afixar cartazes com textos de diferentes gêneros. Observação e registro escrito. Atividades em folhas xerocadas. Ditados de letras e palavras. Observação diária. Registros escritos nos cadernos. Preenchimento da Ficha de Acompanhamento do PNAIC. Reconhecer gêneros textuais e seus contextos de produção. (poemas, parlendas, quadrinhas e cantigas, fábulas, contos africanos e indígenas). T Gêneros textuais (ênfase inicial aos gêneros: poesias, parlendas, quadrinhas e cantigas. Desenvolver atividades de leitura e interpretação oral de textos. Utilizar a caixa de textos de diferentes gêneros. Utilizar a caixa de livros de obras complementares do PNLD. Afixar cartazes com textos de diferentes gêneros. Conhecer e fazer uso das grafias de palavras com correspondências regulares diretas entre letras e fonemas (P, B, T, D, F, V). T Escrita de palavras Desenvolver o Jogo linguístico Desenvolver jogo do caldeirão Promover a escrita e comparação de palavras. Escrever o próprio nome. C Nome próprio Utilizar crachás. Utilizar fichas com o nome completo.
  • 4. Conhecer a ordem alfabética e seu uso em diferentes gêneros. T Alfabeto Afixar alfabeto. Utilizar o alfabeto móvel. Promover atividades com músicas com as letras. Utilizar a ficha do alfabeto. Compreender que palavras diferentes compartilham certas letras. T Escrita de palavras Promover atividades de escrita de palavras, com trocas de letras. Desenvolver atividades de formação de palavras com o alfabeto móvel. Promover atividades com os jogos da Caixa do CEEL. Perceber que palavras diferentes variam quanto ao número, repertório e ordem de letras. T Escrita de palavras Promover atividades de escrita de palavras, com trocas de letras, contagem do número de letras. Desenvolver atividades de formação de palavras com o alfabeto móvel. Promover atividades com os jogos da Caixa do CEEL. Segmentar oralmente as sílabas de palavras e comparar as palavras quanto ao tamanho. T Promover atividades de escrita de palavras, com contagem do número de letras e segmentação oral. Identificar semelhanças sonoras em sílabas e em rimas. T Desenvolver atividades de escrita de palavras e de trabalho oral, identificando semelhanças de sons e rimas. Promover atividades com os jogos da Caixa do CEEL.
  • 5. Reconhecer que as sílabas variam quanto às suas composições. T Desenvolver atividades de escrita de palavras e de trabalho oral. Promover atividades com os jogos da Caixa do CEEL. Perceber que as vogais estão presentes em todas as sílabas. T Diferenciação das letras do alfabeto: vogais e consoantes. Formar palavras no alfabeto móvel segmentá-las, observando a presença de vogais em todas as sílabas. Promover atividades com os jogos da Caixa do CEEL. Dominar as correspondências entre letras ou grupos de letras e seu valor sonoro, de modo a ler palavras e textos T Escrita de palavras Consciência fonológica Consciência fonêmica Utilizar poesias e outros textos com as letras do alfabeto. Promover atividades com os jogos da Caixa do CEEL e outros jogos de consciência fonológica. Dominar as correspondências entre letras ou grupos de letras e seu . valor sonoro, de modo a escrever palavras e textos. T Promover atividades diárias de escrita e oralidade. Utilizar poesias e outros textos com as letras do alfabeto. Promover atividades com os jogos da Caixa do CEEL e outros jogos de consciência fonológica. Produção de textos escritos Produzir textos de diferentes gêneros, atendendo a diferentes finalidades, por meio da atividade de um escriba.(poemas, parlendas, quadrinhas e cantigas). T Produção de texto Promover junto aos alunos atividades de reconto, sendo que a professora seja escriba para registro do texto. Registros diários em cadernos e folhas avulsas.
  • 6. Prefeitura de Belo Horizonte Secretaria Municipal de Educação PLANEJAMENTO DOCENTE TRIMESTRAL Escola Municipal Pérsio Pereira Pinto – Regional Nordeste – Trimestre: 1° - 2015 Disciplina: Matemática Ciclo: 1° Ano: 2° Professor Responsável: Capacidade /Habilidade Descrição da Capacidade/ Habilidade Abordagem Conteúdo Trabalhado Metodologia utilizada para o Desenvolvimento da Capacidade Avaliação Números e operações Identificar números nos diferentes contextos em que se encontram, em suas diferentes funções: indicador da quantidade de elementos de uma coleção discreta (cardinalidade); medida de grandezas (2 quilos, 3 dias etc.); indicador de posição (número ordinal); e código (número de telefone, placa de carro etc.). T Números Promover a observação dos espaços para perceber a matemática em todos os locais. Promover em sala oportunidades de contagem, ordenação, entre outros. Observação diária. Utilizar diferentes estratégias para quantificar e comunicar quantidades de elementos de uma coleção, utilizando a linguagem oral, a notação numérica e/ou registros não convencionais, nas brincadeiras e em situações nas quais as crianças reconheçam sua necessidade: contagem oral, pareamento, estimativa e correspondência de agrupamentos. T Números Naturais Utilizar em sala de aula diferentes estratégias para quantificar e realizar correspondências e pareamentos: contagem de meninos e meninas presentes, contagem de objetos. Observações diárias. Registro escrito no caderno e folhas de atividades avulsas. Associar a denominação do número a sua respectiva representação simbólica. T Promover oportunidades de utilização de diferentes estratégias de contagem e de correspondência do numeral. Observações diárias. Registro escrito no caderno e folhas de atividades avulsas.
  • 7. Identificar posição de um objeto ou número numa série explicitando a noção de sucessor e antecessor T Promover oportunidades de utilização de diferentes estratégias de contagem, determinando o que vem antes e depois. Observações diárias. Registro escrito no caderno e folhas de atividades avulsas. Comparar ou ordenar quantidades por contagem; pela formulação de hipóteses sobre a grandeza numérica, pela identificação da quantidade de algarismos e da posição ocupada por eles na escrita numérica. T Promover oportunidades de utilização de diferentes estratégias de contagem e de correspondência do numeral. Observações diárias. Registro escrito no caderno e folhas de atividades avulsas. Resolver e elaborar problemas com os significados de juntar, acrescentar quantidades, separar e retirar quantidades, utilizando estratégias próprias como desenhos, decomposições numéricas e palavras. T Números e operações Promover situações diversas em que os alunos tenham que buscar estratégias para juntar(adicionar) ou retirar (subtrair) elementos de uma coleção. Observações diárias. Registro escrito no caderno e folhas de atividades avulsas. Geometria Explicitar e/ou representar informalmente a posição de pessoas e objetos, dimensionar espaços, utilizando vocabulário pertinente nos jogos, nas brincadeiras e nas diversas situações nas quais as crianças considerarem necessário essa ação, por meio de desenhos, croquis, plantas baixas, mapas e maquetes, desenvolvendo noções de tamanho, de lateralidade, de localização, de direcionamento, de sentido e de vistas. T Localização no espaço Promover jogos e brincadeiras onde os alunos precisam buscar pontos para se locomoverem. Observar e expor oralmente a posição de um objeto em relação a um ponto de referência. Observações diárias. Registro escrito no caderno e folhas de atividades avulsas. Grandezas e medidas Identificar unidades de tempo — dia, semana, mês, bimestre, semestre, ano — e utilizar calendários. I Medida de tempo Utilizar o calendário, observando os conceitos de dia,semana, mês, bimestre, semestre, ano. Observações diárias. Registro escrito no caderno e folhas de atividades avulsas.
  • 8. Relação entre unidades de tempo — dia, semana, mês, bimestre, semestre, ano. I Medida de tempo Comparar e relacionar as principais medidas de tempo, tendo o calendário como suporte. Tratamento da informação Ler, interpretar e transpor informações em diversas situações e diferentes configurações (do tipo: anúncios, gráficos, tabelas, propagandas), utilizando-as na compreensão de fenômenos sociais e na comunicação, agindo de forma efetiva na realidade em que vive. I Gráficos e tabelas Observar e promover oportunidades de construção de estratégias para leitura e interpretação oral de gráficos e tabelas. Observações diárias. Registro escrito no caderno e folhas de atividades avulsas. Coletar, organizar, classificar, ordenar e construir representações próprias para a comunicação de dados coletados. I Promover oportunidades para que os alunos tenham condições de propor estratégias para coletar dados de situações diárias em sala de aula e construir gráficos e tabelas.
  • 9. Prefeitura de Belo Horizonte Secretaria Municipal de Educação PLANEJAMENTO DOCENTE TRIMESTRAL Escola Municipal Pérsio Pereira Pinto – Regional Nordeste – Trimestre: 1° - 2015 Disciplina: Arte Ciclo:1° Ano: 2° Professor Responsável: Capacidade /Habilidade Descrição da Capacidade/ Habilidade Abordagem Conteúdo Trabalhado Metodologia utilizada para o Desenvolvimento da Capacidade Avaliação Compreender a arte como um conhecimento produzido socialmente, em diferentes contextos históricos e culturais da humanidade. T História da arte Apresentar aos alunos através da literatura o conceito de arte e as diferentes formas de arte. Observações. Vivenciar experiências educativas nas linguagens da dança, teatro, artes visuais e música.T T Representações artísticas Promover com os alunos diferentes oportunidades de vivenciar as diferentes linguagens artísticas. Apresentar diferentes gêneros de músicas e ritmos. Desenvolver com os alunos atividades em que seja trabalhado o corpo e suas formas de expressão. Observar e conhecer algumas obras de arte. Observação. Conhecer a vida e obra de diferentes artistas das linguagens da dança, teatro, artes visuais e música, da comunidade local e da região, como, também, com artistas de expressão nacional e internacional, das mais diferentes partes do mundo, de diferentes épocas, estilos, gêneros, e etnias. T Grandes artistas Apresentar aos alunos biografia e obras de grandes artistas das diferentes linguagens artísticas, através de obras digitais, reproduções, entre outros. Observação. Registro de releituras.
  • 10. Conhecer, vivenciar e interagir com materiais, tecnologias, técnicas, instrumentos e procedimentos variados em artes, experimentando- os de modo a utilizá-lo nos trabalhos pessoais e coletivos de criação artística. T Recursos e instrumentos de arte Apresentar aos alunos diferentes materiais, instrumentos e recursos utilizados nas produções artísticas, principalmente os relacionados às artes visuais, como tintas, giz, lápis de cor, papéis, entre outros. Observação. Registros pictóricos. Respeitar, conviver, valorizar e dialogar com as diferentes produções artísticas de circulação social. T Arte no dia-a-dia Promover junto aos alunos o aprendizado da apreciação e leitura critica de suas produções e dos outros, convivendo harmoniosamente com o diferente. Observação.
  • 11. Prefeitura de Belo Horizonte Secretaria Municipal de Educação PLANEJAMENTO DOCENTE TRIMESTRAL Escola Municipal Pérsio Pereira Pinto – Regional Nordeste – Trimestre: 1° - 2015 Disciplina: Educação física Ciclo:1° Ano: 2° Professor Responsável: Capacidade /Habilidade Descrição da Capacidade/ Habilidade Abordagem Conteúdo Trabalhado Metodologia utilizada para o Desenvolvimento da Capacidade Avaliação Conhecer e desenvolver diferentes movimentos de diversas atividades físicas. Vivenciar as práticas corporais, referentes aos conteúdos culturais da Educação Física (jogos, brincadeiras, esportes, danças, ginásticas e lutas), valorizando a ludicidade, a inclusão (respeitando as diferenças) e a socialização. T Jogos e brincadeiras Esportes Danças Ginásticas e lutas Propor conversas na rodinha sobre a prática física desenvolvida; Propor o desenvolvimento de movimentos físicos por etapas. Observação do envolvimento e das possibilidades físicas desempenhadas pelo aluno. Conhecer o próprio corpo, suas possibilidades, limitações e necessidades Conhecer e perceber, de forma permanente e contínua, seu corpo, suas possibilidades de movimento, buscando superar os limites e ampliar as potencialidades. T Conhecendo o próprio corpo: suas possibilidades e limites Propor conversas na rodinha Propor a observação das potencialidades e limites de cada um. Observação do envolvimento e das possibilidades físicas desempenhadas pelo aluno. Conhecer os efeitos da hidratação no organismo durante a realização de atividades físicas, inclusive durante as aulas de Educação Física. T Atividade física e saúde Propor conversas na rodinha Observação Reflexão após a atividade física de seus resultados e desdobramentos. Observação do envolvimento e das possibilidades físicas desempenhadas pelo aluno. Reconhecer as alterações provocadas pelo esforço físico (cansaço, elevação dos batimentos cardíacos) e saber por que elas ocorrem. T Atividade física e saúde Propor observação dos efeitos da atividade desenvolvida. Observação do envolvimento e das possibilidades físicas desempenhadas pelo aluno.
  • 12. Construir e respeitar regras. Escutar, discutir e respeitar as regras referentes ao tema da aula, construindo e (re)construindo coletivamente “os combinados”. T Regras e combinados Propor conversas na rodinha Observação do envolvimento e das possibilidades físicas desempenhadas pelo aluno.
  • 13. Prefeitura de Belo Horizonte Secretaria Municipal de Educação PLANEJAMENTO DOCENTE TRIMESTRAL Escola Municipal Pérsio Pereira Pinto – Regional Nordeste – Trimestre: 1° - 2015 Disciplina: Meio Ambiente Ciclo:1° Ano: 2° Professor Responsável: Capacidade /Habilidade Descrição da Capacidade/ Habilidade Abordagem Conteúdo Trabalhado Metodologia utilizada para o Desenvolvimento da Capacidade Avaliação Compreensão das relações entre ciência, sociedade, tecnologia e meio ambiente. - Conhecer a natureza da ciência entendendo como os conhecimentos são produzidos e suas implicações para a humanidade e o meio ambiente. T Natureza e Meio Ambiente Ler livros de literatura que tenham o meio ambiente como temática. Observação e registro. Reconto de obras literárias relacionadas à temática. - Considerar como a ciência e a tecnologia afetam o bem estar, o desenvolvimento econômico e o progresso das sociedades. T Desenvolvimento e impacto ambiental Propor a observação de gravuras com paisagens naturais e paisagens modificadas pelo homem, observando os impactos sobre o meio ambiente. Observação e registro de desenhos e atividades diversas escritas.
  • 14. Prefeitura de Belo Horizonte Secretaria Municipal de Educação PLANEJAMENTO DOCENTE TRIMESTRAL Escola Municipal Pérsio Pereira Pinto – Regional Nordeste – Trimestre: 1° - 2015 Disciplina: Literatura Ciclo:1° Ano: 2° Professor Responsável: Capacidade /Habilidade Descrição da Capacidade/ Habilidade Abordagem Conteúdo Trabalhado Metodologia utilizada para o Desenvolvimento da Capacidade Avaliação Apreciar e compreender textos do universo literário (contos, fábulas, crônicas, poemas, dentre outros), levando-se em conta os fenômenos de fruição estética, de imaginação e de lirismo, assim como os múltiplos sentidos que o leitor pode produzir durante a leitura. T Literatura Infantil Contar histórias para as crianças, buscando incentivar o gosto pela leitura. Visitar a biblioteca semanalmente. Realizar empréstimo semanais de livros literários. Utilizar os livros da Caixa de Obras complementares do PNLD. Observação. Registro oral e com desenhos.