O slideshow foi denunciado.

FAST CHANGE

85 visualizações

Publicada em

FAST CHANGE
Modelo de intervenção para uma mudança rápida e inclusiva

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

FAST CHANGE

  1. 1. 2017 MODELO DE INTERVENÇÃO PARA UMA MUDANÇA RÁPIDA E INCLUSIVA
  2. 2. COMO AUMENTAR A RAPIDEZ NA OBTENÇÃO DA INOVAÇÃO E DA MUDANÇA, SEM PERDA DE EFICÁCIA? 2017
  3. 3. 2017 DIAGNÓSTICO PREPARAÇÃO DOS FACILITADORES FÓRUM EMPRESARIAL IMPLEMENTAÇÃO DOS PROJETOS AVALIAÇÃO AUTONOMIZAÇÃO Passo 1 Passo 2 Passo 3 Passo 4 Passo 5 Passo 6
  4. 4. Passo 1 - Diagnóstico O DIAGNÓSTICO FACILITA O ALINHAMENTO DA ESTRATÉGIA DA GESTÃO COM OS INTERESSES E APTIDÕES DOS COLABORADORES. 2017 GESTÃO Objetivos PROJETOS DE INOVAÇÃO COLABORA DORES Interesses
  5. 5. PASSO 1 - Diagnóstico 2017 Alargar a preocupação ao nível abaixo dos diretores Alargar a preocupação sobre inovação à C. E. Aumentar o sucesso Transformar o sucesso num catalizador de mudança Fazer o pessoal ambicionar mais/querer alterar o que funciona bem Provar que resulta Ultrapassar o problema etário Diminuir a arrogância do sucesso Implementar processos que já resultaram noutros locais Criar uma atitude de inovação 2.“DEFREEZE”1.SELECIONAR UMA EQUIPA 3.ENVOLVER/AVALIAR 5.DESENVOLVER UM PROCESSO 4.FORMAÇÃO /CAPACITAÇÃO 6.INDEXAR A RESULTADOS Cumprir as etapas do processo de mudança (Defreeze-Change-Refreeze) PARA QUÊ? O QUE IMPEDE? EXEMPLO DE PRÉ-CONSULTA COM A GESTÃO PARA DEFINIÇÃO DA ESTRATÉGIA DA INTERVENÇÃO
  6. 6. PASSO 1 - Diagnóstico Exemplo de uma rede associada à palavra “cliente” RECOLHA DE HISTÓRIAS DE SUCESSO PARA ANCORAGEM POSITIVA DA CULTURA EMPRESARIAL 2017
  7. 7. - Treino de chefias intermédias como facilitadores de equipa, proporcionando-lhes as perícias técnicas e de liderança necessárias à decisão sobre problemas complexos, incentivando a criatividade, o compromisso, o consenso e a ação. PASSO 2 – Treino de facilitadores 2017
  8. 8. Passo 3 – Fórum Empresarial 2017
  9. 9. AGENDA TÍTULO TRATA-SE DE? 30 MIN RECEÇÃO ORGANIZAÇÃO DOS GRUPOS METODOLOGIA  ORGANIZAÇÃO ALEATÓRIA DOS PARTICIPANTES EM EQUIPAS  A GESTÃO COMUNICA O OBJETIVO E A ESTRATÉGIA  APRESENTAÇÃO DA AGENDA E METODOLOGIA 1 HORA DEFINIÇÃO DOS DESAFIOS PRINCIPAIS • AS EQUIPAS ELABORAM LISTAS DE OBSTÁCULOS QUE DIFICULTAM O ATINGIR DO OBJETIVO E PROPÕEM UMA SELEÇÃO. • PARTILHA DE RESULTADOS E TRANSFORMAÇÃO DOS PROBLEMAS EM DESAFIOS 30 MIN DEFINIR POSSÍVEIS PROJETOS DE SOLUÇÃO • A GESTÃO SELECIONA E EXPLICA OS DESAFIOS A SEREM CONSIDERADOS • CADA EQUIPA SELECIONA UM DESAFIO E PROPÕE SOLUÇÕES POSSÍVEIS (PROJETOS) • O COMITÉ DE INOVAÇÃO SELECIONA OS PROJETOS A SEREM TRABALHADOS 3 HORAS PLANOS DE AÇÃO  CADA PARTICIPANTE ESCOLHE O PROJETO EM QUE QUER TRABALHAR  AS EQUIPAS SÃO REORGANIZADAS DE ACORDO COM AS ESCOLHAS  AS TAREFAS NECESSÁRIAS PARA CADA PROJETO SÃO DEFINIDAS  CADA EQUIPA DEFINE O PLANO DE AÇÃO (COMO? QUEM? QUANDO?)  É ESTABELECIDO O CALENDÁRIO DAS SESSÕES DE FOLLOW-UP E DO DEBRIEFING FINAL 30 MIN DEBRIEFING • AS EQUIPAS PARTILHAM AS CONCLUSÕES E DISCUTEM OS RESULTADOS ESPERADOS ENCERRAMENTO Passo 3 – Fórum Empresarial 2017 Agenda do fórum empresarial
  10. 10. “Criar um helpdesk capaz de produzir impacto no cliente” “Criar um sistema ‘Intelligent Multitask” “Criar novas aplicações para desperdícios nos processos de fabrico” 2017 Exemplos de projetosPasso 3 – Fórum Empresarial
  11. 11. Sessões de follow-upPASSO 4 - Implementação dos projetos 2017
  12. 12. PASSO 6 – Autonomização É na ação, durante a execução dos projetos, que o conhecimento é gerado e a inovação ocorre 2017 Estabelecer o processo de inovação da empresa
  13. 13. INTERVENÇOES E PARCERIAS 2017
  14. 14. PUBLICAÇÕES 2017

×