02 escolhendo os presbíteros

388 visualizações

Publicada em

Este estudo visa apresentar os líderes da igreja - o Governo por Meio de Presbíteros.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
388
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
35
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

02 escolhendo os presbíteros

  1. 1. Prof.Rev.João Ricardo Ferreira de França Contatos:jrcalvino9@hotmail.com (89)9930-6717 [Tim] ESCOLHENDO OS PRESBÍTEROSESCOLHENDO OS PRESBÍTEROS Série: ECLESIOLOGIA REFORMADA www.ipdepiripiri.blogspot.com ESTUDO 02ESTUDO 02
  2. 2. INTRODUÇÃOINTRODUÇÃO Nesses dias de imediatismo tendemos a escolher como nossos líderes pessoas não qualificadas para tamanha responsabilidade; Muitas das nossas escolhas, neste particular, estão motivadas pela simpatia, amizade, coleguismo Outro ponto é que muitas pessoas pensam que todo e qualquer homem pode ser líder da Igreja de Cristo. Não “basta haver homens meramente nomeados com o título de presbíteros. Eles devem antes ser qualificados para governar, como demonstram os critérios das Escrituras para os oficiais.” (REED, 2002, p.16)
  3. 3. INTRODUÇÃOINTRODUÇÃO Desde o Antigo Testamento os líderes eclesiásticos deveriam ser qualificados para ocupar tal ofício. Tinha que ser: Sábios e Experientes (Dt.1.13) Homens íntegros e verdadeiros (Êx 18.21). No Novo Testamento essas exigências ficaram mais intensas. Essa cobrança e intensidade se vê presente nas cartas de Paulo ao jovem pastor Timóteo e a Tito. São qualificações indispensáveis para os presbíteros da Igreja de Cristo Jesus.
  4. 4. I -I - DEVEM SER HOMENS QUALIFICADOS NA VIDA MORAL.DEVEM SER HOMENS QUALIFICADOS NA VIDA MORAL. O texto de 1ª Timóteo assegura que aquele que deseja ser presbítero é “necessário” (1ª Tim.3.2).: “É necessário, portanto, que o bispo seja irrepreensível, esposo de uma só mulher, temperante, sóbrio, modesto, hospitaleiro, apto para ensinar; ” A Primeira qualificação que temos é: 1.1 – Irrepreensível:1.1 – Irrepreensível: Ele não deve ser alguém que vivemos corrigindo por suas falhas de caráter ou de comportamento . Aquele que se diz qualificado para tal ofício seja alguém livre de reprovação “ νεπ ληπτονἀ ί ”[anepilepton].
  5. 5. 1.2 - Possuir uma relação monogâmica O ser “esposo de uma só mulher”. Aponta para a realidade que naquela igreja havia muitos homens que vieram do paganismo com suas mulheres [ eram membros com mais de uma esposa ] Paulo alerta a Igreja que o oficial da igreja, o líder deve ser um exemplo de marido fiel para com sua esposa, tendo uma relação monogâmica.
  6. 6. 1.3 - Deve possuir qualidades que o notabilize como agente da graça de Deus “temperante, sóbrio, modesto, hospitaleiro,”temperante, sóbrio, modesto, hospitaleiro,” A) Temperante:A) Temperante: o presbítero deve ser alguém pacificador, alguém que não gosta de intrigas B) Sóbrio:B) Sóbrio: alguém que não é dominado [escravizado] pelo vinho. C) Modesto:C) Modesto: Alguém que não ostenta ser alguma coisa, não deve ser alguém que procura parecer. D) Hospitaleiro:D) Hospitaleiro: Um presbítero deve ser acolhedor, deve receber em casa, e receber bem os membros, viajantes e os que carecem de acolhida, pois, se assim não for, não deve ser eleito para o oficio de presbítero.
  7. 7. II - Devem Possuir conhecimentoII - Devem Possuir conhecimento doutrináriodoutrinário O segundo requisito para ser oficial da Igreja de Cristo é que este homem deve ser “apto para ensinar” (1ª Timóteo 3.2) e para “admoestar com a sã doutrinaadmoestar com a sã doutrina como para convencer os contradizentes”(Tito 1.9). Implicações disto: A) Não pode ser Neófito na fé (1ª Timóteo 3.6) – Os novos covertidos não estão devidamente preparados para realizar as exigências do presbiterato. B) Não pode ser Iletrado (sem leitura) O homem que é chamado para exercer o dom do presbiterato na Igreja deve ser acima de tudo um teólogo um homem com uma mente aguçada em temas teológicos deve ser alguém que ama ler livros, estudar teologia.
  8. 8. III – Devem possuir uma família estável O apóstolo Paulo 1ª Timóteo 3.5 ensina que aquele que almeja a obra do episcopado deve possuir uma família modelo. Uma família que ele governe bem para que possa saber como lidar com a Igreja de Deus em questões cruciais; Ele deve saber conduzir sua família no reino de Deus. Pois, um “homem que falha em influenciar piedosamente sua família, não está apto ao cargo público de oficial da igreja”(REED, 2002, p. 17)
  9. 9. IV – Outras QualificaçõesIV – Outras Qualificações Este oficial não pode ser um neófito na fé (1ª Timóteo 3.6) Deve ter filhos crentes e obedientes (Tito 1.6) Não deve ser orgulhoso (Tito 1.7) Não se entregue a Ira (Tito 1.7) Não seja espancador dos filhos e da esposa (Tito 1.7) Não seja avarento (Tito 1.7) ConclusãoConclusão:  A igreja deve procurar essas qualidades nos seus futuros oficias para que não escolham o candidato errado para ocupar o oficio eclesiástico da Igreja (1ª Timóteo 5.22)
  10. 10. IV – Outras QualificaçõesIV – Outras Qualificações Este oficial não pode ser um neófito na fé (1ª Timóteo 3.6) Deve ter filhos crentes e obedientes (Tito 1.6) Não deve ser orgulhoso (Tito 1.7) Não se entregue a Ira (Tito 1.7) Não seja espancador dos filhos e da esposa (Tito 1.7) Não seja avarento (Tito 1.7) ConclusãoConclusão:  A igreja deve procurar essas qualidades nos seus futuros oficias para que não escolham o candidato errado para ocupar o oficio eclesiástico da Igreja (1ª Timóteo 5.22)

×