SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
+ 
Atrás da porta – uumm ddooccuummeennttáárriioo ssoobbrree aass 
ooccuuppaaççõõeess uurrbbaannaass 
((pprroodduuzziiddoo ppeellaa pprrooff.. FFeerrnnaannddaa JJuunnqquueeiirraa))
+ 
SSoobbrree oo ddiirreeiittoo aa pprroopprriieeddaaddee 
 A Constituição da República brasileira de 1988 estabelece em 
seu artigo 5º, inciso XXII, ser garantido o direito de propriedade, 
oferecendo ao mesmo tempo, um direito e uma garantia 
fundamentais. No inciso XXIII, afirma que a propriedade 
atenderá a sua ffuunnççããoo ssoocciiaall. 
 Isto revela que a propriedade não pode mais ser considerada 
como mero direito privado, devido à sua constitucionalização, 
atuando como direito fundamental e como princípio. 
 A falta de moradia - um bem indispensável à vida humana - 
resulta na organização sociopolítica ou em movimentos sociais 
que se reúnem em torno da luta pela habitação. 
 Somada a esta reivindicação temos a luta pelo acesso aos 
serviços urbanos, aos equipamentos comunitários necessários à 
educação, à saúde e à mobilidade urbana – condições 
indispensáveis para a integração socioespacial e ao exercício 
do direito à cidade.
+ 
AAttrrááss ddaa ppoorrttaa 
 O documentário “Atrás da porta” foi 
realizado em 2010 denunciando as 
intervenções urbanísticas do Estado na 
cidade do Rio de Janeiro para a realização 
dos grandes eventos. 
 O foco está nas famílias que estão sendo 
desalojadas e nos movimentos sociais 
ligados à habitação. Ocupações 
mostradas: Chiquinha Gonzaga, Flor do 
Asfalto, Manoel Congo, Quilombo das 
Guerreiras, Zumbi dos Palmares, 
Guerreiros do 234, Casarão Azul e 
Machado de Assis. 
 As ações policiais 
 Especulação Imobiliária – a quem interessa? 
 Diferença entre ocupação e invasão. 
 O papel da mídia na criminalização dos movimentos sociais.
+ 
QQuueessttõõeess 
1. Qual a relação entre o projeto de “revitalização” das zonas 
centrais da cidade do Rio de Janeiro e os processos de despejo 
da população mais pobre? 
2. Se a habitação é um direito constitucional, porque nem todos 
têm acesso a moradia? Qual a importância dos movimentos 
sociais, como o MTST, para a obtenção deste direito? 
3. Observe a charge ao lado. Assim 
como o direito a moradia, uma série 
de outros direitos básicos são 
violados diariamente, impedindo 
que certas pessoas possam usufruir 
de uma existência digna. Liste algum 
exemplo de direito que é violado e 
mencione um movimento social que 
tenta minimizar este problema.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociaisesdrasfm
 
Sociologia Capítulo 12 - poder, política e Estado no Brasil
Sociologia Capítulo 12 - poder, política e Estado no BrasilSociologia Capítulo 12 - poder, política e Estado no Brasil
Sociologia Capítulo 12 - poder, política e Estado no BrasilMiro Santos
 
Movimentos sociais no brasil
Movimentos sociais no brasilMovimentos sociais no brasil
Movimentos sociais no brasilespacoaberto
 
Trabalho de geografia - Movimentos sociais rurais do Brasil
Trabalho de geografia - Movimentos sociais rurais do BrasilTrabalho de geografia - Movimentos sociais rurais do Brasil
Trabalho de geografia - Movimentos sociais rurais do BrasilLuis_Cesar_Hryckiv
 
Cidadania & política
Cidadania & políticaCidadania & política
Cidadania & políticaUNIME
 
Direitos,cidadania e movimentos sociais
Direitos,cidadania e movimentos sociaisDireitos,cidadania e movimentos sociais
Direitos,cidadania e movimentos sociaisEralda Cruz
 
Movimentos sociais e populares
Movimentos sociais e popularesMovimentos sociais e populares
Movimentos sociais e popularesLaguat
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociaisLucio Braga
 
Movimentos Sociais na Atualidade
Movimentos Sociais na AtualidadeMovimentos Sociais na Atualidade
Movimentos Sociais na AtualidadeBrenda Grazielle
 
Os movimentos sociais no brasil
Os movimentos sociais no brasilOs movimentos sociais no brasil
Os movimentos sociais no brasilShirlayne
 
Os movimentos sociais contemporâneos
Os movimentos sociais contemporâneosOs movimentos sociais contemporâneos
Os movimentos sociais contemporâneosEdenilson Morais
 
movimentos sociais NO CAMPO BRASILEIRO
movimentos sociais NO CAMPO BRASILEIROmovimentos sociais NO CAMPO BRASILEIRO
movimentos sociais NO CAMPO BRASILEIRORogerio Gomes
 

Mais procurados (20)

Movimentos Sociais
Movimentos SociaisMovimentos Sociais
Movimentos Sociais
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
Movimentos Sociais
Movimentos SociaisMovimentos Sociais
Movimentos Sociais
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
Movimentos Sociais e Cidadania
Movimentos Sociais e CidadaniaMovimentos Sociais e Cidadania
Movimentos Sociais e Cidadania
 
Sociologia Capítulo 12 - poder, política e Estado no Brasil
Sociologia Capítulo 12 - poder, política e Estado no BrasilSociologia Capítulo 12 - poder, política e Estado no Brasil
Sociologia Capítulo 12 - poder, política e Estado no Brasil
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
 
Movimentos sociais no brasil
Movimentos sociais no brasilMovimentos sociais no brasil
Movimentos sociais no brasil
 
Trabalho de geografia - Movimentos sociais rurais do Brasil
Trabalho de geografia - Movimentos sociais rurais do BrasilTrabalho de geografia - Movimentos sociais rurais do Brasil
Trabalho de geografia - Movimentos sociais rurais do Brasil
 
Cidadania & política
Cidadania & políticaCidadania & política
Cidadania & política
 
Direitos,cidadania e movimentos sociais
Direitos,cidadania e movimentos sociaisDireitos,cidadania e movimentos sociais
Direitos,cidadania e movimentos sociais
 
Movimentos sociais e populares
Movimentos sociais e popularesMovimentos sociais e populares
Movimentos sociais e populares
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
Movimentos Sociais na Atualidade
Movimentos Sociais na AtualidadeMovimentos Sociais na Atualidade
Movimentos Sociais na Atualidade
 
Os movimentos sociais no brasil
Os movimentos sociais no brasilOs movimentos sociais no brasil
Os movimentos sociais no brasil
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
Os movimentos sociais contemporâneos
Os movimentos sociais contemporâneosOs movimentos sociais contemporâneos
Os movimentos sociais contemporâneos
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
movimentos sociais NO CAMPO BRASILEIRO
movimentos sociais NO CAMPO BRASILEIROmovimentos sociais NO CAMPO BRASILEIRO
movimentos sociais NO CAMPO BRASILEIRO
 

Destaque (19)

Racismo e miscigenação, democracia racial.
Racismo e miscigenação, democracia racial.Racismo e miscigenação, democracia racial.
Racismo e miscigenação, democracia racial.
 
Trabalho e sociedade
Trabalho e sociedadeTrabalho e sociedade
Trabalho e sociedade
 
Aula de revisão de conteúdo – 7º ano
Aula de revisão de conteúdo – 7º anoAula de revisão de conteúdo – 7º ano
Aula de revisão de conteúdo – 7º ano
 
Aula de revisão de conteúdo – 8º ano
Aula de revisão de conteúdo – 8º anoAula de revisão de conteúdo – 8º ano
Aula de revisão de conteúdo – 8º ano
 
Antropologia alteridade
Antropologia alteridadeAntropologia alteridade
Antropologia alteridade
 
Questões de antropologia_01
Questões de antropologia_01Questões de antropologia_01
Questões de antropologia_01
 
Questões de Antropologia (livro)
Questões de Antropologia (livro)Questões de Antropologia (livro)
Questões de Antropologia (livro)
 
Cultura, ideologia e indústria cultural
Cultura, ideologia e indústria culturalCultura, ideologia e indústria cultural
Cultura, ideologia e indústria cultural
 
Cultura material imaterial
Cultura material imaterialCultura material imaterial
Cultura material imaterial
 
Etnocentrismo e relativismo
Etnocentrismo e relativismoEtnocentrismo e relativismo
Etnocentrismo e relativismo
 
Revisão 2º trimestre
Revisão 2º trimestreRevisão 2º trimestre
Revisão 2º trimestre
 
O Livroda Vida
O Livroda VidaO Livroda Vida
O Livroda Vida
 
Aula juventude
Aula juventudeAula juventude
Aula juventude
 
Exercícios juv
Exercícios juvExercícios juv
Exercícios juv
 
Atividade pp 6_7
Atividade pp 6_7Atividade pp 6_7
Atividade pp 6_7
 
Questões uerj
Questões uerjQuestões uerj
Questões uerj
 
Corpo humano - 3° e 4° ano
Corpo humano - 3° e 4° anoCorpo humano - 3° e 4° ano
Corpo humano - 3° e 4° ano
 
Trabalho e sociedade fordismo e toyotismo
Trabalho e sociedade   fordismo e toyotismoTrabalho e sociedade   fordismo e toyotismo
Trabalho e sociedade fordismo e toyotismo
 
Aula foucault deleuze
Aula foucault deleuzeAula foucault deleuze
Aula foucault deleuze
 

Semelhante a Discussão doc. "Atrásdaporta"

Reflexões e perspectivas sobre trabalho e cidadania
Reflexões e perspectivas sobre trabalho e cidadaniaReflexões e perspectivas sobre trabalho e cidadania
Reflexões e perspectivas sobre trabalho e cidadaniaAlvaro Gomes
 
CHSA 3ª SÉRIE- 3º BIM Aluno.pdf
CHSA 3ª SÉRIE- 3º BIM Aluno.pdfCHSA 3ª SÉRIE- 3º BIM Aluno.pdf
CHSA 3ª SÉRIE- 3º BIM Aluno.pdfGernciadeProduodeMat
 
I direitos ou interesses coletivos como direitos fundamentais
I   direitos ou interesses coletivos como direitos fundamentaisI   direitos ou interesses coletivos como direitos fundamentais
I direitos ou interesses coletivos como direitos fundamentaisSil Henriques
 
Movimentos sociais do Brasil e do Mundo
Movimentos sociais do Brasil e do MundoMovimentos sociais do Brasil e do Mundo
Movimentos sociais do Brasil e do MundoEvertonMendez
 
Livro cidadania no brasil josé murilo de carvalho
Livro cidadania no brasil josé murilo de carvalhoLivro cidadania no brasil josé murilo de carvalho
Livro cidadania no brasil josé murilo de carvalhosesouff2014
 
Captulo14 130404212649-phpapp01 (1)
Captulo14 130404212649-phpapp01 (1)Captulo14 130404212649-phpapp01 (1)
Captulo14 130404212649-phpapp01 (1)homago
 
Sociologia Capítulo 14- Direitos e cidadania
Sociologia Capítulo 14- Direitos e cidadaniaSociologia Capítulo 14- Direitos e cidadania
Sociologia Capítulo 14- Direitos e cidadaniaMiro Santos
 
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do TomaziSlide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do Tomazipascoalnaib
 
A criminalização dos movimentos populares de lutas territoriais
A criminalização dos movimentos populares de lutas territoriaisA criminalização dos movimentos populares de lutas territoriais
A criminalização dos movimentos populares de lutas territoriaisMatheus Garcia
 
2013 -Segurança Cidadã em tempos de cólera
2013 -Segurança Cidadã em tempos de cólera 2013 -Segurança Cidadã em tempos de cólera
2013 -Segurança Cidadã em tempos de cólera Cleide Magáli dos Santos
 
Evolucao historica dos direitos humanos
Evolucao historica dos direitos humanosEvolucao historica dos direitos humanos
Evolucao historica dos direitos humanosamanda cristina
 
CLÁUDIA FAVARO - Contribuições UFRGS
CLÁUDIA FAVARO - Contribuições UFRGSCLÁUDIA FAVARO - Contribuições UFRGS
CLÁUDIA FAVARO - Contribuições UFRGSRafael Barros
 
Direito a moradia_no_brasil
Direito a moradia_no_brasilDireito a moradia_no_brasil
Direito a moradia_no_brasilDayane Lopes
 
Direitos humanos ou privilégios de bandidos
Direitos humanos ou privilégios de bandidosDireitos humanos ou privilégios de bandidos
Direitos humanos ou privilégios de bandidosvania morales sierra
 

Semelhante a Discussão doc. "Atrásdaporta" (20)

Aula 1- Fundamentos
Aula 1- FundamentosAula 1- Fundamentos
Aula 1- Fundamentos
 
Reflexões e perspectivas sobre trabalho e cidadania
Reflexões e perspectivas sobre trabalho e cidadaniaReflexões e perspectivas sobre trabalho e cidadania
Reflexões e perspectivas sobre trabalho e cidadania
 
Palestra Globalização e Cidadania
Palestra Globalização e CidadaniaPalestra Globalização e Cidadania
Palestra Globalização e Cidadania
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
 
CHSA 3ª SÉRIE- 3º BIM Aluno.pdf
CHSA 3ª SÉRIE- 3º BIM Aluno.pdfCHSA 3ª SÉRIE- 3º BIM Aluno.pdf
CHSA 3ª SÉRIE- 3º BIM Aluno.pdf
 
I direitos ou interesses coletivos como direitos fundamentais
I   direitos ou interesses coletivos como direitos fundamentaisI   direitos ou interesses coletivos como direitos fundamentais
I direitos ou interesses coletivos como direitos fundamentais
 
Movimentos sociais do Brasil e do Mundo
Movimentos sociais do Brasil e do MundoMovimentos sociais do Brasil e do Mundo
Movimentos sociais do Brasil e do Mundo
 
Livro cidadania no brasil josé murilo de carvalho
Livro cidadania no brasil josé murilo de carvalhoLivro cidadania no brasil josé murilo de carvalho
Livro cidadania no brasil josé murilo de carvalho
 
Captulo14 130404212649-phpapp01 (1)
Captulo14 130404212649-phpapp01 (1)Captulo14 130404212649-phpapp01 (1)
Captulo14 130404212649-phpapp01 (1)
 
Captulo14 130404212649-phpapp01
Captulo14 130404212649-phpapp01Captulo14 130404212649-phpapp01
Captulo14 130404212649-phpapp01
 
Sociologia Capítulo 14- Direitos e cidadania
Sociologia Capítulo 14- Direitos e cidadaniaSociologia Capítulo 14- Direitos e cidadania
Sociologia Capítulo 14- Direitos e cidadania
 
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do TomaziSlide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do Tomazi
 
Imprimir
ImprimirImprimir
Imprimir
 
A criminalização dos movimentos populares de lutas territoriais
A criminalização dos movimentos populares de lutas territoriaisA criminalização dos movimentos populares de lutas territoriais
A criminalização dos movimentos populares de lutas territoriais
 
2013 -Segurança Cidadã em tempos de cólera
2013 -Segurança Cidadã em tempos de cólera 2013 -Segurança Cidadã em tempos de cólera
2013 -Segurança Cidadã em tempos de cólera
 
Evolucao historica dos direitos humanos
Evolucao historica dos direitos humanosEvolucao historica dos direitos humanos
Evolucao historica dos direitos humanos
 
CLÁUDIA FAVARO - Contribuições UFRGS
CLÁUDIA FAVARO - Contribuições UFRGSCLÁUDIA FAVARO - Contribuições UFRGS
CLÁUDIA FAVARO - Contribuições UFRGS
 
Direito a moradia_no_brasil
Direito a moradia_no_brasilDireito a moradia_no_brasil
Direito a moradia_no_brasil
 
Acesso 2011.2 texto 05
Acesso 2011.2   texto 05Acesso 2011.2   texto 05
Acesso 2011.2 texto 05
 
Direitos humanos ou privilégios de bandidos
Direitos humanos ou privilégios de bandidosDireitos humanos ou privilégios de bandidos
Direitos humanos ou privilégios de bandidos
 

Mais de roberto mosca junior

Mais de roberto mosca junior (8)

RASCISMO CIENTIFICO
RASCISMO CIENTIFICORASCISMO CIENTIFICO
RASCISMO CIENTIFICO
 
Aula preconceito e discriminação
Aula preconceito e discriminaçãoAula preconceito e discriminação
Aula preconceito e discriminação
 
Constituição da república federativa do brasil
Constituição da república federativa do brasilConstituição da república federativa do brasil
Constituição da república federativa do brasil
 
texto de apoio movimentos sociais e correção do ED
texto de apoio movimentos sociais e correção do EDtexto de apoio movimentos sociais e correção do ED
texto de apoio movimentos sociais e correção do ED
 
Aula juventude
Aula juventudeAula juventude
Aula juventude
 
Resolução uerj
Resolução uerjResolução uerj
Resolução uerj
 
Foucault & deleuze
Foucault & deleuzeFoucault & deleuze
Foucault & deleuze
 
Resolução uerj
Resolução uerjResolução uerj
Resolução uerj
 

Último

Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 

Último (20)

Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 

Discussão doc. "Atrásdaporta"

  • 1. + Atrás da porta – uumm ddooccuummeennttáárriioo ssoobbrree aass ooccuuppaaççõõeess uurrbbaannaass ((pprroodduuzziiddoo ppeellaa pprrooff.. FFeerrnnaannddaa JJuunnqquueeiirraa))
  • 2. + SSoobbrree oo ddiirreeiittoo aa pprroopprriieeddaaddee  A Constituição da República brasileira de 1988 estabelece em seu artigo 5º, inciso XXII, ser garantido o direito de propriedade, oferecendo ao mesmo tempo, um direito e uma garantia fundamentais. No inciso XXIII, afirma que a propriedade atenderá a sua ffuunnççããoo ssoocciiaall.  Isto revela que a propriedade não pode mais ser considerada como mero direito privado, devido à sua constitucionalização, atuando como direito fundamental e como princípio.  A falta de moradia - um bem indispensável à vida humana - resulta na organização sociopolítica ou em movimentos sociais que se reúnem em torno da luta pela habitação.  Somada a esta reivindicação temos a luta pelo acesso aos serviços urbanos, aos equipamentos comunitários necessários à educação, à saúde e à mobilidade urbana – condições indispensáveis para a integração socioespacial e ao exercício do direito à cidade.
  • 3. + AAttrrááss ddaa ppoorrttaa  O documentário “Atrás da porta” foi realizado em 2010 denunciando as intervenções urbanísticas do Estado na cidade do Rio de Janeiro para a realização dos grandes eventos.  O foco está nas famílias que estão sendo desalojadas e nos movimentos sociais ligados à habitação. Ocupações mostradas: Chiquinha Gonzaga, Flor do Asfalto, Manoel Congo, Quilombo das Guerreiras, Zumbi dos Palmares, Guerreiros do 234, Casarão Azul e Machado de Assis.  As ações policiais  Especulação Imobiliária – a quem interessa?  Diferença entre ocupação e invasão.  O papel da mídia na criminalização dos movimentos sociais.
  • 4. + QQuueessttõõeess 1. Qual a relação entre o projeto de “revitalização” das zonas centrais da cidade do Rio de Janeiro e os processos de despejo da população mais pobre? 2. Se a habitação é um direito constitucional, porque nem todos têm acesso a moradia? Qual a importância dos movimentos sociais, como o MTST, para a obtenção deste direito? 3. Observe a charge ao lado. Assim como o direito a moradia, uma série de outros direitos básicos são violados diariamente, impedindo que certas pessoas possam usufruir de uma existência digna. Liste algum exemplo de direito que é violado e mencione um movimento social que tenta minimizar este problema.