Atendente de Farmacia

4.707 visualizações

Publicada em

Noções de atendimento em farmacia

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.707
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
393
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atendente de Farmacia

  1. 1. Atendente de Farmácia Prof: Enf. Sheilla de Lima Sandes
  2. 2. O que é atendimento?
  3. 3. Para que serve o atendimento? RECEPCIONAR INFORMAR ORIENTARAMENIZAR AGILIZAR
  4. 4. Como fazer um atendimento de qualidade? OUVINDO CONSIDERARCOMPREENDER
  5. 5. Para que serve o atendimento? ATENÇÃO: NO ATENDIMENTO AO PÚBLICO, A FUNÇÃO PRINCIPAL DO PROFISSIONAL É A DE AJUDAR A PESSOA A RESOLVER SEUS PROBLEMAS OU TER AS NECESSIDADES ATENDIDAS. DURANTE O ATENDIMENTO DEVEMOS: • SABER OUVIR; • INFORMAR E ORIENTAR COM SEGURANÇA; • AVALIAR OS SENTIMENTOS CORRETAMENTE; •RESPEITAR OS PROBLEMAS DE SAÚDE DE CADA UM
  6. 6. Início do Atendimento • OLHAR PARA O CLIENTE; • SORRIR PARA O CLIENTE; • SAUDAR O CLIENTE ( BOM DIA, BOA TARDE OU BOA NOITE); • FAZER UMA PAUSA PARA OUVI-LO; • INFORMAR E RETIRAR AS DÚVIDAS DO MESMO. APRESENTAÇÃO DO ATENDENTE: • VESTIDO ADEQUADAMENTE; • HIGIENIZADO
  7. 7. Como armazenar os medicamentos?
  8. 8. O que deve saber numa farmácia • Nome do responsável técnico, número de inscrição e sigla do Conselho Regional de Farmácia do seu Estado; • Numero do registro no Ministério da Saúde, conforme publicação do Diário Oficial da União; • Data de validade – esse prazo deve ser no mínimo de um ano para uma maior rotatividade dos produtos; • Numero do lote a que a unidade pertence; • Composição dos produtos farmacêuticos; • Peso, volume liquido ou quantidade se for o caso; • Finalidade, uso e aplicação; • Precauções, cuidados especiais.
  9. 9. Denominação dos Medicamentos Nome Comercial: é determinado/escolhido pelo laboratório que produz o medicamento. Nome Químico: é o nome dos elementos químicos que compõem a fórmula farmacêutica do medicamento. Denominação Genérica: ou Denominação Comum Brasileira (DCB), é usado para identificar o princípio ativo do medicamento, aprovado pela ANVISA
  10. 10. Aspectos Gerais sobre Medicamentos A idéia de remédio está associada a todo e qualquer tipo de cuidado utilizado para curar ou aliviar doenças, sintomas, desconforto e mal-estar. Já os medicamentos são substâncias ou preparações elaboradas em farmácias (medicamentos manipulados) ou indústrias (medicamentos industriais), que devem seguir as determinações legais de segurança, eficácia e qualidade.
  11. 11. Significados das Tarjas dos Medicamentos
  12. 12. Significados das Tarjas dos Medicamentos
  13. 13. Significados das Tarjas dos Medicamentos
  14. 14. QUAL A DIFERENÇA DE MEDICAMENTOS GENÉRICOS, REFERÊNCIA E SIMILAR? Medicamento de Referência • São, medicamentos inovadores, cuja eficácia, segurança e qualidade foram comprovadas cientificamente, por ocasião do registro junto ao Ministério da Saúde, através da ANVISA. São os medicamentos que, geralmente, se encontram há bastante tempo no mercado e tem uma marca comercial conhecida.
  15. 15. QUAL A DIFERENÇA DE MEDICAMENTOS GENÉRICOS, REFERÊNCIA E SIMILAR? Medicamento Similar • Os similares são medicamentos que possuem o mesmo fármaco, a mesma concentração, forma farmacêutica, via de administração, posologia e indicação terapêutica do medicamento de referência (ou marca), mas, não têm sua bioequivalência com o medicamento de referência comprovada.
  16. 16. QUAL A DIFERENÇA DE MEDICAMENTOS GENÉRICOS, REFERÊNCIA E SIMILAR? Medicamento Genérico • O medicamento genérico é aquele que contém o mesmo fármaco (princípio ativo), na mesma dose e forma farmacêutica. É administrado pela mesma via, com a indicação terapêutica e segurança que o medicamento de referência no país, podendo este ser intercambiável.
  17. 17. Efeitos dos Medicamentos O efeito farmacológico: O princípio ativo atua sobre determinadas células e órgãos ou em todo o corpo. O resultado é chamado de efeito farmacológico. Um medicamento em geral produz múltiplos efeitos como efeito principal e adverso. O Efeito Placebo: a administração de medicamentos pode produzir além do efeito farmacológico, um efeito adicional: o “efeito placebo”, que é um efeito psicológico que depende da fé ou confiança que o paciente tem no medicamento.
  18. 18. Primeiros Socorros Primeiros Socorros são um conjunto de procedimentos de emergência que devem ser aplicados a uma pessoa em perigo de vida. Envenenamentos (medicamentos, plantas, produtos químicos, substâncias corrosivas) Você pode provocar vômitos: • Se a vítima estiver consciente; • Apenas nos casos de ingestão de medicamentos, plantas, comida estragada, álcool, bebidas alcoólicas.
  19. 19. Primeiros Socorros Você NÃO deve provocar vômitos: • Se a vítima estiver inconsciente; • Se a substância ingerida for corrosiva ou derivada de petróleo como removedor, gasolina, querosene, polidores, ceras, aguarrás, thinner, graxas, amônia, soda cáustica, água sanitária, etc.
  20. 20. O SUCESSO DEPENDE MAIS DE VOCÊ DO QUE DOS OUTROS. ÓTIMO DOMINGO!

×