SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Baixar para ler offline
TEIP: Experiências, potencialidades e desafios
Tema 4 – Gestão de Conflitos em Meio Escolar
Metodologia utilizada
• Identificar os tipos/natureza de conflitos
• Inventariar estratégias e formas de resolução
• Analisar as perceções dos alunos sobre o conflito
• Contextualização teórica
• Contextualização no Projeto Educativo
• Recolha Qualitativa/Quantitativa
• Análise documental
• Inquérito
• Alunos de 7º ano e 9º ano
• Diretores de turma
Conflito é toda a opinião divergente ou maneira diferente de ver
ou interpretar algum acontecimento (Chrispino, 2007: 15); ou,
como nos diz Jares (2003) é uma situação em que as pessoas
ou grupos procuram alcançar objetivos diferentes; afirmam
valores antagónicos; ou têm interesses divergentes.
Enquadramento Teórico
O conflito pode ser encarado de forma positiva,
como algo que faz crescer e desenvolver a
personalidade do ser.
Muitas vezes, nasce da diferença de interesses, de
anseios e de ambições e nenhuma das partes está
errada, apenas têm posições diferentes que
defendem.
Enquadramento Teórico
• No Projeto Educativo, identificaram-se as seguintes situações-problema
que justificam uma ativa intervenção no âmbito da prevenção da
indisciplina em meio escolar:
– elevado número de participações e de procedimentos disciplinares;
– baixo nível de formação dos assistentes operacionais e dos docentes na área
da gestão de conflitos;
– baixo nível escolaridade dos Encarregados de Educação/Pais;
– muitos alunos/encarregados de educação com necessidade de
acompanhamento psicológico;
– precariedade económica das famílias;
– existência de famílias disfuncionais;
– pouca disponibilidade dos Encarregados de Educação/Pais; e
– muitos alunos com dificuldades ao nível da leitura e interpretação de ideias.
Enquadramento
A intenção do PE foi criar
condições que promovam o
sucesso escolar e a
transição para a vida ativa
dos jovens, bem como o
apoio às suas famílias,
coordenando atividades com
todos os agentes envolvidos.
Enquadramento
Alunos
Famílias
Escola
• Foram ainda definidos os seguintes objetivos e metas:
Enquadramento
Objetivos Metas
Melhorar o clima escolar
- Prevenir a indisciplina e a violência
- Promover um são convívio entre os
alunos
- Evitar o bullying
- Educar para a cidadania
-Diminuir o clima de indisciplina e
violência
Comportamento e disciplina
Participações de ocorrência
- Não ultrapassar uma taxa de 27% de
alunos envolvidos em ocorrências
disciplinares
- Não ultrapassar uma taxa de 7% de alunos
envolvidos em procedimentos disciplinares
- Reduzir a taxa de participações de
ocorrência, fora da sala de aula, em 2,5%
- Reduzir a taxa de participações de
ocorrência, na sala de aula, em 5%
• Definiram-se as seguintes estratégias de operacionalização:
Enquadramento
Dinamizar
espaços
escolares
Projeto
Régio
Sport
Rádio
Régio
Chapitô
Régio
Programa
“Aprender
a Brincar”
Oficinas
Lúdicas
Diminuir o Conflito Escolar
Dados sobre a indisciplina entre
2008 e 2013
*- dados relativos aos dois primeiros períodos
Dados sobre disciplina agrupamento entre
2008 e 2013
Ano letivo
Total
de alunos
Nº de alunos
enviados %
Total de
idas %
2008/2009 Não há registos
2009/2010 Não há registos
2010/2011 501 136 27.15% 658 131.34%
2011/2012 469 161 34.33% 477 101.71%
2012/2013 * 470 103 185
Alunos encaminhados para a sala de estudo
*- dados relativos aos dois primeiros períodos
Dados sobre disciplina agrupamento entre
2008 e 2013
Alunos encaminhados para a sala de estudo
*- dados relativos aos dois primeiros períodos
a) Não há registos
Dados sobre disciplina agrupamento entre
2008 e 2013
Registo de ocorrências disciplinares
Ano letivo
Total de
alunos
Nº de alunos
envolvidos
Total de
ocorrências
Dentro da
sala de aula
Fora da sala
de aula
2008/2009 571 215 775 a) a)
2009/2010 562 155 620 a) a)
2010/2011 513 279 722 587 135
2011/2012 469 166 777 655 122
2012/2013 * 470 175 452 361 91
*- dados relativos aos dois primeiros períodos
Dados sobre disciplina agrupamento entre
2008 e 2013
Registo de ocorrências disciplinares
* - dados relativos aos dois primeiros períodos (Incompletos)
Dados sobre disciplina agrupamento entre
2008 e 2013
Procedimentos disciplinares
Ano letivo
Medidas
corretivas
Medidas
sancionatórias
Alunos envolvidos
2008/2009 23 8 Não há registos
2009/2010 14 29 Não há registos
2010/2011 27 18 14 (9 PIEF)
2011/2012 32 16 14 (5 PIEF+7 CEF)
2012/2013 * 24 6
* - dados relativos aos dois primeiros períodos (Incompletos)
Dados sobre disciplina agrupamento entre
2008 e 2013
Procedimentos disciplinares
Perceção dos alunos acerca do
conflito em meio escolar
Gestão de conflitos em Meio Escolar
Colegas
Aluno/Professor
Aluno/Funcionário
Não respondeu
15
3
18
1
9ºano 7º ano
Os conflitos que acontecem com mais frequência na escola são
entre:
Gestão de conflitos em Meio Escolar
Acho que os conflitos na sala de aula se resolveriam se:
O professor fosse mais
exigente/disciplinador
Fossem aplicadas medidas mais
severas aos infratores
Outro - Mais Assembleias de turma
Outro - Maior dialogo na sala de
aula
Outro - Medidas mais justas
10
6
2
7
9
1
1
1
7º ano 9ºano
Gestão de conflitos em Meio Escolar
Quando presencio um conflito:
Limito-me a observar
Não ligo/Abandono o local
Instigo o conflito
Procuro mediar/ajudar a resolver
Outro - Procuro um funcionário
Outro - Não há brigas na escola
Outro - Ajudo se for amigo
13
4
1
7
5
5
1
1
7º ano 9ºano
Gestão de conflitos em Meio Escolar
Quando estou envolvido num conflito:
Tento acalmar-me
Respondo “na mesma moeda”
Procuro dialogar
Abandono o local/Tento não responder
Nunca estive envolvido num conflito
3
8
5
2
6
3
9
1
9ºano 7º ano
“uma briga”
“haver confusão”
“uma zanga”
“uma discussão”
“duas pessoas ofendem-se ou agridem-se”
“um desentendimento por pontos de vista incompatíveis”
“uma revolta, onde expõem a sua raiva”
“um obstáculo difícil de ultrapassar”
“uma agressão física ou psicológica”
“uma má forma de resolver problemas”
Gestão de conflitos em Meio Escolar
Conflito é:
• O conflito deve ser visto como uma oportunidade
proporcionadora de desenvolvimento, como
estimulador da inovação e da criatividade.
• Os conflitos devem resolver-se e não eliminar-se
para que o relacionamento entre as partes possa
perdurar ao logo dos tempos.
Concluindo
• Assim:
– Devemos continuar a utilizar as estratégias de
operacionalização previstas no projeto educativo
para prevenir a violência em meio escolar, sendo
que de acordo com os dados apresentados,
estão a surtir efeito.
• E devemos ainda apostar:
– na comunicação e no respeito entre as partes;
– em métodos não violentos, indutivos,
polifacetados e respeitadores da dignidade
humana;
– na negociação;
– na mediação
– na arbitragem.
Obrigado!!!
TEIP: Gestão de Conflitos em Meio Escolar

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto Carta da Convivialidade + PESI
Projeto Carta da Convivialidade + PESIProjeto Carta da Convivialidade + PESI
Projeto Carta da Convivialidade + PESIRogério Rodrigues
 
Como Lidar Com os Alunos Desmotivados
Como Lidar Com os Alunos DesmotivadosComo Lidar Com os Alunos Desmotivados
Como Lidar Com os Alunos DesmotivadosAdilson P Motta Motta
 
Conselho de classe_e_serie
Conselho de classe_e_serieConselho de classe_e_serie
Conselho de classe_e_serieRosemary Batista
 
Conselho de classe 2º trimestre - poli i - vespertino
Conselho de classe   2º trimestre - poli i - vespertinoConselho de classe   2º trimestre - poli i - vespertino
Conselho de classe 2º trimestre - poli i - vespertinoPolivalente Linhares
 
Roteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeRoteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeElisângela Chaves
 
Indisciplina na sala de aula
Indisciplina na sala de aulaIndisciplina na sala de aula
Indisciplina na sala de aulaNatália Lopes
 
Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar
Reflexões sobre avaliação e fracasso escolarReflexões sobre avaliação e fracasso escolar
Reflexões sobre avaliação e fracasso escolarValdilene Silva
 
Indisciplina x disciplina apresentação em slides
Indisciplina x disciplina apresentação em slidesIndisciplina x disciplina apresentação em slides
Indisciplina x disciplina apresentação em slidesDeise Delf
 
Indisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolarIndisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolarProgramaEscolasTEIP
 
Indisciplina Na Sala de aula - Powerpoint
Indisciplina Na Sala de aula - PowerpointIndisciplina Na Sala de aula - Powerpoint
Indisciplina Na Sala de aula - Powerpointdavidqwerty
 
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
Órgãos Colegiados:   Conselho de ClasseÓrgãos Colegiados:   Conselho de Classe
Órgãos Colegiados: Conselho de ClasseAdilson P Motta Motta
 
O segredo do sucesso escolar - Parte 1
O segredo do sucesso escolar - Parte 1O segredo do sucesso escolar - Parte 1
O segredo do sucesso escolar - Parte 1Janaina Spolidorio
 
Reunião pedagógica rosane gorges
Reunião pedagógica   rosane gorgesReunião pedagógica   rosane gorges
Reunião pedagógica rosane gorgesluannagorges
 
O papel do professor no sucesso escolar
O papel do professor no sucesso escolarO papel do professor no sucesso escolar
O papel do professor no sucesso escolarLuis Alberto Ribeiro
 
Questionario indisciplina
Questionario indisciplinaQuestionario indisciplina
Questionario indisciplinafacris
 
A avaliação no cotidiano escolar - Maria Teresa Esteban
A avaliação no cotidiano escolar - Maria Teresa EstebanA avaliação no cotidiano escolar - Maria Teresa Esteban
A avaliação no cotidiano escolar - Maria Teresa EstebanPoliana Tavares
 

Mais procurados (20)

Projeto Carta da Convivialidade + PESI
Projeto Carta da Convivialidade + PESIProjeto Carta da Convivialidade + PESI
Projeto Carta da Convivialidade + PESI
 
Como Lidar Com os Alunos Desmotivados
Como Lidar Com os Alunos DesmotivadosComo Lidar Com os Alunos Desmotivados
Como Lidar Com os Alunos Desmotivados
 
Conselho de classe_e_serie
Conselho de classe_e_serieConselho de classe_e_serie
Conselho de classe_e_serie
 
Conselho de classe 2º trimestre - poli i - vespertino
Conselho de classe   2º trimestre - poli i - vespertinoConselho de classe   2º trimestre - poli i - vespertino
Conselho de classe 2º trimestre - poli i - vespertino
 
Roteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeRoteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classe
 
Indisciplina na sala de aula
Indisciplina na sala de aulaIndisciplina na sala de aula
Indisciplina na sala de aula
 
Livro
LivroLivro
Livro
 
Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar
Reflexões sobre avaliação e fracasso escolarReflexões sobre avaliação e fracasso escolar
Reflexões sobre avaliação e fracasso escolar
 
Seminario 5
Seminario 5Seminario 5
Seminario 5
 
Indisciplina x disciplina apresentação em slides
Indisciplina x disciplina apresentação em slidesIndisciplina x disciplina apresentação em slides
Indisciplina x disciplina apresentação em slides
 
Indisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolarIndisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolar
 
Indisciplina Na Sala de aula - Powerpoint
Indisciplina Na Sala de aula - PowerpointIndisciplina Na Sala de aula - Powerpoint
Indisciplina Na Sala de aula - Powerpoint
 
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
Órgãos Colegiados:   Conselho de ClasseÓrgãos Colegiados:   Conselho de Classe
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
 
O segredo do sucesso escolar - Parte 1
O segredo do sucesso escolar - Parte 1O segredo do sucesso escolar - Parte 1
O segredo do sucesso escolar - Parte 1
 
Reunião pedagógica rosane gorges
Reunião pedagógica   rosane gorgesReunião pedagógica   rosane gorges
Reunião pedagógica rosane gorges
 
O papel do professor no sucesso escolar
O papel do professor no sucesso escolarO papel do professor no sucesso escolar
O papel do professor no sucesso escolar
 
Seminario 4
Seminario 4Seminario 4
Seminario 4
 
Questionario indisciplina
Questionario indisciplinaQuestionario indisciplina
Questionario indisciplina
 
Indisciplina
IndisciplinaIndisciplina
Indisciplina
 
A avaliação no cotidiano escolar - Maria Teresa Esteban
A avaliação no cotidiano escolar - Maria Teresa EstebanA avaliação no cotidiano escolar - Maria Teresa Esteban
A avaliação no cotidiano escolar - Maria Teresa Esteban
 

Semelhante a Gestão de Conflitos Escolares

Sucesso e insucesso escolar
Sucesso e insucesso escolarSucesso e insucesso escolar
Sucesso e insucesso escolarTânia Martins
 
Sucesso e insucesso escolar
Sucesso e insucesso escolarSucesso e insucesso escolar
Sucesso e insucesso escolarTânia Martins
 
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1Claudia Elisabete Silva
 
Texto vasconcelos
Texto vasconcelosTexto vasconcelos
Texto vasconcelosgracykf
 
Entre a avaliação classificativa e a formativa: a centralidade do professor n...
Entre a avaliação classificativa e a formativa: a centralidade do professor n...Entre a avaliação classificativa e a formativa: a centralidade do professor n...
Entre a avaliação classificativa e a formativa: a centralidade do professor n...Luis Alberto Ribeiro
 
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Polivalente Linhares
 
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Polivalente Linhares
 
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Polivalente Linhares
 
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Polivalente Linhares
 
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Polivalente Linhares
 
007 - MANUAL DO LÍDER_rev2.pdf
007 - MANUAL DO LÍDER_rev2.pdf007 - MANUAL DO LÍDER_rev2.pdf
007 - MANUAL DO LÍDER_rev2.pdfCoordenaoEPGBA
 
projeto-mediao-escolar-e-comunitria-4-formao (1).ppt
projeto-mediao-escolar-e-comunitria-4-formao (1).pptprojeto-mediao-escolar-e-comunitria-4-formao (1).ppt
projeto-mediao-escolar-e-comunitria-4-formao (1).pptgracielimarchite1
 
Apresentação avaliação romilda
Apresentação avaliação romildaApresentação avaliação romilda
Apresentação avaliação romildagracykf
 
Sessão de formação - gestão de conflitos: dinâmicas de grupo - I
Sessão de formação - gestão de conflitos: dinâmicas de grupo - ISessão de formação - gestão de conflitos: dinâmicas de grupo - I
Sessão de formação - gestão de conflitos: dinâmicas de grupo - ICristina Couto Varela
 
Sarem 2013 continuação da devolutiva
Sarem 2013 continuação da devolutivaSarem 2013 continuação da devolutiva
Sarem 2013 continuação da devolutivaRosemary Batista
 
Gestão de sala de aula – dicas
Gestão de sala de aula – dicasGestão de sala de aula – dicas
Gestão de sala de aula – dicaspso2510
 
Estilos de aprendizagem2
Estilos de aprendizagem2Estilos de aprendizagem2
Estilos de aprendizagem2Céu Kemp
 

Semelhante a Gestão de Conflitos Escolares (20)

Sucesso e insucesso escolar
Sucesso e insucesso escolarSucesso e insucesso escolar
Sucesso e insucesso escolar
 
Sucesso e insucesso escolar
Sucesso e insucesso escolarSucesso e insucesso escolar
Sucesso e insucesso escolar
 
Sucesso e insucesso escolar
Sucesso e insucesso escolarSucesso e insucesso escolar
Sucesso e insucesso escolar
 
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
 
Texto vasconcelos
Texto vasconcelosTexto vasconcelos
Texto vasconcelos
 
Entre a avaliação classificativa e a formativa: a centralidade do professor n...
Entre a avaliação classificativa e a formativa: a centralidade do professor n...Entre a avaliação classificativa e a formativa: a centralidade do professor n...
Entre a avaliação classificativa e a formativa: a centralidade do professor n...
 
Questionario clima
Questionario climaQuestionario clima
Questionario clima
 
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
 
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
 
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
 
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
 
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
Slides conselho de classe 1º trimestre 2014
 
007 - MANUAL DO LÍDER_rev2.pdf
007 - MANUAL DO LÍDER_rev2.pdf007 - MANUAL DO LÍDER_rev2.pdf
007 - MANUAL DO LÍDER_rev2.pdf
 
projeto-mediao-escolar-e-comunitria-4-formao (1).ppt
projeto-mediao-escolar-e-comunitria-4-formao (1).pptprojeto-mediao-escolar-e-comunitria-4-formao (1).ppt
projeto-mediao-escolar-e-comunitria-4-formao (1).ppt
 
Apresentação avaliação romilda
Apresentação avaliação romildaApresentação avaliação romilda
Apresentação avaliação romilda
 
Fala ed fisica jornada
Fala ed fisica jornadaFala ed fisica jornada
Fala ed fisica jornada
 
Sessão de formação - gestão de conflitos: dinâmicas de grupo - I
Sessão de formação - gestão de conflitos: dinâmicas de grupo - ISessão de formação - gestão de conflitos: dinâmicas de grupo - I
Sessão de formação - gestão de conflitos: dinâmicas de grupo - I
 
Sarem 2013 continuação da devolutiva
Sarem 2013 continuação da devolutivaSarem 2013 continuação da devolutiva
Sarem 2013 continuação da devolutiva
 
Gestão de sala de aula – dicas
Gestão de sala de aula – dicasGestão de sala de aula – dicas
Gestão de sala de aula – dicas
 
Estilos de aprendizagem2
Estilos de aprendizagem2Estilos de aprendizagem2
Estilos de aprendizagem2
 

Mais de ProgramaEscolasTEIP

Indisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolarIndisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolarProgramaEscolasTEIP
 
Cadernos desafios 4_verfinal (6)
Cadernos desafios 4_verfinal (6)Cadernos desafios 4_verfinal (6)
Cadernos desafios 4_verfinal (6)ProgramaEscolasTEIP
 
Agrupamento de Escolas de Apelação
Agrupamento de Escolas de ApelaçãoAgrupamento de Escolas de Apelação
Agrupamento de Escolas de ApelaçãoProgramaEscolasTEIP
 
Texto evento à conversa sobre boas práticas em equipas multidisciplinares ...
Texto evento à conversa sobre    boas práticas em equipas multidisciplinares ...Texto evento à conversa sobre    boas práticas em equipas multidisciplinares ...
Texto evento à conversa sobre boas práticas em equipas multidisciplinares ...ProgramaEscolasTEIP
 
Brochura modelo frei2013 4 julho[1]
Brochura modelo frei2013 4 julho[1]Brochura modelo frei2013 4 julho[1]
Brochura modelo frei2013 4 julho[1]ProgramaEscolasTEIP
 
Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis
Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis
Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis ProgramaEscolasTEIP
 
Atividades realizadas no âmbito do teip3 boas práticas
Atividades realizadas no âmbito do teip3   boas práticasAtividades realizadas no âmbito do teip3   boas práticas
Atividades realizadas no âmbito do teip3 boas práticasProgramaEscolasTEIP
 

Mais de ProgramaEscolasTEIP (20)

Indisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolarIndisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolar
 
Cadernos desafios 4_verfinal (6)
Cadernos desafios 4_verfinal (6)Cadernos desafios 4_verfinal (6)
Cadernos desafios 4_verfinal (6)
 
Apelação
ApelaçãoApelação
Apelação
 
Agrupamento de Escolas de Apelação
Agrupamento de Escolas de ApelaçãoAgrupamento de Escolas de Apelação
Agrupamento de Escolas de Apelação
 
Teip conclusoes tema5-v4
Teip conclusoes tema5-v4Teip conclusoes tema5-v4
Teip conclusoes tema5-v4
 
Teip conclusoes tema4-v4
Teip conclusoes tema4-v4Teip conclusoes tema4-v4
Teip conclusoes tema4-v4
 
Teip conclusoes tema5-v4
Teip conclusoes tema5-v4Teip conclusoes tema5-v4
Teip conclusoes tema5-v4
 
Teip conclusoes tema3-v3
Teip conclusoes tema3-v3Teip conclusoes tema3-v3
Teip conclusoes tema3-v3
 
Teip conclusoes tema2-v6
Teip conclusoes tema2-v6Teip conclusoes tema2-v6
Teip conclusoes tema2-v6
 
Teip conclusoes tema1-v3
Teip conclusoes tema1-v3Teip conclusoes tema1-v3
Teip conclusoes tema1-v3
 
Registosde atividades
Registosde atividadesRegistosde atividades
Registosde atividades
 
Texto evento à conversa sobre boas práticas em equipas multidisciplinares ...
Texto evento à conversa sobre    boas práticas em equipas multidisciplinares ...Texto evento à conversa sobre    boas práticas em equipas multidisciplinares ...
Texto evento à conversa sobre boas práticas em equipas multidisciplinares ...
 
Brochura modelo frei2013 4 julho[1]
Brochura modelo frei2013 4 julho[1]Brochura modelo frei2013 4 julho[1]
Brochura modelo frei2013 4 julho[1]
 
Stp newsletter 2
Stp newsletter 2Stp newsletter 2
Stp newsletter 2
 
Atividades sec s_pedro_da_cova
Atividades sec s_pedro_da_covaAtividades sec s_pedro_da_cova
Atividades sec s_pedro_da_cova
 
Pef final2
Pef final2Pef final2
Pef final2
 
Boas praticas teip
Boas praticas teipBoas praticas teip
Boas praticas teip
 
Programa seminário
Programa seminário Programa seminário
Programa seminário
 
Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis
Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis
Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis
 
Atividades realizadas no âmbito do teip3 boas práticas
Atividades realizadas no âmbito do teip3   boas práticasAtividades realizadas no âmbito do teip3   boas práticas
Atividades realizadas no âmbito do teip3 boas práticas
 

Gestão de Conflitos Escolares

  • 1. TEIP: Experiências, potencialidades e desafios Tema 4 – Gestão de Conflitos em Meio Escolar
  • 2. Metodologia utilizada • Identificar os tipos/natureza de conflitos • Inventariar estratégias e formas de resolução • Analisar as perceções dos alunos sobre o conflito • Contextualização teórica • Contextualização no Projeto Educativo • Recolha Qualitativa/Quantitativa • Análise documental • Inquérito • Alunos de 7º ano e 9º ano • Diretores de turma
  • 3. Conflito é toda a opinião divergente ou maneira diferente de ver ou interpretar algum acontecimento (Chrispino, 2007: 15); ou, como nos diz Jares (2003) é uma situação em que as pessoas ou grupos procuram alcançar objetivos diferentes; afirmam valores antagónicos; ou têm interesses divergentes. Enquadramento Teórico
  • 4. O conflito pode ser encarado de forma positiva, como algo que faz crescer e desenvolver a personalidade do ser. Muitas vezes, nasce da diferença de interesses, de anseios e de ambições e nenhuma das partes está errada, apenas têm posições diferentes que defendem. Enquadramento Teórico
  • 5. • No Projeto Educativo, identificaram-se as seguintes situações-problema que justificam uma ativa intervenção no âmbito da prevenção da indisciplina em meio escolar: – elevado número de participações e de procedimentos disciplinares; – baixo nível de formação dos assistentes operacionais e dos docentes na área da gestão de conflitos; – baixo nível escolaridade dos Encarregados de Educação/Pais; – muitos alunos/encarregados de educação com necessidade de acompanhamento psicológico; – precariedade económica das famílias; – existência de famílias disfuncionais; – pouca disponibilidade dos Encarregados de Educação/Pais; e – muitos alunos com dificuldades ao nível da leitura e interpretação de ideias. Enquadramento
  • 6. A intenção do PE foi criar condições que promovam o sucesso escolar e a transição para a vida ativa dos jovens, bem como o apoio às suas famílias, coordenando atividades com todos os agentes envolvidos. Enquadramento Alunos Famílias Escola
  • 7. • Foram ainda definidos os seguintes objetivos e metas: Enquadramento Objetivos Metas Melhorar o clima escolar - Prevenir a indisciplina e a violência - Promover um são convívio entre os alunos - Evitar o bullying - Educar para a cidadania -Diminuir o clima de indisciplina e violência Comportamento e disciplina Participações de ocorrência - Não ultrapassar uma taxa de 27% de alunos envolvidos em ocorrências disciplinares - Não ultrapassar uma taxa de 7% de alunos envolvidos em procedimentos disciplinares - Reduzir a taxa de participações de ocorrência, fora da sala de aula, em 2,5% - Reduzir a taxa de participações de ocorrência, na sala de aula, em 5%
  • 8. • Definiram-se as seguintes estratégias de operacionalização: Enquadramento Dinamizar espaços escolares Projeto Régio Sport Rádio Régio Chapitô Régio Programa “Aprender a Brincar” Oficinas Lúdicas Diminuir o Conflito Escolar
  • 9. Dados sobre a indisciplina entre 2008 e 2013
  • 10. *- dados relativos aos dois primeiros períodos Dados sobre disciplina agrupamento entre 2008 e 2013 Ano letivo Total de alunos Nº de alunos enviados % Total de idas % 2008/2009 Não há registos 2009/2010 Não há registos 2010/2011 501 136 27.15% 658 131.34% 2011/2012 469 161 34.33% 477 101.71% 2012/2013 * 470 103 185 Alunos encaminhados para a sala de estudo
  • 11. *- dados relativos aos dois primeiros períodos Dados sobre disciplina agrupamento entre 2008 e 2013 Alunos encaminhados para a sala de estudo
  • 12. *- dados relativos aos dois primeiros períodos a) Não há registos Dados sobre disciplina agrupamento entre 2008 e 2013 Registo de ocorrências disciplinares Ano letivo Total de alunos Nº de alunos envolvidos Total de ocorrências Dentro da sala de aula Fora da sala de aula 2008/2009 571 215 775 a) a) 2009/2010 562 155 620 a) a) 2010/2011 513 279 722 587 135 2011/2012 469 166 777 655 122 2012/2013 * 470 175 452 361 91
  • 13. *- dados relativos aos dois primeiros períodos Dados sobre disciplina agrupamento entre 2008 e 2013 Registo de ocorrências disciplinares
  • 14. * - dados relativos aos dois primeiros períodos (Incompletos) Dados sobre disciplina agrupamento entre 2008 e 2013 Procedimentos disciplinares Ano letivo Medidas corretivas Medidas sancionatórias Alunos envolvidos 2008/2009 23 8 Não há registos 2009/2010 14 29 Não há registos 2010/2011 27 18 14 (9 PIEF) 2011/2012 32 16 14 (5 PIEF+7 CEF) 2012/2013 * 24 6
  • 15. * - dados relativos aos dois primeiros períodos (Incompletos) Dados sobre disciplina agrupamento entre 2008 e 2013 Procedimentos disciplinares
  • 16. Perceção dos alunos acerca do conflito em meio escolar
  • 17. Gestão de conflitos em Meio Escolar Colegas Aluno/Professor Aluno/Funcionário Não respondeu 15 3 18 1 9ºano 7º ano Os conflitos que acontecem com mais frequência na escola são entre:
  • 18. Gestão de conflitos em Meio Escolar Acho que os conflitos na sala de aula se resolveriam se: O professor fosse mais exigente/disciplinador Fossem aplicadas medidas mais severas aos infratores Outro - Mais Assembleias de turma Outro - Maior dialogo na sala de aula Outro - Medidas mais justas 10 6 2 7 9 1 1 1 7º ano 9ºano
  • 19. Gestão de conflitos em Meio Escolar Quando presencio um conflito: Limito-me a observar Não ligo/Abandono o local Instigo o conflito Procuro mediar/ajudar a resolver Outro - Procuro um funcionário Outro - Não há brigas na escola Outro - Ajudo se for amigo 13 4 1 7 5 5 1 1 7º ano 9ºano
  • 20. Gestão de conflitos em Meio Escolar Quando estou envolvido num conflito: Tento acalmar-me Respondo “na mesma moeda” Procuro dialogar Abandono o local/Tento não responder Nunca estive envolvido num conflito 3 8 5 2 6 3 9 1 9ºano 7º ano
  • 21. “uma briga” “haver confusão” “uma zanga” “uma discussão” “duas pessoas ofendem-se ou agridem-se” “um desentendimento por pontos de vista incompatíveis” “uma revolta, onde expõem a sua raiva” “um obstáculo difícil de ultrapassar” “uma agressão física ou psicológica” “uma má forma de resolver problemas” Gestão de conflitos em Meio Escolar Conflito é:
  • 22. • O conflito deve ser visto como uma oportunidade proporcionadora de desenvolvimento, como estimulador da inovação e da criatividade. • Os conflitos devem resolver-se e não eliminar-se para que o relacionamento entre as partes possa perdurar ao logo dos tempos. Concluindo
  • 23. • Assim: – Devemos continuar a utilizar as estratégias de operacionalização previstas no projeto educativo para prevenir a violência em meio escolar, sendo que de acordo com os dados apresentados, estão a surtir efeito.
  • 24. • E devemos ainda apostar: – na comunicação e no respeito entre as partes; – em métodos não violentos, indutivos, polifacetados e respeitadores da dignidade humana; – na negociação; – na mediação – na arbitragem.
  • 25. Obrigado!!! TEIP: Gestão de Conflitos em Meio Escolar