SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Criatividade e
  Inovação




Valores pessoais e
 organizacionais
      Empresas melhores para um Mundo melhor
Um “depoimento” recente




“Sobre o mundo corporativo, uma palavra o resume: ECA!!!!! ...
  Gente, o que é isso??? É uma OSCIP onde trabalho, mas, juro,
  às vezes me sinto no meio de um ringue de luta livre sem
  nenhuma regra. Vale passar por cima, matar, cuspir, morder a
  orelha, chutar as partes... Isso é muito mais estressante do
  que o excesso de trabalho! Vale tudo! ECA, ECA, ECA!!!”




                                           Empresas melhores para um Mundo melhor
Empresas melhores para um Mundo melhor
Empresas melhores para um Mundo melhor
Empresas melhores para um Mundo melhor
As   empresas    tornaram-se a mais poderosa
instituição no planeta. A instituição dominante em
qualquer     sociedade     precisa     assumir      a
responsabilidade pelo todo. As empresas, porém,
não têm demonstrado essa tradição. Este é um novo
papel, não bem compreendido ou aceito.
Baseado no conceito de capitalismo e empresa livre,
desde o começo estava assumido que as ações de
muitas     unidades    de    empresas     individuais,
respondendo às forças do mercado e guiadas pela
“mão invisível”* de Adam Smith, iriam de alguma
forma levar a resultados desejados. Porém, na última
década do século XX, tornou-se claro que a “mão
invisível”* está vacilante. Ela dependia de um
consenso sobre significados e valores globais
que já não estão presentes. Por isso, as empresas
têm que adotar uma tradição que elas nunca tiveram
ao longo de toda a história do capitalismo:                   Willis Harman
compartilhar a responsabilidade pelo todo. Cada          Co-fundador da Academia
decisão tomada, cada ação executada, deve ser
                                                           Mundial de Empresas
vista à luz dessa responsabilidade.
                                                         (World Business Academy)
                                                          Empresas melhores para um Mundo melhor
O que isso tem a ver com




              Criatividade e Inovação?
                           Empresas melhores para um Mundo melhor
Talvez uma questão
          de

“Necessidade
Organizacional”
ou de
          “Valores
  Organizacionais”
                                  Criatividade
                                   e Inovação
                       Empresas melhores para um Mundo melhor
Alinhamento – necessidades humanas e
                                                            MERCADO
              necessidades corporativas                     COMUNIDADE
                                                            SOCIEDADE
          Individualidade
               “EU”                                   Identidade
             Espiritual         Identificação           M.V.V.

Nível 4    CONECTAR

                                                     Processos
            PENSAR          Dedicação à qualidade
                            de produtos e serviços
Nível 3      Mental

                                                      Relações
             SENTIR
                              Motivação
Nível 2    Emocional

                                                      Recursos
             EXISTIR
                            Segurança
Nível 1
              Físico
                                                     Empresas melhores para um Mundo melhor
Empresas melhores para um Mundo melhor
Richard Barrett sistematizou (com base em Wilber)
                       Interno                          Externo

             Personalidade                    Caráter
             Valores e crenças pessoais       Ações e comportamentos
                                              pessoais
Individual                         Alinhamento Pessoal



             Alinhamento                                       Alinhamento
             de Valores                                        de Missão



Coletivo
                                   Alinhamento
                                   Estrutural
             Cultura                          Estruturas Sociais
             Valores e crenças do grupo       Ações e comportamentos do grupo

                                                         Empresas melhores para um Mundo melhor
Os Sete Níveis da Consciência Pessoal
               e da Consciência Organizacional
                 Sete Níveis de           Sete Níveis de
                 Consciência do           Consciência
Necessidades     Colaborador              Corporativa
Humanas          (Motivação)
Espiritual       Serviço                  Sociedade               (7)
                 Fazer uma diferença      Comunidade              (6)               Bem
                                                                                    Comum
                 Significado              Organização             (5)
Mental           Crescimento Pessoal
                                          Transformação           (4)
                 Realização
Emocional        Autoestima               Autoestima              (3)
                                                                                    Auto
                 Relacionamentos          Relacionamentos         (2)               Interesse
Físico           Segurança                Sobrevivência           (1)

                                       Valores e comportamentos positivos
                                                       X
                                       Valores e comportamentos limitantes
                                                           Empresas melhores para um Mundo melhor
Nível   Motivação          Valores e Comportamentos             Valores e Comportamentos
                           Positivos                            Limitantes
 7      Serviço            Responsabilidade Social,                           -
                           gerações futuras, compaixão
 6      Fazer uma          Mentoração, trabalho voluntário,                   -
        diferença          consciência ambiental
 5      Coesão Interna     Confiança, compromisso,                            -
                           honestidade, integridade,
                           entusiasmo
 4      Transformação**    Adaptabilidade, aprendizagem                       -
                           contínua, responsabilidade
                           pessoal (assumir e mensurar)
 3      Auto Estima        Produtividade, eficiência,           Burocracia, arrogância,
                           crescimento pessoal                  imagem, retenção de
                                                                informação
 2      Relacionamento     Comunicação aberta, satisfação       Recriminação (culpa),
                           do cliente, resolução de conflitos   competição interna,
                                                                rivalidade, manipulação
 1      Sobrevivência      Estabilidade financeira, lucro,      Controle, caos, excesso de
                           saúde dos funcionários               cuidado, segurança de
                                                                emprego

                  ** Inovação e Criatividade – este é o ponto da real “virada”
                                                                Empresas melhores para um Mundo melhor
A Dinâmica da Transformação nas organizações

                   Evolução




Mudança                        Transformação
                                Empresas melhores para um Mundo melhor
A Dinâmica da Transformação e a Evolução da
                    Consciência Corporativa
Abordagem              Cinco estágios de
                                                  Evolução: Um estado
Integrativa            Transformação
                                                  contínuo de
Transpessoal                                      Transformação
                         E. Mudança de
                             Valores
                                                        C2              D2
Integração
Elaboração               D. Praticar Novo
                         Comportamento
Transformação                                     B2                         E2
                                                               A2
                                            Feedback    C1              D1
Transmutação
                        C. Aprender Novo
Desidentificação        Comportamento

Identificação                                     B1                         E1
                                                                A1
                        B.                  Feedback    C
Reconhecimento                                                           D
                        Reconhecimento


                        A.                         B                          E
                        Desconhecimento                           A
                                            Feedback
                                                  Empresas melhores para um Mundo melhor
Por onde iniciar o processo de
      transformação?




Nas organizações, tudo o que é importante
       deve começar pela liderança
                           Empresas melhores para um Mundo melhor
Os Sete Níveis de Consciência da Liderança
   Sete Níveis de            Sete Níveis de
   Consciência               Consciência da
   Corporativa               Liderança

   Sociedade        (7)      Sábio/Visionário
   Comunidade       (6)      Parceiro/Servidor
                    (5)
   Organização               Colaborador
   Transformação    (4)      Facilitador
   Auto estima               Gerente
                    (3)
   Relacionamento            Paternalista
                    (2)
   Sobrevivência    (1)      Autoritário




                              Empresas melhores para um Mundo melhor
Os Sete Níveis da Consciência




                   Quadro Resumo
               Empresas melhores para um Mundo melhor
Nível   Motivação        Foco Pessoal                   Foco do Grupo                   Foco da Lidernça

 7      Serviço          Conduzir uma vida de servir    Serviço à humanidade e ao       Cuidado pela humanidade,
                         sem egoísmo                    planeta                         futuras gerações e o planeta
 6      Fazer uma        Fazer uma diferença            Alianças estratégicas e         Cooperar e fazer alianças
        diferença        positiva no mundo              parcerias, mentoração e         com outros grupos
                                                        coaching
 5      Coesão Interna   Encontrar um significado       Desenvolver uma forte           Alinhar os membros do
                         pessoal na existência          cultura de coesão               grupo em torno de uma
                                                                                        visão, missão e valores
                                                                                        compartilhados
 4      Transformação    Encontrar a liberdade          Adaptabilidade, renovação       Envolver os membros do
                         deixando ir os medos a         contínua e aprendizado          grupo e dar a eles uma voz
                         respeito da sobrevivência,                                     na tomada de decisão
                         de não sentir-se amado e de
                         não ser respeitado pelo
                         pares
 3      Auto Estima      Ter um senso de valor          Processos e sistemas de alto    Criar ordem, desempenho e
                         pessoal                        desempenho                      efetividade que gere
                                                                                        respeito e orgulho do grupo
 2      Relacionamento   Sentir-se seguro, respeitado   Relacionamentos que             Construir relacionamentos
                         e amado                        suportam a organização          internos harmoniosos e criar
                                                                                        um senso de pertencimento
 1      Sobrevivência    Satisfação das necessidades    Perseguir o lucro e o valor      Estabelecer condições de
                         físicas                        para os acionistas               estabilidade financeira e
                                                                                         segurança para os membros
                                                                                Empresas do grupopara um Mundo melhor
                                                                                         melhores
Indicadores de Transformação
Sociedade                       (7)
                                                                   Sobrevivência
Comunidade                      (6)                                Corporativa
                                                                          [1]
                                (5)                       Adequação                   [2]
Organização                                                                   Relações com
                                                          Corporativa
                                                                              Cliente/Fornecedor
                                                               [3]
Transformação                   (4)
                                                          Evolução            Cultura
Auto estima                                               Corporativa [6 e 7] Corporativa
                                (3)
Relacionamento                                                [4] Contribuição à [5]
                                (2)                                  Comunidade e
Sobrevivência                                                        à Sociedade
                                (1)
[1] indicadores financeiros e de crescimento (ex.: lucro, retorno sobre investimentos)
[2] indicadores relacionados ao mercado (ex.: market share, satisfação do cliente, lealdade à
marca)
[3] indicadores relacionados a sistemas e processos (ex.: qualidade, produtividade, eficiência)
[4] indicadores relacionados à geração de idéias e inovação (ex.: # novos produtos e serviços)
[5] indicadores relacionados à Missão, Visão e Valores (ex.: grau de alinhamento – valores
pessoais e valores corporativos)*
[6 e 7] indicadores relacionados à responsabilidade social e ambiental (ex.: # de horas de
voluntariado trabalhadas pelos empregados para a comunidade local, impacto da
organização sobre a sociedade)


                                                                  Empresas melhores para um Mundo melhor
Contato:
isabel@playit.com.br
     Empresas melhores para um Mundo melhor
Bibliografia Recomendada
►   Psicologia Transpessoal: abordagem integrativa - um
    conhecimento emergente em psicologia da consciência – Vera
    Saldanha
►   O Capital Espiritual da Empresa – Daniel Burkhard e Jair Moggi
►   As Sete Etapas da Inteligência Espiritual – Richard A. Bowell
►   Caminhos do Sucesso – Francisco di Biase e Mário Sérgio F. Rocha
►   O olho do espírito: uma visão integral para um mundo que ficou
    ligeiramente louco – Ken Wilber
►   Liberating the Corporate Soul – Richard Barrett
►   Building a Values Driven Organization – Richard Barrett
►   Spyral Dynamics – Don Edward Beck e Christopher Cowan
►   Aprendizagem em Treinamentos Corporativos: inovação, método
    e resultados sob uma abordagem transpessoal – Isabel Campos

                                               Empresas melhores para um Mundo melhor
Anexo




 Empresas melhores para um Mundo melhor
Mão invisível - Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
*Mão invisível foi um termo introduzido por Adam Smith em "A Riqueza das nações" para descrever como
     numa economia de mercado, apesar da inexistência de uma entidade coordenadora do interesse comunal,
     a interação dos indivíduos parece resultar numa determinada ordem, como se houvesse uma "mão
     invisível" que os orientasse.
Adam Smith viu na formação de monopólios, ou seja, a concentração de poder do mercado nas mãos de poucos
     produtores (no extremo apenas um) apoiados por um Estado intervencionista, como um dos perigos ao
     funcionamento da economia de mercado.
Havendo distorções à plena "liberdade de mercado", como a exemplificada acima, a mão invisível fica
     "paralisada" e já não auxilia o sistema. A "assimetria de informações" - isto é, o fato de alguns saberem
     mais do que outros - também contribui para prejudicar o funcionamento adequado da "mão invisível".
Eric Maskin., da Universidade de Princeton, Leonid Hurwicz, da Universidade de Minnesota, e Roger Myerson,
     da Universidade de Chicago, receberam o Prêmio Nobel de Economia por seu trabalho pioneiro sobre uma
     teoria que determina quando os mercados estão funcionando de forma eficaz.
"Sociedades não devem contar com as forças do mercado para proteger o ambiente ou fornecer um sistema de
     saúde de qualidade para todos os cidadãos (...) O mercado não funciona muito bem quando se trata de
     bens públicos (...) "Os mercados trabalham aceitavelmente com bens chamados por economistas de bens
     privados" (como carros e outros objetos duráveis), afirmou Eric Maskin.[2] "A clássica metáfora de Adam
     Smith sobre a 'mão invisível' refere-se a como o mercado, sob condições ideais, garante uma alocação
     eficiente de recursos escassos. Mas, na prática, as condições normalmente não são ideais. Por exemplo, a
     competição não é completamente livre, os consumidores não são perfeitamente informados e a produção e
     o consumo desejáveis privadamente podem gerar custos e benefícios sociais", explicou a nota da Real
     Academia Sueca de Ciências por ocasião da outorga do Prémio de Ciências Económicas 2007[3]


                                                                           Empresas melhores para um Mundo melhor
Empresas melhores para um Mundo melhor
                             Empresas melhores para um Mundo melhor

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra Times Vencedores
Palestra Times VencedoresPalestra Times Vencedores
Palestra Times VencedoresGrupo E. Fabris
 
Liderança e Cultura Empreendedora - Marco Aurélio Vianna
Liderança e Cultura Empreendedora - Marco Aurélio ViannaLiderança e Cultura Empreendedora - Marco Aurélio Vianna
Liderança e Cultura Empreendedora - Marco Aurélio ViannaLCA promo
 
Motivação Liderança Empreendedorismo
Motivação Liderança EmpreendedorismoMotivação Liderança Empreendedorismo
Motivação Liderança Empreendedorismorobsonnasc
 
Atitudes que Geram Resultados
Atitudes que Geram ResultadosAtitudes que Geram Resultados
Atitudes que Geram ResultadosGrupo E. Fabris
 
Empreendedorismo e Liderança
Empreendedorismo e LiderançaEmpreendedorismo e Liderança
Empreendedorismo e LiderançaSindiVarejista
 
Palestra: Cultura Empreendedora - Laércio Cosentino
Palestra: Cultura Empreendedora - Laércio CosentinoPalestra: Cultura Empreendedora - Laércio Cosentino
Palestra: Cultura Empreendedora - Laércio CosentinoExpoGestão
 
Habilidades humanas vendas
Habilidades humanas   vendasHabilidades humanas   vendas
Habilidades humanas vendasAndressa Gabriel
 
Aspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoas
Aspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoasAspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoas
Aspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoasTurma_do_Marketing
 
E-book Grátis [ 17 atitudes que impedem você de ficar muito rico ]
E-book Grátis [ 17 atitudes que impedem você de ficar muito rico ] E-book Grátis [ 17 atitudes que impedem você de ficar muito rico ]
E-book Grátis [ 17 atitudes que impedem você de ficar muito rico ] Gera Money
 
Empreendedorismo: Da Liderança Transformadora aos Resultados
Empreendedorismo: Da Liderança Transformadora aos ResultadosEmpreendedorismo: Da Liderança Transformadora aos Resultados
Empreendedorismo: Da Liderança Transformadora aos ResultadosFabio Zoppi Barrionuevo, MBA
 
Apresentação adm gestão de conflitos
Apresentação adm gestão de conflitosApresentação adm gestão de conflitos
Apresentação adm gestão de conflitosDenisia Teixeira
 
Aspectos Comportamentais - MBA Gestão Empresarial - Alunos Ribeirão Preto - O...
Aspectos Comportamentais - MBA Gestão Empresarial - Alunos Ribeirão Preto - O...Aspectos Comportamentais - MBA Gestão Empresarial - Alunos Ribeirão Preto - O...
Aspectos Comportamentais - MBA Gestão Empresarial - Alunos Ribeirão Preto - O...Paulo Ernesto Nunes
 
Lideranca e Motivacao da Equipe de Vendas
Lideranca e Motivacao da Equipe de VendasLideranca e Motivacao da Equipe de Vendas
Lideranca e Motivacao da Equipe de VendasCharles Bicalho
 

Mais procurados (20)

Palestra Times Vencedores
Palestra Times VencedoresPalestra Times Vencedores
Palestra Times Vencedores
 
Liderança e Cultura Empreendedora - Marco Aurélio Vianna
Liderança e Cultura Empreendedora - Marco Aurélio ViannaLiderança e Cultura Empreendedora - Marco Aurélio Vianna
Liderança e Cultura Empreendedora - Marco Aurélio Vianna
 
Motivação Liderança Empreendedorismo
Motivação Liderança EmpreendedorismoMotivação Liderança Empreendedorismo
Motivação Liderança Empreendedorismo
 
1ª prova bimestral - MKT II
1ª prova bimestral - MKT II1ª prova bimestral - MKT II
1ª prova bimestral - MKT II
 
Atitudes que Geram Resultados
Atitudes que Geram ResultadosAtitudes que Geram Resultados
Atitudes que Geram Resultados
 
Empreendedorismo e Liderança
Empreendedorismo e LiderançaEmpreendedorismo e Liderança
Empreendedorismo e Liderança
 
Palestra: Cultura Empreendedora - Laércio Cosentino
Palestra: Cultura Empreendedora - Laércio CosentinoPalestra: Cultura Empreendedora - Laércio Cosentino
Palestra: Cultura Empreendedora - Laércio Cosentino
 
A empresa é um sonho!
A empresa é um sonho!A empresa é um sonho!
A empresa é um sonho!
 
Livro 2 Gerenciamento
Livro 2 GerenciamentoLivro 2 Gerenciamento
Livro 2 Gerenciamento
 
Leadership Kickoff 2010 - APRH
Leadership Kickoff 2010 - APRHLeadership Kickoff 2010 - APRH
Leadership Kickoff 2010 - APRH
 
Nextarapres
NextarapresNextarapres
Nextarapres
 
Habilidades humanas vendas
Habilidades humanas   vendasHabilidades humanas   vendas
Habilidades humanas vendas
 
Aspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoas
Aspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoasAspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoas
Aspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoas
 
Desenvolvendo equipes eficazes
Desenvolvendo equipes eficazesDesenvolvendo equipes eficazes
Desenvolvendo equipes eficazes
 
E-book Grátis [ 17 atitudes que impedem você de ficar muito rico ]
E-book Grátis [ 17 atitudes que impedem você de ficar muito rico ] E-book Grátis [ 17 atitudes que impedem você de ficar muito rico ]
E-book Grátis [ 17 atitudes que impedem você de ficar muito rico ]
 
Desenvolvimento pessoal e profissional
Desenvolvimento pessoal e profissionalDesenvolvimento pessoal e profissional
Desenvolvimento pessoal e profissional
 
Empreendedorismo: Da Liderança Transformadora aos Resultados
Empreendedorismo: Da Liderança Transformadora aos ResultadosEmpreendedorismo: Da Liderança Transformadora aos Resultados
Empreendedorismo: Da Liderança Transformadora aos Resultados
 
Apresentação adm gestão de conflitos
Apresentação adm gestão de conflitosApresentação adm gestão de conflitos
Apresentação adm gestão de conflitos
 
Aspectos Comportamentais - MBA Gestão Empresarial - Alunos Ribeirão Preto - O...
Aspectos Comportamentais - MBA Gestão Empresarial - Alunos Ribeirão Preto - O...Aspectos Comportamentais - MBA Gestão Empresarial - Alunos Ribeirão Preto - O...
Aspectos Comportamentais - MBA Gestão Empresarial - Alunos Ribeirão Preto - O...
 
Lideranca e Motivacao da Equipe de Vendas
Lideranca e Motivacao da Equipe de VendasLideranca e Motivacao da Equipe de Vendas
Lideranca e Motivacao da Equipe de Vendas
 

Destaque

Satisfação do cliente
Satisfação do clienteSatisfação do cliente
Satisfação do clienteIsabel Campos
 
Conciencia Iluminacao
Conciencia IluminacaoConciencia Iluminacao
Conciencia IluminacaoMyrle Zanatta
 
Como acalmar a ansiedade
Como acalmar a ansiedadeComo acalmar a ansiedade
Como acalmar a ansiedadeCarlinda Sousa
 
Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...
Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...
Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...Alejandro Olchik
 
Como lidar com pessoas difíceis
Como lidar com pessoas difíceisComo lidar com pessoas difíceis
Como lidar com pessoas difíceisluzcarpin
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoasJohn Silva
 
01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo
01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo
01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o GrupoDebora Miceli
 
Gestão de Produtos e Serviços
Gestão de Produtos e ServiçosGestão de Produtos e Serviços
Gestão de Produtos e ServiçosIsabel Campos
 
Apresentação personalidade e valores
Apresentação personalidade e valoresApresentação personalidade e valores
Apresentação personalidade e valoresMariana Rezende
 
Coaching e carreira - 10 passos para o sucesso profissional
Coaching e carreira - 10 passos para o sucesso profissionalCoaching e carreira - 10 passos para o sucesso profissional
Coaching e carreira - 10 passos para o sucesso profissionalIBC Coaching
 
Aulas de nutrição e dietética
Aulas de nutrição e dietéticaAulas de nutrição e dietética
Aulas de nutrição e dietéticaFabiano de Carvalho
 
Artigo cientifico (como fazer)
Artigo cientifico (como fazer)Artigo cientifico (como fazer)
Artigo cientifico (como fazer)Fernanda Câmara
 
Projeto Educação e Valores
Projeto Educação e ValoresProjeto Educação e Valores
Projeto Educação e Valoresceliaregiane
 
Modelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científicoModelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científicoMarcos Azevedo
 
Valores humanos
Valores humanosValores humanos
Valores humanosVera Gama
 
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoApresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoProf. Robson Santos
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTRosineia Oliveira dos Santos
 

Destaque (19)

Satisfação do cliente
Satisfação do clienteSatisfação do cliente
Satisfação do cliente
 
Conciencia Iluminacao
Conciencia IluminacaoConciencia Iluminacao
Conciencia Iluminacao
 
Como acalmar a ansiedade
Como acalmar a ansiedadeComo acalmar a ansiedade
Como acalmar a ansiedade
 
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇAINSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
 
Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...
Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...
Projetos de software - os 5 principais problemas de engajamento de pessoas e ...
 
Como lidar com pessoas difíceis
Como lidar com pessoas difíceisComo lidar com pessoas difíceis
Como lidar com pessoas difíceis
 
Como Lidar Com Pessoas Difíceis
Como Lidar Com Pessoas DifíceisComo Lidar Com Pessoas Difíceis
Como Lidar Com Pessoas Difíceis
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoas
 
01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo
01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo
01. Dinâmica das Relações Interpessoais: O Indivíduo e o Grupo
 
Gestão de Produtos e Serviços
Gestão de Produtos e ServiçosGestão de Produtos e Serviços
Gestão de Produtos e Serviços
 
Apresentação personalidade e valores
Apresentação personalidade e valoresApresentação personalidade e valores
Apresentação personalidade e valores
 
Coaching e carreira - 10 passos para o sucesso profissional
Coaching e carreira - 10 passos para o sucesso profissionalCoaching e carreira - 10 passos para o sucesso profissional
Coaching e carreira - 10 passos para o sucesso profissional
 
Aulas de nutrição e dietética
Aulas de nutrição e dietéticaAulas de nutrição e dietética
Aulas de nutrição e dietética
 
Artigo cientifico (como fazer)
Artigo cientifico (como fazer)Artigo cientifico (como fazer)
Artigo cientifico (como fazer)
 
Projeto Educação e Valores
Projeto Educação e ValoresProjeto Educação e Valores
Projeto Educação e Valores
 
Modelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científicoModelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científico
 
Valores humanos
Valores humanosValores humanos
Valores humanos
 
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoApresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
 

Semelhante a CriatividadeInovaçãoValores

Ética e Integridade Empresarial
Ética e Integridade EmpresarialÉtica e Integridade Empresarial
Ética e Integridade EmpresarialPriscila Stuani
 
Acadêmico | O FATOR HUMANO
Acadêmico | O FATOR HUMANOAcadêmico | O FATOR HUMANO
Acadêmico | O FATOR HUMANOFreelancer
 
Valores e sustentabilidade
 Valores e sustentabilidade Valores e sustentabilidade
Valores e sustentabilidadeDebora Mello
 
Aula 3 compacta alunos final 2 gestão de pessoas i - parte 1
Aula 3 compacta alunos final 2   gestão de pessoas i - parte 1Aula 3 compacta alunos final 2   gestão de pessoas i - parte 1
Aula 3 compacta alunos final 2 gestão de pessoas i - parte 1Angelo Peres
 
Cultura Organizacional e Espiritualidade em tempos de mudanças
Cultura Organizacional e Espiritualidade em tempos de mudançasCultura Organizacional e Espiritualidade em tempos de mudanças
Cultura Organizacional e Espiritualidade em tempos de mudançasWaggl Brasil
 
Novos paradigmas organizacionais e Gestão de Pessoas
Novos paradigmas organizacionais e Gestão de PessoasNovos paradigmas organizacionais e Gestão de Pessoas
Novos paradigmas organizacionais e Gestão de PessoasFábio Nogueira, PhD
 
Aula 1 - Novos Paradigmas de Organizacionais e de Gestão de Pessoas
Aula 1 - Novos Paradigmas de Organizacionais e de Gestão de PessoasAula 1 - Novos Paradigmas de Organizacionais e de Gestão de Pessoas
Aula 1 - Novos Paradigmas de Organizacionais e de Gestão de PessoasFábio Nogueira, PhD
 
Caderno - Comportamento organizacional
Caderno - Comportamento organizacionalCaderno - Comportamento organizacional
Caderno - Comportamento organizacionalCadernos PPT
 
Benefícios Espirituais no Dharma Marketing
Benefícios Espirituais no Dharma MarketingBenefícios Espirituais no Dharma Marketing
Benefícios Espirituais no Dharma MarketingDharmaMarketing
 
Curso Online de Ética com certificado
Curso Online de Ética com certificadoCurso Online de Ética com certificado
Curso Online de Ética com certificadoVitor Mateus
 
Apresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalho
Apresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalhoApresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalho
Apresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalhoYoulinked
 
Apresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalho
Apresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalhoApresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalho
Apresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalhoMarcella Marques Santana
 
Cultura organizacional
Cultura organizacionalCultura organizacional
Cultura organizacionalMagri Senai
 
Faap gestão de pessoas sjc - agosto 2011
Faap gestão de pessoas   sjc - agosto 2011Faap gestão de pessoas   sjc - agosto 2011
Faap gestão de pessoas sjc - agosto 2011Rogério Chér
 

Semelhante a CriatividadeInovaçãoValores (20)

Ética e Integridade Empresarial
Ética e Integridade EmpresarialÉtica e Integridade Empresarial
Ética e Integridade Empresarial
 
Clima Organizacional
Clima OrganizacionalClima Organizacional
Clima Organizacional
 
Acadêmico | O FATOR HUMANO
Acadêmico | O FATOR HUMANOAcadêmico | O FATOR HUMANO
Acadêmico | O FATOR HUMANO
 
Valores e sustentabilidade
 Valores e sustentabilidade Valores e sustentabilidade
Valores e sustentabilidade
 
Leadership Effectiveness
 Leadership Effectiveness Leadership Effectiveness
Leadership Effectiveness
 
Aula 3 compacta alunos final 2 gestão de pessoas i - parte 1
Aula 3 compacta alunos final 2   gestão de pessoas i - parte 1Aula 3 compacta alunos final 2   gestão de pessoas i - parte 1
Aula 3 compacta alunos final 2 gestão de pessoas i - parte 1
 
Maestro lito
Maestro litoMaestro lito
Maestro lito
 
Cultura Organizacional e Espiritualidade em tempos de mudanças
Cultura Organizacional e Espiritualidade em tempos de mudançasCultura Organizacional e Espiritualidade em tempos de mudanças
Cultura Organizacional e Espiritualidade em tempos de mudanças
 
Novos paradigmas organizacionais e Gestão de Pessoas
Novos paradigmas organizacionais e Gestão de PessoasNovos paradigmas organizacionais e Gestão de Pessoas
Novos paradigmas organizacionais e Gestão de Pessoas
 
Aula 1 - Novos Paradigmas de Organizacionais e de Gestão de Pessoas
Aula 1 - Novos Paradigmas de Organizacionais e de Gestão de PessoasAula 1 - Novos Paradigmas de Organizacionais e de Gestão de Pessoas
Aula 1 - Novos Paradigmas de Organizacionais e de Gestão de Pessoas
 
Maestro Lito 2017.2
Maestro Lito 2017.2Maestro Lito 2017.2
Maestro Lito 2017.2
 
Caderno - Comportamento organizacional
Caderno - Comportamento organizacionalCaderno - Comportamento organizacional
Caderno - Comportamento organizacional
 
Benefícios Espirituais no Dharma Marketing
Benefícios Espirituais no Dharma MarketingBenefícios Espirituais no Dharma Marketing
Benefícios Espirituais no Dharma Marketing
 
Curso Online de Ética com certificado
Curso Online de Ética com certificadoCurso Online de Ética com certificado
Curso Online de Ética com certificado
 
Espirit
EspiritEspirit
Espirit
 
Apresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalho
Apresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalhoApresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalho
Apresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalho
 
Apresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalho
Apresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalhoApresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalho
Apresentação Youlinked - Valores humanos e felicidade no trabalho
 
Cultura organizacional
Cultura organizacionalCultura organizacional
Cultura organizacional
 
Faap gestão de pessoas sjc - agosto 2011
Faap gestão de pessoas   sjc - agosto 2011Faap gestão de pessoas   sjc - agosto 2011
Faap gestão de pessoas sjc - agosto 2011
 
Conduta Ética - Prof. Reinaldo Bulgarelli
Conduta Ética - Prof. Reinaldo BulgarelliConduta Ética - Prof. Reinaldo Bulgarelli
Conduta Ética - Prof. Reinaldo Bulgarelli
 

Último

relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfrelatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfHELLEN CRISTINA
 
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - AtualizadoCatálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - AtualizadoWagnerSouza717812
 
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptxDesenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptxCoca Pitzer
 
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.JosineiPeres
 
Soluções MNE - Mês das Mães 2024_sv (1).pdf
Soluções MNE - Mês das Mães 2024_sv (1).pdfSoluções MNE - Mês das Mães 2024_sv (1).pdf
Soluções MNE - Mês das Mães 2024_sv (1).pdfSabrinaPrado11
 
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccssDespertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccssGuilhermeMelo381677
 

Último (6)

relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfrelatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
 
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - AtualizadoCatálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
 
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptxDesenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
 
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
 
Soluções MNE - Mês das Mães 2024_sv (1).pdf
Soluções MNE - Mês das Mães 2024_sv (1).pdfSoluções MNE - Mês das Mães 2024_sv (1).pdf
Soluções MNE - Mês das Mães 2024_sv (1).pdf
 
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccssDespertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
 

CriatividadeInovaçãoValores

  • 1. Criatividade e Inovação Valores pessoais e organizacionais Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 2. Um “depoimento” recente “Sobre o mundo corporativo, uma palavra o resume: ECA!!!!! ... Gente, o que é isso??? É uma OSCIP onde trabalho, mas, juro, às vezes me sinto no meio de um ringue de luta livre sem nenhuma regra. Vale passar por cima, matar, cuspir, morder a orelha, chutar as partes... Isso é muito mais estressante do que o excesso de trabalho! Vale tudo! ECA, ECA, ECA!!!” Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 3. Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 4. Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 5. Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 6. As empresas tornaram-se a mais poderosa instituição no planeta. A instituição dominante em qualquer sociedade precisa assumir a responsabilidade pelo todo. As empresas, porém, não têm demonstrado essa tradição. Este é um novo papel, não bem compreendido ou aceito. Baseado no conceito de capitalismo e empresa livre, desde o começo estava assumido que as ações de muitas unidades de empresas individuais, respondendo às forças do mercado e guiadas pela “mão invisível”* de Adam Smith, iriam de alguma forma levar a resultados desejados. Porém, na última década do século XX, tornou-se claro que a “mão invisível”* está vacilante. Ela dependia de um consenso sobre significados e valores globais que já não estão presentes. Por isso, as empresas têm que adotar uma tradição que elas nunca tiveram ao longo de toda a história do capitalismo: Willis Harman compartilhar a responsabilidade pelo todo. Cada Co-fundador da Academia decisão tomada, cada ação executada, deve ser Mundial de Empresas vista à luz dessa responsabilidade. (World Business Academy) Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 7. O que isso tem a ver com Criatividade e Inovação? Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 8. Talvez uma questão de “Necessidade Organizacional” ou de “Valores Organizacionais” Criatividade e Inovação Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 9. Alinhamento – necessidades humanas e MERCADO necessidades corporativas COMUNIDADE SOCIEDADE Individualidade “EU” Identidade Espiritual Identificação M.V.V. Nível 4 CONECTAR Processos PENSAR Dedicação à qualidade de produtos e serviços Nível 3 Mental Relações SENTIR Motivação Nível 2 Emocional Recursos EXISTIR Segurança Nível 1 Físico Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 10. Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 11. Richard Barrett sistematizou (com base em Wilber) Interno Externo Personalidade Caráter Valores e crenças pessoais Ações e comportamentos pessoais Individual Alinhamento Pessoal Alinhamento Alinhamento de Valores de Missão Coletivo Alinhamento Estrutural Cultura Estruturas Sociais Valores e crenças do grupo Ações e comportamentos do grupo Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 12. Os Sete Níveis da Consciência Pessoal e da Consciência Organizacional Sete Níveis de Sete Níveis de Consciência do Consciência Necessidades Colaborador Corporativa Humanas (Motivação) Espiritual Serviço Sociedade (7) Fazer uma diferença Comunidade (6) Bem Comum Significado Organização (5) Mental Crescimento Pessoal Transformação (4) Realização Emocional Autoestima Autoestima (3) Auto Relacionamentos Relacionamentos (2) Interesse Físico Segurança Sobrevivência (1) Valores e comportamentos positivos X Valores e comportamentos limitantes Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 13. Nível Motivação Valores e Comportamentos Valores e Comportamentos Positivos Limitantes 7 Serviço Responsabilidade Social, - gerações futuras, compaixão 6 Fazer uma Mentoração, trabalho voluntário, - diferença consciência ambiental 5 Coesão Interna Confiança, compromisso, - honestidade, integridade, entusiasmo 4 Transformação** Adaptabilidade, aprendizagem - contínua, responsabilidade pessoal (assumir e mensurar) 3 Auto Estima Produtividade, eficiência, Burocracia, arrogância, crescimento pessoal imagem, retenção de informação 2 Relacionamento Comunicação aberta, satisfação Recriminação (culpa), do cliente, resolução de conflitos competição interna, rivalidade, manipulação 1 Sobrevivência Estabilidade financeira, lucro, Controle, caos, excesso de saúde dos funcionários cuidado, segurança de emprego ** Inovação e Criatividade – este é o ponto da real “virada” Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 14. A Dinâmica da Transformação nas organizações Evolução Mudança Transformação Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 15. A Dinâmica da Transformação e a Evolução da Consciência Corporativa Abordagem Cinco estágios de Evolução: Um estado Integrativa Transformação contínuo de Transpessoal Transformação E. Mudança de Valores C2 D2 Integração Elaboração D. Praticar Novo Comportamento Transformação B2 E2 A2 Feedback C1 D1 Transmutação C. Aprender Novo Desidentificação Comportamento Identificação B1 E1 A1 B. Feedback C Reconhecimento D Reconhecimento A. B E Desconhecimento A Feedback Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 16. Por onde iniciar o processo de transformação? Nas organizações, tudo o que é importante deve começar pela liderança Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 17. Os Sete Níveis de Consciência da Liderança Sete Níveis de Sete Níveis de Consciência Consciência da Corporativa Liderança Sociedade (7) Sábio/Visionário Comunidade (6) Parceiro/Servidor (5) Organização Colaborador Transformação (4) Facilitador Auto estima Gerente (3) Relacionamento Paternalista (2) Sobrevivência (1) Autoritário Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 18. Os Sete Níveis da Consciência Quadro Resumo Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 19. Nível Motivação Foco Pessoal Foco do Grupo Foco da Lidernça 7 Serviço Conduzir uma vida de servir Serviço à humanidade e ao Cuidado pela humanidade, sem egoísmo planeta futuras gerações e o planeta 6 Fazer uma Fazer uma diferença Alianças estratégicas e Cooperar e fazer alianças diferença positiva no mundo parcerias, mentoração e com outros grupos coaching 5 Coesão Interna Encontrar um significado Desenvolver uma forte Alinhar os membros do pessoal na existência cultura de coesão grupo em torno de uma visão, missão e valores compartilhados 4 Transformação Encontrar a liberdade Adaptabilidade, renovação Envolver os membros do deixando ir os medos a contínua e aprendizado grupo e dar a eles uma voz respeito da sobrevivência, na tomada de decisão de não sentir-se amado e de não ser respeitado pelo pares 3 Auto Estima Ter um senso de valor Processos e sistemas de alto Criar ordem, desempenho e pessoal desempenho efetividade que gere respeito e orgulho do grupo 2 Relacionamento Sentir-se seguro, respeitado Relacionamentos que Construir relacionamentos e amado suportam a organização internos harmoniosos e criar um senso de pertencimento 1 Sobrevivência Satisfação das necessidades Perseguir o lucro e o valor Estabelecer condições de físicas para os acionistas estabilidade financeira e segurança para os membros Empresas do grupopara um Mundo melhor melhores
  • 20. Indicadores de Transformação Sociedade (7) Sobrevivência Comunidade (6) Corporativa [1] (5) Adequação [2] Organização Relações com Corporativa Cliente/Fornecedor [3] Transformação (4) Evolução Cultura Auto estima Corporativa [6 e 7] Corporativa (3) Relacionamento [4] Contribuição à [5] (2) Comunidade e Sobrevivência à Sociedade (1) [1] indicadores financeiros e de crescimento (ex.: lucro, retorno sobre investimentos) [2] indicadores relacionados ao mercado (ex.: market share, satisfação do cliente, lealdade à marca) [3] indicadores relacionados a sistemas e processos (ex.: qualidade, produtividade, eficiência) [4] indicadores relacionados à geração de idéias e inovação (ex.: # novos produtos e serviços) [5] indicadores relacionados à Missão, Visão e Valores (ex.: grau de alinhamento – valores pessoais e valores corporativos)* [6 e 7] indicadores relacionados à responsabilidade social e ambiental (ex.: # de horas de voluntariado trabalhadas pelos empregados para a comunidade local, impacto da organização sobre a sociedade) Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 21. Contato: isabel@playit.com.br Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 22. Bibliografia Recomendada ► Psicologia Transpessoal: abordagem integrativa - um conhecimento emergente em psicologia da consciência – Vera Saldanha ► O Capital Espiritual da Empresa – Daniel Burkhard e Jair Moggi ► As Sete Etapas da Inteligência Espiritual – Richard A. Bowell ► Caminhos do Sucesso – Francisco di Biase e Mário Sérgio F. Rocha ► O olho do espírito: uma visão integral para um mundo que ficou ligeiramente louco – Ken Wilber ► Liberating the Corporate Soul – Richard Barrett ► Building a Values Driven Organization – Richard Barrett ► Spyral Dynamics – Don Edward Beck e Christopher Cowan ► Aprendizagem em Treinamentos Corporativos: inovação, método e resultados sob uma abordagem transpessoal – Isabel Campos Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 23. Anexo Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 24. Mão invisível - Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. *Mão invisível foi um termo introduzido por Adam Smith em "A Riqueza das nações" para descrever como numa economia de mercado, apesar da inexistência de uma entidade coordenadora do interesse comunal, a interação dos indivíduos parece resultar numa determinada ordem, como se houvesse uma "mão invisível" que os orientasse. Adam Smith viu na formação de monopólios, ou seja, a concentração de poder do mercado nas mãos de poucos produtores (no extremo apenas um) apoiados por um Estado intervencionista, como um dos perigos ao funcionamento da economia de mercado. Havendo distorções à plena "liberdade de mercado", como a exemplificada acima, a mão invisível fica "paralisada" e já não auxilia o sistema. A "assimetria de informações" - isto é, o fato de alguns saberem mais do que outros - também contribui para prejudicar o funcionamento adequado da "mão invisível". Eric Maskin., da Universidade de Princeton, Leonid Hurwicz, da Universidade de Minnesota, e Roger Myerson, da Universidade de Chicago, receberam o Prêmio Nobel de Economia por seu trabalho pioneiro sobre uma teoria que determina quando os mercados estão funcionando de forma eficaz. "Sociedades não devem contar com as forças do mercado para proteger o ambiente ou fornecer um sistema de saúde de qualidade para todos os cidadãos (...) O mercado não funciona muito bem quando se trata de bens públicos (...) "Os mercados trabalham aceitavelmente com bens chamados por economistas de bens privados" (como carros e outros objetos duráveis), afirmou Eric Maskin.[2] "A clássica metáfora de Adam Smith sobre a 'mão invisível' refere-se a como o mercado, sob condições ideais, garante uma alocação eficiente de recursos escassos. Mas, na prática, as condições normalmente não são ideais. Por exemplo, a competição não é completamente livre, os consumidores não são perfeitamente informados e a produção e o consumo desejáveis privadamente podem gerar custos e benefícios sociais", explicou a nota da Real Academia Sueca de Ciências por ocasião da outorga do Prémio de Ciências Económicas 2007[3] Empresas melhores para um Mundo melhor
  • 25. Empresas melhores para um Mundo melhor Empresas melhores para um Mundo melhor