Agropecuária

2.341 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Agropecuária

  1. 1. AGROPECUÁRIA (O ESPAÇO DA GEOGRAFIA) http://profalexandregangorra.blogspot.com.br/ 01 - (PUC RJ/Janeiro/2006) A biotecnologia compreende o desenvolvimento de técnicas voltadas para a adaptação ou o aprimoramento de características dos organismos animais e vegetais, visando ao aumento da produção. Há várias décadas, seu desenvolvimento vem proporcionando benefícios socioeconômicos e ambientais nas regiões agrícolas. Entre esses benefícios temos, EXCETO: a) cultivar plantas de clima temperado, como a soja, o trigo e a uva, em regiões de clima tropical; b) acelerar o ritmo de crescimento das plantas e a engorda dos animais; c) aumentar o teor de proteínas, vitaminas e sais minerais em algumas frutas, verduras e cereais; d) aumentar o intervalo de tempo entre o amadurecimento e a deterioração das frutas; e) transferir cultivos de cereais para ambientes criados artificialmente em estufas. 02 - (UEM PR/Janeiro/2006) Considerando as afirmações a seguir, assinale o que for correto sobre as atividades econômicas no espaço rural e as técnicas a elas relacionadas. I. A agricultura de plantation, típica dos países desenvolvidos, está voltada, basicamente, para o abastecimento interno dos países onde se localiza. II. A biotecnologia compreende o desenvolvimento de técnicas voltadas à adaptação ou ao aprimoramento de características dos organismos animais e vegetais, visando ao aumento da produção. III. A agricultura de subsistência, que atende às necessidades básicas de consumo alimentar dos agricultores e de suas famílias, ainda é praticada, por exemplo, em regiões pouco desenvolvidas da África e da América Latina. Está(ão) correta(s) a) apenas I e II. b) apenas II e III. c) apenas I e III. d) todas as afirmações. e) nenhuma das afirmações. 03 - (UFRN RN/2006) Considerando-se que, no comércio mundial, o crescimento do setor de alimentos está articulado ao desenvolvimento técnico-científico- informacional, é correto afirmar que as pesquisas biotecnológicas: a) resolveram os problemas de produtividade do trabalho agrícola nas diversas escalas espaciais, a partir da produção de alimentos geneticamente modificados. b) promoveram o aumento de cultivo e produtividade do trabalho na agricultura, uma vez que passou a ser superior à produtividade do trabalho na indústria. c) garantiram um enorme salto de eficiência e produtividade do trabalho na agricultura, sem, contudo, eliminar os condicionantes naturais. d) reduziram as diferenças socioeconômicas entre os países, em virtude do aumento da produtividade do trabalho na agricultura. 04 - (Unifor CE/Janeiro/2006) Atualmente, está em curso uma nova “revolução agrícola” em conseqüência do desenvolvimento de novas tecnologias aplicadas à agricultura. Dentre essas tecnologias destaca-se o cultivo de transgênicos. Sobre esses novos produtos é correto afirmar que: a) as transnacionais, que controlam as pesquisas na área de biotecnologia, detêm o monopólio dessas tecnologias através de patentes. b) as sementes dos produtos são mais baratas que as comuns, o que encoraja os agricultores ao cultivo. c) as lavouras de transgênicos dificultam a proliferação de pragas, o que as tornam mais seguras e rentáveis. d) as sementes produzidas em laboratórios são estéreis, o que representa uma permanente renovação das lavouras. e) a incorporação das técnicas de produção de transgênicos representa um aumento substancial da mão-de-obra empregada no campo. 05 - (UFRJ RJ/2006) Os esquemas representam dois sistemas agrícolas.
  2. 2. Apresente duas características, uma quanto ao uso da terra, outra quanto ao objetivo da produção, para: a) a agricultura itinerante. b) a agricultura empresarial. 06 - (UEPB PB/2005) “Na crescente dominação indireta do grande Capital no campo, a jusante e a montante do produtor rural, podemos dizer que a renda do produtor rural, especialmente do pequeno, se encontra duplamente prensada.” José Graziliano – Para onde vai a agricultura? O texto adverte para o fato de que: I. Com a modernização do campo, a produção agrícola passa a ser dependente da indústria que vende para o campo insumos e máquinas. II. A compra dos produtos agrícolas é controlado por poucas e grandes empresas que oligopolizam este mercado definindo os preços. III. A produção agrícola voltada para o mercado urbano, exige do campo uma padronização dependente de tecnologia e onerosa para o produtor. IV. A absorção de tecnologia pelo campo se reflete diretamente na redução dos custos e conseqüente lucratividade do produtor. Estão corretas: a) I, II e IV. b) I, II, III e IV. c) II e IV. d) I, II e III. e) I e IV. 07 - (Unifor CE/Janeiro/2005) O sudeste asiático é uma das áreas mais populosas e povoadas do Globo. Nessa região aparece um tipo especial de sistema agrícola denominado agricultura de jardinagem. Sobre esse sistema afirma-se: I. É uma atividade que utiliza trabalho intensivo em todas as fases da produção. II. Constitui uma exploração extensiva que ocupa grandes áreas. III. Embora o arroz seja a cultura mais destacada não há monoculturas, pois outros vegetais são também cultivados. IV. Esse sistema foi introduzido por colonizadores europeus no século XIX e persiste até hoje com pequenas alterações. V. Os cultivos são praticados com o uso de irrigação e emprego de adubos orgânicos. Está correto SOMENTE o que se afirma em a) I, II e III b) I, III e V c) I, IV e V d) II, III e IV e) II, IV e V 08 - (UFMS MS/2005) O Governo Brasileiro, através de representações nas organizações mundiais, tenta melhorar a participação do país no comércio exterior de produtos agrícolas controlado pelos países ricos. Entre as tentativas do Governo Brasileiro está a proposta de derrubar o protecionismo agrícola praticado por países ricos. Assinale a alternativa que indica as formas mais comuns de protecionismo agrícola praticado pelos países ricos e a sua correta definição. a) Barreira social – cobrança de sobretaxa dos produtos de países com alta concentração fundiária. Cláusula social – proibição de importação de produtos agrícolas de paises que se utilizam de trabalhadores não- assalariados. b) Cláusula ambiental – proibição de importação de produtos de países que não assinaram o Protocolo de Kioto. Cotas de superação – limitação de importação de países que superam a cota estabelecida para a produção mundial de determinados produtos. c) Aumento de impostos – aumento de impostos sobre produtos produzidos internamente visando à diminuição de seu consumo. Embargo – proibição de importação de produtos agrícolas de países não aliados militarmente. d) Barreira tarifária – cobrança de elevadas tarifas de impostos sobre produtos agrícolas importados. Cotas de importação – limitação da quantidade de produtos de determinado país que pode ingressar no mercado interno. e) Barreira sanitária – proibição de importação de produtos de países que utilizam matéria- prima industrializada. Cotas financeiras – restrições de compra de produtos agrícolas de países que têm débitos externos não pagos. 09 - (UFLA MG/2005) Na geopolítica mundial atual, a discussão sobre o “protecionismo agrícola” se tornou mais intensa e acirrada entre o bloco dos países ricos e o bloco dos países emergentes. Tal discussão trata em sua essência a) do estabelecimento dos preços dos produtos agrícolas no mercado mundial. b) do avanço da tecnologia no espaço rural. c) de disputas políticas no interior de determinadas regiões, em especial a União Européia.
  3. 3. d) da ajuda financeira dada pelos governos dos países ricos aos seus agricultores. e) da busca de melhorias na produção agrícola nos países emergentes. 10 - (UFLA MG/2005) Observe as proposições abaixo e responda de acordo com o que se pede. I. Investimento em tecnologias que envolvem o uso de satélites para efeito de dimensionamento e monitoramento de áreas plantadas; II. Utilização de sementes desenvolvidas em laboratórios de melhoramento genético, com maior resistência a pragas e para plantio em tipos específicos de solo e clima; III. Uso na pecuária da "rastreabilidade" (implantação de "chips" nos rebanhos que passam a ser monitorados por satélites, tanto para evitar roubos e perdas de animais, quanto para dar ao consumidor final informações sobre origem, peso, vacinação e níveis de gordura dos animais). IV. Desenvolvimento de políticas públicas que defendam os interesses dos grupos empresariais envolvidos na atividade agropecuária; V. Exportadores de produtos agrícolas que negociam suas safras na bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) onde conseguem melhores preços e se protegem de possíveis perdas decorrentes de intempéries. As proposições acima constituem aspectos do envolvimento da iniciativa privada em relação ao "agronegócio", EXCETO: a) A proposição II. b) As proposições I e III. c) A proposição IV. d) As proposições II e V. e) As proposições II e III. 11 - (UFJF MG/2005) Leia, com atenção, o texto abaixo. “Seja no mundo industrializado, onde as comunidades agrícolas estão envelhecendo e se esvaziando, ou nos países em desenvolvimento, onde o crescimento populacional está elevando cada vez mais o número de lavradores e cada geração herdando lotes menores, é cada vez mais difícil tirar o sustento da agricultura. Uma combinação de declínio de renda, elevação de dívida e agravamento da pobreza rural, está forçando mais pessoas a abandonarem a lavoura como atividade principal, ou o próprio campo – uma encruzilhada desnorteante, considerando que os fazendeiros produzem o único bem do qual a raça humana não pode se privar.” Fonte: www.wwiuma.org.br Com base nas informações do texto e em relação à questão agrária mundial, pode-se AFIRMAR que: a) após 1945, o esvaziamento do campo tornou-se um fenômeno exclusivo dos países em desenvolvimento. b) a adoção de uma política malthusiana solucionaria os problemas do empobrecimento da população rural. c) os números declinantes da população rural significam uma redução da importância da agricultura em todo o mundo. d) o processo de concentração de terras ocorre tanto em países industrializados como em países em desenvolvimento. e) a parcela de maior lucro do produto agrícola está no trabalho do fazendeiro, prejudicando as indústrias de processamento.

×