SlideShare uma empresa Scribd logo
3. Conhecer e compreender a Revolução Soviética
1. Caracterizar sucintamente a Rússia czarista ao nível político, económico e social.
2. Relacionar a entrada da Rússia na 1.ª Grande Guerra com o agravar das tensões
sociais e políticas.
3. Caracterizar a “Revolução de Fevereiro”, salientando o caráter demoliberal das
medidas tomadas pelo governo provisório.
4. Relacionar a decisão de permanência da Rússia na 1.ª Grande Guerra com o eclodir
da “Revolução de Outubro”.
5. Caracterizar a “Revolução de Outubro”, as principais medidas tomadas (fim do
envolvimento na guerra, participação dos operários na gestão das fábricas e divisão das
grandes propriedades rurais pelas famílias camponesas).
6. Descrever as principais etapas de implantação do regime comunista entre 1917
e1924 (Guerra civil e Comunismo de Guerra, NEP, formação da URSS).
7. Avaliar o impacto da Revolução Bolchevique na Europa Ocidental e no Mundo em
geral.
A Revolução Soviética
Império Russo em 1914
Fonte: http://image.slidesharecdn.com/unit7ww1-110216134625-phpapp02/95/unit-7-ww1-10-
728.jpg?cb=1297864352
A Revolução Soviética
FATORES DA REVOLUCAO SOVIÉTICA
Económicos
 Agricultura ocupava 80% da população, mas era pobre e tradicional.
 Frágil industrialização, dependente de capitais estrangeiros.
 A atividade comercial limitava-se aos grandes centros urbanos.
 Fraco investimento nos sistemas produtivos.
 Vias e meios de comunicação deficientes.
Sociais
Sociedade hierarquizada, marcada por uma profunda desigualdade:
- Grupos sociais privilegiados: clero e nobreza;
- Os camponeses viviam miseravelmente, praticamente não tinham terra, pois esta encontrava-se na
mão dos nobres; (ler doc.5, p.34)
- O operariado era uma minoria, com baixos salários, horários pesados e más condições de habitação;
- A burguesia, composta essencialmente por funcionários públicos e profissionais liberais, vivia também
com grandes dificuldades e não tinha influência junto do governo.
Políticos
Regime autocrático, em que o czar, Nicolau II detinha o poder absoluto, apoiado pela Igreja Ortodoxa1 e
pela nobreza.
Ideológicos Influências das ideias socialistas
Fonte:
https://ecpsocialstudies6.files.wordpress.com/2013/11/russian_peasants.jpg
Fonte:
http://www.sistema.templodeapolo.net/imagens/textos/Nicolau%20II%20002%
20www.templodeapolo.net%20-%20painted_by_earnest_lipgart.jpg
1. Igreja Ortodoxa - conjunto de cristãos do Oriente que se desligou da obediência ao Papa em 1054
A Revolução Soviética
ANTECEDENTES DA REVOLUÇÃO
 Em 1898 surge na Rússia o Partido Operário Social-
Democrata.
 Derrota na guerra russo-japonesa (1904-05).
 1905 - "Domingo Sangrento" - operários pedem pão e
trabalho e são recebidos com violência.
 O czar é obrigado a empreender algumas reformas sociais e
políticas:
• Autorizou a existência de partidos políticos;
• Criou um parlamento, a Duma.
 Na prática, estas medidas surtiram poucos efeitos. Os
partidos eram constantemente vigiados, a Duma era
controlada pela aristocracia e por funcionários dependentes
do Estado czarista.
 Participação da Rússia na 1 a Guerra Mundial, que provocou
elevado número de mortos, falta de alimentos, preços altos,
fome e miséria.
 Surgem os Sovietes, que representavam operários,
soldados e camponeses e eram controlados pelos
bolcheviques.
Fonte:
http://images.slideplayer.com.br/1/294591/slides/slide_3.jpg
Fonte:
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/f/f6/Co
unt_Kokovtsov%27s_speech_in_Duma.jpeg/1024px-
Count_Kokovtsov%27s_speech_in_Duma.jpeg
A Revolução Soviética
DUAS REVOLUÇÕES
REVOLUÇÃO BURGUESA (FEVEREIRO DE 1917) (ler doc.2, p.36)
• Em Fevereiro de 1917, uma manifestação de operários, que as tropas do czar
se recusam a combater, marca o início da Revolução;
• O czar abdicou e formou-se um governo provisório apoiado na Duma por
liberais e socialistas moderados, tendo como 1º ministros Kerensky;
• Manutenção da Rússia na 1.ª Guerra Mundial;
• A Rússia passou a ter um regime liberal parlamentar burguês.
Oposição do Partido bolchevique, partido que defendia a tomada do poder
pelos operários (ditadura do proletariado), e que tinha como principais
dirigentes Lenine e Trotsky.
REVOLUÇÃO BOLCHEVIQUE (OUTUBRO DE 1917) (ler doc.3, p.36)
• Em Outubro de 1917 as milícias bolcheviques chefiadas por Lenine ocupam
a sede do governo e nomeiam um novo governo revolucionário formado
pelo Conselho dos Comissários do Povo, presidido por Lenine.
• Fim da participação da Rússia na Guerra (1918).
• Os Bolcheviques pretendiam a instalação da doutrina marxista (marxismo-
Ieninismo).
• Nacionalização da economia.
• Criação da polícia política (Tcheka)
Fonte:
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/0
7/Soldiers_demonstration.February_1917.jpg
Fonte:
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/c/cc
/Revoluci%C3%B3n-marzo-rusia--
russianbolshevik00rossuoft.png
A Revolução Soviética
ETAPAS DA IMPLANTAÇÃO DO REGIME COMUNISTA
ENTE 1917 E 1924
• A GUERRA CIVIL E O "COMUNISMO DE GUERRA"(1918-
21)
Início de guerra civil entre bolcheviques (russos
vermelhos) e seus opositores (russos brancos)
que dura cerca de 2 anos e termina com a vitória
dos Bolcheviques.
Imposição do "Comunismo de Guerra“:
oO Partido Bolchevique torna-se partido único e
adotou o nome de Partido Comunista.
oFoi criada a censura, aumentou a ação
repressiva da Tcheka, são afastados os opositores
Constituiu um fracasso económico. Fonte:
http://historiana.eu/assets/uploads/Cartoon_Lenin.jpg
A Revolução Soviética
ETAPAS DA IMPLANTAÇÃO DO REGIME COMUNISTA ENTE
1917 E 1924
• A NOVA POLÍTICA ECONÓMICA - NEP (1921-28) (ver doc.3, p.38)
Retorno momentâneo e limitado à economia capitalista.
Liberalização da economia: liberdade de empresa e de
iniciativa privada, liberdade de comércio interno,
convite à entrada de capitais e técnicos estrangeiros.
O Estado continua a ter o monopólio dos meios de
produção estratégicos, da grande indústria, da banca e
do comércio externo.
O resultado desta política foi uma relativa recuperação
económica.
Com a morte de Lenine (1924) sobe ao poder Estaline, que
eliminou todos os seus opositores.
Fonte: http://russiapedia.rt.com/files/of-russian-origin/new-
economic-policy-nep/new-economic-policy-nep_4.jpg
A Revolução Soviética
IMPACTO DA REVOLUÇÃO BOLCHEVIQUE NO MUNDO
 CONSTRUÇÃO DA U.R.S.S. (1922) - foi criada a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas
(URSS), um Estado federal que salvaguardava a unidade do antigo Império Russo.
 Pela 1ª vez as ideias socialistas e comunistas chegaram ao poder, provocando uma onda
revolucionária.
 Aumento da agitação social em vários países.
 Tentativa de implantação de uma república socialista na Alemanha, em 1919.
 Na Hungria, o partido comunista chegou ao poder em 1919, mas apenas por 130 dias.
 Em 1921, é criado o Partido Comunista Chinês.
Fonte: http://www.esquerda.net/sites/default/files/mapa_de_la_urss_0.jpg
Fonte:
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/d/dc/Coat_of_arms_of_th
e_Soviet_Union_1923%E2%80%931936.svg/400px-
Coat_of_arms_of_the_Soviet_Union_1923%E2%80%931936.svg.png

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

China de Mao Tsé-Tung
China de Mao Tsé-TungChina de Mao Tsé-Tung
China de Mao Tsé-Tung
home
 
Frentes populares
Frentes popularesFrentes populares
Frentes populares
Mariana Marques
 
Consequências da 2ª Guerra Mundial
Consequências da 2ª Guerra MundialConsequências da 2ª Guerra Mundial
Consequências da 2ª Guerra Mundial
Susana Simões
 
9 ano 9_2_as transformações do após-guerra
9 ano 9_2_as transformações do após-guerra9 ano 9_2_as transformações do após-guerra
9 ano 9_2_as transformações do após-guerra
Vítor Santos
 
A 1ª RepúBlica
A 1ª RepúBlicaA 1ª RepúBlica
A 1ª RepúBlica
Rui Neto
 
RevoluçãO SoviéTica
RevoluçãO SoviéTicaRevoluçãO SoviéTica
RevoluçãO SoviéTica
Patrícia Costa
 
1ª Republica
1ª Republica1ª Republica
1ª Republica
Carlos Vieira
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
Margarida Moreira
 
A primeira república portuguesa
A primeira república portuguesaA primeira república portuguesa
A primeira república portuguesa
cattonia
 
Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.
home
 
A revolução americana
A revolução americanaA revolução americana
A revolução americana
cattonia
 
11 ha m5 u4
11 ha m5 u411 ha m5 u4
11 ha m5 u4
Carla Freitas
 
Revoluções Liberais
Revoluções LiberaisRevoluções Liberais
Revoluções Liberais
Carlos Vieira
 
A Crise Da Monarquia
A Crise Da MonarquiaA Crise Da Monarquia
A Crise Da Monarquia
Gina Rodrigues
 
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na RússiaImplantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
home
 
Portugal: Da 1ª república à ditadura militar
Portugal: Da 1ª república à ditadura militarPortugal: Da 1ª república à ditadura militar
Portugal: Da 1ª república à ditadura militar
AnaM187
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
Rui Neto
 
Crise E Queda Da Monarquia
Crise E Queda Da MonarquiaCrise E Queda Da Monarquia
Crise E Queda Da Monarquia
Sílvia Mendonça
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
Susana Simões
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
Nuno Eusébio
 

Mais procurados (20)

China de Mao Tsé-Tung
China de Mao Tsé-TungChina de Mao Tsé-Tung
China de Mao Tsé-Tung
 
Frentes populares
Frentes popularesFrentes populares
Frentes populares
 
Consequências da 2ª Guerra Mundial
Consequências da 2ª Guerra MundialConsequências da 2ª Guerra Mundial
Consequências da 2ª Guerra Mundial
 
9 ano 9_2_as transformações do após-guerra
9 ano 9_2_as transformações do após-guerra9 ano 9_2_as transformações do após-guerra
9 ano 9_2_as transformações do após-guerra
 
A 1ª RepúBlica
A 1ª RepúBlicaA 1ª RepúBlica
A 1ª RepúBlica
 
RevoluçãO SoviéTica
RevoluçãO SoviéTicaRevoluçãO SoviéTica
RevoluçãO SoviéTica
 
1ª Republica
1ª Republica1ª Republica
1ª Republica
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
 
A primeira república portuguesa
A primeira república portuguesaA primeira república portuguesa
A primeira república portuguesa
 
Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.
 
A revolução americana
A revolução americanaA revolução americana
A revolução americana
 
11 ha m5 u4
11 ha m5 u411 ha m5 u4
11 ha m5 u4
 
Revoluções Liberais
Revoluções LiberaisRevoluções Liberais
Revoluções Liberais
 
A Crise Da Monarquia
A Crise Da MonarquiaA Crise Da Monarquia
A Crise Da Monarquia
 
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na RússiaImplantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
 
Portugal: Da 1ª república à ditadura militar
Portugal: Da 1ª república à ditadura militarPortugal: Da 1ª república à ditadura militar
Portugal: Da 1ª república à ditadura militar
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
 
Crise E Queda Da Monarquia
Crise E Queda Da MonarquiaCrise E Queda Da Monarquia
Crise E Queda Da Monarquia
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 

Destaque

As transformações provocadas pela I Guerra Mundial
As transformações provocadas pela I Guerra MundialAs transformações provocadas pela I Guerra Mundial
As transformações provocadas pela I Guerra Mundial
Teresa Maia
 
Transformações socioculturais dos inícios do século XX
Transformações socioculturais dos inícios do século XXTransformações socioculturais dos inícios do século XX
Transformações socioculturais dos inícios do século XX
Teresa Maia
 
Sociedade e cultura num mundo em mudança
Sociedade e cultura num mundo em mudançaSociedade e cultura num mundo em mudança
Sociedade e cultura num mundo em mudança
Jorge Almeida
 
Cultura de Massas
Cultura de MassasCultura de Massas
Cultura de Massas
Margarida Moreira
 
Cultura de massas .
Cultura de massas .Cultura de massas .
Cultura de massas .
TavaresJoana
 
Historia a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumoHistoria a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumo
Escoladocs
 

Destaque (6)

As transformações provocadas pela I Guerra Mundial
As transformações provocadas pela I Guerra MundialAs transformações provocadas pela I Guerra Mundial
As transformações provocadas pela I Guerra Mundial
 
Transformações socioculturais dos inícios do século XX
Transformações socioculturais dos inícios do século XXTransformações socioculturais dos inícios do século XX
Transformações socioculturais dos inícios do século XX
 
Sociedade e cultura num mundo em mudança
Sociedade e cultura num mundo em mudançaSociedade e cultura num mundo em mudança
Sociedade e cultura num mundo em mudança
 
Cultura de Massas
Cultura de MassasCultura de Massas
Cultura de Massas
 
Cultura de massas .
Cultura de massas .Cultura de massas .
Cultura de massas .
 
Historia a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumoHistoria a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumo
 

Semelhante a Revolução soviética

Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
Fatima Freitas
 
Revolução Russa.pptx
Revolução Russa.pptxRevolução Russa.pptx
Revolução Russa.pptx
VinciusKusma
 
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
josafaslima
 
Revolução Russa.pptx
Revolução Russa.pptxRevolução Russa.pptx
Revolução Russa.pptx
Andrea Silva
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
Thiago Souza
 
Síntese da Revolução Soviética.doc
Síntese da Revolução Soviética.docSíntese da Revolução Soviética.doc
Síntese da Revolução Soviética.doc
anabelasantos97
 
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Revolução soviética
Revolução soviéticaRevolução soviética
Revolução Russa.pptx
Revolução Russa.pptxRevolução Russa.pptx
Revolução Russa.pptx
JacksonFrigotto
 
eoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeawe
eoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeaweeoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeawe
eoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeawe
Felipe Klayn
 
Igor sansão e felipe klayn kkk
Igor sansão e felipe klayn kkkIgor sansão e felipe klayn kkk
Igor sansão e felipe klayn kkk
Felipe Klayn
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
JUNIOR MADRUGA MADRUGA
 
Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917Revolução Russa de 1917
Revolução Russa2.pptx
Revolução Russa2.pptxRevolução Russa2.pptx
Revolução Russa2.pptx
milenaquadros1
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
URSS
URSSURSS
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
Portal do Vestibulando
 
07 revolucao russa
07   revolucao russa07   revolucao russa
07 revolucao russa
Portal do Vestibulando
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
Portal do Vestibulando
 
Revolução Russa - Prof. Altair Aguilar
Revolução Russa - Prof. Altair AguilarRevolução Russa - Prof. Altair Aguilar
Revolução Russa - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 

Semelhante a Revolução soviética (20)

Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Revolução Russa.pptx
Revolução Russa.pptxRevolução Russa.pptx
Revolução Russa.pptx
 
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
 
Revolução Russa.pptx
Revolução Russa.pptxRevolução Russa.pptx
Revolução Russa.pptx
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Síntese da Revolução Soviética.doc
Síntese da Revolução Soviética.docSíntese da Revolução Soviética.doc
Síntese da Revolução Soviética.doc
 
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
 
Revolução soviética
Revolução soviéticaRevolução soviética
Revolução soviética
 
Revolução Russa.pptx
Revolução Russa.pptxRevolução Russa.pptx
Revolução Russa.pptx
 
eoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeawe
eoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeaweeoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeawe
eoq mano timeoaeioejaiejaeijaeaeawe
 
Igor sansão e felipe klayn kkk
Igor sansão e felipe klayn kkkIgor sansão e felipe klayn kkk
Igor sansão e felipe klayn kkk
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917
 
Revolução Russa2.pptx
Revolução Russa2.pptxRevolução Russa2.pptx
Revolução Russa2.pptx
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
URSS
URSSURSS
URSS
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
07 revolucao russa
07   revolucao russa07   revolucao russa
07 revolucao russa
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Revolução Russa - Prof. Altair Aguilar
Revolução Russa - Prof. Altair AguilarRevolução Russa - Prof. Altair Aguilar
Revolução Russa - Prof. Altair Aguilar
 

Mais de Teresa Maia

Relatório visita de estudo alunos
Relatório visita de estudo alunosRelatório visita de estudo alunos
Relatório visita de estudo alunos
Teresa Maia
 
Guiao pesquisa biografia
Guiao pesquisa biografiaGuiao pesquisa biografia
Guiao pesquisa biografia
Teresa Maia
 
Guiaodotrabalho3periodo
Guiaodotrabalho3periodoGuiaodotrabalho3periodo
Guiaodotrabalho3periodo
Teresa Maia
 
Communicatingand sharingwithparents actionplan_teresamaia
Communicatingand sharingwithparents actionplan_teresamaiaCommunicatingand sharingwithparents actionplan_teresamaia
Communicatingand sharingwithparents actionplan_teresamaia
Teresa Maia
 
Trabalho sobre a formacao portugal
Trabalho sobre a formacao portugalTrabalho sobre a formacao portugal
Trabalho sobre a formacao portugal
Teresa Maia
 
O mundo romano no apogeu do império i
O mundo romano no apogeu do império iO mundo romano no apogeu do império i
O mundo romano no apogeu do império i
Teresa Maia
 
As sociedades recolectoras
As sociedades recolectorasAs sociedades recolectoras
As sociedades recolectoras
Teresa Maia
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
Teresa Maia
 
Portugal do autoritarismo à democracia
Portugal do autoritarismo à democraciaPortugal do autoritarismo à democracia
Portugal do autoritarismo à democracia
Teresa Maia
 
Holocausto: espaços, vítimas e heróis
Holocausto: espaços, vítimas e heróisHolocausto: espaços, vítimas e heróis
Holocausto: espaços, vítimas e heróis
Teresa Maia
 
A guerra fria
A guerra friaA guerra fria
A guerra fria
Teresa Maia
 
As consequências da 2ª Guerra Mundial
As consequências da 2ª Guerra MundialAs consequências da 2ª Guerra Mundial
As consequências da 2ª Guerra Mundial
Teresa Maia
 
Estado novo portugal
Estado novo portugalEstado novo portugal
Estado novo portugal
Teresa Maia
 
Estaline a respostadospaisessacrise
Estaline a respostadospaisessacriseEstaline a respostadospaisessacrise
Estaline a respostadospaisessacrise
Teresa Maia
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
Teresa Maia
 
I Guerra Mundial
I Guerra MundialI Guerra Mundial
I Guerra Mundial
Teresa Maia
 
A Europa e o mundo no limiar do século xx
A Europa e o mundo no limiar do século xx A Europa e o mundo no limiar do século xx
A Europa e o mundo no limiar do século xx
Teresa Maia
 
O mundo industrializado (recuperação 8ºano)
O mundo industrializado (recuperação 8ºano)O mundo industrializado (recuperação 8ºano)
O mundo industrializado (recuperação 8ºano)
Teresa Maia
 
Revoluções liberais
Revoluções liberaisRevoluções liberais
Revoluções liberais
Teresa Maia
 
Guiao
GuiaoGuiao

Mais de Teresa Maia (20)

Relatório visita de estudo alunos
Relatório visita de estudo alunosRelatório visita de estudo alunos
Relatório visita de estudo alunos
 
Guiao pesquisa biografia
Guiao pesquisa biografiaGuiao pesquisa biografia
Guiao pesquisa biografia
 
Guiaodotrabalho3periodo
Guiaodotrabalho3periodoGuiaodotrabalho3periodo
Guiaodotrabalho3periodo
 
Communicatingand sharingwithparents actionplan_teresamaia
Communicatingand sharingwithparents actionplan_teresamaiaCommunicatingand sharingwithparents actionplan_teresamaia
Communicatingand sharingwithparents actionplan_teresamaia
 
Trabalho sobre a formacao portugal
Trabalho sobre a formacao portugalTrabalho sobre a formacao portugal
Trabalho sobre a formacao portugal
 
O mundo romano no apogeu do império i
O mundo romano no apogeu do império iO mundo romano no apogeu do império i
O mundo romano no apogeu do império i
 
As sociedades recolectoras
As sociedades recolectorasAs sociedades recolectoras
As sociedades recolectoras
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
 
Portugal do autoritarismo à democracia
Portugal do autoritarismo à democraciaPortugal do autoritarismo à democracia
Portugal do autoritarismo à democracia
 
Holocausto: espaços, vítimas e heróis
Holocausto: espaços, vítimas e heróisHolocausto: espaços, vítimas e heróis
Holocausto: espaços, vítimas e heróis
 
A guerra fria
A guerra friaA guerra fria
A guerra fria
 
As consequências da 2ª Guerra Mundial
As consequências da 2ª Guerra MundialAs consequências da 2ª Guerra Mundial
As consequências da 2ª Guerra Mundial
 
Estado novo portugal
Estado novo portugalEstado novo portugal
Estado novo portugal
 
Estaline a respostadospaisessacrise
Estaline a respostadospaisessacriseEstaline a respostadospaisessacrise
Estaline a respostadospaisessacrise
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
 
I Guerra Mundial
I Guerra MundialI Guerra Mundial
I Guerra Mundial
 
A Europa e o mundo no limiar do século xx
A Europa e o mundo no limiar do século xx A Europa e o mundo no limiar do século xx
A Europa e o mundo no limiar do século xx
 
O mundo industrializado (recuperação 8ºano)
O mundo industrializado (recuperação 8ºano)O mundo industrializado (recuperação 8ºano)
O mundo industrializado (recuperação 8ºano)
 
Revoluções liberais
Revoluções liberaisRevoluções liberais
Revoluções liberais
 
Guiao
GuiaoGuiao
Guiao
 

Último

PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 

Último (20)

PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 

Revolução soviética

  • 1. 3. Conhecer e compreender a Revolução Soviética 1. Caracterizar sucintamente a Rússia czarista ao nível político, económico e social. 2. Relacionar a entrada da Rússia na 1.ª Grande Guerra com o agravar das tensões sociais e políticas. 3. Caracterizar a “Revolução de Fevereiro”, salientando o caráter demoliberal das medidas tomadas pelo governo provisório. 4. Relacionar a decisão de permanência da Rússia na 1.ª Grande Guerra com o eclodir da “Revolução de Outubro”. 5. Caracterizar a “Revolução de Outubro”, as principais medidas tomadas (fim do envolvimento na guerra, participação dos operários na gestão das fábricas e divisão das grandes propriedades rurais pelas famílias camponesas). 6. Descrever as principais etapas de implantação do regime comunista entre 1917 e1924 (Guerra civil e Comunismo de Guerra, NEP, formação da URSS). 7. Avaliar o impacto da Revolução Bolchevique na Europa Ocidental e no Mundo em geral.
  • 2. A Revolução Soviética Império Russo em 1914 Fonte: http://image.slidesharecdn.com/unit7ww1-110216134625-phpapp02/95/unit-7-ww1-10- 728.jpg?cb=1297864352
  • 3. A Revolução Soviética FATORES DA REVOLUCAO SOVIÉTICA Económicos  Agricultura ocupava 80% da população, mas era pobre e tradicional.  Frágil industrialização, dependente de capitais estrangeiros.  A atividade comercial limitava-se aos grandes centros urbanos.  Fraco investimento nos sistemas produtivos.  Vias e meios de comunicação deficientes. Sociais Sociedade hierarquizada, marcada por uma profunda desigualdade: - Grupos sociais privilegiados: clero e nobreza; - Os camponeses viviam miseravelmente, praticamente não tinham terra, pois esta encontrava-se na mão dos nobres; (ler doc.5, p.34) - O operariado era uma minoria, com baixos salários, horários pesados e más condições de habitação; - A burguesia, composta essencialmente por funcionários públicos e profissionais liberais, vivia também com grandes dificuldades e não tinha influência junto do governo. Políticos Regime autocrático, em que o czar, Nicolau II detinha o poder absoluto, apoiado pela Igreja Ortodoxa1 e pela nobreza. Ideológicos Influências das ideias socialistas Fonte: https://ecpsocialstudies6.files.wordpress.com/2013/11/russian_peasants.jpg Fonte: http://www.sistema.templodeapolo.net/imagens/textos/Nicolau%20II%20002% 20www.templodeapolo.net%20-%20painted_by_earnest_lipgart.jpg 1. Igreja Ortodoxa - conjunto de cristãos do Oriente que se desligou da obediência ao Papa em 1054
  • 4. A Revolução Soviética ANTECEDENTES DA REVOLUÇÃO  Em 1898 surge na Rússia o Partido Operário Social- Democrata.  Derrota na guerra russo-japonesa (1904-05).  1905 - "Domingo Sangrento" - operários pedem pão e trabalho e são recebidos com violência.  O czar é obrigado a empreender algumas reformas sociais e políticas: • Autorizou a existência de partidos políticos; • Criou um parlamento, a Duma.  Na prática, estas medidas surtiram poucos efeitos. Os partidos eram constantemente vigiados, a Duma era controlada pela aristocracia e por funcionários dependentes do Estado czarista.  Participação da Rússia na 1 a Guerra Mundial, que provocou elevado número de mortos, falta de alimentos, preços altos, fome e miséria.  Surgem os Sovietes, que representavam operários, soldados e camponeses e eram controlados pelos bolcheviques. Fonte: http://images.slideplayer.com.br/1/294591/slides/slide_3.jpg Fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/f/f6/Co unt_Kokovtsov%27s_speech_in_Duma.jpeg/1024px- Count_Kokovtsov%27s_speech_in_Duma.jpeg
  • 5. A Revolução Soviética DUAS REVOLUÇÕES REVOLUÇÃO BURGUESA (FEVEREIRO DE 1917) (ler doc.2, p.36) • Em Fevereiro de 1917, uma manifestação de operários, que as tropas do czar se recusam a combater, marca o início da Revolução; • O czar abdicou e formou-se um governo provisório apoiado na Duma por liberais e socialistas moderados, tendo como 1º ministros Kerensky; • Manutenção da Rússia na 1.ª Guerra Mundial; • A Rússia passou a ter um regime liberal parlamentar burguês. Oposição do Partido bolchevique, partido que defendia a tomada do poder pelos operários (ditadura do proletariado), e que tinha como principais dirigentes Lenine e Trotsky. REVOLUÇÃO BOLCHEVIQUE (OUTUBRO DE 1917) (ler doc.3, p.36) • Em Outubro de 1917 as milícias bolcheviques chefiadas por Lenine ocupam a sede do governo e nomeiam um novo governo revolucionário formado pelo Conselho dos Comissários do Povo, presidido por Lenine. • Fim da participação da Rússia na Guerra (1918). • Os Bolcheviques pretendiam a instalação da doutrina marxista (marxismo- Ieninismo). • Nacionalização da economia. • Criação da polícia política (Tcheka) Fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/0 7/Soldiers_demonstration.February_1917.jpg Fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/c/cc /Revoluci%C3%B3n-marzo-rusia-- russianbolshevik00rossuoft.png
  • 6. A Revolução Soviética ETAPAS DA IMPLANTAÇÃO DO REGIME COMUNISTA ENTE 1917 E 1924 • A GUERRA CIVIL E O "COMUNISMO DE GUERRA"(1918- 21) Início de guerra civil entre bolcheviques (russos vermelhos) e seus opositores (russos brancos) que dura cerca de 2 anos e termina com a vitória dos Bolcheviques. Imposição do "Comunismo de Guerra“: oO Partido Bolchevique torna-se partido único e adotou o nome de Partido Comunista. oFoi criada a censura, aumentou a ação repressiva da Tcheka, são afastados os opositores Constituiu um fracasso económico. Fonte: http://historiana.eu/assets/uploads/Cartoon_Lenin.jpg
  • 7. A Revolução Soviética ETAPAS DA IMPLANTAÇÃO DO REGIME COMUNISTA ENTE 1917 E 1924 • A NOVA POLÍTICA ECONÓMICA - NEP (1921-28) (ver doc.3, p.38) Retorno momentâneo e limitado à economia capitalista. Liberalização da economia: liberdade de empresa e de iniciativa privada, liberdade de comércio interno, convite à entrada de capitais e técnicos estrangeiros. O Estado continua a ter o monopólio dos meios de produção estratégicos, da grande indústria, da banca e do comércio externo. O resultado desta política foi uma relativa recuperação económica. Com a morte de Lenine (1924) sobe ao poder Estaline, que eliminou todos os seus opositores. Fonte: http://russiapedia.rt.com/files/of-russian-origin/new- economic-policy-nep/new-economic-policy-nep_4.jpg
  • 8. A Revolução Soviética IMPACTO DA REVOLUÇÃO BOLCHEVIQUE NO MUNDO  CONSTRUÇÃO DA U.R.S.S. (1922) - foi criada a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), um Estado federal que salvaguardava a unidade do antigo Império Russo.  Pela 1ª vez as ideias socialistas e comunistas chegaram ao poder, provocando uma onda revolucionária.  Aumento da agitação social em vários países.  Tentativa de implantação de uma república socialista na Alemanha, em 1919.  Na Hungria, o partido comunista chegou ao poder em 1919, mas apenas por 130 dias.  Em 1921, é criado o Partido Comunista Chinês. Fonte: http://www.esquerda.net/sites/default/files/mapa_de_la_urss_0.jpg Fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/d/dc/Coat_of_arms_of_th e_Soviet_Union_1923%E2%80%931936.svg/400px- Coat_of_arms_of_the_Soviet_Union_1923%E2%80%931936.svg.png