SlideShare uma empresa Scribd logo
A VOLTA DE CRISTO
E a Grande Tribulação
REV. JOÃO RICARDO FERREIRA DEFRANÇA.
IGREJA PRESBITERIANA DE RIACHÃO DO JACUÍPE – BAIGREJA PRESBITERIANA DE RIACHÃO DO JACUÍPE – BA
ESTUDOS EM ESCATOLOGIAESTUDOS EM ESCATOLOGIA
ESTUDO – 04 – ESCATOLGOIA GERALESTUDO – 04 – ESCATOLGOIA GERAL
INTRODUÇÃO:
O nosso estudo neste momento se ocupa da
Escatologia Geral.
•Nesta unidade estaremos nos concentrando no
tema da Volta de Cristo para a consumação de
todas as coisas.
I – A NATUREZA DA VOLTA DE CRISTO.
A igreja primitiva acreditou na volta de Cristo
conforme podemos perceber no Credo
Apostólico: “creio em Jesus Cristo [...] que ao
terceiro dia ressurgiu dos mortos; subiu aos
céus e estar assentado à destra de Deus Pai
Todo-Poderoso de onde há de vir para julgar
vivos e mortos”.
Como será a volta de Cristo?
• Em Pessoa: O Novo Testamento ensina-nos “que o Senhor virá
em Pessoa” (Atos 1.11; 1 Tessalonincenses 4.16) – nestas duas
passagens aprendemos vemos que o ensino escrituristico
• Visível: É um ensino claro da Palavra de Deus que a volta de
Cristo é visível real. (Mateus 24:30, Apocalipse 1:7, Atos 1:11
– “Há de vir como para o Céu o vistes ir”.)
• Triunfante e Gloriosa: Mateus 24:30, Mateus 16:27, Tito 2:13
• GRIER, W.J. O Maior de Todos os Acontencimentos. Tradução
Lygia Gonçalves de Oliveira Mafra. São Paulo: Luz para
Caminho, 1987, p.9.
II – A VOLTA DE CRISTO E A GRANDE
TRIBULAÇÃO
•O que é a Grande Tribulação?
•Haverá uma Grande Tribulação?
•A Igreja passará pela Grande Tribulação?
•O Ensino de Mateus 24 é sobre uma
Grande Tribulação Futura?
1. O que significa esta geração? (Mateus
24.34)
• Algumas pessoas sustentam que trata-se de uma “geração futura” ou
como sendo uma referência ao “povo de Deus”
• outros entendem “que aqui a palavra geração significa na realidade
raça, e que Jesus estava dizendo simplesmente que a raça judia não
morreria senão até que estas coisas tenham lugar.
• Entretanto, a palavra grega “γενεὰ” -genea- significa
“contemporâneo”.
• a Escritura apresenta deste vocábulo o sentido é exatamente de
geração imediata ou contemporânea: Mateus 1.17; 11.16;
12.39,41,42,45; 16.4;17.17;23.36; 24.34; Marcos 8.12,38; 9..19; 13.30;
Lucas 1.48,50; 7.31; 9.41; 1.29,30,32,50,51; 16.8; 17.25; 21.32.
2. Todos estas coisas (Mateus 23.36-38)
•Devemos ressaltar que o texto de Mateus 23
prepara o cenário para Mateus 24 que aponta
para o fato de Jesus está falando de um juízo
eminente sobre aquela geração que lhe
ouvia.
2. O Juízo sobre Israel (Mateus 24.1-3)
• Quantas perguntas são feitas aqui?
• Quantas respostas?
• Os discípulos tinham uma só preocupação, e suas perguntas
giravam em torno a um só ponto: o fato de que sua própria
geração presenciaria o fim da era pré-cristã e a chegada da
nova era prometida pelos profetas. Ou seja, estes textos
falam do fim da era do Antigo Testamento.
• Tudo o que os discípulos queriam saber era quando chegaria e
que sinais deviam esperar, para poder estar bem preparados.
3. Os Sinais do Fim.
•Em todo sermão escatológico Jesus oferece
sete sinais para o fim da era judaica.
Devemos lembrar que “o fim” nesta
passagem não é o fim do mundo, mas o fim
da época, o fim do templo, do sistema de
sacrifícios, da nação do pacto, Israel, e de
dos últimos restos da era pré-cristã.
O Principio das dores – sinais gerais:
1. – Falsos Messias (Mateus 24.5)
2. – Guerras (Mateus 24.6,7a)
3. – Desastres Naturais (Mateus 24.7b-8):
Qualquer um destes eventos deveria deixar os
discípulos alertas, porque estas eram as tendências
gerais que caracterizavam a geração final.
Próximos do fim – sinais específicos
• Perseguição (Mateus 24.9)
• 3.5 – Apostasia (Mateus 24.10-13)
• 3.6 – A Evangelização Mundial (Mateus 24.14): A grande
pergunta que não quer calar: todo mundo foi evangelizado? O
apóstolo Paulo assegura este fato em Colossenses 1.5-6; e
ainda é enfático no capítulo 1.23. Quando escreveu à igreja
de Roma declarou que a fé (conjunto de verdades ) daqueles
crentes fora anunciada em todo mundo (Romanos 1.8) e que a
voz dos pregadores foram ouvidas até os confins do mundo
(Romanos 10.18). Antes da queda de Jerusalém o evangelho
havia sido pregado ao mundo inteiro.
3.7 – Abominação desoladora (Mateus 24.15-18):
• Aqui Jesus faz referência ao texto de Daniel 9.26-
27. Onde se profetiza a chegada de um exercido
para profanar e destruir o templo no Antigo
Testamento; para se entender o que Mateus fala
devemos recorrer a Lucas 21.20-22. Logo ficamos
sabendo que a “abominação desoladora” é a
invasão armada de Jerusalém.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O que é escatologia bíblica
O que é escatologia bíblicaO que é escatologia bíblica
O que é escatologia bíblica
Nome Sobrenome
 
Escatologia Comparada
Escatologia ComparadaEscatologia Comparada
Escatologia Comparada
Pessoal
 
Estado intermediário
Estado intermediárioEstado intermediário
Estado intermediário
Joao Franca
 
4 tri 2019 aula 1
4 tri 2019   aula 14 tri 2019   aula 1
4 tri 2019 aula 1
Pessoal
 
Escatologia
EscatologiaEscatologia
Escatologia
WALKYRIA1965
 
O que é o Dispensacionalismo!
O que é o Dispensacionalismo!O que é o Dispensacionalismo!
O que é o Dispensacionalismo!
Jorge Henrique R de Araujo
 
Escatologia estudo 10 o milênio e interpretações
Escatologia  estudo 10    o milênio e interpretaçõesEscatologia  estudo 10    o milênio e interpretações
Escatologia estudo 10 o milênio e interpretações
JOÃO RICARDO DE FRANÇA
 
Ressurreição parte 2
Ressurreição parte 2Ressurreição parte 2
Ressurreição parte 2
Jose Costa
 
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Antonio Filho
 
Ressurreição parte 1
Ressurreição parte 1Ressurreição parte 1
Ressurreição parte 1
Jose Costa
 
Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017
Antonio Filho
 
Introducao Escatologia Vigilia
Introducao Escatologia VigiliaIntroducao Escatologia Vigilia
Introducao Escatologia Vigilia
Feitosa Lima
 
Doutrina das ultimas coisas
Doutrina das ultimas coisasDoutrina das ultimas coisas
Doutrina das ultimas coisas
Professor Cabrini
 
Lição 6 Doutrina das últimas coisas
Lição 6   Doutrina das últimas coisasLição 6   Doutrina das últimas coisas
Lição 6 Doutrina das últimas coisas
Wander Sousa
 
Apostila escatologia - pe. luiz eustáquio dos santos nogueira
Apostila   escatologia - pe. luiz eustáquio dos santos nogueiraApostila   escatologia - pe. luiz eustáquio dos santos nogueira
Apostila escatologia - pe. luiz eustáquio dos santos nogueira
Antonio Gazato
 
Escatologia
EscatologiaEscatologia
Escatologia
Marcos Lacorte
 
Lição 2 a morte
Lição 2 a morteLição 2 a morte
Lição 2 a morte
Leonardo Batista dos Santos
 
Escatologia biblica
Escatologia biblicaEscatologia biblica
Escatologia biblica
Marcelo Ferreira
 
07 A Ressurreição de Jesus Cristo
07   A Ressurreição de Jesus Cristo07   A Ressurreição de Jesus Cristo
07 A Ressurreição de Jesus Cristo
Robson Tavares Fernandes
 
O arrebatamento da 3
O arrebatamento da 3O arrebatamento da 3
O arrebatamento da 3
Fabio Renato Ventura Pinto
 

Mais procurados (20)

O que é escatologia bíblica
O que é escatologia bíblicaO que é escatologia bíblica
O que é escatologia bíblica
 
Escatologia Comparada
Escatologia ComparadaEscatologia Comparada
Escatologia Comparada
 
Estado intermediário
Estado intermediárioEstado intermediário
Estado intermediário
 
4 tri 2019 aula 1
4 tri 2019   aula 14 tri 2019   aula 1
4 tri 2019 aula 1
 
Escatologia
EscatologiaEscatologia
Escatologia
 
O que é o Dispensacionalismo!
O que é o Dispensacionalismo!O que é o Dispensacionalismo!
O que é o Dispensacionalismo!
 
Escatologia estudo 10 o milênio e interpretações
Escatologia  estudo 10    o milênio e interpretaçõesEscatologia  estudo 10    o milênio e interpretações
Escatologia estudo 10 o milênio e interpretações
 
Ressurreição parte 2
Ressurreição parte 2Ressurreição parte 2
Ressurreição parte 2
 
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
 
Ressurreição parte 1
Ressurreição parte 1Ressurreição parte 1
Ressurreição parte 1
 
Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017
 
Introducao Escatologia Vigilia
Introducao Escatologia VigiliaIntroducao Escatologia Vigilia
Introducao Escatologia Vigilia
 
Doutrina das ultimas coisas
Doutrina das ultimas coisasDoutrina das ultimas coisas
Doutrina das ultimas coisas
 
Lição 6 Doutrina das últimas coisas
Lição 6   Doutrina das últimas coisasLição 6   Doutrina das últimas coisas
Lição 6 Doutrina das últimas coisas
 
Apostila escatologia - pe. luiz eustáquio dos santos nogueira
Apostila   escatologia - pe. luiz eustáquio dos santos nogueiraApostila   escatologia - pe. luiz eustáquio dos santos nogueira
Apostila escatologia - pe. luiz eustáquio dos santos nogueira
 
Escatologia
EscatologiaEscatologia
Escatologia
 
Lição 2 a morte
Lição 2 a morteLição 2 a morte
Lição 2 a morte
 
Escatologia biblica
Escatologia biblicaEscatologia biblica
Escatologia biblica
 
07 A Ressurreição de Jesus Cristo
07   A Ressurreição de Jesus Cristo07   A Ressurreição de Jesus Cristo
07 A Ressurreição de Jesus Cristo
 
O arrebatamento da 3
O arrebatamento da 3O arrebatamento da 3
O arrebatamento da 3
 

Destaque

Amós estudo 01 -
Amós   estudo 01 -Amós   estudo 01 -
Amós estudo 01 -
Joao Franca
 
Escatologia estudo 10 o milênio e interpretações
Escatologia  estudo 10    o milênio e interpretaçõesEscatologia  estudo 10    o milênio e interpretações
Escatologia estudo 10 o milênio e interpretações
Joao Franca
 
Curso de diácono 02
Curso de diácono 02Curso de diácono 02
Curso de diácono 02
Joao Franca
 
Oséias estudo 02
Oséias   estudo 02Oséias   estudo 02
Oséias estudo 02
Joao Franca
 
Oséias estudo 03
Oséias   estudo 03Oséias   estudo 03
Oséias estudo 03
Joao Franca
 
Amós estudo 02
Amós   estudo 02Amós   estudo 02
Amós estudo 02
Joao Franca
 
O mito de satanás
O mito de satanásO mito de satanás
O mito de satanás
Joao Franca
 
Curso de teologia econômica 01
Curso de teologia econômica   01Curso de teologia econômica   01
Curso de teologia econômica 01
Joao Franca
 
Escatologia estudo 12 o juízo final
Escatologia  estudo 12   o juízo finalEscatologia  estudo 12   o juízo final
Escatologia estudo 12 o juízo final
Joao Franca
 
Curso de diacono 01
Curso de diacono 01Curso de diacono 01
Curso de diacono 01
Joao Franca
 
A doutrina da revelação
A doutrina da revelaçãoA doutrina da revelação
A doutrina da revelação
Joao Franca
 
Mais que Vingador: Entre a Guerra e a Paz
Mais que Vingador: Entre a Guerra e a PazMais que Vingador: Entre a Guerra e a Paz
Mais que Vingador: Entre a Guerra e a Paz
Daniel Faria Jr.
 
Aula 3 4 Passos simples para interpretar um texto bíblico
Aula 3   4 Passos simples para interpretar um texto bíblicoAula 3   4 Passos simples para interpretar um texto bíblico
Aula 3 4 Passos simples para interpretar um texto bíblico
Ipabr Limesp
 
Roberto otero mapaa
Roberto otero  mapaaRoberto otero  mapaa
Roberto otero mapaa
roberto20d
 
Aula 3 A natureza Divina do redentor
Aula 3   A natureza Divina do redentorAula 3   A natureza Divina do redentor
Aula 3 A natureza Divina do redentor
Ipabr Limesp
 
Da alienação à consciência
Da alienação à consciênciaDa alienação à consciência
Da alienação à consciência
Daniel Faria Jr.
 
Curso de provérbios estudo 02 - Prov.1.9-33
Curso de provérbios   estudo 02 - Prov.1.9-33Curso de provérbios   estudo 02 - Prov.1.9-33
Curso de provérbios estudo 02 - Prov.1.9-33
Joao Franca
 
A BÍBLIA, ARMAS E A FÉ REFORMADA
A BÍBLIA, ARMAS E A FÉ REFORMADAA BÍBLIA, ARMAS E A FÉ REFORMADA
A BÍBLIA, ARMAS E A FÉ REFORMADA
Joao Franca
 
Deus nosso objeto de culto
Deus nosso objeto de cultoDeus nosso objeto de culto
Deus nosso objeto de culto
Joao Franca
 
Dos eternos decretos de deus
Dos eternos decretos de deusDos eternos decretos de deus
Dos eternos decretos de deus
Joao Franca
 

Destaque (20)

Amós estudo 01 -
Amós   estudo 01 -Amós   estudo 01 -
Amós estudo 01 -
 
Escatologia estudo 10 o milênio e interpretações
Escatologia  estudo 10    o milênio e interpretaçõesEscatologia  estudo 10    o milênio e interpretações
Escatologia estudo 10 o milênio e interpretações
 
Curso de diácono 02
Curso de diácono 02Curso de diácono 02
Curso de diácono 02
 
Oséias estudo 02
Oséias   estudo 02Oséias   estudo 02
Oséias estudo 02
 
Oséias estudo 03
Oséias   estudo 03Oséias   estudo 03
Oséias estudo 03
 
Amós estudo 02
Amós   estudo 02Amós   estudo 02
Amós estudo 02
 
O mito de satanás
O mito de satanásO mito de satanás
O mito de satanás
 
Curso de teologia econômica 01
Curso de teologia econômica   01Curso de teologia econômica   01
Curso de teologia econômica 01
 
Escatologia estudo 12 o juízo final
Escatologia  estudo 12   o juízo finalEscatologia  estudo 12   o juízo final
Escatologia estudo 12 o juízo final
 
Curso de diacono 01
Curso de diacono 01Curso de diacono 01
Curso de diacono 01
 
A doutrina da revelação
A doutrina da revelaçãoA doutrina da revelação
A doutrina da revelação
 
Mais que Vingador: Entre a Guerra e a Paz
Mais que Vingador: Entre a Guerra e a PazMais que Vingador: Entre a Guerra e a Paz
Mais que Vingador: Entre a Guerra e a Paz
 
Aula 3 4 Passos simples para interpretar um texto bíblico
Aula 3   4 Passos simples para interpretar um texto bíblicoAula 3   4 Passos simples para interpretar um texto bíblico
Aula 3 4 Passos simples para interpretar um texto bíblico
 
Roberto otero mapaa
Roberto otero  mapaaRoberto otero  mapaa
Roberto otero mapaa
 
Aula 3 A natureza Divina do redentor
Aula 3   A natureza Divina do redentorAula 3   A natureza Divina do redentor
Aula 3 A natureza Divina do redentor
 
Da alienação à consciência
Da alienação à consciênciaDa alienação à consciência
Da alienação à consciência
 
Curso de provérbios estudo 02 - Prov.1.9-33
Curso de provérbios   estudo 02 - Prov.1.9-33Curso de provérbios   estudo 02 - Prov.1.9-33
Curso de provérbios estudo 02 - Prov.1.9-33
 
A BÍBLIA, ARMAS E A FÉ REFORMADA
A BÍBLIA, ARMAS E A FÉ REFORMADAA BÍBLIA, ARMAS E A FÉ REFORMADA
A BÍBLIA, ARMAS E A FÉ REFORMADA
 
Deus nosso objeto de culto
Deus nosso objeto de cultoDeus nosso objeto de culto
Deus nosso objeto de culto
 
Dos eternos decretos de deus
Dos eternos decretos de deusDos eternos decretos de deus
Dos eternos decretos de deus
 

Semelhante a Estacatologia estudo 04 a volta de cristo

1º trimestre 2016 lição 01 adultos
1º trimestre 2016 lição 01 adultos1º trimestre 2016 lição 01 adultos
1º trimestre 2016 lição 01 adultos
Joel Silva
 
2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx
2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx
2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx
Joel Silva
 
Escatologia bíblica jin 17 jan final
Escatologia bíblica jin 17 jan finalEscatologia bíblica jin 17 jan final
Escatologia bíblica jin 17 jan final
Jeronimo Nunes
 
Licao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas Coisas
Licao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas CoisasLicao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas Coisas
Licao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas Coisas
Adriano Silva
 
Lição 1 - Escatologia, o Estudo das Últimas Coisas - 1ª Trimestre de 2016
Lição 1 - Escatologia, o Estudo das Últimas Coisas - 1ª Trimestre de 2016Lição 1 - Escatologia, o Estudo das Últimas Coisas - 1ª Trimestre de 2016
Lição 1 - Escatologia, o Estudo das Últimas Coisas - 1ª Trimestre de 2016
Andrew Guimarães
 
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Sinais que antecedem a vinda de cristo ilustrado
Sinais que antecedem a vinda de cristo   ilustradoSinais que antecedem a vinda de cristo   ilustrado
Sinais que antecedem a vinda de cristo ilustrado
ANTONIO CORDEIRO DA SILVA - ADORADOR
 
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp027 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
Esdras Santana Soares
 
Escatologia, o estudo das últimas coisas
Escatologia, o estudo das últimas coisasEscatologia, o estudo das últimas coisas
Escatologia, o estudo das últimas coisas
Ailton da Silva
 
Lição 02 (1° 16) sinais que antecedem a volta de cristo
Lição 02 (1° 16) sinais que antecedem a volta de cristoLição 02 (1° 16) sinais que antecedem a volta de cristo
Lição 02 (1° 16) sinais que antecedem a volta de cristo
Pr. Andre Luiz
 
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Márcio Martins
 
LIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS
LIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISASLIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS
LIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS
Lourinaldo Serafim
 
Lições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisas
Lições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisasLições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisas
Lições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisas
Ravena B
 
escatologiaoestudodasltimascoisas-151212160249 (1).pdf
escatologiaoestudodasltimascoisas-151212160249 (1).pdfescatologiaoestudodasltimascoisas-151212160249 (1).pdf
escatologiaoestudodasltimascoisas-151212160249 (1).pdf
Tiago Silva
 
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
João Paulo Silva Mendes
 
Apostila de escatologia
Apostila de escatologiaApostila de escatologia
Apostila de escatologia
Rubens Bastos
 
Dinâmica do Evangelho.pdf
Dinâmica do Evangelho.pdfDinâmica do Evangelho.pdf
Dinâmica do Evangelho.pdf
DanielPorto45
 
Algumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi blia
Algumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi bliaAlgumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi blia
Algumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi blia
Mauricio Gonçalves
 
Lição 01 escatologia, o estudo das últimas coisas
Lição 01 escatologia, o estudo das últimas coisasLição 01 escatologia, o estudo das últimas coisas
Lição 01 escatologia, o estudo das últimas coisas
Pr. Gerson Eller
 
Ressurreição e Segunda Vinda
Ressurreição e Segunda VindaRessurreição e Segunda Vinda
Ressurreição e Segunda Vinda
uriank
 

Semelhante a Estacatologia estudo 04 a volta de cristo (20)

1º trimestre 2016 lição 01 adultos
1º trimestre 2016 lição 01 adultos1º trimestre 2016 lição 01 adultos
1º trimestre 2016 lição 01 adultos
 
2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx
2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx
2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx
 
Escatologia bíblica jin 17 jan final
Escatologia bíblica jin 17 jan finalEscatologia bíblica jin 17 jan final
Escatologia bíblica jin 17 jan final
 
Licao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas Coisas
Licao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas CoisasLicao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas Coisas
Licao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas Coisas
 
Lição 1 - Escatologia, o Estudo das Últimas Coisas - 1ª Trimestre de 2016
Lição 1 - Escatologia, o Estudo das Últimas Coisas - 1ª Trimestre de 2016Lição 1 - Escatologia, o Estudo das Últimas Coisas - 1ª Trimestre de 2016
Lição 1 - Escatologia, o Estudo das Últimas Coisas - 1ª Trimestre de 2016
 
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...
 
Sinais que antecedem a vinda de cristo ilustrado
Sinais que antecedem a vinda de cristo   ilustradoSinais que antecedem a vinda de cristo   ilustrado
Sinais que antecedem a vinda de cristo ilustrado
 
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp027 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
 
Escatologia, o estudo das últimas coisas
Escatologia, o estudo das últimas coisasEscatologia, o estudo das últimas coisas
Escatologia, o estudo das últimas coisas
 
Lição 02 (1° 16) sinais que antecedem a volta de cristo
Lição 02 (1° 16) sinais que antecedem a volta de cristoLição 02 (1° 16) sinais que antecedem a volta de cristo
Lição 02 (1° 16) sinais que antecedem a volta de cristo
 
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
 
LIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS
LIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISASLIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS
LIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS
 
Lições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisas
Lições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisasLições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisas
Lições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisas
 
escatologiaoestudodasltimascoisas-151212160249 (1).pdf
escatologiaoestudodasltimascoisas-151212160249 (1).pdfescatologiaoestudodasltimascoisas-151212160249 (1).pdf
escatologiaoestudodasltimascoisas-151212160249 (1).pdf
 
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
 
Apostila de escatologia
Apostila de escatologiaApostila de escatologia
Apostila de escatologia
 
Dinâmica do Evangelho.pdf
Dinâmica do Evangelho.pdfDinâmica do Evangelho.pdf
Dinâmica do Evangelho.pdf
 
Algumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi blia
Algumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi bliaAlgumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi blia
Algumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi blia
 
Lição 01 escatologia, o estudo das últimas coisas
Lição 01 escatologia, o estudo das últimas coisasLição 01 escatologia, o estudo das últimas coisas
Lição 01 escatologia, o estudo das últimas coisas
 
Ressurreição e Segunda Vinda
Ressurreição e Segunda VindaRessurreição e Segunda Vinda
Ressurreição e Segunda Vinda
 

Mais de Joao Franca

ESTUDO EM RUTE - COMPLETO.pptx
ESTUDO EM RUTE - COMPLETO.pptxESTUDO EM RUTE - COMPLETO.pptx
ESTUDO EM RUTE - COMPLETO.pptx
Joao Franca
 
PRESBITERATO BÍBLICO.pptx
PRESBITERATO BÍBLICO.pptxPRESBITERATO BÍBLICO.pptx
PRESBITERATO BÍBLICO.pptx
Joao Franca
 
Aula 02 exegese nt
Aula 02 exegese ntAula 02 exegese nt
Aula 02 exegese nt
Joao Franca
 
Estudo sobre presbiterianismo aula 03
Estudo sobre presbiterianismo   aula 03Estudo sobre presbiterianismo   aula 03
Estudo sobre presbiterianismo aula 03
Joao Franca
 
Estudo sobre presbiterianismo aula 02
Estudo sobre presbiterianismo   aula 02Estudo sobre presbiterianismo   aula 02
Estudo sobre presbiterianismo aula 02
Joao Franca
 
Estudo sobre presbiterianismo aula 01
Estudo sobre presbiterianismo   aula 01Estudo sobre presbiterianismo   aula 01
Estudo sobre presbiterianismo aula 01
Joao Franca
 
Respostas à cristo vive
Respostas à cristo viveRespostas à cristo vive
Respostas à cristo vive
Joao Franca
 
Escatologia estudo 11 a ressurreição do corpo
Escatologia  estudo 11   a ressurreição do corpoEscatologia  estudo 11   a ressurreição do corpo
Escatologia estudo 11 a ressurreição do corpo
Joao Franca
 
Aula 01 a doutrina da revelação - PDF
Aula 01   a doutrina da revelação - PDFAula 01   a doutrina da revelação - PDF
Aula 01 a doutrina da revelação - PDF
Joao Franca
 
Oséias estudo 01
Oséias   estudo 01Oséias   estudo 01
Oséias estudo 01
Joao Franca
 

Mais de Joao Franca (10)

ESTUDO EM RUTE - COMPLETO.pptx
ESTUDO EM RUTE - COMPLETO.pptxESTUDO EM RUTE - COMPLETO.pptx
ESTUDO EM RUTE - COMPLETO.pptx
 
PRESBITERATO BÍBLICO.pptx
PRESBITERATO BÍBLICO.pptxPRESBITERATO BÍBLICO.pptx
PRESBITERATO BÍBLICO.pptx
 
Aula 02 exegese nt
Aula 02 exegese ntAula 02 exegese nt
Aula 02 exegese nt
 
Estudo sobre presbiterianismo aula 03
Estudo sobre presbiterianismo   aula 03Estudo sobre presbiterianismo   aula 03
Estudo sobre presbiterianismo aula 03
 
Estudo sobre presbiterianismo aula 02
Estudo sobre presbiterianismo   aula 02Estudo sobre presbiterianismo   aula 02
Estudo sobre presbiterianismo aula 02
 
Estudo sobre presbiterianismo aula 01
Estudo sobre presbiterianismo   aula 01Estudo sobre presbiterianismo   aula 01
Estudo sobre presbiterianismo aula 01
 
Respostas à cristo vive
Respostas à cristo viveRespostas à cristo vive
Respostas à cristo vive
 
Escatologia estudo 11 a ressurreição do corpo
Escatologia  estudo 11   a ressurreição do corpoEscatologia  estudo 11   a ressurreição do corpo
Escatologia estudo 11 a ressurreição do corpo
 
Aula 01 a doutrina da revelação - PDF
Aula 01   a doutrina da revelação - PDFAula 01   a doutrina da revelação - PDF
Aula 01 a doutrina da revelação - PDF
 
Oséias estudo 01
Oséias   estudo 01Oséias   estudo 01
Oséias estudo 01
 

Último

A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
PIB Penha
 
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
EdimarEdigesso
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
PIB Penha
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
PIB Penha
 
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
PIB Penha
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
PIB Penha
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 

Último (20)

A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
 
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
 
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 

Estacatologia estudo 04 a volta de cristo

  • 1. A VOLTA DE CRISTO E a Grande Tribulação REV. JOÃO RICARDO FERREIRA DEFRANÇA. IGREJA PRESBITERIANA DE RIACHÃO DO JACUÍPE – BAIGREJA PRESBITERIANA DE RIACHÃO DO JACUÍPE – BA ESTUDOS EM ESCATOLOGIAESTUDOS EM ESCATOLOGIA ESTUDO – 04 – ESCATOLGOIA GERALESTUDO – 04 – ESCATOLGOIA GERAL
  • 2. INTRODUÇÃO: O nosso estudo neste momento se ocupa da Escatologia Geral. •Nesta unidade estaremos nos concentrando no tema da Volta de Cristo para a consumação de todas as coisas.
  • 3. I – A NATUREZA DA VOLTA DE CRISTO. A igreja primitiva acreditou na volta de Cristo conforme podemos perceber no Credo Apostólico: “creio em Jesus Cristo [...] que ao terceiro dia ressurgiu dos mortos; subiu aos céus e estar assentado à destra de Deus Pai Todo-Poderoso de onde há de vir para julgar vivos e mortos”.
  • 4. Como será a volta de Cristo? • Em Pessoa: O Novo Testamento ensina-nos “que o Senhor virá em Pessoa” (Atos 1.11; 1 Tessalonincenses 4.16) – nestas duas passagens aprendemos vemos que o ensino escrituristico • Visível: É um ensino claro da Palavra de Deus que a volta de Cristo é visível real. (Mateus 24:30, Apocalipse 1:7, Atos 1:11 – “Há de vir como para o Céu o vistes ir”.) • Triunfante e Gloriosa: Mateus 24:30, Mateus 16:27, Tito 2:13 • GRIER, W.J. O Maior de Todos os Acontencimentos. Tradução Lygia Gonçalves de Oliveira Mafra. São Paulo: Luz para Caminho, 1987, p.9.
  • 5. II – A VOLTA DE CRISTO E A GRANDE TRIBULAÇÃO •O que é a Grande Tribulação? •Haverá uma Grande Tribulação? •A Igreja passará pela Grande Tribulação? •O Ensino de Mateus 24 é sobre uma Grande Tribulação Futura?
  • 6. 1. O que significa esta geração? (Mateus 24.34) • Algumas pessoas sustentam que trata-se de uma “geração futura” ou como sendo uma referência ao “povo de Deus” • outros entendem “que aqui a palavra geração significa na realidade raça, e que Jesus estava dizendo simplesmente que a raça judia não morreria senão até que estas coisas tenham lugar. • Entretanto, a palavra grega “γενεὰ” -genea- significa “contemporâneo”. • a Escritura apresenta deste vocábulo o sentido é exatamente de geração imediata ou contemporânea: Mateus 1.17; 11.16; 12.39,41,42,45; 16.4;17.17;23.36; 24.34; Marcos 8.12,38; 9..19; 13.30; Lucas 1.48,50; 7.31; 9.41; 1.29,30,32,50,51; 16.8; 17.25; 21.32.
  • 7. 2. Todos estas coisas (Mateus 23.36-38) •Devemos ressaltar que o texto de Mateus 23 prepara o cenário para Mateus 24 que aponta para o fato de Jesus está falando de um juízo eminente sobre aquela geração que lhe ouvia.
  • 8. 2. O Juízo sobre Israel (Mateus 24.1-3) • Quantas perguntas são feitas aqui? • Quantas respostas? • Os discípulos tinham uma só preocupação, e suas perguntas giravam em torno a um só ponto: o fato de que sua própria geração presenciaria o fim da era pré-cristã e a chegada da nova era prometida pelos profetas. Ou seja, estes textos falam do fim da era do Antigo Testamento. • Tudo o que os discípulos queriam saber era quando chegaria e que sinais deviam esperar, para poder estar bem preparados.
  • 9. 3. Os Sinais do Fim. •Em todo sermão escatológico Jesus oferece sete sinais para o fim da era judaica. Devemos lembrar que “o fim” nesta passagem não é o fim do mundo, mas o fim da época, o fim do templo, do sistema de sacrifícios, da nação do pacto, Israel, e de dos últimos restos da era pré-cristã.
  • 10. O Principio das dores – sinais gerais: 1. – Falsos Messias (Mateus 24.5) 2. – Guerras (Mateus 24.6,7a) 3. – Desastres Naturais (Mateus 24.7b-8): Qualquer um destes eventos deveria deixar os discípulos alertas, porque estas eram as tendências gerais que caracterizavam a geração final.
  • 11. Próximos do fim – sinais específicos • Perseguição (Mateus 24.9) • 3.5 – Apostasia (Mateus 24.10-13) • 3.6 – A Evangelização Mundial (Mateus 24.14): A grande pergunta que não quer calar: todo mundo foi evangelizado? O apóstolo Paulo assegura este fato em Colossenses 1.5-6; e ainda é enfático no capítulo 1.23. Quando escreveu à igreja de Roma declarou que a fé (conjunto de verdades ) daqueles crentes fora anunciada em todo mundo (Romanos 1.8) e que a voz dos pregadores foram ouvidas até os confins do mundo (Romanos 10.18). Antes da queda de Jerusalém o evangelho havia sido pregado ao mundo inteiro.
  • 12. 3.7 – Abominação desoladora (Mateus 24.15-18): • Aqui Jesus faz referência ao texto de Daniel 9.26- 27. Onde se profetiza a chegada de um exercido para profanar e destruir o templo no Antigo Testamento; para se entender o que Mateus fala devemos recorrer a Lucas 21.20-22. Logo ficamos sabendo que a “abominação desoladora” é a invasão armada de Jerusalém.