O ÁLCOOL
Gabriela Lanzetta Haack
Psicóloga
Alguns dados sobre o consumo do
álcool




A OMS estima que 2 bilhões de pessoas
usem álcool no mundo e cerca de 76
milh...
Efeito Bifásico (Estimulante e Depressor)
Álcool

Bifásico

Reações

Interação com Outras Drogas e Medicamentos

1ª Fase

...
Álcool
Os efeitos do álcool
Fígado Cirrótico


Há uma relação causal entre o álcool e
mais de 60 tipos de doenças. Ele é
apontado como a causa de 20% a 30%
dos câncer...


O álcool é responsável por 1,8 milhão de
mortes (3,2% do total) e 58,3 milhões de
comorbidades. Ferimentos desproposita...


O abuso de álcool está relacionado a:





40% dos crimes
15% dos afogamentos
39% das mortes em tiroteio
1 em 7 mor...
Sinais de problemas com o uso de
álcool












Acidentes
Perda de memória
Insônia
Perda de auto estima
Pro...
Reduzindo danos
Não é aconselhável beber em várias situações:
- Quando houver algum compromisso ou tarefa em que o
uso de ...
Para evitar intoxicação é
importante:








Servir a bebida em forma de doses
(controle a quantidade)
Diluir a bebi...
E quem tem problemas com ouso e
álcool o que pode fazer?









Desenvolver atividades que sejam prazerosas,
mas qu...
Obrigada!

gabrielahaack@gmail.com
Álcool
Álcool
Álcool
Álcool
Álcool
Álcool
Álcool
Álcool
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Álcool

691 visualizações

Publicada em

as drogas e seus efeitos: álcool

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
691
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
36
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Álcool

  1. 1. O ÁLCOOL Gabriela Lanzetta Haack Psicóloga
  2. 2. Alguns dados sobre o consumo do álcool   A OMS estima que 2 bilhões de pessoas usem álcool no mundo e cerca de 76 milhões tenham diagnóstico de alcoolismo Além das doenças cronicas que podem afetar o usuário após vários anos de uso pesado, o álcool contribui para a morte ou deficiência de pessoas relativamente jovens
  3. 3. Efeito Bifásico (Estimulante e Depressor) Álcool Bifásico Reações Interação com Outras Drogas e Medicamentos 1ª Fase Euforia, desinibição, prazer, alegria Pode aumentar efeito Pode reduzir efeito ou causar reações adversas 2ª Fase Reduz ansiedade; prejuízo coordenção motora; diminuição autocrítica; fala pastosa; lentificação reflexos; sonolência; prejuízo raciocínio e concentração; Cocaína; tranqüilizantes; barbituratos; benzodiazepínicos; anti-histamínicos Antibióticos;
  4. 4. Álcool
  5. 5. Os efeitos do álcool
  6. 6. Fígado Cirrótico
  7. 7.  Há uma relação causal entre o álcool e mais de 60 tipos de doenças. Ele é apontado como a causa de 20% a 30% dos cânceres de esôfago e fígado; cirrose; ataques epiléticos; acidentes de carro e homicídio
  8. 8.  O álcool é responsável por 1,8 milhão de mortes (3,2% do total) e 58,3 milhões de comorbidades. Ferimentos despropositais são responsáveis por cerca de um terço das 1,8 milhão de mortes, e distúrbios neuropsiquiátricos chegam a 40% das comorbidades.
  9. 9.  O abuso de álcool está relacionado a:     40% dos crimes 15% dos afogamentos 39% das mortes em tiroteio 1 em 7 mortes no trânsito
  10. 10. Sinais de problemas com o uso de álcool            Acidentes Perda de memória Insônia Perda de auto estima Problemas de ereção Baixa performance no trabalho Ansiedade Depressão Rompimento das relações Passar dias com ressaca Tremedeira nas mãos
  11. 11. Reduzindo danos Não é aconselhável beber em várias situações: - Quando houver algum compromisso ou tarefa em que o uso de álcool possa atrapalhar ou ser incoveniente (ex.dirigir, trabalhar,operar uma máquina) - Para enfrentar situações desagradáveis (ex. quando se está deprimido, ansioso, chateado ou sozinho) - Para fazer coisas que se considere difícil (ex. falar em público, paquerar, etc.) - Para se embriagar
  12. 12. Para evitar intoxicação é importante:      Servir a bebida em forma de doses (controle a quantidade) Diluir a bebida e beber pausadamente Alternar bebidas alcoólicas com não alcoólicas Evitar beber de estômago vazio Não beber diariamente
  13. 13. E quem tem problemas com ouso e álcool o que pode fazer?      Desenvolver atividades que sejam prazerosas, mas que não envolvam o uso da bebida Substituir o tempo bebendo por outras atividades Evitar locais e pessoas relacionados com a bebida Praticar algum esporte ou atividade física Buscar ajuda
  14. 14. Obrigada! gabrielahaack@gmail.com

×