Boas ideias não tem hierarquia

338 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
338
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boas ideias não tem hierarquia

  1. 1. BOAS IDÉAS NÃO TEM HIERAQUIA
  2. 2. Algumas ideias não surgem de frutos do acaso, mas esta não é a regra. Thomas Alva Edison, um dos maiores inventores de todos os tempos, tinha uma visão totalmente diferente do processo criativo: O gênio é 99% transpiração e 1% inspiração. Eu nunca criei algo de valor acidentalmente, nem fiz nenhuma de minhas invenções por acidente. Elas surgiram do trabalho. Pablo Picasso também tinha idêntica opinião: A inspiração existe, mas ela deve ser encontrada no trabalho.
  3. 3. BOAS IDÉIAS NÃO TEM HIERARQUIABOAS IDÉIAS NÃO TEM HIERARQUIA Ambiente de confiança PARTICIPAÇÃO CONFIANÇA INTEGRAÇÃO COMPARTILHAR MOTIVAÇÃO Aceitação de ideias RESPEITO
  4. 4. Ambiente de confiança Mais do que apresentar ideias mirabolantes a pretexto de estímulo, cabe a nós criar um ambiente de confiança entre nossos parceiros de trabalho, levando-os assim a desenvolverem o melhor de seus talentos, com entrega e vitalidade. Parceiros de trabalhos encorajados e confiantes tendem a se comunicar com mais eficácia e assertividade, o que favorece a todos.
  5. 5. Aceitação de idéias O ambiente também deve ser propício à recepção de idéias novas. Mesmo que elas não sejam as melhores. Todas merecem ser ouvidas com atenção e respeito.
  6. 6. Para estar motivado você precisa de uma chave : C : Conhecimento H : Habilidade A : Atitude V : Valores E : Emoção
  7. 7. Motivação Por mais que soe como um “lugar comum”, vale lembrar que seres humanos são diferentes de máquinas: só se “ligam” verdadeiramente em alguma coisa se ela fizer sentido. Ou seja, carecemos de um propósito de vida, algo que seja uma razão de ser, de agir, de sentir, de fazer. Ajudar a cada um a descobrir qual é o seu propósito, conduzindo-o nessa descoberta, para então desenvolvê-lo, pode ser um importante investimento do seu capital humano.
  8. 8. A importância do Auto Conhecimento • O que nos motiva • O que me gatilha • Quais os meus medos
  9. 9. Integração Quando somos admitidos numa organização, normalmente somos direcionados às áreas que têm mais afinidade com nossa especialização. E aí é comum que, sem perceber, comecemos a formar “igrejinhas”, fragmentando nossas ações, limitando áreas de conhecimento, restringindo os contatos interpessoais, e, finalmente, reduzindo nossas possibilidades de crescimento e de trocas de aprendizado. Por isso, é preciso estar atento à quebra desse ciclo limitante . Trocar informação é preciso.
  10. 10. Compartilhar Uma pessoa provida de muito conhecimento e experiência até pode até saber muitas coisas, mas, somente quando compartilhar tal conhecimento irá saber o sentido real de aprender. Compartilhar é Aprender." Daniel Paulino
  11. 11. “Cuidado ao subestimar, qualquer surpresa pode ser mera competência”
  12. 12. Respeito Mais valioso que ser respeitado por suas habilidades técnicas é ser respeitado pelo ser humano que é. Assim, nem é preciso gostar das pessoas com quem trabalhamos, mas precisamos respeitá-las. Um ambiente “democrático” pressupõe mais do que “igualdade de tratamento”, mas, sobretudo, respeito às diferenças, que engrandecem equipes e organizações.
  13. 13. Confiança Num ambiente de confiança plena, as informações fluem livremente. Isso permite mais rapidez nas ações e maior segurança nas tomadas de decisões.
  14. 14. Participação Todo colaborador, independentemente de suas funções hierárquicas, devem ser levados a tomar conhecimento das iniciativas de seus Líderes, pois podem ter a chance de contribuir com novas ideias. No brilhantismo de um desfile de uma escola de samba, por exemplo, samba-enredo escolhido e ensaiado, definidas as fantasias das alas, ordem e tempo de cada uma desfilar, tem- se que acompanhamento e controle tornam-se funções muito mais leves, pois cada um sabe, animadamente, o que fazer.
  15. 15. “As mentes são como paraquedas Só funcionam se estiverem abertas “

×