SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 65
Cibercultura
Origens

No período pós-2ª Grande Guerra, sistemas de
defesa são automatizados. Computadores entram
em cena e nascem primeiros estudos sobre os
sistemas informatizados e a comunicação.

Teoria cibernética nasce nos anos 40, um dos
principais pesquisadores é Norbert Wiener
Cibercultura vem da cibernética, uma teoria da
comunicação que trata das relações de comunicação
e do controle do feedback (resposta). São sistemas
de troca de informação entre homens e máquinas.

A palavra CYBER vem do grego kybernetes, que
significa timoneiro, piloto
Literatura - Isaac Asimov com Eu, Robô
(anos 40), Ray Bradbury com Farenheit
451 (anos 50) e Phillip K. Dick com
Minority Report e Blade Runner (anos 50
e 60) sobre bases de George Orwell,
autor de 1984, e Aldous Huxley, escritor
de Admirável Mundo Novo (anos 40).
anos 60


Universidades aumentam pesquisa sobre as
máquinas nos anos 60, o que cria as bases - junto da
entrada da informática nas forças armadas - para a
criação da Internet.

Marshall McLuhan
anos 70

sonho dos hippies cai por terra

universitários passam a estudar potencial humano da
informática

informática entra nos grandes bancos

microinformática nasce e vai aos lares
Kraftwerk
anos 80


Vida eletrônica chega aos lares, através dos
microcomputadores, videogames, música e artes
com vídeos - videomakers. Nasce a MTV, com uma
nova estética visual e de enredos mais rápidos.

Dire Straits - Money for Nothing
Apple 1984
the well



1985, primeira grande comunidade virtual, The World
Earth ´Lectronic Link
Literatura



William Gibson, no livro Neuromancer, registra o
termo CYBERSPACE em 1984.
Música

Semente do Kraftwerk é regada com disco músic e
nasce o electro

Punk deságua no new wave

Efeitos eletrônicos aparecem até no metal: Iron
Maiden com Somewhere in Time (86) e Judas Priest
com Turbo (86)
anos 90

Não há como escapar da informática. a Internet já
está no Brasil e até o Banrisul já tem máquinas de
extratos eletrônicas no Interior do Estado em 93.
Banco do Brasil lança seu sistema de depósito
“online”, “tá ainda hoje na conta da pessoa”.

escritórios trabalham com a máquina de fax

vida digital é realidade
comunicação pelo micro


mIRC

chats (Zaz, Uol)

fóruns New York Times
e-mail e protesto


 1994, as cartas do subcomandante
 Marcos, do EZLN

 Protestos contra países da Organização
 Mundial do Comércio em Seattle, 1999
Bug do Milênio
comunidades


orkut

myspace

hubs em redes de troca de arquivos

web 2.0
Cibercultura



Cultura, modos, expressões da era da informação
Pierre Lévy


Corresponde ao momento em que nossa espécie,
pela globalização econômica, pelo adensamento das
redes de comunicação e de transporte, tende a
formar uma única comunidade mundial, ainda que
essa comunidade seja - e quanto! - desigual e
conflitante. (LÉVY, 2000, p. 249)
Longe de ser uma subcultura dos fanáticos pela
rede, a cibercultura expressa uma mutação
fundamental da própria essência da cultura. De
acordo com a tese que desenvolvi neste estudo, a
chave da cultura do futuro é o conceito de universal
sem totalidade. (LÉVY, 2000, p. 247)
André Lemos

A cibercultura será uma configuração sócio-técnica
onde haverá modelos tribais associados às
tecnologias digitais, opondo-se ao individualismo da
cultura do impresso, moderna e tecnocrática. Com a
cibercultura, estamos diante de um processo de
aceleração, realizando a abolição do espaço
homogêneo e delimitado por fronteiras geopolíticas e
do tempo cronológico e linear, dois pilares da
modernidade ocidental. No entanto, esta
conectividade generalizada não é isenta de críticas.
(LEMOS, 2000, p. 77)
A cibercultura que se forma sob os nossos olhos,
mostra, para o melhor ou para o pior, como as novas
tecnologias estão sendo, efetivamente, utilizadas
como ferramentas de uma efervescência social
(compartilhamento de emoções, de conviviabilidade
e de formação comunitária). A cibercultura é a
socialidade como prática da tecnologia. (LEMOS,
2000, p. 96)
Teóricos

Pierre Lévy
- Cibercultura
- Tecnologias da Inteligência
- O que é Virtual?
- A Conexão Planetária


Lúcia Santaella
- Culturas e Artes do Pós-Humano
- Navegar no Ciberespaço
Cyber_Reader


Manuel Castells
- Galáxia Internet
- A Sociedade em Rede (trilogia)


Francisco Rüdiger
- Teorias da Cibercultura
André Lemos
- Cibercultura
- Janelas do Ciberespaço


Jean Baudrillard
- Simulacros e Simulações


Donna Haraway
- Manifesto Cyborg


Kevin Kelly
- New Rules for New Economy


Howard Rheingold
- A Comunidade Virtual
Henry Jenkins
- Cultura da Convergência

Marshall McLuhan
- Meios de Comunicação Como
Extensão do Homem


Nicholas Negroponte
- Vida Digital


Don Tapscott
- Wikinomics
Juremir Machado da Silva e
Francisco Menezes Martins (org)
- Genealogia do Virtual
- Para Navegar no Século XXI



Rogério da Costa
- A Cultura Digital
Conectado
Juliano Spyer

ReMix
Lawrence Lessig

Homo Zappiens
Ben Vrakking, Wim Veen

Journalism 2.0
Mark Briggs
Cibercultura

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introdução a cultura digital
Introdução a cultura digitalIntrodução a cultura digital
Introdução a cultura digitalAline Corso
 
A Cibercultura no Cotidiano
A Cibercultura no CotidianoA Cibercultura no Cotidiano
A Cibercultura no CotidianoLiscagnolato
 
Introdução a cibercultura
Introdução a ciberculturaIntrodução a cibercultura
Introdução a ciberculturaAline Corso
 
Introducao As Teorias Da Cibercultura
Introducao As Teorias Da CiberculturaIntroducao As Teorias Da Cibercultura
Introducao As Teorias Da Ciberculturagabizago
 
Cibercultura a sociedade em rede e as mídias interativas
Cibercultura a sociedade em rede e as mídias interativasCibercultura a sociedade em rede e as mídias interativas
Cibercultura a sociedade em rede e as mídias interativasAndreia Regina Moura Mendes
 
Tdic na prática docente i
Tdic na prática docente   iTdic na prática docente   i
Tdic na prática docente iEduardo Lima
 
Internet, Ciberespaço e Cibercultura
Internet, Ciberespaço e CiberculturaInternet, Ciberespaço e Cibercultura
Internet, Ciberespaço e CiberculturaMichele Pó
 
Aula 12 Guy Debord - A sociedade do espetáculo
Aula 12 Guy Debord - A sociedade do espetáculoAula 12 Guy Debord - A sociedade do espetáculo
Aula 12 Guy Debord - A sociedade do espetáculoElizeu Nascimento Silva
 
Sociologia Introdutória
Sociologia Introdutória Sociologia Introdutória
Sociologia Introdutória Rene Lins
 
Ihc2016.2 aula 7 critérios de qualidade de uso
Ihc2016.2 aula 7   critérios de qualidade de usoIhc2016.2 aula 7   critérios de qualidade de uso
Ihc2016.2 aula 7 critérios de qualidade de usoTicianne Darin
 
AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...
AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...
AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...Prof. Noe Assunção
 
Comunicação de massa e indústria cultural
Comunicação de massa e indústria culturalComunicação de massa e indústria cultural
Comunicação de massa e indústria culturalVanessa Souza Pereira
 
Sociologia e meio ambiente
Sociologia e meio ambienteSociologia e meio ambiente
Sociologia e meio ambienteEEBMiguelCouto
 

Mais procurados (20)

Introdução a cultura digital
Introdução a cultura digitalIntrodução a cultura digital
Introdução a cultura digital
 
A Cibercultura no Cotidiano
A Cibercultura no CotidianoA Cibercultura no Cotidiano
A Cibercultura no Cotidiano
 
Introdução a cibercultura
Introdução a ciberculturaIntrodução a cibercultura
Introdução a cibercultura
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Introducao As Teorias Da Cibercultura
Introducao As Teorias Da CiberculturaIntroducao As Teorias Da Cibercultura
Introducao As Teorias Da Cibercultura
 
Cibercultura a sociedade em rede e as mídias interativas
Cibercultura a sociedade em rede e as mídias interativasCibercultura a sociedade em rede e as mídias interativas
Cibercultura a sociedade em rede e as mídias interativas
 
Cibercultura e Redes sociais - aula 01 - turma 03
Cibercultura e Redes sociais - aula 01 - turma 03Cibercultura e Redes sociais - aula 01 - turma 03
Cibercultura e Redes sociais - aula 01 - turma 03
 
Tdic na prática docente i
Tdic na prática docente   iTdic na prática docente   i
Tdic na prática docente i
 
Ciberespaço
CiberespaçoCiberespaço
Ciberespaço
 
Internet, Ciberespaço e Cibercultura
Internet, Ciberespaço e CiberculturaInternet, Ciberespaço e Cibercultura
Internet, Ciberespaço e Cibercultura
 
Cultura Digital
Cultura DigitalCultura Digital
Cultura Digital
 
Tecnologia e Sociedade
Tecnologia e SociedadeTecnologia e Sociedade
Tecnologia e Sociedade
 
Emile durkheim
Emile durkheimEmile durkheim
Emile durkheim
 
Aula 12 Guy Debord - A sociedade do espetáculo
Aula 12 Guy Debord - A sociedade do espetáculoAula 12 Guy Debord - A sociedade do espetáculo
Aula 12 Guy Debord - A sociedade do espetáculo
 
Sociologia Introdutória
Sociologia Introdutória Sociologia Introdutória
Sociologia Introdutória
 
Ihc2016.2 aula 7 critérios de qualidade de uso
Ihc2016.2 aula 7   critérios de qualidade de usoIhc2016.2 aula 7   critérios de qualidade de uso
Ihc2016.2 aula 7 critérios de qualidade de uso
 
AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...
AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...
AULA SOBRE INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção - Colégio Estadual Roselân...
 
Sobre Cultura Digital
Sobre Cultura DigitalSobre Cultura Digital
Sobre Cultura Digital
 
Comunicação de massa e indústria cultural
Comunicação de massa e indústria culturalComunicação de massa e indústria cultural
Comunicação de massa e indústria cultural
 
Sociologia e meio ambiente
Sociologia e meio ambienteSociologia e meio ambiente
Sociologia e meio ambiente
 

Destaque (20)

Cibercultura - Pierre LÉvy - Decupando e comentando o livro
Cibercultura -   Pierre LÉvy - Decupando e comentando o livroCibercultura -   Pierre LÉvy - Decupando e comentando o livro
Cibercultura - Pierre LÉvy - Decupando e comentando o livro
 
Modulo1 Ava Cibercultura
Modulo1 Ava CiberculturaModulo1 Ava Cibercultura
Modulo1 Ava Cibercultura
 
Circular general
Circular generalCircular general
Circular general
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Ciudadania digital
Ciudadania digitalCiudadania digital
Ciudadania digital
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Cibercultura.
Cibercultura.Cibercultura.
Cibercultura.
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Web 2
Web 2Web 2
Web 2
 
Cultura vs cibercultura
Cultura vs ciberculturaCultura vs cibercultura
Cultura vs cibercultura
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
La cibercultura
La ciberculturaLa cibercultura
La cibercultura
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Definicion Cibercultura
Definicion CiberculturaDefinicion Cibercultura
Definicion Cibercultura
 
Teorias Pedagogicas no contexto da Cibercultura
Teorias Pedagogicas no contexto da CiberculturaTeorias Pedagogicas no contexto da Cibercultura
Teorias Pedagogicas no contexto da Cibercultura
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Parcial cibercultura (doc)
Parcial cibercultura (doc)Parcial cibercultura (doc)
Parcial cibercultura (doc)
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 

Semelhante a Cibercultura

Cibercultura2k10web
Cibercultura2k10webCibercultura2k10web
Cibercultura2k10webAndré Pase
 
7 cultura digital
7 cultura digital7 cultura digital
7 cultura digitalAndré Pase
 
Cultura Digital - conceitos rápidos
Cultura Digital - conceitos rápidosCultura Digital - conceitos rápidos
Cultura Digital - conceitos rápidosAndré Pase
 
Teorias da comunicaçâo digital pwt umesp 2014 def
Teorias da comunicaçâo digital pwt umesp 2014 defTeorias da comunicaçâo digital pwt umesp 2014 def
Teorias da comunicaçâo digital pwt umesp 2014 defSebastião Squirra
 
A história da internet (o movimento californiano)
A história da internet (o movimento californiano)A história da internet (o movimento californiano)
A história da internet (o movimento californiano)fabiomalini
 
A História da Internet (O Movimento Californiano)
A História da Internet (O Movimento Californiano)A História da Internet (O Movimento Californiano)
A História da Internet (O Movimento Californiano)Labic Ufes
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
CiberculturaJoanirse
 
Cibercultura e a Inteligência Coletiva - Leandro Wanderley
Cibercultura e a Inteligência Coletiva - Leandro WanderleyCibercultura e a Inteligência Coletiva - Leandro Wanderley
Cibercultura e a Inteligência Coletiva - Leandro WanderleyLeandro Couto
 
Posfácio Neuromancer 2008
Posfácio Neuromancer 2008Posfácio Neuromancer 2008
Posfácio Neuromancer 2008Adriana Amaral
 
Determinismos tecnológicos
Determinismos tecnológicosDeterminismos tecnológicos
Determinismos tecnológicosguest9b381f
 
Aula i sociedade da informacao
Aula i   sociedade da informacaoAula i   sociedade da informacao
Aula i sociedade da informacaoaulasdejornalismo
 
Cyborg - Do Homo Sapiens ao Homo Bytes
Cyborg - Do Homo Sapiens ao Homo BytesCyborg - Do Homo Sapiens ao Homo Bytes
Cyborg - Do Homo Sapiens ao Homo BytesIvonisio Mosca
 

Semelhante a Cibercultura (20)

Cibercultura2k10web
Cibercultura2k10webCibercultura2k10web
Cibercultura2k10web
 
7 cultura digital
7 cultura digital7 cultura digital
7 cultura digital
 
Cultura Digital - conceitos rápidos
Cultura Digital - conceitos rápidosCultura Digital - conceitos rápidos
Cultura Digital - conceitos rápidos
 
Teorias da comunicaçâo digital pwt umesp 2014 def
Teorias da comunicaçâo digital pwt umesp 2014 defTeorias da comunicaçâo digital pwt umesp 2014 def
Teorias da comunicaçâo digital pwt umesp 2014 def
 
Seminario cibercultura 1
Seminario cibercultura 1Seminario cibercultura 1
Seminario cibercultura 1
 
Ppcyb2 t1 alunos_apresentacao_e_fundamentos
Ppcyb2 t1 alunos_apresentacao_e_fundamentosPpcyb2 t1 alunos_apresentacao_e_fundamentos
Ppcyb2 t1 alunos_apresentacao_e_fundamentos
 
A história da internet (o movimento californiano)
A história da internet (o movimento californiano)A história da internet (o movimento californiano)
A história da internet (o movimento californiano)
 
A História da Internet (O Movimento Californiano)
A História da Internet (O Movimento Californiano)A História da Internet (O Movimento Californiano)
A História da Internet (O Movimento Californiano)
 
Quinta Digital
Quinta DigitalQuinta Digital
Quinta Digital
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Internet
InternetInternet
Internet
 
AULA I_SOCIEDADE_INFORMACAO
AULA I_SOCIEDADE_INFORMACAOAULA I_SOCIEDADE_INFORMACAO
AULA I_SOCIEDADE_INFORMACAO
 
Cibercultura e a Inteligência Coletiva - Leandro Wanderley
Cibercultura e a Inteligência Coletiva - Leandro WanderleyCibercultura e a Inteligência Coletiva - Leandro Wanderley
Cibercultura e a Inteligência Coletiva - Leandro Wanderley
 
Posfácio Neuromancer 2008
Posfácio Neuromancer 2008Posfácio Neuromancer 2008
Posfácio Neuromancer 2008
 
AULA_1_SOCIEDADE_INFORMACAO
AULA_1_SOCIEDADE_INFORMACAOAULA_1_SOCIEDADE_INFORMACAO
AULA_1_SOCIEDADE_INFORMACAO
 
Determinismos tecnológicos
Determinismos tecnológicosDeterminismos tecnológicos
Determinismos tecnológicos
 
Aula i sociedade da informacao
Aula i   sociedade da informacaoAula i   sociedade da informacao
Aula i sociedade da informacao
 
Diversidadecibernetica
DiversidadeciberneticaDiversidadecibernetica
Diversidadecibernetica
 
Cyborg - Do Homo Sapiens ao Homo Bytes
Cyborg - Do Homo Sapiens ao Homo BytesCyborg - Do Homo Sapiens ao Homo Bytes
Cyborg - Do Homo Sapiens ao Homo Bytes
 
Cibercultura enade
Cibercultura enadeCibercultura enade
Cibercultura enade
 

Mais de André Pase

Noções de Realidade Virtual
Noções de Realidade VirtualNoções de Realidade Virtual
Noções de Realidade VirtualAndré Pase
 
Uma nave, muitas galaxias: como a transmidia ajudou Star Trek
Uma nave, muitas galaxias: como a transmidia ajudou Star TrekUma nave, muitas galaxias: como a transmidia ajudou Star Trek
Uma nave, muitas galaxias: como a transmidia ajudou Star TrekAndré Pase
 
Jornalismo adaptado a novas telas: um estudo da linguagem jornalística nas no...
Jornalismo adaptado a novas telas: um estudo da linguagem jornalística nas no...Jornalismo adaptado a novas telas: um estudo da linguagem jornalística nas no...
Jornalismo adaptado a novas telas: um estudo da linguagem jornalística nas no...André Pase
 
Internet de las Cosas - ConDatos 2014
Internet de las Cosas - ConDatos 2014Internet de las Cosas - ConDatos 2014
Internet de las Cosas - ConDatos 2014André Pase
 
Onde nenhum homem jamais esteve: a força da narrativa transmidiática na série...
Onde nenhum homem jamais esteve: a força da narrativa transmidiática na série...Onde nenhum homem jamais esteve: a força da narrativa transmidiática na série...
Onde nenhum homem jamais esteve: a força da narrativa transmidiática na série...André Pase
 
Internet das Coisas - V Seminário de Inovação em Governo Eletrônico PROCERGS
Internet das Coisas - V Seminário de Inovação em Governo Eletrônico PROCERGSInternet das Coisas - V Seminário de Inovação em Governo Eletrônico PROCERGS
Internet das Coisas - V Seminário de Inovação em Governo Eletrônico PROCERGSAndré Pase
 
abertura do módulo de vídeo - Pós Jornalismo Digital
abertura do módulo de vídeo - Pós Jornalismo Digitalabertura do módulo de vídeo - Pós Jornalismo Digital
abertura do módulo de vídeo - Pós Jornalismo DigitalAndré Pase
 
Doing Business with Rio Grande do Sul
Doing Business with Rio Grande do SulDoing Business with Rio Grande do Sul
Doing Business with Rio Grande do SulAndré Pase
 
1 jornalismo online
1 jornalismo online1 jornalismo online
1 jornalismo onlineAndré Pase
 
4 jornalismo colaborativo
4 jornalismo colaborativo4 jornalismo colaborativo
4 jornalismo colaborativoAndré Pase
 
8 interatividade
8 interatividade8 interatividade
8 interatividadeAndré Pase
 
A Rede Social - Aula com Pipoca
A Rede Social - Aula com PipocaA Rede Social - Aula com Pipoca
A Rede Social - Aula com PipocaAndré Pase
 
Uma TV e Várias Telas
Uma TV e Várias TelasUma TV e Várias Telas
Uma TV e Várias TelasAndré Pase
 
Conversa Final Pós-Digital
Conversa Final Pós-DigitalConversa Final Pós-Digital
Conversa Final Pós-DigitalAndré Pase
 

Mais de André Pase (20)

Noções de Realidade Virtual
Noções de Realidade VirtualNoções de Realidade Virtual
Noções de Realidade Virtual
 
Uma nave, muitas galaxias: como a transmidia ajudou Star Trek
Uma nave, muitas galaxias: como a transmidia ajudou Star TrekUma nave, muitas galaxias: como a transmidia ajudou Star Trek
Uma nave, muitas galaxias: como a transmidia ajudou Star Trek
 
Jornalismo adaptado a novas telas: um estudo da linguagem jornalística nas no...
Jornalismo adaptado a novas telas: um estudo da linguagem jornalística nas no...Jornalismo adaptado a novas telas: um estudo da linguagem jornalística nas no...
Jornalismo adaptado a novas telas: um estudo da linguagem jornalística nas no...
 
Internet de las Cosas - ConDatos 2014
Internet de las Cosas - ConDatos 2014Internet de las Cosas - ConDatos 2014
Internet de las Cosas - ConDatos 2014
 
Onde nenhum homem jamais esteve: a força da narrativa transmidiática na série...
Onde nenhum homem jamais esteve: a força da narrativa transmidiática na série...Onde nenhum homem jamais esteve: a força da narrativa transmidiática na série...
Onde nenhum homem jamais esteve: a força da narrativa transmidiática na série...
 
Internet das Coisas - V Seminário de Inovação em Governo Eletrônico PROCERGS
Internet das Coisas - V Seminário de Inovação em Governo Eletrônico PROCERGSInternet das Coisas - V Seminário de Inovação em Governo Eletrônico PROCERGS
Internet das Coisas - V Seminário de Inovação em Governo Eletrônico PROCERGS
 
abertura do módulo de vídeo - Pós Jornalismo Digital
abertura do módulo de vídeo - Pós Jornalismo Digitalabertura do módulo de vídeo - Pós Jornalismo Digital
abertura do módulo de vídeo - Pós Jornalismo Digital
 
Doing Business with Rio Grande do Sul
Doing Business with Rio Grande do SulDoing Business with Rio Grande do Sul
Doing Business with Rio Grande do Sul
 
1 jornalismo online
1 jornalismo online1 jornalismo online
1 jornalismo online
 
3 convergencia
3 convergencia3 convergencia
3 convergencia
 
4 jornalismo colaborativo
4 jornalismo colaborativo4 jornalismo colaborativo
4 jornalismo colaborativo
 
5 blogs
5 blogs5 blogs
5 blogs
 
6 redes sociais
6 redes sociais6 redes sociais
6 redes sociais
 
8 interatividade
8 interatividade8 interatividade
8 interatividade
 
2 privacidade
2 privacidade2 privacidade
2 privacidade
 
A Rede Social - Aula com Pipoca
A Rede Social - Aula com PipocaA Rede Social - Aula com Pipoca
A Rede Social - Aula com Pipoca
 
Som seminario
Som seminarioSom seminario
Som seminario
 
Uma TV e Várias Telas
Uma TV e Várias TelasUma TV e Várias Telas
Uma TV e Várias Telas
 
Conversa Final Pós-Digital
Conversa Final Pós-DigitalConversa Final Pós-Digital
Conversa Final Pós-Digital
 
Som para Jogos
Som para JogosSom para Jogos
Som para Jogos
 

Último

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBAline Santana
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaaulasgege
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.keislayyovera123
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 

Cibercultura

  • 2. Origens No período pós-2ª Grande Guerra, sistemas de defesa são automatizados. Computadores entram em cena e nascem primeiros estudos sobre os sistemas informatizados e a comunicação. Teoria cibernética nasce nos anos 40, um dos principais pesquisadores é Norbert Wiener
  • 3. Cibercultura vem da cibernética, uma teoria da comunicação que trata das relações de comunicação e do controle do feedback (resposta). São sistemas de troca de informação entre homens e máquinas. A palavra CYBER vem do grego kybernetes, que significa timoneiro, piloto
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. Literatura - Isaac Asimov com Eu, Robô (anos 40), Ray Bradbury com Farenheit 451 (anos 50) e Phillip K. Dick com Minority Report e Blade Runner (anos 50 e 60) sobre bases de George Orwell, autor de 1984, e Aldous Huxley, escritor de Admirável Mundo Novo (anos 40).
  • 12.
  • 13. anos 60 Universidades aumentam pesquisa sobre as máquinas nos anos 60, o que cria as bases - junto da entrada da informática nas forças armadas - para a criação da Internet. Marshall McLuhan
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18. anos 70 sonho dos hippies cai por terra universitários passam a estudar potencial humano da informática informática entra nos grandes bancos microinformática nasce e vai aos lares
  • 19.
  • 21. anos 80 Vida eletrônica chega aos lares, através dos microcomputadores, videogames, música e artes com vídeos - videomakers. Nasce a MTV, com uma nova estética visual e de enredos mais rápidos. Dire Straits - Money for Nothing
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 27. the well 1985, primeira grande comunidade virtual, The World Earth ´Lectronic Link
  • 28.
  • 29. Literatura William Gibson, no livro Neuromancer, registra o termo CYBERSPACE em 1984.
  • 30. Música Semente do Kraftwerk é regada com disco músic e nasce o electro Punk deságua no new wave Efeitos eletrônicos aparecem até no metal: Iron Maiden com Somewhere in Time (86) e Judas Priest com Turbo (86)
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35. anos 90 Não há como escapar da informática. a Internet já está no Brasil e até o Banrisul já tem máquinas de extratos eletrônicas no Interior do Estado em 93. Banco do Brasil lança seu sistema de depósito “online”, “tá ainda hoje na conta da pessoa”. escritórios trabalham com a máquina de fax vida digital é realidade
  • 36.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41.
  • 42.
  • 43. comunicação pelo micro mIRC chats (Zaz, Uol) fóruns New York Times
  • 44.
  • 45.
  • 46. e-mail e protesto 1994, as cartas do subcomandante Marcos, do EZLN Protestos contra países da Organização Mundial do Comércio em Seattle, 1999
  • 48.
  • 49.
  • 50.
  • 51.
  • 52.
  • 53. comunidades orkut myspace hubs em redes de troca de arquivos web 2.0
  • 55. Pierre Lévy Corresponde ao momento em que nossa espécie, pela globalização econômica, pelo adensamento das redes de comunicação e de transporte, tende a formar uma única comunidade mundial, ainda que essa comunidade seja - e quanto! - desigual e conflitante. (LÉVY, 2000, p. 249)
  • 56. Longe de ser uma subcultura dos fanáticos pela rede, a cibercultura expressa uma mutação fundamental da própria essência da cultura. De acordo com a tese que desenvolvi neste estudo, a chave da cultura do futuro é o conceito de universal sem totalidade. (LÉVY, 2000, p. 247)
  • 57. André Lemos A cibercultura será uma configuração sócio-técnica onde haverá modelos tribais associados às tecnologias digitais, opondo-se ao individualismo da cultura do impresso, moderna e tecnocrática. Com a cibercultura, estamos diante de um processo de aceleração, realizando a abolição do espaço homogêneo e delimitado por fronteiras geopolíticas e do tempo cronológico e linear, dois pilares da modernidade ocidental. No entanto, esta conectividade generalizada não é isenta de críticas. (LEMOS, 2000, p. 77)
  • 58. A cibercultura que se forma sob os nossos olhos, mostra, para o melhor ou para o pior, como as novas tecnologias estão sendo, efetivamente, utilizadas como ferramentas de uma efervescência social (compartilhamento de emoções, de conviviabilidade e de formação comunitária). A cibercultura é a socialidade como prática da tecnologia. (LEMOS, 2000, p. 96)
  • 59. Teóricos Pierre Lévy - Cibercultura - Tecnologias da Inteligência - O que é Virtual? - A Conexão Planetária Lúcia Santaella - Culturas e Artes do Pós-Humano - Navegar no Ciberespaço
  • 60. Cyber_Reader Manuel Castells - Galáxia Internet - A Sociedade em Rede (trilogia) Francisco Rüdiger - Teorias da Cibercultura
  • 61. André Lemos - Cibercultura - Janelas do Ciberespaço Jean Baudrillard - Simulacros e Simulações Donna Haraway - Manifesto Cyborg Kevin Kelly - New Rules for New Economy Howard Rheingold - A Comunidade Virtual
  • 62. Henry Jenkins - Cultura da Convergência Marshall McLuhan - Meios de Comunicação Como Extensão do Homem Nicholas Negroponte - Vida Digital Don Tapscott - Wikinomics
  • 63. Juremir Machado da Silva e Francisco Menezes Martins (org) - Genealogia do Virtual - Para Navegar no Século XXI Rogério da Costa - A Cultura Digital
  • 64. Conectado Juliano Spyer ReMix Lawrence Lessig Homo Zappiens Ben Vrakking, Wim Veen Journalism 2.0 Mark Briggs