Curso: Cadeia Produtiva 2.0




“Somente se melhora o que se pode medir”
                                 Prof. Vicente Fa...
Qual é a novidade?
O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e?

Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um
doc...
Documento Eletrônico
Apresentação
                          "Conheço apenas a
                          minha ignorância”

                    ...
Empresas no Contexto do SPED




                    FCONT
                    e-Lalur
NF-e é XML assinado
DANFE é DANFE
Emitente & Destinátário
                                          Envio eletrônico (EDI)
        Contribuinte             ...
Obrigatoriedade da NF-e:
Protocolo ICMS 10/2007
Obrigatoriedade para 2010
Protocolo ICMS 42/2009

1º de dezembro de 2010, os contribuintes que, independentemente da
ativi...
Obrigatoriedade para 2010
Protocolo ICMS 42/2009:


•Cláusula quinta: “Ficam mantidas as obrigatoriedades e prazos
estabel...
Passos para NF-e
1. Nivelamento conceitual para todas as áreas
envolvidas.

2. NF-e é um projeto de gestão, elabore:
   – ...
Passos para NF-e
4. Analise e defina as questões fundamentais do
projeto:

  a) Emissão centralizada ou distribuída
  b) S...
Nota Fiscal Eletrônica 2.0
 Registro dos Eventos do Ciclo de Vida da NF-e

 Autorização                             Des...
Fluxo de Eventos
Fluxo de Eventos
Brasil-ID




            Fonte: www.brasil-id.org.br
Brasil-ID
            Posto fiscal:

            •Menor tempo de
            inspeção

            •Produtos com TAG
     ...
Brasil-ID




            Fonte: www.brasil-id.org.br
SPED Contábil - ECD
SPED Contábil - ECD
SPED Contábil - ECD
|I050|01012004|01|S|1|2328A||ATIVO|
|I050|01012004|01|S|2|2328.1|2328A|DISPONIVEL|
|I050|03012006|01|A...
SPED Contábil - ECD
SPED Contábil - ECD
Passos para ECD
• Confira e audite seus relatórios contábeis
• Compre e teste os Certificados Digitais
• Defina Auais livr...
Cadeia Produtiva 2.0
     Mudança cultural
em todos departamentos,      Mudança logística
 clientes e fornecedores      & ...
O SPED vai pegar?
7/4/2009    5/7/2009   1/9/2009   11/11/2009
O SPED vai pegar?
                 01/04/2010




5 milhões/dia útil
SPED: Big Brother Fiscal
O SPED: Além da NF-e
Sonegação Fiscal

“Com os novos sistemas de controles
fiscais, em 5 anos o Brasil terá o
menor      índice   de   sonegaçã...
Maior Impacto



                                x
Vírus Fiscal:                       Inteligência:
Erros ou falta da inf...
Vírus Fiscal
            Cliente
  Cliente




                                                       SPED

Cliente




  ...
Vírus Fiscal
Fim da Era do Envelope Pardo
       Empresa                                Escritório Contábil
  Sistemas não integrados  ...
BPO na Estrutura do Cliente
     Empresa                                                                          Escritór...
BPO na Estrutura do Contador
        Empresa                   Escritório Contábil ou datacenter

                        ...
Inteligência no mundo pós SPED
Bem-vindos à Era do Conhecimento

Informações e slides em:
www.robertodiasduarte.com.br


Siga-me pelo Twitter:


www.twit...
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados

1.371 visualizações

Publicada em

Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.371
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados

  1. 1. Curso: Cadeia Produtiva 2.0 “Somente se melhora o que se pode medir” Prof. Vicente Falconi por: prof. Roberto Dias Duarte
  2. 2. Qual é a novidade? O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para fins fiscais, uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços, ocorrida entre as partes. Sua validade jurídica é garantida pela assinatura digital do remetente (garantia de autoria e de integridade) e pela recepção, pelo Fisco, do documento eletrônico, antes da ocorrência do fato gerador.
  3. 3. Documento Eletrônico
  4. 4. Apresentação "Conheço apenas a minha ignorância” Sócrates Diretor de Alianças SPED Expert www.robertodiasduarte.com.br
  5. 5. Empresas no Contexto do SPED FCONT e-Lalur
  6. 6. NF-e é XML assinado
  7. 7. DANFE é DANFE
  8. 8. Emitente & Destinátário Envio eletrônico (EDI) Contribuinte Contribuinte Remetente Destinatário Trânsito Autorizado (DANFE) Envia NF-e Retorna Autorização NF-e Retransmite NF-e SEFAZ/UF SPED
  9. 9. Obrigatoriedade da NF-e: Protocolo ICMS 10/2007
  10. 10. Obrigatoriedade para 2010 Protocolo ICMS 42/2009 1º de dezembro de 2010, os contribuintes que, independentemente da atividade econômica exercida, realizem operações destinadas a: “I – Administração Pública direta ou indireta, inclusive empresa pública e sociedade de economia mista, ; II – destinatário localizado em unidade da Federação diferente daquela do emitente; As unidades da Federação podem instituir, a partir de 1º de janeiro de 2010, a obrigatoriedade de emissão da Nota Fiscal Eletrônica – NF-e, “para os contribuintes enquadrados nos códigos das divisões 01, 02 e 03 da Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAE, relativos a atividades agropecuárias.”
  11. 11. Obrigatoriedade para 2010 Protocolo ICMS 42/2009: •Cláusula quinta: “Ficam mantidas as obrigatoriedades e prazos estabelecidos no Protocolo ICMS nº 10/07, de 18 de abril de 2007.”; •O Anexo apresenta mais de 500 CNAE’s: abril, julho e outubro; •O 3º acrescenta: • “Para fins do disposto neste protocolo, deve-se considerar o código da CNAE principal do contribuinte, bem como os secundários, conforme conste ou, por exercer a atividade, deva constar em seus atos constitutivos ou em seus cadastros, junto ao Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) da Receita Federal do Brasil (RFB) e no cadastro de contribuinte do ICMS de cada unidade federada.”
  12. 12. Passos para NF-e 1. Nivelamento conceitual para todas as áreas envolvidas. 2. NF-e é um projeto de gestão, elabore: – Objetivos – Plano financeiro – Escopo – Prazos – Métricas de controle. 3.Identifique quem será afetado e suas expectativas: cada departamento, clientes, fornecedores e parceiros.
  13. 13. Passos para NF-e 4. Analise e defina as questões fundamentais do projeto: a) Emissão centralizada ou distribuída b) Software c) Estrutura da plataforma tecnológica d) Certificado Digital e) Armazenamento e recuperação de dados f) Defina e implemente formas de contingência g) Defina os processos de auditoria. 5. Não se esqueça do ajuste de cadastros 6. Crie um plano de trabalho: o quê, quem, como, quando, quanto.
  14. 14. Nota Fiscal Eletrônica 2.0  Registro dos Eventos do Ciclo de Vida da NF-e  Autorização  Desclassificação  Denegação  Cancelamento de ofício  Cancelamento  Reversão do cancelamento  Registros de saída  Visto da NF-e  Registro de passagem  Carta de Correção  Internalização Suframa  Carta de Correção de ofício  Saída para exportação  NF-e referenciada de ofício;  Internalização no país (desembaraço)  Registro de Veículos;  Confirmação de recebimento  Outros  Desconhecimento da operação  Devolução de mercadoria
  15. 15. Fluxo de Eventos
  16. 16. Fluxo de Eventos
  17. 17. Brasil-ID Fonte: www.brasil-id.org.br
  18. 18. Brasil-ID Posto fiscal: •Menor tempo de inspeção •Produtos com TAG são liberados Fonte: www.brasil-id.org.br
  19. 19. Brasil-ID Fonte: www.brasil-id.org.br
  20. 20. SPED Contábil - ECD
  21. 21. SPED Contábil - ECD
  22. 22. SPED Contábil - ECD |I050|01012004|01|S|1|2328A||ATIVO| |I050|01012004|01|S|2|2328.1|2328A|DISPONIVEL| |I050|03012006|01|A|3|2328.1.0001|2328.1|BANCOS| |I051|10||1.01.01.02.00| |I052||1.1| |I050|01012004|04|S|1|2328.10||CUSTO DOS BENS E SERVICOS VENDIDOS| |I050|01012004|04|A|2|2328.10.0002|2328.10|COMPRAS DE INSUMOS| |I051|10||3.01.01.03.01.03.00| |I052||COM.001| |I050|01012004|04|S|1|2328.11||RECEITAS OPERACIONAIS| |I050|01012004|04|A|2|2328.11.0001|2328.11|JUROS RECEBIDOS| |I051|10||3.01.01.05.01.05.00| Plano de Contas Referencial 1.01.01.02.00 Bancos 3.01.01.03.01.03.00 Compras de Insumos a Prazo 3.01.01.05.01.05.00 Outras Receitas Financeiras
  23. 23. SPED Contábil - ECD
  24. 24. SPED Contábil - ECD
  25. 25. Passos para ECD • Confira e audite seus relatórios contábeis • Compre e teste os Certificados Digitais • Defina Auais livros devem ser autenticados? • Transmita a ECD para RFB • RFB transmite a ECD para Junta Comercial • Pague os serviços da Junta • Receba o Termo de Autenticação
  26. 26. Cadeia Produtiva 2.0 Mudança cultural em todos departamentos, Mudança logística clientes e fornecedores & administrativa Irregularidade fiscal Exposição Fiscal da emitente e destinatário Cadeia Produtiva Guarda de documentos Restrição à digitais: segurança manipulação de dados “Importação” & Novo patamar de gestão “exportação” da integrado ao ecossistema inteligência fiscal
  27. 27. O SPED vai pegar? 7/4/2009 5/7/2009 1/9/2009 11/11/2009
  28. 28. O SPED vai pegar? 01/04/2010 5 milhões/dia útil
  29. 29. SPED: Big Brother Fiscal
  30. 30. O SPED: Além da NF-e
  31. 31. Sonegação Fiscal “Com os novos sistemas de controles fiscais, em 5 anos o Brasil terá o menor índice de sonegação empresarial da América Latina e em 10 anos índice comparado ao dos países desenvolvidos.” IBPT – Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário
  32. 32. Maior Impacto x Vírus Fiscal: Inteligência: Erros ou falta da informação: Informações precisas Capital Intelectual NCM, CFOP, CST, Integração Alíquotas, bases, valores Apoio a clientes Pedido, item Apoio a fornecedores Gestão & Tecnologia
  33. 33. Vírus Fiscal Cliente Cliente SPED Cliente Fornecedor Fornecedor Fornecedor
  34. 34. Vírus Fiscal
  35. 35. Fim da Era do Envelope Pardo Empresa Escritório Contábil Sistemas não integrados Sistema Fiscal/Contábil ou inexistentes X X X X DANFE + Documentos X X X X Processos Operacionais Processos Fiscais/Contabeis Ineficiência e ineficácia: envelope para lá; guia para cá
  36. 36. BPO na Estrutura do Cliente Empresa Escritório Contábil/Contador Sistema ERP + Contabil + Fiscal Representante Legal EFD Acesso remoto SPED + ECD Atendimento local Administrador Contabilista BACEN, SUSEP, CVM, DNRC, RFB, SEFAZ Processos Operacionais Processos Fiscais/Contabeis Solução para empresas maiores: terceirização de processos com infraestrutura do cliente
  37. 37. BPO na Estrutura do Contador Empresa Escritório Contábil ou datacenter Sistema ERP + Contabil + Fiscal Representante Legal EFD Acesso remoto + SPED Redes Sociais ECD Administrador Contabilista BACEN, SUSEP, CVM, DNRC, RFB, SEFAZ Processos Operacionais: Foco no Negócio Processos Fiscais/Contabeis Solução para empresas pequenas: terceirização de processos com infraestrutura do contador
  38. 38. Inteligência no mundo pós SPED
  39. 39. Bem-vindos à Era do Conhecimento Informações e slides em: www.robertodiasduarte.com.br Siga-me pelo Twitter: www.twitter.com/robertoduarte Ou me encontre na Web:

×