SlideShare uma empresa Scribd logo

Nf-e: o desafio dos empreendedores junto ao fisco digital - palestra feira do empreendedor 2012

NF-e: o desafio dos empreendedores junto ao fisco digital - palestra feira do empreendedor 2012

1 de 25
24/03/2012




Nota Fiscal Eletrônica: o desafio dos
empreendedores junto ao fisco digital

Palestrante: Marco Antônio Medeiros




    Sua empresa está pagando
         muito imposto?




                                                1
24/03/2012




Sua empresa está pagando
     muito imposto?




     363 BILHÕES




                                   2
24/03/2012




              Sua empresa está atualizada
                a legislação tributária?




              33 Normas Tributárias por dia




Fonte: IBPT




                                                      3
24/03/2012




              1,3 norma tributária por hora



Fonte: IBPT




              5,9 quilômetros de normas
                       tributária

               Impressas em papel A4
                   Letra Tipo 12




                                                      4
24/03/2012




  Sua empresa cumpre
as obrigações tributárias?




   Obrigação Tributária


          “obrigação principal”




                                          5
24/03/2012




        Obrigação Tributária

“obrigação acessória”




 Sua empresa está preparada
    para o relacionamento
            digital?




                                       6

Recomendados

Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de SupermercadosPalestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de SupermercadosRoberto Dias Duarte
 
Curso sobre SPED, Itabira - 20-11-2009
Curso sobre SPED, Itabira - 20-11-2009Curso sobre SPED, Itabira - 20-11-2009
Curso sobre SPED, Itabira - 20-11-2009Roberto Dias Duarte
 
Palestra de Mauro Nerguni sobre SPED em Maringá
Palestra de Mauro Nerguni sobre SPED em MaringáPalestra de Mauro Nerguni sobre SPED em Maringá
Palestra de Mauro Nerguni sobre SPED em MaringáDecision IT
 
CRC/MG: Impactos do SPED Contábil na prestação de serviços contábeis
CRC/MG: Impactos do SPED Contábil na prestação de serviços contábeisCRC/MG: Impactos do SPED Contábil na prestação de serviços contábeis
CRC/MG: Impactos do SPED Contábil na prestação de serviços contábeisRoberto Dias Duarte
 
Apresentação EDSON LIMA taxweb fórum_palmas_29112012_alterado
Apresentação EDSON LIMA taxweb fórum_palmas_29112012_alteradoApresentação EDSON LIMA taxweb fórum_palmas_29112012_alterado
Apresentação EDSON LIMA taxweb fórum_palmas_29112012_alteradoProfessor Edgar Madruga
 
Contabilidade nf nota fiscal eletronica
Contabilidade nf nota fiscal eletronicaContabilidade nf nota fiscal eletronica
Contabilidade nf nota fiscal eletronicaapostilacontabil
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Curso: SPED e Geração Y: Tudo a ver
Curso: SPED e Geração Y: Tudo a verCurso: SPED e Geração Y: Tudo a ver
Curso: SPED e Geração Y: Tudo a verRoberto Dias Duarte
 
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011dygos2
 
GS1 Brasil N Fe
GS1 Brasil N FeGS1 Brasil N Fe
GS1 Brasil N Fehsalvanha
 
Curso: NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0
Curso: NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0  Curso: NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0
Curso: NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0 Roberto Dias Duarte
 
Nota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica Fernando Salles
 
SINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E
SINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-ESINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E
SINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-Edenisfiscal
 
Nota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal EletrônicaNota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal EletrônicaLuiz Bettega
 
Manual nota fiscal eletronica
Manual nota fiscal eletronicaManual nota fiscal eletronica
Manual nota fiscal eletronicaPalmieres Mota
 
Fórum SPED POA - Documentos Fiscais Eletrônicos - Eduardo Battistella
Fórum SPED POA - Documentos Fiscais Eletrônicos - Eduardo BattistellaFórum SPED POA - Documentos Fiscais Eletrônicos - Eduardo Battistella
Fórum SPED POA - Documentos Fiscais Eletrônicos - Eduardo Battistelladecision-it
 
Nota fiscal eletrônica
Nota fiscal eletrônicaNota fiscal eletrônica
Nota fiscal eletrônicaRafhael Sena
 
A Evolução do Fisco, das Empresas e dos Profissionais
A Evolução do Fisco, das Empresas e dos ProfissionaisA Evolução do Fisco, das Empresas e dos Profissionais
A Evolução do Fisco, das Empresas e dos ProfissionaisJose Adriano Pinto
 
Webaula1
Webaula1Webaula1
Webaula1dygos2
 
Diferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFe
Diferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFeDiferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFe
Diferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFeVemartin IT Consulting
 
Apresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Apresentação SPED Contábil - Márcio TonelliApresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Apresentação SPED Contábil - Márcio TonelliRoberto Dias Duarte
 
SPED: Uma Visão Empresarial - Slides da Palestra realizada na Mastermaq em 26...
SPED: Uma Visão Empresarial - Slides da Palestra realizada na Mastermaq em 26...SPED: Uma Visão Empresarial - Slides da Palestra realizada na Mastermaq em 26...
SPED: Uma Visão Empresarial - Slides da Palestra realizada na Mastermaq em 26...Roberto Dias Duarte
 

Mais procurados (20)

Curso: SPED e Geração Y: Tudo a ver
Curso: SPED e Geração Y: Tudo a verCurso: SPED e Geração Y: Tudo a ver
Curso: SPED e Geração Y: Tudo a ver
 
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
 
GS1 Brasil N Fe
GS1 Brasil N FeGS1 Brasil N Fe
GS1 Brasil N Fe
 
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPISPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
 
Curso: NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0
Curso: NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0  Curso: NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0
Curso: NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0
 
Nota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica
 
Nota Fiscal Eletronica Resumo
Nota Fiscal Eletronica ResumoNota Fiscal Eletronica Resumo
Nota Fiscal Eletronica Resumo
 
SINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E
SINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-ESINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E
SINTESE DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E
 
Nota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal EletrônicaNota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica
 
Manual nota fiscal eletronica
Manual nota fiscal eletronicaManual nota fiscal eletronica
Manual nota fiscal eletronica
 
NFe Nota Fiscal Eletronica
NFe Nota Fiscal EletronicaNFe Nota Fiscal Eletronica
NFe Nota Fiscal Eletronica
 
Palestra Nota Fiscal Eletronica
Palestra Nota Fiscal EletronicaPalestra Nota Fiscal Eletronica
Palestra Nota Fiscal Eletronica
 
Fórum SPED POA - Documentos Fiscais Eletrônicos - Eduardo Battistella
Fórum SPED POA - Documentos Fiscais Eletrônicos - Eduardo BattistellaFórum SPED POA - Documentos Fiscais Eletrônicos - Eduardo Battistella
Fórum SPED POA - Documentos Fiscais Eletrônicos - Eduardo Battistella
 
Nota fiscal eletrônica
Nota fiscal eletrônicaNota fiscal eletrônica
Nota fiscal eletrônica
 
A Evolução do Fisco, das Empresas e dos Profissionais
A Evolução do Fisco, das Empresas e dos ProfissionaisA Evolução do Fisco, das Empresas e dos Profissionais
A Evolução do Fisco, das Empresas e dos Profissionais
 
Webaula1
Webaula1Webaula1
Webaula1
 
Diferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFe
Diferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFeDiferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFe
Diferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFe
 
Apresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Apresentação SPED Contábil - Márcio TonelliApresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Apresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
 
Projeto nacional NF-e
Projeto nacional NF-eProjeto nacional NF-e
Projeto nacional NF-e
 
SPED: Uma Visão Empresarial - Slides da Palestra realizada na Mastermaq em 26...
SPED: Uma Visão Empresarial - Slides da Palestra realizada na Mastermaq em 26...SPED: Uma Visão Empresarial - Slides da Palestra realizada na Mastermaq em 26...
SPED: Uma Visão Empresarial - Slides da Palestra realizada na Mastermaq em 26...
 

Semelhante a Nf-e: o desafio dos empreendedores junto ao fisco digital - palestra feira do empreendedor 2012

Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010
Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010
Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010guest341c8bb
 
#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação
#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação
#SPED: NF-e: SEF/MG: ApresentaçãoRoberto Dias Duarte
 
Apresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFB
Apresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFBApresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFB
Apresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFBRoberto Dias Duarte
 
Contabilidade nf nota fiscal eletronica
Contabilidade nf nota fiscal eletronicaContabilidade nf nota fiscal eletronica
Contabilidade nf nota fiscal eletronicaapostilacontabil
 
Fisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitadosFisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitadosRafhael Sena
 
Manual IOB NF-e | Seleção IOB Tributária | IOB e-Store
Manual  IOB NF-e | Seleção IOB Tributária | IOB e-StoreManual  IOB NF-e | Seleção IOB Tributária | IOB e-Store
Manual IOB NF-e | Seleção IOB Tributária | IOB e-StoreIOB News
 
Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012
Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012
Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012Tania Gurgel
 
Curso NFe Mod. 55 Versão 2.0
Curso NFe Mod. 55 Versão 2.0Curso NFe Mod. 55 Versão 2.0
Curso NFe Mod. 55 Versão 2.0Infofisco
 
GRV Software NFe Moldes ABM Fev2010
GRV Software NFe Moldes ABM Fev2010GRV Software NFe Moldes ABM Fev2010
GRV Software NFe Moldes ABM Fev2010Moldes ABM
 
Fisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Fisco Na Era Digital Risco A Serem EvitadosFisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Fisco Na Era Digital Risco A Serem EvitadosRafhael Sena
 
Minimize Riscos de Penalidades em sua Empresa [WEBINAR]
Minimize Riscos de Penalidades em sua Empresa [WEBINAR]Minimize Riscos de Penalidades em sua Empresa [WEBINAR]
Minimize Riscos de Penalidades em sua Empresa [WEBINAR]Artsoft Sistemas
 
Cartilha SPED Fiscal ICMS/IPI - SEFAZ-AM
Cartilha SPED Fiscal ICMS/IPI - SEFAZ-AMCartilha SPED Fiscal ICMS/IPI - SEFAZ-AM
Cartilha SPED Fiscal ICMS/IPI - SEFAZ-AMProfessor Edgar Madruga
 
Palestra Mauro Negruni - UFRGS
Palestra Mauro Negruni - UFRGSPalestra Mauro Negruni - UFRGS
Palestra Mauro Negruni - UFRGSdecision-it
 
NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0
NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0
NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0Roberto Dias Duarte
 

Semelhante a Nf-e: o desafio dos empreendedores junto ao fisco digital - palestra feira do empreendedor 2012 (20)

Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010
Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010
Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010
 
Big Brother Fiscal
Big Brother FiscalBig Brother Fiscal
Big Brother Fiscal
 
#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação
#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação
#SPED: NF-e: SEF/MG: Apresentação
 
Apresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFB
Apresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFBApresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFB
Apresentação sobre EFD PIS/COFINS - RFB
 
Contabilidade nf nota fiscal eletronica
Contabilidade nf nota fiscal eletronicaContabilidade nf nota fiscal eletronica
Contabilidade nf nota fiscal eletronica
 
NFe e cloud fiscal - Apresentação FIEB
NFe e cloud fiscal - Apresentação FIEBNFe e cloud fiscal - Apresentação FIEB
NFe e cloud fiscal - Apresentação FIEB
 
Fisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitadosFisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitados
 
Manual IOB NF-e | Seleção IOB Tributária | IOB e-Store
Manual  IOB NF-e | Seleção IOB Tributária | IOB e-StoreManual  IOB NF-e | Seleção IOB Tributária | IOB e-Store
Manual IOB NF-e | Seleção IOB Tributária | IOB e-Store
 
Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012
Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012
Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012
 
Curso NFe Mod. 55 Versão 2.0
Curso NFe Mod. 55 Versão 2.0Curso NFe Mod. 55 Versão 2.0
Curso NFe Mod. 55 Versão 2.0
 
GRV Software NFe Moldes ABM Fev2010
GRV Software NFe Moldes ABM Fev2010GRV Software NFe Moldes ABM Fev2010
GRV Software NFe Moldes ABM Fev2010
 
Fisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Fisco Na Era Digital Risco A Serem EvitadosFisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Fisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
 
NFe 2G (Segunda Geração)
NFe 2G (Segunda Geração) NFe 2G (Segunda Geração)
NFe 2G (Segunda Geração)
 
Minimize Riscos de Penalidades em sua Empresa [WEBINAR]
Minimize Riscos de Penalidades em sua Empresa [WEBINAR]Minimize Riscos de Penalidades em sua Empresa [WEBINAR]
Minimize Riscos de Penalidades em sua Empresa [WEBINAR]
 
Cartilha SPED Fiscal ICMS/IPI - SEFAZ-AM
Cartilha SPED Fiscal ICMS/IPI - SEFAZ-AMCartilha SPED Fiscal ICMS/IPI - SEFAZ-AM
Cartilha SPED Fiscal ICMS/IPI - SEFAZ-AM
 
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud FiscalNota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
 
NF-e, vem aí a "Cloud Fiscal"
NF-e, vem aí a "Cloud Fiscal"NF-e, vem aí a "Cloud Fiscal"
NF-e, vem aí a "Cloud Fiscal"
 
Documentos Fiscais - Novidades no DFe
Documentos Fiscais - Novidades no DFe Documentos Fiscais - Novidades no DFe
Documentos Fiscais - Novidades no DFe
 
Palestra Mauro Negruni - UFRGS
Palestra Mauro Negruni - UFRGSPalestra Mauro Negruni - UFRGS
Palestra Mauro Negruni - UFRGS
 
NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0
NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0
NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0
 

Último

Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 

Nf-e: o desafio dos empreendedores junto ao fisco digital - palestra feira do empreendedor 2012

  • 1. 24/03/2012 Nota Fiscal Eletrônica: o desafio dos empreendedores junto ao fisco digital Palestrante: Marco Antônio Medeiros Sua empresa está pagando muito imposto? 1
  • 2. 24/03/2012 Sua empresa está pagando muito imposto? 363 BILHÕES 2
  • 3. 24/03/2012 Sua empresa está atualizada a legislação tributária? 33 Normas Tributárias por dia Fonte: IBPT 3
  • 4. 24/03/2012 1,3 norma tributária por hora Fonte: IBPT 5,9 quilômetros de normas tributária Impressas em papel A4 Letra Tipo 12 4
  • 5. 24/03/2012 Sua empresa cumpre as obrigações tributárias? Obrigação Tributária “obrigação principal” 5
  • 6. 24/03/2012 Obrigação Tributária “obrigação acessória” Sua empresa está preparada para o relacionamento digital? 6
  • 7. 24/03/2012 Relacionamento Digital Sistema é um projeto implantado através de um acordo nacional Publico das autoridades tributárias. visa integrar os dados dos Escrituração contribuintes aos fiscos municipais, estaduais e federal, Digital mediante o compartilhamento das informações contábeis e fiscais. 7
  • 8. 24/03/2012 O que é SPED? BIG BROTHER FISCAL Abrangência SPED Iniciou-se com três grandes projetos: Escrituração Contábil Digital; Escrituração Fiscal Digital; NF-e - Ambiente Nacional. 8
  • 9. 24/03/2012 Linha de obrigatoriedade Quantidade de empresas em cada projeto Fonte: Roberto Dias Duarte NF-e Autorizadas? ANO 2012 4,3 Bilhões NF-e 791 Mil Emissores 9
  • 10. 24/03/2012 Nota Fiscal Eletrônica? § Iº Considera-se Nota Fiscal Eletrônica o documento emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital... Ajuste SINIEF 07/2005, Cláusula primeira Nota Fiscal Eletrônica? ...intuito de documentar operações e prestações, cuja validade jurídica é garantida pela assinatura digital do emitente... Ajuste SINIEF 07/2005, Cláusula primeira 10
  • 11. 24/03/2012 Nota Fiscal Eletrônica? ... autorização de uso pela administração tributária da unidade federada do contribuinte, antes da ocorrência do fato gerador. Ajuste SINIEF 07/2005, Cláusula primeira Oquê Mudou? Arquivo Digital “XML” 11
  • 12. 24/03/2012 Oquê fazer com o “XML”? § 7º O emitente da NF-e deverá, OBRIGATORIAMENTE, encaminhar ou disponibilizar download do arquivo da NF-e e seu respectivo Protocolo de Autorização de Uso: ...ao destinatário da mercadoria e ao transportador contratado imediatamente após o recebimento da autorização de uso da NF-e; Ajuste SINIEF 07/2005, Cláusula sétima Oquê fazer com o “XML”? O emitente e o destinatário deverão manter a NF-e em arquivo digital, sob sua guarda e responsabilidade, pelo prazo estabelecido na legislação tributária, mesmo que fora da empresa, devendo ser disponibilizado para a Administração Tributária quando solicitado. Ajuste SINIEF 07/2005, Cláusula décima 12
  • 13. 24/03/2012 Ainda existe papel? DANFE é NF-e? NÃO 13
  • 14. 24/03/2012 DANFE é ... NÃO Documento Auxiliar da NF-e, foi instituído para acompanhar o trânsito das mercadorias acobertado por NF-e ou para facilitar a consulta da NF-e. Ajuste SINIEF 07/2005, Cláusula nona Como verificar a autenticidade da NF-e? NÃO § 1º O destinatário deverá verificar a validade e autenticidade da NF-e e a existência de Autorização de Uso da NF-e. Ajuste SINIEF 07/2005, Cláusula décima 14
  • 15. 24/03/2012 Como verificar a autenticidade da NF-e? NÃO Consulta pelo site: www.nfe.fazenda.gov.br/portal Cancelamento da NF-e? Art. 1º Poderá o emitente solicitar o cancelamento da NF-e, em prazo não superior a 24 horas, contado do momento em que foi concedida a respectiva Autorização de Uso da NF-e, desde que não tenha ocorrido a circulação da mercadoria... Ato COTEPE/ICMS 35/10 15
  • 16. 24/03/2012 Empresas obrigadas a NF-e NÃO • Desenvolvam atividade industrial. Desenvolvam atividade de comércio atacadista ou de distribuição. Pratiquem saídas de mercadorias com destino a outra unidade da Federação. Forneçam mercadorias para a Administração Pública Modelo Operacional Envio NF-e 16
  • 17. 24/03/2012 Modelo Operacional Envio NF-e Vendedor Comprador Em cada operação o vendedor deve solicitar autorização de uso da NF- NF- e à SEFAZ Envia Recepção antes da NFE ocorrência do Fato Gerador Secretaria Fazenda Modelo Operacional Envio NF-e Vendedor Comprador A SEFAZ procederá à validação da NF-e NF- recebida. Envia NFE Validação Recepção: Recepção: • Assinatura Digital • Leiaute XML Validação • Numeração • Emitente Autorizado Secretaria Fazenda 17
  • 18. 24/03/2012 Modelo Operacional Envio NF-e Vendedor Se a análise for Comprador positiva, autorizará o uso de NF-e ... NF- Envia Devolve NFE Autorização de Uso NF-e NF- Validação Recepção: Recepção: • Assinatura Digital • Leiaute XML Validação • Numeração • Emitente Autorizado Secretaria Fazenda Modelo Operacional Envio NF-e Vendedor ... e retransmitirá a Comprador NF-e para a Receita NF- Federal. Federal. Envia Devolve NFE Autorização de Uso NF-e NF- Retransmite NF-e Receita Federal Secretaria Fazenda 18
  • 19. 24/03/2012 Modelo Operacional Envio NF-e Trânsito Autorizado - DANFE Comprador Vendedor Envia Devolve Autorizado o uso da Autorização NFE de Uso NF-e NF- NF-e naquela NF- operação, o DANFE acompanhará o trânsito da mercadoria ... Receita Federal Secretaria Fazenda Modelo Operacional Envio NF-e Trânsito Autorizado - DANFE Comprador Vendedor NF-e NF- ... e o vendedor enviará também o arquivo da NF-e para seu cliente. NF- Receita Federal Secretaria Fazenda 19
  • 20. 24/03/2012 Era uma vez... ...a ...a mágica empresarial A empresa que... comprava vendia 20
  • 21. 24/03/2012 A empresa que... comprava vendia A empresa que... 21
  • 22. 24/03/2012 A empresa que... Comprava por R$100,00 A empresa que... 22
  • 23. 24/03/2012 A empresa que... vendia por R$50,00 A empresa que... comprava 3 milhões/ano vendia 2,4 milhões/ano 23
  • 24. 24/03/2012 A sobrevivência dependerá... • Planejamento • Organização • Revisão de processos • Tecnologia • Trabalho em equipe • Educação continuada A sobrevivência dependerá... GESTÃO 24
  • 25. 24/03/2012 A sobrevivência dependerá... • Gestão Financeira • Gestão de Resultados • Gestão Custos • Gestão de Estoques • Gestão Processos • Gestão de Pessoas Muito Obrigado! Marco Medeiros Dúvidas, sugestões e críticas: treinamento@integrarcontabilidade.com.br 25