SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
1. ANTECEDENTES INFLUÊNCIA ILUMINISTAS
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
O iluminismo chegou à América por conta
dos estudantes crioullos, que retornavam da
Europa;
 Influência Iluministas
INDEPENDÊNCIA DOS EUA1. ANTECEDENTES
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
A Independência dos EUA, tonou-se um
exemplo a ser tomado por todos os
americanos;
 Influência Iluministas
 Independência do EUA
REVOLUÇÃO FRANCESA1. ANTECEDENTES
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
A Revolução Francesa foi o principal
movimento burguês revolucionário do
século XVIII, no qual a iniciativa contra o
Antigo Regime tentou impor um governo
iluminista burguês sobre o antigo sistema
absolutista.
 Influência Iluministas
 Independência do EUA
 Revolução francesa
Chegada de José Bonaparte ao trono espanhol1. ANTECEDENTES
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
A ascensão de Napoleão Bonaparte ao trono
francês= ao promover a invasão de Portugal,
Napoleão depôs o rei espanhol e promoveu o
seu irmão, José Bonaparte. Essa mudança de
governo desestabilizou o reino e contribuiu
para os movimentos na América Espanhola.
 Influência Iluministas
 Independência do EUA
 Revolução francesa
 Chegada de José Bonaparte ao trono
espanhol
Revolução Industrial
1. ANTECEDENTES
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
A Revolução Industrial na Inglaterra, foi
responsável pelo apoio dos ingleses à
independência na América, pois os britânicos
tinham o interesse em explorar a mão de
obra barata, além de conquista mercados
consumidores e extrair a matéria prima
destas regiões.
 Influência Iluministas
 Independência do EUA
 Revolução francesa
 Chegada de José Bonaparte ao trono
espanhol
 Revolução Industrial na Inglaterra
Perda do controle sobre as colônias1. ANTECEDENTES
2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
O Pacto Colonial obrigava as colônias a
comercializar exclusivamente com suas
metrópoles. Mas, com as invasões
napoleônicas, os líderes locais (Chapetones) se
recusavam a manter este acordo e passaram a
lutar pela independência.
Vice-reinos e Capitanias1. ANTECEDENTES
2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL
3. DIVISÃO COLONIAL
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
OS VICE-REINOS TINHAM AS FUNÇÕES
ADMINISTRATIVAS:
- Vice-reino da Nova Espanha (Atual México);
- Vice-reino da Nova Granada (Atual
Colômbia e Equador);
- Vice reino do Peru (Atual Peru);
- Vice-reino do Prata (atual Argentina,
Uruguai e Paraguai).
AS CAPITANIAS TINHAM FUNÇÃO DE
DEFENSIVAS
- Capitania de Cuba;
- Capitania de Guatemala;
- Capitania da Venezuela;
- Capitania de Chile;
Pirâmide social1. ANTECEDENTES
2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL
3. DIVISÃO COLONIAL
4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
Chapetones: Colonos brancos nascidos na Espanha,
eram privilegiados e ocupavam todos os cargos do alto
escalão administrativo .
Os criollos formavam uma elite nascida em solo
americano, descendentes dos espanhóis. Eram ricos,
proprietários de terras , minas e comerciantes.
A mistura entre brancos e índios criou uma camada de
mestiços.
A população negra escrava, era pequena, e, foi usada
como mão de obra , principalmente nas Antilhas.
Os nativos formavam a maioria da população e eram
explorados pela MITA e pela ENCOMIENDA.
Criollos
Mestiços
Escravos
Nativos
Chapetones
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
Inspirado nas ideias iluministas após estudar
na Universidade de São Marcos em Lima, no
Peru, Tupac Amaru II deu início à revolta
contra os abusos dos espanhóis sobre a
população nativa peruana. Apesar de ser
considerada a primeira mania rebelião durou
apenas um ano. Tupac Amaru foi capturado,
torturado e morto para servir de exemplo,
além dele foram mortos 80 mil rebeldes.
1. ANTECEDENTES
2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL
3. DIVISÃO COLONIAL
4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA
5. REVOLTAS SEPARATISTAS
Tupac Amaru (1780 – Peru)
José Gabriel Condorcánqui Nogueira (1738-1781)
Essa revolta teve a participação de índios,
escravos, mestiços e criollos (que se
influenciaram pelas ideias iluministas).
 Revolta de Tupac Amaru
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
1. ANTECEDENTES
2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL
3. DIVISÃO COLONIAL
4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA
5. REVOLTAS SEPARATISTAS
Independência do México (1810)
(1810 – 1813) Os padres Miguel Hidalgo e
José Morelos lideraram o movimento de
independência, mas foram traídos pelos
criollos e chapetones (elite).
(1821) O general Algustín de Itúrbide
liderou os Criollos e se auto proclamou
imperador do México, mas só governou até
1830, quando os criollos, insatisfeitos com
o autoritarismo de Itúrbide, o depuseram e
proclamaram a República Mexicana
(Estados Unidos do México).
Esse movimento de independência foi
marcado pelo conflito entre as classes mais
pobres (índios e mestiços) e a elite (Criollos
e Chapetones).
 Revolta de Tupac Amaru
 Independência do México
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
1. ANTECEDENTES
2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL
3. DIVISÃO COLONIAL
4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA
5. REVOLTAS SEPARATISTAS
Independência da América Central (1821)
A partir de 1821, os povos centro americanos se declararam livres da Espanha. Em 1823
formaram as Províncias Unidas da América Central. A união foi desfeita em 1838 por pressão
da Inglaterra, interessada em dominar os mercados consumidores e a produção de matérias
primas da América . Com o fim da Confederação nasceram as nações independentes de
Honduras, Nicarágua, El Salvador e Costa Rica.
 Revolta de Tupac Amaru
 Independência do México
 Independência da América Central
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
1. ANTECEDENTES
2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL
3. DIVISÃO COLONIAL
4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA
5. REVOLTAS SEPARATISTAS
Independência do Paraguai (1811)
O Paraguai teve sua independência
Proclamada por José Gaspar Rodrigues
Francia, em 1811, e iniciou um
desenvolvimento isolacionista, que o tornou
um dos principais Estados da primeira
metade do século XIX na América.
Primeiro presidente do Paraguai
 Revolta de Tupac Amaru
 Independência do México
 Independência da América Central
 Independência do Paraguai
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
1. ANTECEDENTES
2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL
3. DIVISÃO COLONIAL
4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA
5. REVOLTAS SEPARATISTAS
José de San Martín e a independência da
Argentina, do Chile e Peru.
O aristocrata argentino José San Martín
liderou o movimento de independência da
Argentina em 1816. Organizou o exército dos
Andes para enfrentar as tropas espanholas.
Os soldados de Sam Martín atravessaram a
Cordilheira dos Andes e auxiliaram a luta pela
independência do Chile (1818) e do Peru
(1821), no qual tornou-se o primeiro
presidente.
Primeiro presidente do Peru
 Revolta de Tupac Amaru
 Independência do México
 Independência da América Central
 Independência do Paraguai
 Independência da Argentina, Chile e Peru
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
1. ANTECEDENTES
2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL
3. DIVISÃO COLONIAL
4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA
5. REVOLTAS SEPARATISTAS
Simon Bolívar e a independência da
Venezuela (1813), Colômbia (1814) e Equador
(1815).
O venezuelano Simón Bolívar, o Libertador,
formou um exército de criollos, mestiços,
negros libertos e voluntários estrangeiros,
que comandou e conquistou a independência
da Venezuela (1813), Colômbia (1814),
Equador (1815) e Bolívia (1825).
Simón Bolívar defendia a ideia de unificação
da América Latina, mas, no Congresso do
Panamá, poucos países compareceram e o
Bolívar fracassou.
 Revolta de Tupac Amaru
 Independência do México
 Independência da América Central
 Independência do Paraguai
 Independência da Argentina, Chile e Peru
 Independência da Venezuela, Colômbia e
Equador
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
1. ANTECEDENTES
2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL
3. DIVISÃO COLONIAL
4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA
5. REVOLTAS SEPARATISTAS
6. PÓS-INDEPENDÊNCIA
 Simó Bolívar não atingiu o seu objetivo
pois a América Hispânica fragmentou-se
em vários Estados;
 Prevaleceu o poder caudilhista, ou seja, as
antigas forças políticas (latifundiários) se
mantiveram no poder. Estes, toda via,
eram carismáticos e tinham o apoio do
povo.
 A exploração imperialista dos ingleses
foram barradas pelos norte-americanos
através da Doutrina Monroe (1823), que
tinha como lema “América para os
americanos”.
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
Hoje a América é um continente independente?
O Presidente da VENEZUELA, HUGO
CHÁVEZ, afirmou que o MERCOSUL é um
novo Movimento de Independência da
AMÉRICA LATINA que o Mundo deve
reconhecer e respeitar e deve respeitar,
também, a Soberania dos Países Latino-
Americanos.
Hugo Chaves morreu em 5 de março de 2013, o vice, Nicolás Maduro, é o
presidente da Venezuela na atualidade.
Independência da américa espanhola

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilDouglas Barraqui
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesaJanayna Lira
 
E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.Privada
 
Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)Edenilson Morais
 
Imperialismo: A Partilha da África
Imperialismo: A Partilha da ÁfricaImperialismo: A Partilha da África
Imperialismo: A Partilha da ÁfricaCarlos Benjoino Bidu
 
America espanhola
America espanholaAmerica espanhola
America espanholajoana71
 
Imperialismo e Neocolonialismo
Imperialismo e NeocolonialismoImperialismo e Neocolonialismo
Imperialismo e NeocolonialismoEdenilson Morais
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraDouglas Barraqui
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitariosCreusa Lima
 
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano - Brasil Império: Segundo ReinadoDaniel Alves Bronstrup
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)Daniel Alves Bronstrup
 
Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismoImperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismoPaulo Alexandre
 

Mais procurados (20)

América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
 
3º ano era vargas
3º ano   era vargas3º ano   era vargas
3º ano era vargas
 
Astecas maias e incas
Astecas maias e incasAstecas maias e incas
Astecas maias e incas
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
 
Revolução Cubana
Revolução CubanaRevolução Cubana
Revolução Cubana
 
E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.
 
Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)
 
Imperialismo: A Partilha da África
Imperialismo: A Partilha da ÁfricaImperialismo: A Partilha da África
Imperialismo: A Partilha da África
 
America espanhola
America espanholaAmerica espanhola
America espanhola
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Revoluções inglesas
Revoluções inglesasRevoluções inglesas
Revoluções inglesas
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Imperialismo e Neocolonialismo
Imperialismo e NeocolonialismoImperialismo e Neocolonialismo
Imperialismo e Neocolonialismo
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
 
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
 
Colonização da América
Colonização da AméricaColonização da América
Colonização da América
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
 
Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismoImperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo
 

Semelhante a Independência da américa espanhola

independencia da america espanhola.pptx
independencia da america espanhola.pptxindependencia da america espanhola.pptx
independencia da america espanhola.pptxDouglasPereira177705
 
Cap. 03 ind. da america espanhola
Cap. 03   ind. da america espanholaCap. 03   ind. da america espanhola
Cap. 03 ind. da america espanholaEvanildo Pitombeira
 
Independência das Colônias Espanholas
Independência das Colônias EspanholasIndependência das Colônias Espanholas
Independência das Colônias EspanholasGmsantos23
 
Independência das colônias espanholas
Independência das colônias espanholasIndependência das colônias espanholas
Independência das colônias espanholasFatima Freitas
 
A independência da américa espanhola
A independência da américa espanholaA independência da américa espanhola
A independência da américa espanholahistoriando
 
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLAIsabel Aguiar
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América EspanholaEdenilson Morais
 
Independência américa espanhola
Independência américa espanholaIndependência américa espanhola
Independência américa espanholaIzaac Erder
 
Independência na américa espanhola
Independência na américa espanholaIndependência na américa espanhola
Independência na américa espanholaAdauto Ferreira
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América EspanholaClaudenilson da Silva
 

Semelhante a Independência da américa espanhola (20)

Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
independencia da america espanhola.pptx
independencia da america espanhola.pptxindependencia da america espanhola.pptx
independencia da america espanhola.pptx
 
Ind a espanhola_texto 9_2007
Ind a espanhola_texto 9_2007Ind a espanhola_texto 9_2007
Ind a espanhola_texto 9_2007
 
Ind a espanhola_texto 9_2007
Ind a espanhola_texto 9_2007Ind a espanhola_texto 9_2007
Ind a espanhola_texto 9_2007
 
Independência da américa espanhola 2013
Independência da américa espanhola 2013Independência da américa espanhola 2013
Independência da américa espanhola 2013
 
Cap. 03 ind. da america espanhola
Cap. 03   ind. da america espanholaCap. 03   ind. da america espanhola
Cap. 03 ind. da america espanhola
 
Independência das Colônias Espanholas
Independência das Colônias EspanholasIndependência das Colônias Espanholas
Independência das Colônias Espanholas
 
Independência das colônias espanholas
Independência das colônias espanholasIndependência das colônias espanholas
Independência das colônias espanholas
 
A independência da américa espanhola
A independência da américa espanholaA independência da américa espanhola
A independência da américa espanhola
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Capitulo 08 indep da america espanhola
Capitulo 08  indep da america espanholaCapitulo 08  indep da america espanhola
Capitulo 08 indep da america espanhola
 
slideindepmxicoehaitiblog-170519011521.pdf
slideindepmxicoehaitiblog-170519011521.pdfslideindepmxicoehaitiblog-170519011521.pdf
slideindepmxicoehaitiblog-170519011521.pdf
 
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
 
América espanhola
América espanholaAmérica espanhola
América espanhola
 
América espanhola
América espanholaAmérica espanhola
América espanhola
 
América espanhola
América espanholaAmérica espanhola
América espanhola
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Independência américa espanhola
Independência américa espanholaIndependência américa espanhola
Independência américa espanhola
 
Independência na américa espanhola
Independência na américa espanholaIndependência na américa espanhola
Independência na américa espanhola
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 

Mais de Murilo Benevides

Mais de Murilo Benevides (19)

Formação dos Estados Nacionais Modernos
Formação dos Estados Nacionais ModernosFormação dos Estados Nacionais Modernos
Formação dos Estados Nacionais Modernos
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Primera Guerra Mundial
Primera Guerra MundialPrimera Guerra Mundial
Primera Guerra Mundial
 
Crescente fértil
Crescente fértilCrescente fértil
Crescente fértil
 
Pré-história
Pré-históriaPré-história
Pré-história
 
Século xix
Século xixSéculo xix
Século xix
 
Independência dos eua
Independência dos euaIndependência dos eua
Independência dos eua
 
Baixa idade média ocidental
Baixa idade média ocidentalBaixa idade média ocidental
Baixa idade média ocidental
 
Alta idade média ocidental
Alta idade média ocidentalAlta idade média ocidental
Alta idade média ocidental
 
Idade média oriental
Idade média orientalIdade média oriental
Idade média oriental
 
Roma antica civilização ocidental
Roma antica   civilização ocidentalRoma antica   civilização ocidental
Roma antica civilização ocidental
 
Independência da América Espanhol
Independência da América EspanholIndependência da América Espanhol
Independência da América Espanhol
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Grécia Antiga (Civilização Ocidental)
Grécia Antiga (Civilização Ocidental)Grécia Antiga (Civilização Ocidental)
Grécia Antiga (Civilização Ocidental)
 
Pré-história
Pré-históriaPré-história
Pré-história
 
Pré-história e os Povos da Mesopotâmia
Pré-história e os Povos da MesopotâmiaPré-história e os Povos da Mesopotâmia
Pré-história e os Povos da Mesopotâmia
 
Introdução ao estudo da história
Introdução ao estudo da históriaIntrodução ao estudo da história
Introdução ao estudo da história
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 

Último

PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasCasa Ciências
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfdottoor
 

Último (20)

PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
 

Independência da américa espanhola

  • 1.
  • 2. 1. ANTECEDENTES INFLUÊNCIA ILUMINISTAS INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA O iluminismo chegou à América por conta dos estudantes crioullos, que retornavam da Europa;  Influência Iluministas
  • 3. INDEPENDÊNCIA DOS EUA1. ANTECEDENTES INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA A Independência dos EUA, tonou-se um exemplo a ser tomado por todos os americanos;  Influência Iluministas  Independência do EUA
  • 4. REVOLUÇÃO FRANCESA1. ANTECEDENTES INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA A Revolução Francesa foi o principal movimento burguês revolucionário do século XVIII, no qual a iniciativa contra o Antigo Regime tentou impor um governo iluminista burguês sobre o antigo sistema absolutista.  Influência Iluministas  Independência do EUA  Revolução francesa
  • 5. Chegada de José Bonaparte ao trono espanhol1. ANTECEDENTES INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA A ascensão de Napoleão Bonaparte ao trono francês= ao promover a invasão de Portugal, Napoleão depôs o rei espanhol e promoveu o seu irmão, José Bonaparte. Essa mudança de governo desestabilizou o reino e contribuiu para os movimentos na América Espanhola.  Influência Iluministas  Independência do EUA  Revolução francesa  Chegada de José Bonaparte ao trono espanhol
  • 6. Revolução Industrial 1. ANTECEDENTES INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA A Revolução Industrial na Inglaterra, foi responsável pelo apoio dos ingleses à independência na América, pois os britânicos tinham o interesse em explorar a mão de obra barata, além de conquista mercados consumidores e extrair a matéria prima destas regiões.  Influência Iluministas  Independência do EUA  Revolução francesa  Chegada de José Bonaparte ao trono espanhol  Revolução Industrial na Inglaterra
  • 7. Perda do controle sobre as colônias1. ANTECEDENTES 2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA O Pacto Colonial obrigava as colônias a comercializar exclusivamente com suas metrópoles. Mas, com as invasões napoleônicas, os líderes locais (Chapetones) se recusavam a manter este acordo e passaram a lutar pela independência.
  • 8. Vice-reinos e Capitanias1. ANTECEDENTES 2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL 3. DIVISÃO COLONIAL INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA OS VICE-REINOS TINHAM AS FUNÇÕES ADMINISTRATIVAS: - Vice-reino da Nova Espanha (Atual México); - Vice-reino da Nova Granada (Atual Colômbia e Equador); - Vice reino do Peru (Atual Peru); - Vice-reino do Prata (atual Argentina, Uruguai e Paraguai). AS CAPITANIAS TINHAM FUNÇÃO DE DEFENSIVAS - Capitania de Cuba; - Capitania de Guatemala; - Capitania da Venezuela; - Capitania de Chile;
  • 9. Pirâmide social1. ANTECEDENTES 2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL 3. DIVISÃO COLONIAL 4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA Chapetones: Colonos brancos nascidos na Espanha, eram privilegiados e ocupavam todos os cargos do alto escalão administrativo . Os criollos formavam uma elite nascida em solo americano, descendentes dos espanhóis. Eram ricos, proprietários de terras , minas e comerciantes. A mistura entre brancos e índios criou uma camada de mestiços. A população negra escrava, era pequena, e, foi usada como mão de obra , principalmente nas Antilhas. Os nativos formavam a maioria da população e eram explorados pela MITA e pela ENCOMIENDA. Criollos Mestiços Escravos Nativos Chapetones
  • 10. INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA Inspirado nas ideias iluministas após estudar na Universidade de São Marcos em Lima, no Peru, Tupac Amaru II deu início à revolta contra os abusos dos espanhóis sobre a população nativa peruana. Apesar de ser considerada a primeira mania rebelião durou apenas um ano. Tupac Amaru foi capturado, torturado e morto para servir de exemplo, além dele foram mortos 80 mil rebeldes. 1. ANTECEDENTES 2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL 3. DIVISÃO COLONIAL 4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA 5. REVOLTAS SEPARATISTAS Tupac Amaru (1780 – Peru) José Gabriel Condorcánqui Nogueira (1738-1781) Essa revolta teve a participação de índios, escravos, mestiços e criollos (que se influenciaram pelas ideias iluministas).  Revolta de Tupac Amaru
  • 11. INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA 1. ANTECEDENTES 2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL 3. DIVISÃO COLONIAL 4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA 5. REVOLTAS SEPARATISTAS Independência do México (1810) (1810 – 1813) Os padres Miguel Hidalgo e José Morelos lideraram o movimento de independência, mas foram traídos pelos criollos e chapetones (elite). (1821) O general Algustín de Itúrbide liderou os Criollos e se auto proclamou imperador do México, mas só governou até 1830, quando os criollos, insatisfeitos com o autoritarismo de Itúrbide, o depuseram e proclamaram a República Mexicana (Estados Unidos do México). Esse movimento de independência foi marcado pelo conflito entre as classes mais pobres (índios e mestiços) e a elite (Criollos e Chapetones).  Revolta de Tupac Amaru  Independência do México
  • 12. INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA 1. ANTECEDENTES 2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL 3. DIVISÃO COLONIAL 4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA 5. REVOLTAS SEPARATISTAS Independência da América Central (1821) A partir de 1821, os povos centro americanos se declararam livres da Espanha. Em 1823 formaram as Províncias Unidas da América Central. A união foi desfeita em 1838 por pressão da Inglaterra, interessada em dominar os mercados consumidores e a produção de matérias primas da América . Com o fim da Confederação nasceram as nações independentes de Honduras, Nicarágua, El Salvador e Costa Rica.  Revolta de Tupac Amaru  Independência do México  Independência da América Central
  • 13. INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA 1. ANTECEDENTES 2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL 3. DIVISÃO COLONIAL 4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA 5. REVOLTAS SEPARATISTAS Independência do Paraguai (1811) O Paraguai teve sua independência Proclamada por José Gaspar Rodrigues Francia, em 1811, e iniciou um desenvolvimento isolacionista, que o tornou um dos principais Estados da primeira metade do século XIX na América. Primeiro presidente do Paraguai  Revolta de Tupac Amaru  Independência do México  Independência da América Central  Independência do Paraguai
  • 14. INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA 1. ANTECEDENTES 2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL 3. DIVISÃO COLONIAL 4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA 5. REVOLTAS SEPARATISTAS José de San Martín e a independência da Argentina, do Chile e Peru. O aristocrata argentino José San Martín liderou o movimento de independência da Argentina em 1816. Organizou o exército dos Andes para enfrentar as tropas espanholas. Os soldados de Sam Martín atravessaram a Cordilheira dos Andes e auxiliaram a luta pela independência do Chile (1818) e do Peru (1821), no qual tornou-se o primeiro presidente. Primeiro presidente do Peru  Revolta de Tupac Amaru  Independência do México  Independência da América Central  Independência do Paraguai  Independência da Argentina, Chile e Peru
  • 15. INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA 1. ANTECEDENTES 2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL 3. DIVISÃO COLONIAL 4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA 5. REVOLTAS SEPARATISTAS Simon Bolívar e a independência da Venezuela (1813), Colômbia (1814) e Equador (1815). O venezuelano Simón Bolívar, o Libertador, formou um exército de criollos, mestiços, negros libertos e voluntários estrangeiros, que comandou e conquistou a independência da Venezuela (1813), Colômbia (1814), Equador (1815) e Bolívia (1825). Simón Bolívar defendia a ideia de unificação da América Latina, mas, no Congresso do Panamá, poucos países compareceram e o Bolívar fracassou.  Revolta de Tupac Amaru  Independência do México  Independência da América Central  Independência do Paraguai  Independência da Argentina, Chile e Peru  Independência da Venezuela, Colômbia e Equador
  • 16. INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA 1. ANTECEDENTES 2. QUEBRA DO PACTO COLONIAL 3. DIVISÃO COLONIAL 4. POPULAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA 5. REVOLTAS SEPARATISTAS 6. PÓS-INDEPENDÊNCIA  Simó Bolívar não atingiu o seu objetivo pois a América Hispânica fragmentou-se em vários Estados;  Prevaleceu o poder caudilhista, ou seja, as antigas forças políticas (latifundiários) se mantiveram no poder. Estes, toda via, eram carismáticos e tinham o apoio do povo.  A exploração imperialista dos ingleses foram barradas pelos norte-americanos através da Doutrina Monroe (1823), que tinha como lema “América para os americanos”.
  • 17. INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA Hoje a América é um continente independente?
  • 18.
  • 19. O Presidente da VENEZUELA, HUGO CHÁVEZ, afirmou que o MERCOSUL é um novo Movimento de Independência da AMÉRICA LATINA que o Mundo deve reconhecer e respeitar e deve respeitar, também, a Soberania dos Países Latino- Americanos. Hugo Chaves morreu em 5 de março de 2013, o vice, Nicolás Maduro, é o presidente da Venezuela na atualidade.