Dificuldades de Aprendizagem

628 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
628
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dificuldades de Aprendizagem

  1. 1. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NALEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA Dificuldades de aprendizagem em Matemática Elvira Ferreira
  2. 2. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA Objectivos Gerais  Analisar processos de planeamento e sua relação com processos de avaliação e vice- versa;  Reflectir sobre as implicações que o planeamento, a avaliação, o discurso do professor e do aluno e o ambiente de sala de aula têm no desenvolvimento da capacidade Matemática dos alunos;
  3. 3. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA Discutir as vantagens e desvantagens dosdiferentes modos de trabalho dos alunos emfunção dos diversos objectivos curriculares; Equacionar a problemática dosucesso/insucesso em Matemática;  Contribuir para o desenvolvimento de atitudes positivas e concepções favoráveis à Matemática e à sua aprendizagem.
  4. 4. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA Objectivos específicos  Identificar causas das dificuldades de aprendizagem em Matemática;  Avaliar dificuldades de aprendizagem em Matemática;  Ser capaz de conceber e seleccionar tarefas para uma aprendizagem significativa do número, adaptadas a alunos com características diversas;
  5. 5. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA Objectivos específicos . Conhecer as principais estratégias de cálculomental e sua importância na aprendizagem daMatemática; . Identificar objectivos curriculares no domíniodos números e das operações a desenvolver;
  6. 6. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA Objectivos específicos  Reconhecer a importância da resolução de problemas de contexto, bem como o modo de os inserir no ensino-aprendizagem da matemática dos alunos com características diversas;  Discutir práticas pedagógicas que ajudem os alunos a superar as suas dificuldades em Matemática.
  7. 7. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA Conteúdos  Conceito de número e sua evolução;  Etapas do estudo de cada operação aritmética;  Estratégias de estimação e cálculo mental;  Abordagem para a resolução de problemas,  Tipos de problemas;  Características de um bom problema;  Estratégias de resolução de problemas.
  8. 8. Onde está a matemática A FOME NO MUNDO Da África Austral ao Corno de África Mais de 30 milhões (30000000) de pessoas correm o risco de morrerem de fome em 2003. Zimbabwe – 6,7 milhões ameaçados de morrer de fome, num total de 12,6 milhões – mais de metade da população Etiópia – salário médio é de 30 cêntimos por dia Zâmbia – Malawi – salário médio – 1€ por dia
  9. 9. Onde está a matemática A SIDA África - Esperança de vida não ultrapassa os 37 anos As mulheres constituem 50% da população infectada de sida em todo o mundo.  Em África a percentagem é de 58% Em 2002 – A sida matou 2,5 milhões de africanos - deixou órfãos 11 milhões (11000000) de crianças Público, 2 de Janeiro de 2003
  10. 10. Onde está a matemática PORTUGUESES ESPALHADOS PELO MUNDO Europa Superficie: 10.967.000 km2 População: 410.000.000
  11. 11. Onde está a matemática ÁfricaSuperficie: 30 000000 km2População: 800 000000 de habitantes
  12. 12. Onde está a matemática Problema A Feira de Santa IriaNovamente, a feira dos frutos secos voltou à Rua dos Arcos. 1. Indica uma rua paralela à rua dos Arcos. 2. Indica uma rua perpendicular à rua dos Arcos 3. O que podes dizer da rua Pedro Dias em relação à Av. Cândido Madureira?
  13. 13. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICAFalar de alunos bons e fracos demite o professorda responsabilidade do sucesso e do fracasso,visto que estas denominações colocam o mérito oua falha nas crianças.
  14. 14. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICAArte de ensinar Não é instruir nem mostrar como se faz,mas sim tornar acessível o que ainda não é.
  15. 15. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA  O que constitui as dificuldades de aprendizagem em Matemática? São muito variadas e complexas Dificuldade individual de processamento de linguagem Confusão relacionada com a visualização espacial Dificuldade de reter factos matemáticos e conservarprocedimentos numa ordem correcta Dificuldade em comparar comprimentos e em estimar
  16. 16. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA O que constitui as dificuldades de aprendizagem em Matemática? Dificuldade para reter uma imagem na mente(representação) e para a manipular Dificuldade no raciocínio dedutivo (do geral para o particular) Dificuldade no raciocínio indutivo – permite perceberpadrões, bem como a inter-relação entre procedimentos econceitos
  17. 17. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA O que constitui as dificuldades de aprendizagem em Matemática?  Dificuldades em reconhecer padrões  Dificuldades em memorizar e sequenciar  Elevada frequência de erros processuais  Ansiedade atipicamente elevada em relação à tarefa
  18. 18. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA  Factores de processamento de informação Défices de atenção (etapas da resolução de problemas e dosalgoritmos) Défices viso-espaciais (o aluno perde-se na folha de trabalho;dificuldades em diferenciar o 6 e o 9, 17 e 71; aspectosdireccionais Dificuldades de processamento auditivo ( dificuldade em realizarexercícios orais; em contar de acordo com uma sequência)
  19. 19. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA  Factores de processamento de informação Problemas de memória (o aluno é incapaz de reter factosmatemáticos ou informação nova; esquece-se de passos doalgoritmo; dificuldade em resolver problemas de vários passos; emdizer as horas Dificuldades motoras (o aluno escreve os números de modo lentoe em espaços pequenos Dificuldades ao nível dos processos cognitivos e metacognitivos
  20. 20. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA Dificuldades cognitivas e metacognitivas  Aceder às suas capacidades para resolver problemas  Identificar e seleccionar as estratégias adequadas  Organizar informação  Avaliar os problemas com exactidão  Fazer generalizações
  21. 21. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA Como identificar causas de dificuldades de aprendizagem  O facto dos alunos caracterizarem a Matemática como um conjunto de factos desligados que devem ser memorizados  Dificuldade em identificar padrões  O papel dos adultos – ensinam-lhes procedimentos que eles podem imitar, mas não os compreendem
  22. 22. AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO NA LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA  Como identificar causas de dificuldades de aprendizagem Dificuldades de linguagem. Não compreendem as palavrase frases que ouvem. Dificuldades em compreender as relações e organizarhierarquias Dificuldades de percepção visual/espacial

×