Transformações socioculturais dos inícios do século XX

1.864 visualizações

Publicada em

9ºano

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.864
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
612
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Transformações socioculturais dos inícios do século XX

  1. 1. 4. Conhecer e compreender as transformações socioculturais das primeiras décadas do século XX 1. Caracterizar a sociedade europeia nas duas primeiras décadas do século XX, salientando o peso crescente das classes médias e a melhoria das condições de vida do operariado, apesar da manutenção de grandes desequilíbrios sociais. 2. Relacionar os efeitos da guerra com a alteração de mentalidades e costumes nos “loucos anos 20”. 3. Avaliar os efeitos da guerra ao nível da emancipação feminina, problematizando temáticas atuais relativas à igualdade de género. 4. Caracterizar sucintamente a cultura de massas, salientando a sua relação com a melhoria das condições de vida nas décadas de 20 e 30 do século XX. 5. Distinguir as principais correntes estéticas que marcaram a evolução nas artes. 6. Indicar alguns dos principais vultos e obras de referência do modernismo português.
  2. 2. Transformações sociais nas duas primeiras décadas do século XX ► O peso das classes médias O desenvolvimento do setor terciário e o alargamento da escolaridade provocaram o crescimento das classes médias. As classes médias eram constituídas pelos pequenos e médios empresários comerciais e industriais (pequena e média burguesia), pelos membros das profissões liberais (médicos, juristas, arquitetos, etc.) e pelos “colarinhos brancos” (funcionalismo público, empregados de escritório, etc.). As classes médias criaram um novo código social e moral, novos modelos e novas modas que marcaram o século XX, constituíram a base de apoio dos novos partidos políticos. A burguesia passeando no jardim público em Viana do Castelo Fonte: http://c2.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/N0c01a120/15530787_dkdhI.jpeg
  3. 3.  Os contrastes sociais Nos centros urbanos existiam grandes desequilíbrios sociais. Ao lado dos bairros ricos, nas periferias das cidades, encontravam-se os bairros de lata, habitados pelos operários. Através de greves e manifestações os operários lutaram para melhorarem as suas condições de vida e de trabalho. Transformações sociais nas duas primeiras décadas do século XX Greve das varinas, início do século XX Fonte: http://fotos.sapo.pt/jJVRV1QVNZafosnNGbs4/s320x240 Palácio Foz, início do século XX Fonte: http://revelarlx.cm- lisboa.pt/fotos/gca/1134647250foza14444.jpg
  4. 4. Transformações sociais nas duas primeiras décadas do século XX Fonte: http://barreiroweb.com/images/resistencia/IMG_44902p.jpg ►O movimento sindical O movimento sindical foi-se desenvolvendo, conseguindo a publicação de legislação protetora dos operários: •melhoria nos seu salário real; •consagração em muitos países do direito de greve; •estabelecimento de um horário de trabalho semanal; • leis de proteção no trabalho; •direitos sociais de reforma, pensão de invalidez; No início do século XX, surgiram as grandes organizações sindicais.
  5. 5. ►A emancipação feminina Gravura de uma revista americana dos anos 20 Fonte: http://www.ricsartshop.com/mm5/graphics/00000001/jud ge062.jpg A luta das sufragistas Fonte: http://www.glossariofashion.com.br/site/wp- content/uploads/2014/01/glossario-fashion-sufragistas4.jpg Nos anos 20 as mulheres conservaram muitos dos postos de trabalho que tinham assegurado durante a 1ª Guerra Mundial, começando a libertar-se da sua situação de dependência em relação ao homem, quer na família quer na sociedade. As mulheres apoiadas pelos movimentos feministas: • lutaram pela igualdade de direitos, conseguindo em alguns países o direito ao voto (movimento das sufragistas); • adotaram novos hábitos de vida (mudaram o seu vestuário e começaram a usar os cabelos curtos, passaram a trabalhar fora de casa em maior número, a frequentar os cafés e outros locais públicos, começam a fumar e a praticar desporto); • começaram a frequentar o ensino universitário e a terem profissões até agora apenas exercidas por homens. (ver pp.48 e 49 do manual “A condição das mulheres”) Transformações sociais nas duas primeiras décadas do século XX
  6. 6. A emancipação feminina Muitas mulheres começam a destacar-se nos domínios da cultura, da arte, da ciência, da moda e do desporto. Ana de Castro Osório (1872-1935) •Foi a pioneira na luta pela igualdade de direitos entre homem e mulher. Escreveu Mulheres Portuguesas, o primeiro manifesto feminista português. •Colaborou com o ministro da Justiça, Afonso Costa, na elaboração da Lei do Divórcio. •Fundou a Liga Republicana das Mulheres Portuguesas e o Grupo de Estudos Feministas. •É considerada a criadora da literatura infantil em Portugal. Aviadora norte-americana Amelia Mary Earhart (1897- 1937) Fonte: https://s-media-cache- ak0.pinimg.com/236x/e6/76/1c/e6761cf0b2431 e8cc29455d498d080f4.jpg Coco Chanel – estilista francesa (1883-1971) Fonte: http://www.polyvore.com/cgi/img- thing?.out=jpg&size=l&tid=71798 416 Florbela Espanca poetisa Portuguesa 1894 – 1930 Fonte: http://www.escritas.org/autores/m ultimedia/florbela-espanca6.jpg
  7. 7. A revolução nos costumes e nos valores morais ► Os “loucos anos 20” Painel do tríptico Metrópole pintado por Otto Dix, (1927-28) Fonte: https://d32dm0rphc51dk.cloudfront.net/hz4MPAFjkunSXcpb39fgVQ/large.jpg No após-guerra os costumes e a mentalidade da sociedade sofrem uma grande mudança: procura-se desesperadamente gozar a vida, esquecer o pesadelo da guerra e as contrariedades do dia-a-dia. Sobretudo, nas cidades, existia uma busca desenfreada de prazeres e divertimentos – são os “Loucos Anos 20” ou Roaring Twenties. O entusiasmo pela vida noturna aumenta: os cabarés animam-se com novos ritmos como o jazz e danças animadas como o foxtrot, o charleston e o tango.
  8. 8. O desenvolvimento dos transportes e comunicações, o crescimento das classes médias e a maior participação dos cidadãos na sociedade, fizeram surgir um novo tipo de cultura virada para a satisfação dos gostos do grande público, das grandes massas de população - a cultura de massas. A cultura de massas tinha as seguintes características: • variedade; • facilidade de assimilação e compreensão; • mais do que reflexão, ou pensamento, procurava o divertimento, o sonho , a evasão; • era transmitida através dos meios de comunicação. Cultura de massas Fonte: https://russiaxxcentury.files.wordpress.com/2013/03/sb.jpg
  9. 9.  Cultura de massas A cultura de massas era difundida através dos meios de comunicação de massas (os mass media): imprensa, rádio e cinema. Os livros tornaram-se cada vez mais populares, com destaque para os romances cor-de-rosa, de aventuras ou policiais. A publicidade em cartazes nas ruas ou nos meios de comunicação de grande divulgação, estimulou o consumo. Fonte:http://www65.statcan.gc.ca/acyb05/acyb05- 06/img/acyb05-06_0001.jpg Fonte:http://erslibrary.tcoe.org/images/default- source/TeenPortal/socstudies/charlie_chaplin.jpg?sfvrsn= 0 Fonte: http://heritage20s.weebly.com/uploads/1/6/7/8/1678203/6241 483.gif?308 Fonte: http://hemerotecadigital.cm- lisboa.pt/OBRAS/DOMINGOILUSTRA DO/miniaturas/N34.jpg Fonte: http://hemerotecadigital.cm- lisboa.pt/OBRAS/IlustracaoPort/1922 /Miniaturas/N866.jpg
  10. 10. Cinema O cinema era a grande atração da época. Os filmes proporcionavam emoções, fantasias, notícias, reflexão, etc. Distinguiram-se atores como Charles Chaplin (Charlot), Rudolfo Valentino e Greta Garbo. Walt Disney através do cinema animado criou personagens que ainda hoje permanecem (ex: o rato Mickey). The Jazz Singer Fonte: http://heritage20s.weebly.com/uploads/1/6/7/8/1678203/4867024 09.jpg?319 Steamboat Willie Fonte:http://heritage20s.weebly.com/uploads/1/6/7/ 8/1678203/5881078.jpg?244 Greta Garbo Fonte: http://ia.media- imdb.com/images/M/M V5BMTk5MDc1NTkzMV5 BMl5BanBnXkFtZTYwMT A4MTI2._V1_UY98_CR5, 0,67,98_AL_.jpg Rudolph Valentino Fonte: http://roaring20scbohstedt.weebly.co m/uploads/1/0/8/9/10899280/971874 6.jpg
  11. 11. Música Surgem novos ritmos, novas harmonias, e a música clássica teve um impulso. No Jazz, com Louis Armstrong, na Clássica, com Stravinsky, Ravel, Schönberg e Bartok, ou na música mais ligeira de teatro (Music-Hall) com George Gershwin,ou Cole Porter, A música ganha uma nova vida. Os artistas tornam-se famosos, a indústria fonográfica floresce, divulga-se o gramofone. Fonte: http://www.d.umn.edu/cla/fac ulty/tbacig/studproj/is3099/jaz zcult/20sjazz/Armstrong_Poster .jpg Fonte: https://s-media-cache- ak0.pinimg.com/236x/f0/01/9 5/f00195e41d994407b3ce5dd 009d7bbca.jpg Fonte: http://images.delcampe.com/img_large/auction/000/157/81 5/700_001.jpg Fonte: http://www.larousse. fr/encyclopedie/data /images/1310333- B%C3%A9la_Bart%C3 %B3k.jpg Maurice Ravel Fonte: http://www.audiospar x.com/sa/tzamp/20090 509033152/zdbpath/c omposerpix/94.jpg Arnold Schönberg Fonte: http://www.gramopho ne.co.uk/sites/default/ files/styles/4_columns _wide/public/artist/Ar nold%20Schoenberg.jp g?itok=-JoZ3fof Fonte: http://4.bp.blogspot.com/- zn03NDY01wI/UE9Y3ahBSAI/AAAAAAAA BW4/yrBSL7GBkWc/s1600/george- gershwin.jpg Fonte: https://s-media-cache- ak0.pinimg.com/236x/bb/79/21/bb792134ad5d69 087df5cf56236c366f.jpg
  12. 12. Desporto Fonte: http://i.ebayimg.com/images/i/36044765308 1-0-1/s-l1000.jpg Fonte: http://cacellain.com.br/blog/wp- content/uploads/2012/08/Vanguarda-FC.png O Desporto, incentivado a partir do século XIX, tornou-se rapidamente um fenómeno de massas, com o renascimento dos Jogos Olímpicos em 1896 e a popularização de modalidades como o futebol, o ténis, o atletismo, o boxe, o râguebi, o basebol e o automobilismo. Johnny Weissmuller, nadador, mais conhecido como Tarzan Fonte: http://www.doctormacro.com/Images/ Weissmuller,%20Johnny/Annex/Annex% 20- %20Weissmuller,%20Johnny%20(Tarzan %20and%20the%20Amazons)_13.jpg Fonte: http://img01.ibnlive.in/ibnlive/uploads/610x407/jpg/2011/06/le nglennew1906_630.jpg
  13. 13. Progressos científicos Formulou em 1900, a Teoria quântica Fonte: http://micro.magnet.fsu.edu/optics/timeline/people/antiqueimages/planck.jpg O relativismo substituiu o positivismo, recusando a existência de verdades absolutas. Novas descobertas e teorias explicam esta mudança. (1879 – 1955) Fonte: http://clikaki.com.br/wp- content/uploads/2011/10/einstein.jpg Georges Lemaître (1894-1966) Formulou a teoria Big-bang Fonte: http://www.planetastronomy.com/special/2005-special/saf-BL-lemaitre- sept2005_fichiers/image007.jpg Sigmund Freud (1856-1939) Criou a Psicanálise Fonte: http://www.alternet.org/files/story_images/sigmund_freud.jpg
  14. 14. Revolução na arte e na literatura Expressionismo Noite Estrelada – Van Gogh Fonte: http://t2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTRE4CSS3GUOzgQo6TfnMOeXCSTr- UQilJwuw6tiPKDMetQZqTieQ Grito – Edvard Munch Fonte: http://www.edvardmunch.org/images/paintings/the-scream.jpg Pretendia-se revelar sentimentos íntimos através da violência das cores, das pinceladas largas e dramáticas e das imagens deformadas.
  15. 15. RUPTURA E INOVAÇÃO CULTURAL Expressionismo O Paraíso, Emil Nolde Fonte: http://www.artnet.fr/Images/magazine/expositions/NOLDE/nolde16-10-08-3.jpg Faz, por norma, uma crítica social.
  16. 16. Revolução na arte e na literatura Fauvismo Srª Matisse com Linha Verde – Henri Matisse Fonte: http://uploads1.wikiart.org/images/henri-matisse/portrait-of- madame-matisse-green-stripe-1905.jpg Mª Matisse com Chapéu - Henri Matisse Fonte: http://livialima.com.br/wp- content/uploads/2015/08/Mulher-.jpg
  17. 17. Fauvismo Retrato de Matisse – Andre Derain Fonte: http://www.fineart-china.com/upload1/file- admin/images/new4/Andre%20Derain%20Prints-653937.jpg Mulher em Vestido – Andre Derain Fonte: http://36.media.tumblr.com/tumblr_lbbfrdAqqA1qep93so1_500.jpg
  18. 18. Fauvismo Estrada Amarela - Maurice de Vlaminck Fonte: https://analogvelo.files.wordpress.com/2014/06/the-road1.jpg Caracteriza-se pela utilização de cores vivas e contrastantes, independentemente da cor natural do objeto retratado. As cores passam a corresponder às necessidades emotivas do pintor. A cor prevalece sobre a definição das formas, que se tornam sumárias (essenciais) e quase grosseiras. As formas passam a ser apenas a base de um esquema cromático.
  19. 19. Cubismo As Meninas de Avignon – Picasso Fonte: http://pt.wahooart.com/Art.nsf/O/8XYNQ2/$File/Pablo- Picasso-The-girls-of-Avignon.JPG
  20. 20. Cubismo Guernica – Picasso Fonte: http://www.seuhistory.com/files/10-09-guernica-de-picasso- volta-espanha-hoje-na-historia-history-channel.jpg
  21. 21. Cubismo É uma corrente em que as figuras são decompostas em planos geométricos que representam vários campos de visão que se sobrepõem e confundem na superfície do quadro, valoriza o volume dos objetos, dispensando os elementos acessórios. O cubismo leva a novas técnicas de leitura e compreensão das obras. Mulher com uma guitarra – Georges Braque Fonte: http://www.meloteca.com/imagens/paintaings/braque_wmn-guitar.jpg
  22. 22. RUPTURA E INOVAÇÃO CULTURAL Abstracionismo Composição VII – Kandinsky Fonte: http://virusdaarte.net/wp-content/uploads/2014/08/Kan12.png
  23. 23. Abstracionismo Composição com vermelho, azul e amarelo – Piet Mondrian Fonte: http://www.theartstory.org/images20/works/mondrian_piet_4.jpg
  24. 24. Abstracionismo Lonely Flower – Paul Klee Fonte: http://www.aworldtowin.net/msf/21stcenturyart/images/Klee%20Lonely%20Flower.jpg Corrente em que se deixam de representar figuras concretas (não-figurativa) passando a obra a ser uma combinação de linhas, de formas, de cores, abstraídas da realidade. As formas geométricas, as linhas e as cores adquirem um valor independente da realidade. As pinturas limitam-se a sugerir, quando muito, emoções ou estados de espírito..
  25. 25. Futurismo Brut 300 TSF – Amadeo de Sousa Cardoso Fonte: http://www.jokerartgallery.com/fotos/pin/souza/Pintura_Brut%20300%20TSF_1 917.jpg Movimento artístico, influenciado pelo cubismo e pelo abstracionismo, que procura retratar a civilização industrial do futuro. O futurismo exalta como elementos fundamentais a velocidade, o movimento, as máquinas, em suma, pretende celebrar o dinamismo da vida moderna e do futuro..
  26. 26. Surrealismo Persistência da Memória – Dali Fonte: http://www.infopedia.pt/apoio/recursos/53e3015.jpg Corrente influenciada pela psicanálise de Freud. Os surrealistas procuraram representar o surreal, o que está para além da realidade e do racional, ou seja, o mundo do inconsciente, que se manifesta nos sonhos e delírios, o mundo da imaginação e da alucinação.
  27. 27. Surrealismo Falso espelho - René Magritte Fonte: http://pt.wahooart.com/Art.nsf/O/8XYU7V/$File/Rene-Magritte-The-false-mirror.JPG
  28. 28. Escultura Formas únicas de continuidade no espaço – Umberto Boccioni Fonte: http://www.mac.usp.br/mac/templates/projetos/seculoxx/modulo1/construti vismo/cubismo/futurismo/boccioni/images/boccioni2.jpg Mademoiselle Pogany – Constantino Brancusi Fonte: http://static01.nyt.com/images/2009/08/08/nyregion/08branc usi.large1.jpg
  29. 29. Escultura Torso – Alberto Giacometti Fonte: http://www.giacometti- stiftung.ch/images/Giacometti_To rse.jpg Muitas das correntes surgidas na pintura estendem-se a outras manifestações como a escultura e a arquitetura, como é o caso do expressionismo, do cubismo e do futurismo. Na escultura destacaram-se, nesta época, Brancusi, Umberto Boccioni e Alberto Giacometti.
  30. 30. Arquitetura Gaudí aliou o seu gosto pelo gótico com algumas sugestões da Arte Nova, sendo muito original. Casa Millá – Gaudí Fonte: https://www.lapedrera.com/sites/default/files/Pedrera_visor1_22.jpg
  31. 31. Arquitetura e Design Na arquitetura Gropius impôs o gosto pelas formas retilíneas e as superfícies planas, sem ornamentos e procurou tirar partido da luz e do jogo de diferentes materiais, como podemos observar no edifício da Bauhaus . A arquitetura da Bauhaus iniciou o funcionalismo. Edifício da Bauhaus – Walter Gropius Fonte: http://wikiarquitectura.com/es/images/thumb/8/8b/Bauhause_Dessau_9.jpg/ 420px-Bauhause_Dessau_9.jpg Cadeira Barcelona desenhada por Mies Van der Rohe Fonte: http://www.bestofbauhaus.com/Media/Shop/sessel_barcelona.jpg A “Escola de Chicago” nos EUA e a Bauhaus, na Europa impulsionaram o modernismo arquitetónico.
  32. 32. Arquitetura Vivenda Sabóia – Le Corbusier Fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/3/3c/VillaSavoye.jpg O funcionalismo defende que as formas arquitetónicas devem obedecer unicamente às exigências impostas pela função do edifício.
  33. 33. Arquitetura Casa da Cascata – Frank Lloyd Wright Fonte: http://44arquitetura.com.br/wp-content/uploads/fallingwater.jpg F. L. Wright procurava inserir os edifícios na paisagem natural com formas geométricas – a arquitetura funcional orgânica.
  34. 34. Novas correntes Literárias Fonte: https://upload.wikimedia.org/wiki pedia/commons/thumb/a/ab/Joy ceUlysses2.jpg/200px- JoyceUlysses2.jpg Fonte: http://lounge.obviousmag.org /o_arteiro/2013/07/03/jpg Fonte: http://mlb-s2- p.mlstatic.com/em-busca-do- tempo-perdido-7-o-tempo- redescoberto-proust-13826- MLB65421831_4463-O.jpg Fonte: http://images.portoeditora.pt/ge tresourcesservlet/image?EBbDj3 QnkSUjgBOkfaUbsI8xBp%2F033 q5Xpv56y8baM6t0EfuLmZk%2BJ jYSjKWsFRf&width=440 A literatura conheceu uma grande quantidade de movimentos inovadores, globalmente designados de modernismo. A criação literária caracteriza-se por uma procura interior do autor, por uma visão pessimista do mundo e por tentar intervir na sociedade, denunciando as injustiças. Fonte:https://clubedeleitura.files .wordpress.com/2012/04/as_vinh as_da_ira_1231102152p.jpg Fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipe dia/commons/thumb/1/13/Romancer o_gitano.djvu/page3-2741px- Romancero_gitano.djvu.jpg
  35. 35. O Modernismo Português Retrato de Fernando Pessoa – Almada Negreiros Fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/pt/d/d0/Almada_Negreiros,_Retrato_de_Fernando_P essoa,_1964.jpg Em Portugal, em 1915, um grupo de escritores e artistas veio revolucionar o meio cultural português com a publicação da revista Orpheu entre esses jovens destacam-se os poetas Fernando Pessoa e Mário de Sá-Carneiro, e o pintor, poeta e dramaturgo Almada Negreiros. Os escritores Raul Brandão (que dirigiu a revista Presença) e Aquilino Ribeiro destacam-se no romance. Fonte: https://upload.wikimedia.org /wikipedia/commons/thumb/ 0/05/Orpheu1915.jpg/300px -Orpheu1915.jpg Fonte: https://upload.wikimedia.org /wikipedia/commons/thumb/ 7/72/Presen%C3%A7a.jpg/2 20px-Presen%C3%A7a.jpg

×