Avaliação - FAFE's II: Jogo

165 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
165
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação - FAFE's II: Jogo

  1. 1. Análise da Avaliação Somativa 1 Nomes: Andréa Rodrigues Zajac Gabriel Tenan Garcia Roberto Oliveira Junior
  2. 2. Análise Quantitativa da Avaliação
  3. 3. Resultado Geral: Média da Turma: 5,25
  4. 4. Perguntas e Respostas
  5. 5. Item A) Esse evento é considerado um jogo Item B) É um jogo porque de acordo com Huzinga possui um caráter divertido, livre, improdutivo (em termo de matéria) e tempo e espaço delimitados, fictício, imprevisível e é mantido de acordo com uma tradição. Item C) De acordo com Guttman, o evento não pode ser considerado um esporte moderno, pois não é universal, ou seja, é praticado apenas em determinado povo ou cultura; não é mercantilizado, pois não há dinheiro envolvido; é secularizado, pois a religião está envolvida; não há especialização de funções em meio aos jogos; não possui burocracia; não há recordes ; e não possui igualdade entre sexo, tamanho e peso entre os participantes.
  6. 6. Item A) O brinquedo é objeto e ação. Nesse caso o brinquedo é mais individual, pois limita de alguma forma o numero de participantes. Já o jogo permite que se crie e imagine mais, pois além de possuir mais participantes traz mais integração entre os participantes. Item B) Produção artesanal e industrial. A produção artesenal é uma forma de produção de brinquedo sem uso da tecnologia. É tudo feito a mão, tendo ou não o proposito de gerar lucro, e suas fabricações são únicas. Já a produção industrial é em massa, tem objetivo de gerar lucro, é mecanizada e rápida. Item C) O soldadinho de chumbo, por ser menor e mais duradouro, era utilizado para brincar e para levar a criança a uma realidade externa, como por ser exemplo se imaginar um soldado, alcançando o desejo por uma herói; por outro lado, a boneca era utilizada como adorno domestico, e foi desenvolvida no contexto histórico-social em que as crianças obtiveram seus quartos separados do de seus pais, ficando assim “protegida” do mundo externo.
  7. 7. Item D) O brinquedo e a brincadeira contem uma relação meio proxima, a brincadeira para a criança deve conter um brinquedo que gera prazer, satisfação e felicidade. Para a criança o bom do brinquedo e da brincadeira é que ele pode ser jogado de outra forma, porém totalmente diferente, o brinquedo pode ser usado com um objetivo diferente, pode se transformar em algo diferente. O soldadinho no início estava servindo como enfeite, em seguida como boneco para comandar o barquinho, depois engolido como comida do peixe, pois para a criança o soldadinho já não tem mais uso pois deveria estar danificado e é descartado, pois a brincadeira acabou a partir do momento que não se pode usar o brinquedo de formas diferentes.
  8. 8.  Item A) Item B) Com o avanço da urbanização e da tecnologia, a sociedade contemporânea foi deixando de lado os jogos de Ágon, os quais geralmente eram realizados nas ruas e agora prevalecem em locais específicos, como ginásios poliesportivos. Alguns jogos de Alea, como roleta e outros encontrados em cassinos são proibidos no Brasil, porém junto com o Mimicry, como mágicas e ilusionismos são admirados de maneira geral. O jogo de Ilinx como montanhas-russas ou uso de substancias entorpecentes é o grupo que mais se desenvolveu ao passar dos anos.
  9. 9. Item C) Classificação: 1-Pega-pega; 2- Pega-corrente, 3- Mãe da Rua, 4- Cada macaco no teu galho, 5- Cabra Cega, 6- Batatinha frita 1,2,3, 7- Viúvo. Variações: 1- Agarrar o alvo; 2- Somente as pontas podem pegar o alvo, 3- Formação de grupos com duas ou mais pessoas, 4- reduzir o numero de galhos, ou de apoios ao solo, 5- girar a “cabra”, desnorteando-a, 6- reduzir o espaço físico, 7- levar a quantia de viúvos ou o números de parceiros por pessoa. Item D)
  10. 10. Item E) Potencializar: não estipular muitas regras, aumentar as dificuldades, mudar de alguma forma a estrutura do jogo, ensinar o jogo através de etapas, propor novas ideias aos jogos. Desvirtuar: estipular muitas regras, mecanizar o jogo, dizer o objetivo do jogo, não deixar os participantes livres para a criação de novos métodos estratégicos e interferir no andamento do jogo.
  11. 11. 4- A linguagem corporal é importante para que se possa expressar, falar sobre aquilo que esta sendo ensinado, aprendendo, sentido. O jogo por se tratar de algo que muitas vezes mexe com o corpo todo da pessoa vai sendo ensinado uma nova linguagem , aquela que somente os corpos entendem. O ser humano precisa comunicar-se e entender os outros , a educação física tem o papel de ensinar o corpo a ler os movimentos, a situação a que esta se passando. Cada jogo tem sua escrita, a linguagem corporal é diferente a partir dessa leitura que pode se entender mais sobre o jogo em si e como ele deve ser jogado e ensinado. 5- Com o objetivo de lembrar os adultos sobre a necessidade de preservação e o respeito do tempo das crianças brincarem a proposta de intervenção na Seman Mundial do Brincar deve conter jogos e brincadeiras que são praticadas atualmente e que já foram por geração anteriores, como peão, taco, pega-pega, pula corda, futebol de botão, boneca, entre outros, incentivar a participação dos pais, avós e familiares mais antigos, com o objetivo de recordarem suas infâncias e querer transmitir alguns de suas hábitos, costumes e valores aos mais novos.

×