Secretaria Municipal da Saúde

Programa de Redução de
Danos
Pelotas 2013
Redução de Danos
A estratégia de redução de danos
reconhece cada usuário em suas
singularidades, traçando com ele
estratég...
Redução de Danos
Lei 8080 de 19 de setembro de 1990;
 Lei 10.216 de 6 de abril de 2001;
 A Política do Ministério da Saú...
Contexto

Produto

Sujeito
(Olivenstein)
ASSISTÊNCIA SOCIAL
SAÚDE

DIREITOS HUMANOS

REDUÇÃO DE DANOS
HABITAÇÃO

CULTURA

TRABALHO
EDUCAÇÃO

GERAÇÃO DE RENDA

CONT...
Redutores de Referência
Composições

– Ari e Joana
 Fragata – Eliana e Miriam
 Zona Norte – Adriane e Fabiane
 São Gonç...
AÇÕES
PROGRAMA DE
REDUÇÃO DE DANOS
DE
PELOTAS
1. Identificação e mapeamento do
território – abordagem de rua e
acompanhamentos;
2. Estimular as pessoas que usam SPA a reconhecerem
seus direitos como cidadãos (protagonismo, autonomia e
empoderamento);
3. Informação e orientação nas comunidades
quanto a prevenção dos danos relacionados ao uso
de SPA;
5. Recolhimento e descarte adequado de seringas
a fim de reduzir danos nas comunidades;
6. Estimulo aos testes: HIV, tuberculose e
hepatites;

fragata duque cta 28 10 08 017.jpg
fragata duque cta 28 10 08 017.j...
7.

Ações no CAPS AD;
8. Planejamento em conjunto de ações com as
UBS e CAPS (acompanhamentos de casos);
9. Encaminhamentos e acompanhamentos:
UBS, CAPS, CAPS AD , CTA , SAE , CRAS, NA, AA,
Secretaria de Justiça Social, entre o...
10. Participação em reuniões, fóruns, conselhos, processos
de educação permanente e atividades comunitárias;
11. Integra o Grupo de Trabalho do SPE –
Saúde e Prevenção nas Escolas
CONTATO:

3284.7711
smsbe.prd@pelotas.com.
br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Programa de Redução de Danos da cidade de Pelotas, RS

3.479 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre o Programa de Redução de Danos de Pelotas - RS
Ações, composições, organização

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

Programa de Redução de Danos da cidade de Pelotas, RS

  1. 1. Secretaria Municipal da Saúde Programa de Redução de Danos Pelotas 2013
  2. 2. Redução de Danos A estratégia de redução de danos reconhece cada usuário em suas singularidades, traçando com ele estratégias de tratamento e de construção de redes de atenção, implicando um conjunto de intervenções de saúde pública voltada para a defesa de sua vida.
  3. 3. Redução de Danos Lei 8080 de 19 de setembro de 1990;  Lei 10.216 de 6 de abril de 2001;  A Política do Ministério da Saúde para Atenção Integral aos Usuários de Álcool e outras Drogas, Brasília, Ministério da Saúde, 2004;  Portaria n° 2488, Política Nacional de Atenção Básica, Brasília, outubro de 2011. 
  4. 4. Contexto Produto Sujeito (Olivenstein)
  5. 5. ASSISTÊNCIA SOCIAL SAÚDE DIREITOS HUMANOS REDUÇÃO DE DANOS HABITAÇÃO CULTURA TRABALHO EDUCAÇÃO GERAÇÃO DE RENDA CONTROLE SOCIAL MINISTÉRIO PÚBLICO
  6. 6. Redutores de Referência Composições – Ari e Joana  Fragata – Eliana e Miriam  Zona Norte – Adriane e Fabiane  São Gonçalo – Bruna e Lilian  Centro – Aline e Vanessa  CAPS AD – Daniel e Mariléia  Areal
  7. 7. AÇÕES PROGRAMA DE REDUÇÃO DE DANOS DE PELOTAS
  8. 8. 1. Identificação e mapeamento do território – abordagem de rua e acompanhamentos;
  9. 9. 2. Estimular as pessoas que usam SPA a reconhecerem seus direitos como cidadãos (protagonismo, autonomia e empoderamento);
  10. 10. 3. Informação e orientação nas comunidades quanto a prevenção dos danos relacionados ao uso de SPA;
  11. 11. 5. Recolhimento e descarte adequado de seringas a fim de reduzir danos nas comunidades;
  12. 12. 6. Estimulo aos testes: HIV, tuberculose e hepatites; fragata duque cta 28 10 08 017.jpg fragata duque cta 28 10 08 017.jpg fragata duque cta 28 10 08 017.jpg
  13. 13. 7. Ações no CAPS AD;
  14. 14. 8. Planejamento em conjunto de ações com as UBS e CAPS (acompanhamentos de casos);
  15. 15. 9. Encaminhamentos e acompanhamentos: UBS, CAPS, CAPS AD , CTA , SAE , CRAS, NA, AA, Secretaria de Justiça Social, entre outros.
  16. 16. 10. Participação em reuniões, fóruns, conselhos, processos de educação permanente e atividades comunitárias;
  17. 17. 11. Integra o Grupo de Trabalho do SPE – Saúde e Prevenção nas Escolas
  18. 18. CONTATO: 3284.7711 smsbe.prd@pelotas.com. br

×