Doutrinacao desobsessao - Rosana

627 visualizações

Publicada em

Doutrinação e desobsessão

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
627
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Doutrinacao desobsessao - Rosana

  1. 1. Doutrinação e Desobsessão
  2. 2. Doutrinação e Desobsessão CONCEITOS NECESSIDADE DA DOUTRINAÇÃO TÉCNICAS DA DOUTRINAÇÃO O PAPEL DO DOUTRINADOR A EQUIPE POSTURA DA EQUIPE DESOBSESSÃO METODOLOGIA DESOBSESSIVA
  3. 3. Doutrinação e Desobsessão DOUTRINAR Instruir em uma doutrina, ensinar, pregar DOUTRINADOR Pessoa que se incumbe de dialogar com os companheiros desencarnados DOUTRINAÇÃO Ato de esclarecer e ajudar Espíritos obsessores e sofredores, bem como os obsidiados
  4. 4. Doutrinação e Desobsessão “Na atualidade os grupos mediúnicos estão sendo convocados a intensa atividade no setor das desobsessões, tendo em vista a avalancha de casos dolorosos que se verificam em toda a parte.” André Luiz As sessões mediúnicas, propiciando o diálogo entre esclarecedores e desencarnados, favorece o processo de encaminhamento de entidades sofredoras “Aquele que odeia, muitas vezes, já está maduro para o perdão, basta uma palavra serena de esclarecimento, um gesto de compreensão, para libertá-lo do ódio” H.M
  5. 5. Doutrinação e Desobsessão CONVERSAÇÃO DOUTRINAÇÃO EVANGELIZAÇÃO PERSUASÃO ECTOPLASMIA (Reconstrução de lesões perispirituais, retorno à forma) PRECE / PASSE (Ajuda a desintegrar apetrechos, Alivia dores) REGRESSÃO (Introspecção)
  6. 6. Doutrinação e Desobsessão • FORMAÇÃO DOUTRINÁRIA – Conhecimento dos postulados da Doutrina Espírita é a base de sustentação • AUTORIDADE MORAL - Não podemos esperar perfeição moral para ajudar o irmão que sofre. Seremos julgados pelo esforço e dedicação ao trabalho • FÉ VIVA – “Tudo é possível àquele que crê” • AMOR – “Amor-doação”. Amar os inimigos
  7. 7. Doutrinação e Desobsessão • PACIÊNCIA – Aguardar o momento de falar • SENSIBILIDADE – Sentir o Espírito • TATO – Observação cuidadosa • ENERGIA – Tomada de atitude firme
  8. 8. Doutrinação e Desobsessão • VIGILÂNCIA – Quanto ao que ocorre a sua volta, aos componentes, à sua própria conduta • HUMILDADE – “Não somos super-homens nem semideuses” “Não suponha que estejas em condições gerais melhores do as dele” • DESTEMOR – Não se impressionar com ameaças • PRUDÊNCIA – “Coragem não é o mesmo que imprudência” Estar sempre vigilante
  9. 9. Doutrinação e Desobsessão  ACOLHIMENTO  NÃO JULGAMENTO  DOUTRINAÇÃO
  10. 10. Doutrinação e Desobsessão MÉDIUM- (Do latim medium, meio, intermediário)- pessoa que pode servir de intermediário entre os Espíritos e os homens- L.M- cap. 32 “Toda pessoa que sente, em um grau qualquer, a influência dos Espíritos por isso mesmo é medium”- L.M- XIV  - “Ser em liberdade condicional”  - “ Sensibilidade aguda”
  11. 11. Doutrinação e Desobsessão MÉDIUNS DE APOIO – Contribuem para a concentração das mentes em clima de segurança e harmonia MENTORES DESENCARNADOS – Responsáveis pela maior parte do trabalho Interferem o mínimo possível no trabalho dos encarnados pois se fosse possível resolver as angústias dos Espíritos sofredores no Plano Espiritual não precisariam trazê-los até nós “Cada grupo tem os guias e protetores que merece”
  12. 12. Doutrinação e Desobsessão O clima de harmonia, respeito e confiança entre os membros do grupo é fundamental “Somos, na verdade, uma tremenda multidão de estropiados espirituais, e a diferença evolutiva entre nós, aqui na Terra, não é lá grande coisa.Vivemos num universo inteiramente solidário, no qual uns devem suportar e amparar os outros, ou seja: “Amar-nos uns aos outros” Não é difícil. E é necessário. E como!...” Herminio Miranda
  13. 13. Doutrinação e Desobsessão Conjunto de técnicas utilizadas no Espiritismo com intuito de eliminar as causas, bem como as consequências das obsessões
  14. 14. Doutrinação e Desobsessão Aonde começa a obsessão? A obsessão começa em nossas próprias imperfeições VALE LEMBRAR:
  15. 15. Doutrinação e Desobsessão Atendimento Fraterno Fluidoterapia Prece Evangelho no lar Tratamento do Obsessor na Reunião Mediúnica Reforma íntima do obsidiado
  16. 16. Doutrinação e Desobsessão “Para assegurar a libertação da “vítima” da obsessão, indispensável se torna que o Espírito obsessor seja levado a renunciar aos seus maus desígnios; que se faça que o arrependimento desponte nele, assim como o desejo do bem, por meio de instruções habilmente ministradas com o objetivo de dar- lhe educação moral.”
  17. 17. Doutrinação e Desobsessão “O obsessor não deve ser arrancado à força ou expulso. Ele precisa ser convencido a abandonar seus propósitos e levado ao arrependimento.” Hermínio Miranda
  18. 18. Doutrinação e Desobsessão “Para o doutrinador, o preceito evangélico do “amai-vos uns aos outros”, e aquele outro, “amai vossos inimigos” , não são apenas frases bonitas para declamar aos Espíritos, mas condições essenciais de trabalho” H. Miranda
  19. 19. Doutrinação e Desobsessão “Quanto a ti que esclarece, esclarece-te também. Quanto a ti que que apontas caminhos, caminha pelos mesmos trilhos que indicas. Quanto a ti que propões as lições de Jesus como roteiro seguro aos desencarnados, não deixes de ter essas mesmas lições como mapa capaz de nortear também a tua vida, a fim de que tenhas a decantada autoridade moral e para que dês força de documento às tuas palavras” Hans Swigg
  20. 20. Doutrinação e Desobsessão “O impacto do amor sincero, no coração de um irmão que sofre, é uma das coisas mais impressionantes e comoventes do trabalho de doutrinação” “Se me fosse pedido o segredo da doutrinação, diria apenas uma palavra: “amor” H. Miranda
  21. 21. Doutrinação e Desobsessão “Todos nós, os Espíritos em evolução na Terra, temos a nossa quota de obsessão, em maior ou menor grau. E todos estamos trabalhando pela própria libertação. A vista disso, de quando em quando,é sumamente importante que façamos um teste de nosso processo desobsessivo, a fim de que cada um de nós observe, em particular, como vai indo o seu.” ANDRÉ LUIZ
  22. 22. Doutrinação e Desobsessão
  23. 23. Doutrinação e Desobsessão

×