SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
VISÃO 2013
Palavras-chave
Sucesso Educativo
Promoção de Lideranças
Participação, Ação e Reflexão

REUNIÃO DA PARTILHA
(Reunião para lançar as bases do projeto educativo do Agrupamento de Escolas de Apelação 14-17)

No dia 19 De Dezembro de 2013, reuniram-se 92 pessoas, representando 14 Instituições. O ponto de encontro
foi na sede do Agrupamento de Escolas de Apelação. Da sede, deslocaram-se para um local secreto, para
participarem na “Reunião da Partilha”.
À semelhança da “Reunião da Pantufa”, realizada em Dezembro de 2006 e que permitiu definir um projeto
educativo inovador e capaz de combater as dificuldades que o Agrupamento enfrentava, este foi o momento
para redefinir orientações, prioridades, áreas a desenvolver para atingir uma nova visão e assim superar os
novos desafios.
Se na “Reunião da Pantufa”, o único material necessário que os participantes eram obrigados a levar eram as
pantufas, na “Reunião da Partilha”, o material obrigatório era a comida que seria partilhada entre todos
constituindo o almoço convívio inerente a esta reunião.
Participaram na reunião alunos, professores, assistentes operacionais e administrativos, técnicos,
encarregados de educação, ex-alunos, ex-professores e ex-assistentes operacionais. Estiveram igualmente
presentes representantes do Ministério de Educação, da Câmara Municipal de Loures, da Junta de Freguesia
de Camarate-Unhos-Apelação. Contamos ainda com a presença dos representantes das seguintes instituições:
Universidade Católica, Teatro Ibisco, Programa Escolhas, Associação Arisco, Associação Mais Cidadania, ATL
Verdini, Fundação AGAKHAN, Contrato Local de Segurança, Escola Segura, IEFP e outros convidados que
compareceram a título individual. Todos juntos para refletir e coordenar as ações dos próximos 4 anos letivos.
Os participantes, organizados aleatoriamente em grupos de aproximadamente de 10, distribuídos por 10
mediadores previamente designados. Os grupos eram motivados a responder a um conjunto de tarefas e
perguntas previamente definidas. Através do debate e confronto de ideias o mediador ia recolhendo as
principais opiniões e registando em post-its que no final do tempo determinado iam sendo colocados num
placard principal. De duas em duas tarefas/perguntas, os grupos voltavam a ser redistribuídos aleatoriamente
de forma a poder enriquecer o debate de ideias.
Após o término de cada tarefa/pergunta, os post-its eram recolhidos, afixados, lidos e refletidos pelo nosso
convidado especial e externo ao Agrupamento, o professor João Formosinho, professor universitário, e cujo
contributo foi excecional e fundamental. A reflexão era então escrita em papel cenário de forma a servir de
guia para a tarefa/pergunta seguinte.
As tarefas/perguntas seguem um modelo em que o foco se vai deslocando do exterior da organização para o
interior. Com base neste exercício é então possível identificar melhor os indícios que nos permitem definir a
visão da entidade, as áreas a desenvolver e por fim a frase que caracterizará a instituição e o seu projeto (Ver
anexo 1).
A hora de almoço foi um momento importante de convívio entre as várias pessoas que trabalham diariamente,
direta ou indiretamente, para a melhoria da comunidade educativa. As relações que se criam nestes
momentos de partilha acabam por ser fundamentais na criação de uma rede informal que facilita os processos
de resolução de problemas futuros.
VISÃO 2013
Palavras-chave
Sucesso Educativo
Promoção de Lideranças
Participação, Ação e Reflexão

O horário foi cumprido rigorosamente. Os trabalhos acabaram à hora estipulada. No final do dia, todas as
tarefas foram cumpridas e foram produzidos 836 post-its, 10 folhas A4 com os resumos e reflexões realizados
pelo nosso convidado externo e um painel gigante (cópias das folhas A4) que serão a base do novo projeto do
Agrupamento de Escolas de Apelação.
Cabe agora realizar uma análise de conteúdo mais aprofundada do material produzido e construir
tecnicamente o Projeto Educativo.
Assim, o Agrupamento de Escolas de Apelação agradece a participação de todos os presentes nesta reunião
tão importante na vida da nossa Escola. As reflexões e os contributos pessoais, serão refletidos no futuro
Projeto Educativo. Agradecemos também aos muitos convidados que, querendo estar presentes, não tiveram
a possibilidade de o estar.
Brevemente será apresentado o produto final, fruto da opinião dos presentes nesta reunião: o Projeto
Educativo 14-17 do Agrupamento de Escolas de Apelação.
Bem-haja a todos.
Félix Bolaños
Diretor do Agrupamento de Escolas de Apelação

Momento de Reflexão com o
Professor João Formosinho

Mediador a recolher as principais
ideias do Grupo

Partilha e debate de ideias

Bolo realizado por uma ex-assistente
operacional e partilhado

Aspeto da mesa do almoço composta
com a comida partilhada

Fotografia da reunião da Pantufa em
Dezembro de 2006
VISÃO 2013
Palavras-chave
Sucesso Educativo
Promoção de Lideranças
Participação, Ação e Reflexão

Anexo 1 – Reunião da Partilha
Introdução
História do Agrupamento de Escolas de Apelação.
A importância de definirmos a nossa identidade. Não o que somos, mas o que queremos ser.
Definirmos a nossa cultura. Porque é que nos podemos realizar um projeto e em que somos diferentes
de outras escolas.
Definirmos qual a montanha que queremos subir. Podemos saber à partida que será impossível subir a
montanha até ao fim, mas mesmo assim é aquela montanha que queremos subir e não outra.
Tarefa 1: Quais os momentos mais marcantes na história do Agrupamento. O que mais gosto no
Agrupamento. Para os convidados, o que os levou a aceitar este convite, o que vos chamou a atenção
para aceitar este convite
1. Somos um agrupamento. Quem é o nosso público-alvo. Para quem nós vamos prestar o serviço que a
escola vai prestar?
2. Quais são as atuais e possíveis futuras ameaças que a nossa escola enfrenta?
3. Qual é a nossa missão? Quais os serviços que prestamos ou devemos prestar? Que produtos a escola
pode desenvolver?
4. Quais os valores que devemos defender? Qual a nossa personalidade? Se fossemos uma cor ou duas? Se
fossemos um livro? Se fossemos um filme? Se fossemos uma personagem histórica? Se fossemos um
herói? Se fossemos uma música?
5. Porque é que acreditamos que podemos realizar um projeto com sucesso?
6. Em que é que nos distinguimos ou queremos distinguir em relação às outras escolas.
Tarefa 3: Com estas características, como é que será o Agrupamento daqui a 10 anos se tudo correr na
perfeição?
Tarefa 4: Para este efeito quais são as áreas mais importantes que temos de desenvolver nós próximos
anos?
Tarefa 5: Se quiséssemos resumir todas estas noções numa frase qual seria?
Horário:
9:00 Receção
9:20 Partida
9:40 Chegada
10:00 Introdução, história do Agrupamento e Tarefa 1
10:40 Pergunta 1
11:20 Pergunta 2
12:00 Pergunta 3
12:40 Pergunta 4
13:20 Tarefa 2: Almoço
15:00 Pergunta 5
15:40 Pergunta 6
16:20 Tarefa 3: Visão
17:00 Tarefa 4: Áreas
17:30 Tarefa 5: Lema
18:00 Final dos trabalhos

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Reunião da Partilha

Ppt eletivas-see hotsite (1)
Ppt eletivas-see hotsite (1)Ppt eletivas-see hotsite (1)
Ppt eletivas-see hotsite (1)Fatima Luzs
 
Projeto Mestres da Mudança: Potencializando a Liderança dos Gestores Escolare...
Projeto Mestres da Mudança: Potencializando a Liderança dos Gestores Escolare...Projeto Mestres da Mudança: Potencializando a Liderança dos Gestores Escolare...
Projeto Mestres da Mudança: Potencializando a Liderança dos Gestores Escolare...GRAÇA SANTOS
 
acolhimento noturno 2023 (1).pptx
acolhimento noturno 2023 (1).pptxacolhimento noturno 2023 (1).pptx
acolhimento noturno 2023 (1).pptxEdsonBrasil15
 
Escola da Vida - apoio igrejas
Escola da Vida - apoio igrejasEscola da Vida - apoio igrejas
Escola da Vida - apoio igrejasraquelovelha
 
Encontro Trabalhadores Espiritas Tatuape Dod E Livro
Encontro Trabalhadores Espiritas Tatuape Dod E LivroEncontro Trabalhadores Espiritas Tatuape Dod E Livro
Encontro Trabalhadores Espiritas Tatuape Dod E LivroNorberto Tomasini Jr
 
Iv cnijma passo a passo na escola
Iv cnijma passo a passo na escolaIv cnijma passo a passo na escola
Iv cnijma passo a passo na escolaAna Paula Souza
 
Orientações OFICINA DE FUTURO
Orientações OFICINA DE FUTUROOrientações OFICINA DE FUTURO
Orientações OFICINA DE FUTUROLisandra Beutler
 
Projeto pedagógico anual
Projeto pedagógico anualProjeto pedagógico anual
Projeto pedagógico anualdayse
 
Formação de Lideranças
Formação de LiderançasFormação de Lideranças
Formação de LiderançasBernadetecebs .
 
Caderno de boas práticas dos especialistas em educação
Caderno de boas práticas dos especialistas em educaçãoCaderno de boas práticas dos especialistas em educação
Caderno de boas práticas dos especialistas em educaçãoEunice Mendes de Oliveira
 
ESS - Athenas é a tua oportunidade
ESS -  Athenas é a tua oportunidadeESS -  Athenas é a tua oportunidade
ESS - Athenas é a tua oportunidadeIlda Bicacro
 
Informações sobre o Mundo Brilhante
Informações sobre o Mundo BrilhanteInformações sobre o Mundo Brilhante
Informações sobre o Mundo BrilhanteAlfredo Leite
 
Slides com apresentação adriana cury e marta 26 06-12
Slides com apresentação adriana cury e marta 26 06-12Slides com apresentação adriana cury e marta 26 06-12
Slides com apresentação adriana cury e marta 26 06-12escolasanti
 

Semelhante a Reunião da Partilha (20)

Roteiro Circuito da Juventude 2016
Roteiro Circuito da Juventude 2016Roteiro Circuito da Juventude 2016
Roteiro Circuito da Juventude 2016
 
Ppt eletivas-see hotsite (1)
Ppt eletivas-see hotsite (1)Ppt eletivas-see hotsite (1)
Ppt eletivas-see hotsite (1)
 
Projeto Mestres da Mudança: Potencializando a Liderança dos Gestores Escolare...
Projeto Mestres da Mudança: Potencializando a Liderança dos Gestores Escolare...Projeto Mestres da Mudança: Potencializando a Liderança dos Gestores Escolare...
Projeto Mestres da Mudança: Potencializando a Liderança dos Gestores Escolare...
 
acolhimento noturno 2023 (1).pptx
acolhimento noturno 2023 (1).pptxacolhimento noturno 2023 (1).pptx
acolhimento noturno 2023 (1).pptx
 
Newsletter04
Newsletter04Newsletter04
Newsletter04
 
Escola da Vida - apoio igrejas
Escola da Vida - apoio igrejasEscola da Vida - apoio igrejas
Escola da Vida - apoio igrejas
 
Relatório de julho
Relatório de julhoRelatório de julho
Relatório de julho
 
Encontro Trabalhadores Espiritas Tatuape Dod E Livro
Encontro Trabalhadores Espiritas Tatuape Dod E LivroEncontro Trabalhadores Espiritas Tatuape Dod E Livro
Encontro Trabalhadores Espiritas Tatuape Dod E Livro
 
Iv cnijma passo a passo na escola
Iv cnijma passo a passo na escolaIv cnijma passo a passo na escola
Iv cnijma passo a passo na escola
 
Relatório abril 2012
Relatório abril 2012 Relatório abril 2012
Relatório abril 2012
 
Orientações OFICINA DE FUTURO
Orientações OFICINA DE FUTUROOrientações OFICINA DE FUTURO
Orientações OFICINA DE FUTURO
 
Projeto pedagógico anual
Projeto pedagógico anualProjeto pedagógico anual
Projeto pedagógico anual
 
Formação de Lideranças
Formação de LiderançasFormação de Lideranças
Formação de Lideranças
 
Elaboração de projetos
Elaboração de projetosElaboração de projetos
Elaboração de projetos
 
Caderno de boas práticas dos especialistas em educação
Caderno de boas práticas dos especialistas em educaçãoCaderno de boas práticas dos especialistas em educação
Caderno de boas práticas dos especialistas em educação
 
ESS - Athenas é a tua oportunidade
ESS -  Athenas é a tua oportunidadeESS -  Athenas é a tua oportunidade
ESS - Athenas é a tua oportunidade
 
Revista Refletir EdInf nº01
Revista Refletir EdInf nº01Revista Refletir EdInf nº01
Revista Refletir EdInf nº01
 
Revista RefletirEd Inf nº01
Revista RefletirEd Inf nº01Revista RefletirEd Inf nº01
Revista RefletirEd Inf nº01
 
Informações sobre o Mundo Brilhante
Informações sobre o Mundo BrilhanteInformações sobre o Mundo Brilhante
Informações sobre o Mundo Brilhante
 
Slides com apresentação adriana cury e marta 26 06-12
Slides com apresentação adriana cury e marta 26 06-12Slides com apresentação adriana cury e marta 26 06-12
Slides com apresentação adriana cury e marta 26 06-12
 

Mais de ProgramaEscolasTEIP

Indisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolarIndisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolarProgramaEscolasTEIP
 
Indisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolarIndisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolarProgramaEscolasTEIP
 
Cadernos desafios 4_verfinal (6)
Cadernos desafios 4_verfinal (6)Cadernos desafios 4_verfinal (6)
Cadernos desafios 4_verfinal (6)ProgramaEscolasTEIP
 
Texto evento à conversa sobre boas práticas em equipas multidisciplinares ...
Texto evento à conversa sobre    boas práticas em equipas multidisciplinares ...Texto evento à conversa sobre    boas práticas em equipas multidisciplinares ...
Texto evento à conversa sobre boas práticas em equipas multidisciplinares ...ProgramaEscolasTEIP
 
Brochura modelo frei2013 4 julho[1]
Brochura modelo frei2013 4 julho[1]Brochura modelo frei2013 4 julho[1]
Brochura modelo frei2013 4 julho[1]ProgramaEscolasTEIP
 
Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis
Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis
Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis ProgramaEscolasTEIP
 

Mais de ProgramaEscolasTEIP (20)

Indisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolarIndisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolar
 
Indisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolarIndisciplina em contexto escolar
Indisciplina em contexto escolar
 
Cadernos desafios 4_verfinal (6)
Cadernos desafios 4_verfinal (6)Cadernos desafios 4_verfinal (6)
Cadernos desafios 4_verfinal (6)
 
Apelação
ApelaçãoApelação
Apelação
 
Teip conclusoes tema5-v4
Teip conclusoes tema5-v4Teip conclusoes tema5-v4
Teip conclusoes tema5-v4
 
Teip conclusoes tema4-v4
Teip conclusoes tema4-v4Teip conclusoes tema4-v4
Teip conclusoes tema4-v4
 
Teip conclusoes tema5-v4
Teip conclusoes tema5-v4Teip conclusoes tema5-v4
Teip conclusoes tema5-v4
 
Teip conclusoes tema4-v4
Teip conclusoes tema4-v4Teip conclusoes tema4-v4
Teip conclusoes tema4-v4
 
Teip conclusoes tema3-v3
Teip conclusoes tema3-v3Teip conclusoes tema3-v3
Teip conclusoes tema3-v3
 
Teip conclusoes tema2-v6
Teip conclusoes tema2-v6Teip conclusoes tema2-v6
Teip conclusoes tema2-v6
 
Teip conclusoes tema1-v3
Teip conclusoes tema1-v3Teip conclusoes tema1-v3
Teip conclusoes tema1-v3
 
Registosde atividades
Registosde atividadesRegistosde atividades
Registosde atividades
 
Texto evento à conversa sobre boas práticas em equipas multidisciplinares ...
Texto evento à conversa sobre    boas práticas em equipas multidisciplinares ...Texto evento à conversa sobre    boas práticas em equipas multidisciplinares ...
Texto evento à conversa sobre boas práticas em equipas multidisciplinares ...
 
Brochura modelo frei2013 4 julho[1]
Brochura modelo frei2013 4 julho[1]Brochura modelo frei2013 4 julho[1]
Brochura modelo frei2013 4 julho[1]
 
Stp newsletter 2
Stp newsletter 2Stp newsletter 2
Stp newsletter 2
 
Atividades sec s_pedro_da_cova
Atividades sec s_pedro_da_covaAtividades sec s_pedro_da_cova
Atividades sec s_pedro_da_cova
 
Pef final2
Pef final2Pef final2
Pef final2
 
Boas praticas teip
Boas praticas teipBoas praticas teip
Boas praticas teip
 
Programa seminário
Programa seminário Programa seminário
Programa seminário
 
Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis
Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis
Gaaf intervenção 2009-2013 - Agrupamento Damião de Góis
 

Último

atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 

Último (20)

atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 

Reunião da Partilha

  • 1. VISÃO 2013 Palavras-chave Sucesso Educativo Promoção de Lideranças Participação, Ação e Reflexão REUNIÃO DA PARTILHA (Reunião para lançar as bases do projeto educativo do Agrupamento de Escolas de Apelação 14-17) No dia 19 De Dezembro de 2013, reuniram-se 92 pessoas, representando 14 Instituições. O ponto de encontro foi na sede do Agrupamento de Escolas de Apelação. Da sede, deslocaram-se para um local secreto, para participarem na “Reunião da Partilha”. À semelhança da “Reunião da Pantufa”, realizada em Dezembro de 2006 e que permitiu definir um projeto educativo inovador e capaz de combater as dificuldades que o Agrupamento enfrentava, este foi o momento para redefinir orientações, prioridades, áreas a desenvolver para atingir uma nova visão e assim superar os novos desafios. Se na “Reunião da Pantufa”, o único material necessário que os participantes eram obrigados a levar eram as pantufas, na “Reunião da Partilha”, o material obrigatório era a comida que seria partilhada entre todos constituindo o almoço convívio inerente a esta reunião. Participaram na reunião alunos, professores, assistentes operacionais e administrativos, técnicos, encarregados de educação, ex-alunos, ex-professores e ex-assistentes operacionais. Estiveram igualmente presentes representantes do Ministério de Educação, da Câmara Municipal de Loures, da Junta de Freguesia de Camarate-Unhos-Apelação. Contamos ainda com a presença dos representantes das seguintes instituições: Universidade Católica, Teatro Ibisco, Programa Escolhas, Associação Arisco, Associação Mais Cidadania, ATL Verdini, Fundação AGAKHAN, Contrato Local de Segurança, Escola Segura, IEFP e outros convidados que compareceram a título individual. Todos juntos para refletir e coordenar as ações dos próximos 4 anos letivos. Os participantes, organizados aleatoriamente em grupos de aproximadamente de 10, distribuídos por 10 mediadores previamente designados. Os grupos eram motivados a responder a um conjunto de tarefas e perguntas previamente definidas. Através do debate e confronto de ideias o mediador ia recolhendo as principais opiniões e registando em post-its que no final do tempo determinado iam sendo colocados num placard principal. De duas em duas tarefas/perguntas, os grupos voltavam a ser redistribuídos aleatoriamente de forma a poder enriquecer o debate de ideias. Após o término de cada tarefa/pergunta, os post-its eram recolhidos, afixados, lidos e refletidos pelo nosso convidado especial e externo ao Agrupamento, o professor João Formosinho, professor universitário, e cujo contributo foi excecional e fundamental. A reflexão era então escrita em papel cenário de forma a servir de guia para a tarefa/pergunta seguinte. As tarefas/perguntas seguem um modelo em que o foco se vai deslocando do exterior da organização para o interior. Com base neste exercício é então possível identificar melhor os indícios que nos permitem definir a visão da entidade, as áreas a desenvolver e por fim a frase que caracterizará a instituição e o seu projeto (Ver anexo 1). A hora de almoço foi um momento importante de convívio entre as várias pessoas que trabalham diariamente, direta ou indiretamente, para a melhoria da comunidade educativa. As relações que se criam nestes momentos de partilha acabam por ser fundamentais na criação de uma rede informal que facilita os processos de resolução de problemas futuros.
  • 2. VISÃO 2013 Palavras-chave Sucesso Educativo Promoção de Lideranças Participação, Ação e Reflexão O horário foi cumprido rigorosamente. Os trabalhos acabaram à hora estipulada. No final do dia, todas as tarefas foram cumpridas e foram produzidos 836 post-its, 10 folhas A4 com os resumos e reflexões realizados pelo nosso convidado externo e um painel gigante (cópias das folhas A4) que serão a base do novo projeto do Agrupamento de Escolas de Apelação. Cabe agora realizar uma análise de conteúdo mais aprofundada do material produzido e construir tecnicamente o Projeto Educativo. Assim, o Agrupamento de Escolas de Apelação agradece a participação de todos os presentes nesta reunião tão importante na vida da nossa Escola. As reflexões e os contributos pessoais, serão refletidos no futuro Projeto Educativo. Agradecemos também aos muitos convidados que, querendo estar presentes, não tiveram a possibilidade de o estar. Brevemente será apresentado o produto final, fruto da opinião dos presentes nesta reunião: o Projeto Educativo 14-17 do Agrupamento de Escolas de Apelação. Bem-haja a todos. Félix Bolaños Diretor do Agrupamento de Escolas de Apelação Momento de Reflexão com o Professor João Formosinho Mediador a recolher as principais ideias do Grupo Partilha e debate de ideias Bolo realizado por uma ex-assistente operacional e partilhado Aspeto da mesa do almoço composta com a comida partilhada Fotografia da reunião da Pantufa em Dezembro de 2006
  • 3. VISÃO 2013 Palavras-chave Sucesso Educativo Promoção de Lideranças Participação, Ação e Reflexão Anexo 1 – Reunião da Partilha Introdução História do Agrupamento de Escolas de Apelação. A importância de definirmos a nossa identidade. Não o que somos, mas o que queremos ser. Definirmos a nossa cultura. Porque é que nos podemos realizar um projeto e em que somos diferentes de outras escolas. Definirmos qual a montanha que queremos subir. Podemos saber à partida que será impossível subir a montanha até ao fim, mas mesmo assim é aquela montanha que queremos subir e não outra. Tarefa 1: Quais os momentos mais marcantes na história do Agrupamento. O que mais gosto no Agrupamento. Para os convidados, o que os levou a aceitar este convite, o que vos chamou a atenção para aceitar este convite 1. Somos um agrupamento. Quem é o nosso público-alvo. Para quem nós vamos prestar o serviço que a escola vai prestar? 2. Quais são as atuais e possíveis futuras ameaças que a nossa escola enfrenta? 3. Qual é a nossa missão? Quais os serviços que prestamos ou devemos prestar? Que produtos a escola pode desenvolver? 4. Quais os valores que devemos defender? Qual a nossa personalidade? Se fossemos uma cor ou duas? Se fossemos um livro? Se fossemos um filme? Se fossemos uma personagem histórica? Se fossemos um herói? Se fossemos uma música? 5. Porque é que acreditamos que podemos realizar um projeto com sucesso? 6. Em que é que nos distinguimos ou queremos distinguir em relação às outras escolas. Tarefa 3: Com estas características, como é que será o Agrupamento daqui a 10 anos se tudo correr na perfeição? Tarefa 4: Para este efeito quais são as áreas mais importantes que temos de desenvolver nós próximos anos? Tarefa 5: Se quiséssemos resumir todas estas noções numa frase qual seria? Horário: 9:00 Receção 9:20 Partida 9:40 Chegada 10:00 Introdução, história do Agrupamento e Tarefa 1 10:40 Pergunta 1 11:20 Pergunta 2 12:00 Pergunta 3 12:40 Pergunta 4 13:20 Tarefa 2: Almoço 15:00 Pergunta 5 15:40 Pergunta 6 16:20 Tarefa 3: Visão 17:00 Tarefa 4: Áreas 17:30 Tarefa 5: Lema 18:00 Final dos trabalhos