SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 84
Baixar para ler offline
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Ao longo de toda a história vimos impérios caírem e
  novas cidades tomarem o domínio do chamado
               “mundo conhecido”.




                        Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Entre os maiores impérios:

-Império Romano
É o mais antigo entre os três principais – início no séc 4 a.C. Durou oito séculos.

Deixou consequências muito duradouras, como as estradas construídas na época e
que são usadas até hoje, e as leis, que foram transmitidas para diversas civilizações




                                             O exército romano era poderosíssimo, baseado na tecnologia
                                            ApresentaçãoHavia uma organização militar bem consolidada
                                             do ferro. elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Entre os maiores impérios:

-Império Russo
Teve início no século 16 e terminou com a Revolução Russa em 1917




                      Ivan, o Terrível – apelido pela tamanhapela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
                                               Apresentação elaborada crueldade
Entre os maiores impérios:

-Império Britânico
Foi o maior império descontinuo da história.
Expandiram a língua inglesa e difundiram aquilo que caracteriza o mundo de hoje, que é a
industrialização e a globalização


                                                      No início do século XX a Europa dominava
                                                      em torno de 84% da superfície do planeta
                                                      Terra. E o maior de todos foi sem dúvida o
                                                      império Britânico .



um Imperialista Britânico chamado Cecil Rhodes onde ele diz:” Eu anexaria até os planetas se
pudesse”.

Havia uma frase que dizia: 'O sol nunca se põe no império britânico", porque ele se espalhou
por todo o mundo.

                                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Alguns    estudiosos acreditam que o domínio ocidental é um fato consumado desde
tempos imemoriais. Outros, que se trata de um fenômeno recente.



E agora que muita gente espera que o crescimento econômico da China tire o mundo
                            a supremacia ocidental
da recessão, alguns historiadores sugerem que
não passa de um acidente de percurso, uma breve interrupção
de uma ordem mundial mais antiga, sinocêntrica.




                                        Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O capitalismo, como sistema econômico e social,
passou a ser dominante no mundo ocidental a partir
                  do século XVI.




                        Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Gradativamente, ele foi se sobrepondo a outras formas de
  produção, até se tornar hegemônico, o que, em âmbito
         mundial, ocorreu em sua fase industrial.




     Didaticamente, considerando o seu processo de
desenvolvimento, costuma-se a dividir o capitalismo em três
                         fases:
                            Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Essa etapa do capitalismo estendeu-se desde fins do século
XV até o século XVIII. Foi marcada pela expansão marítima
  das potências da Europa Ocidental na época (Portugal e
     Espanha), em busca de novas rotas para as Índias.




                            Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Foi o período das Grandes Navegações e descobrimentos, das
conquistas territoriais, e também da escravização e genocídio
        de milhões de nativos da América e da África.




                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O grande acúmulo de capitais se dava na esfera da circulação,
   ou seja, por meio do comércio, daí o termo capitalismo
              comercial para designar o período.




                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Defendia a necessidade de acumulação de riquezas no
interior dos Estados, e a riqueza e o poder de um país eram
medidos pela quantidade de metais preciosos (ouro e prata)
    que possuíam. Esse princípio ficou conhecido como
 metalismo. Após a descoberta de ouro e prata na América
    houve um enorme fluxo de metais preciosos para a
 Europa,sobretudo para a Espanha,Reino Unido e Portugal.




                            Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
As metrópoles garantiam alta lucratividade,já que as colônias
  eram obrigadas a vender seus produtos às metrópoles a
preços baixos e a comprar delas o que necessitavam a preços
                           altos.




                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
A acumulação primitiva,primária ou inicial de capitais,somada
a outros fatores,criou as condições,primeiro no Reino Unido
    e depois na Europa continental,para que ocorresse a
Revolução Industrial,projetando o capitalismo para a sua fase
                          seguinte.




                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O capitalismo industrial foi
     marcado por grandes
        transformações
 econômicas,sociais,políticas e
culturais.As maiores mudanças
     resultaram do que se
   convencionou chamar de
     Revolução Industrial.




                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
As atividades econômicas se dividem em 3 setores:

-PRIMÁRIO: Atividades essencialmente ligadas a natureza , exercidas
predominantemente em áreas rurais (agricultura, pecuária,
extrativismos)




                                 Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
As atividades econômicas se dividem em 3 setores:

-PRIMÁRIO: Atividades essencialmente ligadas a natureza , exercidas
predominantemente em áreas rurais (agricultura, pecuária,
extrativismos)

-SECUNDÁRIO: Todas as atividades ligadas a indústria.                   (Para esse segmento é
necessário um avanço tecnológico maior – mais conhecimento, mais tecnologia, mais qualificação,
consequentemente o lucro desse setor também é mais significativo)




                                              Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
As atividades econômicas se dividem em 3 setores:

-PRIMÁRIO: Atividades essencialmente ligadas a natureza , exercidas
predominantemente em áreas rurais (agricultura, pecuária,
extrativismos)

-SECUNDÁRIO: Todas as atividades ligadas a indústria.                   (Para esse segmento é
necessário um avanço tecnológico maior – mais conhecimento, mais tecnologia, mais qualificação,
consequentemente o lucro desse setor também é mais significativo)


-TERCIÁRIO: Comércio e prestadoras de serviço (bancos, seguradoras,
transportes, serviços em geral) (Esse setor também é marcante nos países desenvolvidos,
existe uma gama de variedades de produtos – telefones, roupas, alimentos, etc..)




                                                    Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O comércio não era mais a
                       essência do sistema.O
                     lucro - o objetivo dessa
                    nova fase do capitalismo -
                              advinha
                      fundamentalmente da
                    produção de mercadorias .




Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Foi Karl Marx,um dos mais
  influentes pensadores
     alemães do século
passado, quem desvendou
      o mecanismo da
  exploração capitalista,
que é a essência do lucro,
   chamando-o de mais-
           valia.


                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
A toda jornada de trabalho corresponde a uma remuneração, que permitirá a subsistência do
trabalhador. No entanto, o
                trabalhador produz um valor maior do que
aquele que recebe na fora de salário, e essa fatia de trabalho não-pago é
             apropriada pelos donos das fábricas, das fazendas, das minas, etc.




                                            Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Dessa forma, todo produto ou serviço vendido traz esse valor
  não transferido ao trabalhador, permitindo o acúmulo de
                   lucro pelos capitalistas.
Ficou fácil entender porque o regime assalariado é a relação
               mais adequada ao capitalismo?




                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O trabalho assalariado é uma relação tipicamente capitalista.
  O trabalhador assalariado, além de apresentar maior produtividade que o escravo, tem
   renda disponível para o consumo, ao contrario daquele. Assume, a
 escravidão, uma relação de trabalho típica da fase comercial do capitalismo, foi “ extinta”
                   quando o trabalho assalariado passou a predominar.




                                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Dentro das fábricas, mudanças importantes estavam
                      acontecendo:

-a produtividade e a capacidade de produção aumentavam
                       veloz mente;

-aprofundava-se a divisão de trabalho e crescia a produção
                        em série.

   Nessa época, segunda metade do século XIX, estava
  ocorrendo o que se convencionou chamar de Segunda
                 Revolução Industrial.


                            Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
é chamado também de capitalismo monopolista, nesta fase o
    capitalismo ficou marcado pelo poder do capital, das
      instituições financeiras. Os grupos e gigantescas
      multinacionais detinham os rumos do mercado,
  concentrando nas mãos um grande poder de decisão até
                  mesmo no campo político.




                           Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
No fim da segunda Segunda Guerra Mundial, os EUA tinham
uma liderança política e econômica incontestável, com quase
50% do PIB Mundial e 85% dos investimentos diretos
internacionais.



                           Ainda hoje, nenhum país tem um
                           peso    sequer    remotamente
                           semelhante.




                            Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O mundo unipolar com
predomínio americano que
emergiu do fim abrupto da
Guerra Fria praticamente o
fez se tornar o grande
império que permanece até
hoje.




                        Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Hoje, a comunidade internacional assiste ao nascimento de
um novo mundo bipolar, desta vez com a China fazendo
frente ao poderio econômico norte-americano.




                           Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Diferente daquela divisão entre as superpotências Estados
Unidos e União Soviética, que, durante os anos da Guerra
Fria, era marcada mais por ações de espionagem, desastres
diplomáticos e uma constante ameaça de uma guerra nuclear
que poderia devastar o planeta.




                           Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
é um relógio simbólico mantido desde 1947 pelo comitê de diretores do Bulletin of the Atomic
Scientists da Universidade de Chicago. Ele utiliza uma analogia onde a raça humana está a
"minutos para a meia-noite", onde a meia-noite representa a destruição por uma guerra
nuclear.
O número de minutos para a meia-noite, uma medida do nível nuclear, de aparelhamento e
tecnologias envolvidas, é atualizado periodicamente




                                            Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
é um relógio simbólico mantido desde 1947 pelo comitê de diretores do Bulletin of the Atomic
Scientists da Universidade de Chicago. Ele utiliza uma analogia onde a raça humana está a
"minutos para a meia-noite", onde a meia-noite representa a destruição por uma guerra
nuclear.
O número de minutos para a meia-noite, uma medida do nível nuclear, de aparelhamento e
tecnologias envolvidas, é atualizado periodicamente

Horário Inicial – 23:53 hs..

Desde a sua criação o mais próximo que o
relógio chegou do seu
Horário final foi em, quando EUA e URSS
testaram armas
Nucleares num intervalo de apenas 9 meses
entre um teste e
outro.


Atingiu 23:58 hs.
                                            Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
“Eu não sei com quais armas
  a Terceira Guerra Mundial
 será travada; mas acredito
    que a Quarta será com
 pedaços de paus e pedras.”

                                                         Albert Einsten




                     Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Esta nova disputa de forças se dá, pelo menos por enquanto,
no campo econômico.




                            Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Mais que nenhuma outra nação do mundo, a China saiu
fortalecida da crise financeira mundial que abalou o planeta
entre 2008 e 2009.




                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
“turma do Brasil”, laços comerciais
com o mundo emergente, passou
praticamente      ileso   pela   crise
financeira global e cresceu em 2011 a
um ritmo anual médio de 4,4%.




“turma do México”, integrado às linhas de produção dos EUA,
sofreu um tremendo baque em 2009 e vem crescendo hoje, à
média de 2,7%.
                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Enquanto os países mais ricos, especialmente os europeus, ainda lutam
desesperadamente para equilibrar suas contas e ajudam-se uns aos outros para
evitar uma bancarrota de proporções continentais, a China, que saiu mais
rapidamente do que se esperava da crise, tem dado mostras de que quer assumir
uma posição de liderança.




                                     Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Esta bipolaridade protagonizada por Estados Unidos e China,
por enquanto ainda é desigual e pende muito mais para o
lado norte-americano.




                            Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Estamos falando de um Produto Interno Bruto (PIB) de US$
14,2 trilhões (EUA) contra US$ 4,9 trilhões da China, que já é
a terceira maior economia do planeta.




                              Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Estamos falando de um Produto Interno Bruto (PIB) de US$
14,2 trilhões (EUA) contra US$ 4,9 trilhões da China, que já é
a terceira maior economia do planeta.

1° - EUA         14,2 trilhões (US$)
2° - Japão        5,0 trilhões (US$)                         Até 2010

3° - China        4,9 trilhões (US$)




                              Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Estamos falando de um Produto Interno Bruto (PIB) de US$
14,2 trilhões (EUA) contra US$ 4,9 trilhões da China, que já é
a terceira maior economia do planeta.

1° - EUA         14,2 trilhões (US$)
2° - Japão        5,0 trilhões (US$)                         Até 2010

3° - China        4,9 trilhões (US$)


1° - EUA         14,6 trilhões (US$)
2° - China        5,8 trilhões (US$)                         2011

3° - Japão        5,4 trilhões (US$)

                              Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Capitalismo aliado às relações                          colonialistas
estabelecidas com a Inglaterra.

Em 1949, o socialismo de Mao Tsé-Tung e hoje
consiste em um sistema híbrido que combina a
permanência de fundamentos socialistas e
ingredientes da doutrina capitalista.




 Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Capitalismo aliado às relações                           colonialistas
estabelecidas com a Inglaterra.

Em 1949, o socialismo de Mao Tsé-Tung e hoje
consiste em um sistema híbrido que combina a
permanência de fundamentos socialistas e
ingredientes da doutrina capitalista.

Abertura econômica da China:

-aumento do PIB
-investimento estrangeiro
-produção de patentes
-indústria
-tecnologia
-bens de consumo
-áreas poluídas..




  Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
A medida que busca – com sucesso – equilíbrio com as
maiores economias globais, esta nova e próspera China sente-
se também no direito de falar mais grosso em termos
diplomáticos no cenário internacional.




                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Na relação com os EUA já vem se destacando alguns conflitos,
dentre eles, principalmente econômicos, censura e militares:

-Washington vem acusando Pequim de manter sua moeda
desvalorizada de propósito, de forma a ajudar na exportação
de seus produtos




                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Porque o produto chinês é tão barato?




                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Porque o produto chinês é tão barato?
O principal motivo é a grande oferta de mão-de-obra.




                                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Porque o produto chinês é tão barato?
O principal motivo é a grande oferta de mão-de-obra.

O país tem mais de um bilhão de habitantes, e boa parte está na zona rural, trabalhando com
carvão (a área propícia para agricultura é muito pequena). Essas pessoas estão loucas para
trabalhar na indústria e, por isso aceitam salários muito baixos.




Um trabalhador em uma fábrica chinesa ganha
em torno de US$ 25 mensais, ou seja, cerca de R$
50,00.

Custo de vida não é barato
Benefícios da parceria BRASIL x CHINA


                                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Na relação com os EUA já vem se destacando alguns conflitos,
dentre eles, principalmente econômicos, censura e militares:

-Em janeiro, os Estados Unidos anunciaram um plano de
venda de U$ 6,4 bilhões em armas para Taiwan (o país se separou
da China em 1949, mas ainda é considerado por Pequim uma província rebelde) Por
isso o governo chinês desaprovou os negócios entre os dois
países e suspendeu seus contatos militares com os EUA.




                                      Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Na relação com os EUA já vem se destacando alguns conflitos,
dentre eles, principalmente econômicos, censura e militares:

-Em janeiro, o Google ameaçou encerrar suas operações na
China se continuasse a ser alvo de censura. A empresa então
passou a redirecionar os internautas para seu site de Hong
Kong (região administrativa especial da República Popular da
China) onde não há censura.




                             Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Na relação com os EUA já vem se destacando alguns conflitos,
dentre eles, principalmente econômicos, censura e militares:

-Em fevereiro, o presidente dos Estados Unidos, Barack
Obama, recebeu na Casa Branca o Dalai Lama, exilado líder
espiritual do Tibete, enfurecendo a China.
Em Pequim, o Dalai Lama é considerado persona non grata, um rebelde que
deseja a independência do Tibete.




                                            Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revolucao industrial editado 2
Revolucao industrial editado 2Revolucao industrial editado 2
Revolucao industrial editado 2Carla Prestes
 
3as imperialismo-gobineau-e-racismo-atividade-missão
3as imperialismo-gobineau-e-racismo-atividade-missão3as imperialismo-gobineau-e-racismo-atividade-missão
3as imperialismo-gobineau-e-racismo-atividade-missãoGiseleFinatti
 
As Revoluções Inglesas e a Revolução Industrial
As Revoluções Inglesas e a Revolução Industrial As Revoluções Inglesas e a Revolução Industrial
As Revoluções Inglesas e a Revolução Industrial Isaquel Silva
 
Segunda revolução industrial
Segunda revolução industrialSegunda revolução industrial
Segunda revolução industrialDenis Gasco
 
A revolucao-francesa (2)
A revolucao-francesa (2)A revolucao-francesa (2)
A revolucao-francesa (2)Evanilde Chuva
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesaDenis Gasco
 
Imperialismo e industrialização - 9º Ano
Imperialismo e industrialização - 9º AnoImperialismo e industrialização - 9º Ano
Imperialismo e industrialização - 9º AnoItalo Colares
 
Das revoluções inglesas à revolução industrial
Das revoluções inglesas à revolução industrialDas revoluções inglesas à revolução industrial
Das revoluções inglesas à revolução industrialMaiquel Laux
 
história - rafael - revolução industrial - iluminismo
 história - rafael  - revolução industrial - iluminismo história - rafael  - revolução industrial - iluminismo
história - rafael - revolução industrial - iluminismoRafael Noronha
 
Linha do Tempo da História Geral
Linha do Tempo da História GeralLinha do Tempo da História Geral
Linha do Tempo da História GeralAndré Santos Luigi
 
Formação do espaço geográfico mundial
Formação do espaço geográfico mundialFormação do espaço geográfico mundial
Formação do espaço geográfico mundialSuely Takahashi
 

Mais procurados (20)

Aulas finais ps II
Aulas finais ps IIAulas finais ps II
Aulas finais ps II
 
A Era do Imperialismo
A Era do ImperialismoA Era do Imperialismo
A Era do Imperialismo
 
Revolucao industrial editado 2
Revolucao industrial editado 2Revolucao industrial editado 2
Revolucao industrial editado 2
 
3as imperialismo-gobineau-e-racismo-atividade-missão
3as imperialismo-gobineau-e-racismo-atividade-missão3as imperialismo-gobineau-e-racismo-atividade-missão
3as imperialismo-gobineau-e-racismo-atividade-missão
 
Revisão Enem 2017
Revisão Enem 2017Revisão Enem 2017
Revisão Enem 2017
 
As Revoluções Inglesas e a Revolução Industrial
As Revoluções Inglesas e a Revolução Industrial As Revoluções Inglesas e a Revolução Industrial
As Revoluções Inglesas e a Revolução Industrial
 
Segunda revolução industrial
Segunda revolução industrialSegunda revolução industrial
Segunda revolução industrial
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
Tema G
Tema GTema G
Tema G
 
A revolucao-francesa (2)
A revolucao-francesa (2)A revolucao-francesa (2)
A revolucao-francesa (2)
 
Atividade 2 - 9º ano gabaritada
Atividade 2 - 9º ano gabaritadaAtividade 2 - 9º ano gabaritada
Atividade 2 - 9º ano gabaritada
 
Primeira guerra
Primeira guerraPrimeira guerra
Primeira guerra
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Imperialismo e industrialização - 9º Ano
Imperialismo e industrialização - 9º AnoImperialismo e industrialização - 9º Ano
Imperialismo e industrialização - 9º Ano
 
Das revoluções inglesas à revolução industrial
Das revoluções inglesas à revolução industrialDas revoluções inglesas à revolução industrial
Das revoluções inglesas à revolução industrial
 
história - rafael - revolução industrial - iluminismo
 história - rafael  - revolução industrial - iluminismo história - rafael  - revolução industrial - iluminismo
história - rafael - revolução industrial - iluminismo
 
Linha do Tempo da História Geral
Linha do Tempo da História GeralLinha do Tempo da História Geral
Linha do Tempo da História Geral
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Formação do espaço geográfico mundial
Formação do espaço geográfico mundialFormação do espaço geográfico mundial
Formação do espaço geográfico mundial
 

Destaque (20)

Terrorismo e a morte de bin laden
Terrorismo e a morte de bin ladenTerrorismo e a morte de bin laden
Terrorismo e a morte de bin laden
 
Imagens marcantes
Imagens marcantesImagens marcantes
Imagens marcantes
 
Bric's
Bric'sBric's
Bric's
 
áFrica conflitossss
áFrica conflitossssáFrica conflitossss
áFrica conflitossss
 
Oriente medio
Oriente medioOriente medio
Oriente medio
 
Piores acidentes nucleares da história
Piores acidentes nucleares da históriaPiores acidentes nucleares da história
Piores acidentes nucleares da história
 
América central
América centralAmérica central
América central
 
Atualidades questão nuclear somente
Atualidades questão nuclear somenteAtualidades questão nuclear somente
Atualidades questão nuclear somente
 
Globalização e neoliberalismo
Globalização e neoliberalismoGlobalização e neoliberalismo
Globalização e neoliberalismo
 
Cuba x eua
Cuba x euaCuba x eua
Cuba x eua
 
Conflitos nacionalistas na europa
Conflitos nacionalistas na europaConflitos nacionalistas na europa
Conflitos nacionalistas na europa
 
México
MéxicoMéxico
México
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Mercosul
MercosulMercosul
Mercosul
 
Agentes internos estrutura interna
Agentes internos estrutura internaAgentes internos estrutura interna
Agentes internos estrutura interna
 
Atmosfera e climas
Atmosfera e climasAtmosfera e climas
Atmosfera e climas
 
Aula 1 opt - estudo de caso 2
Aula 1   opt - estudo de caso 2Aula 1   opt - estudo de caso 2
Aula 1 opt - estudo de caso 2
 
As regiões polares
As regiões polaresAs regiões polares
As regiões polares
 
Bacias hidrográficas
Bacias hidrográficasBacias hidrográficas
Bacias hidrográficas
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
 

Semelhante a Apresentação sobre os principais impérios e evolução do capitalismo

Anglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasAnglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasFernanda Lopes
 
Anglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasAnglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasFernanda Lopes
 
Apresentação CEFE - Antecedentes Históricos Mundiais face à Terceira Revolução
Apresentação CEFE - Antecedentes Históricos  Mundiais face à Terceira RevoluçãoApresentação CEFE - Antecedentes Históricos  Mundiais face à Terceira Revolução
Apresentação CEFE - Antecedentes Históricos Mundiais face à Terceira RevoluçãoCEFEbr
 
História Geral: la belle époque e neocolonialismo
História Geral: la belle époque e neocolonialismoHistória Geral: la belle époque e neocolonialismo
História Geral: la belle époque e neocolonialismoRafael Lucas da Silva
 
Revolução Industrial e o Espaço Geografico
Revolução Industrial e o Espaço GeograficoRevolução Industrial e o Espaço Geografico
Revolução Industrial e o Espaço GeograficoGabriel Siqueira
 
Slide reflexo e conquista da América
Slide reflexo e conquista da AméricaSlide reflexo e conquista da América
Slide reflexo e conquista da AméricaCélia Tavares
 
Idade moderna período de transformações prof paulo a
Idade moderna período de transformações prof paulo aIdade moderna período de transformações prof paulo a
Idade moderna período de transformações prof paulo aPaulo Billi
 
Idade moderna período de transformações prof paulo a
Idade moderna período de transformações prof paulo aIdade moderna período de transformações prof paulo a
Idade moderna período de transformações prof paulo aPaulo Billi
 
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundialNeocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundialAlan
 
Contexto histórico - Espiritismo - Governantes
Contexto histórico - Espiritismo - GovernantesContexto histórico - Espiritismo - Governantes
Contexto histórico - Espiritismo - GovernantesDenise Aguiar
 
Esdei 01.01 parte ii_2016
Esdei 01.01 parte ii_2016Esdei 01.01 parte ii_2016
Esdei 01.01 parte ii_2016Denise Aguiar
 
2 az grupo-meninosdavila
2 az grupo-meninosdavila2 az grupo-meninosdavila
2 az grupo-meninosdavilaclaudia murta
 

Semelhante a Apresentação sobre os principais impérios e evolução do capitalismo (20)

Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Fim da velha ordem 2
Fim da velha ordem 2Fim da velha ordem 2
Fim da velha ordem 2
 
Rússia país
Rússia paísRússia país
Rússia país
 
Anglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasAnglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 colonias
 
Anglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasAnglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 colonias
 
Apresentação CEFE - Antecedentes Históricos Mundiais face à Terceira Revolução
Apresentação CEFE - Antecedentes Históricos  Mundiais face à Terceira RevoluçãoApresentação CEFE - Antecedentes Históricos  Mundiais face à Terceira Revolução
Apresentação CEFE - Antecedentes Históricos Mundiais face à Terceira Revolução
 
História Geral: la belle époque e neocolonialismo
História Geral: la belle époque e neocolonialismoHistória Geral: la belle époque e neocolonialismo
História Geral: la belle époque e neocolonialismo
 
Revolução Industrial e o Espaço Geografico
Revolução Industrial e o Espaço GeograficoRevolução Industrial e o Espaço Geografico
Revolução Industrial e o Espaço Geografico
 
Neocolonialismo geral2
Neocolonialismo geral2Neocolonialismo geral2
Neocolonialismo geral2
 
Imperialismo 2013b
Imperialismo 2013bImperialismo 2013b
Imperialismo 2013b
 
Slide reflexo e conquista da América
Slide reflexo e conquista da AméricaSlide reflexo e conquista da América
Slide reflexo e conquista da América
 
Idade moderna período de transformações prof paulo a
Idade moderna período de transformações prof paulo aIdade moderna período de transformações prof paulo a
Idade moderna período de transformações prof paulo a
 
Idade moderna período de transformações prof paulo a
Idade moderna período de transformações prof paulo aIdade moderna período de transformações prof paulo a
Idade moderna período de transformações prof paulo a
 
Evolucao das Artes Visuais
Evolucao das Artes VisuaisEvolucao das Artes Visuais
Evolucao das Artes Visuais
 
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundialNeocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
 
Contexto histórico - Espiritismo - Governantes
Contexto histórico - Espiritismo - GovernantesContexto histórico - Espiritismo - Governantes
Contexto histórico - Espiritismo - Governantes
 
Esdei 01.01 parte ii_2016
Esdei 01.01 parte ii_2016Esdei 01.01 parte ii_2016
Esdei 01.01 parte ii_2016
 
2 cap3 mercosul
2 cap3 mercosul2 cap3 mercosul
2 cap3 mercosul
 
2 az grupo-meninosdavila
2 az grupo-meninosdavila2 az grupo-meninosdavila
2 az grupo-meninosdavila
 

Mais de Fernanda Lopes

Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020
Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020
Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020Fernanda Lopes
 
Cap 1 da europa para o mundo
Cap 1 da europa para o mundoCap 1 da europa para o mundo
Cap 1 da europa para o mundoFernanda Lopes
 
Piores acidentes nucleares da história
Piores acidentes nucleares da históriaPiores acidentes nucleares da história
Piores acidentes nucleares da históriaFernanda Lopes
 
Blocos econômicos primeiro ano
Blocos econômicos  primeiro anoBlocos econômicos  primeiro ano
Blocos econômicos primeiro anoFernanda Lopes
 
Cap 14 conflitos mundiais 1
Cap 14 conflitos mundiais 1Cap 14 conflitos mundiais 1
Cap 14 conflitos mundiais 1Fernanda Lopes
 
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sulCap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sulFernanda Lopes
 
Cap 14 b regiões geoeconômicas_ne
Cap 14 b regiões geoeconômicas_neCap 14 b regiões geoeconômicas_ne
Cap 14 b regiões geoeconômicas_neFernanda Lopes
 
Cap 14 regiões geoeconômicas amazônia
Cap 14 regiões geoeconômicas amazôniaCap 14 regiões geoeconômicas amazônia
Cap 14 regiões geoeconômicas amazôniaFernanda Lopes
 
Cap 13 mundo ex socialista
Cap 13 mundo ex socialistaCap 13 mundo ex socialista
Cap 13 mundo ex socialistaFernanda Lopes
 
Cap 13 b a região concentrada
Cap 13 b a região concentradaCap 13 b a região concentrada
Cap 13 b a região concentradaFernanda Lopes
 
Cap 12 desenvolvimento mundiallll
Cap 12 desenvolvimento mundiallllCap 12 desenvolvimento mundiallll
Cap 12 desenvolvimento mundiallllFernanda Lopes
 
Cap 12 organização politico administrativa do brasilll
Cap 12 organização politico administrativa do brasilllCap 12 organização politico administrativa do brasilll
Cap 12 organização politico administrativa do brasilllFernanda Lopes
 
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águasQuestões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águasFernanda Lopes
 
Segunda guerra mundial face comentários
Segunda guerra mundial  face comentáriosSegunda guerra mundial  face comentários
Segunda guerra mundial face comentáriosFernanda Lopes
 

Mais de Fernanda Lopes (20)

Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020
Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020
Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020
 
Cap 1 da europa para o mundo
Cap 1 da europa para o mundoCap 1 da europa para o mundo
Cap 1 da europa para o mundo
 
Mariana tragédia
Mariana tragédiaMariana tragédia
Mariana tragédia
 
Piores acidentes nucleares da história
Piores acidentes nucleares da históriaPiores acidentes nucleares da história
Piores acidentes nucleares da história
 
Fontes de energia
Fontes de energiaFontes de energia
Fontes de energia
 
China conteúdo
China conteúdoChina conteúdo
China conteúdo
 
Blocos econômicos primeiro ano
Blocos econômicos  primeiro anoBlocos econômicos  primeiro ano
Blocos econômicos primeiro ano
 
Questão palestina
Questão palestinaQuestão palestina
Questão palestina
 
Conflitos mundiais 2
Conflitos mundiais 2Conflitos mundiais 2
Conflitos mundiais 2
 
Cap 14 conflitos mundiais 1
Cap 14 conflitos mundiais 1Cap 14 conflitos mundiais 1
Cap 14 conflitos mundiais 1
 
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sulCap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
 
Cap 14 b regiões geoeconômicas_ne
Cap 14 b regiões geoeconômicas_neCap 14 b regiões geoeconômicas_ne
Cap 14 b regiões geoeconômicas_ne
 
Cap 14 regiões geoeconômicas amazônia
Cap 14 regiões geoeconômicas amazôniaCap 14 regiões geoeconômicas amazônia
Cap 14 regiões geoeconômicas amazônia
 
Cap 13 mundo ex socialista
Cap 13 mundo ex socialistaCap 13 mundo ex socialista
Cap 13 mundo ex socialista
 
Cap 13 b a região concentrada
Cap 13 b a região concentradaCap 13 b a região concentrada
Cap 13 b a região concentrada
 
Cap 12 desenvolvimento mundiallll
Cap 12 desenvolvimento mundiallllCap 12 desenvolvimento mundiallll
Cap 12 desenvolvimento mundiallll
 
Cap 12 organização politico administrativa do brasilll
Cap 12 organização politico administrativa do brasilllCap 12 organização politico administrativa do brasilll
Cap 12 organização politico administrativa do brasilll
 
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águasQuestões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
 
Questões ambientais
Questões ambientaisQuestões ambientais
Questões ambientais
 
Segunda guerra mundial face comentários
Segunda guerra mundial  face comentáriosSegunda guerra mundial  face comentários
Segunda guerra mundial face comentários
 

Apresentação sobre os principais impérios e evolução do capitalismo

  • 1. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 2. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 3. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 4. Ao longo de toda a história vimos impérios caírem e novas cidades tomarem o domínio do chamado “mundo conhecido”. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 5. Entre os maiores impérios: -Império Romano É o mais antigo entre os três principais – início no séc 4 a.C. Durou oito séculos. Deixou consequências muito duradouras, como as estradas construídas na época e que são usadas até hoje, e as leis, que foram transmitidas para diversas civilizações O exército romano era poderosíssimo, baseado na tecnologia ApresentaçãoHavia uma organização militar bem consolidada do ferro. elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 6. Entre os maiores impérios: -Império Russo Teve início no século 16 e terminou com a Revolução Russa em 1917 Ivan, o Terrível – apelido pela tamanhapela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Apresentação elaborada crueldade
  • 7. Entre os maiores impérios: -Império Britânico Foi o maior império descontinuo da história. Expandiram a língua inglesa e difundiram aquilo que caracteriza o mundo de hoje, que é a industrialização e a globalização No início do século XX a Europa dominava em torno de 84% da superfície do planeta Terra. E o maior de todos foi sem dúvida o império Britânico . um Imperialista Britânico chamado Cecil Rhodes onde ele diz:” Eu anexaria até os planetas se pudesse”. Havia uma frase que dizia: 'O sol nunca se põe no império britânico", porque ele se espalhou por todo o mundo. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 8. Alguns estudiosos acreditam que o domínio ocidental é um fato consumado desde tempos imemoriais. Outros, que se trata de um fenômeno recente. E agora que muita gente espera que o crescimento econômico da China tire o mundo a supremacia ocidental da recessão, alguns historiadores sugerem que não passa de um acidente de percurso, uma breve interrupção de uma ordem mundial mais antiga, sinocêntrica. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 9. O capitalismo, como sistema econômico e social, passou a ser dominante no mundo ocidental a partir do século XVI. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 10. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 11. Gradativamente, ele foi se sobrepondo a outras formas de produção, até se tornar hegemônico, o que, em âmbito mundial, ocorreu em sua fase industrial. Didaticamente, considerando o seu processo de desenvolvimento, costuma-se a dividir o capitalismo em três fases: Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 12. Essa etapa do capitalismo estendeu-se desde fins do século XV até o século XVIII. Foi marcada pela expansão marítima das potências da Europa Ocidental na época (Portugal e Espanha), em busca de novas rotas para as Índias. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 13. Foi o período das Grandes Navegações e descobrimentos, das conquistas territoriais, e também da escravização e genocídio de milhões de nativos da América e da África. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 14. O grande acúmulo de capitais se dava na esfera da circulação, ou seja, por meio do comércio, daí o termo capitalismo comercial para designar o período. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 15. Defendia a necessidade de acumulação de riquezas no interior dos Estados, e a riqueza e o poder de um país eram medidos pela quantidade de metais preciosos (ouro e prata) que possuíam. Esse princípio ficou conhecido como metalismo. Após a descoberta de ouro e prata na América houve um enorme fluxo de metais preciosos para a Europa,sobretudo para a Espanha,Reino Unido e Portugal. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 16. As metrópoles garantiam alta lucratividade,já que as colônias eram obrigadas a vender seus produtos às metrópoles a preços baixos e a comprar delas o que necessitavam a preços altos. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 17. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 18. A acumulação primitiva,primária ou inicial de capitais,somada a outros fatores,criou as condições,primeiro no Reino Unido e depois na Europa continental,para que ocorresse a Revolução Industrial,projetando o capitalismo para a sua fase seguinte. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 19. O capitalismo industrial foi marcado por grandes transformações econômicas,sociais,políticas e culturais.As maiores mudanças resultaram do que se convencionou chamar de Revolução Industrial. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 20. As atividades econômicas se dividem em 3 setores: -PRIMÁRIO: Atividades essencialmente ligadas a natureza , exercidas predominantemente em áreas rurais (agricultura, pecuária, extrativismos) Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 21. As atividades econômicas se dividem em 3 setores: -PRIMÁRIO: Atividades essencialmente ligadas a natureza , exercidas predominantemente em áreas rurais (agricultura, pecuária, extrativismos) -SECUNDÁRIO: Todas as atividades ligadas a indústria. (Para esse segmento é necessário um avanço tecnológico maior – mais conhecimento, mais tecnologia, mais qualificação, consequentemente o lucro desse setor também é mais significativo) Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 22. As atividades econômicas se dividem em 3 setores: -PRIMÁRIO: Atividades essencialmente ligadas a natureza , exercidas predominantemente em áreas rurais (agricultura, pecuária, extrativismos) -SECUNDÁRIO: Todas as atividades ligadas a indústria. (Para esse segmento é necessário um avanço tecnológico maior – mais conhecimento, mais tecnologia, mais qualificação, consequentemente o lucro desse setor também é mais significativo) -TERCIÁRIO: Comércio e prestadoras de serviço (bancos, seguradoras, transportes, serviços em geral) (Esse setor também é marcante nos países desenvolvidos, existe uma gama de variedades de produtos – telefones, roupas, alimentos, etc..) Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 23. O comércio não era mais a essência do sistema.O lucro - o objetivo dessa nova fase do capitalismo - advinha fundamentalmente da produção de mercadorias . Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 24. Foi Karl Marx,um dos mais influentes pensadores alemães do século passado, quem desvendou o mecanismo da exploração capitalista, que é a essência do lucro, chamando-o de mais- valia. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 25. A toda jornada de trabalho corresponde a uma remuneração, que permitirá a subsistência do trabalhador. No entanto, o trabalhador produz um valor maior do que aquele que recebe na fora de salário, e essa fatia de trabalho não-pago é apropriada pelos donos das fábricas, das fazendas, das minas, etc. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 26. Dessa forma, todo produto ou serviço vendido traz esse valor não transferido ao trabalhador, permitindo o acúmulo de lucro pelos capitalistas. Ficou fácil entender porque o regime assalariado é a relação mais adequada ao capitalismo? Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 27. O trabalho assalariado é uma relação tipicamente capitalista. O trabalhador assalariado, além de apresentar maior produtividade que o escravo, tem renda disponível para o consumo, ao contrario daquele. Assume, a escravidão, uma relação de trabalho típica da fase comercial do capitalismo, foi “ extinta” quando o trabalho assalariado passou a predominar. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 28. Dentro das fábricas, mudanças importantes estavam acontecendo: -a produtividade e a capacidade de produção aumentavam veloz mente; -aprofundava-se a divisão de trabalho e crescia a produção em série. Nessa época, segunda metade do século XIX, estava ocorrendo o que se convencionou chamar de Segunda Revolução Industrial. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 29. é chamado também de capitalismo monopolista, nesta fase o capitalismo ficou marcado pelo poder do capital, das instituições financeiras. Os grupos e gigantescas multinacionais detinham os rumos do mercado, concentrando nas mãos um grande poder de decisão até mesmo no campo político. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 30. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 31. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 32. No fim da segunda Segunda Guerra Mundial, os EUA tinham uma liderança política e econômica incontestável, com quase 50% do PIB Mundial e 85% dos investimentos diretos internacionais. Ainda hoje, nenhum país tem um peso sequer remotamente semelhante. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 33. O mundo unipolar com predomínio americano que emergiu do fim abrupto da Guerra Fria praticamente o fez se tornar o grande império que permanece até hoje. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 34. Hoje, a comunidade internacional assiste ao nascimento de um novo mundo bipolar, desta vez com a China fazendo frente ao poderio econômico norte-americano. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 35. Diferente daquela divisão entre as superpotências Estados Unidos e União Soviética, que, durante os anos da Guerra Fria, era marcada mais por ações de espionagem, desastres diplomáticos e uma constante ameaça de uma guerra nuclear que poderia devastar o planeta. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 36. é um relógio simbólico mantido desde 1947 pelo comitê de diretores do Bulletin of the Atomic Scientists da Universidade de Chicago. Ele utiliza uma analogia onde a raça humana está a "minutos para a meia-noite", onde a meia-noite representa a destruição por uma guerra nuclear. O número de minutos para a meia-noite, uma medida do nível nuclear, de aparelhamento e tecnologias envolvidas, é atualizado periodicamente Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 37. é um relógio simbólico mantido desde 1947 pelo comitê de diretores do Bulletin of the Atomic Scientists da Universidade de Chicago. Ele utiliza uma analogia onde a raça humana está a "minutos para a meia-noite", onde a meia-noite representa a destruição por uma guerra nuclear. O número de minutos para a meia-noite, uma medida do nível nuclear, de aparelhamento e tecnologias envolvidas, é atualizado periodicamente Horário Inicial – 23:53 hs.. Desde a sua criação o mais próximo que o relógio chegou do seu Horário final foi em, quando EUA e URSS testaram armas Nucleares num intervalo de apenas 9 meses entre um teste e outro. Atingiu 23:58 hs. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 38. “Eu não sei com quais armas a Terceira Guerra Mundial será travada; mas acredito que a Quarta será com pedaços de paus e pedras.” Albert Einsten Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 39. Esta nova disputa de forças se dá, pelo menos por enquanto, no campo econômico. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 40. Mais que nenhuma outra nação do mundo, a China saiu fortalecida da crise financeira mundial que abalou o planeta entre 2008 e 2009. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 41. “turma do Brasil”, laços comerciais com o mundo emergente, passou praticamente ileso pela crise financeira global e cresceu em 2011 a um ritmo anual médio de 4,4%. “turma do México”, integrado às linhas de produção dos EUA, sofreu um tremendo baque em 2009 e vem crescendo hoje, à média de 2,7%. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 42. Enquanto os países mais ricos, especialmente os europeus, ainda lutam desesperadamente para equilibrar suas contas e ajudam-se uns aos outros para evitar uma bancarrota de proporções continentais, a China, que saiu mais rapidamente do que se esperava da crise, tem dado mostras de que quer assumir uma posição de liderança. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 43. Esta bipolaridade protagonizada por Estados Unidos e China, por enquanto ainda é desigual e pende muito mais para o lado norte-americano. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 44. Estamos falando de um Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 14,2 trilhões (EUA) contra US$ 4,9 trilhões da China, que já é a terceira maior economia do planeta. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 45. Estamos falando de um Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 14,2 trilhões (EUA) contra US$ 4,9 trilhões da China, que já é a terceira maior economia do planeta. 1° - EUA  14,2 trilhões (US$) 2° - Japão  5,0 trilhões (US$) Até 2010 3° - China  4,9 trilhões (US$) Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 46. Estamos falando de um Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 14,2 trilhões (EUA) contra US$ 4,9 trilhões da China, que já é a terceira maior economia do planeta. 1° - EUA  14,2 trilhões (US$) 2° - Japão  5,0 trilhões (US$) Até 2010 3° - China  4,9 trilhões (US$) 1° - EUA  14,6 trilhões (US$) 2° - China  5,8 trilhões (US$) 2011 3° - Japão  5,4 trilhões (US$) Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 47. Capitalismo aliado às relações colonialistas estabelecidas com a Inglaterra. Em 1949, o socialismo de Mao Tsé-Tung e hoje consiste em um sistema híbrido que combina a permanência de fundamentos socialistas e ingredientes da doutrina capitalista. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 48. Capitalismo aliado às relações colonialistas estabelecidas com a Inglaterra. Em 1949, o socialismo de Mao Tsé-Tung e hoje consiste em um sistema híbrido que combina a permanência de fundamentos socialistas e ingredientes da doutrina capitalista. Abertura econômica da China: -aumento do PIB -investimento estrangeiro -produção de patentes -indústria -tecnologia -bens de consumo -áreas poluídas.. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 49. A medida que busca – com sucesso – equilíbrio com as maiores economias globais, esta nova e próspera China sente- se também no direito de falar mais grosso em termos diplomáticos no cenário internacional. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 50. Na relação com os EUA já vem se destacando alguns conflitos, dentre eles, principalmente econômicos, censura e militares: -Washington vem acusando Pequim de manter sua moeda desvalorizada de propósito, de forma a ajudar na exportação de seus produtos Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 51. Porque o produto chinês é tão barato? Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 52. Porque o produto chinês é tão barato? O principal motivo é a grande oferta de mão-de-obra. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 53. Porque o produto chinês é tão barato? O principal motivo é a grande oferta de mão-de-obra. O país tem mais de um bilhão de habitantes, e boa parte está na zona rural, trabalhando com carvão (a área propícia para agricultura é muito pequena). Essas pessoas estão loucas para trabalhar na indústria e, por isso aceitam salários muito baixos. Um trabalhador em uma fábrica chinesa ganha em torno de US$ 25 mensais, ou seja, cerca de R$ 50,00. Custo de vida não é barato Benefícios da parceria BRASIL x CHINA Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 54. Na relação com os EUA já vem se destacando alguns conflitos, dentre eles, principalmente econômicos, censura e militares: -Em janeiro, os Estados Unidos anunciaram um plano de venda de U$ 6,4 bilhões em armas para Taiwan (o país se separou da China em 1949, mas ainda é considerado por Pequim uma província rebelde) Por isso o governo chinês desaprovou os negócios entre os dois países e suspendeu seus contatos militares com os EUA. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 55. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 56. Na relação com os EUA já vem se destacando alguns conflitos, dentre eles, principalmente econômicos, censura e militares: -Em janeiro, o Google ameaçou encerrar suas operações na China se continuasse a ser alvo de censura. A empresa então passou a redirecionar os internautas para seu site de Hong Kong (região administrativa especial da República Popular da China) onde não há censura. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 57. Na relação com os EUA já vem se destacando alguns conflitos, dentre eles, principalmente econômicos, censura e militares: -Em fevereiro, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebeu na Casa Branca o Dalai Lama, exilado líder espiritual do Tibete, enfurecendo a China. Em Pequim, o Dalai Lama é considerado persona non grata, um rebelde que deseja a independência do Tibete. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 58. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 59. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 60. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 61. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 62. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 63. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 64. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 65. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 66. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 67. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 68. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 69. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 70. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 71. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 72. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 73. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 74. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 75. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 76. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 77. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 78. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 79. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 80. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 81. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 82. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 83. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 84. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia