Questionário 01

12.336 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.336
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8.539
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Questionário 01

  1. 1. SociologiaRoberto Mosca Junior
  2. 2. Monitorando a aprendizagem 1.• O Renascimento, com os humanistas, introduziu a ideia de que os homens são os principais agentes da transformação do mundo. Desde então, os homens começaram a perceber que são eles que fazem a história e que criam as sociedades. A difusão desse pensamento se deu a partir da imprensa, que garantiu o acesso aos escritos dos filósofos, pensadores e literatos a um maior número de pessoas.
  3. 3. 1.• A Revolução científica iniciada no século XVI representou uma alternativa ao pensamento religioso, pois propunha uma nova forma de conhecer e interpretar o mundo(social e natural). Por fim, a expansão contribuiu para a ampliação do mundo, com a descoberta de novas sociedades e culturas. Além disso, para que a expansão marítima ocorresse, foi necessária a formação de Estados e a transformação da mentalidade econômica.
  4. 4. 2.• Significa que nela as pessoas tinham uma posição social estabelecida antes mesmo do nascimento. Havia muito poucas possibilidades de mobilidade social: em geral quem nascia servo seria servo para toda vida, quem nascia nobre seria nobre etc.
  5. 5. 3.• O Iluminismo propunha que o homem se emancipasse do estado de tutela ao qual estava condenado (exemplo: pensar conforme os dogmas da Igreja) e se torna-se mais responsável por seus atos e pensamentos (ideia de razão). A consequência dessa maneira de ver foi apostar na capacidade dos homens de mudar aquilo que eles próprios haviam criado. Essa ideia inspirou as duas grandes revoluções políticas do século XVIII, a Revolução Americana, de 1776, e a Revolução Francesa, de 1789. Dessas revoluções saíram dois documentos importantes que fortaleceram a ideia de liberdade e responsabilidade dos homens: a Constituição Americana e a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão.
  6. 6. 4.• A expressão Revolução Industrial aplicada a uma série de inovações técnicas que ampliou os meios de comunicação de sobrevivência dos homens e das cidades, permitindo uma nova forma de sociabilidade. Esse não foi um acontecimento precisamente datado, e sim um processo longo, cujo fundamento é a ideia de que a mudança é a norma. A validade desse princípio pode ser facilmente percebida até hoje: inventa-se algo e em pouco tempo uma nova técnica ou um novo instrumento mais eficiente torna o anterior obsoleto. Além de alterar a forma de lidar com a técnica, a Revolução Indústrial produziu outras mudanças.
  7. 7. 4.• A fábrica tornou-se um importante local de trabalho; os capitalistas tornaram-se os detentores dos meios de produção (terra, equipamentos, máquinas); o trabalhador, contratado livremente, passou a receber salário, podendo se deslocar de um emprego para o outro. A Revolução Industrial alterou profundamente os meios de produzir, estimulou e provocou a competição por mercados internos e externos. A mudanças foram acompanhadas das ideias da liberdade de pensamento e do apoio político para a produção de novos e mais sofisticados instrumentos.
  8. 8. 5.• As transformações sofridas pela sociedade moderna nos campo intelectual, político e econômico acabaram contribuindo para a formação da sociologia como um saber científico: trata-se de um campo de conhecimento que depende da liberdade de pensamento, do exercício da razão e da controvérsia, e da possibilidade de manifestação pública de ideias distintas – muitas vezes opostas.
  9. 9. 5.• Essa condição foi alcançada na Europa no século XIX, mas tem suas raízes no séc. XVI. Por essa razão se diz que a sociologia é filha da modernidade. Sua primeira tarefa foi responder às perguntas referentes às transformações ocorridas de tempos nos tempos modernos: se os homens tem direitos iguais, se todos são cidadãos, por que a sociedade é tão desigual? Como explicar as diferenças? Como combinar tradição com modernidade, costume com novidade? A sociologia nasceu com este desafio: compreender as alterações profundas por que passaram as sociedades e refletir sobre a forma como os homens e mulheres reagiram a elas.
  10. 10. De olho no ENEM1. D2. C3. B4. B
  11. 11. Q.53 1º EQ UERJ 2012• O Iluminismo é a saída do homem do estado de tutela, pelo qual ele próprio é responsável. O estado de tutela é a incapacidade de utilizar o próprio entendimento sem a condução de outrem. Cada um é responsável por esse estado de tutela quando a causa se refere não a uma insuficiência do entendimento, mas à insuficiência da resolução e da coragem para usá-lo sem ser conduzido por outrem. Sapere aude!* Tenha a coragem de usar seu próprio entendimento. Essa é a divisa do Iluminismo.IMMANUEL KANT (1784) In: BOMENY, Helena e FREIRE-MEDEIROS, Bianca. Tempos modernos, tempos de sociologia. São Paulo: Ed. do Brasil, 2010.• No contexto da expansão capitalista no século XIX, uma das ideias centrais do Iluminismo, de acordo com o texto, está associada diretamente à valorização da:(A) superioridade técnica(B) soberania econômica(C) liberdade política (D) razão científica*Expressão latina que significa “tenha a coragem de saber, de aprender”.
  12. 12. RESPOSTA• D

×